Publicado por: Djalma Santos | 24 de junho de 2011

Testes de taxonomia (3/4)

01. (UNIMONTES) Uma das vantagens da classificação dos seres vivos é estabelecer uniformidade universal para a sua identificação. As categorias taxonômicas contribuem para esse processo. A figura a seguir está relacionada com taxonomia. Analise-a.

01

Considerando a figura e o assunto abordado, analise as alternativas a seguir e assinale a que corresponde à categoria taxonômica representada por IV.

a) Gênero.

b) Família.

c) Ordem.

d) Classe.

02. (UPE) O quadro abaixo se refere aos seres dos reinos monera, protista e dos fungos, descrevendo sua forma de reprodução e características em geral. Estabeleça a associação entre as colunas.

COLUNA I

COLUNA II

COLUNA III

Organismo

Reprodução

Caracteres gerais

I

Sarcodíneos

A

Divisão binária

1

Vida livre ou parasitas. Locomovem-se por

pseudópodos. Ex: Amoeba proteus.

II

Esporozoários

B

Reprodução assexuada

2

Uni ou multicelulares, eucariontes. Podem realizar associações mutualísticas. Ex: Saccharomyces cerevisae.

III

Bacilos

C

Assexuada e sexuada

3

Unicelulares em forma de bastonetes isolados, em pares ou agrupados em cadeias. Podemser patógenos. Ex: Mycobacterium tuberculosis.

IV

Ascomicetos

D

Alternância de geração assexuada e sexuada

4

Todas as espécies são parasitas. Não apresentam estruturas de locomoção. Ex: Plasmodium vivax.

V

Radiolários

E

Assexuada e sexuada por hifas especializadas

5

Unicelulares, com cápsula quitinosa interna e espículas. Ex: Acantoplegma.

Assinale a alternativa que apresenta a associação correta.

a) I-A-2, II-D-4, III-E-1, IV-B-5, V-C-3.

b) I-D-5, II-B-2, III-A-1, IV-C-4, V-E-5.

c) I-C-2, II-A-4, III-B-5, IV-E-1, V-D-3.

d) I-C-1, II-D-4, III-A-3, IV-E-2, V-B-5.

e) I-E-1, II-D-4, III-B-5, IV-A-3, V-C-2.

03. (UFOP) O desenho abaixo representa uma árvore evolutiva hipotética para os vertebrados.

03

No esquema, 1, 2 e 3 representam, respectivamente:

a) Mandíbula, pulmão e fecundação externa.

b) Vértebra, patas e fecundação interna.

c) Escamas, vértebra e maxila.

d)Pulmão, ovo com casca calcárea e fecundação interna.

04. (UFAM) O peixe-boi da Amazônia (Trichechus inunguis) é o menor dos peixes-bois do mundo e o único que ocorre exclusivamente em água doce, podendo ser encontrado em todos os rios da bacia Amazônica. No passado, os peixes-bois foram muito caçados pela sua carne e couro. Hoje, a caça, embora ilegal, é ainda feita principalmente pelas populações ribeirinhas, para o consumo da carne. Além da caça, as principais ameaças ao peixe-boi são a destruição e a degradação do habitat, a liberação de mercúrio nos rios e os agrotóxicos. Represas hidrelétricas atuam como barreiras e isolam populações, limitando a variabilidade genética da espécie. O peixe-boi da Amazônia está classificado como espécie “vulnerável” pela IUCN – International Union for Conservation of Nature (IUCN, 2000).

                 Fonte:http://bosque.inpa.gov.br/tanquesdepeixeboi.htm (adaptado). Acessado em: 17/05/2010.

Sendo assim, o peixe-boi pertence, à:

a) Classe Mamalia (Ordem Cetacea).

b) Classe Mamalia (Ordem Sirenia).

c) Classe Mamalia (Ordem Monotrêmata).

d) Superclasse Pisces (Ordem Agnatha).

e) Superclasse Pisces (Ordem Osteichthyes).

05. (UPE) O Clube Náutico Capibaribe tem como mascote o timbu, o Santa Cruz futebol Clube, a cobra coral, e o Sport Clube do Recife, o leão. Rivalidades a parte, vamos, então, analisar esses mascotes.

05

I   II

0 0 – A cobra é um animal sem pernas, de corpo longo, possui adaptações anatômicas internas, dentre elas a articulação da maxila com o crânio, que a permite engolir presas maiores que seu corpo. Sua língua é longa e bífida, não percebem sons, detectam as vibrações no solo.

1  1 – As cobras corais verdadeiras ou falsas possuem o corpo recoberto por escamas epidérmicas lisas e brilhantes. A captura da sua presa é feita por inoculação de veneno produzido por glândulas denominadas de fosseta loreal.

2   2 – O leão e o timbu respiram por pulmões, e a cobra respira exclusivamente pela pele. Na cobra, a circulação é dupla e incompleta; no leão e no timbu, é dupla e completa.

3   3 – O timbu é um mamífero da ordem dos Lagomorpha, a cobra é um Lepidosauria do grupo Squamata, e o leão, um mamífero da ordem dos Carnívoros.

4   4 – Os  mamíferos,  como  o  leão, têm o  corpo coberto  por pelos,  que  são  estruturas de origem epidérmica, ricas em queratina e estão associadas a músculos eretores e às terminações nervosas, que permitem sua ereção diante da raiva ou medo.

06. (UECE) Um monitor da disciplina de zoologia do curso de Ciências Biológicas recebeu do seu professor, para utilizar em uma aula prática, uma tabela contendo animais que deveriam ser colocados em seus respectivos filos.

ANIMAL

FILO

Caranguejo

Minhoca

Caracol

Polvo

Barata

A resposta que completaria corretamente a tabela, de cima para baixo, é:

a) Crustácea, Annelida, Mollusca, Cephalopoda, Insecta.

b) Arthropoda, Annelida, Mollusca, Mollusca, Insecta.

c) Arthropoda, Annelida, Mollusca, Mollusca, Arthropoda.

d) Crustácea, Annelida, Gastropoda, Cephalopoda, Insecta

07. (PUC-MG) Quando fazemos um corte longitudinal de uma esponja asconoide, como na figura abaixo, encontramos revestindo o átrio ou espongiocele:

07

a) Cnidócitos.

b) Celomócitos.

c) Coanócitos.

d) Células enzimático-glandulares.

e) Células mioepiteliais.

08. (PUC-GO)     Use o texto abaixo para responder esta questão.

CULTURA

O girino e o peixinho do sapo

O silencio e o começo do papo

O bigode e a antena do gato

O cavalo e o pasto do carrapato

O cabrito e o cordeiro da cabra

O pescoço e a barriga da cobra

O leitão e um porquinho mais novo

A galinha e um pouquinho do ovo

O desejo e o começo do corpo

Engordar e a tarefa do porco

A cegonha e a girafa do ganso

O cachorro e um lobo mais manso

O escuro e a metade da zebra

As raízes são as veias da seiva

O camelo e um cavalo sem sede

Tartaruga por dentro e parede

O potrinho e o bezerro da égua

A batalha e o começo da trégua

Papagaio e um dragão miniatura

Bactérias num meio e cultura

                        ANTUNES, Arnaldo. Cultura. In: Nome. Disponivel em: <http://vagalume.uol.com.br/arnaldo-antunes/cultura. html>. Acesso em: 29 set. 2009.

O texto faz referencia a grupos pertencentes a diferentes Reinos dos seres vivos, identifique-os no texto em questão e marque a alternativa a eles correspondente aos Reinos mencionados:

a) Metazoa, Metaphyta e Monera.

b) Metaphyta, Monera, Fungi.

c) Monera, Metazoa, Metaphyta e Protozoa.

d) Monera e Metazoa.

09. (UPE) Os animais abaixo são vertebrados e, assim, pertencem a uma mesma categoria hierárquica na nomenclatura Zoológica.

09

Dessa forma, obrigatoriamente, devem pertencer à (ao) mesma (o):

a) Família.

b) Filo.

c) Gênero.

d) Ordem.

e) Subgênero.

10. (UEPB) Analise o cladograma abaixo, representativo de uma das propostas de relações filogenéticas entre os grupos de determinado reino e assinale a alternativa que completa corretamente esse cladograma.

10

a) 1 – Perda do flagelo, 2 – Zigósporo, 3 – Corpo de frutificação, 4 – Basidiósporo e basidiocarpo, 5 – Ascósporo e ascocarpo.

b) 1 – Zigósporo, 2 – Perda do flagelo, 3 – Corpo de frutificação, 4 – Basidiósporo e basidiocarpo, 5  -Ascósporo e ascocarpo.

c) 1 – Perda do flagelo, 2 – Corpo de frutificação, 3 – Zigósporo, 4 – Ascósporo e ascocarpo, 5 – Basidiósporo e basidiocarpo.

d) 1 – Perda do flagelo, 2 – Zigósporo, 3 – Corpo de frutificação, 4 – Ascósporo e ascocarpo, 5 – Basidiósporo e basidiocarpo.

e) 1 – Corpo de frutificação, 2 – Perda do flagelo, 3 – Zigósporo, 4 – Basidiósporo e basidiocarpo, 5 – Ascósporo e ascocarpo.

11. (UNIFESP) Amostras de duas plantas chegaram a um centro de toxicologia acompanhadas de um parecer médico e do seguinte laudo técnico:

QUADRO

PACIENTE 1

PACIENTE 2

Intoxicação por ingestão de raízes de mandioca-brava: Manihot utilissima

Intoxicação por ingestão de raízes de mandioca-brava: Manihot dulcis

Procedência

da amostra

Mato Grosso

Rio Grande do sul

Verificou-se que havia pequenas diferenças na composição química de cada amostra, embora o mecanismo de ação de ambas fosse muito parecido e os sintomas da intoxicação, os mesmos. Tal resultado é:

a) Esperado, pois embora ambas pertençam ao mesmo gênero, trata-se de espécies diferentes.

b) Esperado, pois embora se trate da mesma espécie, as plantas provêm de locais diferentes.

c) Inesperado, já que se tratam de dois gêneros diferentes com o mesmo nome comum.

d) Inesperado, já que se trata da mesma espécie e, portanto, os resultados deveriam ser iguais.

e) Inesperado, pois se trata do mesmo gênero e espécie, com nome comum semelhante.

12. (UPE) Leia o texto e responda.

“Considerada uma das mais letais infecções bacterianas, com uma taxa de mortalidade de 90%, a febre de La Oroyaé uma doença da região dos Andes. O mosquito que a transmite é o Lutzomyia, o mesmo da leishmaniose, mas o microrganismo que a causa é mais raro. A Bartonella bacilliformis é típica de altitudes entre 600 e2.800 metros.”

                                                                       (Veja, outubro de 2005.)

Mosquito: Lutzomyia

Bactéria: Bartonella bacilliformis

Qual a alternativa que classifica corretamente a bactéria e/ou o mosquito em questão, segundo o sistema de classificação biológica e as regras de nomenclatura?

a) A bactéria pertence ao Reino Protista, procarionte, classificada como um bacilo.

b) O mosquito pertence à Classe Insecta, ordem Díptera e Gênero Lutzomyia.

c) A bactéria pertence ao Gênero Bartonella e à Espécie bacilliformis.

d) O mosquito pertence ao Reino Animal, filo Arthropoda e Espécie Lutzomyia.

e) Os dados referentes ao mosquito e à bactéria são imprecisos, não havendo possibilidade de classificá-los.

13. (PUC-MG) O esquema adiante representa uma possível árvore filogenética para Filos atuais do Reino Metazoa.

13

No esquema dado, as caixas apresentam características comuns aos grupos taxonômicos delas derivadas. Os números em algumas caixas servem para orientar o seu preenchimento. Assinale a alternativa que substitui corretamente todos os números indicados no esquema apresentado.

1

2

3

4

5

a

Acelomados

O blastóporo da origem à boca

O blastóporo da origem ao ânus

Segmentados

Artrópodas

b

Simetria radial

Acelomados

Urocordados

Circulatório fechado

Ácaros são membros

c

Triblástico

Pseudocelomados

Deuterostômios

Segmentados

Patas articuladas e exoesqueleto

d

Simetria bilateral

Triblástico

Anaminiotas

Amniotas

Artrópodas

14. (UFSM) Considerando a origem e o desenvolvimento da taxonomia e da sistemática biológica moderna, analise as afirmativas:

I. O sueco Lineu elaborou um rigoroso sistema de classificação biológica, publicado no livro Systema Naturae.

II. O moderno sistema de quatro reinos proposto por Whittaker inclui Monera, Protista, Plantae e Animalia.

III. O conceito de espécie biológica se baseia fortemente no isolamento geográfico dos indivíduos de espécies aparentadas.

IV. A sequência correta das categorias taxonômicas criadas por Lineu é reino, filo, classe, família, ordem, gênero e espécie.

Está(ão) correta(s):

a) Apenas I.

b) Apenas III.

c) Apenas I e III.

d) Apenas II e IV.

e) I, II, III e IV.

15. (UPE) Leia o texto.

O primeiro levantamento sobre a fauna e a flora brasileiras foi publicado na Holanda em 1648, pelos naturalistas Guilherme Piso e George Marcgrave, sob o patrocínio do conde Maurício de Nassau. O livro – Historia naturalis Brasiliae – trazia descrições da fauna e da flora do Nordeste, acompanhadas de xilogravuras com ilustrações dos autores, baseadas nos desenhos de Albert Eckhout, artista que integrava a comitiva de Nassau, juntamente com Frans Post, Piso e Marcgrave.As xilogravuras foram utilizadas por Linnaeus, no século XVIII, pois não existiam no Brasil museus de história natural com plantas e animais preservados que eram denominados de tipos. Os animais e plantas, descritos por Linnaeus, ficaram restritos a poucos exemplares devido à qualidade das ilustrações. A redescoberta dos desenhos de Eckhout, admiráveis pela fidelidade e riqueza de detalhes morfológicos, permitiu esclarecer dúvidas sobre a identificação de espécies descritas por Linnaeus e outros taxonomistas.O zoólogo Peter Whitehead, do Museu Britânico de História Natural, estudando o piquitinga, peixe citado por Marcgrave, observou que este animal poderia ser colocado em, pelo menos, duas famílias distintas: Clupeidae (sardinhas) ou Engraulidae (manjubas). Graças aos desenhos de Eckhout, a sua identificação foi estabelecida como sendo realmente uma sardinha, a Lile piquitinga. A coleção dos trabalhos de Eckhout, valiosos para a arte, são também de permanente interesse para os biólogos brasileiros.Texto adaptado de Arte e Ciência no Brasil Holandês. Ciência Hoje – vol. 2, n º 15 Nov/Dez/ 1984.

Considerando a importância da taxonomia e do sistema de classificação, analise as afirmativas.

I   II

0 0 – Por apresentarem caracteres morfológicos externos semelhantes, as sardinhas e as manjubas podem pertencer a uma mesma Ordem, mas o Gênero Lile deve, obrigatoriamente, ser colocado em uma única Família, embora, este Gênero possa conter uma ou mais espécies.

1 1 – Piquitinga é o nome vulgar da sardinha identificada por Whitehead e o seu nome científico, de acordo com a nomenclatura binomial de Linnaeus, é Lile piquitinga. Coincidentemente, o nome científico que designa a Espécie corresponde ao nome popular no Brasil.

2  2 – Através dos desenhos de Eckhout, Whitehead pôde comparar os caracteres morfológicos externos e, assim, identificar a Espécie como pertencente a um Gênero da Família Clupeidae.

3  3 – Através do trabalho de Piso e Marcgrave, os caracteres morfológicos externos foram os principais caracteres utilizados por Linnaeus para a identificação do material zoológico e botânico do Nordeste, já que não dispunha de tipos para analisar os caracteres morfológicos internos, os fisiológicos e os bioquímicos, nos quais se baseava o seu sistema de classificação.

4  4 – Através da Taxonomia, os cientistas europeus e os biólogos brasileiros puderam saber, entre outras coisas, que a Espécie Lile piquitinga era nativa do Nordeste brasileiro e que estas informações taxonômicas são úteis, por exemplo, para a realização de estudos comparativos sobre a distribuição das populações de sardinhas.

16. (UFU) Para estudar a diversidade dos seres vivos, é necessário agrupá-los de acordo com suas características semelhantes, compartilhadas por ancestralidade. No quadro A estão listados representantes de diferentes Filos do Reino animal; no quadro B, estão algumas características compartilhadas por representantes do mesmo Filo.

A

Animais

hidras

aranhas

corais

poliquetos

caranguejos

piolhos

minhocas

estrelas-do-mar

anfioxos

aves

B

Características

EcdiseBlastóporo origina o ânus

Estágios de pólipo e medusa

Notocorda

Presença de cerdas corporais

Seis pares de apêndices locomotores articulados

Cavidade gastrovascular septada

Tendo em vista as características do quadro B, quais animais do quadro A podem ser agrupados em um mesmo Filo?

a) Minhocas e poliquetos no Filo Annelida, pela presença de cerdas corporais.

b) Estrelas-do-mar, anfioxos e aves no Filo Chordata, pois em todos eles o blastóporo origina o ânus e observa-se a presença de notocorda.

c) Aranhas, piolhos e caranguejos no Filo Arthropoda, pela presença de ecdise e seis pares de apêndices locomotores articulados.

d) Hidras e corais no Filo Cnidaria, pela presença dos estágios de pólipo e medusa no ciclo de vida e de cavidade gastrovascular septada.

17. (PUC-CAMPINAS) Observe o esquema abaixo, referente à classificação de duas espécies de cnidários.

17

 A classificação dessas duas espécies começa a divergir a partir da categoria taxonômica de:

a) Filo.

b) Classe.

c) Ordem.

d) Família.

e) Gênero.

18. (UPE) Atualmente, são propostas sete categorias obrigatórias hierárquicas nos códigos internacionais de nomenclatura Zoológica. Nesta questão, foram utilizados alguns organismos como exemplos. Assinale a alternativa que utiliza, corretamente, apenas, as categorias obrigatórias, descartando as categorias intermediárias e não obrigatórias.

a) Filo Chordata, Subfilo Vertebrata, Classe Mammalia, Ordem Carnivora, Família Canidae, Gênero Canis, Espécie Canis familiaris.

b) Filo Porifera, Classe Demospongiae, Subclasse Homosclerophoridae, Ordem Homosclerophorida, Família Plakinidae, Gênero Plakinastrella, Espécie Plakinastrella familiaris.

c) Reino Animalia, Classe Calcarea, Subclasse Calcaronea, Ordem Leucosolenida, Família Amphoriscidae, Gênero Paraleucilla, Espécie Paraleucilla sp.

d) Reino Animalia, Filo Porifera, Classe Calcarea, Ordem Clathrinida, Família Clathirinidae, Gênero Clathrina, Espécie Clathrina áurea.

e) Reino Animalia, Superfilo Deuterostomia, Classe Insecta, Ordem Orthoptera, Família Romaleidae, Gênero Xyleus, Espécie Xyleus angulatus.

19. (UFPR) Considere o cladograma que ilustra uma hipótese de parentesco evolutivo entre três filos animais. Cada número representa o aparecimento de uma determinada característica ou apomorfia.

19

As apomorfias 1, 2, 3 e 4 podem representar, respectivamente:

a) Gânglios nervosos, sistema circulatório, rádula e metameria.

b) Três folhetos embrionários, muda, nefrídios e apêndices articulados.

c) Protostômios, músculos, ânus e exoesqueleto de quitina.

d) Celoma, metameria, pé musculoso e muda.

e) Cefalização, metameria, solenócito e exoesqueleto de quitina.

20. (CEFET-MG) A ameixa autêntica (Prunus domestica) tem diversos nomes, que variam de acordo com o local onde ela é cultivada. O abrunho (Prunus insititia) difere da ameixa autêntica, sobretudo pelo fruto. Com relação aos nomes científicos do trecho acima e as regras de nomenclatura biológica, é correto afirmar que:

a) A ameixeira é uma planta da família das Rosales.

b) A subfamília da ameixeira está imediatamente abaixo de subordem.

c) A designação Prunus sp indica qualquer espécie pertencente a esse gênero.

d) Prunus domestica é de uma categoria taxonômica inferior a Prunus insititia.

e) A ameixeira autêntica e o abrunho são classificados igualmente até subespécie.

21. (UNIMONTES) O Brasil é campeão mundial em biodiversidade: de cada cinco espécies do planeta, uma encontra-se aqui. Essa enorme variedade de animais, plantas, microrganismos e ecossistemas deve-se, entre outros fatores, à extensão territorial e aos diversos climas do país. O Brasil detém o maior número de espécies conhecidas de mamíferos e de peixes de água doce; é o segundo em anfíbios; o terceiro em aves, e o quintoem répteis. Afigura a seguir ilustra alguns dos animais relacionados com as informações anteriores. Analise-a.

21

De acordo com a figura e o assunto abordado, analise as alternativas abaixo e assinale a que representa a categoria taxonômica comum a todos os animais apresentados acima.

a) Espécie.

b) Classe.

c) Ordem.

d) Família.

22. (UPE) “As aparências enganam.” Uma aranha pode ser confundida com uma borboleta?

22

Sobre as diferenças e/ou as semelhanças entre esses animais, analise as afirmativas a seguir.

I. Tanto as borboletas como as aranhas são Artrópodes, animais de corpo metamerizado, pernas articuladas, exoesqueleto de quitina, que, por ser rígido, os obriga à muda ou ecdise. São triblásticos, celomados e de simetria bilateral.

II. As borboletas pertencem à Classe Insecta, animais de corpo dividido em cabeça, tórax e abdome. Na cabeça, apresentam 1 par de antenas, 1 par de olhos compostos, 3 olhos simples e apêndices bucais, adaptados ao tipo de alimentação. Possuem 3 pares de pernas torácicas.

III. As aranhas pertencem à classe Arachnida e apresentam o prosoma (cefalotórax) ligado ao opistosoma (abdome). No prosoma, existem entre5 a8 olhos simples, um par de quelíceras, que inocula o veneno, e 1 par de pedipalpos ao redor da boca. Elas não possuem antenas, nem mandíbulas nem asas, possuindo 4 pares de pernas.

IV. As aranhas e as borboletas são insetos dioicos, de sexos separados e de fecundação externa. No entanto, nas aranhas, o desenvolvimento é direto; já nas borboletas, o desenvolvimento é indireto com metamorfose completa.

V. Tanto nas aranhas como nas borboletas, a excreção é realizada pelos túbulos de Malpighi e pelas glândulas coxais localizadas próximas à base da perna. Essas estruturas filtram as excretas nitrogenadas que são lançadas no intestino, sendo eliminadas junto com as fezes.

Assinale a alternativa correta.

a) Apenas I, II e III estão corretas.

b) Apenas I, III e V estão corretas.

c) Apenas II, III e V estão corretas.

d) Apenas IV e V estão corretas.

e) Apenas a V está correta.

23. (UFPB) No quadro abaixo, estão elencados os gêneros e as famílias a que pertencem diferentes mamíferos da Ordem Carnivora.

RAPOSA

COIOTE

CÃO

LOBO

URSO

Gênero

Urocyon

Canis

Canis

Canis

Ursus

Família

Canidae

Canidae

Canidae

Canidae

Ursidae

Da análise do quadro, espera-se que o maior grau de semelhança seja encontrado entre:

a)Cães, ursos e raposas.

b) Raposas e cães.

c)Coiotes, cães e lobos.

d)Cães, raposas e coiotes.

e) Ursos, cães e lobos.

24. (UFOP) Analise as seguintes características, relativas aos três diferentes reinos.

   São constituídos por organismos unicelulares.   Suas células não possuem carioteca.   Algumas espécies causam doenças em plantas e animais.   Podem ser autotróficos ou heterotróficos.
   São constituídos por organismos eucariontes unicelulares.   Podem apresentar estruturas de locomoção.   Várias espécies são parasitas do homem.   Podem ser autotróficos ou heterotróficos.
   São seres heterotróficos.   Não possuem tecidos verdadeiros.   Algumas espécies são patogênicas.   Muitas espécies são saprófitas, importantes na   decomposição da matéria orgânica.

As características apresentadas em cada um dos quadros acima referem-se, respectivamente, aos reinos:
a) Monera, Protista e Fungi.
b) Monera, Fungi e Protista.
c) Fungi, Protista e Monera.
d) Protista, Fungi e Monera.
e) Protista, Monera e Fungi.

25. (UNESP) No sistema de classificação de Lineu, os fungos eram considerados vegetais inferiores e compunham o mesmo grupo do qual faziam parte os musgos e as samambaias. Contudo, sistemas de classificação modernos colocam os fungos em um reino à parte, reino Fungi, que difere dos vegetais não apenas por não realizarem fotossíntese, mas também porque os fungos:

a) São procariontes, uni ou pluricelulares, enquanto os vegetais são eucariontes pluricelulares.

b) São exclusivamente heterótrofos, enquanto os vegetais são autótrofos ou heterótrofos.

c) Não apresentam parede celular, enquanto todos os vegetais apresentam parede celular formada por celulose.

d) Têm o glicogênio como substância de reserva energética, enquanto nos vegetais a reserva energética é o amido.

e) Reproduzem-se apenas assexuadamente, enquanto nos vegetais ocorre reprodução sexuada ou assexuada.

26. (UNIFESP) Esta é a turma do Bob Esponja:

26

Lula Molusco é supostamente uma lula; Patric, uma estrela-do-mar; o Sr. Siriguejo, um caranguejo; e Bob é supostamente uma esponja-do-mar. Cada um, portanto, pertence a um grupo animal diferente. Se eles forem colocados segundo a ordem evolutiva de surgimento dos grupos animais a que pertencem, teremos respectivamente:

a) Esponja-do-mar, estrela-do-mar, lula e caranguejo.

b) Esponja-do-mar, lula, caranguejo e estrela-do-mar.

c) Estrela-do-mar, esponja-do-mar, caranguejo e lula.

d) Estrela-do-mar, lula, caranguejo e esponja-do-mar.

e) Lula, esponja-do-mar, estrela-do-mar e caranguejo.

27. (UPE) Alga é uma denominação abrangente para organismos classificados em vários filos. Analise as afirmativas abaixo e conclua.

I    II

0  0 –  No Reino Protista, existem organismos fotossintetizantes, unicelulares isolados ou em colônias, que apresentam um pigmento azulado. Esses organismos procariontes são classificados como cianobactérias.

1 1  – Dinoflagelados são algas eucariontes unicelulares, em sua maioria de água doce. Possuem dois flagelos, podendo ser autótrofas ou heterótrofas em alternâncias de gerações.

2 2 – Algas planctônicas microscópicas formam o fitoplâncton, base das cadeias alimentares aquáticas. O fitobentos é constituído por essas algas, que se fixam no fundo do mar, sendo macroscópicas e tendo o corpo organizado em um talo.

3 3 –  Das algas vermelhas é retirado o agar, utilizado na produção de alguns medicamentos, e das algas pardas, a algina, substância gelatinosa utilizada na fabricação de sorvetes.

4 4 – A maré vermelha é um fenômeno relacionado com o aumento populacional, de forma descontrolada, das algas vermelhas macroscópicas conhecidas como rodofíceas.

28. (UFERSA) A rosa, ilustrada na figura abaixo, é uma ________ de vegetal, do _________ Angiospermae, pertencente ao _______ Plantae.

28

a) espécie – reino – filo

b) espécie – filo – reino

c) família – reino – filo

d) família – filo – reino

29. (UFERSA) Os organismos da figura abaixo são representantes de quatro diferentes filos de eucariotos unicelulares que, conjuntamente, podem ser também chamados de:

29

a) Protozoários.

b) Algas.

c) Vermes.

d) Amebas.

30. (UFAC) A taxonomia é uma importante ferramenta na identificação e classificação dos seres vivos e permite estabelecer o grau de parentesco entre duas espécies distintas. A abelha doméstica (Apis mellifera) e o carrapato do cachorro (Rhipicephalus sanguineus) apresentam a mesma classificação taxonômica até o grau de:

a) Filo.

b) Classe.

c) Ordem.

d) Família.

e) Espécie.

31. (UPE) Plasmodium vivax, Plasmodium malariae e Plasmodium falciparum são respectivamente agentes etiológicos da malária terçã benigna, quartã benigna e terçã maligna. Sobre as características gerais desses organismos e as regras de classificação, assinale a alternativa correta.

a) São três Espécies distintas do mesmo Filo Plasmodium.

b) São espécies pertencentes a Famílias distintas, porém do mesmo Gênero.

c) Pela sua organização celular, são Procariotos pertencentes ao Filo Sporozoa.

d) São protozoários que pertencem à mesma Espécie, porém a Ordens diferentes.

e) São organismos endoparasitos unicelulares que pertencem ao Reino Protista.

32. (ENC) O esquema a seguir representa três categorias taxonômicas inclusivas.

32

Se os triângulos representarem o táxon espécie, o quadrilátero será:

a) Uma família contendo dois gêneros e uma única espécie.

b) Uma família contendo um único gênero, no qual foram classificadas onze espécies.

c) Uma família contendo um gênero monotípico e dois gêneros com várias espécies.

d) Um gênero contendo três espécies diferentes entre si e pertencentes a famílias distintas.

e) Um gênero contendo onze subespécies diferentes entre si, mas pertencentes à mesma família.

33. (PUC-RIO) A figura abaixo mostra um exemplo típico de um animal da classe Crustácea.

33

 Fonte: http://1.bp.blogspot.com/_tn51xfb5OZ0/SDWT7X4Mq9I/

AAAAAAAACkw/PJiKY60O3vY/s400/caranguejo.jpg

Considerando as características morfológicas desse animal, indique a opção que cita outros exemplos pertencentes à mesma classe.

a) Aranhas e formigas.

b) Camarão e lagostas.

c) Lagostas e mexilhões.

e) Siris e estrelas-do-mar.

e) Polvos e estrelas-do-mar.

34. (UNESP) No ano de 1500, os portugueses já se referiam ao Brasil como a “Terra dos Papagaios”, incluindo nessa designação os papagaios, araras e periquitos. Essas aves pertencem a uma mesma família da ordem Psitaciformes. Dentre elas, pode-se citar:

ARARAS

PAPAGAIOS

PERIQUITOS

Arara-vermelhaAra chloroptera Papagaio-verdadeiroAmazona aestiva Periquito-de-cabeça-azulAratinga acuticaudata
Arara-cangaAra macau Papagaio-da-cara-roxaAmazona brasiliensis Periquito-reiAratinga aurea
Arara-canindéAra ararauna Papagaio-chauáAmazona rhodocorytha Periquito-da-caatingaAratinga cactorum

Os três grupos de aves relacionados compreende:

a) 3 espécies e 3 gêneros.

b) 9 espécies e 3 gêneros.

c) 3 espécies e uma única família.

c) 9 espécies de um mesmo gênero.

e) 3 espécies de uma única ordem.

35. (FUVEST) Examine a árvore filogenética a seguir:

35

Esperamos encontrar maior semelhança entre genes de:

a) Bactéria e protozoário.

b) Peixe e baleia.

c) Baleia e pássaro.

d) Estrela-do-mar e ostra.

e) Ostra e coral.

36. (UFPA) Associando os reinos de seres vivos abaixo assinalados com suas principais característica:

1. Monera ( ) ausência de clorofila, seres heterótrofos, reprodução sexuada e assexuada, esta principalmente por meio de esporos.
2. Plantae (  ) ausência de carioteca, mitocôndrias e cloroplastos: seres autótrofos ou heterótrofos.
3. Fungi (   ) seres autótrofos e pluricelulares.
4. Animalia (   ) seres heterótrofos e pluricelulares.
5. Protista (  ) presença de carioteca e mitocôndrias; seres unicelulares; autótrofos ou heterótrofos.
A sequência correta encontrada, de cima para baixo, é:

a) 3, 1, 2, 4, 5.

b) 4, 1, 3, 2, 5.

c) 3, 5, 2, 4, 1.

d) 2, 1, 5, 3, 4.

e) 5, 3, 2, 4, 1.

37. (UNIMONTES) O Ascaris lumbricoides é um parasita comumente conhecido como lombriga intestinal que infecta os seres humanos e, mais frequentemente, as crianças; aloja-se normalmente no intestino delgado e, às vezes, dirige-se para outras partes do corpo. Seu comprimento pode variar de 15 a 25 cm. As alternativas abaixo apresentam quatro filos. Analise-as e assinale a que corresponde ao filo pertencente ao Ascaris.

a) Nematoda.

b) Protozoa.

c) Platyhelminthes.

d) Acantocephala.

38. (UFV) Aproximadamente 1.500.000 espécies de organismos foram descritas e nomeadas até a última década. As frações correspondentes a certos grupos taxonômicos estão representadas a seguir.

38

Com base na figura, assinale a alternativa correta:

a) As frações que incluem a levedura e a samambaia são distintas, mas a soma das duas é menor que a fração que inclui a Biomphalaria.

b) A sardinha, o pardal, a cascavel e a baleia estão incluídos na fração que é muito maior que a da água-viva, da planária e da minhoca.

c) A soma das frações dos eucariontes não vegetais corresponde aproximadamente a 25% do total.

d) Os escorpiões estão incluídos na fração que representa quase a metade do total.

e) A fração que inclui a rosa, a tulipa e a margarida é menor que a fração que inclui a aranha.

39. (PASUSP) O sistema de classificação dos seres vivos, proposto por Whittaker em 1969, agrupa os organismos em cinco reinos, de acordo com as características apresentadas a seguir:

Monera procariontes
Protista eucariontes unicelulares
Plantae eucariontes multicelulares autótrofos fotossintetizantes
Fungi Eucariontes multicelulares com nutrição heterótrofa absortiva
Animalia eucariontes multicelulares com nutrição heterótrofa ingestiva

De acordo com essa proposta, sapo, bactéria, pinheiro e cogumelo são classificados, respectivamente, em:

a) Animalia, Monera, Plantae e Fungi.

b) Animalia, Monera, Fungi e Plantae.

c) Animalia, Plantae, Protista e Monera.

d) Fungi, Animalia, Plantae e Monera.

e) Monera, Animalia, Plantae e Protista.

40.(FUVEST) Um determinado animal adulto é desprovido de crânio e apêndices articulares. Apresenta corpo alongado e cilíndrico. Esse animal pode pertencer ao grupo dos:
a) Répteis ou nematelmintos.
b) Platelmintos ou anelídeos.
c) Moluscos ou platelmintos.
d) Anelídeos ou nematelmintos.
e) Anelídeos ou artrópodes.

GABARITO

01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

C

D

B

B

VFFFV

C

C

A

B

D

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

A

B

C

A

VVVFV

A

D

D

D

C

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

B

A

C

A

D

B

FFFVF

B

A

A

31

32

33

34

35

36

37

38

39

40

E

C

B

B

C

A

A

A

A

D

 

About these ads

Responses

  1. Professor, o sistema de classificaçao de Lineu era Natural ou Artificial ? obrigado, abraços.

    • Caro Felipe
      – Trata-se de um tema extremamente polêmico, como vários outros da Biologia. Há uma parcela considerável de autores que considera o sistema de Lineu como artificial. Outros, em número significativo, não opinam a respeito. Há, ainda, aqueles que o considera natural.
      VEJA O QUE CONSTA EM:
      – Sônia Lopes-vol.2-pag.31
      ”Em 1735, o naturalista, médico e professor sueco Car von Linné……., publicou o livro Systema Naturae, propondo um sistema de classificação……. . Embora artificial, esse sistema é empregado até hoje, mas com algumas modificações.”
      – Avancini e Favaretto-vol.2.pag.10
      “Lineu foi um dos primeiros taxonomistas modernos. Elaborou sistemas de classificação e criou as regras básicas da nomenclatura, muitas das quais empregadas ainda hoje. ……. .”
      – Oswaldo Frota Pessoa-Genética e evolução-pag.164
      “….. . No início do século 18, Lineu (Carolus Linnaeus), o fundador da taxonomia moderna, classificava os organismos por suas semelhanças, colocando espécies parecidas no mesmo gênero e gêneros parecidos na mesma família. …….”
      – Amabis e Martho-vol.2-pag.4
      “Entre os estudiosos da classificação natural destaca-se o sueco Karl von Linnée……. .”
      VEJA OUTRAS CITAÇÕES.
      – “….. O sistema de Lineu é um claro exemplo das classificações artificiais. Trata-se de um esquema de identificação, por isso, de tipo dedutivo, baseado em poucos caracteres, sendo estes facilmente discerníveis. …… .”
      – “….. A classificação de Lineu, o Systema Naturae, é racional mas artificial pois por vezes usava apenas um caráter, como no caso de plantas em que apenas considerava distintivo o número e localização dos estames na flor. …… .”
      – “….. Em 1735, o botânico sueco Karl Von Linné conhecido Lienu criou a classificação artificial que se baseou nas semelhanças estrutura e anatômicas entres as espécies. ….. .”
      – “…… Carlos Linnaeus, ou simplesmente Lineu (1707-1778), foi um dos primeiros pesquisadores a propor um sistema de classificação natural. ….. .”
      – “…. Karl Von Linné (1707-1778), ou Lineu, apresentou a obra Systema Naturae, propondo um sistema de classificação mais elaborado, com base científica. …. .”
      – “……Esse método classificatório das espécies teve início em 1735, proposta pelo naturalista Carl Von Linnée (Systema Naturae), a partir de uma análise anatômica comparada (a morfologia), tendo em vista que até essa época não existia qualquer forma lógica que propusesse critérios organizacionais para um coerente agrupamento dos organismos. ….. .”
      – Os sistemas artificias de classificação utilizam critérios arbitrários, que não refletem as semelhanças e diferenças fundamentais entre os seres vivos. Atualmente, os sistemas de classificação consideram um conjunto de caracteres que permitem verificar as relações de parentesco evolutivo e estabelecer a filogenia dos diferentes grupos, estabelecendo as principais linhas de evolução desses grupos. Eles são conhecidos como sistemas naturais, pois ordenam naturalmente os organismos, visando o estabelecimento das relações de parentesco evolutivo entre eles.
      Um abraço
      Djalma Santos

  2. Obrigado novamente
    Abraço!

    • Caro Felipe
      Disponha do nosso blog.
      Djalma Santos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 226 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: