Publicado por: Djalma Santos | 3 de outubro de 2010

Testes de Ecologia (1/4)

01. (UFPB) A taxa de crescimento de uma população depende de inúmeros fatores, tais como: número de indivíduos, taxa de mortalidade, taxa de natalidade, emigração, imigração, competição e outros fatores ligados ao potencial biótico da espécie e à capacidade de suporte do ambiente em unidade de tempo. O gráfico abaixo representa, de forma hipotética, a taxa de crescimento populacional em decorrência do tempo, da espécie Columba picazuro (asa branca), ave ocorrente na caatinga nordestina.

01

Com base na análise do gráfico e nos conhecimentos sobre crescimento populacional, identifique as afirmativas corretas sobre a população de C. picazuro:

I     II

0    0 – Terá a taxa de natalidade reduzida, quando o número de indivíduos se aproximar da capacidade de suporte.

1    1 – Aumentará independentemente dos efeitos da disponibilidade de alimentos, abrigo e nidação.

2    2 – Tenderá ao equilíbrio, quando a capacidade de suporte for igual ao número de indivíduos.

3    3 – Diminuirá com o aumento da emigração e com a redução da taxa de natalidade.

4    4 – Aumentará de forma constante e diretamente proporcional ao tempo.

02. (UESPI)Os Biocombustíveis têm sido chamados de “Petróleo Verde”. Sobre essa fonte energética, é correto afirmar:

a) São obtidos a partir de matéria orgânica morta animal ou vegetal.

b) São exemplos de fontes de biocombustíveis a cana-de-açúcar e o carvão mineral.

c) O biodiesel é obtido a partir de óleos vegetais como os de girassol, algodão e mamona.

d) Têm sido utilizados como combustível de aviões de grande porte.

e) São fontes energéticas renováveis não degradáveis por microrganismos heterotróficos.

03. (UNESP) O gráfico abaixo apresenta o estabelecimento e o crescimento de uma população qualquer em seu habitat.

03

Pode-se dizer que,

a) a partir do ponto C, a população está em Equilíbrio de Hardy-Weinberg.

b) no intervalo B-C, a resistência ambiental é diminuída.

c) no intervalo A-B, a seleção natural é mais intensa.

d) a partir do ponto C, intensifica-se a competição intraespecifica.

e) no ponto A, a predação é maior que nos pontos B e C.

04. (UNIFEI) Ecossistema é um local delimitado que apresenta fatores bióticos e abióticos que trocam matéria e energia entre si. Com relação ao ecossistema, é correto afirmar que:

a) Os decompositores são microrganismos que decompõem os restos de outros seres, restituindo somente compostos orgânicos ao meio ambiente.

b) Os animais carnívoros ou herbívoros são decompositores porque, alimentando-se de outros seres, os destroem.

c) Os consumidores são heterotróficos, isto é, produzem matéria orgânica a partir de substâncias inorgânicas obtidas de outros organismos.

d) Os produtores são autotróficos, isto é, produzem matéria orgânica necessária a sua manutenção a partir de substâncias inorgânicas.

05. (UNIVASF) O potencial biótico de uma população é a sua capacidade de aumentar o número de indivíduos em condições ideais, isto é, sem que haja nada para impedir esse aumento. Considerando a figura abaixo, é correto afirmar que o potencial biótico está representado:

05

a) Pela reta pontilhada 1.

b) Pela curva indicada em 2.

c) Pela curva indicada em 3.

d) Pelo segmento 4 da curva 3.

e) Pelas curvas 2 e 3 até o limite da reta 1.

06.(UFPel)À medida que a Terra aquece, devido ao efeito estufa, muitas espécies não conseguem se deslocar para climas mais amenos a tempo de sobreviver. Uma bióloga americana acredita que as pessoas podem ajudá-las nesse processo. Ela sugere a migração assistida como talvez a única forma de salvar espécies ameaçadas de extinção que não conseguem se adaptar às rápidas taxas de mudanças atuais nos ecossistemas.

Scientific American Brasil, n.83, abril/2009 [adapt.].

Com base no texto, é correto afirmar que:

a) A migração sugerida pela cientista pode ser favorável para a preservação da espécie que está sendo introduzida em outro ambiente, entretanto, pode ocorrer desequilíbrio ecológico se essa espécie se proliferar demasiadamente no novo ambiente pela oferta de alimentos e por não haver predador natural.

b) A extinção de uma determinada espécie traz prejuízo pela redução da biodiversidade, apesar de não acarretar danos ao ecossistema porque a existência de muitas outras espécies no ambiente garante a homeostase (equilíbrio).

c) A migração sugerida pela cientista é a solução mais correta para garantir a preservação da biodiversidade, sem acarretar prejuízos ao ambiente em que a espécie será introduzida, pois o ecossistema sempre tende a alcançar o equilíbrio, independente da introdução ou extinção de espécies do meio.

d) A extinção de espécies é um processo natural que ocorre independente da ação humana, assim, a migração assistida não é a melhor solução porque beneficia apenas uma única espécie em detrimento de outras. A introdução da nova espécie não altera o ecossistema, entretanto, é inviável a migração assistida para todas as espécies ameaçadas.

e) A migração assistida é desnecessária porque o ecossistema sempre estará em equilíbrio, assim, o aumento na temperatura do planeta pode levar a uma diminuição na população de uma determinada espécie, mas não levá-la a extinção, pois a espécie tende a se adaptar às novas condições e, com o tempo, aumentar novamente sua população.

07.(UFPel)A estrutura vegetal dos manguezais vem sendo alterada por atividades humanas, afetando a sobrevivência de diferentes animais. Estudos na Baía de Todos os Santos, na Bahia, onde estes ecossistemas têm sido destruídos por ocupações irregulares e pelo lançamento de resíduos industriais e domésticos, registrou a perda de área foliar em três espécies típicas do mangue – o mangue-vermelho (Rizophora mangle), o mangue-branco (Laguncularia racemosa) e o mangue-preto (Avicenniaschaueriana) –, o que reduz sua capacidade fotossintética. No manguezal situado na área de influência das indústrias petroquímicas, em Mataripe, por exemplo, a espécie Avicennia schaueriana apresenta folhas deformadas, com a lâmina encurvada e o tamanho menor, em contraste com as folhas sadias da mesma planta em outras áreas.

Ciência Hoje, v.40, n.235, março de 2007.

Com base em seus conhecimentos e no texto, é correto afirmar que no manguezal:

a) Bioma que apresenta arbustos com raízes respiratórias que emergem do solo alagado (pneumatóforos) – tem ocorrido menor captação de energia luminosa pela clorofila no estroma dos cloroplastos.

b) Bioma composto por várias espécies de coníferas que apresentam raízes escoras – tem ocorrido menor síntese de glicose pelo ciclo das pentoses no estroma dos cloroplastos.

c) Bioma adaptado à zona de transição entre o mar e a terra que possui árvores com raízes escoras – tem ocorrido menor síntese de glicose pelo ciclo das pentoses nas membranas internas dos tilacoides nos cloroplastos.

d) Bioma que apresenta arbustos com raízes escoras – tem ocorrido menor captação de energia luminosa pela clorofila nas membranas internas dos tilacoides nos cloroplastos.

e) Bioma que apresenta árvores caducifólias com raízes escoras e pneumatóforos – tem ocorrido redução no processo de produção de ATP com energia proveniente da luz (fotofosforilação) no espaço entre as membranas do cloroplasto.

08. (MACK)

08

Observando o esquema acima, considere as afirmações I, II, III e IV, abaixo.

I. A quantidade de energia de um nível trófico é sempre maior que a energia que pode ser transferida ao nível seguinte.

II. A energia dissipada de um nível trófico, na forma de calor, pode ser aproveitada pelo nível trófico seguinte.

III. Em uma cadeia alimentar, a quantidade de biomassa dos produtores é sempre maior do que a de todos os consumidores.

IV. Consumidores primários são sempre mais numerosos do que os consumidores secundários.

Estão corretas, apenas,

a) I e II.

b) I e III.

c) II e III.

d) I e IV.

e) II e IV.

09. (PUC-MG) Uma nova técnica que utiliza a energia nuclear para o controle de pragas, foi desenvolvida e já vem sendo utilizada por vários países. Ela consiste em tornar estéreis, por meio de radiação, uma grande quantidade de insetos, que posteriormente serão soltos nas lavouras. “Se houver na lavoura nove insetos estéreis para um fértil, a incidência da praga cai em 90% na geração seguinte”, afirma um pesquisador, acrescentando que, com esse método, os EUA eliminaram uma velha conhecida dos brasileiros: a mosca varejeira.

(Texto adaptado da Folha de S. Paulo, 26.05.1998.)

Com base no texto acima, assinale a afirmativa incorreta.

a) A esterilidade deve-se possivelmente à ação mutagênica da radiação.

b) Insetos estéreis não copulam com insetos férteis na natureza.

c) Insetos estéreis podem competir pelo alimento com os férteis contribuindo para a devastação da lavoura.

d) Esse procedimento exemplifica um controle biológico de pragas.

10. (FUVEST)O inseticida DDT, de uso proibido no Brasil, é acumulado ao longo das cadeias alimentares, sendo absorvido pelos produtores, passando para os consumidores primários, desses para os consumidores secundários e assim por diante. Após a utilização ilegal de DDT, em uma plantação, foi avaliada a porcentagem da substância acumulada na cadeia alimentar a seguir:

alfaces     →        insetos      →       sapos.

Espera-se obter a menor e a maior concentração de DDT, respectivamente, em:

a) Alfaces e insetos.

b) Sapos e insetos

c) Insetos e sapos.

d) Insetos e alfaces.

e) Alfaces e sapos.

11.(UEA)Para o plantio da mandioca, costuma-se empregar manivas ou toletes, que são partes das hastes ou ramos da planta. Um produtor selecionou vários ramos de uma mesma planta que considerou adequada e plantou os toletes em uma área de cerca de 10.000 m2. Quando da colheita da mandioca, observou que as plantas nas bordas da área produziram mais que aquelas do centro da área de plantio. Tal fato deve-se, mais provavelmente,

a) Às diferenças genotípicas entre as plantas da periferia e as do centro da área de cultivo.

b) Aos efeitos do ambiente, que deve apresentar variação entre a periferia e o centro da área de cultivo.

c) À ocorrência de mutações genéticas, que favorecem a produção na periferia da área de cultivo.

d) À competição pelos nutrientes do solo, competição essa que aumenta em intensidade do centro para a periferia da área de cultivo.

e) À existência de pragas agrícolas, que atacam as plantas da periferia da área de cultivo.

12. (UFTM) O gráfico apresenta quatro tipos de curvas, e afirmou-se que cada uma delas representaria uma situação da ecologia.

12

I. A curva I representaria a variação do número de produtores em um ambiente depois que houve a diminuição do número de consumidores primários.

II. A curva II representaria a variação da quantidade de energia ao se observar uma cadeia alimentar com diversos níveis tróficos.

III. A curva III representaria a variação do número de indivíduos que colonizaram uma área durante uma sucessão ecológica primária.

IV. A curva IV representaria uma população cujas taxas de mortalidade e de emigração estão superando as taxas de natalidade e de imigração.

É correto o que se afirma, apenas, em

a) I.

b) II.

c) III.

d) I e IV.

e) II e III.

13. (UTF-PR) Os liquens são capazes de viver em alguns dos mais inóspitos ambientes da Terra. O “musgo das renas” (Cladonia subtenuis) é um líquen abundante nos campos gelados do Ártico. Esses liquens são capazes de concentrar grande quantidade de substâncias radioativas, após testes nucleares atmosféricos ou acidentes com reatores nucleares. As renas que se alimentam desses liquens concentram ainda mais essas substâncias e as passam aos seres humanos e a outros animais que consomem sua carne ou, principalmente, através do leite e do queijo. Baseando-se no texto, assinale a alternativa em que está correta a informação dada.

a) Os campos gelados citados no texto correspondem ao bioma conhecido por Taiga.

b) O aumento da concentração de substâncias radioativas ao longo da cadeia alimentar é chamado de eutrofização.

c) Líquens são associações mutualísticas entre fungos e raízes de plantas rasteiras.

d) Os líquens compõem as espécies pioneiras numa sucessão ecológica primária.

e) A relação ecológica encontrada entre as renas e os líquens é denominada de comensalismo.

14. (FUVEST) A partir da contagem de indivíduos de uma população experimental de protozoários, durante determinado tempo, obtiveram-se os pontos e a curva média registrados no gráfico abaixo. Tal gráfico permite avaliar a capacidade limite do ambiente, ou seja, sua carga biótica máxima.

14

De acordo com o gráfico,

a) a capacidade limite do ambiente cresceu até o dia 6.

b) a capacidade limite do ambiente foi alcançada somente após o dia 20.

c) a taxa de mortalidade superou a de natalidade até o ponto em que a capacidade limite do ambiente foi alcançada.

d) a capacidade limite do ambiente aumentou com o aumento da população.

e) o tamanho da população ficou próximo da capacidade limite do ambiente entre os dias 8 e 20.

15. (UFPI) O ritmo acelerado de ações antrópicas nas extinções de espécies provoca sérias preocupações acerca do futuro da diversidade biológica na Terra. A conservação da biodiversidade não é apenas uma questão científica ou econômica, mas levanta uma série de preocupações morais e éticas que a definem. A maioria das atividades humanas que tem causado a extinção de espécies animais e vegetais não é nova, e não se sabe quantas espécies serão extintas durante os próximos 100 anos, todavia, medidas mais severas devem ser tomadas. Analise as proposições abaixo sobre os processos de extinção, como verdadeiras, se totalmente corretas, ou como falsas, em seguida, marque a alternativa correta:

I. A destruição e fragmentação do habitat são importantes causas de extinção de espécies atualmente, mas a sobre-exploração, a qual historicamente resultou em muitas extinções provocadas pelo homem, ainda é uma importante causa de extinção.

II. As espécies mais comuns não correm riscos de extinção, diferentemente das espécies raras, que são mais vulneráveis e, portanto, encontram-se mais ameaçadas de extinção.

III. Predadores, competidores e doenças exóticas introduzidas pelo homem são importantes causas de extinção.

IV. A melhor maneira para manter populações é estabelecer áreas nas quais as espécies e seus habitats sejam protegidos. Regiões com alto índice de riqueza de espécies e de endemismo não são consideradas áreas com alta prioridade para parques e reservas.

A sequência correta é:

a) V, F, F, V.

b) V, F, V, V.

c) F, V, F, V.

d) F, F, V, V.

e) V, F, V, F.

16. (UNIMONTES) Cadeia alimentar é a sequência de organismos que, dentro de um ecossistema, servem de alimento uns aos outros. A figura abaixo exemplifica esse processo. Observe-a.

16

De acordo com a figura e o assunto abordado, analise as afirmativas a seguir e assinale a alternativa correta.

a) Apenas o último nível da cadeia alimentar é formado por seres heterotróficos.

b) Os seres vivos que utilizam a energia luminosa na síntese de matéria orgânica ocupam o lugar da cadeia alimentar em que é encontrada a maior parte de energia.

c) Os produtores ocupam o segundo nível da cadeia e não conseguem produzir sua própria energia.

d) Os decompositores estão presentes em todos os níveis da cadeia, mas fornecem nutrientes principalmente para os seres do último nível.

17. (UNEMAT) Analise a teia alimentar do esquema abaixo.

17

1. V é consumidor primário e terciário.

2. O é consumidor secundário.

3. H é consumidor primário e secundário.

4. O é decompositor.

5. Y é consumidor primário.

Com base nas afirmações acima, assinale a alternativa correta.

a) 1, 2 e 3 são corretas.

b) 2, 3 e 4 são corretas.

c) 2, 3 e 5 são corretas.

d) 2, 4 e 5 são corretas.

e) 3, 4 e 5 são corretas.

18. (UFAL) Os conhecimentos de restauração florestal tomaram grande impulso nos últimos anos. Estes plantios tiveram como objetivo a recuperação da flora, controle da erosão e assoreamento, proteção à fauna, restabelecimento do equilíbrio ecológico, melhoria do clima, recreação, lazer, embelezamento do ambiente, e muito mais. O mecanismo pelo qual as florestas tropicais se renovam pela recomposição de locais perturbados que ocorrem em diferentes pontos da mata é denominado sucessão secundária. O plantio de espécies florestais nativas contribui com o processo de aceleração da formação de florestas densas que, acontecendo de forma natural, levaria muito tempo para seu restabelecimento.

18

Dadas as afirmações sobre o assunto,

I. Nas sucessões, a comunidade que existe num dado momento é fundamental para que uma outra comunidade, diferente da primeira se estabeleça. As diversas comunidades se sucedem, até que se atinja um estágio de relativa estabilidade e equilíbrio denominada comunidade clímax, que se instala de forma permanente.

II. Quando a sucessão ocorre numa área em que não há mais vida aparente, como um campo abandonado ou uma floresta após um incêndio, trata-se de uma sucessão primária.

III. A grande estabilidade da comunidade clímax deve-se principalmente a sua grande diversidade de espécies.

Está(ão) correta(s):

a) III, apenas.

b) I e III.

c) I, apenas.

d) II e III.

e) I, II e III.

19. (UFSCar) As temperaturas corporais de um felino e de uma serpente foram registradas em diferentes condições de temperatura ambiental. Os resultados estão apresentados na tabela abaixo.

TEMPERATURA (OC)
Ambiente Felino Serpente
10 37 11
20 38 21
30 38 30

Com base nesses resultados, pode-se considerar que

a) A serpente é ectotérmica, pois sua temperatura corporal é variável e independe da temperatura ambiente.

b) O felino é ectotérmico, pois a variação da temperatura ambiente não interfere na sua temperatura corporal.

c) A serpente e o felino podem ser considerados ectotérmicos, pois, na temperatura ambiente de 10oC, apresentam as menores temperaturas corporais.

d) O felino é endotérmico, pois sua temperatura corporal é pouco variável e independe da temperatura ambiente.

e) A serpente é endotérmica, pois a variação de sua temperatura corporal acompanha a variação da temperatura ambiente.

20. (UEPB) Seu Antonio Capitulino, sitiante do brejo paraibano, sentiu-se incomodado com a grande quantidade de sapos em sua propriedade rural, por isso resolveu livrar-se dos “intrusos” lançando sal (NaCl) sobre eles. Analise as proposições abaixo:

I. É uma prática incorreta, uma vez que os sapos controlam as populações de insetos.

II. É uma prática correta, pois o canto de acasalamento de sapos é extremamente desagradável.

III. O lançamento de NaCl sobre a pele dos sapos provocará um processo de desidratação, já que esses animais apresentam pele ricamente vascularizada e sem estruturas especializadas que evitem a perda de água.

IV. O lançamento de NaCl não alterará em nada a população de sapos no local, pois não passa de crendice popular.

Está(ão) correta(s):

a) I, apenas.

b) I e III.

c) II e III.

d) III, apenas.

e) I e IV.

GABARITO

 

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
VFVVF C D D B A D B B E
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
B C D E E B C B D B
Anúncios

Responses

  1. Professor, por que a terceira questão não pode ser letra a, representando o Equilíbrio de Hardy-Weinberg?

    • Prezado Fernando
      – O gráfico mostra que a partir do ponto C ocorre um equilíbrio entre o número de indivíduos e os fatores ambientais. Um desses fatores é a competição intraespecífica por alimento, por espaço, locais de reprodução, etc.
      – Como o enunciado diz respeito a uma população (“…O gráfico apresenta o estabelecimento e o crescimento de uma população qualquer em seu habitat. …”), a competição é, realmente, intraespecífica (entre seres da mesma espécie);
      – Alternativa correta: D (“d) a partir do ponto C, intensifica-se a competição intraespecífica.”).
      – Não se pode, nesta questão, relacionar o equilíbrio a partir do ponto C com o princípio de Hardy-Weinberg, que requer uma série de fatores para que seja estabelecido (ver Genética de Populações, matéria publicada neste blog no dia 21/08/2013).
      Um abraço
      Djalma Santos

  2. Professor, referente a questão n° 1, alternativa “0” :
    está correto dizer que a taxa de natalidade diminuiu? Não foi a taxa de mortalidade que aumentou devido a falta de recursos do meio?

    • Prezada Vitória
      – Alternativa 0 0 (“Terá a taxa de natalidade reduzida, quando o número de indivíduos se aproximar da capacidade de suporte.”).
      – Capacidade suporte é o número máximo de indivíduos que o ambiente pode suportar. Trata-se de um conceito importante em ecologia e é determinado por vários fatores, que incluem a quantidade de alimentos disponível; o espaço; a luz; o grau de competição; doença; predação e acumulação de lixo. Tais fatores inibem a população de uma espécie de crescer além de um determinado ponto dentro do habitat, e ao chegar àquele ponto ela se estabiliza, flutuando dentro de números limitados. Qualquer aumento nesse limite depende da capacidade do ser reduzir o tamanho de seu corpo. A competição por comida e espaço num habitat superpovoado frequentemente produz indivíduos menores que reproduzem menos.
      – Perceba que a alternativa diz que “há redução da taxa de natalidade”. Realmente essa redução ocorre, embora outros fatores possam ser determinantes para o estabelecimento da capacidade suporte.
      Um abraço
      Djalma Santos

  3. Pode explicar a questão número 8?

    • Cara Tatiana
      Veja a seguir a solução da questão 08, que você solicitou.
      – AFIRMATIVA I (“A quantidade de energia de um nível trófico é sempre maior que a energia que pode ser transferida ao nível seguinte.”) – CORRETA
      * A energia, cuja fonte primária é o Sol, é captada pelos produtores e flui pelo corpo dos consumidores e decompositores. O fluxo de energia é unidirecional e, a cada nível trófico, parte da energia que entrou na cadeia alimentar é dissipada, como mostra o esquema contido na referida questão.
      – AFIRMATIVA II (“A energia dissipada de um nível trófico, na forma de calor, pode ser aproveitada pelo nível trófico seguinte.”) – INCORRETA
      * Ao contrário do que consta nesta afirmativa a energia dissipada de um nível trófico, sob a forma de calor, não é aproveitada pelo nível trófico seguinte, o que pode ser constatado no esquema da questão em foco.
      – AFIRMATIVA III (“Em uma cadeia alimentar, a quantidade de biomassa dos produtores é sempre maior do que a de todos os consumidores.”) – CORRETA
      * A exemplo da energia, a biomassa decresce a cada nível trófico.
      – AFIRMATIVA II (“Consumidores primários são sempre mais numerosos do que os consumidores secundários.”) – INCORRETA
      * Considerando uma pirâmide de número, os consumidores primários podem ser menos numerosos que o secundário. Tomemos como exemplo uma pirâmide: Árvore (produtor) – Insetos (consumidores primários) e Protozoários parasitas (consumidores secundários). Neste caso, em uma única árvore pode haver vários insetos e, em cada inseto, podem existir vários protozoários parasitas. Do exposto, podemos concluir que o número de consumidores primários (insetos) é menor que o de consumidores secundários (protozoários parasitas).
      – ESTÃO CORRETAS I e III (alternativa B).
      Sucesso
      Djalma Santos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: