Publicado por: Djalma Santos | 6 de abril de 2012

Testes sobre sistema sanguíneo ABO (1/3)

01. (UFPEL) Três irmãos (João, José e Maria) realizaram um exame de sangue em laboratório para identificar os seus tipos sanguíneos, com o objetivo de verificar a possibilidade de doarem sangue ao pai, que necessitaria de uma transfusão após uma cirurgia. Um deles (João) ficou surpreso ao descobrir seu tipo sanguíneo – O – e achou que não era filho biológico do casal que o criou. Seu pai e o irmão apresentam sangue do tipo A e sua mãe e a irmã apresentam sangue do tipo B. Todos são Rh+. Com base no texto e em seus conhecimentos sobre a herança dos tipos sanguíneos, é correto afirmar que:

a) João não pode ser filho biológico do casal, pois de acordo com a herança genética possível do tipo sanguíneo, os filhos somente poderiam apresentar sangues dos tipos A, B e AB. Dos filhos biológicos, somente José pode doar sangue ao pai, pois as hemácias de seu sangue apresentam aglutinogênio A.

b) João pode ser filho biológico do casal, desde que pelo menos um dos pais seja heterozigoto e apresente o alelo responsável pela presença de aglutininas anti-A e anti-B no plasma. O pai não pode receber sangue de Maria, pois seu sangue apresenta aglutinina anti-B.

c) João não pode ser filho biológico do casal, assim como seus dois irmãos, pois de acordo com a herança genética possível do tipo sanguíneo, os filhos somente poderiam apresentar sangues dos tipos AB. O pai pode receber sangue de João e José, pois o sangue dele apresenta aglutinina anti-A, assim como o de seus filhos.

d) Se Maria engravidar de um homem com o mesmo genótipo para o tipo sanguíneo de seu irmão João, existe a probabilidade de 100% de seu filho ter sangue do tipo B. Porém, se ela engravidar de um homem com o mesmo genótipo para o tipo sanguíneo de seu irmão José, existe a probabilidade de 50% de seu filho ter sangue do tipo AB, 25% do tipo A e 25% do tipo B.

e) João pode ser filho biológico do casal, desde que ambos os pais sejam heterozigotos e apresentem o alelo responsável pela ausência de aglutinogênio. João pode doar sangue para seu pai, pois as hemácias do seu sangue não apresentam aglutinogênios.

02. (UFLA) Observe o heredograma abaixo. As letras simbolizam os grupos sanguíneos do sistema ABO e os números indicam os indivíduos.

02

Em relação às afirmativa abaixo.

I. O genótipo do indivíduo 3 pode ser tanto BB (IBIB) como BO (IBi).

II. O genótipo do indivíduo 4 só pode ser AO (IAi).

III. Do cruzamento do indivíduo 5 com o indivíduo 6, poderiam surgir indivíduos do tipo sanguíneo AB (IAIB).

Assinale a alternativa correta.

a) Somente a afirmativa II está correta.

b) Somente a afirmativa III está correta.

c) Somente a afirmativa I está correta.

d) Somente as afirmativas I e II estão corretas.

03. (UNIFOR) Na espécie humana, os alelos que determinam sangue do tipo A (IA) e do tipo B (IB) são có-dominantes. Esses dois alelos, porém, são dominantes sobre o alelo responsável por sangue do tipo O (i). Assim, se uma mulher com tipo sanguíneo A tem um filho com tipo sanguíneo B, o sangue do pai da criança pode ser do tipo:

a) B ou O.

b) A, B, AB ou O.

c) AB ou B.

d) A ou B.

e) A, B ou AB.

04. (UFPI) O esquema abaixo indica o tipo sanguíneo dos integrantes de uma família.

04

A probabilidade de os indivíduos I e II terem sangue do tipo O é, respectivamente:

a) Zero e zero.

b) Zero e 0,5.

c) 0,5 e 0,5.

d) 0,5 e 0,75.

e) 1 e 1.

05. (FUVEST) Uma mulher de sangue tipo A, casada com um homem de sangue tipo B, teve um filho de sangue tipo O. Se o casal vier a ter outros 5 filhos, a chance deles nascerem todos com sangue do tipo O é:

a) Igual à chance de nascerem todos com sangue do tipo AB.

b) Menor que a chance de nascerem todos com sangue do tipo AB.

c) Maior que a chance de nascerem todos com sangue do tipo AB.

d) Menor que a chance de nascerem sucessivamente com sangue do tipo AB, A, B, A e B.

e) Maior que a chance de nascerem sucessivamente com sangue do tipo AB, B, B, A e A.

06. (UFSCAR) A transfusão de sangue tipo AB para uma pessoa com sangue tipo B:

a) Pode ser realizada sem problema, porque as hemácias AB não possuem antígenos que possam interagir com anticorpos anti-A presentes no sangue do receptor.

b) Pode ser realizada sem problema, porque as hemácias AB não possuem antígenos que possam interagir com anticorpos anti-B presentes no sangue do receptor.

c) Pode ser realizada sem problema, porque, apesar de as hemácias AB apresentarem antígeno A e antígeno B, o sangue do receptor não possui anticorpos contra eles.

d) Não deve ser realizada, pois os anticorpos anti-B presentes no sangue do receptor podem reagir com os antígenos B presentes nas hemácias AB.

e) Não deve ser realizada, pois os anticorpos anti-A presentes no sangue do receptor podem reagir com os antígenos A presentes nas hemácias AB.

07. (PUC-CAMPINAS) O heredograma a seguir mostra os diferentes tipos sanguíneos existentes em uma família.

07

Assinale a alternativa que contém, respectivamente, o fenótipo e o genótipo do indivíduo II.2.

FENÓTIPOS

GENÓTIPOS

a

O

ii

b

A

IAi

c

A

IAIA

d

B

IBi

e

AB

IAIB

08. (UPE) Ao receber a tipagem sanguínea AB e B, respectivamente, de seus gêmeos bivitelinos recém-nascidos, um homem questiona a equipe médica sobre uma possível troca de bebês, visto ele ser do grupo sanguíneo A e sua mulher, do tipo O. Além disso, o casal possuía duas filhas de quatro e três anos com tipos sanguíneos O e A, respectivamente. Os médicos alegaram não ter ocorrido troca, pois, naquele dia, apenas o casal havia gerado meninos, enquanto as demais crianças eram meninas.A equipe médica realizou, então, uma bateria de testes com o casal e os bebês, obtendo os seguintes resultados:

1. Após teste de DNA, foi revelado que os bebês pertenciam ao casal.

2. A mãe dos bebês possui o fenótipo Bombaim.

As proposições abaixo estão relacionadas a esses fatos. Analise-os e conclua.

I   II

0  0 – Os antígenos A e B são sintetizados a partir de uma substância H, devido a um gene H que se manifesta apenas em heterozigose.

1  1 – O sangue dos indivíduos de genótipo hh não produz a substância H, e, portanto, estes não poderão expressar antígenos A e/ou B, mesmo que possuam o genótipo para produzi-los.

2  2 – O genótipo da mãe dos bebês é IBIBhh, o que justifica ela ser um falso O e poder ter crianças com antígeno B ou sem antígenos na superfície das hemácias.

3 3 – Como o casal possui filhas com tipos O e A, o genótipo do pai dos bebês é, obrigatoriamente, IAIA HH.

4 4 – A mãe, falso O, por ter o alelo IB, poderá transmiti-lo aos seus descendentes, que poderão manifestar o fenótipo tipo B, por possuírem um gene H recebido do pai.

09. Genes IA, IB e i, são representados pela letra I, devido à palavra isoaglutinação, fazendo assim, uma associação com o fenômeno da aglutinação. Este fenômeno é verificado quando são efetuadas transfusões de sangue entre pessoas que têm incompatibilidade sanguínea, correspondente ao sistema ABO. Em relação ao sistema ABO o efeito Bombaim é um caso raro, onde menos de 1% da população, mesmo sendo fenotipicamente classificada como do Grupo O, podem gerar filhos do tipo A, B ou AB. O efeito Bombaim é explicada por seus portadores:

a) Produzirem uma enzima inativa que impede a síntese do antígeno H precursor dos antígenos A e B e, por isso, serem classificados como falsos O.
b) Produzirem os antígenos A e B, mas estes são desativados na presença das enzimas produzidas pelo gene H e, por isso, serem classificados como falsos A ou falsos B.
c) Produzirem enzimas no locus H, que induzem a produção do antígeno H, que, por sua vez, inativa a produção de antígenos A ou B e, por isso, serem classificados como falsos O.
d) Passarem a ter seus genes IA e IB transformados em gene i recessivo, e, por isso, serem classificados como falsos A ou falsos B.
e) Deixarem de produzir antígenos de qualquer natureza, o que acarreta a morte dos descendentes, por isso esses genes são classificados como genes letais.

10. (UFSCAR) Em relação ao sistema sanguíneo ABO, um garoto, ao se submeter ao exame sorológico, revelou ausência de aglutininas. Seus pais apresentaram grupos sanguíneos diferentes e cada um apresentou apenas uma aglutinina. Os prováveis genótipos dos pais do menino são:

a) IBi – ii.

b) IAi – ii.

c) IAIB – IAi.

d) IAIB – IAIA.

e) IAi – IBi.

11. (PUC-RIO) A análise de grupos sanguíneos é uma maneira simples de se esclarecer casos de paternidade duvidosa. Esse tipo de teste permite provar, em alguns casos, que determinada pessoa não pode ser o pai de uma criança, o que ocorre em apenas uma das situações abaixo:

a) Mulher do grupo A, homem do grupo A, criança do grupo O.

b) Mulher do grupo A, homem do grupo B, criança do grupo O.

c) Mulher do grupo B, homem do grupo AB, criança do grupo O.

d) Mulher do grupo AB, homem do grupo A, criança do grupo B.

e) Mulher do grupo O, homem do grupo A, criança do grupo A.

12.(UFAM) Os grupos sanguíneos ABO nos humanos são determinados por 3 (três) alelos. Quantos genótipos são possíveis para esses fenótipos?

a) 3.

b) 4.

c) 5.

d) 6.

e) 8.

13. (UNCISAL) O casal Erick e Suzana tinha três filhos, Júlia, Pedro e Nina. Cada qual pertencia a um grupo sanguíneo diferente um do outro. Fizeram os testes para detectar a presença de aglutinogênios em todos da família e os resultados foram:

Erick – apresenta aglutinogênio B.

Suzana – apresenta aglutinogênio A.

Júlia – apresenta aglutinogênio A.

Pedro – apresenta aglutinogênio B.

Nina – apresenta aglutinogênios A e B.

Pode-se afirmar que

a) Esse casal não poderia gerar um filho do grupo O.

b) Júlia poderia doar sangue para o seu pai e para sua irmã.

c) Suzana poderia doar sangue para todos os seus filhos.

d) Nina poderia doar sangue para todos os seus familiares.

e) Pedro poderia receber sangue apenas de seu pai.

14. (UNEAL) Apesar de os indivíduos diploides possuírem apenas dois alelos de cada tipo de gene, é possível existir mais de duas formas alélicas de um gene na população: são os alelos múltiplos. A herança dos tipos sanguíneos do Sistema ABO constitui um exemplo de alelos múltiplos na espécie humana. Existem quatro grupos sanguíneos geneticamente identificados no sistema ABO (A, B, AB e O), sendo três os alelos envolvidos. No caso, existem duas proteínas presentes nas hemácias que atuam como antígenos e são chamadas aglutinogênios (A e B). No plasma existem proteínas denominadas aglutininas (anti-A e anti-B), que atuam como anticorpos e já se encontram sintetizadas no plasma. Sobre o Sistema ABO dos grupos sanguíneos aponte com a letra V as afirmações verdadeiras e com a letra F as falsas.

(  ) Pessoas do Grupo Sanguíneo A possuem aglutinogênio A nas hemácias e aglutinina anti-B no plasma.

(  ) Pessoas do Grupo AB não tem aglutinogênio nas hemácias, mas possuem as duas aglutininas, anti-A e anti-B no plasma.

(  ) Pessoas do Grupo O não tem aglutinogênios nas hemácias, mas possuem as duas aglutininas, anti-A e anti-B no plasma.

(  ) Pessoas do Grupo sanguíneo B possuem aglutinogênio B nas hemácias e aglutininas anti-A no plasma.

(  ) As aglutinações que caracterizam as incompatibilidades sanguíneas do Sistema ABO acontecem quando uma pessoa possuidora de determinada aglutinina recebe sangue com o aglutinogênio correspondente.

Indique a opção que apresenta a sequência correta das afirmativas verdadeiras (V) ou falsas (F), de cima para baixo.

a) F V V V V.

b) V V F V V.

c) V F V V V.

d) V F F V F.

e) F F V V V.

15.  (UEMA) Em uma família de quatro filhos, a mãe é do grupo sanguíneo O, o pai é do grupo sanguíneo B e as crianças são dos grupos O, AB, B e A. Quais das crianças são filhas biológicas do casal, de acordo com o sistema ABO?

a) As dos grupos B e O.

b) As dos grupos AB e B.

c) As dos grupos O e A.

d) As dos grupos O e AB.

e) As dos grupos A e AB.

16. (UEPB) Um homem (1) do tipo sanguíneo A, cujos pais têm sangue AB, casou-se com uma mulher (2) de tipo sanguíneo ignorado, gerando um filho (3) de tipo sanguíneo A. O indivíduo (3) casou-se com uma mulher (4) cujos pais têm sangue tipo B, e os avós paternos desta (4) sangue tipo AB e A, e os maternos tipo AB. Após análise dos dados, podemos afirmar que:

a) A esposa (4) é do tipo B e poderá receber transfusão sanguínea do marido.

b) A esposa (4) é do tipo O e não poderá receber transfusão sanguínea do marido.

c) A esposa (4) é do tipo A e poderá receber transfusão, do tipo A.

d) A esposa (4) é do tipo B e não poderá receber transfusão sanguínea do marido.

e) A esposa (4) é do tipo B e poderá receber transfusão de qualquer tipo sanguíneo.

17. (UNIVASF) Uma mulher do grupo sanguíneo (A), casada com um homem do grupo sanguíneo (B), deu à luz, em uma única gestação, a duas crianças, uma do tipo sanguíneo (AB) e a outra do tipo sanguíneo (B). Com relação a esse assunto, analise as proposições abaixo.

1. As duas crianças são gêmeas univitelinas, oriundas da fecundação de um óvulo por dois espermatozoides.

2. Trata-se de um caso de gêmeos fraternos, devendo ter ocorrido a fecundação de dois óvulos por dois espermatozoides.

3. Trata-se de gestação gemelar univitelínica, na qual ocorreu a fertilização de dois óvulos por dois espermatozoides.

4. Enquanto a mulher apresenta o genótipo IAIA, o esposo é genotipicamente heterozigótico IBi.

5. A probabilidade de a mulher em questão formar gametas contendo o alelo IA é de 50%.

Estão corretas apenas:

a) 1, 2 e 3.

b) 2, 3 e 4.

c) 4 e 5.

d) 2 e 3.

e) 2 e 5.

18. (UEPG) Os grupos sanguíneos, que foram descobertos há pouco mais de cem anos, são determinados geneticamente, como um caráter mendeliano. A respeito dessa temática, assinale o que for correto.

I    II

0  0 – De acordo com o sistema de grupos sanguíneos ABO, são possíveis oito genótipos diferentes.

1 1 – Em relação ao sistema sanguíneo ABO, no cruzamento A com B podem ocorrer descendentes sem anticorpos (aglutininas) no plasma.

2  2 – Nas transfusões de sangue, o aglutinogênio presente nas hemácias (antígeno) do doador deve ser compatível com a aglutinina presente no plasma (anticorpo) do receptor.

3  3 – Existem diferentes grupos sanguíneos na espécie humana, reunidos no sistema ABO. Quando gotas de sangue de pessoas distintas são misturadas sobre uma lâmina de vidro, pode haver ou não aglutinação das hemácias. A aglutinação é característica da reação antígeno-anticorpo.

4  4 – Um homem do grupo sanguíneo AB e uma mulher cujos avós paternos e maternos pertencem ao grupo sanguíneo O poderão ter apenas filhos do grupo O.

19. (UECE) Sabe-se que na herança de grupos sanguíneos do sistema ABO temos um caso de polialelia associada à co-dominância.  Analise as afirmações abaixo.

I. O doador universal é um fenótipo puro, pois só concorre para sua expressão um tipo de alelo.

II. Tanto o fenótipo do doador universal, quanto do receptor universal refletem a razão 1:3 encontrada na dominância completa, em relação aos fenótipos tipo “A” e tipo “B”.

III. Um casal de doadores universais poderá ter um filho receptor universal e, inversamente, um casal de receptores universais poderá ter um filho doador universal.

É (são) correta(s):

a) I.

b) II.

c) III.

d) I, II, III.

20. (UFAC) Uma mulher do grupo sanguíneo B, casada com um homem do mesmo grupo sanguíneo, tem uma criança do grupo sanguíneo O. O marido, desconfiado, acusa um indivíduo do grupo sanguíneo AB de ser o pai da criança. De acordo com o sistema sanguíneo ABO, assinale a alternativa correta.

a) A acusação é válida, pois o homem AB possui o gene IA.

b) A acusação é válida, pois o homem AB possui o gene IB.

c) A acusação não é válida, pois o homem AB possui o genótipo ii.

d) A acusação não é válida, pois o homem AB não possui o gene i.

21. (UEPB) Dois pacientes, em um hospital, têm as seguintes características de sangue:

PACIENTE 1: apresenta tanto anticorpos Anti-A como Anti-B no sangue.

PACIENTE 2: não apresenta anticorpos Anti-A nem Anti-B no sangue.

Pode-se afirmar que:

a) O paciente 2 é do tipo doador universal.

b) O paciente 1 pode receber sangue do paciente 2.

c) O paciente 1 só pode receber sangue A.

d) O paciente 2 só pode receber sangue AB.

e) O paciente 2 pode receber sangue A, B, AB ou O.

22. (UFLA) Um homem do grupo AB casou-se com uma mulher do grupo sanguíneo O. Qual a probabilidade desse casal ter um filho do grupo sanguíneo AB?

a) 50%.

b) 25%.

c) 100%.

d) 0%.

e) 75%.

23. (UFF) Mulher branca, submetida à inseminação artificial, deu à luz gêmeos de cor negra. O fato causou polêmica, já que o pai também é branco. A grande dúvida é saber se houve troca de embriões ou apenas de um dos gametas. Considere o fato relatado e suponha que a mãe tenha sangue tipo A e seja filha de pai e mãe com sangue tipo AB. Nesse caso, o tipo sanguíneo dos gêmeos poderia ser:

                            Adaptado do Jornal do Brasil, 1º de agosto de 2002.

a) A ou O.

b) A ou AB.

c) B ou O.

d) B ou A.

e) AB ou O.

24. (UNIFOR) Com relação ao sistema ABO, é possível originarem-se descendentes sem aglutininas antiA e anti-B no plasma a partir de casais do tipo sanguíneo:

a) A x B.

b) A x O.

c) B x O.

d) AB x O.

e) O x O.

25. (UFAC) Em decorrência de certos antígenos na superfície dos glóbulos vermelhos, a espécie humana apresenta quatro grupos sanguíneos: A, B, AB e O. Em relação ao grupo A, as pessoas que a ele pertencem possuem um antígeno chamado de aglutinogênio:

a) A.

b) B.

c) AB.

d) Anti-A.

e) Anti-B.

26. (UECE) Um homem e uma mulher, ambos do grupo sanguíneo “A” têm o primeiro filho do grupo sanguíneo “O”. A probabilidade do segundo filho desse casal ser do grupo sanguíneo “A” é:

a) zero.

b) 1/4.

c) 3/4.

d) 1/2.

27. (UFC) Num casal, o homem e a mulher possuem o sangue do mesmo tipo (AB). Qual a probabilidade de os filhos possuírem o mesmo tipo sanguíneo dos pais?

a) 1.

b) 3/4.

c) 1/2.

d) 1/4.

c) zero.

28. (UFMS) Com relação à hereditariedade dos tipos sanguíneos A, B, O, é correto afirmar que:

I   II

0  0 – Casais onde o homem possui sangue tipo AB e a mulher tipo O poderão ter filhos com sangue tipos A e B.

1  1 – Casais onde o homem possui sangue tipo B e a mulher tipo AB poderão ter filhos com sangue tipos A, B e O.

2  2 – Casais onde o homem e a mulher possuem o sangue tipo AB poderão ter filhos com sangue tipos A, B e AB.

3  3 – Casais onde o homem e a mulher possuem o sangue tipo A poderão ter filhos com sangue tipos A e AB.
4  4 – Casais onde o homem possui sangue tipo A e a mulher tipo B poderão ter filhos com sangue tipos A, B, AB e O.

29. (UFJF) Além do teste de DNA, há exames mais simples que podem ajudar a esclarecer dúvidas sobre paternidade. Por exemplo, o teste de tipagem sanguínea do sistema ABO permite determinar quem não pode ser o pai. Assinale a alternativa que apresenta uma situação em que esse exame assegura a exclusão da paternidade:

a) O filho é do tipo O, a mãe do tipo O e o suposto pai do tipo A.

b) O filho é do tipo AB, a mãe do tipo AB e o suposto pai do tipo O.

c) O filho é do tipo AB, a mãe do tipo A e o suposto pai do tipo B.

d) O filho é do tipo B, a mãe do tipo B e o suposto pai do tipo O.

e) O filho é do tipo A, a mãe do tipo A e o suposto pai do tipo B.

30. (UFSM) Para os grupos sanguíneos do sistema ABO, existem três alelos comuns na população humana. Dois (alelos A e B) são co-dominantes entre si e o outro (alelo O) é recessivo em relação aos outros dois. De acordo com essas informações, pode(m)-se afirmar:

I. Se os pais são do grupo sanguíneo O, os filhos também serão do grupo sanguíneo O.

II. Se um dos pais é do grupo sanguíneo A e o outro é do grupo sanguíneo B, todos os filhos serão do grupo sanguíneo AB.

III. Se os pais são do grupo sanguíneo A, os filhos poderão ser do grupo sanguíneo A ou O.

Está(ão) correta(s)

a) Apenas I.

b) Apenas II.

c) Apenas III.

d) Apenas I e III.

e) I, II e III.

GABARITO

01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

E

A

C

B

A

E

E

FVFFV

A

E

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

C

D

E

C

A

D

E

FVVVF

A

D

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

E

D

B

A

A

C

C

VFVFV

B

D

 

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 250 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: