Publicado por: Djalma Santos | 6 de agosto de 2011

Testes de bioeletrogênese (1/3)

01. (UNIMONTES) As células nervosas possuem propriedades similares às outras células em muitos aspectos: elas se alimentam, respiram, passam por processos de difusão e osmose em suas membranas, mas elas processam informação. A habilidade de as células nervosas processarem informação depende das propriedades especiais da membrana do neurônio, a qual controla o fluxo de substâncias do lado interno da célula. A figura a seguir exemplifica aspectos relacionados aos neurônios. Analise-a.

01

De acordo com a figura e o assunto abordado, analise as afirmativas a seguir e assinale a alternativa correta.

a) I representa o citoplasma do neurônio, e III o meio extracelular.

b) Durante a transmissão de impulso nervoso não ocorre alteração de permeabilidade na membrana do neurônio.

c) O neurônio representado pela figura está em seu estado de repouso.

d) Repolarização é quando os canais de potássio voltagem dependentes ficam abertos mais tempo que o normal.

02. Baseado nos seus conhecimentos e no esquema a seguir, e considerando que as células estão submetidas às mesmas condições, identifique as proposições verdadeiras e falsas.

02

I   II

0  0 – As células A e B apresentam excitabilidade iguais.

1  1 – A excitabilidade da célula A é menor que a da célula B.

2  2 – Um estímulo de intensidade 1,5 é capaz de provocar uma resposta aparente na célula A, porém não o faz na célula B.

3  3 – Um estímulo de intensidade igual ou inferior a 1,8 será ineficaz, tanto na célula B quanto na célula A.

4  4 – A poderia representar uma célula muscular e B uma célula epitelial.

03. (UNICENTRO) Quando um neurônio é estimulado, ocorre uma mudança em seu estado elétrico, ficando o seu interior carregado positivamente pela entrada de íons sódio. Esse estado denomina-se:

a) Arco-reflexo.

b) Polarização.

c) Repolarização.

d) Mielinização.

e) “Despolarização”.

04. (UFMA) A membrana plasmática do axônio de um neurônio, ao receber um estímulo, modifica a sua permeabilidade naquele ponto, saindo do potencial de repouso para o potencial de ação. O que acontece com os íons envolvidos nesse processo?

a) A entrada de K+ é maior que a saída de Na+.

b) A entrada de Na+ é maior que a saída de K+.

c) A saída de Cl- é maior que a entrada de K+.

d) A entrada de Cl- é maior que a saída de K+.

e) A saída de Na+ é maior que a entrada de K+.

05. (MOJI DAS CRUZES-SP) Observe os seguintes esquemas:

05

I   II

0  0 – No esquema I, o axônio está em repouso e polarizado.

1  1 – Em II, o axônio é estimulado  e, consequentemente,  tem sua  polaridade invertida.

2  2 – Em III, está havendo recomposição do axônio através da redistribuição iônica.

3  3 – A concentração dos íons Na+ e Kdentro e fora da célula,  no esquema III, está correta.

4  4 –  O esquema III está  correto; mais  tarde,  a bomba de sódio e a migração de íons K+  para o interior do axônio restauram a distribuição dos íons Nae K+, conforme ilustra o esquema I.

06. (UESPI) Foi Galvani (1780) quem constatou, pela primeira vez, a natureza elétrica da atividade nervosa. Sabe-se que, em repouso, a membrana do axônio tem carga elétrica positiva, externamente, e negativa, internamente. Na figura abaixo mostra-se:

06

a) O impulso nervoso em um axônio mielinizado.

b) O impulso nervoso em um axônio amielínico.

c) A condução saltatória em um axônio amielínico.

d) A ação de neurotransmissores.

e) O limiar de excitação neuronal.

07. (MACK) A respeito da fisiologia da célula nervosa, indique a alternativa correta:

a) Quanto mais intenso for o potencial de ação, mais intenso será o estímulo.

b) A geração do impulso nervoso ocorre por difusão passiva de íons através de sua membrana.

c) Pode ser estimulada por fenômenos físicos (como pressão e temperatura) ou por substâncias químicas (como alguns hormônios).

d) A transmissão do impulso nervoso entre duas dessas células exige o contato físico das suas membranas.

e) Em repouso, o potencial de membrana nessa célula é zero.

08. (PUCC-SP) Quando um estímulo nervoso caminha pelo axônio, observa-se:

a) Que, logo após a passagem do estímulo, cessa o aumento de permeabilidade, e volta o interior do axônio a ficar positivo, restabelecendo o equilíbrio.

b) Um aumento da permeabilidade da membrana, provocando intensa saída de íons sódio, com inversão do potencial (positivo dentro e negativo fora).

c) Um aumento da permeabilidade da membrana, provocando intensa saída de íons sódio, com inversão de potencial (positivo para fora e negativo para dentro).

d) Um maior acúmulo de íons negativos fora do axônio em relação ao interior, o que equivale a uma diferença de potencial em redor de 70 volts.

e) Um aumento da permeabilidade da membrana, provocando intensa entrada de sódio, com inversão de potencial (positivo para dentro e negativo para fora).

09. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

I   II

0  0 – Numa célula em “repouso”, o PMR varia entre +50 e +100 mV.

1  1 – É através da repolarização que a célula readquire o PMR.

2  2 – Quando  em “repouso”, a membrana celular apresenta uma elevada permeabilidade para o K+.

3  3 – Para sair do estado gerado pela inversão da polaridade, a célula utiliza um mecanismo de correção que consiste na expulsão do K+ e consequente recuperação da polaridade (repolarização).

4  4 – Tomando  para exemplo  o axônio, é  correto  afirmar que  os cátions mais abundantes dentro e fora da célula são, respectivamente, Na+ e K+.

10. Com relação à condução do impulso nervoso assinale a alternativa correta:

a) O início da inversão da polaridade é causado por um desequilíbrio de cargas devido à saída brusca do sódio.

b) Na fase inicial deste processo a membrana sofre uma polarização, causada pela saída brusca do potássio.

c) A entrada de sódio desencadeia o processo de inversão de polaridade.

d) Por ocasião da condução do impulso nervoso, observa-se que a membrana fica positiva externamente e negativa no seu interior.

e) O desencadeamento do impulso nervoso é provocado pela penetração ativa de potássio na célula.

11. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

I   II

0  0 – Tomando como exemplo o axônio da fibra nervosa em repouso, é correto afirmar que os cátions mais abundantes fora e dentro da célula são, respectivamente, K+ e  Na+.

1 1 – Excitabilidade é a capacidade da célula viva de responder às variações de energia (estímulos).

2  2 – Modificações elétricas e químicas que vão se propagando ao longo de uma fibra nervosa são conhecidas, genericamente, como polarização.

3  3 – O aumento da concentração extracelular de K+ e  Na+ diminui a excitabilidade.

4  4 – A diminuição da concentração de Ca++ e  Mg++ extracelular diminui o limiar de excitação.

12. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

I   II

0  0 – O músculo cardíaco, ao contrário do músculo esquelético, obedece à lei do tudo ou nada.

1 1 – Por ocasião do potencial de ação da membrana, a célula está respondendo o estímulo aplicado.

2 2 – Durante o potencial de repouso, a membrana celular não apresenta polaridade.

3 3 – Mediante as bombas de Na+ e K+, ocorre a redistribuição iônica e a célula volta a exibir o potencial de repouso.

4 4 – Imediatamente  após o aparecimento  de um potencial  de ação, os neurônios, e apenas eles, são capazes de responder a estímulos menores que o minimal.

13. (UPE)A membrana do axônio em repouso tem carga elétrica externa __________ e interna __________ devido, em parte, a uma elevada taxa de íons ___________ fora da célula, mantida pelo mecanismo chamado __________. Escolha a alternativa que preenche corretamente as lacunas:

a) negativa, positiva, Na+, bomba de sódio.

b) positiva, negativa, K+, bomba de sódio.

c) negativa, positiva, K+, bomba de potássio.

d) positiva, negativa POH+, bomba de sódio.

e) positiva, negativa, Na+, bomba de sódio.

14. Com base na figura a seguir, assinale a alternativa correta:

14

a) As setas 1 e 3 podem indicar, respectivamente, o grau de permeabilidade do sódio e o estímulo aplicado a uma célula nervosa.

b) Considerando que a seta 3 indica um estímulo minimal aplicado a uma célula nervosa, a seta 2 indicará o grau de permeabilidade do sódio.

c) Considerando que a seta 3 indica um estímulo minimal, a curva representada pela seta 1 evidencia a expulsão de sódio da célula.

d) A figura só pode representar os fenômenos que se verificam por ocasião da estimulação de uma célula nervosa, não podendo representar a estimulação de uma fibra muscular.

e) Há acima mais de um item correto.

15. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

I   II

0  0 – Na figura abaixo, que representa, esquematicamente, a condução do impulso nervoso, A e B representam, respectivamente o K+ e o Na+.

15

1  1 – Durante o potencial de repouso (PMR), a membrana se encontra polarizada.

2 2 – O(s)  estímulo(s)  só provoca(m)  resposta aparente se ultrapassar(em) o limiar de excitação.

3  3 – A célula em  “repouso” se  caracteriza  por apresentar uma excitabilidade nula.

4  4 – No que diz  respeito ao limiar de  excitação, o  da célula epitelial,  em condições normais, é maior que o da célula nervosa.

16. (COVEST) A figura a seguir representa, de forma esquemática, o neurônio. As alterações de cargas elétricas apresentadas são a consequência de fluxos iônicos transmembrana.

16

Assinale a alternativa correta:

a) Em I, o neurônio apresenta-se em repouso, com a membrana despolarizada.

b) Em II, ocorreu uma repolarização.

c) Em III, assinala-se uma despolarização.

d) Em IV, representa-se a propagação do impulso nervoso.

e) Em V, localiza-se a região de bloqueio das bombas de sódio e potássio.

17. Um pesquisador observou que para uma determinada célula, o estímulo maximal era de 2,0 volts. Estimulando a mesma célula durante o seu período refratário absoluto, verificou-se que:

a) Com estímulo de mesma intensidade (2,0 volts), a resposta será submaximal.

b) Não haveria resposta, qualquer que fosse a intensidade do estímulo.

c) Para obter resposta máxima teria que aumentar a intensidade do estímulo.

d) O período latente era maior durante o período refratário absoluto.

e) As alternativas A e C estão corretas.

18. (COVEST) Os fluxos iônicos através das membranas, estão relacionados aos potenciais bioelétricos. Analise as proposições abaixo:

I  II

0 0 – Estímulo  limiar é  aquele  cuja  intensidade é suficiente para produzir excitação.

1 1 – Na  condição de  repouso,  a membrana  do neurônio  encontra-se positiva por fora e negativa por dentro.

2  2 – Na despolarização, a membrana do axônio torna-se mais permeável ao Na+.

3  3 – O potencial de ação resulta do fluxo de Na+ para fora da célula.

4  4 – A repolarização se caracteriza pela entrada de Na+  no neurônio.

19. Assinale a(s) alternativa(s) corretas(s):

I  II

0 0 – Os cátions Na+ e K+ tornam a membrana plasmática mais permeável, promovendo, como consequência, o aumento do limiar de excitação.

1 1 – Estímulos eficazes (supra liminares), provocam reações neuroniais proporcionais à intensidade deles.

2  2 –  A fibra nervosa só  responde  a um estímulo isolado, se ele ultrapassar uma intensidade mínima denomina “limiar de excitação”.

3  3 –  A cronaxia é importante para a  comparação  do grau de excitabilidade de células diferentes.

4  4 – O número de impulsos que  passam por uma  fibra nervosa,  independe  da duração do estímulo.

20. (CESGRANRIO) Observando o esquema abaixo, que representa um neurônio em repouso, podemos afirmar que, nestas condições.

20

a) Se a membrana do neurônio for atingida por um estímulo, as quantidades de íons Na+e Kdentro e fora da membrana se igualam.

b) Devido à diferença de cargas entre as faces externa e interna, o neurônio está polarizado.

c) A ocorrência do impulso nervoso depende de estímulos de natureza elétrica.

d) A quantidade de íons Ké menor na parte interna do neurônio devido à sua saída por osmose.

e) As concentrações dos íons Na+e Kse fazem sem “gasto” de energia, sendo exemplo de transporte ativo.

21. (FCC-SP) Uma vez ultrapassado o limiar de excitação de uma neurofibra, a resposta será:

a) Tanto mais forte quanto mais forte for o estímulo.

b) Tanto mais fraca quanto mais forte for o estímulo.

c) Tanto mais rápida quanto mais forte for o estímulo.

d) Tanto mais lenta quanto mais forte for o estímulo.

e) A mesma, qualquer que seja a intensidade do estimulo.

22. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

I    II

0  0 – No período refratário absoluto, que ocorre  durante  a redistribuição iônica, a célula é incapaz de responder a um novo estímulo.

1  1 – A célula óssea apresentam uma maior limiar de excitação que a célula nervosa.

2  2 – Durante o PAM, a membrana está com sua polaridade invertida.

3  3 – A despolarização da membrana é consequência da baixa permeabilidade da membrana ao potássio.

4  4 – O potencial de ação é uma consequência direta de uma mudança de permeabilidade da membrana celular.

23.  Assinale a alternativa que completa corretamente a afirmação: a passagem do impulso nervoso apresenta duas etapas chamadas de “despolarização” e repolarização, causadas principalmente e respectivamente, por:

a) Entrada de íons sódio e saída de sódio.

b) Entrada de íons potássio e saída de sódio.

c) Entrada de íons sódio e saída de potássio.

d) Saída de íons potássio e entrada de sódio.

e) Saída de íons sódio e entrada de potássio.

24. O esquema a seguir representa a passagem de íons Na+ (sódio) e K+ (potássio) através da membrana plasmática de uma célula em repouso.

24

Em relação ao processo esquematizado, podemos afirmar que:

I   II

0  0 – Por transporte ativo(linha pontilhada) os íons Na+ entram na célula objetivando atingir a isotonia.

1 1 – Por difusão os íons K+ (linha cheia)  entram na célula contra um gradiente de concentração.

2 2 – A entrada de íons K+ por transporte ativo é compensada pela saída de K+ pelo mesmo processo.

3 3 – A saída de íons Na+ por transporte passivo serve para contrabalançar a entrada dos mesmos íons por transporte ativo.

4  4 – Para a célula controlar as trocas mostradas acima ela gasta  ATP.

25. (UPE) O número muito elevado de neurônios, com suas ramificações constitui uma fantástica rede que se entende por todo o organismo, ligando os órgãos aos centros nervoso coordenadores. Há um numero muito maior de conexões entre neurônio, garantindo a passagem do impulso nervoso de uma célula para outra nessa imensa rede. Observe a figura abaixo e analise as proposições a seguir.

25

I   II

0  0 – A superfície interna da membrana do axônio “em repouso” é eletricamente negativa em relação à superfície externa da mesma, eletricamente positiva (A).

1  1 – Quando ocorre a estimulação do neurônio, a superfície interna da membrana torna-se momentaneamente positiva e a externa negativa (B), em consequência da entrada e grande quantidade de íons K+.

2   2 – Na área afetada pelo estímulo, a membrana permanece repolarizada por vários minutos. Após este tempo, ocorre a saída de íons Na+da célula, e a polarização a membrana.

3  3 – O potencial de ação que se estabelece na área da membrana estimulada perturba a área  vizinha (C) e determinará sua despolarização. Ocorre uma onde dinâmica de inversão de polarização da membrana do axônio em sua extensão que, nas fibras mielínicas, se propaga “saltando” sequencialmente os nódulos de Ranvier.

4  4 – Os neurotransmissores liberados por um neurônio no nível das fendas sinápticas têm uma vida útil longa, podendo ser reaproveitados muitas vezes, garantindo assim a eficiência do estimulo.

26. (CEFET-PR) Analise o esquema, abaixo, da propagação de um impulso nervoso e indique a alternativa incorreta.

26

a) À medida que o impulso nervoso se propaga, ocorrem inúmeras inversões de polaridade e sucessivos retornos ao potencial de “repouso”.

b) O fenômeno da propagação do impulso nervoso depende diretamente da permeabilidade da membrana plasmática.

c) Em 1 observamos o corpo celular responsável pelo metabolismo celular e em 2 os dendritos que permitem estabelecer as conexões entre os neurônios.

d) Em 3, apropagação de um impulso ocorre pela presença de potássio no meio externo da célula e sódio no meio interno.

e) Quando o neurônio se encontra em repouso, o conjunto iônico do lado externo acumula uma positividade maior que o conjunto iônico situado no lado interno.

27. (FATEC) O gráfico a seguir mostra a variação do potencial da membrana do neurônio quando estimulado.

27

O potencial de ação para um determinado neurônio:

a) Varia de acordo com a intensidade do estímulo, isto é, para intensidades pequenas temos potenciais pequenos e para maiores, potenciais maiores.

b) É sempre o mesmo, porém a intensidade do estímulo não pode ir além de determinado valor, pois o neurônio obedece à “lei do tudo ou nada”.

c) Varia de acordo com a “lei do tudo ou nada”.

d) Aumenta ou diminui na razão inversa da intensidade do estímulo.

e) É sempre o mesmo, qualquer que seja o estímulo, porque o neurônio obedece à “lei do tudo ou nada”.

28. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

I  II

0  0 – O impulso  nervoso  é um  fenômeno  químico  acompanhado  de modificações elétricas.

1 1 – Em “repouso” uma célula apresenta sua atividade específica bem desenvolvida.

2  2 – Na figura a seguir, a seta está indicando um estímulo subminimal.

28

3  3 – Um aumento  da concentração  extracelular  de íons cálcio pode determinar um aumento da permeabilidade da membrana plasmática, ocasionando uma redução da excitação celular.

4  4 – As células glandulares possuem, em condições normais, menor limiar de excitação do que as células nervosas.

29.  Um aumento da concentração extracelular de íons cálcio, pode determinar:

a) Uma redução da permeabilidade da membrana plasmática.

b) Um aumento da excitabilidade.

c) Maior penetração de íons sódio na célula.

d) Uma redução do limiar de excitação celular.

e) Um aumento da permeabilidade da membrana, ocasionando uma redução da excitabilidade celular.

30. (VEST-RIO) O impulso nervoso é uma onda de despolarização que percorre a membrana do neurônio. Experimentos têm revelado que o ciclo de despolarização-repolarização no neurônio é extremamente rápido, levando cerca de l milissegundo. Suponha que um pesquisador, propositadamente, estimulou um neurônio duas vezes consecutivas com um intervalo de tempo bem menor que l milissegundo, ou seja, antes de ocorrer a repolarização. Como consequência desse experimento, o pesquisador pode constatar o seguinte fenômeno:

a) O segundo estímulo não foi transmitido.

b) O segundo estímulo teve maior intensidade.

c) O segundo estímulo potencializou o primeiro.

d) Os dois estímulos foram transmitidos com maior velocidade.

e) Os dois estímulos foram transmitidos como um único impulso.

GABARITO

01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

C

FFFFV

E

B

VVFFF

B

C

E

FFVVF

C

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

FVFFV

VVFVF

E

A

FVVFV

D

D

VVVFF

FFVVF

B

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

E

FVVFV

C

FFFFV

VFFVF

D

E

VFFFF

A

E

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 216 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: