Publicado por: Djalma Santos | 18 de junho de 2011

Testes sobre enzimas (2/4)

01. (UFMG) Mantendo-se constante a concentração de uma enzima de célula humana, o efeito da temperatura sobre a velocidade da reação é mais bem representado pelo gráfico.

01

02. Com base na figura abaixo que dizem respeito à atividade enzimática, assinale a alternativa correta:

02

a) O esquema representa um tipo de inibição competitiva.

b) A figura de no 1 representa um inibidor alostérico.

c) A figura B representa a enzima inibida por um processo irreversível.

d) A esquema mostra apenas alterações no centro alostérico.

e) Há acima dois itens corretos.

03. (VESTRIO)  O gráfico abaixo representa a variação de uma atividade enzimática em função da temperatura. Das afirmativas abaixo, assinale a que fornece melhor interpretação para o que se estabelece no gráfico.

03

a) Com o aumento da temperatura, aumenta a energia cinética das moléculas dos reagentes. Os choques moleculares, antes ordenados, tornam-se caóticos. Formam-se substâncias estranhas, e a atividade diminui.

b) Com o aumento da temperatura, o sistema perde grande quantidade de energia, que é agora usada na dissipação do calor. Menos energia está disponível para a realização da atividade, que consequentemente diminui.

c) A elevação da temperatura determina um aumento inicial da atividade, pois as moléculas têm mais energia cinética. Porém, o calor excessivo desnatura as proteínas do sistema enzimático, o que determina uma redução gradual da atividade que se está medindo.

d) O gráfico representa um caso muito particular, pois se observa a redução da atividade a partir de um ponto considerado ótimo. Nos sistemas biológicos, de um modo geral, qualquer atividade metabólica cresce indefinidamente à medida que a temperatura aumenta.

e) O aumento da temperatura conduz a um aumento inicial da atividade. Entretanto, como todos os seres vivos têm mecanismos termorreguladores, a partir de uma temperatura limite, eles dissipam todo o excesso de calor, para o que despendem grande parte da energia necessária à realização da atividade, que assim diminui.

04. (UFES) Se aquecermos uma enzima a 70oC, durante uma hora, e tentarmos utilizá-la para catalisar uma reação, o resultado será:

a) Melhor porque o aumento de temperatura entre 50 e 70oC favorece as reações enzimáticas.

b) Inalterado porque a enzimas são muito estáveis.

c) Nulo porque as enzimas só exercem a sua ação catalítica nos organismos vivos.

d) Nulo porque as enzimas são proteínas e se desnaturam quando aquecidas a essa temperatura.

e) Nulo porque as enzimas só exercem ação catalítica na temperatura ótima para a sua ação.

05. (PUC-RIO) Analise a figura a seguir que mostra a mudança da estrutura terciária de uma proteína enzimática, pela modificação das condições às quais ela está exposta.

05

Essa mudança é chamada de:

a) Saturação e pode ser causada pela alteração do pH do meio.

b) Renaturação e pode ser causada pela alteração da temperatura do meio.

c) Saponifização e pode ser causada pela alteração de pH do meio.

d) Floculação e pode ser causada pela mudança de densidade do meio.

e) Desnaturação e pode ser causada pela alteração de temperatura do meio.

06. (UPE) Ao analisarmos a bioquímica celular na membrana plasmática, verificamos que existem estruturas que podem acelerar as reações, sem modificá-las. Podem, também, atuar no transporte ativo de íons. Porém, se, por acaso, a temperatura corporal ficar elevada acima de42°Cpoderá ocorrer uma desnaturação, isto é, uma destruição dessas moléculas. Com base nessa afirmação, estamos nos referindo aos(às):

a) Ácidos nucleicos.

b) Carboidratos.

c) Lipídios.

d) Enzimas.

e) Proteínas.

07. (UFPR) Boa parte das proteínas é classificada como enzimas e apresentam papel importante no processo de aumento da velocidade de uma reação química. Sobre as enzimas do corpo humano, é correto afirmar:

a) Apresentam capacidade de suportar grandes variações de pH, solubilidade e temperatura sem perder as suas características funcionais.

b) Em geral, uma mesma enzima pode apresentar diferentes aplicações, trabalhando com um grande número de substratos. Essa flexibilidade é dada pela capacidade das enzimas em alterar a sua conformação de acordo com o substrato.

c) As enzimas apresentam alta especificidade com o seu respectivo substrato, devido às características químico-estruturais do sítio de ligação geradas pela estrutura tridimensional da própria enzima.

d) As enzimas apresentam a característica de sinalizarem e desencadearem respostas fisiológicas a partir do seu reconhecimento por um receptor. Em geral são produzidas em algum tecido específico, diferente daquele onde se desencadeia a resposta.

e) As enzimas apresentam a capacidade de serem reguladas somente pelos produtos diretamente formados pela sua atividade, em um processo denominado retroalimentação negativa.

08. (CEFET-MG) O perigo das febres altas se associa principalmente a inativação das proteínas do sistema nervoso, podendo ser fatal para o organismo. Nessa condição, e correto afirmar que as proteínas:

a) Rompem as ligações internas entre os lipídios.

b) Ganham átomos que se agregam a sua molécula.

c) Separam os aminoácidos e suas ligações peptídicas.

d) Alteram sua estrutura, prejudicando sua função biológica.

e) Sofrem uma desnaturação que promove sua reestruturação espacial.

09. (UEFS) O gráfico representa a variação da velocidade de reação em relação à variação da temperatura do ambiente de duas classes distintas de enzimas.

09

Considerando-se a análise das informações contidas no gráfico, pode-se inferir que:

a) As enzimas representadas participam de reações distintas e em locais distintos, ao longo do trato digestivo humano.

b) A enzima B é característica de um indivíduo humano em estado febril, com temperatura corpórea acima de 40oC.

c) A capacidade de manutenção da estrutura terciária da enzima A é maior do que se comparada à enzima B.

d) Variações de temperatura a partir da faixa ótima interferem mais na velocidade de reação da enzima A do que na velocidade de reação da enzima B.

e) A enzima B indica uma alta resistência ao calor, como as que ocorrem, por exemplo, em bactérias termófilas.

10. (URCA) As enzimas são substâncias que atuam em substratos específicos. Relacione corretamente a enzima com seu substrato:

a) Renina – ácido lático.

b) Ptialina – amido.

c) Pepsina – gorduras.

d) Amilase – proteína.

e) Maltase – sacarose.

11. (UECE) Catalase é uma enzima que está presente em nosso organismo e é capaz de desdobrar a água oxigenada em água comum e oxigênio, de acordo com a reação:

2 H2O2 + CATALASE → 2 H2O + O2

A água oxigenada é usada em curativos como antissépticos. Considerando a reação anterior e o seu uso, podemos afirmar que a água oxigenada é um:

I    II

0   0 –  Catalisador e age contra bactérias anaeróbicas.

1   1 – Produto que age contra bactérias aeróbicas.

2   2 – Substrato que age diretamente como cicatrizante.

3   3 – Substrato que age contra bactérias anaeróbicas, pois a reação libera oxigênio.

4  4 – Enzima que acelera a reação de produção de O2 a partir da água.

12. (U. CATÓLICA DE PELOTAS) Marque a afirmativa errada:

a) Em geral, cada tipo de substrato sofre a ação de determinada enzima que lhe é específica.

b) Em geral, as reações enzimáticas são reversíveis.

c) O efeito catalítico da enzima é exercido diretamente por toda a molécula da proteínas enzimática.

d) Nem todas as enzimas necessitam de um co-fator.

e) A formação do complexo enzima-substrato se passa nos centros ativos das enzimas.

13. Acerca das enzimas podemos afirmar que:

I   II

0  0 – A  ribozima  é  uma  enzima  que  não  apresenta  proteína  na  sua estrutura química.

1  1 – Sua atividade independe da integridade da célula.

2  2 – Sua especificidade depende, diretamente, do centro alostérico.

3  3 – Sua velocidade não é influenciada pela concentração do substrato.

4  4 – Sempre são dotadas  de  grupo  prostético, denominados  coenzimas que na maioria dos casos são vitaminas do complexo B, como a nicotinamida que compõe o NADP e o NAD e a riboflavina que constitui o FAD.

14. (PUCCAMP) A vitamina C, também conhecida como ácido ascórbico, foi a primeira vitamina a ser isolada, ser conhecida estruturalmente e a ser sintetizadaem laboratório. Porapresentar comportamento químico fortemente redutor, atua, numa função protetora como antioxidante de compostos. Atualmente é obtida industrialmente a partir da glicose, através de processo envolvendo várias etapas e vários compostos intermediários. As vitaminas são substâncias orgânicas essenciais, por atuarem como:

a) Precursoras de hormônios.

b) Co-fatores enzimáticos.

c) Estimulantes do apetite.

d) Fonte de energia.

e) Enzimas celulares.

15. (UFMA) As enzimas, biocatalizadoras de indução de reações químicas, reconhecem seus substratos através da:

a) Temperatura do meio.

b) Forma tridimensional das moléculas.

c) Energia de ativação.

d) Concentração de minerais.

e) Reversibilidade da reação.

16. (UFV) O gráfico adiante representa o perfil básico da reação bioquímica de uma catálise enzimática.

16

Observe o gráfico e assinale a afirmativa correta:

a) II representa o estado de transição, com o mínimo de energia.

b) IV representa a energia de ativação para desencadear a reação.

c) I pode ser um produto final da reação enzimática.

d) III representa a variação e entropia da reação.

e) O gráfico mostra uma reação onde temos uma “variação de energia” negativa.

 17. (UEPI) Dada a seguinte reação:

                                     CATALASE

                        H2O2         →            H2O   +   1/2 O2

                         (X)          (Y)              (Z)            (M)

Hipoteticamente, se você arranjasse uma substância (N), enzimaticamente competitiva com o substrato da reação acima, e a colocasse no meio, você poderia afirmar que:

a) A substância (N) sendo molecularmente semelhante a Z inibe a ação de Y.

b) A substância (N) é molecularmente semelhante a Y e por isso inibe a ação de Z.

c) A substância (N) compete com Y para se ligar a Z.

d) A substância (N) é molecularmente semelhante a X e por isso compete com este X para se ligar a Y.

e) A substância (N) é molecularmente semelhante a Y e por isso inibe a ação de X.

18. Para responder esta questão use o código abaixo:

a) Se as afirmativas 1 e 3 forem verdadeiras.

b) Se as afirmativas 1 e 2 forem verdadeiras.

c) Se apenas a afirmativa 2 for incorreta.

d) Se apenas a afirmativa 3 for incorreta.

e) Se a afirmativa 1 for incorreta.

1. Areversibilidade da ação de certo inibidor é suficiente para diferenciar a inibição alostérica, da competitiva.

2. Amaioria das enzimas conhecidas mostra uma relação direta entre o valor de pH e a atividade biológica, enquanto outras mostram uma relação inversa.

3. Dentro de certos limites, a velocidade de uma reação enzimática será tanto maior, quanto maior for a temperatura.

19. (MACK)Fez-se a experiência resumida na tabela abaixo para estudar a ação de catalisadores que agem sobre a água oxigenada:

TUBO

CONTEÚDO

RESULTADOS

I

H2O2

Desprendimento lento de O2

II

H2O2+ MnO2

Desprendimento rápido de O2

III

H2O2 + filtrado de tecidos vegetais

Desprendimento rápido de O2

IV

H2O2+ MnO2 aquecido a 70oC

Desprendimento rápido de O2

V

H2O2 + filtrado de tecidos vegetais aquecidos a 70oC

Desprendimento lento de O2

a) Água oxigenada só se decompõe em presença de catalisadores.

b) Nos tecidos vegetais há dióxido de carbono.

c) Nos tecidos vegetais há um catalisador insolúvel.

d) Nos tecidos vegetais há um catalisador solúvel.

e) A fervura altera a ação dos catalisadores.

20. (UFMT) Sobre as enzimas, analise as afirmações abaixo e assinale a incorreta.

a) São moléculas de lipídios especializadas na função catalisadora.

b) As reações enzimáticas são altamente específicas; uma enzima, normalmente, catalisa apenas um tipo de reação química.

c) São substâncias importantes nas reações químicas que ocorrem nos seres vivos, atuando como catalisadores.

d) Na reação enzimática os reagentes (substratos) se unem temporariamente à enzima, formando um complexo enzima-substrato, que, após ocorrida a reação, desagrega-se, originando o produto e liberando a enzima.

e) Depois de concluída uma reação, a enzima liberada poderá catalisar outra reação, desde que seja do mesmo tipo à qual é especializada.

21. (UNIFOR) As afirmações abaixo se referem à atividade de enzimas. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

I   II

0  0 – Cada  enzima  catalisa,  normalmente,  apenas um tipo de reação química.

1  1 – Quanto maior a temperatura, maior a velocidade de uma reação enzimática.

2  2 – Cada enzima tem seu ótimo de atividade em um determinado pH.

3  3 – A velocidade inicial da reação é a mesma qualquer que seja a concentração do substrato e da enzima específica.

4  4 – No decorrer de uma reação ocorre, via de regra, a desnaturação da enzima específica.

22. Analise as afirmativas a seguir e marque a resposta correta:

I. A enzima que digere a lactose também digere a sacarose, em face da lactose e da sacarose serem dissacarídeos.

II. Aumentos na concentração do substrato de uma enzima são acompanhados por aumentos proporcionais na velocidade da reação que ela catalisa.

III. Variações no pH modificam a velocidade da reação química catalisada por uma enzima, em face da sua estrutura terciária se alterar.

a) Apenas III é verdadeira.

b) Apenas I é verdadeira.

c) Apenas I e II são verdadeiras.

d) Apenas I e III são verdadeiras.

e) I, II e III são verdadeiras.

23. (UPE) Abaixo são feitas algumas afirmativas sobre as enzimas. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

I   II

0 0 – As vitaminas, fundamentais  para  as reações  biológicas  ativando  os processo enzimáticos, atuam como coenzimas.

1  1 – As enzimas não  se alteram  quimicamente ao  longo da reação, o que  não acontece com os cofatores, que são reduzidos a pequenas moléculas, quando a reação termina.

2  2 – Independente da  associação com o cofator, a  holoenzima é sempre ativa, mesmo que a apoenzima seja uma vitamina.

3  3 – As  enzimas, proteína na sua  grande maioria, são específicas em relação ao substrato, permanecem intactas após a reação e estão presentes em pequenas quantidades no organismo.

4  4 – A maior parte das enzimas tem pH ótimo em torno de 7,0, como a pepsina e a tripsina.

24. (UNEMAT) A energia necessária para desencadear uma reação química nas células é chamada de energia de ativação. As reações ocorrem sob a influência de enzimas (catalisadores orgânicos) cuja ação é “diminuir a energia de ativação” e permitir que elas tenham velocidade adequada, mesmo em temperatura baixa. Assinale a alternativa incorreta.

a) Apoenzima é a parte proteica da enzima conjugada.

b) O conjunto complementar da enzima conjugada é denominado holoenzima.

c) O centro ativo da enzima é capaz de se encaixar aos substratos.

d) As enzimas possuem a característica de ativar as reações químicas sem se desgastarem, podendo repetir o processo com novos substratos.

e) Uma enzima é capaz de ativar a reação de substratos diferentes, desde que eles realizem o mesmo tipo de reação.

25. (UFV) O gráfico abaixo representa a atividade enzimática de uma determinada reação em função da temperatura.

25

A seta indica o ponto:

a) Mínimo da temperatura para a reação enzimática.

b) De desnaturação da enzima.

c) De desnaturação do produto.

d) Ótimo de temperatura para a atividade enzimática.

e) Máximo de substrato obtido.

26. (UERJ) A invertase é a enzima que hidrolisa a sacarose em glicose e frutose. Incubou-se, em condições adequadas, essa enzima com sacarose, de tal forma que a concentração inicial, em milimoles por litro, do dissacarídeo fosse de 10mM. Observe os gráficos a seguir.

26

Aquele que melhor representa a variação das concentrações, em função do tempo de incubação, da sacarose e da glicose, é o de número:

a) 4.

b) 3.

c) 2.

d) 1.

27. (UM-AM) Todas as reações metabólicas, sejam elas anabólicas ou catabólicas, só ocorrem na presença de enzimas especificas. As moléculas enzimáticas participam da reação, mas não são consumidas ou modificadas no processo. Por esse motivo são chamadas catalisadores biológicos. O gráfico abaixo indica as velocidades com que ocorrem as reações das enzimas I, II e III, em função do pH do meio. Com base no gráfico e em seus conhecimentos é correto afirmar que:

27

a) A enzima II pode sofrer desnaturação no pH 2.

b) A enzima I age numa faixa de pH mais estreita do que a 2 e a 3.

c) As três enzimas atuam sobre o mesmo substrato.

d) As três enzimas possuem a mesma temperatura ótima de ação.

e) A enzima III atua, certamente, no estômago.

28. (OBJETIVO-SP)               ANALISE A SEGUINTE EXPERIÊNCIA:

1ª ETAPA:

– Procedimento:

28

Resultado obtido: formação de borbulhas nos dois tubos.

Conclusão: desprendimento de gás oxigênio proveniente da decomposição da H2O2 devido ao MnO2 (tubo 1) e a alguma substância liberada pelo fígado (tubo 2).

2ª ETAPA:

Procedimento: adição de nova quantidade de H2O2 nos 2 tubos da 1ª etapa dessa experiência.

Resultado obtido: novo desprendimento de borbulhas (gás oxigênio) nos dois tubos.

Conclusão: o MnO2 (tubo 1) e a substância liberada pelo fígado (tubo 2) não foram consumidas nas reações da 1ª etapa da experiência.

Com base nessa experiência, podemos concluir que o MnO2 e a substância liberada pelo fígado são:

a) Enzimas.

b) Catalisadores.

c) Ionizadores.

d) Substâncias orgânicas.

e) Substâncias inorgânicas.

29. (UFJF) A febre alta pode causar sérios danos ao organismo, pois a temperatura ótima de funcionamento para a maioria das enzimas humanas encontra-se entre 35 e 40ºC. Considerando a relação entre a temperatura e a atividade das enzimas humanas, é correto afirmar que a febre acima de 40ºC causa problemas porque:

a) Aumenta a atividade da maior parte das enzimas, devido à menor disponibilidade de energia.

b) A atividade das enzimas é reduzida, uma vez que essas sofrem desnaturação e não se associam ao substrato.

c) A maior parte das enzimas perde sua atividade porque se solidifica (precipita).

d) Aumenta a atividade das enzimas devido à sua precipitação, acelerando o reconhecimento do substrato.

e) A atividade das enzimas é reduzida, em consequência da quebra das ligações peptídicas.

30. (OBJETIVO-SP) Ptialina e pepsina são enzimas, ou seja, macromoléculas constituídas por cadeias de aminoácidos. A ptialina atua em pH variando entre 6,5 a 7,5;  já a pepsina age em pH igual a 2. Uma mistura de pepsina e ptialina, em quantidades iguais, foi distribuída em dois tubos de ensaio. Cada tubo recebeu 5mL de mistura. O tubo 1 foi mantido em pH 7 e o tubo 2, em pH 2. Decorridos 20 minutos, uma análise química revelou a existência de aminoácidos apenas no tubo2. A experiência permite concluir que:

a) Em meio ácido, a ptialina digere a pepsina.

b) A ptialina não pode ser digerida pela pepsina.

c) A ptialina é digerida pela pepsina.

d) O meio ácido hidrolisa proteínas.

e) Em meio neutro, nenhuma das enzimas funciona.

GABARITO


01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

B

B

C

D

E

D

C

D

E

B

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

FFFVF

C

VVFFF

B

B

E

D

E

D

A

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

VFVFF

A

VFFVF

E

D

C

A

B

B

C

About these ads

Responses

  1. Olá professor, o senhor poderia explicar com maiores detalhes o porquê de o gráfico se comportar dessa forma na questão 26 da Uerj? Desde já agradeço.

    • Ellen
      - Veja o que é solicitado na questão: (“ … Aquele que melhor representa a variação das concentrações, em função do tempo de incubação, da sacarose e da glicose, é o de número: … “).
      - Perceba que a questão se refere às concentrações de sacarose e glicose. Ela não solicita a concentração de frutose mais glicose.
      - Como mostra o gráfico 2, a medida que a concentração de sacarose tende a zero, a de glicose se estabiliza em torno de 10mM.
      - Gráfico 1 mostra que a concentração de glicose tende a superar 10mM.
      - O perfil mostrado no gráfico 3 não é de uma reação enzimática.
      - O gráfico 4 mostra que a concentração de glicose se estabiliza em torno de 20mM. Valor que seria atribuído ao somatório da concentração de glicose mais frutose.
      - O gráfico 2 atende, portanto, o que foi solicitado na questão.
      Um forte abraço
      Djalma Santos.

  2. Sim, agora eu entendi perfeitamente! Muito obrigada pela atenção professor! (:

    • Cara Ellen
      Disponha do nosso blog. Desejo-lhe sucesso.
      Um abraço
      Djalma Santos

  3. Caro professor Djalma poderia me explicar porque à afirmação d da questão 7 está errada?

    • 07. (UFPR) Boa parte das proteínas é classificada como enzimas e apresentam papel importante no processo de aumento da velocidade de uma reação química. Sobre as enzimas do corpo humano, é correto afirmar:
      a) Apresentam capacidade de suportar grandes variações de pH, solubilidade e temperatura sem perder as suas características funcionais.
      b) Em geral, uma mesma enzima pode apresentar diferentes aplicações, trabalhando com um grande número de substratos. Essa flexibilidade é dada pela capacidade das enzimas em alterar a sua conformação de acordo com o substrato.
      c) As enzimas apresentam alta especificidade com o seu respectivo substrato, devido às características químico-estruturais do sítio de ligação geradas pela estrutura tridimensional da própria enzima.
      d) As enzimas apresentam a característica de sinalizarem e desencadearem respostas fisiológicas a partir do seu reconhecimento por um receptor. Em geral são produzidas em algum tecido específico, diferente daquele onde se desencadeia a resposta.
      e) As enzimas apresentam a capacidade de serem reguladas somente pelos produtos diretamente formados pela sua atividade, em um processo denominado retroalimentação negativa.
      Prezado Gabriel
      Nem sempre as enzimas são produzidas em locais diferentes daquele onde se desencadeia a resposta. Há vários casos em que a produção ocorre em locais onde elas atuam. Como exemplo citamos as enzimas digestivas [amilase salivar (ptialina), pepsina, gastricsina, lipase gástrica, etc.]. Algumas enzimas, entretanto, têm uma localização específica, de tal modo que podem servir para indicar que estamos em presença de um determinado tecido, secreção ou fragmento celular, através da atividade dessas enzimas.
      Um abraço
      Djalma Santos

  4. professor gostaria de mais explicação sobre a questão 27, porque a enzima dois desnatura.

    • Prezada Aline
      A desnaturação de uma enzima (proteína), pode ocorrer por variações de temperatura, mudança de pH (caso desta questão), força iônica, entre outras. As variações de pH, por exemplo, alteram os estados de ionização das cadeias laterais dos aminoácidos, que, por sua vez altera a distribuição das cargas e a exigência de ligações de hidrogênio em locais específicos para manter a estrutura nativa. Assim, valores de pH muito baixos ou muito altos conferem à molécula proteica uma elevada carga positiva, ou negativa ocasionando repulsão intramolecular com exposição do interior hidrofóbico. Como mostra o gráfico a enzima II tem um pH ótimo de atuação em torno de 6. Colocada em pH 2 (ácido) ela sofrerá desnaturação, devido ao baixo pH.
      Um abraço
      Djalma Santos

  5. Professor, poderia explicar o porquê do gráfico de comportar de maneira correta na opção B, da questão 1 (UFMG)? Obrigado, desde já!

    • Prezado Luiz
      As enzimas apresentam uma faixa de temperatura ótima de funcionamento. A velocidade de reação é máxima nessa faixa. A partir de uma determinada temperatura ocorre a desnaturação enzimática (proteica), fazendo com que a enzima cesse sua atividade, como mostra o gráfico B.
      Um abraço
      Djalma Santos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 205 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: