Publicado por: Djalma Santos | 17 de outubro de 2010

Testes de sistema respiratório (1/3)

01. (FATEC-SP) O gráfico abaixo mostra as curvas de saturação de dois tipos de hemoglobina (Hb) que se ligam ao oxigênio (O2).

01

Essas curvas nos permitem concluir que:

a) a hemoglobina 1 possui menor afinidade pelo O2 que a hemoglobina 2.

b) a hemoglobina 1 possui maior afinidade pelo O2 que a hemoglobina 2.

c) as hemoglobinas 1 e 2 possuem a mesma afinidade pelo O2.

d) a hemoglobina 1 fica saturada somente nas maiores pressões parciais de O2.

e) a hemoglobina 1 nunca fica saturada, uma vez que a hemoglobina 2 impede tal evento.

02. (UFCG) O processo de troca gasosa (aquisição de gás oxigênio e eliminação de gás carbônico), ou seja, a respiração ocorre de várias maneiras entre os animais. São conhecidos 4 mecanismos básicos: respiração tegumentar ou cutânea, branquial, traqueal e pulmonar. De acordo com esses tipos de respiração. Relacione-os aos respectivos organismos, podendo ocorrer mais de um mecanismo para o mesmo animal.

A. Tegumentar ou cutânea.

B. Branquial.

C. Traqueal.

D. Pulmonar.

1. Peixes.

2. Minhoca.

3. Cão.

4. Mosca.

Assinale a associação correta:

a) A-2; B-1; C-4; D-1; D-3.

b) A-1; A-2; B-2; C-3; D-4.

c) A-4; B-1; C-2; D-3; D-2.

d) A-2; B-1; C-2; C-3; D-4.

e) A-3; B-4; C-4; D-2; D-1.

03. (FURG) Baseando-se no princípio da difusão do CO2 no corpo de mamíferos, elabore a sequência dos locais de maior para menor pressão parcial do gás carbônico (PCO2) em mamíferos:

I. Alvéolo

II. Líquido intracelular (citosol)

III. Porção venosa do capilar

A sequência correta é:

a) III, I e II.

b) I, II e III.

c) I, III e II.

d) III, II e I.

e) II, III e I.

04. (FGV) Desde o dia 07 de agosto de 2009, uma lei estadual proíbe o fumo em ambientes fechados coletivos no Estado de São Paulo. A medida é bem vinda, pois se sabe que dentre os inúmeros problemas de saúde causados ou agravados pelo fumo, um deles é o fato de o monóxido de carbono (CO), presente na fumaça do cigarro,

a) causar irritação no epitélio das vias aéreas superiores, favorecendo infecções e dificultando o aporte de oxigênio aos pulmões.

b) provocar lesões nas paredes dos alvéolos, que se rompem e ampliam a superfície do tecido para trocas gasosas.

c) provocar lesões nas organelas das células das mucosas das vias aéreas e dos pulmões, o que é a causa primária do câncer.

d) provocar rigidez dos brônquios e do diafragma, comprometendo a capacidade de inspiração e expiração.

e) estabelecer uma ligação química com a hemoglobina, resultando em hemácias com baixo potencial de oxigenação.

05. (UEL) O esquema abaixo mostra a organização de parte da parede do corpo de um animal.

05

Esse animal pode ser:

a) um peixe.

b) um inseto.

c) uma minhoca.

d) uma aranha.

e) uma planária.

06. (UEG) Na escala zoológica, diversos organismos aquáticos ou terrestres apresentam estruturas adaptadas à obtenção do oxigênio. Diante disso, as trocas gasosas ocorrem:

a) nas planárias por osmose ao longo do sistema traqueal e das células-flama, localizadas ao longo do corpo.

b) nas minhocas por absorção ativa nas glândulas calcíferas presentes nos vasos sanguíneos anteriores e dorsais.

c) nos insetos por difusão no sistema traqueal, chegando ao sangue, que faz a distribuição até o coração dorsal.

d) nos peixes por difusão nos filamentos branquiais das guelras, num mecanismo de contracorrente.

e) nas aves por absorção ativa nos sacos aéreos localizados nas asas e na siringe anexa à traqueia.

07. (PUC-RIO) Os pulmões dos mamíferos não possuem capacidade de movimento próprio. Assim, necessitam da movimentação de um músculo específico denominado diafragma. Identifique o mecanismo através do qual ocorre a entrada e a saída de ar dos pulmões.

a) Quando o músculo cardíaco se contrai, o volume da caixa torácica aumenta, provocando a expulsão de ar dos pulmões.

b) Quando o diafragma se contrai, o volume da caixa torácica diminui, aumentando a pressão interna pulmonar e forçando a entrada de ar nos pulmões.

c) Quando o diafragma se contrai, o volume da caixa torácica aumenta, diminuindo a pressão interna pulmonar e forçando a entrada do ar nos pulmões.

d) Quando os músculos intercostais se contraem, o volume da caixa torácica aumenta, provocando a expulsão de ar dos pulmões.

e) Quando o músculo peitoral se distende, o volume da caixa torácica diminui, promovendo a entrada do ar nos pulmões.

08. (UEFS) As estruturas apresentadas a seguir exemplificam a diversidade de adaptações encontradas nos animais para permitir a troca de gases respiratórios do ambiente externo com o interior do corpo.

08

A respeito da fisiologia relacionada a essas trocas gasosas, pode-se afirmar que:

a) as trocas gasosas na superfície respiratória ocorrem exclusivamente em animais adaptados ao ambiente terrestre.

b) a maior parte dos invertebrados que apresentam trocas gasosas com o ar são insetos, os quais possuem eficientes pigmentos respiratórios de transporte de oxigênio pelo sangue.

c) as brânquias não apresentam adaptação ao ambiente terrestre devido à menor concentração de oxigênio dissolvido encontrado nesse meio, se comparado ao ambiente aquático.

d) uma característica presente nas diversas adaptações para troca gasosa nos animais é a extensa área superficial para a difusão dos gases respiratórios.

e) os pulmões são capazes de suprir todas as necessidades de trocas gasosas nos diversos grupos de vertebrados terrestres.

09. (UNESP) Dados da Organização Mundial de Saúde indicam que crianças filhas de mães fumantes têm, ao nascer, peso médio inferior ao de crianças filhas de mães não-fumantes. Sobre esse fato, um estudante fez as seguintes afirmações:

I. O cigarro provoca maior concentração de monóxido de carbono (CO) no sangue e provoca constrição dos vasos sanguíneos da fumante.

II. O CO se associa à hemoglobina formando a carboxiemoglobina, um composto quimicamente estável que favorece a ligação da hemoglobina ao oxigênio.

III. O oxigênio, ligado à hemoglobina, fica indisponível para as células e desse modo o sangue materno chega à placenta com taxas reduzidas de oxigênio.

IV. A constrição dos vasos sanguíneos maternos diminui o aporte de sangue à placenta, e desse modo reduz-se a quantidade de oxigênio e nutrientes que chegam ao feto.

V. Com menos oxigênio e menos nutrientes, o desenvolvimento do feto é mais lento, e a criança chegará ao final da gestação com peso abaixo do normal.

Sabendo-se que a afirmação I está correta, então podemos afirmar que:

a) a afirmação II também está correta, mas esta não tem por consequência o contido na afirmação III.

b) as afirmações II e III também estão corretas, e ambas têm por consequência o contido na afirmação V.

c) a afirmação III também está correta, mas esta não tem por consequência o contido na afirmação V.

d) a afirmação IV também está correta e tem por consequência o contido na afirmação V.
e) as afirmações II, III e IV estão corretas, e têm por consequência o contido na afirmação V.

10. (UPE) Respirar é preciso. É um ato geralmente inconsciente. O nosso corpo se encarrega de equilibrar a entrada do oxigênio e a eliminação do gás carbônico, dependendo de nossas necessidades fisiológicas. Mas, há circunstâncias em que é necessário respirar conscientemente. É o que ocorre em um treinamento físico de um nadador que, explorando o seu potencial aeróbico e ritmo respiratório, alcança vantagens em seu desempenho. Analise as afirmativas abaixo sobre a fisiologia da respiração e conclua.

I   II

0   0 – Os pigmentos respiratórios, como a hemoglobina e a hemocianina, estão dissolvidos no plasma, produzindo a coloração vermelha de nosso sangue. São substâncias orgânicas, que se ligam ao oxigênio ou ao gás carbônico reversivelmente.

1   1 – A respiração funciona perfeitamente bem, sem necessidade de empenho consciente por parte do ser humano, por estar sob o controle do sistema nervoso autônomo. Sob esse controle, o ritmo respiratório varia de acordo com as necessidades fisiológicas.

2  2 – Nos movimentos respiratórios de inspiração e expiração, músculos se contraem e relaxam, modificando o volume da caixa torácica. Através da contração dos músculos intercostais e relaxamento do diafragma, ocorre a inspiração. Quando os intercostais relaxam, e o diafragma contrai, ocorre a expiração do ar.

3  3 – A hematose ocorre nos alvéolos pulmonares; em sua cavidade, a concentração de oxigênio é superior à dos capilares sanguíneos, e, por difusão, o gás oxigênio passa para o sangue, ocorrendo o inverso com o gás carbônico.

4  4 – Após uma inspiração forçada, seguida de expiração forçada máxima, permanece, nos pulmões, certo volume de ar, o ar residual. Deste modo, por mais intensa que seja a expiração, o pulmão nunca esvazia completamente.

11. (UNIVASF) Em relação ao que ocorre nas superfícies respiratórias do homem, uma das afirmações a seguir está incorreta. Assinale-a.

a) As trocas gasosas ocorrem por transporte ativo.

b) O processo de hematose possibilita que o sangue venoso passe a ser sangue arterial.

c) Praticamente, todo o oxigênio recebido na respiração é transportado pela hemoglobina.

d) A maior parte do gás carbônico recebido na respiração, aproximadamente 70%, é transportada sob a forma de íons bicarbonato no plasma.

e) Cerca de 7% do gás carbônico recebido na respiração é transportado pelo plasma como CO2.

12. (UFCG) O ar dos pulmões é constantemente renovado, de modo a garantir um suprimento contínuo de gás oxigênio ao sangue que circula pelos alvéolos pulmonares. Com relação a esse assunto, julgue os itens abaixo e assinale a alternativa correta:

a) O diafragma sobe e as costelas descem, aumentando o volume da caixa torácica e forçando o ar a entrar nos pulmões.

b) A entrada de ar nos pulmões denominada de inspiração dá-se pela contração da musculatura do diafragma e dos músculos intercostais.

c) Durante a expiração ocorre uma compressão da caixa torácica favorecendo a liberação do excesso de oxigênio.

d) Em regiões de altitudes elevadas a respiração é facilitada devido à baixa tensão de oxigênio no ar.

e) A atividade muscular, relativamente intensa, aumenta a taxa de CO2 no sangue, e consequentemente reduz a frequência respiratória.

13. (CESGRANRIO) Nos esquemas abaixo, o aparelho respiratório humano está sendo representado e neles são localizadas suas principais estruturas, tais como: vias aéreas superiores, traqueia, brônquios, bronquíolos, bronquíolos terminais e sacos alveolares, que se encontram numerados. Sobre este desenho são feitas três afirmativas:

13

I. Em 4, o ar passa em direção aos pulmões após ter sido aquecido em 1.

II. Em 6, o oxigênio do ar penetra nos vasos sanguíneos, sendo o fenômeno conhecido como hematose.

III. Em 8, o gás carbônico proveniente do sangue passa para o ar.

Assinale:

a) se somente I for correta.

b) se somente II for correta.

c) se somente I e II forem corretas.

d) se somente I e III forem corretas.

e) se I, II e III forem corretas.

14. (UEPB) Sobre o processo respiratório, podemos afirmar:

I. O controle do ritmo respiratório é exercido pelo bulbo e deve-se principalmente à percepção da concentração de CO2 no sangue; essa percepção ocorre no próprio bulbo e em células quimiorreceptoras localizadas na aorta e nas carótidas.

II. O pulmão das aves não é alveolar e dele partem os sacos aéreos, havendo até mesmo vias que partem desses sacos e penetram nos ossos pneumáticos.

III. O processo de respiração branquial nos peixes é do tipo contracorrente, ou seja, o sangue circula pelos filamentos branquiais no sentido contrário ao da circulação da água.

Assinale a alternativa que representa a(s) afirmativa(s) correta(s)

a)I e III, apenas.

b)II, apenas.

c)III, apenas.

d) I, II e III.

e)I, apenas.

15. (UFV) A figura abaixo representa os componentes do sistema respiratório humano. As estruturas numeradas de I a V correspondem, respectivamente, a:

15

a) laringe, faringe, bronquíolos, traqueia, brônquio.

b) laringe, faringe, traqueia, brônquio, bronquíolos.

c) faringe, laringe, bronquíolos, traqueia, brônquio.

d) faringe, laringe, traqueia, brônquio, bronquíolos.

e) faringe, laringe, traqueia, bronquíolos, brônquio.

16. (UFCE) A respiração pressupõe trocas gasosas, onde o O2 precisa ser introduzido no organismo e eliminado o CO2. Sobre a respiração, assinale a(s) assertivas(s) correta(s).

I  II

0   0 – A hematose alveolar é o processo de difusão de O2 do ar para o sangue e do CO2 do sangue para o ar.

1    1 – O sangue que chega ao alvéolo é caracterizado por baixa tensão de CO2.

2   2 – No homem, o sangue participa do transporte dos gases respiratórios.

3   3 – O ar inspirado pelo homem adota, sequencialmente, o seguinte trajeto: fossas nasais, laringe, faringe, traqueia, bronquíolos, brônquios e alvéolos.

4  4 – A prática comum entre os mergulhadores, de inspirar profundamente antes do mergulho, é extremamente perigosa por provocar redução nos níveis de CO2 sanguíneo e consequentemente haver estímulo ao centro respiratório.

17. (UECE) A pressão de O2 e o pH são responsáveis pela afinidade da hemoglobina pelo oxigênio. Comparando estes dois parâmetros nos pulmões e nos tecidos do corpo, podemos afirmar corretamente que nos pulmões:

a) o pH é maior que nos tecidos e a pressão de O2 também é maior.

b) o pH é maior que nos tecidos e a pressão de O2 é menor.

c) o pH é menor que nos tecidos e a pressão de O2 também é menor.

d) o pH é menor que nos tecidos e a pressão de O2 é maior.

18. (UFSCAR) Os esquemas representam processos químicos que ocorrem nas hemácias de uma pessoa, envolvendo hemoglobina (Hb), gás oxigênio e gás carbônico.

18

Os locais onde ocorrem as situações representadas em I e II são, respectivamente,

a) intestino e músculo.

b) pele e músculo.

c) rim e intestino.

d) rim e pulmão.

e) pulmão e pele.

19. (FUVALE) Os pulmões podem encher ou esvaziar de ar, dependendo da ação dos músculo intercostais e do diafragma. Durante a expiração humana, podemos afirmar que:

a) O diafragma sobe, o volume da caixa torácica diminui e a pressão intrapulmonar aumenta.

b) O diafragma desce, o volume da caixa torácica aumenta e a pressão intrapulmonar aumenta.

c) O diafragma sobe, o volume da caixa torácica aumenta e a pressão intrapulmonar diminui.

d) O diafragma desce, o volume da caixa torácica diminui e a pressão intrapulmonar diminui.

e) O diafragma desce, o volume da caixa torácica aumenta e a pressão intrapulmonar diminui.

20. (PUC-PR) A respiração é o fenômeno vital pelo qual os seres vivos extraem a energia química armazenada nos alimentos e a utilizam nos seus diversos processos metabólicos. No mecanismo respiratório, os animais podem efetuar as trocas gasosas com o ambiente, de várias maneiras. Assim temos os exemplos de animais com o correspondente tipo de respiração:

(1) minhoca

(2) tubarão

(3) gafanhoto

(4) galinha

(5) aranha

(   ) respiração filotraqueal

(   ) respiração traqueal

(   ) respiração cutânea

(   ) respiração branquial

(   ) respiração pulmonar

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:

a) 35421.

b) 53241.

c) 34512.

d) 53124.

e) 12345.

GABARITO

01

02 03 04 05 06 07 08 09

10

B

A E E C D C D D

FVFVV

11

12 13 14 15 16 17 18 19

20

A

B

D D D VFVFF A D A

D

Anúncios

Responses

  1. Oi professor, como vai? Tenho uma dúvida: Pq na questão 6, não pode ser a resposta c?
    Mto Obg pela ajuda! Abrçs

    • 06. (UEG) Na escala zoológica, diversos organismos aquáticos ou terrestres apresentam estruturas adaptadas à obtenção do oxigênio. Diante disso, as trocas gasosas ocorrem:
      a) nas planárias por osmose ao longo do sistema traqueal e das células-flama, localizadas ao longo do corpo.
      b) nas minhocas por absorção ativa nas glândulas calcíferas presentes nos vasos sanguíneos anteriores e dorsais.
      c) nos insetos por difusão no sistema traqueal, chegando ao sangue, que faz a distribuição até o coração dorsal.
      d) nos peixes por difusão nos filamentos branquiais das guelras, num mecanismo de contracorrente.
      e) nas aves por absorção ativa nos sacos aéreos localizados nas asas e na siringe anexa à traqueia.
      Prezada Alexandra
      – ALTERNATIVA C (“nos insetos por difusão no sistema traqueal, chegando ao sangue, que faz a distribuição até o coração dorsal.”) – INCORRETA.
      – O sistema respiratório traqueal não depende do sistema circulatório (sangue) para o transporte dos gases respiratórios.
      Um abraço
      Djalma Santos

  2. a questão 2 possui a resposta errada pois os peixes fazem apenas respiração branquial e está dizendo q ele faz pulmonar, impossivel

    • 02. (UFCG) O processo de troca gasosa (aquisição de gás oxigênio e eliminação de gás carbônico), ou seja, a respiração ocorre de várias maneiras entre os animais. São conhecidos 4 mecanismos básicos: respiração tegumentar ou cutânea, branquial, traqueal e pulmonar. De acordo com esses tipos de respiração. Relacione-os aos respectivos organismos, podendo ocorrer mais de um mecanismo para o mesmo animal.
      A. Tegumentar ou cutânea.
      B. Branquial.
      C. Traqueal.
      D. Pulmonar.
      1. Peixes.
      2. Minhoca.
      3. Cão.
      4. Mosca.
      Assinale a associação correta:
      a) A-2; B-1; C-4; D-1; D-3.
      b) A-1; A-2; B-2; C-3; D-4.
      c) A-4; B-1; C-2; D-3; D-2.
      d) A-2; B-1; C-2; C-3; D-4.
      e) A-3; B-4; C-4; D-2; D-1.
      Lívia
      Veja, a seguir, a explicação que você solicitou.
      ALTERNATIVA CORRETA: A (“A-2; B-1; C-4; D-1; D-3.”).
      – Há um grupo de peixes ósseos que possui respiração pulmonar, além da branquial, sendo chamado de dipnoicos (Dipnoi) ou peixes pulmonados, como a piramboia. Eles constituem um grupo que vive exclusivamente em ambientes de água doce, tendo como principal característica a respiração através de uma estrutura que funciona como um pulmão, capaz de extrair oxigênio diretamente do ar atmosférico. Essa estrutura, ligada à faringe, possui paredes muitos finas e ricamente vascularizada, nas quais o sangue circula e captura oxigênio do ar atmosférico. Esses peixes são verdadeiros “fosseis vivos”, constituindo exemplos de como ocorreu a evolução da respiração aquática para a aérea. Nos períodos de seca, eles ficam expostos à água com baixas concentrações de oxigênio ou a áreas nas quais os ambientes aquáticos praticamente secam.
      – Sugiro que faça uma revisão envolvendo sistema respiratório, principalmente, sobre os peixes pulmonados.
      Djalma Santos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: