Publicado por: Djalma Santos | 21 de novembro de 2014

TESTES DE REPRODUÇÃO E EMBRIOLOGIA NA UPE

01. (UPE-2001) Os répteis foram os primeiros vertebrados a conquistar o ambiente terrestre, exigindo grandes adaptações relativas à reprodução – apresentam fecundação interna e ovo terrestre, como casca impermeável e resistente. A presença da casca no ovo trouxe uma serie de “problemas” ao desenvolvimento embrionário tais como, o destino das excretas nitrogenadas produzidas durante o desenvolvimento e a efetuação de trocas gasosas respiratórias da casca. Nas aves e nos répteis, quais os anexos embrionários que solucionaram esses problemas?

a) Cório.

b) Vesícula vitelina.

c) Alantoide.

d) Âmnio.

e) Calaza.

02. (UPE-2003)

O TEXTO ABAIXO COMPARA OS OVOS DE GALINHA, LEVANDO EM CONTA O ASPECTO COMERCIAL.

Em que os ovos caipiras são diferentes dos outros?

Eles são 30% menores, têm a casca mais grossa e a cor da gema mais escura – de um alaranjado forte, em comparação com o amarelo-claro dos ovos de granja. “São apenas diferenças superficiais: em termos nutricionais ambos são idênticos”, afirma o melhorista genético Vicente José Maria Savino, da Escola Superior Agrícola Luiz de Queiroz (ESALQ), em Piracicaba, SP.

(Super Interessante – julho/2002)

Essas diferenças são apenas comerciais. Considere as proposições relativas às características dos ovos das aves.

I   II

0  0 – A presença da casca mais grossa nos ovos das aves e o surgimento do âmnion foram passos importantes na conquista do ambiente terrestre a partir desses animais, permitindo aos embriões desenvolverem-se fora da água.

1  1 – Os ovos de galinha são reserva nutritiva para o embrião e também fonte de alimento para os humanos, fornecendo vitamina A e algumas vitaminas do complexo B, além de proteínas ricas em aminoácidos essenciais.

2   2 – Tanto a galinha caipira como a galinha de granja são amniotas. O âmnion, o cório e o alantoide realizam funções de nutrição, proteção mecânica e contra a desidratação, e excreção de amônia respectivamente.

3   3 – A gema é uma célula cuja maior parte é constituída de vitelo. Ao ser fecundada, inicia-se o processo de clivagem a partir da região chamada cicatrícula que contém o núcleo. A clara ou albúmen é incorporada ao ovo quando da passagem da gema pelo oviduto.

4  4 – Nos embriões de aves, algumas regiões de alantoide aderem firmemente ao cório, formando o corioalantoide ou membrana corioalantoide. Essa estrutura vascularizada, situada próxima à casca porosa do ovo, permite as trocas gasosas com o ar.

03. (UPE–2008)

03

A gravidez pode ser evitada, ou mesmo, planejada. Basta seguir as orientações do médico especializado e conhecer para empregar corretamente os métodos de prevenção. Sobre estes, analise as afirmativas e conclua.

I    II

0  0 – Preservativo ou camisinha é uma borracha elástica que veste o pênis ereto e retém o conteúdo da ejaculação. Consiste em um bom método anticoncepcional, além de diminuir o risco de contaminação de doenças sexualmente transmissíveis, como a AIDS e o diabetes.

1   1 – A tabelinha consiste em um método natural que evita a relação sexual no período fértil da mulher; é baseada em ciclos menstruais, por isso tem uma eficácia de 100%.

2  2 – A laqueadura tubária consiste na interrupção da permeabilidade das tubas uterinas, e, como não há passagem para o óvulo, não há encontro dele com o espermatozoide. É facilmente reversível.

3  3 – A vasectomia consiste em um corte nos ductos deferentes, impede os espermatozoides de atingirem o pênis durante a ejaculação, não altera a produção de hormônios masculinos e não causa impotência sexual.

4  4 – A pílula anticoncepcional consiste na combinação de hormônios femininos sintéticos, estrogênio e progesterona, que inibem a liberação de gonadotrofinas (FSH e LH) pela hipófise, impedindo a ovulação.

04. (UPE–2008) LEIA O TEXTO ABAIXO.

04

Dentre as alternativas abaixo, qual a que descreve, comenta ou justifica os fenômenos relacionados à fecundação, à gravidez e ao parto.

a) O colostro, liberado pelas glândulas mamárias, nos primeiros dias após o parto, é um fluido rico em lactose e gorduras, embora, pobre em anticorpos.

b) A vesícula amniótica, popularmente conhecida como bolsa d’água, é um anexo embrionário que protege o embrião e, uma vez cheia de líquido, amortece choques que podem afetá-lo.

c) Na gravidez de gêmeos univitelinos, dois óvulos diferentes são fecundados por dois espermatozoides diferentes, gerando crianças do mesmo sexo e geneticamente idênticas.

d) No parto natural, a cabeça e o corpo do feto distendem o colo uterino, estimulando receptores dessa região. Os impulsos nervosos são enviados ao hipotálamo, promovem a liberação de oxitocina para o sangue, atingem a musculatura estriada do útero e induzem sua contração voluntária.

e) A oxitocina, liberada pela porção anterior da hipófise, estimula a produção de leite pelas glândulas mamárias, e sua expulsão é estimulada pela sucção do recém-nascido e pela prolactina que age sobre a musculatura lisa, que circunda as glândulas mamárias.

05. (UPE-2009) A perpetuação da vida no nosso planeta deve-se à característica mais típica dos seres vivos, que é a capacidade de reprodução, ou seja, produzir descendentes semelhantes a si mesmos. Identifique, nos esquemas, o tipo de reprodução característico destes organismos.

05

Assinale a alternativa correta.

a) Assexuada por: A – divisão binária; B – brotamento; C – esporulação.

b) Sexuada por: A – mitose; B – brotamento. C – cissiparidade.

c) Assexuada por: A – mitose; B – cissiparidade; C – brotamento.

d) Sexuada por: A – esporulação; B – esporulação; C – mitose.

e) Assexuada por: A – cissiparidade; B – mitose; C – esporulação.

06. (UPE-2010) A formação de espermatozoides pode ser explicada através do seguinte esquema da espermatogênese:

06

Da análise deste esquema, pode-se concluir que:

I   II

0  0 – No  período  germinativo,  algumas   espermatogônias  passam   por  modificações, aumentando de tamanho e se diferenciando, formando os espermatócitos primários.

1  1 – Os espermatócitos primários (2n)   entram em mitose e, ao final, formam-se os espermatócitos secundários (n), o que ocorre no período de diferenciação.

2  2 – No período de maturação, observam-se espermatócitos secundários, células haploides com n cromossomos, cada um contendo 2 cromátides.

3  3 – As espermátides são células diploides que irão se transformar em espermatozoides no período de crescimento.

4  4 – Ao final do período de diferenciação de cada espermatozoide, formam-se quatro novas espermatogônias.

07(UPE-2011) Texto para esta questão.

07

Na estrofe XIX do cordel acima, é destacado o direito ao uso de métodos contraceptivos. A contracepção é a prevenção deliberada da gravidez por meio destes. Em relação ao tema, analise as afirmativas e conclua.

I   II

0  0 – Os métodos contraceptivos podem atuar em etapas diversas do processo reprodutivo, como, por exemplo, evitar o encontro dos gametas ou a produção destes e impedir a implantação do embrião recém-formado na mucosa uterina.

1  1 – O DIU ou dispositivo intrauterino pode ser de material plástico ou metálico, em formato de “T” e impede a nidação do embrião.

2 2 – A vasectomia e a laqueadura são processos cirúrgicos de secção das tubas uterinas e dos ductos deferentes, respectivamente.

3  3 – As pílulas anticoncepcionais inibem a secreção de FSH e LH pela tireoide, impedindo a maturação do folículo e sua ovulação.

4  4 – São exemplos de prática anticoncepcional pelo uso de barreiras mecânicas: a camisinha, o preservativo feminino e o coito interrompido.

08. (UPE-2011) A mulher entra na fase reprodutiva, na puberdade, quando ocorre a primeira menstruação ou menarca. Em geral, o ciclo dura 28 dias. O primeiro dia da menstruação marca o início do ciclo. A respeito dos hormônios que atuam nesse ciclo, analise as proposições e conclua.

I    II

0  0 – Na primeira metade do ciclo, o hormônio folículo-estimulante (FSH) e o estrógeno são responsáveis, respectivamente, pelo crescimento e amadurecimento folicular e pelo espessamento (proliferação) do endométrio.

1  1 – Por volta do 14º dia, ocorre um aumento do hormônio luteinizante (LH), responsável pela ovulação.

2  2 – O LH atua na formação do folículo ovariano que se rompe e passa a ser o corpo lácteo ou corpo-amarelo que ocasiona a descamação do endométrio.

3 3 – Os ovários produzem o estrógeno, responsável pelas características sexuais secundárias, como o desenvolvimento das mamas e o arredondamento das formas da mulher.

4  4 – A progesterona, produzida na hipófise, é o principal hormônio da gravidez, mantendo o endométrio preparado para a recepção do embrião.

09. (UPE-2012) Nas aves, todos os recursos necessários para o desenvolvimento embrionário precisam estar contidos dentro do ovo. Nos vivíparos, algumas dessas estruturas foram adaptadas à vida intrauterina. Sobre isso, analise as seguintes proposições:

I. Nos vivíparos, a placenta e o alantoide são estruturas responsáveis pelo processo de alimentação do embrião.

II. Com o aparecimento do cordão umbilical e da placenta, torna-se desnecessária a concentração de grande quantidade de vitelo no interior do óvulo, como o encontrado nos ovos das aves e dos répteis.

III. O âmnion está presente tanto em seres humanos como em aves e répteis, pois ele é fundamental para evitar a desidratação dos embriões.

Está correto, apenas, o que se afirma em:

a) I.

b) II.

c) III.

d) I e II.

e) II e III.

10. (UPE-2012) Com relação ao tipo de óvulo encontrado nos seres humanos, é correto afirmar que ele é:

a) Telolécito, como o da maioria dos mamíferos.

b) Alécito, pois a nutrição do embrião se processará via placenta.

c) Alécito, com grande quantidade de vitelo na região central, o que provoca uma segmentação holoblástica igual.

d) Centrolécito, o que se justifica pelo consumo inicial do vitelo pelo embrião, até que a placenta esteja pronta para a função.

e) Isolécito, com segmentação holoblástica desigual antes do processo de nidação.

11. (UPE-2012) A gravidez na adolescência apresenta riscos por causa da imaturidade anatomofisiológica, dificultando o desenvolvimento e o desfecho do processo de gestação, parto e puerpério. Observe a figura a seguir:

11

Fonte: adaptada dehttp://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/

cartilha_direitos_sexuais_2006.

Sobre isso, preencha as lacunas do texto, correlacionando-as com os métodos de contracepção, representados pelas figuras numeradas em algarismos arábicos.

De uma maneira geral, os adolescentes podem usar a maioria dos métodos anticoncepcionais disponíveis. No entanto, alguns métodos são mais adequados que outros nessa fase da vida. ______ deve(m) ser usada(s) em todas as relações sexuais, independentemente do uso de outro método anticoncepcional, pois é o único que oferece dupla proteção, protegendo-os ao mesmo tempo das doenças sexualmente transmissíveis e da gravidez não desejada. Os métodos ______ são pouco recomendados, porque exigem do adolescente disciplina e planejamento, e as relações sexuais nessa fase, em geral, não são planejadas. _______ podem ser usadas(os), desde a primeira menstruação, pois agem impedindo a ovulação. _______ pode ser usada(o) pelas garotas, entretanto as que nunca tiveram filhos correm mais risco de expulsá-la(lo) e também não é indicada(o) para aquelas com mais de um parceiro sexual ou cujos parceiros têm outros parceiros/parceiras e não usam camisinha em todas as relações sexuais, pois, nessas situações, existe risco maior de contrair doenças sexualmente transmissíveis. ______ não são indicadas(os) para adolescentes.

Fonte: adaptado dehttp://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/

cartilha_direitos_sexuais_2006.pdf

Assinale a alternativa cuja sequência numérica preenche corretamente as lacunas.

a) 1;2; 3; 5; 7.

b) 1;3; 4; 6; 2.

c) 1;2; 3; 6; 7.

d) 4;3; 1; 5; 2.

e) 5;2; 3; 4; 6.

12. (UPE-2012) Existem diversas formas de reprodução encontradas no Reino Animal, que podem ser classificadas em dois grandes grupos: reprodução sexuada e reprodução assexuada. Sobre isso, analise as afirmações abaixo:

I. O brotamento é um processo de reprodução assexuada, que tem como fator positivo o fato de necessitar de um gasto energético menor, uma vez que dispensa o acasalamento.

II. A partenogênese, processo em que o óvulo não fecundado desenvolve um novo indivíduo diploide, é um mecanismo, que pode ser encontrado em invertebrados, como abelhas e algumas espécies de vertebrados, como os peixes.

III. A reprodução sexuada, processo que requer a união de duas células haploides, é, de todos os mecanismos reprodutivos, aquele que promove a variabilidade genética entre os indivíduos.

Está correto apenas o que se afirma em:

a) I.

b) I e III.

c) II.

d) II e III.

e) III.

13. (UPE-2012) O processo de gametogênese compreende quatro fases bem distintas nos organismos de reprodução sexuada. Dentre essas fases, uma se configura como fundamental para a manutenção do número de cromossomos das espécies, pois o gameta, antes com dois conjuntos completos de cromossomos, passa a ter apenas um. Observe a figura a seguir:

13

5552840Adaptado de Biologia – César e Sézar Ed. Saraiva

Assinale o período em que ocorre essa redução de cromossomos e o respectivo processo.

a) Período de multiplicação – Mitoses.

b) Período de crescimento – Meiose I.

c) Período de maturação – Meiose I.

d) Espermiogênese – Meiose II.

e) Período de crescimento – Meiose II.

14. (UPE-2013) Os zangões, machos das abelhas, são formados por um processo de partenogênese e possuem 16 cromossomos. Já as abelhas operárias são fruto de um processo de fecundação. Diante dessas informações, analise as afirmativas a seguir:

I. Por serem fruto de partenogênese, os machos possuem o dobro de cromossomos encontrados na abelha rainha.

II. A abelha rainha possui óvulos com o mesmo número de cromossomos encontrados nas células somáticas das operárias, pois ela também é uma fêmea.

III. Todas as fêmeas possuem 32 cromossomos nas suas células somáticas, o dobro que os machos possuem.

IV. A abelha rainha possui 16 cromossomos em seus óvulos, que, quando fecundados, geram indivíduos com 32 cromossomos.

Estão corretas:

a) I e II.

b) I e III.

c) II e III.

d) II e IV.

e) III e IV.

gab

 

 

 

 

Publicado por: Djalma Santos | 18 de novembro de 2014

TESTES DE FISIOLOGIA NA UPE

01. (UPE-2002) O número muito elevado de neurônios, com suas ramificações constitui uma fantástica rede que se entende por todo o organismo, ligando os órgãos aos centros nervoso coordenadores. Há um numero muito maior de conexões entre neurônio, garantindo a passagem do impulso nervoso de uma célula para outra nessa imensa rede. Observe a figura abaixo e analise as proposições a seguir.

01

I   II

0  0 – A superfície interna da membrana do axônio “em repouso” é eletricamente negativa em relação à superfície externa da mesma, eletricamente positiva (A).

1  1 – Quando ocorre a estimulação do neurônio, a superfície interna da membrana torna-se momentaneamente positiva e a externa negativa (B), em consequência da entrada e grande quantidade de íons K+.

2  2 – Na área afetada pelo estímulo, a membrana permanece repolarizada por vários minutos. Após este tempo, ocorre a saída de íons Na+ da célula, e a polarização a membrana.

3  3 – O potencial de ação que se estabelece na área da membrana estimulada perturba a área  vizinha (C) e determinará sua despolarização. Ocorre uma onde dinâmica de inversão de polarização da membrana do axônio em sua extensão que, nas fibras mielínicas, se propaga “saltando” sequencialmente os nódulos de Ranvier.

4  4 – Os neurotransmissores liberados por um neurônio no nível das fendas sinápticas têm uma vida útil longa, podendo ser reaproveitados muitas vezes, garantindo assim a eficiência do estimulo.

02. (UPE-2002) Relacione os hormônios com as suas respectivas funções em plantas e animais, e escolha a sequência que preenche corretamente os espaços.

I. A muda nos insetos depende da produção de …….1…….. pelas glândulas protorácicas, o que induz as células da epiderme a produzirem um novo exoesqueleto.

II. A baixa produção de ……..2……. pelas folhas e frutos causa a abscisão desses órgãos. Nas sementes, a produção desse hormônio estimula o amadurecimento do fruto.

III. A absorção de água pela semente desencadeia germinação, liberando …..3…… que se encontra em alta concentração no embrião.

IV. A produção de ……4…… está associada à defesa contra situações ambientais desfavoráveis, como nas estações secas, quando ocorre a indução da dormência das sementes e o fechamento dos estômatos devido ao aumento da temperatura ambiental.

V. O hormônio ……5……. regula a concentração dos íons sódio e potássio, promovendo a reabsorção de sódio pelos túbulos renais, tendo como consequência a retenção de água, e atua na excreção tubular de potássio

VI. A adenohipófise produz ….6….., hormônio que estimula o crescimento dos tecidos através do aumento de números de mitoses e do tamanho das células.

a) 1-somatotrofina, 2-citocinina, 3-auxina, 4-ácido indolacético, 5-aldosterona, 6-ecdisona.

b) 1-ecdisona, 2-auxina, 3-ácido abscísico, 4-hidrocortisona, 5-vasopressina, 6-corticotrofina.

c) 1-melatonina, 2-etileno, 3-ocitocina, 4-acido indolacético, 5- calcitonina, 6-somatotrofina.

d) 1-calcitonina, 2-ácido abscísico, 3-etileno, 4-melatonina, 5-vasopressina, 6-tiroxina.

e) 1-ecdisona, 2-auxina, 3-giberelina, 4-ácido abscísico, 5-aldosterona, 6-somatotrofina.

03. (UPE–2006) Analise a figura sobre as células do tecido nervoso.

03

No que se refere às características e funções desempenhadas por estas células, assinale a alternativa correta.

a) 1 – Astrócito – célula cujos prolongamentos se enrolam sobre as neurofibras presentes no sistema nervoso central, envolvendo-as com camadas concêntricas de sua membrana plasmática e constitui a bainha de mielina, que protege e auxilia o desempenho funcional dos neurônios.

b) 2 – Micróglia – macrófago especializado, cuja função é fagocitar detritos e restos celulares presentes no tecido nervoso. É uma célula grande, com muitos prolongamentos longos e pouco ramificados.

c) 3 – Corpo celular do neurônio – consiste no centro metabólico do neurônio, contém o núcleo e a maioria das organelas da célula, tais como retículo endoplasmático liso, denominado corpúsculo de Nissl, e se relaciona à síntese de neurotransmissores.

d) 4 – Dendritos – consistem em prolongamentos ramificados e especializados na recepção de estímulos provenientes de outros neurônios ou de células sensoriais. Esses prolongamentos aumentam a superfície dos neurônios, o que lhes permite captar grande variedade de estímulos.

e) 5 – Oligodendrócito – apresenta grande número de prolongamentos citoplasmáticos, alguns destes se ligam aos neurônios, enquanto outros se ligam a capilares sanguíneos por meio de expansões denominadas pés-vasculares, estabelecendo uma ponte nutritiva entre o sangue e os neurônios.

04. (UPE–2008) “Um estudo põe na berlinda o GH (hormônio do crescimento), uma das substâncias mais populares no combate ao envelhecimento”. Dentre os benefícios, estariam o ganho de massa muscular e o aumento do colágeno e do tônus da pele. Já outros estudos advertem que, em pessoas sem deficiência do hormônio, a utilização do GH possibilitaria o aparecimento de diabetes, lesões cardíacas e câncer de próstata.”

(Veja, fev.2007. Adaptado)

Após a leitura do texto acima sobre o hormônio GH, analise as afirmativas e conclua.

I    II

0   0 – Sendo um corticosteroide, é produzido pelo córtex das adrenais.

1   1 – É produzido no hipotálamo pelas células neurossecretoras.

2   2 – Também conhecido como somatotrofina, age no crescimento de vários tecidos e órgãos, particularmente nos ossos.

3   3 – É um hormônio hipofisário, e o seu excesso no adulto causa gigantismo.

4  4 – Atua acelerando o metabolismo, e sua deficiência na infância leva ao cretinismo com retardamento físico e mental.

05. (UPE-2009) O exame de sangue representa um mecanismo de averiguação da condição fisiológica de uma pessoa em vários aspectos. Em tempos de Olimpíadas, Copas do mundo e grandes jogos, o exame antidoping dos atletas passa a ter uma atenção especial por parte das comissões organizadoras. Através da análise do sangue, é possível detectar várias drogas utilizadas como doping. Doenças também são detectadas além das necessidades de nutrientes ou desequilíbrios na composição química sanguínea. Sobre o tecido sanguíneo, sua composição natural, características e produção no organismo humano, analise as afirmativas.

I. É uma variedade de tecido conjuntivo. A sua matriz extracelular é o plasma. Dentre os íons dissolvidos no plasma, temos: sódio, magnésio, cloro, cálcio, potássio e bicarbonato.

II. A anemia é uma doença do sangue proveniente de causas diversas. A siclemia ou anemia falciforme é hereditária, causada pela mutação do gene codificante da cadeia β da hemoglobina. Há substituição de um ácido glutâmico da hemoglobina normal por valina, na hemoglobina siclêmica.

III. Na coagulação sanguínea, os íons Ca++ e K+ agem conjuntamente com a tromboplastina e catalisam a reação de conversão da trombina (inativa) em protrombina (forma ativa da enzima), que representa uma das fases do processo coagulatório do sangue.

IV. As substâncias naturalmente transportadas pelo sangue incluem: glicose, aminoácidos, vitaminas, hormônios, amônia, ureia, oxigênio e gás carbônico.

Assinale a alternativa correta.

a) Apenas I, II e III estão corretas.

b) Apenas II e III estão corretas.

c) Apenas III e IV estão corretas.

d) Apenas I, II e IV estão corretas.

e) Apenas a IV está correta.

06. (UPE-2009) Respirar é preciso. É um ato geralmente inconsciente. O nosso corpo se encarrega de equilibrar a entrada do oxigênio e a eliminação do gás carbônico, dependendo de nossas necessidades fisiológicas. Mas, há circunstâncias em que é necessário respirar conscientemente. É o que ocorre em um treinamento físico de um nadador que, explorando o seu potencial aeróbico e ritmo respiratório, alcança vantagens em seu desempenho. Analise as afirmativas abaixo sobre a fisiologia da respiração e conclua.

I   II

0   0 – Os pigmentos respiratórios, como a hemoglobina e a hemocianina, estão dissolvidos no plasma, produzindo a coloração vermelha de nosso sangue. São substâncias orgânicas, que se ligam ao oxigênio ou ao gás carbônico reversivelmente.

1   1 – A respiração funciona perfeitamente bem, sem necessidade de empenho consciente por parte do ser humano, por estar sob o controle do sistema nervoso autônomo. Sob esse controle, o ritmo respiratório varia de acordo com as necessidades fisiológicas.

2  2 – Nos movimentos respiratórios de inspiração e expiração, músculos se contraem e relaxam, modificando o volume da caixa torácica. Através da contração dos músculos intercostais e relaxamento do diafragma, ocorre a inspiração. Quando os intercostais relaxam, e o diafragma contrai, ocorre a expiração do ar.

3  3 – A hematose ocorre nos alvéolos pulmonares; em sua cavidade, a concentração de oxigênio é superior à dos capilares sanguíneos, e, por difusão, o gás oxigênio passa para o sangue, ocorrendo o inverso com o gás carbônico.

4  4 – Após uma inspiração forçada, seguida de expiração forçada máxima, permanece, nos pulmões, certo volume de ar, o ar residual. Deste modo, por mais intensa que seja a expiração, o pulmão nunca esvazia completamente.

07. (UPE-2009) Considere o gráfico abaixo sobre a variação da concentração de anticorpos presentes no plasma, ao longo de 60 dias, em resposta à introdução de antígenos no organismo de um mesmo indivíduo.

07

Em relação às respostas imunológicas, analise as afirmativas a seguir.

I. Na resposta imunológica primária, o tempo para produção de anticorpos é maior que na resposta secundária. A primeira corresponde à imunização passiva, e a segunda, à imunização ativa.

II. Na primeira inoculação, os antígenos são fagocitados pelos linfócitos T auxiliadores. Estes passam a “informação” para os linfócitos T citotóxicos, produtores de anticorpos.

III. A resposta secundária está relacionada com memória imunológica, por isso é mais rápido o aumento da concentração de anticorpos.

IV. Os anticorpos produzidos são específicos para cada tipo de antígeno e são denominados genericamente imunoglobulinas (Ig). As IgG são imunoglobulinas que passam para o feto, via placentária.

V. A primeira inoculação corresponde à administração de vacina, com resposta lenta, mas de duradoura eficiência, e a segunda inoculação corresponde à administração de soro, com resposta imediata, porém de pouca duração.

Assinale a alternativa correta.

a) Apenas I, II e III estão corretas.

b) Apenas I, II e V estão corretas.

c) Apenas III e IV estão corretas.

d) Apenas IV e V estão corretas.

e) Apenas a V está correta.

08. (UPE-2009) O tipo celular que identifica os tecidos do sistema nervoso é o neurônio. Através do sistema nervoso, os animais relacionam-se com o ambiente, dele recebendo estímulos e organizando complexas e elaboradas respostas. O neurônio é responsável por estas atividades. Identifique, na figura abaixo, as partes do neurônio e as funções desempenhadas, respectivamente.

 

08

Assinale a alternativa correta.

a) Em 1, estão representados os dendritos, responsáveis pela recepção dos estímulos.

b) Em 2, encontra-se o local das sinapses, onde agem os neurotransmissores ou mediadores químicos.

c) Em 3, encontra-se corpo celular, centro de manutenção e controle das respostas neurais.

d) Em 4, encontra-se a bainha de mielina, que envolve todas as fibras nervosas.

e) Em 5, encontram-se as terminações nervosas do axônio, que captam os impulsos nervosos e os dirigem para a estrutura de número 2.

09. (UPE-2009) A figura abaixo representa etapas do processo de coagulação sanguínea. Na etapa final, a fibrina produzida forma uma rede entrelaçada que retém as hemácias e interrompe a hemorragia.

09

Identifique a alternativa cujas palavras correspondem aos espaços de números 3, 4 e 6 da figura.

a) 3-íons cálcio, 4-protrombina e 6-fibrinogênio.

b) 3-íons sódio, 4-protrombina e 6-plaqueta.

c) 3-íons cálcio, 4-leucócito e 6-hemácia.

d) 3- ons potássio, 4-leucócito e 6-fibrinogênio.

e) 3-íons sódio, 4-trombócito e 6-protrombina.

10. (UPE-2010)

10

Anfíbios e aves já foram tema de lendas, músicas e histórias. Sobre esses vertebrados, analise as proposições e conclua.

I   II

0  0 – Os anfíbios apresentam pele úmida, intensamente vascularizada e rica em queratina.

1 1 – As aves apresentam ossos pneumáticos que aumentam a capacidade de voo devido à diminuição do peso corporal.

2 2 – Anfíbios e aves possuem coração com três câmaras; a circulação é fechada, dupla e completa.

3 3 – Ambos são animais homeotermos e possuem sistema digestório completo, com boca destituída de dentes.

4  4 – A fecundação é externa, e o desenvolvimento é indireto nos anfíbios, enquanto, nas aves, a fecundação é interna, sem larvas.

11. (UPE-2010)

INDIQUE A ALTERNATIVA QUE COMPLETA CORRETAMENTE AS LACUNAS DO TEXTO ABAIXO.

Os atos reflexos são respostas __________ a um estímulo __________. O reflexo patelar (figura abaixo) é coordenado__________; portanto, é um exemplo de reflexo __________. Mas o bulbo, a ponte e __________ também são centros reflexos, que coordenam atos, como vômito, deglutição, piscar de olhos, gritos de dor, riso e lágrimas, dentre outros.

11

a) involuntárias – motor – pelo cérebro – cerebral – a medula espinhal

b) involuntárias – sensorial – pela medula – medular – o cérebro

c) involuntárias – sensorial – pelo cérebro – cerebral – a medula espinhal

d) voluntárias – motor – pelo cérebro – cerebral – a medula espinhal

e) voluntárias – sensorial – pela medula – medular – o cérebro

12. (UPE-2012) Observe a figura abaixo e analise as seguintes afirmativas:

12

I. O lado esquerdo do coração apresenta um maior espessamento da musculatura do miocárdio, por ser responsável pelo transporte de sangue pobre em oxigênio para o pulmão.

II. O átrio direito comunica-se com a veia cava, sendo responsável pela entrada do sangue pobre em oxigênio no interior do coração.

III. A circulação humana é impulsionada por um órgão com três câmaras, diferente dos anfíbios e répteis.

IV. Artéria pulmonar é o vaso responsável pela ida do sangue venoso para o pulmão, onde este sofrerá hematose.

Estão corretas:

a) I e II.

b) II e III.

c) I e III.

d) II e IV.

e) III e IV.

13. (UPE-2012) Baseando-se na relação de cada uma das alternativas com a figura e a funcionalidade de cada órgão, assinale a correta.

13

Fonte adaptada de http://srec.azores.gov.pt/dre/sd/115132020201/ESA/downloads/O%20SISTEMA%20DIGESTIVO.htm.

a) O estômago (I) sofre a ação da secretina, que, ao entrar em contato com o alimento, estimula a secreção do suco pancreático e o aumento da acidez estomacal.

b) A vesícula biliar (II) possui a função de armazenamento da bile, responsável pela saponificação da gordura proveniente dos alimentos.

c) O duodeno (III) secreta a enterogastrona, que atua na inibição da secreção do suco gástrico e da motilidade gástrica, tornando o esvaziamento do estômago mais lento.

d) O pâncreas (IV) secreta as enzimas encontradas no suco pancreático, que atuam diretamente, no intestino delgado.

e) O fígado (V) não possui uma função que o ligue diretamente à digestão, mas apenas à destruição e excreção de metabólitos, como o álcool e os medicamentos.

14. (UPE-2012) Sobre o Sistema Endócrino Humano, observando-se a figura a seguir, é correto afirmar que:

14

 

Disponível: http://sistemaendocrinounisul.blogspot.com.br

a) A glândula (2) é regulada pela estrutura (1), atuando diretamente sobre o metabolismo de homens e mulheres, por meio dos hormônios T3, T4 e calcitonina.

b) Localizadas em cima dos rins, as glândulas (3) são responsáveis por hormônios que estimulam a produção de glicose e gordura, além de interferir no funcionamento renal.

c) O hormônio folículo estimulante (FSH), produzido na porção posterior da glândula (1), estimula o amadurecimento de células germinativas na estrutura (4).

d) Na glândula (1), ocorre a produção do hormônio luteinizante (LH) o qual atuará na estrutura (5) para a produção de estradiol.

e) A estrutura (4) sofre a ação dos hormônios FSH e ACTH durante o ciclo menstrual, favorecendo o amadurecimento e a liberação do óvulo.

15. (UPE-2012) O aleitamento materno é a estratégia isolada, que mais previne mortes infantis, além de promover a saúde física, mental e psíquica da criança e da mulher que amamenta.

15

(Fonte: http://portal.saude.gov.br/portal/saude/area.cfm?id_area=1251).

Observe, na figura a seguir, as glândulas envolvidas no processo de amamentação.

Fonte: http://4.bp.blogspot.com/-IVjX8OxPxXE/TaNXvmwXVI/AAAAAAAAA0c/PU_O7kgaGFo/s1600/endocr5+hipofise+a%25C3%25A7%25C3%25A3o+afh.jpg

Sobre elas, analise as seguintes afirmativas:

I. A hipófise é dividida em duas porções: adenohipófise e a neurohipófise. É uma glândula mista que apresenta regiões endócrinas e exócrinas, como ocorre com o pâncreas.

II. A adenohipófise, porção anterior da hipófise, não apresenta ductos associados à porção secretora e produz a prolactina, que é um hormônio, que estimula a produção de leite nas glândulas mamárias, durante a gravidez e a amamentação.

III. As glândulas mamárias apresentam a porção secretora associada a ductos que lançam sua secreção, o leite materno, para o exterior do corpo, consistindo em uma glândula exócrina, semelhante às glândulas lacrimais e sudoríparas.

IV. A porção posterior da hipófise, ou seja, a neuroipófise, secreta a ocitocina, um hormônio, que induz à liberação do leite na amamentação, quando o bebê suga. A sucção, por sua vez, provoca um aumento da liberação de ocitocina, como indicam as setas da figura.

Estão corretas apenas:

a) I e II.

b) I, II e III.

c) II e III.

d) II, III e IV.

e) I, III e IV.

16.  (UPE-2014) Leia o texto a seguir:

De acordo com o pediatra Dr. Moises Chencinski, a longo prazo, não dormir direito pode comprometer seriamente a saúde, pois é durante o sono que são produzidos alguns hormônios vitais para o funcionamento de nosso organismo. A melatonina, neuro‐hormônio relacionado à regulação do sono, é fabricada no escuro e produzida de forma muito irregular em bebês, pois sua glândula produtora não é bem desenvolvida. Assim, o sono de bebês é imprevisível. Recentes descobertas mostram que o leite materno, produzido pela ação da prolactina, contém melatonina em grande quantidade à noite e em menor concentração durante o dia. Assim, o aleitamento materno tem mais uma função, a qual supre essa deficiência e induz o sono dos bebês. Além disso, na infância, cerca de 90% do hormônio do crescimento (GH ou somatotrofina) são liberados durante o sono, e crianças que têm dificuldade para dormir têm mais chance de ter problemas no seu desenvolvimento físico.

Disponível em: http://guiadobebe.uol.com.br/hora-de-dormir-o-sono-parte-4. Adaptado.

Considerando as amplas funções dos hormônios apresentados no texto, estabeleça a correlação entre outras possíveis ações desses hormônios.

a) Melatonina – pode atenuar inflamações; Prolactina – estimula a espermatogênese e a ovocitogênese; Somatotrofina – causa vasoconstrição generalizada no corpo.

b) Melatonina – aumenta a concentração de glicose no sangue; Prolactina – evita o acúmulo de gordura e a fragilidade de ossos; Somatotrofina ‐ estimula a deposição de cálcio nos ossos.

c) Melatonina – estimula a quebra de glicogênio no fígado; Prolactina – inibe o desenvolvimento das gônadas; Somatotrofina ‐ ajuda a manter tônus muscular.

d) Melatonina – inibe o desenvolvimento das gônadas; Prolactina – promove a secreção de progesterona; Somatotrofina ‐ afeta o metabolismo das células.

e) Melatonina – causa vasoconstrição na pele, mucosas e rins; Prolactina – pode atenuar inflamações; Somatotrofina ‐ acelera os batimentos cardíacos.

GAB

 

 

 

 

 

 

 

Publicado por: Djalma Santos | 13 de novembro de 2014

TESTES DE SISTEMA NERVOSO (III)

01. (FCM-PB) Paciente M.L.M., de 14 anos chega ao Hospital Geral 13 de Maio com provável diagnóstico de doença degenerativa do cerebelo. Confirmado o diagnóstico; o paciente apresentará alterações prováveis no(s):

a) No equilíbrio do corpo.

b) Nos batimentos cardíacos.

c) Na memória e no raciocínio.

d) Na visão e na audição.

e) Nos movimentos intestinais.

02. (CEFET-MG) Referindo-se ao sistema nervoso nos vertebrados é correto afirmar que:

a) A substância cinzenta forma a camada externa da medula espinhal.

b) O hipotálamo é responsável pelo equilíbrio corporal, coordenando os movimentos e orientando a postura corporal.

c) A bainha de mielina recobrindo as fibras nervosas é responsável por reduzir a velocidade de propagação dos impulsos nervosos.

d) A adrenalina é uma das substâncias denominadas neurotransmissores, responsáveis por mediar as sinapses de impulsos nervosos nos vertebrados.

e) O encéfalo, ao contrário da medula espinhal, é protegido por três camadas de tecido conjuntivo, denominadas genericamente de meninges.

03. Observe as células animais citadas a seguir:

(   ) Célula cartilaginosa

(   ) Célula óssea

(   ) Célula epitelial

(   ) Célula nervosa

(   ) Célula muscular

Assinale a alternativa correta quanto ao “lugar” que cada célula deve ocupar, quando são comparadas em relação ao grau de excitabilidade que possuem. Admita que a designação (1º) indicará aquela com maior limiar de excitação.

a) (4º); (5º); (3º); (1º) e (2º).

b) (3º); (5º); (2º); (1º) e (4º).

c) (3º); (5º); (1º); (2º) e (4º).

d) (2º); (1º); (3º); (5º) e (4º).

e) (2º); (5º); (1º); (3º) e (4º).

04. (UFMS) Pode-se dizer que o acúmulo de mercúrio afeta a sobrevivência e o funcionamento dos …… . Tanto a transmissão do impulso nervoso, que ocorre sempre dos …… para os ……, quanto a liberação de neurotransmissores são prejudicadas. Assinale a alternativa que completa corretamente as lacunas.

a) dendritos – neurônios – axônios,

b) axônios – dendritos – neurônios,

c) neurônios – dendritos – axônios,

d) axônios – neurônios – dendritos,

e) neurônios – axônios – dendritos,

05. (CEFET-MG) O mecanismo de recepção e transmissão de estímulos nervosos se dá através de fibras nervosas mielínicas e amielínicas, onde a rapidez de propagação difere entre elas. O fato de as fibras mielínicas propagarem o impulso nervoso mais rapidamente que as amielínicas pode ser explicado pelas seguintes ocorrências:

I. Despolarização da fibra nervosa no nódulo de Ranvier.

II. Propagação saltatória dos impulsos na fibra nervosa.

III. Propagação contínua dos impulsos ao longo da fibra nervosa.

IV. Inversão de cargas iônicas na fibra nervosa, quando em repouso.

As afirmativas incorretas são apenas.

a) I e II.

b) I e IV.

c) II e III.

d) II e IV.

e) III e IV.

06. (FCM-PB) O filme Óleo de Lorenzo narra uma história sobre uma doença chamada adrenoleucodistrofia (ALD), a qual leva o acometido a deficiências motoras, auditivas e visuais. Essas deficiências são em consequência da destruição da bainha de mielina das células nervosas. Observe a figura referente a uma célula nervosa onde alguns de seus componentes foram enumerados de I a IV e assinale a alternativa correspondente à bainha de mielina:

06

a) I.

b) II.

c) III.

d) IV.

e) Nenhuma das alternativas anteriores.

07. (UNIFOR) Considere os componentes de um neurônio:

I Axônio.

II. Dendrito.

III. Corpo celular.

Um impulso nervoso chega a um músculo percorrendo as sequências:

07

08. São estruturas que obedecem à lei do Tudo ou Nada.

I   II

0  0 – Músculo estriado esquelético.

1  1 – Músculo estriado cardíaco.

2  2 – Musculatura da íris.

3  3 – A célula glandular.

4  4 – Músculo lisos tipo II.

09. (UFG) Em uma experiência laboratorial, o nervo vago que inerva o coração de uma rã foi estimulado eletricamente, liberando acetilcolina, que provoca:

a) Sístole ventricular.

b) Diminuição da frequência cardíaca.

c) Aumento da força de contração cardíaca.

d) Hipertrofia ventricular.

e) Hipertensão arterial.

10. (UPE) Nos animais pluricelulares, a grande variedade de atividades orgânicas requer a presença de um sistema coordenador que garanta a correspondência e a harmonia entre os diversos elementos do corpo do animal. Desse modo, surgiu, nesses animais, o sistema nervoso que junto com o sistema hormonal estabeleceram uma integração capaz de controlar as mais diversas atividades fisiológicas do animal. As características abaixo são de uma das partes do sistema nervoso central, analise-as.

I. É considerado um centro vital.

II. Controla a respiração e a digestão.

III. Determina alterações nos batimentos cardíacos.

IV. Exerce influência em certos atos-reflexos, como a deglutição e a tosse.

Assinale a alternativa correta.

a) Tálamo.

b) Bulbo raquidiano.

c) Ponte.

d) Cerebelo.

e) Mesencéfalo.

11. (COVEST) Nos vertebrados, a região ventral do diencéfalo (X), tem importantes centros reguladores (hídrico e térmico) e é sede das emoções, do prazer e do apetite. A região X é

a) O bulbo raquidiano.

b) O encéfalo setentrional.

c) O cerebelo.

d) A medula espinhal.

e) O hipotálamo.

12. (FCM-PB) Mariana após sofrer um acidente automobilístico, apresentou suspeita de comprometimento da coluna vertebral. A vítima deverá ser transportada segundo a orientação do Dr. Alexandre, deitada e imobilizada. Esse procedimento visa preservar a integridade da coluna vertebral, pois no seu interior passa:

a) A medula espinhal, cuja lesão ocasionar leucemia.

b) Conjunto de nervos cranianos que lesados pode levar a paralisia.

c) A medula óssea cuja lesão pode ocasionar leucemia.

d) A medula óssea cuja lesão pode ocasionar paralisia.

e) A medula espinhal, cuja lesão pode levar a paralisia.

13. (COVEST) Galvani (1780) foi o que primeiro constatou a natureza elétrica da atividade nervosa. Sabe-se que, se aplicado um estímulo num axônio, a membrana sofre alteração em sua permeabilidade ao sódio e em sua polaridade. Na figura abaixo, a aplicação do estímulo deve ter ocorrido em:

13

a) 1, apenas.

b) 2, apenas.

c) 3, apenas.

d) 1 e 3, apenas.

e) 1, 2 e 3.

14. Considere as proposições abaixo.

I. Axônios calibrosos propagam o impulso nervoso mais rapidamente que os axônios finos.

II. A velocidade de propagação do impulso nervos é maior em neurônios amielínicos.

III. O impulso nervoso se propaga, no neurônio, unidirecionalmente.

Esta(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s):

a) I, II e III.

b) I e II, apenas.

c) I e III, apenas.

d) II e III, apenas.

e) III, apenas.

15. Os principais componentes da substância cinzenta e da substância branca do sistema nervoso central são, respectivamente:

a) Corpos celulares e neurofibras.

b) Gânglios nervosos e neurofibras.

c) Neurofibras e corpos celulares.

d) Neurofibras e gânglios nervosos.

16. Assinale a alternativa incorreta:

a) A excitabilidade é uma das propriedades fundamentais dos seres vivos.

b) A manutenção da excitabilidade independe de condições físico-químicas adequadas.

c) As variações energéticas que provocam reações celulares são chamadas estímulos.

d) Para que o estímulo provoque uma resposta celular, precisa ultrapassar o limiar de excitação.

e) O estímulo transforma a condição celular que existe em potencial (excitabilidade) em condição ou estado dinâmico (excitação).

17. (FCM-PB) Assinale na alternativa correspondente a soma dos itens corretos.

01. Os neurônios são responsáveis pelas funções vinculadas ao raciocínio, memória e emoções.

04. O sistema nervoso autônomo funciona sem a consciência do individuo, necessitando de um mecanismo autorregulado.

08. Uma lesão na região do bulbo provocará alterações no equilíbrio.

16. As sinapses químicas são caracterizadas pela liberação de substancias que vão agir como mediadores químicos, os neurotransmissores.

a) 28.

b) 17.

c) 25.

d) 20.

e) 21.

18. (UNFOR) Ao localizar sua presa, uma jaguatirica apresenta taquicardia, dilatação da pupila e tremor geral do corpo. Esses sintomas ocorrem devido à liberação, pelo sistema nervoso:

a) Simpático, de acetilcolina.

b) Parassimpático, de acetilcolina.

c) Central, de adrenalina.

d) Simpático, de adrenalina.

e) Parassimpático, de adrenalina.

19. (UFAL) Considere o texto abaixo.

“Um menino, assistindo televisão, ficou com “água na boca” ao ver a propaganda de um hambúrguer. Nesse caso, ocorreu produção de ….I…. causada por ….II…. .”

Para completá-lo corretamente, deve-se substituir I e II, respectivamente, por:

a) Pepsina, ação de hormônios.

b) Pepsina, impulsos nervosos.

c) Saliva, estímulos químicos.

d) Saliva, ação dos hormônios.

e) Saliva, impulsos nervosos.

20. (UNIFOR) Em situações de estresse, o organismo de uma pessoa responde com a aceleração dos batimentos cardíacos. Nesse caso, o sistema nervoso periférico responsável pela resposta e a substância química que atua como neurotransmissor são, respectivamente, o:

a) Voluntário e a acetilcolina.

b) Voluntário e a noradrenalina.

c) Autônomo parassimpático e a noradrenalina.

d) Autônomo simpático e a acetilcolina.

e) Autônomo simpático e a noradrenalina.

21. (UFMG) Rede nervosa e gânglios nervosos constituem dois tipos primitivos de sistema nervoso encontrados, respectivamente, em:

a) Esponja e sanguessuga.

b) Hidra e planária.

c) Lombriga e caracol.

d) Minhoca e medusa.

e) Paramécio e borboleta.

22. (FCM-PB) As vias sensitivas têm função de conduzir o impulso nervoso para os órgãos do sistema nervoso central, enquanto que as vias motoras conduzem para os músculos e glândulas. A organização do fluxo nervoso se mantém em virtude principalmente da propriedade:

a) Da transmissão, se fazer apenas na direção da medula raquidiana e outros órgãos do sistema nervoso.

b) Das ramificações terminais dos dendritos, possuírem botões terminais capazes de liberar neurotransmissores.

c) Da transmissão do impulso, ser regulada pelas substancias existentes na sinapse.

d) Das ramificações terminais do axônio, possuírem botões terminais com vesículas capazes de liberar neurotransmissores.

e) Das substancias mediadoras que existem permanentemente inalteráveis na região sináptica.

23. (VUNESP) Quando uma pessoa encosta a mão em um ferro quente, ela reage imediatamente por meio de um reflexo. Nesse reflexo o neurônio efetuador leva o impulso nervoso para:

a) A medula espinal.

b) O encéfalo.

c) As terminações sensoriais de calor na ponta dos dedos.

d) As terminações sensoriais de dor na ponta dos dedos.

e) Os músculos flexores do braço.

24. (FCC-SP) Considere o seguinte esquema de dois neurônios.

24

A sinapse está representada em:

a) I.

b) II.

c) III.

d) IV.

e) V.

25. (UFMA) A figura abaixo esquematiza um neurônio, célula do tecido nervoso. Sabendo-se que a propagação nervosa é unidirecional, indique o sentido do impulso nervoso, relacionando a estrutura celular ao número correspondente na figura.

25a

 

25b

26. (PUC-SP) Nas alternativas a seguir são mostrados três itens:

I. Parte do sistema nervoso estimulada.

II. Substância liberada.

III. Efeito sobre o ritmo cardíaco.

Qual das alternativas apresenta corretamente o que se dá com uma pessoa em situação de perigo?

a) I – simpático; II – acetilcolina; III – aumento

b) I – parassimpático; II – acetilcolina; III – diminuição

c) I – simpático; II – adrenalina; III – aumento.

d) I – parassimpático; II – adrenalina; III – diminuição

e) I – simpático; II – acetilcolina; III – aumento.

27. (FCM-PB) Nas intervenções cirúrgicas costuma-se administrarem anestésicos a fim de tornar regiões ou todo organismo insensível à dor. Os anestésicos atuam, portanto em:

a) Sinapses, impedindo a transmissão do impulso nervoso.

b) Sinapses, favorecendo a passagem do impulso nervoso.

c) Dendritos, invertendo o sentido do impulso nervoso.

d) Membrana das células, aumentando a bomba de sódio.

e) Axônios, aumentando a polarização das células.

28. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

I   II

0  0 – Em um arco reflexo, o impulso nervoso se movimenta num único sentido.

1  1 – O receptor transmite o impulso nervoso para o neurônio sensitivo.

2  2 – O efetor pode ser um músculo ou uma glândula.

3  3 – O bulbo faz parte do Sistema Nervoso Periférico.

4  4 – Um neurônio pode ser motor e sensitivo simultaneamente.

29. (UFF) Na doença miastenia grave, o corpo humano produz anticorpos contra suas próprias moléculas de receptores de acetilcolina. Esses anticorpos ligam-se e bloqueiam os receptores de acetilcolina da membrana plasmática das células musculares. À medida que a doença progride, a maioria dos músculos enfraquece, e o doente pode apresentar dificuldades para engolir e respirar. Esses anticorpos:

a) Atuam como a acetilcolina, provocando permanente contração, fadiga e fraqueza muscular.

b) Impedem que a contração muscular seja estimulada pela acetilcolina.

c) Promovem a destruição dos receptores da sinapse elétrica, bloqueando a via aferente.

d) Ligam-se aos receptores de acetilcolina, inibindo a enzima acetilcolinesterase e, consequentemente, a transmissão dos impulsos nervosos.

e) Ligam-se aos receptores de acetilcolina, bloqueando a ação do sistema nervoso simpático.

30. (UFPI) No tecido nervoso dos vertebrados, o neurônio é a unidade funcional básica. Entretanto, no desempenho de suas funções, essa célula é sustentada por outros tipos celulares denominados:

I. Astrócitos.

II. Oligodendrócitos.

III. Fibrócitos.

IV. Queratinócitos.

V. Células de Schwann.

A alternativa que apresenta todos os tipos celulares que dão sustentação ao neurônio é:

a) I, III e IV.

b) II, III e V.

c) III, IV e V.

d) I, II e V.

e) I, II e III.

gab

Publicado por: Djalma Santos | 13 de novembro de 2014

TESTES DE HISTOLOGIA NA UPE

01. (UPE-2004) Estabeleça a correta associação entre cada proteína listada na 1ª coluna e a(s) sua(s) propriedade(s) e sua distribuição no nosso corpo, apresentadas na 2ª coluna.

1ª COLUNA

1. Fibrinogênio

2. Colágeno

3. Miosina

4. Albumina

5. Queratina

2ª COLUNA

(  ) Proteína de alta resistência,  encontrada   na pele, nas  cartilagens, nos ossos e nos tendões.

(   ) Proteína  contrátil,  abundante nos  músculos e  envolvida  na  contração muscular.

(   ) Proteína  impermeabilizante,  encontrada  na  pele, nos  cabelos e  nas unhas.

(   ) Proteína relacionada à regulação osmótica e à viscosidade do plasma.

(   ) Proteína relacionada ao mecanismo de coagulação do sangue.

Assinale a alternativa que contempla a sequência correta das associações.

a) 2, 3, 5, 4, 1.

b) 5, 3, 2, 4, 1.

c) 2, 1, 5, 4, 3.

d) 5, 4, 3, 1, 2.

e) 3, 5, 4, 2, 1.

02. (UPE-2004) Assinale a alternativa correta que apresenta um tipo celular, sua respectiva função e o tecido a que pertence.

a) Adiposa: acúmulo de gordura – tecido epitelial.

b) Plasmócito: defesa por fagocitose – tecido muscular.

c) Mastócito: síntese de anticorpos – tecido nervoso.

d) Fibroblasto: síntese da substância intercelular – tecido conjuntivo.

e) Macrófago: síntese de anticorpos – tecido cartilaginoso.

03. (UPE-2004) Analise as afirmativas sobre as características dos tecidos animais.

I   II

0  0 – Os astrócitos são células do tecido nervoso, capazes de conduzir os impulsos nervosos em resposta às alterações do meio.

1   1 – O tecido epitelial apresenta reduzida quantidade de substância intercelular e ausência de vasos sanguíneos e funciona como a primeira barreira contra a penetração de organismos estranhos no corpo.

2  2 – Os fibroblastos, células conjuntivas especializadas na síntese da substância intercelular, são responsáveis pelo grande poder de regeneração desses tecidos.

3 3 – O tecido adiposo é um tipo de tecido conjuntivo rico em células especializadas no acúmulo de gordura, denominadas de células adiposas. Esse tecido serve como reserva de energia e de proteção contra o frio.

4  4  – Os condroblastos, células do tecido ósseo, sintetizam a substância intercelular, crescem e transformam-se em células ósseas adultas – condrócitos – que ficam alojados em cavidades denominadas lacunas ou osteoplastos.

04. (UPE-2005) Analise as características de um tecido animal.

I. Justaposição de células, com pouca substância intercelular.

II. Ausência de vasos sanguíneos.

III. Primeira barreira contra a penetração de microrganismos estranhos ao corpo.

IV. Resistência a trações e atrito em decorrência de especializações na região de contato entre suas células.

V. Apresentação de dupla polaridade: um polo relacionado à membrana basal e outro, à superfície livre das células.

Assinale a alternativa que contempla corretamente o tecido descrito.

a) Tecido Conjuntivo.

b) Tecido Adiposo.

c) Tecido Cartilaginoso.

d) Tecido Epitelial.

e) Tecido Muscular.

05. (UPE–2006) Na coluna I, constam alguns tecidos constituintes do corpo dos animais, e, na coluna II, estão listadas algumas de suas características. Estabeleça a correta associação entre as colunas.

COLUNA I

1. Tecido cartilaginoso.

2. Tecido conjuntivo.

3. Tecido sanguíneo.

4. Tecido ósseo.

COLUNA II

a. Caracteriza-se por ser um tecido rígido, especializado na sustentação do organismo, no suporte de partes moles e na proteção de órgãos vitais. É constituído por células denominadas de osteócitos, osteoblastos e osteoclastos e por uma matriz calcificada.

b. Caracteriza-se por ser um tecido maleável, constituído por uma substância intercelular denominada de matriz e por poucas células denominadas de condrócitos e condroblastos.

d. Caracteriza-se por apresentar riqueza de tipos celulares, como os fibroblastos e os macrófagos, e abundante material intercelular.

e. Caracteriza-se por apresentar uma parte líquida, o plasma, e uma parte sólida, os elementos figurados: hemácias, leucócitos e plaquetas. Sua principal função é de transportar substâncias pelo corpo.

Assinale a alternativa que apresenta a associação correta.

a) 1b / 2c / 3d / 4a.

b) 1a / 2b / 3d / 4c.

c) 1c / 2a / 3b / 4d.

d) 1d / 2b / 3a / 4c.

e) 1c / 2d / 3a / 4b.

06. (UPE–2007) Sobre tecidos vegetais, analise as afirmativas a seguir e conclua.

I   II

0  0 – O colênquima é um tecido formado por células alongadas, vivas e flexíveis localizadas na periferia de caules jovens, pecíolos e pedúnculos de flores e frutos.

1 1 – O floema é o principal tecido responsável pela produção de papel e largamente empregado na construção civil e na marcenaria.

2  2 – O xilema é um tecido responsável pela condução da seiva mineral. Suas células se caracterizam pela impregnação de lignina nas suas paredes e pela presença da placa crivada.

3  3 – O parênquima é um tecido de preenchimento, cujas células se especializaram no processo de armazenamento e/ou fotossíntese.

4 4 – Os meristemas apicais são tecidos com grande atividade mitótica, sendo responsáveis pelo crescimento tanto em altura como em espessura.

07. (UPE–2007) As figuras representam algumas células do nosso corpo. Analise-as e escolha a alternativa que descreve corretamente o tipo de célula, suas características e função.

07

a) A figura A representa um linfócito, célula agranulocítica do sangue, responsável pela produção de anticorpos.

b) A figura B representa um neutrófilo, célula de núcleo geralmente trilobulado e citoplasma rico em granulações finas, cuja principal função é fagocitar microrganismos que eventualmente invadam nosso corpo.

c) A figura C representa um fibroblasto, célula abundante no tecido epitelial, responsável pela produção de fibras proteicas e da substância fundamental amorfa.

d) A figura D representa um neurônio, célula nervosa, rica em prolongamentos citoplasmáticos, que participa do processo de cicatrização do tecido nervoso.

e) A figura E representa o mastócito, célula conjuntiva, com grande capacidade de fagocitose, importante no mecanismo de defesa, combatendo elementos estranhos ao nosso corpo.

08. (UPE–2008) O tecido conjuntivo possui três fibras colágenas, reticulares e elásticas. Sobre elas, analise as afirmativas e assinale a alternativa correta.

a) As fibras colágenas são constituídas da proteína colágeno, polimerizada fora das células, a partir do tropocolágeno sintetizado pelos macrófagos.

b) Quanto maior a quantidade de colágeno nos tecidos, maior a elasticidade, como por exemplo, nos tendões, o colágeno distribui-se em uma só direção, enquanto, no cordão umbilical, formam uma malha difusa entre as células do tecido.

c) Os pulmões são órgãos facilmente sujeitos a expansões de volume, pois são ricos em fibras elásticas, constituídas por elastina, proteína cuja principal função é dar elasticidade aos locais onde se encontram.

d) As células de certos órgãos como o baço e os rins são envolvidas por uma trama de sustentação constituída de fibras reticulares cujo principal componente é a elastina, uma escleroproteína.

e) As fibras colágenas assim como as elásticas são constituídas de microfibrilas de colágeno que se unem formando as fibrilas de colágeno, e estas se unem, formando as fibras de colágeno.

09. (UPE–2008) Em uma aula de microscopia, um aluno recebeu cinco lâminas para descrição e identificação do tecido correspondente a cada material. Posteriormente, fez suas anotações em cinco fichas que são transcritas abaixo.

09

Analise a alternativa que descreve corretamente o tecido da lâmina.

a) I – Camada única de células achatadas e delgadas, revestindo o interior dos vasos sanguíneos: endotélio.

b) II – Fibras de colágeno orientadas em uma direção (derme) ou em várias direções (tendões e ligamentos): tecido conjuntivo denso.

c) III – Quantidade abundante de fibras colágenas, presentes nos discos intervertebrais: cartilagem elástica.

d) IV – Uma única camada de células, apresentando alturas diferentes, revestindo a bexiga urinária: músculo liso.

e) V – Células com vários núcleos periféricos e com estrias transversais: tecido muscular estriado cardíaco.

10. (UPE-2009) As figuras abaixo descrevem tecidos do nosso corpo. Analise-as.

10

Assinale a alternativa que contém a descrição correta de um deles.

a) 1 – tecido adiposo – é uma variedade de tecido conjuntivo, constituído de adipócitos, que são células de citoplasma volumoso, sendo este ocupado por gordura. Tem ampla distribuição subcutânea e exerce as funções de reserva de energia, proteção contra choques mecânicos e isolamento térmico.

b) 2 – tecido epitelial pseudoestratificado cilíndrico com cílios – é formado por várias camadas de células de forma cilíndrica e encontrado na traqueia e nos rins; sua função é revestimento e proteção.

c) 3 – tecido muscular estriado esquelético – é formado por miócitos, células longas e fusiformes, com 1 ou 2 núcleos; no sarcoplasma, os miofilamentos se organizam em estrias. Sua contração é lenta, rítmica e vigorosa.

d) 4 – tecido sanguíneo representado, na figura, por hemácias e neutrófilos. As hemácias são nucleadas e ricas em hemoglobina, transportam o oxigênio, enquanto os neutrófilos são responsáveis pela defesa do nosso corpo através da síntese de anticorpos.

e) 5 – tecido ósseo – constituído de condrócitos e condroblastos, células que ficam encerradas na matriz extracelular, rica em fibras e fosfato de cálcio. Sua função é sustentação.

11. (UPE-2009) Faça a associação entre as três colunas da tabela abaixo.

11

Assinale a alternativa que apresenta a associação correta.

a) I-1-B; II-4-D; III-3-C; IV-2-A.

b) I-2-D; II-3-B; III-4-C; IV-1-A.

c) I-4-C; II-2-B; III-3-D; IV-1-A.

d) I-3-D; II-1-B; III-4-A; IV-2-C.

e) I-4-A; II-3-C; III-1-B; IV-2-D.

12. (UPE-2010) Uma planta vascularizada cresceu por ação hormonal. Depois de adulta, sofreu podação, ou seja, os seus galhos foram cortados. Entretanto o seu caule e as suas folhas voltaram a crescer. O crescimento longitudinal e transversal num vegetal ocorre graças à ação do tecido:

a) Meristemático.

b) Parenquimatoso.

c) De sustentação.

d) De revestimento e transporte.

e) De proteção

13. (UPE-2010) Observe a figura.

13

I. Presença de nítida polaridade, um polo voltado para a superfície livre da célula – o polo apical, e outro polo, para o tecido subjacente, o polo basal.

II. Células com cílios, projeções da membrana plasmática que promovem a expulsão de partículas estranhas.

III. Não possui vasos sanguíneos, recebe oxigênio e nutrientes a partir de capilares do tecido próximo.

IV. As células são perfeitamente ajustadas, unidas umas às outras por pouca substância intercelular.

Observando a figura e as características oferecidas, certo aluno concluiu que se tratava do tecido______________.

Assinale a alternativa que completa, corretamente, a lacuna.

a) Adiposo.

b) Cartilaginoso.

c) Epitelial.

d) Nervoso.

d) Conjuntivo.

14. (UPE-2011) Leia o texto a seguir:

ESTRIAS – INESTÉTICAS CICATRIZES DÉRMICAS

As estrias são cicatrizes cutâneas da pele, relacionadas com pequenas fraturas causadas à derme, por fenômenos de distensão.

Segundo o dr. Miguel Trincheiras, dermatologista, a distensão dos tecidos é comum na adolescência, quando há aumentos bruscos de massa gorda ou massas musculares (engordar//emagrecer, musculação) e por ocasião da gravidez. O aparecimento das estrias ocorre na região glútea (nádegas) e nas ancas, já que são zonas de grande concentração de tecido adiposo.

A hidratação cutânea condiciona a elasticidade da pele e a sua capacidade de sofrer distensões sem haver ruptura dos tecidos. Os derivados da vitamina A têm a capacidade de estimular as células da derme na produção fibras elásticas, colágeno e todas as substâncias fundamentais para a retenção de moléculas de água no seu seio.

Adaptado de: Medicina & Saúde® Publicada por Isabel Perregil.

Algumas palavras destacadas do texto foram comentadas, explicadas e/ou justificadas nas alternativas abaixo. Identifique a correta.

a) O tecido adiposo é formado por adipócitos, células derivadas dos lipoblastos, que se especializaram em armazenar ácidos graxos, que provêm, essencialmente, da alimentação.

b) A pele é formada por um epitélio simples, pavimentoso, de origem endodérmica, cuja função é a de conferir proteção mecânica e de proteção contra a perda de água.

c) As fibras elásticas são formadas pela proteína colágeno; são fibras resistentes à tração, sendo mais abundantes na pele de pessoas idosas.

d) O colágeno é a proteína mais abundante do corpo humano é sintetizada pelos plasmócitos, células frequentemente encontradas no tecido conjuntivo frouxo.

e) A derme é um tecido conjuntivo, que garante suporte e nutrição às células da epiderme; é rica em terminações nervosas, vasos sanguíneos, glândulas sudoríparas e sebáceas, fibras elásticas, colágenas e reticulares, que conferem a pele sua resistência e elasticidade típicas.

15. (UPE-2011) Analise a figura de um corte histológico de um tipo especial de tecido conjuntivo e as suas c características descritas no texto.

15

É um tipo de tecido conjuntivo de consistência rígida, que tem função de sustentação e de revestimento de superfícies articulares. Suas células, condrócitos e condroblastos são responsáveis pela formação das fibras colágenas e da substância intercelular, denominada de matriz. Assinale a alternativa que indica corretamente o tecido correspondente.

a) Tecido adiposo.

b) Tecido cartilaginoso.

c) Tecido epitelial.

d) Tecido ósseo.

e) Tecido sanguíneo.

16. (UPE-2012) Os tecidos epiteliais são classificados, tomando-se como base a estrutura e a organização celular e suas funções. Sobre isso, analise o quadro a seguir:

16

Assinale a alternativa que contém a classificação correta dos tecidos.

a) I – Epitélio cúbico simples; II – Epitélio estratificado de transição; III – Epitélio pseudoestratificado; IV – Epitélio simples prismático; V – Epitélio simples pavimentoso; VI – Epitélio estratificado pavimentoso.

b) I – Epitélio cúbico simples; II – Epitélio pseudoestratificado; III – Epitélio estratificado pavimentoso; IV – Epitélio simples pavimentoso; V – Epitélio simples prismático; VI – Epitélio estratificado de transição.

c) I – Epitélio simples pavimentoso; II – Epitélio estratificado pavimentoso; III – Epitélio estratificado de transição; IV – Epitélio simples prismático; V – Epitélio cúbico simples; VI – Epitélio pseudoestratificado.

d) I – Epitélio cúbico simples; II – Epitélio estratificado pavimentoso; III – Epitélio pseudoestratificado; IV – Epitélio simples prismático; V – Epitélio simples pavimentoso; VI – Epitélio estratificado de transição.

e) I – Epitélio simples pavimentoso; II – Epitélio estratificado pavimentoso; III – Epitélio pseudoestratificado; IV – Epitélio cúbico simples; V – Epitélio simples prismático; VI – Epitélio estratificado de transição.

gab

 

 

 

 

Publicado por: Djalma Santos | 8 de novembro de 2014

Testes de bioenergética (IV)

01. (UNIMONTES) A figura abaixo representa uma via alternativa utilizada pelo músculo, durante o exercício físico, para produzir energia. Analise-a.

01

De acordo com a figura e com o assunto abordado por ela, analise as afirmativas a seguir e assinale a alternativa correta.

a) Na falta de oxigênio, o ácido pirúvico funcionará como aceptor de hidrogênio, reduzindo-se a ácido lático.

b) A cadeia respiratória ficará inoperante, devido à ausência de NADH2, diminuindo o rendimento energético.

c) Interrompendo-se o exercício físico, ocorrerá diminuição de oxigênio e acúmulo do ácido lático no músculo.

d) Na situação apresentada, haverá liberação de gás carbônico, água e ATP.

02. (UEL) O esquema a seguir corresponde a etapa da respiração celular denominada ___________ que ocorre no(na) ___________.

02

a) glicólise / hialoplasma.

b) ciclo de Krebs / mitocôndria.

c) cadeia respiratória / citoplasma.

d) anaeróbica / mitocôndria.

e) fermentação / citoplasma.

03. (UPF) Na biosfera, o carbono fixado na ___________ retorna, gradativamente, à atmosfera em consequência da ____________ e da ______________. O que completa corretamentea frase se encontra na alternativa:

a) respiração / fotossíntese / transpiração.

b) fotossíntese / transpiração / queima de combustíveis fósseis.

c) fotossíntese / respiração / queima de combustíveis fósseis.

d) respiração / transpiração / queima de combustíveis fósseis.

e) transpiração / respiração / fotossíntese.

04. (IFSul) A toxina botulínica é uma substância que provoca paralisia muscular e pode ser usada para melhorar a qualidade de vida de pessoas que apresentam blefaroespasmo – doença que faz com que a pessoa pisque de forma descontrolada e excessiva, a ponto de prejudicar sua visão. Essa toxina também e utilizada para fins estéticos com o objetivo de paralisar músculos, por um determinado período, diminuindo rugas e marcas de expressão da face. Quando presente em alimentos contaminados, como em enlatados preparados de maneira inadequada, pode causar botulismo. A toxina botulínica é produzida por certas bactérias (Clostridium botulinum) que apresentam metabolismo energético denominado:

a) Respiração aeróbica.

b) Respiração anaeróbica facultativa.

c) Respiração anaeróbica obrigatória ou estrita.

d) Fermentação lática.

05. (PUC-SP) Quais dos processos abaixo ocorrem tanto em células de animais como em células de plantas?

a) Fotólise da água e síntese de glicose a partir de gás carbônico e pentoses.

b) Fotólise da água e liberação de gás carbônico em reações mitocondriais.

c) Liberação de gás carbônico em reações mitocondriais e síntese de glicose a partir de gás carbônico e pentoses.

d) Síntese de ATP dependente de energia luminosa e síntese de proteínas nos ribossomos.

e) Síntese de ATP não dependente de energia luminosa e síntese de proteínas nos ribossomos.

06. (PUC-CAMPINAS) No mar são observados os fenômenos I e II esquematizados abaixo.

06A

A alternativa que menciona corretamente os organismos que realizam, respectivamente, os fenômenos I e II é:

06B

07. (IFSudeste-MG) Analise as seguintes afirmativas associadas ao metabolismo energético e assinale a alternativa correta.

a) A fermentação é um processo realizado pelos organismos autótrofos anaeróbios.

b) A respiração aeróbia é realizada apenas por organismos eucariontes que apresentam mitocôndrias no citoplasma.

c) A respiração anaeróbia ocorre apenas nos organismos procariontes.

d) A quimiossíntese é um processo de respiração através da liberação de energia de compostos inorgânicos.

e) A fermentação lática pode ocorrer nas células musculares quando se diminui o suprimento de oxigênio.

08. (UFSJ) O ponto de compensação fótico é o ponto em que, para certa luminosidade, uma planta devolve e fixa as mesmas quantidades de carbono para o ambiente durante a fotossíntese. Nessas condições, é correto afirmar que a planta:

a) Continua crescendo, pois, embora consuma carboidrato proveniente da fotossíntese, não interrompe os processos de retirada de água e alimento do solo.

b) Não cresce, pois fixa carbono na forma de carboidrato e libera carbono na forma de CO2 na mesma proporção, ou seja, consome tudo o que produz.

c) Morre, pois não consegue produzir energia suficiente para suas atividades metabólicas.

d) Cresce, pois utiliza todo o carbono disponível para a produção de energia metabólica para a manutenção da vida.

09. (PUCC-SP) A solução de vermelho de cresol pode apresentar coloração:

- Rósea (quando em contato com a concentração normal de CO2 atmosférico).

- Amarela (quando em contato com altas concentrações de CO2).

- Arroxeada (quando em contato com baixas concentrações de CO2).

Para certo experimento, quatro tubos de ensaio, contendo solução vermelho de cresol, foram montados da seguinte maneira:

09A

Os tubos I e II foram mantidos à alta luminosidade e os tubos III e IV à completa escuridão. Qual deverá ser a cor da solução em cada tubo após algumas horas?

09B

10. (UFSC) “A ingestão em quantidades elevadas de aspirina (5 a 10 gramas, no caso de crianças) pode acarretar o bloqueio da respiração celular, um quadro de intoxicação fatal”.

(Texto extraído do “Jornal Universitário” da UFSC, publicado em julho de 2001, p. 12).

Sobre o processo de respiração celular, assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as proposições adiante.

01. Parte dele acontece no hialoplasma, quando ocorre a quebra da molécula de glicose.

02. Durante a glicólise, uma molécula de 6 carbonos é quebrada em duas moléculas de 3 carbonos, produzindo energia sob a forma de ATP.

04. Esse processo é menos eficiente na obtenção de ATP do que a respiração anaeróbica, já que ela independe da presença de oxigênio e de glicose.

08. Uma organela fundamental para a sua ocorrência é o centríolo, que permite a entrada da glicose na célula.

16. Ao seu final, são produzidas moléculas de gás carbônico, água e ATP.

32. Algumas etapas desse processo ocorrem dentro das mitocôndrias.

Soma das alternativas corretas:

11. (PUC-RS) Responder à questão com base nas afirmativas a seguir, sobre a adenosina trifosfato (ATP).

I. O ATP é um composto de armazenamento que opera como fonte de energia.

II. Todas as células vivas precisam de ATP para captação, transferência e armazenagem da energia livre utilizada para seu trabalho químico.

III. O ATP é gerado pela hidrólise de adenosina monofosfato (AMP + Pi + energia livre).

IV. O ATP é sintetizado a partir da molécula de glicose, por meio da glicólise e da respiração celular.

Pela análise das afirmativas, conclui-se que:

a) Somente I e II estão corretas.

b) Somente II e III estão corretas.

c) Somente III e IV estão corretas.

d) Somente I, II e IV estão corretas.

e) I, II, III e IV estão corretas.

12. (COMBIMED) O desenho abaixo representa uma experiência na qual se colocou uma planta aquática, uma Elódea, por exemplo, em um recipiente com água, durante o dia, em local iluminado com luz natural.

12

Ao final de algum tempo tornou-se perceptível o desprendimento de bolhas de gás pela folha da planta. O gás foi recolhido em um funil colocado sobre a planta e analisado. Sobre esta experiência foram formuladas três afirmativas:

I. O gás desprendido é predominantemente constituído de CO2 (dióxido de carbono), resultante da respiração da planta.

II. À noite, sem iluminação, o desprendimento do gás que predominava durante o dia seria extremamente reduzido ou poderia mesmo cessar.

III. Se o funil em que está sendo recolhido o gás durante o dia, for ligado a um recipiente no qual exista um pequeno animal, este morrerá por intoxicação, em curto prazo.

Assinale a resposta correta utilizando a seguinte chave:

a) Somente I é correta.

b) Somente II é correta.

c) Somente III é correta.

d) Somente são corretas I e III.

e) Todas são corretas.

13. (UFSC) Analise o esquema abaixo, que mostra importante fluxo de matéria e energia nos seres vivos.

13

Considerando o esquema, selecione o que for correto:

I  II

0 0 – Os processos  A e B ocorrem  a nível  celular, respectivamente,  nos cloroplastos e nas mitocôndrias.

1 1 – O processo A ocorre tanto em organismos produtores, como em consumidores.

2  2 – Em ambos os processos, há formação de ATP (adenosina trifosfato).

3  3 – O processo A é anabólico; e o B, catabólico.

4 4 – Através do processo  B, compostos  inorgânicos  de baixo nível de energia são transformados em substâncias altamente energéticas.

14. (UnB) As figuras a seguir representam experimentos realizados por Joseph Priestley no século XVIII. À luz dos conhecimentos atuais, analise e julgue as interpretações abaixo.

14

1. Chama da vela acesa.

2. Chama da vela se apaga.

3. Planta verde colocada na redoma.

4. Durante vários dias a vela permanece acesa.

5. Camundongo vive.

6. Camundongo morre.

Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

I   II

0   0 – Figuras 1 e 2 – a chama da vela apagou porque o dióxido de carbono do ar foi totalmente consumido durante a combustão.

1  1 – Figuras  3 e 4 – a  chama  da  vela  fornece  o calor  necessário  à sobrevivência da planta.

2   2 – Figura 5 -  a planta  utiliza,  na  fotossíntese,  o  CO2  liberado  na respiração celular do camundongo.

3   3 – Figura 6 – sem a planta, o camundongo morre por falta de alimento.

4  4 – Figuras 1 a 6 – ao   realizarem  a  fotossíntese,   as  plantas  liberam o oxigênio necessário à combustão de velas e à manutenção da vida de animais.

15. (MACK) O esquema mostra, de maneira simplificada, a utilização/produção do CO2e do O2 durante os processos de fotossíntese e respiração realizados pelas plantas e algas. A sua análise permite concluir que:

15

a) A respiração é mais intensa do que a fotossíntese.

b) A fotossíntese é mais intensa do que a respiração.

c) Os dois processos têm a mesma intensidade.

d) A taxa de CO2 na atmosfera está diminuindo ao longo do tempo.

e) As taxas de CO2e de O2 na atmosfera permanecem constantes ao longo do tempo.

16. (CESGRANRIO) Temos um grupo de bactérias que, através da quimiossíntese, produz matéria orgânica. Sobre esse processo, marque a afirmativa correta:

a) A molécula de O2liberada provém das moléculas orgânicas envolvidas no processo.

b) A molécula de CO2 utilizada é doadora de elétrons como na fotossíntese.

c) A energia proveniente do sol é armazenada em moléculas de ATP.

d) A energia utilizada no processo resulta da oxidação de moléculas inorgânicas.

e) A construção da matéria orgânica utiliza também energia radiante.

17. (UFPR) Estudando dois processos bioquímicos realizados por uma determinada planta, um pesquisador obteve os resultados registrados no gráfico a seguir.

17

Com base nesse gráfico e no conhecimento sobre o assunto, é correto afirmar:

01. Resultados semelhantes poderiam ser obtidos se a pesquisa fosse realizada com arqueobactérias ou organismos animais.

02. A organela envolvida no processo da fotossíntese em células vegetais está igualmente presente nas cianofíceas.

04. No ponto A, a planta produz menos glicose pela fotossíntese do que a que consome na respiração celular.

08. Na intensidade luminosa B, a quantidade de CO2 eliminada na respiração celular é igual à consumida pela fotossíntese.

16. A partir do ponto B, a planta tem condições de armazenar reservas energéticas.

32. Sob intensidade luminosa elevada, a planta libera menos O2 do que consome e capta mais CO2 do que produz.

64. Se a intensidade luminosa correspondente ao ponto C fosse mantida constante, um decréscimo de concentração de CO2 no ambiente provocaria um aumento na taxa da fotossíntese.

Soma das alternativas corretas:

18. (UNEMAT) Seres vivos como plantas, mamíferos e peixes são dotados de uma molécula de fundamental importância para a captura, armazenamento temporário e transferência subsequente de energia necessária aos processos celulares. Com base nesse enunciado, assinale a alternativa que apresenta a denominação e a definição corretas da referida molécula.

a) Nucleotídeo, denominado trifosfato de adenosina (ATP).

b) Complexo de Golgi, pelo qual se processa a obtenção de energia para os organismos.

c) Polissacarídeo, um oxirredutor de açúcares no organismo.

d) Polirribossomo, que compreende um conjunto de vários ribossomos configurados em um mesmo RNAm.

e) Plasmodesmos, que se constituem em pontes citoplasmáticas, comunicam células adjacentes formadas ao final da divisão celular.

19. (FATEC) Com base no ponto de compensação fótico, as plantas são classificadas em plantas de sol e plantas de sombra. Assim, é correto afirmar que:

a) As plantas de sombra possuem ponto de compensação fótico baixo e vivem em locais de alta luminosidade.

b) As plantas de sol e as plantas de sombra possuem ponto de compensação fótico alto, mas as plantas de sol vivem em locais de alta luminosidade, e as plantas de sombra, em locais de baixa luminosidade.

c) As plantas de sol possuem ponto de compensação fótico baixo e vivem em locais de baixa luminosidade.

d) As plantas de sol possuem ponto de compensação fótico alto e vivem em locais de alta luminosidade.

e) As plantas de sombra vivem em locais iluminados artificialmente.

20. (UnB) Em seus estudos sobre fotossíntese, um cientista colocou uma planta em um sistema fechado, sujeito a diferentes intensidades luminosas. Medindo a variação de O2, obteve valores que permitiram a construção do gráfico abaixo, no qual a indicação positiva da variação de O2 significa a produção desse gás.

20

Em relação à análise desse gráfico, julgue os itens seguintes.

01. No segmento AB, a taxa de respiração é menor que a taxa de fotossíntese.

02. No ponto B, a taxa de fotossíntese é igual à da respiração.

04. No ponto C, a planta atingiu o ponto de saturação: o aumento da intensidade luminosa não faz aumentar a taxa da fotossíntese.

08. O mesmo experimento poderia ser efetuado, substituindo-se a planta por um fungo.

Soma das alternativas corretas:

21. (UFSJ) A fotossíntese é o processo capaz de converter parte da energia solar em carboidratos. No processo da respiração, ocorre a obtenção de energia a partir dos carboidratos. Sobre a respiração aeróbia, é correto afirmar que o processo ocorre:

a) Nas células, em organelas denominadas mitocôndrias, consumindo oxigênio e liberando gás carbônico e água.

b) Nos alvéolos dos pulmões, consumindo oxigênio e liberando gás carbônico e água.

c) Nas células, em organelas denominadas mitocôndrias, consumindo oxigênio e água e liberando gás carbônico.

d) Nos alvéolos dos pulmões, consumindo oxigênio e água e liberando gás carbônico.

22. O oxigênio utilizado na respiração:

a) Combina-se com o carbono para produzir CO2.

b) Une-se ao hidrogênio, formando H2O.

c) É utilizado na nutrição das organelas.

d) É utilizado na produção de glicose.

23. (UFSJ) Considere as duas equações gerais abaixo.

23

Analise as afirmativas sobre as equações apresentadas acima.

I. A equação A não acontece nos amimais.

II. A equação B não acontece nos vegetais.

III. A equação A representa um processo onde ocorre incorporação de energia e a equação B representa um processo que libera a energia incorporada no processo representado pela equação A.

IV. A equação A representa um processo capaz de reduzir as altas concentrações de carbono atmosférico e, potencialmente, reduzir o feito estufa.

V. As reações químicas representadas pelas equações A e B ocorrem na mitocôndria.

VI. As equações são quimicamente possíveis, mas não correm em sistemas biológicos.

De acordo com essa análise, estão corretas apenas as afirmativas.

a) I, III e IV.

b) I, II e VI.

c) II, IV e V.

d) III, V e VI.

24. (EFES) A fotossíntese ocorre por meio da absorção da energia luminosa pelos pigmentos contidos nos cloroplastos. No entanto, os pigmentos absorvem a energia luminosa em diferentes comprimentos de onda. Em relação a esse processo é incorreto afirmar que:

a) Os vegetais expostos ao comprimento de onda de 500 nm, cor verde, apresentam uma baixa taxa fotossintética.

b) As clorofilas são pigmentos que apresentam a cor verde devido à reflexão desse comprimento de onda.

c) O comprimento de onda que apresenta uma maior absorção corresponde ao azul.

d) As plantas expostas ao comprimento de onda 650 nm (vermelho curto) apresentam taxa de fotossíntese igual a zero.

e) A integração funcional dos vários pigmentos permite uma maior eficiência na captação da energia luminosa.

25. (ANGLO) Leia o texto a seguir, publicado no jornal O Estado de S. Paulo na edição de 19/03/2008 (Suplemento Agrícola, p. 20): Uma frente fria chegou ao Sudeste do Brasil e estacionou sobre o Estado de São Paulo durante a semana passada, provocando chuvas intensas e constantes na maioria das localidades. A massa de ar frio e a nebulosidade baixaram a temperatura em todo o Estado. (…) os dias mais curtos e a baixa intensidade da radiação solar limitam a taxa de acúmulo de biomassa das gramíneas.

De acordo com o texto:

a) As chuvas intensas e constantes encharcaram os solos de tal maneira, que se tornou impossível, para as plantas, realizar a absorção de nutrientes.

b) O tempo úmido e ensolarado favorece o desenvolvimento das pastagens, mas é ruim para o desenvolvimento das gramíneas.

c) O frio e a nebulosidade impediram as plantas de florescer e de produzir frutos e sementes.

d) A pouca luminosidade não permitiu às que plantas realizassem uma fotossíntese muito intensa.

e) A chuva e o frio prejudicaram a colheita das gramíneas, cujo plantio é mais favorável na época do ano em que saiu a notícia, em que os dias são mais curtos.

26. (UFRN) Uma árvore de grande porte, plantada numa área onde há engarrafamentos diários de veículos automotivos, é submetida a altas concentrações de dióxido de carbono. É correto afirmar que, nessa condição de crescente concentração de CO2 à qual a árvore é exposta, a taxa de fotossíntese:

a) Aumenta, porque a quantidade de cloroplastos aumenta com a concentração de CO2.

b) Se torna constante quando ocorre o ponto de saturação das enzimas.

c) Diminui quando há elevado teor de CO2 e as células estomáticas abrem os ostíolos.

d) Se mantém invariável, porque a produção de tilacoides não se altera.

27. (ENADE) O processo de fotossíntese, tal como era compreendido no início dos anos 30, pode ser resumido pela seguinte expressão.

27A

Nessa época, o microbiologista holandês C. Van Niel estudava a fotossíntese de sulfobactérias. Assim como as células de plantas verdes, essas bactérias utilizam a luz nesse processo, mas, em lugar de água, utilizam H2S. Os estudos de Van Niel contribuíram para que fosse respondida uma das mais intrigantes perguntas a respeito desse processo: o oxigênio liberado pelas plantas vem do gás carbônico ou da água? Depois de formular hipóteses e de fazer observações, Van Niel constatou que a expressão equivalente da fotossíntese das sulfobactérias que estudava era a seguinte.

27B

a) O carboidrato provém da molécula de água, e não da molécula de dióxido de carbono.Admitindo-se que o processo fotossintético nas sulfobactérias seja similar ao das plantas verdes, que hipótese poderia ter Van Niel formulado acerca dos produtos liberados na fotossíntese pelas plantas verdes?

b) O oxigênio provém da molécula de carboidrato, e não da molécula de água.

c) O oxigênio provém da molécula de água, e não da molécula de dióxido de carbono.

d) A água provém da própria molécula de água, e não da molécula de dióxido de carbono.

e) A água provém tanto da própria molécula de água quanto da molécula do dióxido de carbônico, mas não da molécula de carboidrato.

28. (VEST-RIO) Interessado em demonstrar um determinado fenômeno vegetal, um grupo de alunos realizou o experimento esquematizado abaixo:

28A

Os três frascos foram fechados de tal forma a só permitir a entrada de ar pelos tubos. Nos frascos A e B, foi colocada uma solução de hidróxido de bário, e no frasco I, uma porção de sementes em germinação. Ao se fazer circular o ar pelo sistema, no sentido indicado pelas setas, o hidróxido de bário no frasco A reteve o CO2 do ar, deixando passar para o frasco I apenas o O2. No frasco B, ao final de algum tempo, pode-se observar a formação de um precipitado branco de carbonato de bário, obtido segundo a reação abaixo:

28B

Essa experiência permitiu aos alunos demonstrar, indiretamente, o seguinte fenômeno vegetal:

a) Transpiração.

b) Fotossíntese.

c) Respiração.

d) Reprodução.

e) Nutrição.

29. (FMAC-SP) Entre as sulfobactérias fotossintetizantes verifica-se a utilização de ácido sulfídrico, em vez de água (H2O), como fonte de elétrons. Neste tipo de processo fotossintético não ocorre:

a) Liberação de oxigênio molecular (O2).

b) Utilização de CO2 como fonte carbono.

c) Formação de carboidratos como produto.

d) Utilização da luz como fonte de energia.

e) Formação de água (H2O) como produto.

30. (PUCRJ) O leite talhado é resultado da ação de microrganismos que:

a) Alcalinizam o meio, precipitando a lactose do leite.

b) Acidificam o meio, precipitando as proteínas do leite.

c) Reduzem a lactose do leite, transformando-a em gordura.

d) Oxidam as proteínas do leite ao aumentar a concentração de O2 no meio.

e) Acidificam o meio, precipitando a gordura do leite ao torná-la solúvel em água.

GAB

 

 

Publicado por: Djalma Santos | 8 de novembro de 2014

EVOLUÇÃO NA UPE

01. (UPE-2004) A figura abaixo ilustra um exemplo de prova anatômica da Evolução.

01

Assinale a alternativa que estabelece a relação correta entre um conceito e a sua representação.

a) Lei da recapitulação que caracteriza a ontogênese.

b) Lei do uso e do desuso que se refere aos órgãos vestigiais que perderam a função primitiva.

c) Analogia de órgãos que apresentam a mesma função.

d) Homologia de órgãos que apresentam a mesma origem embrionária.

e) Convergência adaptativa que relaciona ancestrais, ocupando o mesmo habitat.

02. (UPE-2005) Os cetáceos, como as baleias e os golfinhos, conservam escondidos, na musculatura, pequeninos ossos que correspondem aos membros posteriores dos mamíferos terrestres. No homem, existe, na última parte da coluna vertebral, o cóccix, formado por 4 vértebras fundidas, remanescentes da cauda de nossos ancestrais, ainda visível em muitos mamíferos. Que tipo de evidência evolutiva caracteriza os exemplos apresentados?

a) Órgãos homólogos.

b) Caracteres larvais.

c) Órgãos vestigiais.

d) Órgãos análogos.

e) Convergência adaptativa.

03. (UPE–2006) Entre as afirmativas abaixo, distinga aquela(s) que está(ão) fundamentada(s) nos postulados da Teoria de Darwin.

I   II

0 0 – Os organismos vivos produzem grandes quantidades de unidades reprodutivas, no entanto o número de indivíduos permanece, na maioria das espécies, mais ou menos constante.

1  1 – Os organismos de uma população natural são diferentes entre si, apresentando variações na forma e no comportamento.

2  2 – O uso de diferentes partes do corpo faz com que estas se desenvolvam, e o desuso faz com que atrofiem.

3 3 – Os caracteres benéficos adquiridos por um organismo durante sua vida seriam transmitidos aos seus descendentes.

4  4 – Certas características dos seres vivos poderiam contribuir para a sua sobrevivência e reprodução num determinado ambiente. Quando ausentes, elas tornam os indivíduos desfavoráveis à sobrevivência, podendo levá-los à extinção.

04. (UPE–2007) A imensa biodiversidade de nossos ecossistemas constitui apenas um pequeno percentual de todos os organismos que viveram na Terra, ao longo das eras geológicas. O surgimento de novas espécies de seres vivos e o desaparecimento de outras fazem parte da história da vida em nosso planeta. Em relação aos mecanismos de especiação, analise as afirmativas abaixo e conclua.

I    II

0  0 – Especiação é o processo pelo qual uma espécie de ser vivo se transforma em outra (anagênese) ou se “divide”, dando origem a duas outras (cladogênese).

1  1 – A lei de Hardy-Weinberg aplica-se ao conceito de especiação em populações que sofrem mutações, são panmíticas, migram e, como consequência, evoluem.

2  2 – A especiação, por cladogênese, se inicia quando uma subpopulação de uma espécie se isola geograficamente, altera seu nicho ecológico ou seu comportamento, de maneira que fique isolada, reprodutivamente, do restante da população daquela espécie. Essa subpopulação, ao se isolar, sofre mutações cumulativas com o passar do tempo, que alteram seu genótipo e, consequentemente, sua expressão fenotípica.

3 3 – O isolamento reprodutivo é fundamental para o aparecimento de novas espécies, manifestando-se de dois modos: pré-zigótico, por inviabilidade dos híbridos, e pós-zigótico, por esterilidade dos híbridos e da geração F2.

4 4 – Pode ocorrer surgimento de novas raças, quando um número suficiente de mutações atinge uma subpopulação isolada geograficamente, que torna a se reunir e ainda é capaz de gerar descendentes férteis, apesar das características morfológicas distintas.

05. (UPE-2007) A indústria cinematográfica explora, com certa frequência, temas científicos, como, por exemplo, as mutações das espécies em abordagens catastróficas causadas por acidentes nucleares, gerando mutantes e aberrações da criação. Apesar dessa visão fantasiosa, as mutações genéticas são, de fato, elementos presentes na história dos seres vivos. Assinale a alternativa que se refere corretamente a esse processo.

a) Mutações causadas pela excessiva exposição da pele humana à radiação ultravioleta podem levar a modificações nas células locais, que serão transmitidas geneticamente à descendência desses indivíduos.

b) Mutações são processos biológicos de alteração do genoma, não casuais, condicionados e direcionados pelas necessidades de mudanças de uma espécie em resposta às alterações do meio.

c) Mutações são alterações na sequência de bases do DNA, causando a transformação de um gene “A” em seu alelo recessivo “a”, por exemplo.

d) Mutações representam elemento-chave da evolução de todos os seres vivos, com exceção dos vírus, devido a sua condição acelular.

e) Mutações geram seres transgênicos com alterações que, no caso de serem selecionadas positivamente pelo ambiente, representarão aquisições evolutivas para a espécie.

06. (UPE-2010) Em 2009, foram comemorados o bicentenário do nascimento de Darwin e os 150 anos do seu famoso livro “A origem das Espécies”, que engloba, pelo menos, cinco teorias independentes: evolução propriamente dita, ancestralidade comum, gradualismo, variação das espécies e seleção natural. Em relação a Darwin e suas teorias, analise as afirmativas e conclua.

I   II

0  0 – Durante a viagem do Beagle, Darwin encontrou diferentes espécies de pássaros que variavam de ilha para ilha, no arquipélago de Galápagos, e diferiam significantemente daquelas encontradas no continente sul-americano, o que causou forte impressão e desencadeou reflexões que resultaram em suas ideias sobre a evolução da vida.

1  1 – O livro Ensaio sobre o princípio da população, de Thomas Malthus foi crucial para o desenvolvimento da teoria da seleção natural, pois, segundo a tese do crescimento exponencial de Malthus: “As populações crescem menos rapidamente do que os recursos dos quais dependem”.

2  2 – Com a descoberta da similaridade entre o código genético para procariotos e eucariotos, atualmente se passou a ter um consenso de que todos os organismos existentes no planeta Terra possuem características adquiridas pelo uso ou desuso.

3  3 – Darwin percebeu dois aspectos importantes para a evolução: a anagênese – processo gradual de transformação das espécies e a cladogênese – processo de diversificação de novas espécies a partir de uma espécie ancestral.

4  4 – Dentre as cinco teorias, a da seleção natural foi a mais difícil de ser aceita, principalmente pela ausência de um mecanismo convincente de herança, o que foi solucionado pelas leis da hereditariedade descobertas por Mendel.

07. (UPE-2010) Em relação à evolução dos seres vivos, assinale a alternativa correta.

a) Darwin se baseou nos fenômenos da seleção natural sobre as novas características genéticas, surgidas por mutações necessárias e direcionadas por mudanças bruscas no ambiente, para explicar a evolução.

b) O surgimento de bactérias resistentes a antibióticos representa um fenômeno evolutivo direcionado, por necessidades de sobrevivência, a condições adversas do ambiente, em que não há atuação da seleção natural.

c) Novas espécies são formadas a partir de populações isoladas, por barreiras geográficas que impedem o intercâmbio genético entre elas. Isso explica a razão de não haver especiação sem isolamento geográfico.

d) Evolução biológica é a adaptação a ambientes em mudanças contínuas. Em ambientes naturais, não há extinção de espécies, pois os organismos estão sempre evoluindo em direção ao aprimoramento, tornando-se, cada vez mais, complexos.

e) A irradiação adaptativa explica a evolução de grandes grupos de seres vivos a partir de um ancestral comum.

08. (UPE-2010) O trabalho de Darwin envolveu observação de fatos, a elaboração de uma hipótese e a realização de experimentos para confirmar as hipóteses. Analise as afirmativas abaixo e assinale a que apresenta corretamente as ideias que sustentam a teoria da seleção natural proposta por esse cientista.

I. O meio atua, induzindo à modificação nos seres vivos.

II. O ambiente favorece a sobrevivência dos indivíduos que dispõem de certas características para enfrentar os problemas do meio em que vivem.

III. A mortalidade é maior entre os indivíduos menos adaptados ao meio.

IV. Qualquer aquisição benéfica durante a vida dos seres vivos é transmitida aos seus descendentes que, por sua vez, a transmitiriam às gerações seguintes.

V. A vida não evolui abruptamente, aos saltos; as mudanças sofridas pelas espécies são resultados do acúmulo lento e gradual de pequenas modificações.

Estão corretas:

a) I, II e V.

b) II, III e V.

c) I, II e III.

d) IV e V.

e) II, III e IV.

09. (UPE-2011) “Algumas mudanças evolutivas importantes ocorrem com rapidez suficiente para que possam ser documentadas no decorrer de uma ou de algumas vidas científicas. Isto é particularmente provável quando, devido a atividades humanas ou outras causas, o ambiente de uma população muda ou quando uma espécie é introduzida em um novo ambiente. Por exemplo, as mudanças no suprimento alimentar devido à seca nas Ilhas Galápagos causaram, no período de poucos anos, uma mudança evolutiva substancial, embora temporária, no tamanho do bico de um tentilhão; um vírus introduzido na Austrália para controlar os coelhos evoluiu para uma menor virulência em menos de uma década (e a população de coelhos tornou-se mais resistente a ele); os ratos evoluíram para a resistência ao veneno warfarin; desde a II Guerra Mundial, centenas de espécies de insetos que infestam safras e transmitem doenças desenvolveram resistência ao DDT e a outros inseticidas e a rápida evolução da resistência a antibióticos nos microrganismos patogênicos gera um dos mais sérios problemas de saúde pública.”

Fonte: Futuyma, 2002. Evolução, Ciência e Sociedade (SBG).

Esses exemplos decorrem da atuação de:

a) Deriva genética.

b) Especiação.

c) Migração.

d) Mutação cromossômica.

e) Seleção direcional.

10. (UPE-2011) Uma das grandes preocupações atuais é a manutenção da biodiversidade, representada pela variedade de seres vivos existentes em determinado local ou na Terra. Em geral, a extinção de espécies é um processo natural e lento, no entanto a principal causa da extinção das espécies é, na atualidade, a atividade humana. Analise as afirmativas abaixo:

I. A diversidade da vida ao longo do tempo reflete as taxas de perdas e ganhos de novas espécies. A perda ocorrendo por extinção, e o ganho, por especiação. Assim, quando a taxa de especiação suplanta a de extinção em um táxon, a diversidade diminui neste. Quando a taxa de extinção supera a de especiação, a diversidade nele aumenta.

II. O ser humano sempre selecionou espécies mais disponíveis e rentáveis para a agricultura e para a pecuária, mas essa uniformidade é saudável, pois diminui a sensibilidade ao ataque de pragas e a mudanças climáticas. Assim, espécies selvagens funcionam como um “banco genético”, onde, por meio de enxertos e cruzamentos, são melhoradas as espécies domésticas e, até mesmo, salvas de extinção.

III. A destruição de habitats para ocupação humana, lavoura, pastagem, extração de recursos, exploração comercial excessiva, poluição e introdução de espécies exóticas são as principais causas para o aumento da atual taxa de extinção.

IV. Para proteger a biodiversidade, é necessário se preservar o meio ambiente por meio de leis e do seu cumprimento, da promoção de campanhas educativas de respeito à natureza bem como da criação e manutenção de unidades de conservação, como parques nacionais e reservas biológicas. É preciso, também, combater a biopirataria, que envia seres vivos ao exterior para extração e pesquisa de medicamentos, cosméticos e outros produtos.

V. Quando uma espécie se extingue, libera espaço ecológico que pode ser explorado por outra espécie. Dessa forma, se ocorre extinção de um grupo taxonômico, irá haver a liberação de espaço, o que permitirá uma nova irradiação adaptativa de um grupo competidor.

Somente está correto o que se afirma em:

a) I e II.

b) I, III e IV.

c) II e III.

d) II e V.

e) III, IV e V.

11. (UPE-2011) A diversidade biológica e genética e a seleção natural são fundamentais para que haja evolução. É por meio da evolução que surgem novas espécies. Em relação às palavras e expressões sublinhadas, analise as afirmativas e conclua.

I   II

0 0 -  Diversidade biológica: também denominada biodiversidade. As fontes primárias da variabilidade dos seres vivos são as mutações gênicas que podem ocorrer espontaneamente e ao acaso.

1  1 – Seleção natural: age sobre o genótipo do indivíduo, independentemente de seu fenótipo. Na seleção do tipo estabilizadora, são favorecidos os genótipos extremos, com consequente diminuição dos tipos intermediários.

2  2 – Evolução: a evolução tende a aumentar a capacidade dos seres vivos em relação à sobrevivência ao meio em que vivem. A capacidade de adaptação corresponde ao modo harmônico de relação do organismo com o ambiente.

3  3 – Novas espécies : são formadas por processo denominado especiação. A anagênese é um processo da especiação em que um caráter hereditário surge ou se altera em uma população ao longo do tempo. Essas alterações que modificam as características de uma espécie são pequenas e graduais.

4  4 – Genética: ciência estudada por Gregor Mendel, que propôs também o estudo da Genética de Populações, ligando essa ciência à evolução das espécies.

12. (UPE-2012) Leia o texto a seguir:

“A compreensão de como as espécies de peixes estão geneticamente organizadas ao longo de uma bacia hidrográfica é de extrema importância para a conservação dos recursos pesqueiros…”

“…, a ideia de que essas espécies organizam-se em populações grandes e panmíticas era, até recentemente, inquestionável dado sua grande capacidade de dispersão. Entretanto, trabalhos recentes em espécies como o matrinchã (Brycon orthotaenia), o curimatã (Prochilodus argenteus) e o pintado (Pseudoplatystoma corrucans) da bacia do rio São Francisco mostram a ocorrência de estruturação de populações que são coexistentes e co-migrantes ao longo da calha principal do rio.”

Fonte: Frankham, R; Ballou, JD.; Briscoe, DA. Fundamentos de Genética da Conservação. Ribeirão Preto, SP: SBG, 2008. 280p.

Quando várias populações de espécies diferentes compartilham a mesma área geográfica, são denominadas:

a) Alopátricas.

b) Análogas.

c) Híbridas.

d) Homólogas.

e) Simpátricas.

13. (UPE-2012) Leia o texto a seguir:

Alguns evolucionistas pós-darwinianos tenderam a propagar uma ideia empobrecida, ingenuamente feroz, da _______________, a ideia da pura e simples “luta pela vida”, expressão que inclusive não é de Darwin, mas de Spencer. Os neo-darwinianos do começo deste século propuseram, ao contrário, uma concepção muito mais rica e mostraram, baseados em teorias quantitativas, que o fator decisivo da _________________ não é a “luta pela sobrevivência”, mas, no interior de uma espécie, a taxa diferencial de reprodução.

Fonte: adaptado de Monod, J. O acaso e a necessidade: ensaio sobre a filosofia natural da biologia moderna. 6. ed. Petrópolis, RJ; Vozes, 2006; p. 121.

Qual alternativa abaixo apresenta o fator evolutivo que preenche corretamente as lacunas do texto?

a) Deriva gênica.

b) Migração.

c) Mutação.

d) Recombinação.

e) Seleção natural.

14. (UPE-2013) Para responder esta questão, leia o texto a seguir:

O jumento não é mais o mesmo. Animal rústico e com fama de teimoso, a espécie está cada vez mais valorizada. Alguns animais recebem tratamento de primeira linha, com direito à transferência de embriões, inseminação artificial e congelamento de sêmen. Um bom jumento reprodutor, da raça pêga, vale até R$ 20 mil. O criador de asininos, Osmar Russo (Lorena, SP), diz que o mercado nunca esteve tão bom. “A maioria dos jumentos é vendida para produzir muares (burros e mulas). Um bom reprodutor precisa ter orelha bonita e grande, ser marchador, forte, resistente e manso. Mas o principal é imprimir as características às crias. Separo os melhores animais e cruzo com matrizes boas também. Meus animais nem se comparam aos de antigamente. Algumas jumentas, que mediam em torno de 1,3 metro, agora chegam a 1,4 metro.” Antigamente usavam-se os piores animais para obter muares. Hoje, os cruzamentos são com éguas das raças manga-larga, mangalarga marchador e campolina.

Disponível em: http://www.estadao.com.br/noticias/suplementos (Adaptado)

No caso apresentado, em que os membros de duas espécies (jumento e égua) copulam, e se forma um híbrido vigoroso (mula ou burro), incapaz, porém, de se reproduzir, diz-se que o processo de isolamento reprodutivo é do tipo:

a) Pós-zigótico por esterilidade do híbrido.

b) Pós-zigótico por inviabilidade do híbrido.

c) Pós-zigótico por isolamento etológico.

d) Pré-zigótico por deterioração do híbrido.

e) Pré-zigótico por isolamento de habitat.

15. (UPE-2013) Leia o texto e observe o gráfico a seguir:

A evolução da resistência a inseticidas em espécies de insetos que constituem pragas oferece um exemplo da Evolução como processo dinâmico, que pode ter um impacto direto e importante sobre o meio ambiente. Atualmente, muitas espécies que constituem pragas são resistentes a todos, ou a quase todos, os inseticidas disponíveis. Além disso, algumas espécies que eram incomuns tornaram-se pragas sérias, porque o uso de inseticidas extinguiu os seus inimigos naturais. A resistência dos insetos evolui rapidamente, porque a seleção natural aumenta as mutações raras que não são vantajosas em condições normais, mas, casualmente, conferem proteção contra substâncias químicas danosas.

Fonte: FUTUYMA, D. J. 2002. Evolução, Ciência e Sociedade. Disponível em: http://www.sbg.org.br (Adaptado)

Gráfico – Aumento dos números de espécies de pragas resistentes às principais classes de inseticidas.

15

Fonte: De R.L. Metcalf em: R.L. Metcalf e W.H. Luckman (eds.),

Introduction to Insect Pest Management, 3. ed., p. 251,

Copyright 1994 de John Wiley and Sons, N.Y.

Com base no texto e no gráfico que ilustra o processo, assinale a alternativa que identifica o tipo de seleção.

a) Disruptiva.

b) Direcional.

c) Estabilizadora.

d) Neutra.

e) Sexual.

16. (UPE-2013) Observe a imagem a seguir:

16

Disponível em: http://sti.br.inter.net/rafaas/biologia-ar/introducao.htm

Os membros de mamíferos representados na imagem demonstram um(a):

I. Processo de analogia, que se caracteriza pelo fato de os membros, apesar de possuírem função semelhante, serem de origem embriológica diferente.

II. Processo que ilustra a teoria do uso e do desuso, uma vez que, a partir do uso do membro, as transformações ocorreram de forma contínua.

III. Representação de homologia, na qual espécies diferentes possuem membros diferentes, embora de mesma origem embriológica.

IV. Ilustração do processo de uso e desuso representado pela analogia de membros de mamíferos.

Está correto o que se afirma em:

a) I e II.

b) II.

c) III.

d) IV.

e) II e IV.

gab

 

 

Publicado por: Djalma Santos | 5 de novembro de 2014

TESTES SOBRE CITOPLASMA (II)

01. (ETEs) Um par de esqueletos humanos, datados pelos arqueólogos como sendo do período Neolítico (com 5 ou 6 mil anos), foi encontrado perto de Mantova, Itália, num eterno abraço.

01

(Disponível em: <http://opelourinho.blogspot.com/search/label/arqueologia&gt; acessado em: fev. 2007.)

O DNA mitocondrial, presente no citoplasma das células, é de herança materna, posto que o citoplasma do zigoto provém do óvulo. Esse DNA sofre poucas modificações e, por essa razão, vem sendo utilizado em muitos estudos antropológicos. Se, no caso do achado arqueológico na Itália, for constatado que o DNA das mitocôndrias dos dois esqueletos são diferentes, pode-se concluir que se trata de:

a) Mãe e filho.

b) Mãe e filha.

c) Irmão e irmã.

d) Gêmeos fraternos.

e) Filhos de mães diferentes.

02. (PUC-PR) O espermatozoide possui uma “bolsa” cheia de enzimas digestivas na sua região anterior, o acrossomo. Essa estrutura será utilizada para auxiliar na penetração do óvulo. Assinale a alternativa que mostra a organela celular responsável pela produção das enzimas contidas no acrossomo.

a) Lisossomo.

b) Complexo de Golgi.

c) Centríolo.

d) Ribossomo.

e) Mitocôndria.

03. (IFSul) As figuras abaixo representam duas estruturas celulares.

03

A estrutura I e a estrutura II referem-se, respectivamente, a:

a) Cloroplasto e retículo rugoso.

b) Mitocôndria e retículo rugoso.

c) Cloroplasto e centríolo.

d) Mitocôndria e centríolo.

04. (UECE) Os isótopos radioativos permitem que se marque o trajeto de uma substância no interior da célula pela técnica da radioautografia. Considerando-se a ordem cronológica, um aminoácido marcado radioativamente, ao ser acompanhado no interior de uma célula, encontrar-se-á em primeiro lugar, no:

a) Lisossomo, onde o aminoácido faz parte das proteínas envolvidas na digestão celular.

b) Ribossomo, onde o aminoácido é ligado à cadeia polipeptídica da proteína.

c) Complexo de Golgi, onde o aminoácido pertence a proteínas que serão preparadas para exportação ou utilização no interior da célula.

d) Retículo endoplasmático, que realiza o transporte do aminoácido acoplado à cadeia polipeptídica da proteína.

05. (UERJ) Em embriões de alguns vertebrados, conforme ilustra a imagem, pode-se observar a presença de uma membrana interdigital que não estará presente em filhotes de desenvolvimento normal por ocasião do nascimento.

05

med.unsw.edu

A perda desse tecido ocorre a partir de determinada fase do desenvolvimento, quando as células da membrana liberam em seu citoplasma enzimas que digerem a si próprias. A principal organela participante desse processo de destruição celular é denominada:

a) Lisossomo.

b) Peroxissomo.

c) Complexo de Golgi.

d) Retículo endoplasmático rugoso.

06. (UFT) Em relação às mitocôndrias, assinale a alternativa incorreta.

a) Surgem exclusivamente pela autoduplicação de mitocôndrias preexistentes.

b) Em animais com reprodução sexuada, as mitocôndrias possuem origem materna e paterna.

c) O ATP produzido nas mitocôndrias difunde-se para as outras regiões da célula, fornecendo energia para as atividades celulares.

d) A hipótese endossimbiótica propõe que as mitocôndrias descendem de bactérias primitivas que, em um passado distante, associaram-se às primitivas células eucarióticas.

e) Na matriz mitocondrial podem ser encontradas enzimas, DNA e RNA.

07. (UECE) Com relação às organelas presentes no citoplasma das células, pode-se afirmar corretamente que:

a) Os centríolos são fundamentais para a formação do fuso mitótico nas células animais.

b) A função principal do Complexo de Golgi é a síntese de gorduras.

c) A síntese de carboidratos acontece nos tilacoides presentes nos cloroplastos.

d) O retículo endoplasmático liso é responsável pela síntese de proteínas.

08. (X OLIMPÍADA BRASILEIRA DE BIOLOGIA)

Leia o texto abaixo e responda esta questão

A aranha mais nerd!

08

Salticidae é uma família de aranhas muito inteligentes (para alguém com o cérebro daquele tamanho). São caçadoras ativas, quase nunca tecem teia, preferem caçar ativamente as presas. Por conta disso, dependem muito da visão, daí os olhos enormes, e acabam adotando comportamentos bem ricos. Agora, se elas já são predadores bastante inteligentes, como seria uma aranha que caça esses predadores (uma aranha araneofágica)? Portia é um gênero de aranhas saltadoras (também são Salticidae) com cerca de 20 espécies conhecidas, que são especialistas em caçar outras aranhas, especialmente membras da mesma família. Ocorrem na África, Ásia e Oceania, para meu desapontamento. Para poderem caçar, adotam uma série de táticas bastante complexas, sendo capazes de classificar o tipo de presa e responder de acordo, o que as coloca entre os invertebrados mais inteligentes. Para atacar outras Salticidae, as estratégias das Portia são únicas. Algumas Portia podem fazer teias, e manter os insetos pegos para atrair outras saltadoras. Outras partem ativamente para a caça, quando sua camuflagem vem a calhar: se a Salticidae que está caçando a vê, a Portia congela seus movimentos, e encolhe seus palpos e patas, se camuflando de detrito para uma vítima que depende da visão, podendo até simular movimentos causados pelo vento.

Fonte: http://scienceblogs.com.br/rainha/

Estratégias diferentes de caça podem ser classificadas como “busca ativa” e “senta-e-espera”. Nos Salticidae que caçam através da busca ativa além de adaptações como os órgãos locomotores e dos sentidos bem desenvolvidos, espera-se que suas células permitam também respostas rápidas a estímulos oriundos do meio. Espera-se, dessa forma, que os “busca ativa” possuam comparativamente maior quantidade da seguinte organela:

a) Centríolo.

b) Mitocôndria.

c) Retículo endoplasmático.

d) Ribossomo.

e) Complexo golgiense.

09. “Podem-se obter informações a respeito do estado fisiológico da célula através da análise do seu aspecto morfológico”.

09

Na observação da foto, feita através do microscópio eletrônico de transmissão, observa-se a presença do retículo endoplasmático liso e do complexo de Golgi bem desenvolvidos. Com base nessas características, pode-se afirmar que essa célula está sintetizando, em maior quantidade, as seguintes moléculas:

a) Fosfolipídios, colesterol e hormônios esteroides.

b) Proteínas, enzimas e hormônios proteicos.

c) Proteínas, enzimas e hormônios esteroides.

d) Lipídios, hormônios esteroides e hormônios proteicos.

e) Fosfolipídios, colágeno e hormônios sexuais.

10. (UFLA) Todos os organismos obtêm para sua sobrevivência e crescimento um combustível vital às atividades celulares. Alguns desses organismos conseguem esse combustível através da NUTRIÇÃO e, outros o PRODUZEM através de um orgânulo específico. A partir de sua obtenção, esse combustível é DEGRADADO por meio de um ORGÂNULO PARTICULAR. Dessa maneira, as células conseguem a energia necessária aos seus processos vitais. Os quatro termos em negrito representam, respectivamente, os seguintes conceitos associados a eventos envolvendo produção e consumo de alimentos:

a) Respiração, fotossíntese, digestão, lisossomo.

b) Respiração, fotossíntese, fagocitose, lisossomo.

c) Fermentação, respiração, pinocitose, fotossíntese.

d) Heterotrofismo, autotrofismo, respiração, mitocôndria.

e) Fagocitose, fotossíntese, digestão, lisossomo.

11. (UFC) As especializações das células das plantas estão sempre associadas à estrutura das paredes celulares. Assim, nos diferentes tecidos vegetais, as células têm paredes de espessura e composição química variadas. No final da mitose, na região central da célula, inicia-se a formação de lamelas para originar a parede celular. A organela celular responsável por essa formação é o:

a) Aparelho de Golgi.

b) Retículo endoplasmático.

c) Cloroplasto.

d) Vacúolo.

e) Lisossomo.

12. (UECE) As mitocôndrias são organelas citoplasmáticas com formas variáveis: ovoides, esféricas ou de bastonetes, que medem aproximadamente de 02μm a 1μm de diâmetro e 2μm a 10μm de comprimento e desenvolvem funções importantes para as células. Sobre essas estruturas, pode-se afirmar corretamente que:

a) A função principal das mitocôndrias é a produção de proteínas.

b) A maior parte de ATP utilizada pela célula é produzida pela fosforilação oxidativa que ocorre nas cristas mitocondriais.

c) A membrana externa das mitocôndrias é enrugada e apresenta elevada permeabilidade seletiva.

d) Quanto mais a célula necessitar de energia para realizar suas funções vitais, menos mitocôndrias ela produzirá.

13. (UNIMONTES) As organelas citoplasmáticas são estruturas que ficam no citoplasma das células animais e vegetais e que desempenham importantes funções. O esquema abaixo ilustra algumas caracteristicas relacionadas a essas organelas. Analise-o.

13

De acordo com o esquema apresentado e o assunto abordado, analise as alternativas abaixo e assinale a que representa a organela com as características indicadas por III.

a) Lisossomos.

b) Ribossomos.

c) Complexo de Golgi.

d) Mitocôndria.

14. (UFV) As mitocôndrias, organelas celulares relacionadas com a “produção” de energia (ATP), estão presentes em:

a) Células animais e vegetais.

b) Eucariotos e procariotos.

c) Células animais, apenas.

d) Células vegetais, apenas.

e) Procariotos.

15. (PUC-RS) Sabe-se que os mitocôndrios representam, na célula, importantes locais de utilização do oxigênio. Porém, além deles, temos outras organelas que também “utilizam” o oxigênio de maneira igualmente importante à vida celular, não formando, no entanto, ATP. O texto acima se refere aos:

a) Lisossomos.

b) Microtúbulos.

c) Peroxissomos.

d) Microfilamentos.

e) Fagossomos.

16. (UNIRIO) Podemos dividir as funções citoplasmáticas em três grupos:

I. Síntese e transporte das macromoléculas.

II. Metabolismo energético.

III. Movimentos celulares.

Quanto às estruturas envolvidas nessas funções, podemos afirmar que:

a) Ribossomos, retículo endoplasmático e Complexo de Golgi desempenham funções do tipo I.

b) Cloroplastos, mitocôndrias e microtúbulos desempenham funções do tipo II.

c) Microtúbulos, microfilamentos e vacúolos desempenham funções do tipo III.

d) Peroxissomos e glioxissomos desempenham tanto as funções do tipo I quanto as funções do tipo II.

e) Centríolos, cílios e flagelos desempenham tanto as funções do tipo II quanto as funções do tipo III.

17. (UEM) Sobre mitocôndrias e respiração celular, assinale o que for correto.

01. A mitocôndria é limitada por uma membrana dupla e apresenta, na membrana interna, dobras (cristas) nas quais ocorre a cadeia respiratória.

02. As mitocôndrias são as únicas organelas celulares com capacidade de autoduplicação e de síntese de proteínas.

04. O ciclo de Krebs é a primeira etapa da respiração celular e ocorre no hialoplasma, na ausência de oxigênio.

08. Segundo a teoria da endossimbiose, as mitocôndrias surgiram de bactérias que foram fagocitadas por células maiores e que passaram a estabelecer uma relação de benefícios mútuos.

16. As células dos músculos esqueléticos “consomem” grande quantidade de energia e, por isso, apresentam mais mitocôndrias do que as células do tecido epitelial.

Soma das alternativas corretas:

18. (UFRS) Observe, abaixo, o desenho de uma célula.

18

A partir da análise do desenho pode-se afirmar que se trata de uma célula………. . O número 1 representa………. , o número 2 corresponde………. e o número 3 refere-se à estrutura responsável por ………. . Assinale a alternativa que completa corretamente as lacunas da descrição anterior:

a) vegetal – o retículo endoplasmático – à mitocôndria – proteger a célula.

b) animal – o complexo golgiense – ao cloroplasto – armazenar água e sais minerais.

c) animal – o retículo endoplasmático – à mitocôndria – digerir partículas celulares.

d) vegetal – o retículo endoplasmático – ao cloroplasto – organizar os ribossomos

e) vegetal – o complexo golgiense – à mitocôndria – realizar a síntese de proteínas.

19. (UFRN) Os leucoplastos evoluíram, para armazenar amido, porque as plantas:

a) Passaram a usar glicose resultante da degradação de frutose.

b) Necessitavam de organelas capazes de realizar fotossíntese.

c) Eram desprovidas de organelas capazes de acumular lipídios.

d) Precisavam manter reservas energéticas para suas atividades metabólicas.

20. (MACK) O colágeno é uma proteína existente sob a pele. A sequência de organelas envolvidas respectivamente na produção, transporte e secreção dessa proteína é:

a) Ribossomos, retículo endoplasmático e complexo de Golgi.

b) Complexo de Golgi, lisossomos e retículo endoplasmático.

c) Centríolos, retículo endoplasmático e fagossomo.

d) Lisossomos, retículo endoplasmático e complexo de Golgi.

e) Ribossomos, complexo de Golgi e lisossomos.

21. (UEPG) Considere as principais funções citoplasmáticas e as estruturas envolvidas na execução dessas funções. Tomando como base as células eucarióticas, assinale o que for correto.

01. O peroxissomo é composto de canais membranosos justapostos à carioteca com função essencial na síntese proteica.

02. O Complexo de Golgi ou golgiense tem como principal função a oxidação na presença de O2 de certas substâncias orgânicas nas células, em especial os ácidos graxos. Nesse processo do Complexo de Golgi ocorre a formação de um subproduto tóxico à célula, o peróxido de hidrogênio.

04. A forma e a sustentação interna da célula eucariótica são dadas principalmente pelo citoesqueleto. Ele participa também dos movimentos citoplasmáticos (ciclose e movimento ameboide) e da formação das fibras responsáveis pela orientação e deslocamento dos cromossomos na divisão celular (fusos mitótico e meiótico).

08. Os ribossomos são estruturas constituídas basicamente por proteínas e ácido ribonucleico: o RNA ribossômico (RNAr).

Soma das alternativas corretas:

22. (FCM-PB) O fenobarbital (uma droga de efeito tóxico e utilizada como medicamento) foi fornecido a ratos adultos por um período de cinco dias consecutivos. A partir daí foram feitas análises sistemáticas do retículo endoplasmático (RE) dos hepatócitos (células do fígado) dos ratos durante 12 dias. Os resultados apresentados foram então colocados no gráfico demonstrado abaixo:

22

Com base no exposto, pode-se concluir que o gráfico está representando:

a) A função de glicosilação ocorrida no Reticulo Endoplasmático e que o Reticulo sofre hiperplasia.

b) A função de detoxificação celular e que o Reticulo Endoplasmático sofre hipertrofia.

c) A função de glicosilação ocorrida no Reticulo Endoplasmático e que o Reticulo apresenta hipertrofia.

d) A função de sulfatação ocorrida no Reticulo Endoplasmático e no Aparelho de Golgi e que eles sofrem hiperplasia.

e) A função de detoxificação celular e que o Reticulo Endoplasmático sofre hiperplasia.

23. (FATEC) “A silicose é uma doença muito comum em trabalhadores que lidam com amianto. Um dos componentes do amianto é a sílica, uma substância inorgânica que forma minúsculos cristais que podem se acumular nos pulmões. As células dos alvéolos pulmonares afetadas por estes cristais acabam sofrendo autólise”. Essa doença está relacionada com organoides citoplasmáticos denominados:

a) Plastos.

b) Lisossomos.

c) Dictiossomos.

d) Mitocôndrias.

e) Centríolos.

24. (UNISC) As organelas citoplasmáticas variam em número e atividade de acordo com o tipo de tecido onde são encontradas. Sobre as organelas, assinale a alternativa incorreta.

a) As mitocôndrias são organelas presentes no citoplasma e a quantidade dessa organela varia conforme o tamanho e o grau de atividade dessa célula, podendo haver desde algumas dezenas até centenas delas.

b) O retículo endoplasmático realiza funções importantes para o correto funcionamento celular. Dentre estas funções podemos destacar a síntese de lipídeos.

c) No citoplasma das células eucariontes, existe uma complexa rede de filamentos proteicos, que constituem o seu citoesqueleto, que, dentre outras funções, é responsável pela manutenção do formato da célula.

d) As mitocôndrias estão associadas com a “produção” de energia indispensável à vida.

e) As organelas de eucariontes, mitocôndrias e cloroplastos não têm DNA próprio e, portanto, não podem fazer divisão autônoma.

25. (MACKENZIE) A respeito da organela representada abaixo, assinale a alternativa incorreta.

25

a) Está presente em todos os organismos autótrofos.

b) A estrutura 2 é o tilacoide e apresenta clorofila.

c) A região 1 é o estroma.

d) Essa organela pode sofrer autoduplicação e possui DNA.

e) O processo energético que ocorre nesta organela é dependente da luz.

26. (UECE) As plantas podem formar drusas e ráfides, cristais constituídos de oxalato de cálcio, comumente encontrados em:

a) Lisossomos.

b) Plasmodesmos.

c) Cloroplastos.

d) Vacúolos.

27. (IFSudeste-Mg) Considerando as características morfofisiológicas das organelas celulares, analise os itens a seguir e marque a alternativa correta.

I. Lisossomos são organelas envolvidas por membrana e que participam da digestão de partículas provenientes dos meios intra e extracelulares.

II. O Sistema Golgiense e formado por um conjunto ordenado de cisternas membranosas e dentre suas funções destaca-se a síntese de proteínas para a exportação.

III. Os centríolos são constituídos por microtúbulos proteicos dispostos de forma ordenada e participam da formação de estruturas locomotoras celulares tais como cílios e flagelos.

IV. As mitocôndrias são formadas por uma dupla membrana lipoproteica e participam da respiração celular somente em organismos vegetais.

a) Apenas as alternativas I e III estão corretas.

b) Apenas as alternativas II e III estão corretas.

c) Apenas as alternativas I, II e III estão corretas.

d) Apenas as alternativas III e IV estão corretas.

e) Todas as alternativas estão corretas.

28. (PUC-RIO) Marque a afirmativa incorreta sobre estruturas celulares.

a) Citoesqueleto é uma rede de moléculas proteicas que confere forma à célula, ancora outras estruturas celulares e está envolvido no movimento celular. Ele pode ser de três tipos: microtúbulos, filamentos de actina e filamentos intermediários.

b) Cloroplastos, vacúolos e parede celular são estruturas exclusivas das células vegetais.

c) Mitocôndrias e cloroplastos são estruturas que apresentam duas membranas, ribossomos e DNA.

d) O retículo endoplasmático rugoso apresenta ribossomos aderidos a sua superfície e tem um papel importante na síntese de proteínas.

e) A membrana plasmática é uma bicamada lipídica que tem a função de controlar a entrada e a saída de substâncias da célula, bem como de atuar no reconhecimento e sinalização celular.

29. (UFJF) Sobre o retículo endoplasmático e o Aparelho de Golgi (complexo golgiense), é incorreto afirmar que:

a) A insulina é um hormônio proteico que no seu processo de síntese deve passar pelo retículo endoplasmático rugoso.

b) O aparelho de Golgi não participa da secreção celular.

c) Indivíduos que ingerem muito álcool normalmente têm retículo endoplasmático liso muito desenvolvido nas células do fígado.

d) O aparelho de Golgi participa da formação do acrossomo.

e) O retículo endoplasmático liso participa do processo de contração muscular.

30. (UPE) Em criminalística, a Biologia Forense pode auxiliar questões de difícil solução através da identificação do DNA, quando são encontrados fios de cabelo no local do crime. Um leitor da revista Ciência Hoje, agosto de 2006, pergunta – Como é possível detectar o DNA no fio do cabelo, se este é formado, apenas, de proteínas? Na resposta da publicação, encontramos duas informações: o núcleo da célula do bulbo capilar é a principal fonte de DNA no cabelo; na haste do cabelo, encontramos, também, outros componentes, além das proteínas, como as mitocôndrias. Assinale a alternativa correta, que responde à dúvida do leitor em questão.

a) No bulbo capilar, encontra-se a célula com seu núcleo e cromossomos. É através do cariótipo dessa célula que é feita a identificação do DNA do indivíduo.

b) A presença de mitocôndrias na haste do cabelo permite a identificação do indivíduo através do DNA presente nesta organela.

c) O DNA dos genes (genoma) presentes no bulbo capilar, o DNA proteico (proteoma) presente na haste do cabelo e o DNA mitocondrial podem ser detectados por técnicas bioquímicas.

d) O DNA, que pode ser detectado no bulbo capilar é específico daquele tecido e não identifica o indivíduo.

e) Apesar de a principal fonte de DNA do cabelo estar no bulbo, é possível detectar o DNA da mitocôndria presente na haste do cabelo para identificações similares, pois ambos apresentam os mesmos genes.

GAB

 

 

 

Publicado por: Djalma Santos | 5 de novembro de 2014

GENÉTICA NA UPE

01. (UPE-2001) Sabendo-se que o daltonismo tem herança recessiva ligada ao sexo, e o sistema sanguíneo ABO tem herança autossômica condicionada por uma série de alelos múltiplos analise a genealogia e, em seguida, assinale a alternativa correta. Para interpretação, os símbolos dos indivíduos têm representados, na metade esquerda, o fenótipo para a visão e, na metade direita, o fenótipo para o grupo sanguíneo.

01

a) Considerando que o pai do indivíduo II5 é daltônico e de sangue tipo O, a probabilidade de que o casal II5 X II6 venha a ter uma criança do sexo masculino, daltônica e de sangue tipo o é 1/16.

b) Os genótipos dos gêmeos monozigóticos e dizigóticos correspondem a XdY ii e XDXd IAi, respectivamente.

c) Em casos de extrema necessidade, o individuo III6 poderá receber sangue dois indivíduos I2, II1, II5, II6 e III5.

d) O indivíduo II1, casando-se com uma mulher daltônica e de sangue tipo AB, terá 1/4 de probabilidade de ter uma criança, do sexo feminino, daltônica e de sangue tipo AB.

e) Os genótipos dos indivíduos III1 e II7 são, respectivamente, XDY IAi e XDXd IA IB.

02. (UPE-2003) Um casal fez um teste para determinar seu tipo sanguíneo. Pedro apresentou aglutinogênios A, aglutininas anti-B e fator Rh, e o sangue de Maria mostrou reações de aglutinação com os soros anti-A e anti-Rh, como verificado na lâmina.

02

Considerando os resultados pode-se concluir que:

a) O casal apresenta o mesmo tipo de sangue para o sistema ABO e, se forem heterozigotos terão 50% de probabilidade de originar uma criança de sangue tipo O.

b) O casal tem, pelo menos, 25% de probabilidade de ter uma criança de sangue tipo AB.

c) Em casos de necessidade de uma transfusão sanguínea, Pedro poderá ser receptor de Maria e não doador para ela.

d) Se o segundo filho desse casal for de sangue A Rh+, pode haver doença hemolítica de recém-nascido, a eritroblastose fetal.

e) Para o loco do sistema ABO, Maria pode apresentar IAIA ou IA

03. (UPE-2004) Antônio e Mara pretendem ter filhos. Entretanto, como em suas famílias há indivíduos hemofílicos e/ou albinos, embora ambos sejam normais para essas características, resolveram procurar aconselhamento de um especialista e relataram o seguinte:

- Os pais de Antônio e a mãe de Mara são normais para essas características, entretanto, o pai de Mara é albino e hemofílico.

- O avô materno de Antônio era hemofílico.

- Do seu primeiro casamento, Antônio tem uma filha albina.

Com base nos dados acima e considerando que o tipo de hemofilia apresentado é de herança recessiva ligada ao cromossomo X e o albinismo, de herança autossômica recessiva, analise as informações.

I. A probabilidade de o casal ter uma criança albina e hemofílica será de 1/16, independente do sexo.

II. Dentre as crianças do sexo masculino, o casal terá 1/2 de probabilidade de ter um filho albino e hemofílico.

III. Dentre as crianças do sexo feminino, o casal terá 0% de probabilidade de ter uma filha albina e hemofílica.

IV. Como Antônio e Mara são portadores do alelo para a hemofilia, transmitido para Antônio através de seu avô e para Mara, através de seu pai, o casal tem 1/4 de probabilidade de gerar uma criança com essa característica, independente do sexo.

V.  Como Antônio tem uma filha albina, independente do genótipo de Mara, o casal terá 1/2 de probabilidade de ter uma criança albina.

Assinale a alternativa que contempla a(s) informação(ões) declarada(s) corretamente pelo geneticista.

a) I e III.

b) II e IV.

c) IV e V.

d) Apenas a II.

e) Apenas a III.

04. (UPE-2004) Sobre indivíduos portadores da síndrome de Down, analise as afirmativas abaixo

I   II

0 0 – Em geral, os portadores apresentam língua protrusa, retardo mental de intensidade variável e malformações cardíacas.

1 1 – Em ambos os sexos, a análise do núcleo interfásico revela a presença da cromatina sexual.

2  2 – A alteração cromossômica, presente nesses indivíduos, pode surgir por uma disjunção irregular do par cromossômico 22, durante a separação dos homólogos na meiose I ou das cromátides irmãs na meiose II, em um dos parentais.

3  3 – Os portadores podem apresentar cariótipo 45 A + XX, quando do sexo feminino, ou 45 A + XY, quando do sexo masculino.

4  4 – Cariotipicamente, os portadores apresentam uma monossomia do par cromossômico 21.

05. (UPE-2004) A Drosophila melanogaster tem sido um modelo biológico muito utilizado pela genética clássica e pela molecular para compreensão dos modos de herança. Dentre os genes mapeados desse organismo, suponhamos que os genes para cor do corpo e tipo de asa estejam localizados no cromossomo 2, distantes um do outro a 18 unidades de recombinação. A cor cinza do corpo é condicionada pelo alelo dominante P, e a cor preta, pelo alelo recessivo p. A asa longa é condicionada pelo alelo dominante V, e a asa vestigial, pelo alelo recessivo v. Considerando esses dados, verifique seus conhecimentos sobre genes ligados, analisando as proposições.

I. Uma fêmea de corpo cinza e asas longas, em que um dos parentais tinha corpo cinza e asas longas, e o outro tinha corpo preto e asas vestigiais, sendo fecundada por um macho duplamente recessivo para essas características, terá 9% de probabilidade de ter moscas de corpo cinza e asas vestigiais.

II. Uma fêmea duplamente heterozigota e que porta os genes em posição trans, poderá originar dois tipos de gametas recombinantes nas seguintes proporções: 9% PV e 9% pv.

III. Uma fêmea de genótipo Pv/pV, durante a gametogênese, não havendo crossing-over, poderá dar origem a quatro tipos de gameta nas seguintes proporções: 25% PV; 25% pv; 25% Pv; 25% pV.

IV. Estimando-se que um terceiro gene (A) esteja localizado a 3 unidades de recombinação do gene P e a 21 unidades de recombinação do gene V, deduz-se que a frequência de permutação entre os genes A e V será de 24%.

Assinale a alternativa que apresenta as proposições corretas.

a) Apenas I e II.

b) Apenas I e IV.

c) Apenas III e IV.

d) Apenas II e III.

e) I, II, III e IV.

06. (UPE-2005) Um homem hemofílico casa-se com uma mulher normal, cujo pai é hemofílico. Sabendo-se que a hemofilia tem herança recessiva ligada ao cromossomo X, analise as afirmativas.

I. A mulher é portadora para a hemofilia e, consequentemente, todos os seus filhos homens serão hemofílicos.

II. Como o homem tem hemofilia, e a mulher é portadora para esse caráter, o casal terá 50% de probabilidade de gerar uma criança hemofílica, sem considerar o sexo.

III. Dentre as crianças do sexo masculino, 50% delas poderão ser hemofílicas.

IV. Dentre as crianças do sexo feminino, 50% poderão ser portadoras e 25% poderão ser hemofílicas.

Assinale a alternativa que contempla a(s) afirmativa(s) correta(s).

a) I e II.

b) II e III.

c) I e IV.

d) Apenas a I.

e) Apenas a IV.

07. (UPE–2007) Sabe-se que a miopia é determinada pela ação de um gene recessivo autossômico m. Um casal de visão normal, cujas mães eram míopes, teve 3 filhas, todas com visão normal. Qual a probabilidade de o próximo filho ser do sexo masculino com visão normal?

a) 3/4.

b) 1/4.

c) 1/2.

d) 3/8.

e) 1/8.

08. (UPE-2009) Da família Silva nasceu um casal de gêmeos. O menino apresentou, logo na infância, sintomas da agamaglobulinemia, condição hereditária recessiva ligada ao cromossomo X, que afeta o sistema imunológico. A menina, de nome Sandra, era normal. Sandra casou-se com um homem normal, e seu primeiro filho, do sexo masculino, também nasceu afetado pela agamaglobulinemia. A probabilidade de Sandra e seu esposo, na próxima gravidez, terem uma menina com agamaglobulinemia é:

a) 100%.

b) 75%.

c) 50%.

d) 25%.

e) Zero.

09. (UPE-2010) “Casamentos entre parentes próximos, como primos, aumentam as chances de as uniões ciganas gerarem crianças com problemas genéticos, a exemplo da surdez. – O preço de manter a tradição”

Jornal do Commercio, Recife, maio de 2010.

Sob esse título, o jornal apresenta uma matéria sobre as formas com que grupos ciganos, que vivem no interior nordestino, preservam sua identidade e se mantêm isolados das influências de outras culturas, explicitando interessantes costumes bem como aspectos sociais e de saúde. Analise as afirmativas abaixo que abordam questões genéticas relacionadas com o tema.

I. O aconselhamento genético, realizado por geneticistas especializados, é especialmente indicado nos casos de casamentos consanguíneos ou não em que há histórico de doenças hereditárias na família.

II. Em casamentos consanguíneos, há aumento da probabilidade de alelos deletérios recessivos encontrarem-se dando origem a pessoas homozigotas doentes.

III. Os filhos dos casamentos endogâmicos têm graves problemas genéticos, causados pela autofecundação, com maior número de alelos em homozigose.

IV. Populações isoladas geram mutações de más formações orgânicas e mentais, a exemplo da surdez.

V. Nas populações pequenas, como no caso dos ciganos, em que os grupos se mantêm isolados por muitas gerações, há uma grande tendência de haver maior variabilidade genética.

Em relação aos problemas genéticos citados, estão corretas as afirmativas:

a) I e II.

b) II e III.

c) III e IV.

d) IV e V.

e) I, III, IV e V.

10. (UPE-2011) O heredograma abaixo representa o padrão de segregação para Acondroplasia, uma das formas de nanismo humano, condicionada por um gene, que prejudica o crescimento dos ossos durante o desenvolvimento. Essa doença genética humana apresenta letalidade, se ocorre em homozigose (AA).

10

Com relação à figura, conclui-se que:

I   II

0  0 – O padrão de herança do caráter em estudo é autossômico dominante.

1  1 – Os indivíduos I1 e II2 são homozigotos dominantes para o caráter.

2  2 – O casal III3 e III4 possui a probabilidade de que, independente do sexo, 1/2 de seus filhos

nascidos vivos possam ser normais e 1/2 portadores da doença.

3 3 – O indivíduo IV1 representa um aborto, e seu genótipo é AA, que, em condição  homozigótica, tem efeito tão severo que causa a morte do portador ainda durante o  desenvolvimento embrionário.

4  4 – Todos os acondroplásicos nascidos vivos desta genealogia são heterozigotos.

11. (UPE-2011) Ao receber a tipagem sanguínea AB e B, respectivamente, de seus gêmeos bivitelinos recém-nascidos, um homem questiona a equipe médica sobre uma possível troca de bebês, visto ele ser do grupo sanguíneo A e sua mulher, do tipo O. Além disso, o casal possuía duas filhas de quatro e três anos com tipos sanguíneos O e A, respectivamente. Os médicos alegaram não ter ocorrido troca, pois, naquele dia, apenas o casal havia gerado meninos, enquanto as demais crianças eram meninas. A equipe médica realizou, então, uma bateria de testes com o casal e os bebês, obtendo os seguintes resultados:

1. Após teste de DNA, foi revelado que os bebês pertenciam ao casal.

2. A mãe dos bebês possui o fenótipo Bombaim.

As proposições abaixo estão relacionadas a esses fatos. Analise-os e conclua.

I   II

0  0 – Os antígenos A e B são sintetizados a partir de uma substância H, devido a um gene H que se manifesta apenas em heterozigose.

1  1 – O sangue dos indivíduos de genótipo hh não produz a substância H, e, portanto, estes não poderão expressar antígenos A e/ou B, mesmo que possuam o genótipo para produzi-los.

2  2 – O genótipo da mãe dos bebês é IBIB hh, o que justifica ela ser um falso O e poder ter crianças com antígeno B ou sem antígenos na superfície das hemácias.

3 3 – Como o casal possui filhas com tipos O e A, o genótipo do pai dos bebês é, obrigatoriamente, IAIA HH.

4 4 – A mãe, falso O, por ter o alelo IB, poderá transmiti-lo aos seus descendentes, que poderão manifestar o fenótipo tipo B, por possuírem um gene H recebido do pai.

12. (UPE-2012) A aplicação do princípio de Hardy-Weinberg, representado pela equação matemática p2 + 2pq + q2, é importante para se estimar a frequência de alelos de doenças hereditárias nas populações. Uma delas é a fenilcetonúria (PKU), detectada pelo teste do pezinho. Os afetados (q2) podem vir a sofrer grave retardo mental ao ingerir fenilalanina, por não possuírem a capacidade de degradar esse aminoácido essencial, encontrado em diversos alimentos, inclusive no leite. Em uma amostra de 2.000 pessoas, verificou-se que os homozigotos recessivos para PKU correspondiam a 4%. Qual a frequência de indivíduos com genótipo dominante homozigoto e heterozigoto respectivamente?

a) p2 = 0,80; 2pq = 0,20.

b) p2 = 0,64; 2pq = 0,32.

c) p2 = 0,54; 2pq = 0,46.

d) p2 = 0,29; 2pq = 0,67.

e) p2 = 0,15; 2pq = 0,70.

13. (UPE-2013) Observe o esquema a seguir:

13

Desenho de libélula disponível em:

http://criandoartepravoce.blogspot.com (Adaptado)

Com base no esquema acima, analise as seguintes proposições:

I. Gametas portadores dos alelos E/C e dos alelos e/c ocorrem em uma proporção maior que a dos gametas portadores dos alelos E/c e e/C, caracterizando um arranjo trans.

II. Na descendência, as classes que surgem em maior frequência portam as combinações parentais dos alelos, e aquelas em menor frequência são, portanto, as recombinantes, caracterizando uma ligação gênica.

III. O cruzamento-teste da fêmea duplo-heterozigótica com o macho duplo- homozigoto recessivo mostra quatro tipos de genótipos na descendência, embora em proporções diversas das esperadas, segundo a lei de segregação independente.

IV. O fenótipo dos descendentes é determinado pela constituição genética do espermatozoide, visto que o macho é homozigoto recessivo duplo, fornecendo alelos recessivos para os descendentes.

Estão corretas:

a) I e II.

b) I e III.

c) I, II e IV.

d) II e III.

e) II, III e IV.

14. (UPE-2014) A determinação do sexo nos seres vivos está condicionada a diversos sistemas que envolvem processos e mecanismos distintos, importantes para a perpetuação e manutenção das espécies. Na maioria dos casos, é determinado por mecanismos genéticos, que caracterizam os sexos opostos. Em alguns grupos de organismos, um par de cromossomos sexuais é diferenciado no cariótipo de indivíduos do sexo feminino e do sexo masculino; em outros, não há diferenças morfológicas entre os cromossomos, embora alguns deles contenham os genes que definem os sexos. Em relação aos sistemas de determinação do sexo, analise as afirmativas a seguir:

I. Na maioria das espécies, indivíduos sem cromossomo “X” ou “Z” não conseguem sobreviver por possuírem grande quantidade de genes envolvidos em diversas características, enquanto o cromossomo “Y” ou “W” não afeta a sobrevivência por apresentar pouquíssimos genes.

II. Nas espécies dioicas, tais como a maioria dos vertebrados e das plantas com flores, a determinação do sexo por intermédio do sistema XY ocorre no momento da fecundação e depende da ação de genes específicos, que atuam no desenvolvimento do novo organismo, tornando-o macho ou fêmea.

III. No sistema de determinação sexual XY, as fêmeas são capazes de originar apenas um tipo de gameta, com metade dos alossomos e um autossomo sempre X. Já o macho é heterogamético, produzindo gametas com autossomo X ou autossomo Y.

IV. No sistema de determinação XO, as fêmeas são homogaméticas por possuírem cromossomos homólogos (XX), originando apenas um tipo de gameta, e os machos são heterogaméticos por possuírem cromossomos homólogos (X0), originando dois tipos de gametas.

V. No sistema de herança sexual ZW de algumas espécies de répteis e aves, a heterogamia é mostrada pelas fêmeas, por apresentar cromossomos sexuais (ZW), enquanto a homogamia é mostrada pelo macho (ZZ), assim é a fêmea que determina o sexo da prole.

Estão corretas, apenas:

a) I, II, IV e V.

b) I, II, III e V.

c) I, II e V.

d) I, II, III e IV.

e) I, II e III.

15. (UPE-2014) João Silva, jovem, estudioso, aplicado e muito responsável, estudante de uma escola do Estado de Pernambuco, foi um dos selecionados para participar da Olimpíada Estadual de Biologia. No dia da Olimpíada, foi entregue a ele uma avaliação na qual havia as seguintes afirmações sobre os alelos múltiplos:

I. Os alelos múltiplos são resultantes de mutações sucessivas de genes preexistentes de um determinado locus, e seus efeitos genéticos dependem de suas relações de dominância.

II. Nos gametas de um indivíduo diploide, podem existir dois alelos múltiplos diferentes de uma determinada série, enquanto nas células somáticas, existe apenas um.

III. Os alelos múltiplos mutantes, que surgem, estabelecem condições para o aparecimento de mais uma nova expressão fenotípica daquele caráter naquela espécie.

IV. A determinação da tipologia sanguínea, na espécie humana, a partir do sistema ABO, é um exemplo de polialelia que ocorre em diferentes locus de cromossomos homólogos.

V. Os alelos múltiplos são capazes de causar alterações estruturais nos genes de forma que é possível ocorrer mais de um par de alelos para um determinado gene.

Com base no que João Silva aprendeu sobre esse conteúdo, ele considerou corretas as afirmativas contidas na alternativa:

a) I, II e III.

b) I, II e IV.

c) I, III e IV.

d) I, III e V.

e) I, II e V.

16. (UPE-2014) Observe a figura a seguir:

16

Entre os insetos, está sendo realizado um censo. A pulga levanta informações sobre a determinação sexual de cada um deles. Sobre isso, leia atentamente as afirmativas a seguir:

I. Em gafanhotos, algumas espécies não apresentam o cromossomo Y; os machos são hemizigotos, e as fêmeas possuem dois cromossomos X. Portanto, no sistema XO, o zero é indicativo da ausência de um cromossomo sexual.

II. Algumas espécies de joaninhas possuem o sistema de determinação sexual do tipo XX/XY. Dessa forma, o macho heterogamético é o responsável pela determinação sexual na prole.

III. Em algumas espécies de borboletas, o sistema de determinação é do tipo ZZ/ZW, e os machos são heteromórficos, ou seja, apresentam dois cromossomos sexuais diferentes.

IV. Em himenópteros, como formigas, o sistema de determinação sexual é do tipo haploide/diploide, sendo os machos diploides (2n) e as fêmeas haploides (n).

Estão corretas:

a) I e II.

b) I, III e IV.

c) II e III.

d) II, III e IV.

e) III e IV.

gab

Publicado por: Djalma Santos | 30 de outubro de 2014

TESTES DE SISTEMA NERVOSO (II)

01. (FCM-PB) Relacione cada termo com sua descrição e assinale a alternativa correspondente à sequência correta:

01

a) 1b, 2c, 3a, 4e, 5d.

b) 1e, 2d, 3a, 4b, 5c.

c) 1a, 2c, 3b, 4d, 5e.

d) 1c, 2b, 3a, 4d, 5e.

e) 1d, 2e, 3c, 4a, 5b.

02. (UNEB) Para descobrir como as diversas partes do cérebro “conversam” umas com as outras, o radiologista Thomas Conturo, da Escola de Medicina da Universidade de Washington, em Saint Louis, Estados Unidos, utilizou a água. Como a água está em toda parte, é um bom guia para quem quer descobrir as ligações entre os neurônios. Em especial, ela segue os filamentos pelo quais as células nervosas transmitem impulsos elétricos umas às outras. “Assim descobriremos os caminhos pelos quais os sinais passam de um ponto ao outro do cérebro”.

02

A “conversa” entre células nervosas cria circuitos neurais que permitem ao indivíduo:

I    II

0   0 – Perceber e responder aos estímulos ambientais externos e internos.

1   1 – Acionar respostas que se limitam à estimulação de músculos esqueléticos.

2   2 – Manter autonomia de funcionamento das diferentes partes do corpo de um animal.

3 3 – Produzir hormônios que fazem a integração orgânica imediata em organismos pluricelulares.

4  4 – Reagir  lentamente em  situações de  emergência, necessitando tomar consciência do acontecimento.

03. (UNIV.CATÓLICA DE S.CATARINA) As anfetaminas são estimulantes do sistema nervoso central, capazes de gerar quadros de euforia, provocar a vigília, atuar como anorexígeno e aumentar a atividade autonômica dos indivíduos (GOLD, 1998). A intoxicação aguda ou overdose pode se manifestar com irritabilidade, tremor, ansiedade, labilidade do humor, cefaleia, calafrios, vômitos, sudorese e verborragia

(WILKINS, 1998). Fonte: Silva, E. A; MICHELI, D. Adolescência – uso e abuso de drogas: uma visão integrativa. FAP – Unufesp, 2012. p. 744.

As anfetaminas são drogas estimulantes que agem sobre o sistema nervoso central. Provocam aumento da atividade mental, euforia e incremento da resistência à fadiga e da capacidade de concentração. Essas drogas agem estimulando o sistema nervoso central através de uma intensificação da noradrenalina, um neurotransmissor que ativa partes do sistema nervoso simpático. Sabendo que as anfetaminas intensificam a liberação de noradrenalina, um neurotransmissor do sistema nervoso autônomo simpático, é possível afirmar que, das sensações abaixo, a que não está relacionada à utilização dessa droga é:

a) A miose (diminuição do diâmetro da pupila).

b) A midríase (dilatação da pupila).

c) A redução do sono.

d) A redução do apetite.

e) A irritabilidade.

04. (PUC-GO) TEXTO

Mas ai do cacique que fia apenas em seus sentidos, vez que são ilusórios e no mais das vezes traiçoeiros. É preciso que haja o concurso dos espíritos para conhecer o verdadeiro destino que está nas mãos dos deuses. Destino este que pode ser alterado para melhor ou para pior, dependendo apenas do grau de entrosamento que possa existir entre os deuses, os espíritos e os sentidos. Os presságios fornecidos pelos deuses, por intermédio dos espíritos, têm de ser clareados pelo entendimento, que carece de treino e exercícios, para que as ações corretivas do destino sejam feitas na forma e no tempo corretos.

Na verdade, o novo chefe ainda não domina com perfeição as complicadas engrenagens da magia, como as dominava seu pai. Por isso, se quiser continuar bem vivo e benquisto no comando supremo de sua nação, terá que aprender sem perda de tempo a trilhar por todos os caminhos, bifurcações e atalhos da tradicional magia. O pior é que ela, a magia, tem suas manhas, seus caprichos, seus brinquedos de esconde-esconde e não revela seus segredos assim pelas bordunas da ânsia, nem pelas alavancas da necessidade. Exige uma conjunção de diversas forças naturais e sobrenaturais, um clima adequado, uma estação propícia, como o mel da abelha e o fruto do sapoti. Embora não venha de graça, nem dispense o cultivo. Por isso o jovem líder, assim que redistribuir as mulheres em quinhões equânimes, apaziguar a tribo e realizar a festa de agradecimento aos deuses pelo resultado bélico, que também é uma forma sagrada de adormecer os descontentamentos mais renitentes, mergulhará com fervor contrito no mundo mágico dos ancestrais, a bebericar infusões, a fumegar ervas e a invocar os espíritos e, das informações que vier a receber, que espera não sejam poucas nem triviais, deseja fazer as melhores traduções possíveis e botá-las a serviço de seu aguerrido povo. E só então fazer-se merecedor por inteiro da confiança que a tribo, como um tributo unânime, lhe depositou.

(LOURENÇO, Edival. Naqueles morros, depois da chuva: o jogo do Diabolô. São Paulo: Hedra, 2010. p. 160-161.)

Observe o seguinte fragmento retirado do texto “Por isso o jovem líder, assim que redistribuir as mulheres em quinhões equânimes, apaziguar a tribo e realizar a festa de agradecimento aos deuses pelo resultado bélico, que também é uma forma sagrada de adormecer os descontentamentos mais renitentes, mergulhará com fervor contrito no mundo mágico dos ancestrais, a bebericar infusões, a fumegar ervas e a invocar os espíritos e, das informações que vier a receber, que espera não sejam poucas nem triviais, deseja fazer as melhores traduções possíveis e botá-las a serviço de seu aguerrido povo.”

Determinadas espécies de plantas são utilizadas em rituais indígenas e outras são corriqueiramente usadas para fins medicinais, em função da produção de compostos químicos específicos. Algumas produzem substâncias que causam perturbações no sistema nervoso central, como as plantas alucinógenas. Sobre o sistema nervoso dos vertebrados, assinale abaixo a alternativa que contém a afirmativa correta:

a) O sistema nervoso é constituído somente pelos neurônios.

b) Levando-se em consideração a direção do impulso nervoso, os neurônios são motores quando transmitem os impulsos nervosos dos órgãos receptores até o sistema nervoso central (SNC).

c) As sinapses neuromusculares são articulações terminais que se estabelecem somente entre um neurônio e outro neurônio.

d) O sistema nervoso central (SNC) é formado pelo encéfalo e pela medula espinhal.

05. (PUC-SP) O sistema nervoso autônomo é formado por fibras simpáticas e parassimpáticas que atuam nos órgãos viscerais de maneira antagônica. A liberação de adrenalina pelo sistema nervoso:

a) Parassimpático promove aumento do ritmo cardíaco e constrição dos vasos sanguíneos periféricos.

b) Simpático promove aumento do ritmo cardíaco e constrição dos vasos sanguíneos periféricos.

c) Parassimpático promove diminuição do ritmo cardíaco e constrição dos vasos sanguíneos periféricos.

d) Simpático promove diminuição do ritmo cardíaco e dilatação dos vasos sanguíneos periféricos.

e) Parassimpático promove diminuição do ritmo cardíaco e dilatação dos vasos sanguíneos periféricos.

06. (UNINASSAU) O reflexo é uma reação corporal automática, sem a nossa consciência. Os órgãos envolvidos no ato reflexo são chamados em conjunto de arco reflexo. Na imagem a seguir está representado o reflexo patelar. Observe-o e responda qual alternativa descreve corretamente seu funcionamento.

06

a) O número 1 representa o corpo celular da raiz sensitiva ventral, que envia o estímulo dos receptores até a medula espinhal.

b) O número 2 representa a raiz motora dorsal, responsável por levar a resposta da medula espinhal para o órgão motor.

c) Caso uma pessoa sofra uma lesão, que rompa a raiz ventral, pode não perceber os estímulos, mas poderá movimentar a musculatura naturalmente.

d) Caso uma pessoa sofra uma lesão, que rompa a raiz dorsal, perderá a sensibilidade daquele local e, consequentemente, a capacidade de realizar o reflexo.

e) O ato reflexo, quando apresenta um neurônio associativo, torna-se mais rápido. Na imagem podemos observar que, ao usá-lo, o bíceps femural se contrai mais rapidamente que o quadríceps.

07. (UEPG) A figura abaixo representa um neurônio. Com relação aos números apresentados, assinale a alternativa correta.

07

 

a) 1- bainha de mielina; 2- dendritos; 3- corpo celular.

b) 1- dendritos; 2- axônio; 3- corpo celular.

c) 1- corpo celular; 2- dendritos; 3- bainha de mielina.

d) 1- corpo celular; 2- bainha de mielina; 3- dendritos.

e) 1- axônio; 2- corpo celular; 3- dendritos.

08. (UEA) Durante uma aula expositiva sobre anatomia do sistema nervoso, um professor afirmou que fazem parte do sistema nervoso central (S.N.C.):

a) O encéfalo, a medula espinhal e os fotorreceptores.

b) O cerebelo, a hipófise e os nervos raquidianos.

c) O cérebro, o bulbo e os discos de Merkel.

d) A hipófise, os nervos espinhais e os receptores.

e) O hipotálamo, o bulbo e o cerebelo.

09. (UECE) A mielina é uma substância do tipo:

a) Proteína encontrada no tecido muscular.

b) Fosfolipídio encontrada no tecido epitelial.

c) Glicídio encontrada no tecido conjuntivo.

d) Lipídio encontrada no tecido nervoso.

10. (FCM-PB) Relacione a Coluna A com a Coluna B, e marque a alternativa que corresponde à sequência correta:

10

a) 3, 2, 1, 5, 4.

b) 5, 3, 4, 1, 2.

c) 4, 3, 1, 2, 5.

d) 2, 4, 3, 5, 1.

e) 1, 5, 2, 4, 3.

11. (UNCISAL) O sistema nervoso dos vertebrados é muito complexo, e tem por função a recepção, a condução e a integração dos estímulos e a coordenação das respostas induzidas e espontâneas. Distinguem-se o sistema nervoso central (SNC) e o sistema periférico (SNP). Nas opções abaixo, assinale corretamente as partes anatômicas que constituem o SNC.

a) Encéfalo e gânglios.

b) Encéfalo e medula espinal.

c) Medula espinal e axônio.

d) Medula espinal e gânglios.

e) Encéfalo e axônio.

12. (CFT-MG) O tecido nervoso, responsável pela recepção e escolha da resposta adequada às condições do ambiente, é constituído por um tipo especial de célula, o neurônio, que recebe os estímulos do meio e de outras células através do (a);

a) Axônio.

b) Dendrito.

c) Corpo celular.

d) Bainha de mielina.

13. (PUC-GO) TEXTO

AGORA CAPITÃO-GENERAL, com quem el-rei nos brinda sem retardo não é homem dado a cangolés, muito menos tem aspecto de morrediço. Pelo contrário: mesmo não sendo moço demais em eras, apresenta-se bem sacudido e granado, e forte que é de alma e de corpo, vez que o fortalecimento da alma granjeou durante o tempo em que esteve abade de São Martinho de Duma, no Arcebispado de Braga, e o corpo ganhou armação e enchimento de um soldado mouro enquanto foi capitão de um glorioso regimento de cavalaria, no Alentejo, em Portugal. Pelo menos à primeira vista parece do naipe de homem que é mais dado a ser do que a estar, pois para se sentir bem, basta-se a si mesmo. Do tipo que, a qualquer hora e de qualquer ângulo que vossenhor repará-lo, vai lhe parecer à vontade e bem assentado sobre os estaleiros e os andaimes do próprio corpo, no equilíbrio dos escoramentos da alma. É capaz de ser sereno e íntegro, seja num claustro de abadia, no relento de vastidões em exercícios de manobra militar, ou em viagens perpétuas em lombo de mulas instáveis a milhares e milhares de léguas do lar doce lar. Dessa forma tem suporte mental para implementar ações planejadas e de longo alcance, produzindo resultados de alta envergadura. Ao contrário daquele outro que por estes trópicos passou ainda há pouco, que era, bem dizer, quase um estrangeiro universal, dependente de um mundo organizado ao seu redor para sentir o mínimo de conforto. Aquele precisava estar no abrigo de um palácio ou ao menos que a esse palácio pudesse voltar ao fim de cada dia ou de um período de prévia combinação, estar com tesouros estocados no cofre, estar com uma família a esperar por ele, estar com uma cama limpa e cheirosa para repousar e com o que mais houvesse para lhe proporcionar o mínimo de circunstâncias civilizadas. Um tipo assim toma a maioria de suas decisões reagindo ao desconforto imediato, com resultados pífios para a administração das coisas a seu cargo. É o que se diz nas seletas rodas. O novo governador, embora mais desgarrado, como já disse, vem anexo ao título nobiliárquico de alcaide de Guimarães e à comenda de Santa Marinha de Quintela da Ordem de Cristo. Honras de que nem precisaria, mas mesmo não precisando, dão um toque especial de requinte e cintilância a sua personalidade. E, o que é do mesmo modo importante, arriado vem pelos desembargos régios que hão de solucionar as turbações destas minas que para muitos parecem intermináveis. Bem nascido e melhor ainda criado, é um fidalgo de alta estirpe de Marqueses de Fronteira, fina flor da nobreza da corte, por assim dizer. Esse tal de Dom Luís de Assis Mascarenhas, nunca é demais ressaltar, é original de uma das casas do reino de acrescida grandeza, com franco acesso aos palácios e às personalidades realengas mais encorpadas de poder. Se ainda não o é por inteiro, não tardará a ser um dos grandes da corte portuguesa. Corre que é fino de tratos e grosso de haveres, mas corre também que, por primeiro, é grosso de ambições e fino de faro para a pecúnia. Tem os olhos firmes e o caminhar determinado de quem acalenta o nada modesto objetivo de em dez, quinze anos galgar o supremo posto de Vice-Rei das Índias. Traços de caráter, nunca é demais desomitir, perfeitos para quem vem com o intuito de ser o longa manus e fiel depositário das ânsias de Sua Majestade Real. Pois, quem seja cotó de desejos e ralo de ambições, nem é preciso pisar o solo solerte destas solidões postremas, que a ordem por aqui não é outra senão fazer a paina voar, sem cantilenas de me-pega-me-deixa, de quem quer que for. O ouro, a despeito de tudo e de todos, terá que ejacular grosso e reluzente e aos borbotões amazônicos se despejar no reino lusíada, que a gula dos compromissos financeiros assumidos pela Coroa com os países amigos, com os frades franciscanos, com as obras monumentais e com as palacianas festas são muito maiores do que grandes. Dignas de fato do Rei Dom João v, que não é à toa que por alcunha recebe o qualificativo de “o Magnânimo”.

(LOURENÇO, Edival. Naqueles morros, depois da chuva: o jogo do Diabolô. São Paulo: Hedra, 2011. p. 29-30.)

Considere o trecho “Tem os olhos firmes e o caminhar determinado [...].”, extraído do texto acima. É sabido que o andar requer a participação de diferentes sistemas. Em harmonia trabalham para que a marcha ocorra de forma sincrônica e equilibrada. Dentre as alternativas abaixo, assinale a única que contenha a estrutura do encéfalo responsável pela manutenção do equilíbrio, pelo controle do tônus muscular e dos movimentos voluntários.

a) Labirinto.

b) Tronco cerebral-bulbo.

c) Telencéfalo.

d) Cerebelo.

14. (UNICENTRO) O chamado sistema nervoso central é formado pelo encéfalo, que está dentro da caixa craniana, e pela medula espinhal. Nos seres humanos, no entanto, o encéfalo apresenta um volume muito maior em relação ao tamanho do corpo do que nos outros vertebrados. Esse aumento do tamanho do cérebro é uma característica importante no sucesso evolutivo da espécie humana.

(LAURENCE, 2005, p. 295-299).

Considere as seguintes funções encefálicas:

I. Retransmissão das informações sensoriais para o cérebro.

II. Promoção da harmonia de funções no organismo (homeostase).

III. Coordenação motora.

IV. Controle dos movimentos respiratórios e cardíacos.

Com base nos conhecimentos sobre a divisão e algumas funções importantes das regiões do encéfalo, assinale a alternativa que se refere, concomitantemente, à região do encéfalo e às funções pelas quais ela é responsável.

a) I Hipotálamo, II Cerebelo, III Tronco encefálico, IV Tálamo.

b) I Hipotálamo, II Cerebelo, III Tálamo, IV Tronco encefálico.

c) I Tronco encefálico, II Tálamo, III Cerebelo, IV Hipotálamo.

d) I Tálamo, II Hipotálamo, III Tronco encefálico, IV Cerebelo.

e) I Tálamo, II Hipotálamo, III Cerebelo, IV Tronco encefálico.

15. (ASCES) A compreensão do cérebro humano ainda hoje representa um desafio para os cientistas. Sobre o tecido nervoso que forma o cérebro, é correto afirmar que:

a) Os neurônios representam a minoria das células que o constituem, sendo formado na maioria pelos gliócitos ou células gliais.

b) Os neurônios multipolares apresentam um axônio e um dendrito e estão presentes na medula espinhal.

c) Os neurônios bipolares apresentam dois axônios e dois dendritos e estão presentes no encéfalo.

d) Os neurônios sensoriais conduzem impulsos do sistema nervoso central para músculos ou glândulas.

e) Os neurônios associativos conduzem impulsos nervosos de órgãos dos sentidos para o sistema nervoso central.

16. (UECE) Das células gliais ou gliócitos, aquelas encarregadas de fagocitar os detritos e restos celulares presentes no tecido nervoso são os(as):

a) Astrócitos.

b) Oligodendrócitos.

c) Micróglias.

d) Células de Schwann.

17. (UNIFAP) Aos 33 anos, o analista de sistemas Carlos Rizo recebeu o diagnóstico de doença de Parkinson. Não bastasse a precocidade da manifestação do distúrbio, os sintomas evoluíram de forma rápida e devastadora. Aos 41 anos, Rizo foi submetido a uma técnica cirúrgica denominada de NEUROMODULAÇÃO, o procedimento consiste na implantação de eletrodo no cérebro ou na medula, de modo a regular, por meio de descargas controladas a atividade elétrica do sistema nervoso.

Fonte: Revista Veja, edição 2179 de 25 de agosto de 2010.

01. O impulso nervoso é causado por um estímulo no neurônio, provocando modificações elétricas e químicas que são transmitidas ao longo dos neurônios (“ondas”) sempre no sentido dendrito-axônio.

02. A membrana do axônio em repouso apresenta carga elétrica positiva do lado externo e carga negativa do lado interno; diz-se, então, que o axônio está “despolarizado”. Essa diferença é mantida através da bomba de sódio.

04. Nas células com fibras mielinizadas a transmissão do impulso nervoso só apresenta inversão de polaridade nas regiões dos nódulos de Ranvier. Como a “onda salta” de um nódulo para outro essa é uma condução saltatória, apresentando grande aumento de velocidade, quando comparada com as fibras amielinizadas.

08. Os impulsos de corrente elétrica ocorrem independente se existe ou não uma diferença de potencial.

Soma das alternativas corretas:

18. (UPE) Com relação ao sistema nervoso, assinale a afirmativa correta.

a) Fazem parte do Sistema Nervoso Periférico os nervos e gânglios que compõem a região da medula.

b) Na raiz dorsal dos nervos raquidianos, encontram-se, apenas, os nervos sensitivos.

c) Os nervos cranianos fazem parte do Sistema Nervoso Periférico Autônomo Simpático.

d) No Sistema Nervoso Periférico Voluntário Parassimpático, encontram-se os gânglios nervosos próximos à medula ou em seu interior.

e) O neurônio associativo, encontrado no interior do órgão, responde pela conexão da resposta entre um nervo sensitivo e um nervo motor, onde está acontecendo o ato reflexo.

19. (II Olimpíada de Biologia) Utilize o texto abaixo para responder esta questão.

NOVA PESQUISA PODE DEVOLVER VISÃO À CEGOS

Um time de neurocientistas do Instituto de Tecnologia de Massachusetts e colegas da Universidade de Hong Kong desenvolveram uma nova pesquisa que pode ajudar a induzir neurônios a se reconectarem e possivelmente restaurar a visão durante o processo. Os cientistas fizeram uma incisão na cabeça de 53 ratos recém-nascidos. O corte de 1,5 milímetro de profundidade e 2 milímetros de largura atingiu diretamente o nervo óptico dos roedores. Os animais foram então tratados com 10 microlitros de uma solução composta de 99% de água e 1% de um peptídeo ionizado. Em 24 horas, o corte nos roedores tratados começaram a se fechar e em 30 dias estavam completamente curados. Isso nunca havia sido visto em animais. Um localizador foi colocado dentro dos olhos dos ratos e revelou que os neurônios haviam crescido e se conectado novamente. Os pesquisadores acham que esses aminoácidos são capazes de criar um suporte molecular que pode fazer tais ligações. Ratos adultos também foram testados com os mesmos resultados. A solução, que forma um gel fibroso no machucado, parece não ter efeitos colaterais a longo termo, deixando o corpo pela urina. Os pesquisadores estão ansiosos para testar a fórmula em humanos.

(fonte: http://www.revistagalileu.com.br)

O crescimento dos neurônios, o estabelecimento de sinapses e até mesmo sua divisão celular podem ser guiados por células que têm se mostrado como grandes diferenciais nos aspectos cognitivos entre os seres humanos (Einstein possuía menos neurônios do que um homem comum, mas uma maior proporção deste tipo celular que estamos nos referindo). As células referidas pelo texto são:

a) Células endoteliais.

b) Células ganglionares.

c) Fibroblastos.

d) Células gliais.

e) Macrófagos.

20. (UECE) Os neurônios motores são revestidos pelo estrato mielínico, composto das células denominadas _________, que permite uma condução _________ do impulso nervoso, __________ sua velocidade. As lacunas devem ser preenchidas corretamente, e nesta ordem, com os termos:

a) células de Schwann, descontínua, aumentando

b) oligodendrócitos, descontínua, diminuindo

c) oligodendrócitos, contínua, aumentando

d) células de Schwann, contínua, diminuindo

21. (UFGD) O sistema nervoso é constituído por células altamente diferenciadas, denominadas neurônios, que se destacam das outras células por apresentarem determinadas estruturas, tais como:

a) Corpo celular, axônio, sarcolema, bainha de mielina e dendritos.

b) Corpo celular, axônio, bainha de mielina e canal de Havers.

c) Axônio, estrangulamento de Ranvier, meninges e bainha de mielina.

d) Axônio, pericário, meninges e dendritos.

e) Corpo celular, dendritos, axônio, corpúsculo de Nissl.

22. (COVEST) O sistema nervoso é composto principalmente por células especializadas que desempenham as funções de captação, processamento e acúmulo de informações, além de participar no controle geral do organismo, juntamente com o sistema endócrino. Sobre essas células, analise as afirmativas abaixo.

I   II

0 0 – Os neurotransmissores são mensageiros químicos lançados na circulação sanguínea para transmitir informações a outras células.

1  1 – A mielina é uma característica essencial para o funcionamento de todos os neurônios.

2 2 – Nas sinapses químicas, não existe continuidade entre as membranas celulares dos neurônios.

3 3 – Os potenciais de ação são alterações elétricas do tipo tudo-ou-nada que trafegam ao longo dos axônios e ocorrem por movimentação de Na+ e K+ através das membranas neuronais.

4  4 – Apresentar microvilosidades é uma característica das células do sistema nervoso.

23. (UFG) Um chimpanzé com lesão no cerebelo tem comprometida a sua capacidade de:

a) Mastigar e engolir os alimentos.

b) Equilibrar-se sobre os galhos de árvores.

c) Enxergar a fêmea para o acasalamento.

d) Ouvir o som dos predadores.

e) Sentir o odor dos feromônios.

24. (UFOP) As várias atividades do organismo dependem do perfeito funcionamento do sistema nervoso: os neurônios levam informações da periferia para o SNC e vice-versa. Para exercerem essas atividades, eles apresentam certas características, que não estão bem definidas em:

a) As informações entre neurônios se dão por sinapse.

b) O impulso nervoso sempre é conduzido do corpo celular para o axônio, para passagem de informação entre neurônios.

c) Os mediadores químicos estão sempre armazenados no corpo celular dos neurônios.

d) A bainha de mielina torna a condução do impulso nervoso mais rápida nos neurônios.

25. (UFTM) Os neurônios existentes no cérebro “conversam” entre si, recebendo e transmitindo informações. Para que ocorra a transmissão mais comum do impulso nervoso de um neurônio a outro é necessário que:

a) Os dendritos sejam permeáveis aos íons potássio, que entram passivamente no neurônio e promovem a saída dos neurotransmissores, que se ligam aos receptores dos axônios de outro neurônio, passando pelo mesmo processo até o neurônio seguinte.

b) Os íons sódio saiam ativamente do neurônio e os íons potássio entrem passivamente, promovendo uma despolarização da membrana plasmática, que percorre célula a célula, garantindo a rapidez do processo.

c) Ele chegue à porção terminal do axônio promovendo a liberação de neurotransmissores na fenda sináptica, que se ligam aos receptores presentes na membrana do outro neurônio, surgindo um potencial de ação que se propaga pelo neurônio estimulado.

d) Os axônios liberem neurotransmissores, que se ligam em quaisquer receptores presentes apenas na membrana plasmática do corpo celular do neurônio seguinte, que sofre a repolarização seguida de uma despolarização e isso é propagado para a próxima célula.

e) Ocorra a repolarização da membrana plasmática por meio da entrada de sódio até o final dos axônios, seguida de uma despolarização, processo que provoca a alteração na carga elétrica do outro neurônio, que estimulará outro na sequência e assim sucessivamente.

26. (VUNESP) É correto afirmar que:

a) As células nervosas dos mamíferos multiplicam-se frequentemente.

b) Sinapses são regiões de contato entre os dendritos de duas células nervosas.

c) Sinapses são regiões de contato entre os axônios de duas células nervosas.

d) Os nervos são formados de feixes de prolongamento de neurônios.

e) Sistema nervoso central é o conjunto de todas as células nervosas do corpo.

27. (UFRGS) Retirar rapidamente o dedo ao espetá-lo num espinho é uma ação comandada pelo sistema nervoso:

a) Autônomo: nervos simpáticos.

b) Autônomo: nervos parassimpáticos.

c) Autônomo: nervos simpáticos e parassimpáticos.

d) Central: medula.

e) Central: cérebro.

28. (PUC-RJ) O homem possui diversos receptores sensoriais, através dos quais recebe informações do meio ambiente, enviando-as ao encéfalo, que as processa. Cones e bastonetes, bem como cóclea e célula ciliadas, são estruturas ligadas a este sistema. Indique a opção que, respectivamente, relaciona as estruturas aos sentidos:

a) Audição e olfação.

b) Visão e audição.

c) Olfação e audição.

d) Gustação e visão.

e) Visão e gustação.

29. (UFA) Os acúmulos de corpos celulares de neurônios dentro do Sistema Nervoso Central (SNC) são denominados núcleos. Quando esses acúmulos ocorrem fora do SNC e apresentam-se geralmente como uma dilatação, são chamados de:

a) Gânglios nervosos.

b) Arco-reflexo.

c) Reflexo medular.

d) Meninges.

e) Nódulos de Ranvier.

30. (UNIFOR) Indique a alternativa correta sobre os neurônios:

a) São formados por um corpo celular anucleado.

b) Possuem dois tios de prolongamentos: os axônios e os dendritos.

c) Os axônios recebem estímulos nervosos e transmitem impulsos.

d) Os impulsos são transmitidos no sentido axônio → dendrito.

e) Os neurônios, na sua grande maioria, conectam-se através do contato direto de suas membranas.

gab

 

 

Publicado por: Djalma Santos | 30 de outubro de 2014

CITOLOGIA NA UPE

01. (UPE-2004) Sobre os organoides citoplasmáticos, analise as afirmativas.

I   II

0 0 – Os ribossomos, presentes apenas em células eucarióticas, formados por RNA e proteínas, são responsáveis pela síntese proteica.

1  1 – Os centríolos, encontrados no citoplasma de células animais e vegetais, são formados por dois cilindros em ângulo reto entre si, localizando-se próximo ao núcleo na região denominada centro celular ou cinetócoro.

2  2  – Nos lisossomos, a enzima catalase está envolvida no processo de decomposição de H2O2 em água e gás oxigênio.

3  3 – O conjunto de mitocôndrias de uma célula é denominado de condrioma, cujo número é constante em todos os tipos celulares.

4 4 – Os glioxissomos, presentes nos protistas, nos fungos, nas plantas e nos animais, são organelas que atuam sobre os lipídios, convertendo-os em açúcares.

02. (UPE-2004) Entre as alternativas abaixo, qual delas contempla corretamente a estrutura e/ou a função de um dos organoides citoplasmáticos?

a) O ergastoplasma é bem desenvolvido em células com pequena atividade metabólica, como os osteoblastos, e pouco desenvolvido em células com alta atividade metabólica, como as adiposas.

b) Nas células de vegetais e de invertebrados, o retículo endoplasmático liso, em geral, encontra-se fragmentado e disperso pelo hialoplasma, sendo denominado de dictiossomo.

c) O retículo endoplasmático rugoso, pela sua comunicação com a membrana plasmática, aumenta consideravelmente o contato entre a superfície da célula e o exterior, facilitando a entrada e a saída de substâncias.

d) Nos músculos, o retículo endoplasmático rugoso, denominado de retículo sarcoplasmático, apresenta-se bem-desenvolvido, servindo de reservatório de íons cálcio e ATP, necessários ao mecanismo de contração.

e) Em células vegetais e animais, são encontrados os peroxissomos, organelas envolvidas na digestão intracelular. A membrana interna dessas organelas é revestida por glicoproteínas, que são produzidas no retículo endoplasmático rugoso e acumuladas no complexo de Golgi.

03. (UPE–2006) Peroxissomos são organelas citoplasmáticas, membranosas, presentes nas células animais e de muitos vegetais. Sobre essas organelas e suas funções, analise as afirmativas.

I   II

0 0 – Apresentam muitas enzimas do tipo oxidases, que utilizam o oxigênio para oxidar substâncias orgânicas e formar, como subproduto, peróxido de hidrogênio.

1  1 – São mais abundantes nas células do fígado e dos rins, onde desempenham importante papel na oxidação de várias substâncias absorvidas pelo sangue, como, por exemplo, o álcool.

2  2 – Os novos peroxissomos são formados a partir das cisternas do complexo de Golgi, sendo liberados diretamente, no citoplasma.

3  3  – Em determinadas plantas, principalmente no grupo das oleaginosas, as células dos cotilédones apresentam um tipo especial de peroxissomos, denominado de glioxissomos, cuja função é converter os lipídeos, armazenados na semente, em açúcares que serão utilizados no processo de germinação.

4 4 – Embora o peróxido de hidrogênio seja uma substância tóxica produzida pelos peroxissomos, estes são capazes de degradá-lo, transformando-o em água e gás carbônico através da enzima catalase.

04. (UPE–2006) A mitose é um processo contínuo de divisão celular, que permite a renovação e a formação de novas células. Associe as figuras dessa divisão às suas respectivas características e a cada fase da mitose.

04

A – Os cromossomos estão alinhados na região equatorial da célula e presos às fibras do fuso pelos centrômeros.

B – As fibras do fuso começam a encurtar e, como consequência, cada lote de cromossomos irmãos são puxados para os polos opostos da célula.

C – Os cromossomos iniciam o processo de desespiralização, e os nucléolos reaparecem nos novos núcleos celulares formados.

D – Os cromossomos se condensam, e, em torno do núcleo, organiza-se um conjunto de fibras originadas a partir dos centrossomos, constituindo o fuso mitótico.

I – PRÓFASE          II – METÁFASE        III – ANÁFASE         IV – TELÓFASE

Assinale a alternativa que apresenta a associação correta entre as colunas.

a) Figura 3-D-I.

b) Figura 2-B-IV.

c) Figura 4-A-II.

d) Figura 1-C-III.

e) Figura 3-C-II.

05. (UPE–2006) A estrutura, a quantidade de DNA e a posição do centrômero dos cromossomos podem ser alteradas sem que haja mudança no número de cromossomos. Esse fenômeno é conhecido como mutação estrutural.

05

A figura acima representa uma mutação estrutural do tipo:

a) Inversão.

b) Duplicação.

c) Deleção.

d) Translocação.

e) Trissomia.

06. (UPE-2007) A membrana plasmática fornece individualidade à célula, definindo e estabelecendo elos entre os meios intra e extracelular. A partir da membrana plasmática, a primeira célula adquiriu identidade. Em relação a esse envoltório celular, podemos afirmar:

I. Os componentes básicos de sua estrutura são fosfolipídios e proteínas. As proteínas, de acordo com a função que desempenham, constituem: canais de proteína, proteínas carregadoras, proteínas receptoras e proteínas de reconhecimento.

II. As células bacterianas não apresentam membrana plasmática. Seu revestimento externo é constituído de glicoproteínas, conhecido como glicocálix ou parede bacteriana.

III. A bomba de sódio e potássio é um mecanismo de transporte por difusão passiva, através da membrana, em que se mantém maior concentração de sódio no interior da célula e de potássio fora dela.

IV. Potencial de membrana é a diferença de potencial elétrico entre seus lados interno e externo. Normalmente, a superfície extracelular tem potencial positivo em relação ao interior, e essa diferença é mantida graças à bomba de sódio e potássio.

V. Na fagocitose, a membrana envolve o material a ser englobado. No combate a infecções em nosso organismo, os macrófagos agem através da fagocitose como também no processo de involução uterina pós-parto.

Assinale a alternativa correta.

a) Apenas I, II e V.

b) Apenas II, III e IV.

c) Apenas I, IV e V.

d) Apenas I, II e IV.

e) Apenas III, IV e V.

07. (UPE–2008) Em relação às mitocôndrias e aos cloroplastos, analise as afirmativas abaixo e conclua.

I   II

0   0 – Mitocôndrias  e cloroplastos  são organelas  ausentes nas  células das  amebas, pois se trata de seres primitivos com células procariontes.

1  1 – As mitocôndrias, relacionadas à respiração celular e os cloroplastos, com função de fotossíntese, estão presentes exclusivamente nas células animais e vegetais, respectivamente.

2  2 – A hipótese da simbiose mutualística com bactérias é atribuída à origem das mitocôndrias nas células eucarióticas, em função da presença de ribossomos, de DNA e RNA e de sua capacidade de auto

3  3 – Em uma célula eucariótica típica, a glicólise, fase anaeróbia da respiração, ocorre no citosol, e toda a fase aeróbia ocorre no interior das mitocôndrias.

4  4 – Todo o processo fotossintetizante da célula de uma planta ocorre no interior dos cloroplastos, com duas etapas interligadas: fase clara (fotoquímica) e fase escura (química).

08. (UPE–2008) Sobre a mitose e meiose, suas fases e peculiaridades, analise as descrições abaixo e conclua.

I  II

0  0 – As fases da mitose obedecem à sequência: prófase, anáfase, metáfase e telófase. Na prófase, cada cromossomo é formado por duas cromátides-irmãs. Durante a metáfase, há separação das cromátides-irmãs que passam a ser denominadas cromossomos-irmãos.

1  1 – A meiose ocorre em duas etapas: meiose I (reducional) e meiose II (equacional). A meiose I assemelha-se à mitose, enquanto a meiose II tem particularidades próprias, como o crossing over, ausentes na mitose.

2  2 – A mitose pode ser realizada por células haploides ou diploides, que produzem, em condições normais, cópias idênticas de si mesmas. As bactérias não se dividem por mitose nem meiose.

3  3 – Os cromossomos que sofrem descondensação no início da prófase, ao se espiralizarem no final da telófase, tornam a se condensar, mantendo sua individualidade nas células que não se encontram em divisão. Essa condensação é indispensável para a síntese proteica.

4  4 – O câncer é uma doença em que falham os mecanismos biológicos de regulação do processo da divisão celular. Uma série de divisões celulares desordenadas origina inúmeras células-filhas que invadem outros órgãos.

09. (UPE–2008) Analise este cariótipo.

09

Sobre o cariótipo apresentado, analise as afirmativas.

I. É uma monossomia, ou seja, o indivíduo apresenta, apenas, um cromossomo sexual: o X, que caracteriza a síndrome de Turner.

II. Corresponde a uma aneuploidia, do tipo autossômica, pela não disjunção de um ou mais cromossomos durante a meiose.

III. O portador dessa síndrome é do sexo feminino, com ausência de cromatina sexual nas suas células.

IV. As características mais comuns ao portador dessa síndrome são: baixa estatura, baixo padrão de inteligência, testículos atrofiados, ausência de espermatozoides e anomalias renais.

V. Esta alteração não envolve os cromossomos sexuais, portanto não está relacionada ao sexo. O cariótipo é 45, X0, podendo ser do sexo masculino ou feminino, porém estéril.

Assinale a alternativa correta.

a) As afirmativas I, II e III estão corretas.

b) As afirmativas II, IV e V estão corretas.

c) As afirmativas I e III estão corretas.

d) A afirmativa V está correta.

e) Todas estão corretas.

10. (UPE-2009) As proteínas da membrana plasmática exercem várias funções, agem como transportadoras, receptoras, dentre outras. Na coluna I, estão esquematizados modelos de transporte através de proteínas; na coluna II, o tipo de proteína, e, na coluna III, a descrição desse transporte. Estabeleça a correta associação entre as três colunas.

10

Assinale a que apresenta a associação correta.

a) 1 D IV / 2 C II / 3 A III / 4 B I.

b) 1 A II / 2 B III / 3 C I / 4 D IV.

c) 1 C IV / 2 B I / 3 A III / 4 D II.

d) 1 D IV / 2 A III / 3 C I / 4 B II.

e) 1 B I / 2 C III / 3 D II / 4 A IV.

11. (UPE-2010) “Em 30 de maio de 2008, morreu Lorenzo Odone aos 30 anos, vítima de doença que motivou um esforço sobre-humano por parte de seus pais para salvá-lo e inspirou o filme indicado ao Oscar “O Óleo de Lorenzo.”

                                                       Adaptado Jornal “Washington Post”. 2008.

Lorenzo padecia de adrenoleucodistrofia (ALD), uma doença que causa mutações genéticas, que destroem o sistema neurológico. A enfermidade deriva normalmente de uma falha cerebral e causa morte, embora Lorenzo viveu vinte anos a mais do que previram os médicos. A ADL se caracteriza pelo acúmulo de ácidos graxos saturados de cadeia longa na maioria das células do organismo afetado, mas principalmente nas células do cérebro, levando à destruição da bainha de mielina. A ADL é associada a defeitos em uma proteína de membrana transportadora de ácidos graxos para o interior de uma determinada organela, onde sofreriam a beta-oxidação.

Dentre as organelas abaixo, qual está envolvida nesse mecanismo?

a) Complexo de Golgi.

b) Lisossomos.

c) Peroxissomos.

d) Retículo endoplasmático agranular.

e) Retículo endoplasmático granular.

12. (UPE-2011) A figura abaixo representa um corte histológico de raiz de cebola, na qual estão enumeradas diferentes fases do ciclo celular.

12

http://www.mundoeducacao.com.br/upload/conteudo

legenda/46bb800fb7c29b4228969b92cbdbc1b5.jpg

Assinale a frase que identifica corretamente a fase 5 (cinco) e a estrutura apontada com uma seta.

a) A interfase está subdividida nas fases S, G1 e G2. A estrutura apontada é o cloroplasto.

b) Na metáfase, os cromossomos estão alinhados na placa equatorial. A estrutura apontada é o cloroplasto.

c) Na metáfase, os cromossomos estão alinhados na placa equatorial. A estrutura apontada é a parede celular.

d) Na telófase, ocorre a descondensação dos cromossomos e a citocinese centrípeta. A estrutura apontada é o fragmoplasto.

e) Na telófase, ocorre a descondensação dos cromossomos e a citocinese centrífuga. A estrutura apontada é o fragmoplasto.

13. (UPE-2012) A figura a seguir ilustra o processo de digestão intracelular, no qual estão envolvidas várias organelas celulares. Identifique as estruturas e/ou processos enumerados na figura a seguir:

13

Fonte: adaptada de  http://3.bp.blogspot.com/_klKFmeWGnUQ/THF49NcH8TI/AAAAAAAAAG8/0YkWYfNfing/s1600/Autofagia+e+Heterofagia.gif

Estão corretas:

a) I – Endocitose; II – Peroxissomo; III – Retículo endoplasmático rugoso; IV – Vacúolo digestivo; V – Fagossomo; VI – Exocitose.

b) I – Fagocitose; II – Lisossomo; III – Complexo de Golgi; IV – Vacúolo autofágico; V – Corpo residual; VI – Clasmocitose.

c) I – Pinocitose; II – Vacúolo; III – Retículo endoplasmático liso; IV – Mitocôndria; V – Fagossomo; VI – Autofagia.

d) I – Heterofagia; II – Ribossomo; III – Complexo de Golgi; IV – Vacúolo; V – Exocitose; VI – Excreção celular.

e) I – Fagossomo; II – Grânulo de inclusão; III – Retículo endoplasmático liso; IV – Mitocôndria; V – Heterofagia; VI – Clasmocitose.

14. (UPE-2012) Observe a tirinha a seguir:

14

Nela Calvin faz alusão a uma ameba. Observe as afirmativas, a seguir, relacionadas a esse organismo e sua forma de alimentação ou locomoção por meio de pseudópodes e assinale a afirmativa correta.

a) A difusão facilitada ocorre a favor do gradiente de concentração, mas depende da ação dos pseudópodes da membrana plasmática para a entrada de glicose com gasto de energia.

b) A fagocitose é o englobamento de moléculas grandes ou sólidas por meio de expansões da membrana plasmática, denominadas pseudópodes.

c) A pinocitose é a captura de moléculas menores ou líquidas mediante a de invaginação da parede celular por meio de pseudópodes.

d) O glicocálix é um revestimento externo da membrana plasmática, formado por celulose e lipídios que irão desempenhar funções imunogênica e locomotora por meio de pseudópodes.

e) Os pseudópodes mantêm uma diferença de potencial entre os meios extra e intracelular, permitindo a locomoção sem gasto de energia.

15. (UPE-2013) A proliferação celular exagerada está diretamente relacionada ao desenvolvimento de câncer. Tem-se como exemplo de bloqueio desse processo o uso de drogas antimitóticas, que desorganizam o fuso mitótico. Em relação à formação e ao papel do fuso mitótico em condições normais, é correto afirmar que:

a) A carioteca, membrana nuclear formada por proteínas fibrosas do citoesqueleto, está envolvida na formação do fuso mitótico, essencial à adesão celular.

b) O citoesqueleto é uma rede citoplasmática de ácidos nucleicos envolvidos no processo da formação do fuso mitótico, de lisossomos e do acrossomo, responsáveis pela mitose.

c) Os centríolos são cilindros formados por actina e miosina, envolvidos na formação do fuso mitótico, dos cílios e flagelos, que auxiliam na movimentação celular.

d) Os centrômeros são responsáveis pela formação do fuso mitótico constituído de carboidratos, essencial ao direcionamento do ciclo celular.

e) Os microtúbulos são constituídos de tubulinas e formam o fuso mitótico, responsável pela correta segregação dos cromossomos durante a divisão celular.

16. (UPE-2014) Num determinado hospital da Região Metropolitana do Recife, nasceu um menino com a síndrome de Zellweger ou síndrome cerebrohepatorenal. Considerada uma doença raríssima, por ocorrer 1 em cada 50.000 a 100.000 nascimentos, é resultante do defeito no funcionamento de uma organela celular, cuja função está relacionada com o armazenamento da enzima catalase. Esta reage com o peróxido de hidrogênio, substância tóxica que necessita da sua degradação, contribuindo com a desintoxicação do organismo, a partir da oxidação de substâncias absorvidas do sangue.

Com base nessas informações, a organela celular a que o texto se refere denomina-se:

a) Lisossomos.

b) Peroxissomos.

c) Mitocôndrias.

d) Ribossomos.

e) Glioxissomos.

gab

 

 

Older Posts »

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 257 outros seguidores