Publicado por: Djalma Santos | 26 de março de 2011

Testes de membrana e permeabilidade celular (2/5)

01. (UFSC) Dentre os vários mecanismos de transporte em nível de membrana celular, podemos citar a osmose. De maneira simplificada, a figura abaixo esquematiza as condições para a ocorrência da osmose.

01

Com relação ao processo osmótico, assinale a(s) proposição(ões) correta(s).

I    II

0   0 – Haverá passagem de água do lado A para o lado B.

1  1 – Na natureza o meio hipertônico cederá moléculas de soluto para o meio hipotônico até que se estabeleça um equilíbrio.

2  2 –  Se A fosse o meio intracelular de uma célula humana e B água pura, com certeza essa célula iria murchar.

3  3 – Se A fosse o meio intracelular de uma célula vegetal e B água pura, a parede celulósica impediria que sua membrana celular se rompesse.

4 4 – As células de nosso corpo encontram-se banhadas por uma solução isotônica; dessa forma, a passagem da água do meio extracelular para o intracelular ocorre por diálise.

02. (UNIOESTE) Um estudante está realizando uma pratica no laboratório relacionada a tonicidade das soluções. Ele acrescenta 10 mL da solução A em um tubo de ensaio e 10 mL da solução B em outro tubo. Após acrescenta 100 μL de sangue em cada tubo e homogeniza essas misturas vagarosamente. Em seguida, coloca uma gota da mistura A em uma lamina e uma gota da mistura B em outra lamina, e com auxilio de um microscópio visualiza a forma das hemácias. O estudante observa que as hemácias presentes na solução A estão murchas (crenadas) e as hemácias que estavam na solução B estão inchadas (túrgidas). Com esse experimento e correto afirmar que:

a) Em relação às hemácias, a solução A e isotônica e a solução B e hipotônica.

b) Em relação às hemácias, a solução A e hipotônica e a solução B e isotônica.

c) Em relação às hemácias, a solução A e hipotônica e a solução B e hipertônica.

d) Em relação às hemácias, a solução A e hipertônica e a solução B e hipotônica.

e) Em relação às hemácias, a solução A e isotônica e a solução B e hipertônica.

03. (UEPG) A membrana plasmática é a estrutura que delimita o conteúdo celular, separando-o do meio externo. Além de proteger, a membrana plasmática controla a entrada e saída de substâncias na célula. Muitas vezes pode apresentar associações ou modificações que otimizam suas funções. Com base nesse enunciado, assinale o que for correto.

I   II

0  0 – Os desmossomos são regiões especializadas existentes nas membranas adjacentes de células vizinhas, que funcionam como presilhas, aumentando a adesão entre as células. A presença deles em todas as células de um epitélio garante a formação de um revestimento contínuo e coeso.

1  1 – As bactérias possuem membrana esquelética feita de polissacarídeos, que promove à célula forma definida e rígida. Essa membrana esquelética, contrariamente à plasmática, não é viva.

2  2 – As microvilosidades são dobras da membrana plasmática na superfície da célula que voltadas para a parte interna do intestino delgado permitem uma absorção mais eficiente do alimento digerido.

3  3 – As células vegetais possuem, associadas externamente à membrana plasmática, a membrana esquelética, denominada membrana celulósica, que possui papel mecânico, selecionando as substâncias que entram e saem das células.

4  4 – As interdigitações são dobras nas membranas plasmáticas limítrofes de duas células e que desempenham importante papel de coesão entre células vizinhas.

04. (UNIR) Levando em consideração os diferentes tipos de transportes que ocorrem na membrana plasmática das células, analise os eventos.

I. Englobamento de uma bactéria por uma célula de defesa de um mamífero.

II. Entrada de O2 nas hemácias do sangue.

III. Absorção de água pelas células das raízes das plantas.

Os eventos I, II e III exemplificam respectivamente os seguintes tipos de transporte:

a) Osmose, pinocitose e osmose.

b) Difusão, osmose e fagocitose.

c) Fagocitose, difusão e osmose.

d) Fagocitose, osmose e difusão.

e) Pinocitose, fagocitose e osmose.

05. (PUC-RIO) A membrana plasmática de seres pluricelulares é capaz de apresentar modificações para atender a necessidades da célula e do organismo. Um exemplo de uma dessas adaptações são os chamados desmossomos, cuja representação gráfica encontra-se a seguir.

05

Fonte:http://www.google.com.br/imgres?imgurl=http://lacelula.udl.es/micrograf/images/desmosoma.jpg.-com modificações. Acesso em 15.ago.2010

A estrutura apresentada na figura tem como função:

a) Garantir a passagem de estímulos de natureza elétrica entre duas células vizinhas.

b) Permitir o trânsito de substâncias hidrossolúveis entre células do mesmo tecido.

c) Controlar a passagem de macromoléculas entre células de diferentes tecidos.

d) Manter a adesão entre células, de um mesmo tecido, submetido a pressões.

e) Estabelecer ligações entre células com diferentes funções em tecidos diferentes.

06. (UEPB)                                 LEIA O TEXTO ABAIXO:

Receita de batata frita.

Corte as batatas em fatias finas e mergulhe-as em uma mistura de água e sal, na proporção de uma colher de sopa de sal para cada litro de água. Retire pequenas porções de batata da solução salina e frite. Não precisa acrescentar sal. As batatas ficam crocantes e levemente salgadas.

Agora analise as proposições referentes ao texto acima:

I. A solução salina recomendada é hipertônica em relação à célula vegetal. Assim, por osmose, a célula perde muita água e fica plasmolisada, daí a crocância observada nas batatas fritas.

II. No processo de plasmólise, o citoplasma e a membrana plasmática acompanham a contração do vacúolo e separam-se da membrana celulósica. Assim, no espaço entre o protoplasma e a parede celular fica uma solução aquosa de concentração muito semelhante à do meio externo à célula. Daí o sabor levemente salgado.

III. Sendo a solução salina recomendada hipotônica em relação à célula vegetal, ocorre difusão de Na+Cl-, o que possibilita o sabor levemente salgado.

Assinale a alternativa que contém a(s) proposição(ões) correta(s):

a) I, II e III.

b) I e III, apenas.

c) II e III, apenas.

d) III, apenas.

e) I e II, apenas.

07. (ASCES) Observe abaixo o que ocorre com os vários tipos de células quando presentes em ambientes com diferentes concentrações de soluto. Nesse contexto, é possível afirmar que:

07

a) As células 1 e 4 sofrem turgescência, pois encontram-se em meio hipotônico.

b) As células 3 e 6 sofrem plasmólise, pois encontram-se em meio hipertônico.

c) As células 2 e 5 sofrem plasmoptise, pois encontram-se em ambiente hipotônico.

d) Em meio hipotônico, a célula 6 perde água por osmose.

e) Em meio isotônico, a célula 5 ganha água por osmose.

08. (UFV) A membrana plasmática possui na sua estrutura proteínas relacionadas com a comunicação entre as células, os chamados receptores de membrana. Com relação a esses receptores, é correto afirmar:

a) Receptores inespecíficos são produzidos em resposta ao mesmo tipo de sinalizador.

b) Diferentes receptores são emitidos para atuar como sinais em diferentes células-alvo.

c) Moléculas sinalizadoras inespecíficas se ligam a um único tipo de receptor sinalizador.

d) Existem moléculas mensageiras que se ligam a receptores de tipos celulares diferentes.

09. (PUC-MG) A membrana plasmática recobre todas as células vivas. Seu papel é controlar, como um porteiro, as substâncias que entram e saem da célula, tornando seu interior diferente do meio externo. Se uma célula média tivesse o tamanho de uma laranja, a espessura de sua membrana não ultrapassaria os 0,04 mm – mais fina que uma folha de papel de seda.

Fonte: http://www.revistaescola.abril.com.br

Sobre as membranas celulares, é correto afirmar, exceto:

a) Duas camadas de fosfolipídeos entremeadas de proteínas formam a membrana, que recebe a definição química de lipoproteica.

b) A glicose, importante hexose para o nosso organismo, é disponibilizada dentro da célula através da passagem pela membrana por transporte ativo, em condições normais.

c) Os lipídios, que se movem com liberdade nos planos da membrana sem perder contato íntimo com as outras moléculas, garantem a ela fluidez e alta capacidade de regeneração.

d) As proteínas que ficam incrustadas na membrana podem exercer o papel de transportadoras, permitindo a realização de difusão facilitada.

10. (UNICENTRO) A célula representa uma unidade delimitada por uma delgada película, a membrana plasmática, que, dentre outras funções, regula o tráfego de substâncias, mantendo o meio intracelular adequado às necessidades da célula. Considerando-se essa função da membrana plasmática é possível afirmar que, ao se mergulhar uma célula vegetal em uma solução hipotônica, ocorrerá:

a) Perda do volume celular e consequente deslocamento da membrana plasmática da parede celulósica.

b) Pressão equivalente de entrada e saída de água por osmose, sem que haja deformação da membrana.

c) Plasmólise da célula, em função do aumento na pressão osmótica, o que promove rompimento da parede celular.

d) Aumento do volume celular, até que a pressão da parede celulósica se torne equivalente à pressão osmótica.

11. (UFT) A membrana plasmática ou celular é considerada uma das “barreiras” que separa o meio intracelular do extracelular e também é responsável pelo controle de todas as substâncias ou partículas que entram ou saem da célula. A respeito da Membrana Plasmática é incorreto afirmar:

a) As membranas plasmáticas apresentam constituição lipoproteica.

b) A membrana plasmática permite a passagem livre de água e pequenas moléculas e dificulta ou impede a passagem de moléculas grandes.

c) As trocas que ocorrem entre o meio intracelular e extracelular podem ser classificadas como: transporte ativo, transporte passivo, endocitose e exocitose.

d) As células vivas são delimitadas por membrana plasmática e estão sujeitas a sofrerem osmose, caracterizada pela passagem de soluto de uma região de menor concentração para a de maior concentração.

e) A fagocitose é um processo pelo qual uma célula engloba partículas grandes, sendo que em protozoários tem a função de alimentação.

12. (UNIMONTES) Permeabilidade seletiva é um processo fundamental para a manutenção de condições intracelulares adequadas ao funcionamento e, consequentemente, à vida da célula. A figura a seguir está relacionada com essa propriedade das membranas celulares. Analise-a.

12

De acordo com a figura e o assunto abordado, analise as alternativas abaixo e assinale a que apresenta uma característica do meio representado por II e o estado em que a célula se encontra.

a) Meio isotônico e célula flácida.

b) Meio hipotônico e célula túrgida.

c) Meio hipertônico e célula túrgida.

d) Meio hipertônico e célula plasmolisada.

13. (UEPA) As bactérias sob “elevadas” temperaturas podem se duplicar a cada 20 minutos. Por isso, em países em que predomina clima quente, como o Brasil, os alimentos correm o risco de estragarem de forma rápida. Na região amazônica, é prática comum nas comunidades ribeirinhas, a utilização de modos alternativos para conservação de alimentos, como o salgamento, bastante utilizado na preservação de peixes.

Sobre o método de conservação citado, analise as alternativas abaixo e assinale a(s) correta(s).

I   II

0 0 – O método em questão faz com que a água contida no alimento seja perdida para o ambiente.

1  1 – A adição de sal no alimento a ser conservado deixa o meio hipertônico.

2  2 – O método em questão refere-se ao processo de osmose, que é um tipo de transporte celular em que há “gasto” de energia.

3  3 – O método em questão faz como que a água contida nas bactérias presentes no alimento seja perdida para o ambiente.

4  4 – A adição de sal no alimento a ser conservado permite a entrada de água nos mesmos.

14. (UNIOESTE) Sobre os mecanismos de transporte através da membrana celular, analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa correta.

I. A entrada de oxigênio (O2) em nossas células ocorre pelo processo de difusão simples.

II. O transporte de substâncias realizado pelas proteínas da membrana celular, sem “gasto” de energia, e um tipo de transporte passivo.

III. A manutenção das diferenças de concentração dos íons Na+ e K+ é realizada pelo processo de transporte ativo.

IV. Durante a osmose, as moléculas (solutos) dissolvidas no citosol se difundem através da membrana celular.

a) Apenas a afirmativa I está correta.

b) Apenas as afirmativas I e II estão corretas.

c) Apenas as afirmativas I e III estão corretas.

d) Apenas as afirmativas I, II e III estão corretas.

e) Todas as afirmativas estão corretas.

15. (UDESC) Assinale a alternativa incorretaem relação às membranas plasmáticas.

a) As mitocôndrias, os lisossomos e o complexo golgiense são organelas citoplasmáticas revestidas por membrana plasmática.

b) A estrutura básica de uma membrana plasmática consiste em uma bicamada de fosfolipídeos associada a proteínas, carboidratos e esteróis.

c) A membrana plasmática é uma estrutura típica das células animais, sendo substituída pela parede celular nas células vegetais.

d) As proteínas de membrana têm como uma de suas funções permitir o transporte de substâncias de dentro para fora da célula e vice-versa.

e) As membranas plasmáticas exercem a importante função de reconhecimento celular, participando da integridade de tecidos biológicos.

16. (UNICENTRO) Ao longo da vida de um organismo a composição química da matéria viva mantém-se relativamente constante devido à presença de estruturas que promovem certo isolamento e que selecionam as substâncias que devem entrar e sair do organismo. Nos seres unicelulares estas funções são executadas basicamente pela membrana plasmática. Sobre esse envoltório celular e suas funções nos organismos unicelulares, assinale a alternativa correta.

a) Nas bactérias e cianobactérias ocorre a substituição da membrana plasmática por um envoltório mais resistente e menos permeável constituído de celulose e denominado parede celular.

b) A membrana plasmática das diatomáceas é constituída basicamente de fosfolipídios, proteínas e sílica, uma substância que torna a célula desta alga mais resistente e que permanece no ambiente após a morte da alga.

c) Em protozoários de água doce o meio intracelular é mais concentrado que o meio externo, fazendo com que a água entre na célula por osmose. Para que o protozoário não estoure a água é expulsa pelos vacúolos contrateis.

d) As leveduras realizam nas cristas da membrana plasmática a fermentação, processo de nutrição destes organismos, que é baseado na quebra de moléculas de glicose em meio anaeróbico, gerando gás carbônico e água.

e) A membrana plasmática das amebas é utilizada na locomoção desses organismos, de forma que o citoplasma que se projeta para as diferentes direções não extravase para que se formem os pés ambulacrários.

17. (UDESC) A membrana celular seleciona a passagem de substâncias do meio extracelular para o intracelular por meio de mecanismos de transporte. Leia e analise as proposições abaixo.

I. A difusão facilitada é o tipo de transporte passivo em que a célula não “gasta” energia.

II. No transporte de íons de potássio e sódio, conhecido pelo mecanismo de bomba de sódio e potássio, há “gasto” de energia.

III. Osmose é a passagem da água pela membrana de uma solução hipotônica para uma solução hipertônica.

IV. No transporte de íons de potássio e sódio, conhecido pelo mecanismo de bomba de sódio e potássio, não há “gasto” de energia.

V. A difusão facilitada é o tipo de transporte ativo em que a célula “gasta” energia.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I, II e III são verdadeiras.

b) Somente as afirmativas II, III e V são verdadeiras.

c) Somente as afirmativas I, III e IV são verdadeiras.

d) Somente as afirmativas III, IV e V são verdadeiras.

e) Somente as afirmativas IV e V são verdadeiras.

18. (UEPG) Quanto aos mecanismos envolvidos na entrada e na saída de substâncias da célula, assinale a alternativa correta.

a) Quando a membrana envolve e captura partículas, consumindo energia celular, trata-se do transporte ativo. Esse processo permite apenas a entrada de material sólido ou líquido na célula, denominados pinocitose ou fagocitose, respectivamente.

b) Quando as substâncias passam através da membrana celular e o processo não acarreta consumo de energia por parte da célula, fala-se em transporte passivo, que compreende a difusão e a osmose.

c) A difusão é um processo de movimento de partículas que tendem a mover-se do meio de menor concentração para o de maior concentração, até as concentrações se igualarem.

d) A osmose é a difusão da água através de uma membrana semipermeável, do local de menor concentração de água para o local de maior concentração.

e) As consequências da osmose numa célula vegetal e numa célula animal são as mesmas, ou seja, ambas colocadas em solução hipotônica arrebentam.

19. (UFV) Em relação ao equilíbrio osmótico dos Protozoários de água doce, é correto afirmar que:

a) Perdem água por osmose, pois apresentam o meio interno menos concentrado que o meio externo, sendo o excesso de água obtido dos vacúolos digestivos.

b) Perdem água por osmose, pois apresentam o meio interno mais concentrado que o meio externo, sendo a água obtida pelos vacúolos contráteis.

c) Ganham água por osmose, pois apresentam o meio interno mais concentrado que o meio externo, sendo o excesso de água eliminado pelos vacúolos contráteis.

d) Ganham água por osmose, pois apresentam o meio interno mais concentrado que o meio externo, sendo o excesso de água usado pelos vacúolos digestivos.

20. (UFJF) As células eucarióticas apresentam moléculas de açúcar na sua membrana plasmática, formando a estrutura denominada glicocálice. Sobre o glicocálice é correto afirmar que:

a) Fornece energia para a célula.

b) Possui proteínas na sua constituição.

c) Ajuda no reconhecimento entre células.

d) É mais desenvolvido nas células da epiderme.

e)Determina a adesão das células ao meio extracelular.

21. (UNICENTRO) O princípio de conservação dos alimentos por meio do sal baseia-se nos conhecimentos sobre transportes de substâncias através da membrana plasmática. Em alimentos conservados em alta concentração de sal, os microrganismos morrem por desidratação, pois a água do seu citoplasma atravessa rapidamente para o meio externo à célula, em direção ao sal incorporado ao alimento. Com base nas informações e de acordo com os conhecimentos relacionados ao transporte de substâncias através da membrana plasmática, pode-se afirmar:

a) A membrana plasmática não é seletiva com relação às substâncias que a atravessam.

b) A morte do microrganismo ocorre devido ao aumento exagerado do volume da sua célula gerado pela entrada de água.

c) A diferença de concentração entre os dois meios provoca a movimentação da água para o ambiente mais concentrado.

d) O transporte de substâncias através da membrana plasmática ocorre com gasto de energia pela célula, por acontecer contra o gradiente de concentração.

e) Nesse caso, o transporte da água através da membrana ocorre do meio hipertônico para o meio hipotônico, sendo um transporte ativo.

22. (UEFS) A figura ilustra o mecanismo de autosselagem presente na membrana plasmática dos seres vivos, responsável pela capacidade de autorregeneração existente nessa estrutura.

22

Considerando-se a importância desse fenômeno, pode-se apontar um tipo de transporte entre o meio externo e a célula que é diretamente dependente desse mecanismo, como:

a) Osmose.

b) Difusão simples.

c) Difusão facilitada.

d) Transporte ativo.

e) Endocitose.

23. (UEFS) A figura ilustra o transporte de um determinado tipo de soluto através da membrana plasmática em um ambiente celular.

23

Em relação às características associadas a esse tipo de transporte, é correto afirmar que:

a) Esse tipo transporte, por ocorrer a favor de um gradiente de concentração, exige um gasto energético com utilização de moléculas de ATP.

b) As permeases que participam desse transporte deslocam soluto do ambiente hipotônico para um ambiente hipertônico.

c) A bicamada lipídica garante o isolamento da célula em relação a qualquer tipo de soluto presente no ambiente extracelular.

d) As proteínas transportadoras favorecem o transporte de soluto a favor de um gradiente promovendo a busca de um equilíbrio na concentração desse soluto entre os dois ambientes.

e) O soluto, ao se deslocar do meio mais concentrado para o meio de menor concentração, deve inverter, ao longo do tempo, esse gradiente existente entre os dois ambientes.

24. (UERJ) No fígado, o transporte de glicose é realizado por difusão passiva mediada por proteínas transportadoras da membrana plasmática. Em um experimento, cuja base consistiu em cultivar células hepáticas em um meio adequado, foram seguidos os seguintes passos:

- adicionar ao meio de cultivo uma concentração de glicose suficiente para manter, já no primeiro minuto, seu transportador saturado;

- medir, a partir do primeiro minuto de incubação, a velocidade V do transporte de glicose para o interior dos hepatócitos;

- bloquear, após três minutos de incubação, o metabolismo da glicose já absorvida, por meio da adição de um inibidor da enzima glicoquinase.

Nos gráficos abaixo, os valores de V são medidos em função do tempo de incubação:

24

O resultado do experimento descrito está representado na curva do gráfico indicado por:

a) W.

b) X.

c) Y.

d) Z.

25. (UFMS) Nos seres humanos, para obtenção de energia, é necessário ingerir alimentos que serão digeridos e então aproveitados pelo organismo. Os produtos finais da digestão serão absorvidos pelas células da parede do intestino delgado que contém evaginações denominadas:

a) Vilosidades intestinais e servem para aumentar a superfície de absorção.

b) Músculos lisos e servem para o deslizamento do alimento.

c) Capilares internos e têm a função de irrigação.

d) Glândulas intestinais e servem para recepção do alimento.

e) Ductos digestivos e servem para sugar o alimento.

26. (FGV) Em um experimento, um pesquisador coletou certa quantidade de água de um lago na qual havia vários exemplares de Paramecium aurelia. Foi dividida em três amostras de igual volume. Na amostra 1 acrescentou água destilada, na amostra 2 acrescentou alguns gramas de cloreto de sódio e na amostra, um pouco mais de água proveniente do mesmo lago. O pesquisador registrou a atividade dos vacúolos pulsáteis (ou contráteis) dos Paramecium de cada uma das amostras e obteve as curvas representadas no gráfico:

26

Pode-se dizer que as curvas I, II e III correspondem, respectivamente, às amostras:

a) 1, 2 e 3.

b) 1, 3 e 2.

c) 2, 1 e 3.

d) 2, 3 e 1.

e) 3, 1 e 2.

27. (PUC-PR) As microvilosidades do epitélio do intestino apresentam como principal função:

a) Evitar perda de água.

b) Aumentar a superfície de absorção.

c) Realizar os movimentos peristálticos.

d) Facilitar a retenção dos alimentos.

e) Realizar processos de trocas energéticas.

28. (CEDERJ)Comparando as concentrações de soluto no interior e no exterior de uma célula, podemos afirmar que a osmose ocorre:

a) Quando a concentração de soluto no interior da célula for igual à do seu exterior.

b) Quando a concentração de soluto no interior da célula for diferente da do seu exterior.

c) Independente da concentração de soluto, tanto no interior quanto no exterior da célula.

d) Quando encontrarmos vacúolos no interior da célula, para acumular água.

e) Quando encontrarmos vacúolos no exterior da célula, para acumular água.

29. (UEPB) Sobre os envoltórios celulares, é correto afirmar:

a)A membrana plasmática é constituída por uma dupla camada de fosfolipídios que compõem um revestimento fluido, onde se encontram mergulhadas proteínas globulares. A composição química associada às características estruturais e funcionais confere à membrana a permeabilidade seletiva.

b) Nas células dos animais e de alguns protistas ocorre um envoltório externo à membrana plasmática, composto por moléculas de açúcar associadas exclusivamente às proteínas: é o glicocálix.

c) A membrana celulósica, na célula vegetal jovem, é fina e pouco rígida, permitindo que a célula cresça. O espaço delimitado por ela recebe o nome de protoplasma.

d) As células vegetais formam pontos de contato entre si, através dos quais conectam os citoplasmas devido à formação de canais citoplasmáticos denominados proplastídeos.

e) Nas bactérias a composição química da parede celular varia de espécie para espécie, mas é composta basicamente por lignina e suberina.

30. (CEFET-GO) Você já deve ter temperado saladas para sua alimentação usando basicamente vinagre ou limão, sal e azeite. Por experiência própria, já deve ter observado que, ao temperar a salada com antecedência, as verduras murcham. Isso acontece porque:

a) Ao temperarmos a salada, estamos submetendo as células das verduras a um meio hipotônico. Assim, as células perdem, por osmose, água para o meio e murcham.

b) Ao temperarmos a salada, estamos submetendo as células das verduras a um meio hipertônico. Assim, as células perdem, por diálise, água para o meio e murcham.

c) Ao temperarmos a salada, estamos submetendo as células das verduras a um meio isotônico. Assim, as células perdem, por difusão, água para o meio e murcham.

d) Ao temperarmos a salada, estamos submetendo as células das verduras a um meio hipertônico. Assim, as células perdem, por osmose, água para o meio e murcham.

e) Ao temperarmos a salada, estamos submetendo as células das verduras a um meio isotônico. Assim, as células perdem, por osmose, água para o meio e murcham.

31. (UNIMONTES) A fibrose cística (mucoviscidose) é uma doença hereditária que afeta 1 em cada 2000 recém-nascidos. Nessa doença, as secreções exócrinas são muito viscosas, obstruindo o ducto das glândulas (pâncreas e glândulas salivares) e as vias respiratórias, principalmente os brônquios. Considerando a estrutura e funções dos componentes celulares, essa doença está diretamente relacionada com:

a) Excesso na síntese de proteínas pelo retículo endoplasmático.

b) Dificuldade no empacotamento das secreções pelo complexo golgiense.

c) Defeito no transporte de íons e água através da membrana celular.

d) Deficiência no processo digestivo lisossomal.

32. (UFJF)A distribuição adequada de íons nos espaços intra e extracelular é fundamental para o funcionamento das células. Por exemplo, a transmissão de impulsos nervosos, a contração muscular e a secreção de hormônios são totalmente dependentes dessa distribuição e dos fluxos iônicos. Dois importantes íons envolvidos nos processos celulares são o sódio e o potássio que têm concentrações diferente nos meios intra e extracelular. Sobre essas diferenças, é corretoafirmar que:

a) A concentração de sódio é maior fora da célula, e um importante componente na determinação dessa diferença é a bomba de sódio-potássio que o transporta com “gasto” de ATP.

b) A concentração de sódio e potássio é maior fora da célula, e um importante componente na determinação dessa diferença é a bomba de sódio-potássio que os transporta com gasto de ATP.

c) A concentração de sódio é maior dentro da célula, e um importante componente na determinação dessa diferença é a bomba de sódio-potássio que o transporta sem gasto de ATP.

d) A concentração de potássio é maior fora da célula, e um importante componente na determinação dessa diferença é a bomba de sódio-potássio que o transporta com gasto de ATP.

e) A concentração de sódio é maior fora da célula, e um importante componente na determinação dessa diferença é a bomba de sódio-potássio que o transporta sem gasto de ATP.

33. (CEFET-PI) Todas as células possuem um envoltório externo que as “separa” do meio em que se encontram. Esse envoltório chama-se membrana plasmática. Ela é “viva”, elástica e muito fina. Sua espessura situa-se fora dos limites de resolução da microscopia óptica. É responsável pelas trocas de materiais entre os meios que “separa”.

MARCONDES, Ayrton Cesar. Biologia e Cidadania. v. 1. São Paulo: Escala Educacional, 2008. p.  46 com adap.

Sobre o texto e a ilustração abaixo, que representa um pequeno fragmento de plasmalema, analise as proposições abaixo e marque a alternativa incorreta.

33

a) A proteína 1 pode ser um canal iônico e os eventos observados em (3) ocorrem sem gastos energéticos.

b) Os fosfolipídios da membrana plasmática têm caráter anfipático: apresenta polos hidrofóbicos e hidrofílicos, sendo que os polos hidrofílicos (7) representam as extremidades da molécula onde se localizam grupos fosfato o que permite afinidade pela água.

c) Os fosfolipídios da membrana apresentam mobilidade. Uma molécula de fosfolipídios pode se mover lateralmente ou ir de uma camada para a outra, movimento este raro e conhecido por flip-flop.

d) O evento (6) ocorre por intermédio de uma permease (2) sem gastos energéticos.

e) Existem dois tipos de proteínas de membrana: as integrais e as periféricas. As proteínas (1) e (2) são denominadas proteínas integrais.

34. (UERJ) Num experimento sobre absorção intestinal foi utilizado o seguinte procedimento:

– fechar um pedaço de alça intestinal em uma das extremidades, formando um saco;

– virar o saco, expondo a mucosa para o lado externo;

– colocar solução salina no interior do saco;

– mergulhá-lo, parcialmente, numa solução salina idêntica, porém acrescida de glicose;

– medir, em função do tempo, a variação da concentração da glicose na solução externa, mantendo as condições adequadas;

– adicionar, em um determinado momento T, à solução externa, cianeto de sódio, um forte inibidor da cadeia respiratória mitocondrial.

O resultado deste experimento está representado por uma das curvas do gráfico abaixo.

34

A curva que representa as variações da concentração de glicose na solução em que o saco foi mergulhado é a de número.

a) 1.

b) 2.

c) 3.

d) 4.

e) 2 e 3.

35. (UNICENTRO) A ilustração abaixo representa o intestino delgado e destaca uma célula epitelial com os transportes envolvidos no trânsito da glicose (GL) da luz intestinal para a corrente sanguínea.

35

O epitélio é um tecido que reveste ou recobre as superfícies do corpo, como no caso do intestino, e tem como característica:

a) Ser formado por células indiferenciadas e com baixa taxa de mitose.

b) Possuir pouca coesão entre suas células para permitir flexibilidade.

c) Apresentar grande quantidade de matriz extracelular entre suas células.

d) Apresentar polarização estrutural que se reflete numa polarização funcional.

e) ser irrigado, direta e abundantemente, por vasos sanguíneos e linfáticos.

36. (PUC-RIO) Os salmões são peixes migratórios, que vivem em água salgada, mas migram para as águas doces de rios na época da reprodução. Para assegurar o equilíbrio osmótico de seu corpo, esses peixes que migram temporariamente da água salgada para água doce e vice-versa, apresentam o seguinte mecanismo:

a) Quando em água doce, urinam pouco e eliminam sais por transporte ativo.

b) Quando em água doce, urinam pouco e eliminam sais por transporte passivo.

c) Quando em água doce, urinam muito e absorvem sais por transporte ativo.

d) Quando em água salgada, urinam muito e não eliminam os sais em excesso.

e) Quando em água salgada, urinam muito e absorvem sais por transporte ativo.

37. Três amostras idênticas de células animais foram colocadas, cada uma, respectivamente, nas soluções X, Y e Z cujas concentrações salinas são distintas. A variação do volume celular, acompanhada ao longo de certo tempo, está representada no gráfico a seguir:

37

Quanto à tonicidade, as soluções X, Y e Z são, respectivamente:

a) Hipotônica, isotônica e hipertônica.

b) Hipertônica, hipotônica, e isotônica.

c) Hipertônica, isotônica e hipotônica,

d) Isotônica, hipertônica e hipotônica.

e) Isotônica, hipotônica e hipertônica.

38. (UFOP) O controle da osmolaridade interna do organismo é fundamental para a manutenção da homeostase. A osmoregulação compreende mecanismos que procuram manter estáveis as concentrações de substâncias dentro e fora das células nos tecidos. No entanto, a maneira como os seres podem realizar esse controle difere em algumas espécies.
A esse respeito não se pode afirmar.

a) No homem, a osmorregulação é feita pelos rins com a participação do hormônio antidiurético.

b) Os peixes ósseos marinhos são hipertônicos em relação à água do mar e utilizam a ingestão de água salgada e a eliminação de sal pelas brânquias para controlar a osmolaridade.

c) Os peixes de água doce são hipertônicos em relação à água e sofrem intensa absorção de água em suas células. Para evitar a turgescência dessas células, excretam urina diluída e suprem a deficiência de sais pelas brânquias.

d) As tartarugas marinhas, por não encontrar água doce, bebem a água do mar e excretam o excedente de sal em glândulas especiais junto aos olhos.

39. (UFPI) A membrana lateral das células epiteliais exibe algumas especializações que constituem as junções celulares. A eletromicrografia abaixo apresenta as principais estruturas de três células do epitélio prismático simples do intestino. Identifique e caracterize as junções celulares funcionalmente, marcando a alternativa com as informações corretas.

39

a) Os microvilos, mostrados em 1, são estruturas exclusivas para a aderência entre células vizinhas no intestino delgado, devido à presença das proteínas placoglobinas e desmoplaquinas.

b) As estruturas conhecidas como interdigitações das membranas, mostradas em 2, facilitam a comunicação entre as células intestinais, devido à presença das proteínas ocludina e claudina.

c) As junções de adesão, caracterizadas pela presença das proteínas caderinas, são observadas na eletromicrografia, somente em 5.

d) As junções conhecidas como gap junction, indicadas em 5, permitem comunicação entre as células, devido à presença de proteínas conexinas que se agrupam, deixando poros para passagem de moléculas.

e) As junções indicadas em 4 e 5 são funcionalmente similares, pois os desmossomos e as junções tipo gap são específicas para a adesão celular.

40. (UNIVASF) Enquanto uma célula estiver viva, haverá consumo de oxigênio pelas mitocôndrias, e a concentração de oxigênio dentro da célula será mais baixa do que no meio extracelular; as moléculas de oxigênio se moverão de fora para dentro das células. Esse caso exemplifica o tipo de transporte através da membrana plasmática denominado:

a) Difusão simples.

b) Transporte ativo.

c) Pinocitose.

d) Fagocitose.

e) Difusão facilitada.

 

GABARITO

 

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
FFFVF D VVVFV C D E B D B D
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
D A VVFVF D C C A B C C
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
C E D A A B B B A D
31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
C A D B D C A B D A

 

 

About these ads

Responses

  1. Olá Prof. Tudo bem?
    Poderia explicar a questão 34?
    Abraço

    • Prezado Emanoel Ricardo
      – A penetração da glicose na situação referida (alça intestinal) só ocorre se houver um excesso de sódio do lado externo da célula. Este transporte é denominado co-transporte do tipo simporte, no qual duas substâncias entram na célula simultaneamente e na mesma direção. O excesso de sódio referido só existe porque a bomba de sódio e potássio (transporte ativo) bombeia constantemente sódio para o meio extracelular. O co-transporte (simporte e antiporte) é, em última análise, um transporte ativo dirigido por gradiente iônico. A adição de cianeto (“…– adicionar, em um determinado momento T, à solução externa, cianeto de sódio, um forte inibidor da cadeia respiratória mitocondrial.”) inibe a cadeia respiratória (cadeia oxidativa ou cadeia transportadora de elétrons), impedindo a produção de ATP e, consequentemente, bloqueando a bomba de sódio e potássio. Esse bloqueio impede a entrada da glicose. Dessa forma, no início do experimento a concentração de glicose diminui com o tempo, pois ela está sendo absorvida pela célula intestinal. A partir do tempo T, indicado no gráfico, quando há adição do cianeto, que bloqueia a atividade mitocondrial, a bomba de sódio e potássio para de funcionar, cessando a absorção de glicose.
      – A situação descrita (redução inicial da concentração de glicose e parada de absorção após a adição de cianeto) está representada no gráfico 2, tornando B a alternativa correta.
      Um forte abraço
      Djalma Santos

  2. Professor muito obrigado
    Estou gostando muito do blog.
    Abraço.

    • Caro Ricardo Marinho
      Obrigado pelo comentário. Disponha do nosso blog.
      Um forte abraço
      Djalma Santos

  3. Professor, o seu blog é ótimo! Obrigada pela atenção às dúvidas e por esclarece-las. Abraço.

    • Cara Marina
      Obrigado pelo comentário. “Use e abuse” do nosso blog.
      Sucesso
      Djalma Santos

  4. Professor, por que na natureza o meio hipertônico NAO cede moléculas de soluto para o meio hipotônico, para se estabelecer um equilíbrio? Essa questao é referente a pergunta numero 1 da lista de exercicios

    • Cara Bruna
      – Observe que a figura da questão se refere à membrana semipermeável, que pode ser conceituada como aquela que é permeável ao solvente, mas não ao soluto. Nos sistemas biológicos, as membranas apresentam, em verdade, permeabilidade seletiva e não uma semipermeabilidade autêntica. Esta é a razão pela qual a proposição 1 1 (“Na natureza o meio hipertônico cederá moléculas de soluto para o meio hipotônico até que se estabeleça um equilíbrio.”) está incorreta. Pois, em se tratando de membrana semipermeável, apenas o solvente (água, no caso em questão), se movimenta do lado B [menos concentrado (hipotônico)] para o lado A [mais concentrado (hipertônico)].
      Um abraço
      Djalma Santos

  5. Professor, poderia me explicar porque o ítem c da questão 39 está errado? Obrigada desde já!

    • Prezada Bruna
      Embora as junções de adesão apresentem caderinas, ela não está indicada por 5, como consta na alternativa C. Elas são regiões especializadas que circundam toda a porção apical das células epiteliais, permitindo uma forte adesão entre células adjacentes. A principal atribuição funcional da junção aderente é, em ultima análise, promover uma firme adesão entre células vizinhas, importante para a formação e manutenção da arquitetura tecidual.
      Um abraço
      Djalma Santos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 214 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: