Publicado por: Djalma Santos | 24 de fevereiro de 2012

Testes sobre a origem da vida (3/3)

01. (UFSC) Evidências indicam que a Terra tem aproximadamente 4,5 bilhões de anos de idade. A partir de sua formação até o aparecimento de condições propícias ao desenvolvimento de formas vivas, milhões de anos se passaram. Sobre a origem da vida e suas hipóteses, assinale a(s) proposição(ões) correta(s).

I   II

0  0 – O aparecimento da fotossíntese foi muito importante, pois através deste fenômeno alguns seres vivos passaram a ter capacidade de formar moléculas energéticas.

1  1 – Segundo a hipótese heterotrófica, os primeiros seres vivos obtinham energia através de processos químicos bem simples como a respiração aeróbica.

2  2 – Os processos químicos nos seres vivos ocorrem dentro de compartimentos isolados do meio externo, em função da existência de uma membrana citoplasmática.

3  3 – Em 1953, Stanley L. Miller, simulando as prováveis condições ambientais da Terra no passado, comprovou a possibilidade da formação de moléculas complexas como proteínas e glicídios.

4  4 – A capacidade de duplicar moléculas orgânicas foi uma etapa crucial na origem dos seres vivos.

02. (UESPI) O planeta abriga uma imensa diversidade biológica, cuja origem possivelmente ocorreu em lagos e oceanos na Terra primitiva. Considerando que a formação de coacervados, ilustrada abaixo, poderia fornecer uma explicação para o surgimento da vida, há bilhões de anos atrás, analise as afirmativas abaixo.

1. Caso houvesse disponibilidade de metano, amônia, hidrogênio e água na atmosfera da Terra primitiva, tais compostos seriam prováveis fontes de aminoácidos necessários à formação de coacervados.

2. Os coacervados eram células eucariontes primitivas envoltas por uma película de água e com funções básicas intracelulares, como absorção e excreção.

3. Nos coacervados, as reações químicas eram promovidas com energia de ativação fornecida pela radiação solar e pelas descargas elétricas.

Está(ão) correta(s) apenas:

a) 1 e 2.

b) 1 e 3.

c) 1.

d) 2.

e) 2 e 3.

03. (UNICENTRO) Até meados do século XVII, a maioria das pessoas acreditava que uma entidade divina havia criado intencionalmente os seres humanos e os animais mamíferos. Admitia-se também que seres considerados mais simples, como moscas, sapos, peixes e vermes, entre outros, podiam ser gerados espontaneamente a partir da matéria sem vida, ou mesmo pela transformação de outros seres vivos.

                                                        (AMABIS & MARTHO, 2008, p. 11).

Relacionado às Teorias de Origem da vida e as descobertas que as refutaram, é correto afirmar:

a) A Hipótese da Panspermia ditava que os seres vivos originaram-se de substâncias inorgânicas precursoras, provenientes do centro do planeta Terra.

b) O surgimento dos microrganismos sobre a matéria orgânica em decomposição era perfeitamente explicado pela teoria da abiogênese.

c) As descobertas atuais evidenciam que a vida se originou a partir de uma evolução química em que compostos inorgânicos se combinaram originando moléculas orgânicas.

d) Um dos principais experimentos científicos sobre a origem dos seres vivos validou o surgimento espontâneo de larvas de vermes sob a carne em putrefação.

e) A hipótese autotrófica resultou da análise de uma lenta e gradual modificação de moléculas orgânicas que interagiriam, originando as unidades básicas de formação do seres vivos.

04. (UPE) Como surgiu a vida? Essa pergunta sempre inquietou os seres humanos e, para ela, há algumas respostas. As figuras ilustram algumas dessas ideias. Observe-as.

Assinale a alternativa que contém a associação correta das figuras com as hipóteses e sua descrição.

a) A I 1/ B II 2/ C III 3.

b) A III 2 / B I 3 / C II 1.

c) A II 3 / B I 2 / C III 1.

d) A II 1 / B III 2 / C I 3.

e) A I 3 / B III 1 / C II 2.

05. (UECE) Baseado na teoria da evolução química podemos afirmar corretamente que, dentre os requisitos básicos para a formação dos seres vivos, a Terra já apresentava há mais de 3,5 bilhões de anos atmosfera:

a) Oxidante, com o oxigênio livre proveniente da atividade das cianobactérias.

b) Redutora, semelhante às de Vênus e de Marte, com mais de 90% de gás carbônico.

c) Redutora, com carbono, oxigênio, hidrogênio e nitrogênio presentes, principalmente, no metano, no vapor d’água e na amônia.

d) Oxidante, já que há indícios que comprovam que todo o ferro existente na crosta terrestre encontrava-se em estado férrico.

06.  (UEFS) A busca de evidências da existência de vida em outros planetas conduz o ser humano à análise das condições iniciais no planeta Terra. Diante dos conhecimentos atuais, propostos por Oparin e Haldane e relacionados à primeira forma de vida existente na Terra e às condições da sua atmosfera primitiva, pode-se inferir que os primeiros seres vivos possuíam modo de vida:

a) Autotrófico, habitando uma atmosfera redutora diferente da atmosfera atual.

b) Autotrófico, sobrevivendo em uma atmosfera rica em gases complexos, tais como metano e gás carbônico.

c) Heterotrófico anaeróbico, habitando uma atmosfera redutora, possivelmente devido à combinação do oxigênio com outros elementos químicos, formando determinados compostos.

d) Heterotrófico anaeróbico, habitando uma atmosfera oxidante, semelhante às condições atuais da atmosfera terrestre.

e) Heterotrófico aeróbico, sobrevivendo em uma atmosfera altamente oxidante.

07. (PUC-CAMPINAS)

Atenção: Para responder esta questão considere o texto apresentado abaixo.

Cientistas sabem da existência de fontes termais submarinas desde a década de 70. Os sistemas conhecidos como chaminés negras, ou fumarolas, são os mais comuns. (…) Nessas chaminés, a água pode atingir temperaturas superiores a 400oC, devido à proximidade de rochas magmáticas. Com pH semelhante ao do suco de limão, ela libera sulfetos, ferro, cobre e zinco, à medida que se infiltra nas rochas vulcânicas abaixo do solo marinho. Quando

esse fluido ebuliente e ácido sobe novamente à superfície, é expelido pelas chaminés na água gelada das profundezas do mar, onde os sulfetos de metal dissolvidos resfriam rapidamente e precipitam, produzindo uma mistura escura, parecida com nuvens de fumaça negra. (…) Apesar da agressiva composição química da água ao seu redor, há uma profusão de animais exóticos, como os gigantescos vermes tubiformes (Riftia), desprovidos de boca e intestinos. Essas criaturas florescem graças a uma associação simbiótica com bactérias internas, que consomem o venenoso gás sulfeto de hidrogênio que emana dos orifícios.

                    (Revista Scientific American Brasil, janeiro de 2010, p. 42)

As fontes termais submarinas constituem um ambiente favorável para o estudo da origem da vida em nosso planeta.

I. Para alguns pesquisadores, essas condições se assemelham ao ambiente inicial, que foi favorável à formação e integridade de moléculas orgânicas, e que existiu nos primórdios da evolução biológica.

II. Para outros pesquisadores, a água rica em gás sulfeto de hidrogênio seria uma fonte de nutrientes e energia para que os primeiros organismos produzissem seu alimento.

As informações acima estão relacionadas com duas hipóteses distintas sobre a origem da vida. Sobre isso, assinale a alternativa correta.

a) I refere-se à hipótese autotrófica, segundo a qual organismos fotossintetizantes convertiam H2O e CO2 em compostos orgânicos mais complexos e ricos em energia química.

b) II refere-se à hipótese heterotrófica, segundo a qual os primeiros organismos se alimentavam de compostos orgânicos formados de forma abiótica a partir de compostos simples.

c) I está relacionado à panspermia, hipótese segundo a qual a vida teria surgido fora do planeta e semeada aqui por meteoritos vindos do espaço sideral.

d) II relaciona-se a hipótese autotrófica, segundo a qual organismos quimiossintetizantes produzem alimento com energia obtida por reações químicas inorgânicas.

e) I está associado à hipótese simbiótica segundo a qual organismos eucarióticos primitivos incorporaram bactérias que passaram a funcionar como mitocôndrias e cloroplastos.

08. (UPE) A teoria da abiogênese foi contestada por diversos cientistas, que, por meio de experimentos, validaram a teoria da biogênese, em que um ser vivo se origina, apenas, de outro ser vivo. A coluna 2 relaciona os pesquisadores das duas correntes de pensamento, e a coluna 1, os experimentos. Enumere a 2ª coluna de acordo com a .

2ª COLUNA

1. Jan Baptist van Helmont

2. Francesco Redi

3. John T. Needham

4. Lazzaro Spallanzani

5. Louis Pasteur

1ª COLUNA

( ) Surgimento de microrganismos – distribuiu caldo nutritivo em  balões de vidro “pescoço de cisne”, submetendo-os à fervura e à esterilização. Após alguns dias, o caldo nutritivo estava livre de micróbios, mas, se o gargalo é quebrado, surgem microrganismos no caldo.

( ) Surgimento de microrganismos – distribuiu caldo nutritivo  fervido por 30 minutos, em diversos frascos e vedou com  rolhas de cortiça. Após alguns dias, os caldos estavam cheios de micróbios.

( ) Aparecimento de vermes – depositou animais mortos em dois frascos de boca larga; um tampado com gaze e outro aberto. No frasco vedado, não surgiram vermes.

( ) Surgimento de microorganismos – distribuiu caldo nutritivo em balões de vidro, fechando-os hermeticamente e submetendo-os à fervura por 1 hora. Após alguns dias, ao se abrirem os frascos e se observar o caldo ao microscópio, não havia microrganismos.

( ) Produção de ratos – colocou camisa suja misturada com grãos de trigo em local sossegado e pouco iluminado. Em vinte e um dias, surgiram ratos.

Marque a alternativa que apresenta a sequência correta.

a) 1, 2, 3, 4, 5.

b) 2, 1, 3, 5, 4.

c) 3, 1, 5, 4, 2.

d) 4, 5, 2, 1, 3.

e) 5, 3, 2, 4, 1.

09. (UECE) Precedendo a origem da vida, formaram-se os sistemas moleculares orgânicos que possibilitaram reunir principalmente nos seres vivos 4 (quatro) elementos químicos. Esses elementos são:

a) Carbono, oxigênio, nitrogênio e cálcio.

b) Oxigênio, hidrogênio, fósforo e enxofre.

c) Carbono, hidrogênio, oxigênio e nitrogênio.

d) Oxigênio, cálcio, fósforo e enxofre.

10. (UFMS) O cérebro humano evoluiu e, ainda nos primórdios da civilização, nossos hipotéticos ancestrais já poderiam viver, como certos microrganismos quimiolitoautotróficos atuais, ao redor de fendas vulcânicas submersas, onde há liberação contínua de gás sulfídrico (H2S). Segundo a hipótese autotrófica, os outros tipos de seres vivos teriam se originado a partir dos primeiros seres quimiolitoautotróficos, na seguinte ordem:

a) Primeiro, os que realizavam fermentação; depois, os fotossintetizantes; por fim, os que respiravam oxigênio (aeróbios).

b) Primeiro, os fotossintetizantes; depois, os que realizavam fermentação; por fim, os que respiravam oxigênio (aeróbios).

c) Primeiro, os fotossintetizantes; depois, os que respiravam oxigênio (aeróbios); por fim, os que realizavam fermentação.

d) Primeiro,os que respiravam oxigênio (aeróbios); depois, os que realizavam fermentação; por fim, os fotossintetizantes.

e) Primeiro, os que respiravam oxigênio (aeróbios); depois, os fotossintetizantes; por fim, os que realizavam fermentação.

11. (UFSC) “O russo Alexandr I. Oparin, em 1936, propôs um modelo de como a vida poderia ter surgido. É interessante notar que, naquela época, não se conhecia ainda a relação entre os ácidos nucleicos e o material genético.”

Assinale a(s) alternativa(s) que corresponde(m) à(s) ideia(s) de Oparin.

I   II

0  0 – A terra tem mais de 4,5 bilhões de anos.

1  1 – A atmosfera primitiva tinha uma composição muito semelhante à atual.

2 2 – O calor das rochas fazia com que as substâncias reagissem entre si, possibilitando a formação de moléculas pequenas.

3 3 – Os coacervatos eram grupos de moléculas orgânicas unidas e tinham certa estabilidade.

4  4 – Os coacervatos foram os primeiros seres vivos primitivos.

12. (UEFS) A vida como a conhecemos é extremamente diversificada e adaptável, permitindo que organismos existam em alguns dos lugares mais inóspitos do planeta. Mas a “vida” tende a se basear em uma matriz, recombinando seis elementos básicos e deixando aberta a possibilidade de outras combinações que compõem tipos totalmente diferentes de atividades biológicas. A vida como a conhecemos pode não ser tudo o que existe, tanto para a biologia terrestre quanto extraterrestre. Essa possibilidade parece agora mais promissora à luz de um novo estudo sobre uma bactéria isolada do lago Mono, na Califórnia, que usa arsênio, geralmente venenoso à vida, como um dos seus principais nutrientes. (A VIDA como…, 2010).

O estudo realizado por cientistas americanos modificou a compreensão sobre a origem de vida na Terra, devido:

a) À substituição do carbono pelo arsênio para formação das moléculas orgânicas essenciais à vida, tais como açúcares e lipídios.

b) À incorporação do arsênio às biomoléculas do microrganismo analisado, substituindo o fósforo na composição da molécula de DNA.

c) À utilização de um elemento químico tóxico para sobrevivência celular, sendo essa via metabólica apenas compatível com formas de vida extraterrestre descobertas no planeta Marte.

d) Ao armazenamento de arsênio em vesículas intracelulares, servindo, assim, como elemento químico capaz de fornecer energia independentemente das condições nutricionais do meio ambiente.

e) Ao fortalecimento da hipótese de que os organismos descendem de um mesmo ancestral que possuía capacidade de internalização de arsênio.

13. (UECE) Podemos afirmar corretamente que os aglomerados de proteínas que se formam espontaneamente em soluções aquosas com certo grau de acidez e salinidade e que inspiraram Oparin a formular sua teoria para a origem da vida estão reunidos em:

a) Coacervados.

b) Micoplasmas.

c) Microsferas.

d) Arqueobactérias.

14.  (UFPI) Dentre as várias hipóteses formuladas para explicar a origem da vida na Terra, uma delas é a hipótese heterotrófica, proposta pelo bioquímico russo A. I. Oparin, em 1938, que tenta explicar o surgimento da vida como uma evolução dos processos bioquímicos com o surgimento e a evolução dos organismos responsáveis por estes processos. Os três principais processos bioquímicos estão enumerados a seguir:

1. Respiração aeróbica.

2. Fotossíntese.

3. Fermentação.

Assinale a alternativa que indica a sequência correta de surgimento desses processos, de acordo com a hipótese heterotrófica.

a) 1, 2, 3.

b) 2, 1, 3.

c) 3, 1, 2.

d) 1, 3, 2.

e) 3, 2, 1.

15. (URCA) Quanto à hipótese sobre a origem da vida, o meio científico “aceita” que:

a) A atmosfera primitiva era composta por gás butano.

b) Os primeiros seres vivos eram formados apenas por água e sais minerais.

c) Os heterótrofos foram os primeiros seres a colonizarem os mares.

d) As “algas azuis” foram os primeiros seres a existirem no planeta.

16. (UFLA) O surgimento de organismos autótrofos na Terra não apenas propiciou a produção de moléculas orgânicas complexas a partir de moléculas simples, como também gerou uma condição ambiental imprescindível para o aparecimento de seres vivos mais eficientes no que diz respeito à obtenção de energia. O novo tipo de ser vivo e a condição criada são, respectivamente:

a) Heterótrofo aeróbico e diminuição dos níveis de gás carbônico na atmosfera.

b) Heterótrofo aeróbico e aumento dos níveis de oxigênio na atmosfera.

c) Heterótrofo anaeróbico e diminuição dos níveis de oxigênio na atmosfera.

d) Heterótrofo anaeróbico e aumento dos níveis de gás carbônico na atmosfera.

e) Heterótrofo anaeróbico e aumento dos níveis de matéria orgânica.

17. (UPE) No planeta Terra, há aproximadamente quatro bilhões de anos, gerou-se a vida atendendo a seu imperativo autopoético em um universo que obedecia a leis termodinâmicas. A origem da vida se baseia em diferentes hipóteses. Assinale a afirmativa que correlaciona adequadamente a teoria relativa à origem dos seres vivos ao exemplo correspondente.

a) Teoria da Abiogênese – no século V a.C., o cientista grego Anaxágoras lançou a ideia de que a vida, dispersa sob a forma de sementes por todo o universo, havia pousado na Terra.

b) Teoria do Big Bang – “Ser uma entidade distinta do ambiente exige uma barreira à difusão livre. A necessidade de isolar um subsistema termodinamicamente é uma condição irredutível da vida. É o fechamento de uma membrana anfifílica de duas camadas, sob a forma de uma vesícula, que representa a transição clara da não vida para a vida.” (Harold Morowitz)

c) Teoria da Biogênese – os seres vivos se originam a partir de outro pré-existente, sendo assim não podem surgir por outros mecanismos que não a reprodução. Assim Lewis Thomas destaca “O aparecimento dessas células, foi um grande acontecimento da evolução planetária, e levou diretamente, linhagem por linhagem, a nosso eu complexo, com o cérebro e tudo o mais.”

d) Teoria do Mundo de RNA – “Quando se espreme uma roupa de baixo suja, um fermento drenado da roupa e transformado pelo cheiro do cereal reveste o próprio trigo com sua pele e o transforma em camundongos.” (Jan Baptiste Van Helmont)

e) Teoria da Panspermia – segundo Gilbert, a reprodução e o metabolismo das primeiras formas de vida dependiam das atividades catalíticas e replicativas do RNA, e que tanto o DNA quanto as proteínas teriam assumido suas funções atuais posteriormente.

18. (UNICENTRO) Segundo a teoria de Oparin, a vida na Terra poderia ter sido originada a partir de substâncias orgânicas formadas pela combinação de moléculas, como metano, amônio, hidrogênio e vapor de água, que compunham a atmosfera primitiva da Terra. A esse processo seguiram-se a síntese proteica nos mares primitivos, a formação dos coacervados e o surgimento das primeiras células. Considerando-se os processos de formação e as formas de utilização dos gases oxigênio e dióxido de carbono, a sequência mais provável dos primeiros seres vivos na Terra foi:

a) Autotróficos, heterotróficos anaeróbicos e heterotróficos aeróbicos.

b) Heterotróficos anaeróbicos, heterotróficos aeróbicos e autotróficos.

c) Autotróficos, heterotróficos aeróbicos, heterotróficos anaeróbicos.

d) Heterotróficos anaeróbicos, autotróficos, heterotróficos aeróbicos.

e) Heterotróficos aeróbicos, autotróficos, heterotróficos anaeróbicos.

19. (UFERSA) Qual das afirmativas está incorreta?

a) A vida surgiu a partir de matéria inerte.

b) O resíduo da fotossíntese (O2) mudou radicalmente a atmosfera da Terra.

c) A multicelularidade permitiu a especialização das células.

d) A reprodução sexuada reduziu a adaptação dos organismos.

20. (UFPA) Em 1953, Miller submeteu à ação de descargas elétricas de alta voltagem uma mistura de vapor de água, amônia, metano e hidrogênio. Obteve, como resultado, entre outros compostos, os aminoácidos glicina, alanina, ácido aspártico e ácido aminobutírico. Com base nesse experimento, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

I    II

0   0 – Ficou demonstrada a hipótese da geração espontânea.

1   1 – Não se pode produzir proteínas artificialmente; elas provêm necessariamente dos seres vivos.

2  2 – Formam-se moléculas complexas em condições  semelhantes às da  atmosfera primitiva.

3 3 – A vida tem origem sobrenatural, que não pode ser descrita em termos físicos nem químicos.

4  4 – Compostos orgânicos podem se formar em condições abióticas.

21. (UPE) Sobre os primeiros seres vivos e as condições da atmosfera primitiva, analise as afirmativas.

I  II

0  0 – Os primeiros seres vivos surgidos em um ambiente sem oxigênio e com muita substância orgânica dissolvida na água eram heterótrofos.

1 1 – Os organismos eram estruturalmente simples e, através de reações químicas elementares, conseguiam obter energia para sua sobrevivência, absorvendo matéria orgânica do meio e degradando-a em substâncias mais simples, na presença de oxigênio.

2  2 – Os primeiros heterótrofos eram tanto anaeróbicos quanto aeróbicos, desse modo utilizavam os mecanismos de fermentação e de fotossíntese para obterem energia.

3  3 – A temperatura na superfície do planeta era muito elevada, mas, em virtude do contato com o espaço cósmico muito frio, ocorreu o resfriamento, que tornou possível as ligações químicas entre os elementos, nas camadas superficiais da Terra.

4  4 – A elevada temperatura da superfície da Terra provocava a evaporação das substâncias líquidas, gerando vapores de água, que resfriavam em contato com as camadas mais frias da atmosfera, provocando violentas tempestades e descargas elétricas.

22. Aobservação das formas atuais de vida demonstra que até mesmo o mais simples dos seres vivos com organização celular é um sistema complexo, no qual se destacam duas classes de moléculas: as proteínas e os ácidos nucleicos. É possível imaginar que, nos oceanos primitivos, existiam sistemas organizados de reações enzimáticas, do tipo coacervados. Mas como esses sistemas se perpetuariam e evoluiriam sem um código genético? Os ácidos nucleicos também poderiam ter surgido nas condições da Terra primitiva. Mas como formariam um sistema complexo e organizado sem interagir com o aparato proteico/enzimático? A total interdependência entre essas moléculas essenciais remete a uma das principais questões ligadas à origem da vida, que poderia ser comparada ao dilema do ovo e da galinha.

ANDRADE, L. A. e SILVA, E. P. O que é vida? In: Ciência Hoje, v. 32, n.º 191, 2003, p. 16-23 (com adaptações).

Considerando que as hipóteses acerca da origem da vida na Terra mencionadas no texto acima não são as únicas, responda: o que surgiu primeiro, os ácidos nucleicos ou as proteínas?

a) O DNA pode ter sido o precursor dos demais compostos, pois estoca e replica informação genética, é dotado de atividade catalítica e é facilmente degradado por hidrólise, o que facilita a reutilização de seus monômeros e, portanto, a colonização da Terra com polímeros primordiais de DNA.

b) Existe a possibilidade de o RNA ter sido o precursor das demais moléculas, visto que certas sequências de RNA, chamadas íntrons, são capazes de acelerar reações químicas e, além disso, mostraram capacidade de fazer cópias de si mesmas.

c) Admitindo-se a possibilidade de a Terra primitiva conter nucleotídios livres, o calor poderia ter sido a fonte de energia disponível para a formação de ligações covalentes entre eles, com a consequente formação de proteinoides, que, por sua vez, deram origem a microsferas, estruturas que poderiam ser precursoras das células primitivas.

d) O estudo de aminoácidos que contêm grupos tiol (tioésteres) fornece argumentos a favor da precedência de proteínas na origem da vida, entre os quais se incluem a abundância de sulfeto de hidrogênio (H2S) no ambiente primitivo e a alta concentração de oxigênio na atmosfera primitiva, que favoreceria a respiração aeróbica.

23. De acordo com a Teoria Heterotrófica, as primeiras células que surgiram no planeta:

a) Eram semelhantes às eucarióticas atuais, porém sem mitocôndrias ou cloroplastos.

b) Eram obrigatoriamente parasitas, pois descenderam de estruturas semelhantes aos vírus.

c) Eram fotossintetizantes, já que não existiam nutrientes orgânicos disponíveis.

d) Eram fermentadoras, já que na época do surgimento dessas células não havia O2 na atmosfera.

e) Possuíam metabolismo aeróbico, pois é um processo com grande rendimento energético.

24. (UFU) Receita de Jean Baptiste van Helmont, seculo XVII: “Colocar uma camisa suja de suor e um pouco de germe de trigo em um canto escuro e sossegado. O suor funciona como princípio ativo e dentro de 21 dias a partir da camisa e do trigo nascerão vários camundongos”. O texto exemplifica a:

a) Teoria da Biogênese.

b) Teoria da Abiogênese.

c) Teoria pré-formista.

d) Hipótese Heterotrófica.

e) Hipótese Autotrófica.

25. (UEL) Charles Darwin, além de postular que os organismos vivos evoluíam pela ação da seleção natural, também considerou a possibilidade de as primeiras formas de vida terem surgido em algum lago tépido do nosso Planeta. Entretanto, existem outras teorias que tentam explicar como e onde a vida surgiu. Uma delas, a panspermia, sustenta que:

a) As primeiras formas de vida podem ter surgido nas regiões mais inóspitas da Terra, como as fontes hidrotermais do fundo dos oceanos.

b) Compostos orgânicos simples, como os aminoácidos, podem ter sido produzidos de maneira abiótica em vários pontos do planeta Terra.

c) Bactérias ancestrais podem ter surgido por toda a Terra, em função dos requisitos mínimos necessários para a sua formação e subsistência.

d) A capacidade de replicação das primeiras moléculas orgânicas foi o que permitiu que elas se difundissem pelos oceanos primitivos da Terra.

e) A vida se originou fora do Planeta Terra, tendo sido trazida por meteoritos, cometas ou, então, pela poeira espacial.

26. (UEG) Todos os seres vivos são formados por células, ou seja, compartimentos envolvidos por membranas, preenchidos com uma solução aquosa concentrada de substâncias químicas. As primeiras células vivas provavelmente surgiram na Terra por volta de 3,5 bilhões de anos atrás, por reações “espontâneas” entre moléculas que estavam longe do equilíbrio químico. Sobre a formação das moléculas biológicas em condições pré-bióticas, é incorreto afirmar:

a) Moléculas orgânicas simples podem associar-se para a formação de polímeros. Um aminoácido pode juntar-se a outro pela formação de uma ligação fosfodiester, e dois nucleotídeos podem associar-se por meio de uma ligação peptídica.

b) No primeiro bilhão de anos da Terra, existia pouco ou nenhum oxigênio, com absoluta ausência de camada de ozônio para absorver a radiação ultravioleta do Sol. A ação fotoquímica da radiação ultravioleta pode ter ajudado a manter a atmosfera rica em moléculas reativas e também longe do equilíbrio químico.

c) Se uma mistura de gases, como CO2‚ CH4, NH3 e H2, é aquecida com água e energizada por uma descarga elétrica ou por radiação ultravioleta, os elementos reagem entre si e formam pequenas moléculas orgânicas, tais como aminoácidos, açúcares, purinas e pirimidinas.

d) Os polinucleotídeos possuem limitada capacidade catalítica, mas podem dirigir a formação de cópias exatas de suas próprias sequências por pareamento complementar dos nucleotídeos.

27. (UEL) Analise o esquema a seguir.

Com base no esquema e nos conhecimentos sobre a origem da vida, considere as afirmativas a seguir.

I. O esquema representa a origem abiótica da vida, em conformidade com a teoria de Oparin-Haldane.

II. Os organismos primitivos – microrganismos – foram precedidos, em nosso planeta, por uma longa evolução dos compostos químicos.

III. Os organismos mais complexos portamem seu DNAmuitas informações dos organismos que lhes antecederam na Terra.

IV. As moléculas de proteínas e de ácidos nucleicos dos organismos atuais são estruturalmente distintas daquelas presentes em organismos primitivos.

Estão corretas apenas as afirmativas:

a) I e III.

b) I e IV.

c) II e IV.

d) I, II e III.

e) II, III e IV.

28. (OLIMPÍADA BRASILEIRA DE BIOLOGIA)

             Se os estoques de átomos são inexauríveis,

Maiores que o poder de contar dos seres vivos,

Se também houvesse o mesmo poder criativo da natureza

Para unir os átomos –– assim como agora estão unidos,

Ora então é preciso confessar

Que existem outros mundos em outras regiões do céu,

E diferentes tribos de homens, outros tipos de animais selvagens.”

(LUCRÉCIO, poeta–filósofo romano)

(…) Lucrécio raciocinava que, se o universo era composto de átomos idênticos sujeitos às leis universais da natureza, os mesmos processos que produziram a vida na Terra também deveriam produzir a vida em outros mundos. (…)

(…) Um átomo de carbono na galáxia de Andrômeda, por exemplo, é idêntico a um desses átomos aqui na Terra. Cinco elementos químicos desempenham papéis de destaque na biologia terrestre: o carbono, o oxigênio, o hidrogênio, o nitrogênio e o fósforo. (…) O carbono é o elemento verdadeiramente vital. Tem direito à primazia por causa de uma propriedade química única: os átomos de carbono podem se ligar para formar moléculas de cadeias extensas, ou polímeros, de infinita variedade e complexidade. As proteínas e o DNA são dois exemplos dessas moléculas de cadeias longas. (…)

Na próxima vez em que olhar para o seu corpo, reflita na longa e acidentada história de seus átomos, e lembre-se de que a carne que você está vendo e os olhos com que você enxerga são literalmente feitos de poeira das estrelas. (DAVIES, p. 174-7)

A partir da leitura do texto, conhecendo-se a química da vida e as supostas condições da Terra primitiva, inferências sobre a origem da vida devem considerar:

a) Os átomos dos gases presentes na atmosfera primitiva teriam se combinado, resultando em compostos, como aminoácidos, bases nitrogenadas e açúcares — blocos construtivos da vida.

b) A formação dos primeiros agregados moleculares reduziu drasticamente as fontes disponíveis dos elementos mais abundantes no Universo, aprisionando-os definitivamente.

c) As primeiras formas de vida teriam sido organismos autótrofos, capazes de converter a energia do Sol em energia química de moléculas orgânicas.

d) As informações disponíveis a respeito do Universo tornam irrelevantes quaisquer hipóteses que admitam a existência de vida fora da Terra.

e) A panspermia confirma-se como hipótese mais plausível a origem da vida na Terra

29. (UNESP) Uma vez que não temos evidências por observação direta de eventos relacionados à origem da vida, o estudo científico desses fenômenos difere do estudo de muitos outros eventos biológicos. Em relação a estudos sobre a origem da vida, apresentam-se as afirmações seguintes.

I. Uma vez que esses processos ocorreram há bilhões de anos, não há possibilidade de realização de experimentos, mesmo em situações simuladas, que possam contribuir para o entendimento desses processos.

II. Os trabalhos desenvolvidos por Oparin e Stanley Miller ofereceram pistas para os cientistas na construção de hipóteses plausíveis quanto à origem da vida.

III. As observações de Oparin sobre coacervatos ofereceram indícios sobre um processo que se constituiu, provavelmente, em um dos primeiros passos para a origem da vida, qual seja, o “isolamento” de macromoléculas do meio circundante.

Em relação a essas afirmações, podemos indicar como corretas:

a) I, apenas.

b) II, apenas.

c) I e II, apenas.

d) II e III, apenas.

e) I, II e III.

30. (UEL) Teorias a respeito da evolução celular indicam que as primeiras células surgiram em um ambiente inóspito, pobre em oxigênio, conhecido com sopa pré-biótica, onde ocorria síntese “espontânea” de biomoléculas complexas. Considerando a baixa complexidade das primeiras células, é correto afirmar que elas caracterizavam-se como:

a) Procariontes heterotróficas, por se alimentarem de outros organismos.

b) Eucariontes heterotróficas, por se alimentarem de compostos orgânicos do meio.

c) Eucariontes autotróficas, por conseguirem energia do Sol por meio da fotossíntese.

d) Procariontes heterotróficas, por se alimentarem de compostos orgânicos do meio.

31. (UnB-DF) Organismos atuais carregam suas informações genéticas em moléculas de ácidos nucleicos (DNA e RNA) e usam essencialmente o mesmo código genético, que especifica a sequência de aminoácidos de todas as proteínas. Entretanto, sabe-se que a síntese de ácidos nucleicos ocorre somente com a participação de proteínas, e a fabricação destas depende da ação dos ácidos nucleicos. Aparentemente, não se pode ter uma dessas substâncias sem a outra. Tal questão encerra um paradoxo: como, durante a origem da vida, surgiu esse sistema interdependente de proteínas e ácidos nucleicos? Pode-se mesmo pensar que a vida não poderia ter-se originado por meios químicos. (…) No final da década de 60, Carl Woese, Francis Crick e Leslie Orgel sugeriram, independentemente, uma maneira de resolver essa situação. Eles propuseram que o RNA poderia ter aparecido primeiro e estabelecido o que é chamado “mundo do RNA”, um mundo no qual o RNA catalisaria todas as reações necessárias para que os organismos ancestrais sobrevivessem e se replicassem. Para que isso tivesse acontecido, esses autores observaram que o RNA pré-bioquímico deveria ter duas propriedades que não existem hoje: a capacidade de se replicar sem auxilio de proteínas e a habilidade de catalisar cada passo da síntese proteica.

(L. Orgel, The origin of life on the earth. In: Scientific American. Out/94. p.271-4 – com adaptações)

Com base no texto acima, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

I   II

0   0 – A vida não se originou a partir de compostos químicos, pois os ácido nucleicos precisam das proteínas para se formar e vice-versa.

1   1 – As ideias de Woese, Crick e Orgel contrariam os experimentos de Stanley Miller, nos quais se demonstrou que os aminoácidos formaram-se a partir da atmosfera primitiva.

2   2 – No citado “mundo do RNA”, os organismos primitivos usariam moléculas de RNA para diminuir a energia necessária para a realização de reações químicas.

3   3 – Se a hipótese do RNA como primeira molécula de hereditariedade for comprovada, será correto afirmar que os retrovírus, que têm o RNA como material genético, são os organismos mais antigos do planeta.

4   4 – As informações contidas no texto não excluem a hipótese de meteoritos terem trazido compostos orgânicos para a Terra, os quais, encontrando condições favoráveis, deram origem à vida.

32. (F. VISCONDE DE CAIRU-BA) “As perguntas sobre a origem da vida são tão velhas quanto o Gênesis e tão jovens como cada manhã”. Para os cientistas ainda não existem respostas definitivas. Contudo, apesar das divergências, os cientistas podem concordar, quando se considera que seria fundamental para o estabelecimento da vida, que as primeiras formas vivas fossem capazes de:

a) Reconhecer o ambiente e realizar movimentos.

b) Realizar síntese do seu próprio alimento.

c) Crescer e manter sua organização.

d) Reproduzir-se e transmitir informações.

e) Obter energia das moléculas orgânicas, usando o oxigênio.

33. (USU-RJ) Em seu famoso experimento, Stanley Miller submeteu em 1953 uma mistura de metano, amônia, hidrogênio e vapor de água em alta temperatura à ação de descargas elétricas dentro de um balão de vidro. Com isso, pretendia demonstrar a hipótese de que:

a) As proteínas são formadas de aminoácidos.

b) Moléculas orgânicas complexas formaram-se na atmosfera terrestre primitiva.

c) É possível, no laboratório, formarem-se produtos complexos a partir de gases simples.

d) O carbono e o hidrogênio são constituintes dos compostos orgânicos.

e) As proteínas têm ação catalítica.

34. (UFPI) Nas condições da atmosfera primitiva, faça uma simulação do experimento histórico e típico de Stanley Lloyd Miller, que teria reproduzido o surgimento das moléculas orgânicas essenciais à vida. Use o desenho esquemático abaixo para responder às indagações:

I. Quais os gases que simulavam a mistura submetida às descargas elétricas (3), no experimento de Miller? Coloque-os no compartimento 1.

II. Qual a substância que foi colocada no compartimento 2, para aquecimento (4)?

III. Quais as prováveis moléculas orgânicas simples que poderiam ter representantes retidos no espaço 5?

Marque a alternativa que contém somente dados corretos, seguindo a sequência das indagações.

a) I – CO2, CH4, NH2, H2

    II – H2O2

    III – Amido, nucleotídeos, glicogênio e polipeptídios.

b) I – CO2, CH3, NH2, H3

    II – H2O2

    III – Amônia, proteínas, ácidos nucleicos e vitaminas.

c) I – CO2, CH4, NH2, H2

    II – H2O

    III – Coacervados, proteínas, ácidos nucleicos e polipeptídios.

d) I – CO2, CH3, NH2, H2

    II – H2O

    III- Sacarose, coacervados, aminoácidos e proteínas.

e) I – CH4, H2, NH3

    II – H2O

    III – Glicina, alanina, sarcosina, purinas e pirimidinas.

35. (PUC-RS) Nos primórdios da vida em nosso planeta, ocorreram dois fatos que se encontram intimamente relacionados. São eles:

a) Quimiossíntese e aparecimento dos vírus.

b) Formação dos mares e extinção dos anaeróbios.

c) Fotossíntese e vida aeróbia.

d) Formação de argilas e origem das algas.

e) Coacervação e evolução dos poríferos.

36. (UNIT-MG) “Na ausência de evidências fósseis dos sistemas que originaram os seres vivos, tenta-se montar modelos químicos plausíveis, ou seja, compatíveis com as condições da Terra primitiva. Hoje, acredita-se que a molécula-fundadora teria sido o RNA, porque possui atividade enzimática e auto-replicativa. O DNA seria um análogo do RNA, mais estável e acrescentado posteriormente ao sistema. Propõe-se também que as ribozimas (enzimas feitas de RNA) atuais seriam remanescentes dos RNAs primitivos.”

(Ciência Hoje, set.1999)

O texto acima propõe que o RNA tenha surgido primeiro e que possuía capacidade de síntese de proteína. Supondo que esta afirmação fosse correta e que fosse possível obter fósseis da vida primitiva datados da origem da Terra, a prova seria encontrar traços da base nitrogenada:

a) Adenina.

b) Guanina.

c) Citosina.

d) Timina.

e) Uracila.

37. (UESC) A busca por vida extraterrestre deve prestar atenção à vida além da forma como a conhecemos. É o que um grupo de cientistas aconselhou à NASA que geralmente procura formas de vida, a exemplo daqueles que existem na Terra, baseadas em água, carbono e DNA. [...] Especialistas em genética, química, biologia, entre outros — recomendaram que a NASA considerasse a chamada “vida bizarra”. Por exemplo, experiências em biologia sintética desenvolveram moléculas que codificaram informações genéticas, mas têm mais nucleotídeos do que o DNA e ou RNA. Em vez de água, os alienígenas poderiam empregar amônia ou ácido sulfúrico como base para suas reações bioquímicas vitais. Os novos organismos podem usar minerais como catalisadores no lugar de enzimas.

(CHOI, 2007, p. 15.)

A hipótese de uma “vida bizarra” ter surgido em algum outro sistema planetário, considerando o pressuposto de que o material genético apresentasse maior diversidade de nucleotídeos e que a água fosse substituída pela amônia, permite prever que, nessa organização vital:

a) Deveria ocorrer a presença de elementos químicos inexistentes em outros sistemas planetários.

b) A amônia poderia se utilizada como doadora de hidrogênio no processo de utilização de energia luminosa para a síntese biológica primária.

c) A organização do material hereditário apresentaria um menor potencial de diversidade.

d) Os processos vitais estariam subordinados a leis físico-químicas específicas.

e) Estariam ausentes elementos químicos necessários à síntese de ácidos graxos.

38. (UFRGS) O desenho abaixo representa, de forma esquemática, o aparelho que Miller usou em suas experiências, em 1953, para testar a produção de aminoácidos a partir de uma mistura de metano, hidrogênio, amônia e água, submetida a descargas elétricas.

Abaixo são feitas quatro afirmações:

I. Com esta experiência, Miller demonstrou que havia produção de aminoácidos em condições semelhantes às que havia na atmosfera primitiva da Terra.

II. Como a circulação do material por dentro do aparelho está completamente isolado do meio externo, não houve possibilidade alguma de contaminação com outras substâncias.

III. As substâncias resultantes das reações químicas acumularam-se em C e em D.

IV. Com esta experiência, Miller também descobriu a composição química da atmosfera primitiva da Terra.

São corretas as afirmações:

a) I e II.

b) II e IV.

c) III e IV.

d) I e III.

e) II e III.

39. (PUC-SP) Os esquemas abaixo mostram, de maneira simplificada, três processos que ocorrem nos seres vivos:

Admita que os primeiros seres vivos eram heterótrofos anaeróbicos e que, liberando gás carbônico para o meio, permitiram o aparecimento de um grupo de organismos autótrofos, cuja atividade proporcionou o aparecimento de um terceiro grupo, constituído de heterótrofos aeróbicos. Considerando a hipótese acima, pode-se prever que a ordem de aparecimento desses processos na natureza foi:

a) I → II → III.

b) II  I  III.

c) II  III  I.

d) III  I  II.

e) III → II → I.

40. (UNEB-BA) O conceito chave de “sopa primitiva”, “caldo primordial” ou “caldo pré-biótico” aparece com frequência no discurso de cientistas que estudam o problema da origem da vida. A formação desse “caldo” pressupõe a existência de água em estado líquido na superfície da Terra. A vida ocorre em uma fase aquosa porque a água:

I   II

0  0 – Tem mínima capacidade de absorver calor do meio circundante.

1  1 – Evita a auto-organização de moléculas de gorduras em películas.

2  2 – Substitui, com menor dispêndio energético, as enzimas.

3  3 – Constitui o meio para transporte de nutrientes e remoção de resíduos do metabolismo.

4  4 – Bloqueia a formação de pontes de hidrogênio entre moléculas.

GABARITO

01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

VFVFV

B

C

C

C

C

D

E

C

A

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

FFVVF

B

A

E

C

B

C

D

D

FFVFV

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

VFFVV

B

D

B

E

A

D

A

D

D

31

32

33

34

35

36

37

38

39

40

FFVFV

D

B

E

C

E

B

A

C

FFFVF

About these ads

Responses

  1. Não entendi a questão 31

    • 31. (UnB-DF) Organismos atuais carregam suas informações genéticas em moléculas de ácidos nucleicos (DNA e RNA) e usam essencialmente o mesmo código genético, que especifica a sequência de aminoácidos de todas as proteínas. Entretanto, sabe-se que a síntese de ácidos nucleicos ocorre somente com a participação de proteínas, e a fabricação destas depende da ação dos ácidos nucleicos. Aparentemente, não se pode ter uma dessas substâncias sem a outra. Tal questão encerra um paradoxo: como, durante a origem da vida, surgiu esse sistema interdependente de proteínas e ácidos nucleicos? Pode-se mesmo pensar que a vida não poderia ter-se originado por meios químicos. (…) No final da década de 60, Carl Woese, Francis Crick e Leslie Orgel sugeriram, independentemente, uma maneira de resolver essa situação. Eles propuseram que o RNA poderia ter aparecido primeiro e estabelecido o que é chamado “mundo do RNA”, um mundo no qual o RNA catalisaria todas as reações necessárias para que os organismos ancestrais sobrevivessem e se replicassem. Para que isso tivesse acontecido, esses autores observaram que o RNA pré-bioquímico deveria ter duas propriedades que não existem hoje: a capacidade de se replicar sem auxilio de proteínas e a habilidade de catalisar cada passo da síntese proteica.
      (L. Orgel, The origin of life on the earth. In: Scientific American. Out/94. p.271-4 – com adaptações)
      Com base no texto acima, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).
      I II
      0 0 – A vida não se originou a partir de compostos químicos, pois os ácido nucleicos precisam das proteínas para se formar e vice-versa.F
      1 1 – As ideias de Woese, Crick e Orgel contrariam os experimentos de Stanley Miller, nos quais se demonstrou que os aminoácidos formaram-se a partir da atmosfera primitiva.F
      2 2 – No citado “mundo do RNA”, os organismos primitivos usariam moléculas de RNA para diminuir a energia necessária para a realização de reações químicas.V
      3 3 – Se a hipótese do RNA como primeira molécula de hereditariedade for comprovada, será correto afirmar que os retrovírus, que têm o RNA como material genético, são os organismos mais antigos do planeta.F
      4 4 – As informações contidas no texto não excluem a hipótese de meteoritos terem trazido compostos orgânicos para a Terra, os quais, encontrando condições favoráveis, deram origem à vida.V
      Prezada Bruna
      – A questão (“… o RNA poderia ter aparecido primeiro e estabelecido o que é chamado “mundo do RNA”, um mundo no qual o RNA catalisaria todas as reações necessárias para que os organismos ancestrais sobrevivessem e se replicassem. Para que isso tivesse acontecido, esses autores observaram que o RNA pré-bioquímico deveria ter duas propriedades …….: a capacidade de se replicar sem auxilio de proteínas e a habilidade de catalisar cada passo da síntese proteica.”) se refere a um RNA que tem atividade catalítica, denominada ribozima. A ribozima, RNA dotado de atividade enzimática, deve ter sido fundamental na formação dos primeiros seres vivos, em face de ela possuir função informacional e catalisadora. Dessa forma, ela deve ter atuado não apenas como molde, mas também como catalisadora para produzir sistemas bioquímicos autorreplicantes. É muito provável, portanto, que a primeira molécula com função genética tenha sido um RNA e não um DNA. Nesse contexto, o DNA, mais estável que o RNA, deve ter tomado o lugar deste último como “depósito” das informações genéticas e se constituído, provavelmente, o segundo passo na evolução do material genético. Para saber mais sobre ribozima ver “Ribozima (RNA super star)”, matéria publicada neste blog no dia 10.06.2011.
      – ALTERNATIVA 0 0 – (“ A vida não se originou a partir de compostos químicos, pois os ácido nucleicos precisam das proteínas para se formar e vice-versa.”) – INCORRETA
      * A ideia que admite ter sido um RNA (a ribozima), a primeira molécula informacional (“o mundo do RNA”) não invalida a hipótese que a atmosfera primitiva continha elementos químicos inorgânicos capazes de formar, pré-bioquimicamente, matéria orgânica.
      – ALTERNATIVA 1 1 – (“As ideias de Woese, Crick e Orgel contrariam os experimentos de Stanley Miller, nos quais se demonstrou que os aminoácidos formaram-se a partir da atmosfera primitiva ”) – INCORRETA
      * As ideias de Woese, Crick e Orgel (“… No final da década de 60, Carl Woese, Francis Crick e Leslie Orgel sugeriram, independentemente, uma maneira de resolver essa situação. Eles propuseram que o RNA poderia ter aparecido primeiro e estabelecido o que é chamado “mundo do RNA”, um mundo no qual o RNA catalisaria todas as reações necessárias para que os organismos ancestrais sobrevivessem e se replicassem. …”) não contrariam os experimentos de Stanley Miller que, simulando as condições da atmosfera primitiva, mostrou a possibilidade de ter se formado, na Terra primitiva, moléculas orgânicas, entre elas alguns aminoácidos.
      – ALTERNATIVA 2 2 – (“No citado “mundo do RNA”, os organismos primitivos usariam moléculas de RNA para diminuir a energia necessária para a realização de reações químicas.”) – CORRETA
      * No “mundo do RNA”, a ribozima, RNA dotado de atividade catalítica, deve ter atuado como enzima, “diminuindo” a energia necessária para a realização de reações químicas.
      – ALTERNATIVA 3 3 – (“Se a hipótese do RNA como primeira molécula de hereditariedade for comprovada, será correto afirmar que os retrovírus, que têm o RNA como material genético, são os organismos mais antigos do planeta.”) – INCORRETA
      * O RNA dos retrovírus, embora represente seu material genético, não atua como ribozima. Ele não tem função enzimática. Ele possui apenas função informacional.
      – ALTERNATIVA 4 4 – (“As informações contidas no texto não excluem a hipótese de meteoritos terem trazido compostos orgânicos para a Terra, os quais, encontrando condições favoráveis, deram origem à vida.”) – CORRETA
      * A hipótese “mundo do RNA”, contida no texto não exclui, realmente, a hipótese extraterrena (hipótese cosmogônica, hipótese dos cosmozoários ou panspermia cósmica, também conhecida como hipótese da difusão universal dos germes), segundo a qual, os primeiros seres vivos eram “astronautas”. Em 1865, Richter apresentou essa hipótese que afirmava ter o germe vida chegado à Terra proveniente dos espaços interplanetários e interestelares, transportado por fragmentos (meteoritos) de corpos cósmicos. Caído na Terra, por acaso, e encontrando boas condições de vida, desenvolveu-se e se instalou definitivamente no nosso planeta. Essa ideia foi aceita e ampliada por cientistas do século XIX, tendo o prêmio Nobel sueco Svante August Arrhenius (1859-1927) sido um dos principais defensores da panspermia cósmica.
      Um forte abraço
      Djalma Santos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 205 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: