Publicado por: Djalma Santos | 15 de novembro de 2010

Testes de sistema muscular (1/4)

01. (UFPI) A contração muscular depende da disponibilidade de íons cálcio, e o relaxamento está na dependência da ausência desses íons. A regulação do fluxo do íon cálcio está corretamente descrita em:

a) A membrana do retículo endoplasmático rugoso é polarizada por estímulo nervoso; os íons Ca3+, concentrados nas cisternas, são liberados passivamente e atingem os filamentos finos e grossos da vizinhança; ligando-se à troponina e permitindo a formação de pontes entre a actina e a miosina; ao terminar a polarização, o retículo endoplasmático rugoso, por processo de ativação, transporta novamente o cálcio para o interior das cisternas, o que novamente aciona a atividade contrátil.

b) A membrana do retículo sarcoplasmático é despolarizada por estímulo nervoso; os íons Ca2+, concentrados nas suas cisternas, são liberados passivamente e atingem os filamentos finos e grossos da vizinhança; ligando-se à troponina e permitindo a formação de pontes entre a actina e a miosina presentes nas fibras musculares; ao terminar a despolarização, o retículo sarcoplasmático, por processo ativo, transporta novamente o cálcio para o interior das cisternas, o que interrompe a atividade contrátil.

c) A membrana do retículo endoplasmático rugoso é polarizada por estímulo nervoso; os íons Ca1+, concentrados nas cisternas, são liberados passivamente e atingem os filamentos finos e grossos da vizinhança; ligando-se à miosina e permitindo a formação de pontes entre a troponina e a actina; ao terminar a polarização, o retículo endoplasmático liso, por processo de ativação, transporta novamente o cálcio para o interior das cisternas, o que interrompe a atividade contrátil.

d) A membrana do retículo endoplasmático liso é despolarizada por estímulo nervoso; os íons Ca2+, concentrados nas cisternas, são liberados passivamente e atingem os filamentos finos e grossos da vizinhança; ligando-se à actina e permitindo a formação de pontes entre a actina e a troponina; ao terminar a despolarização, o retículo sarcoplasmático rugoso, por processo de ativação, transporta novamente o cálcio para o interior das cisternas, o que interrompe a atividade contrátil.

e) A membrana do retículo sarcoplasmático é despolarizada por estímulo nervoso; os íons Ca2-, concentrados nas cisternas, são liberados ativamente e atingem os filamentos finos e grossos da vizinhança; ligando-se à troponina e permitindo a formação de pontes entre a actina e a miosina; ao terminar a despolarização, o retículo sarcoplasmático, por processo passivo, transporta novamente o cálcio para o interior das cisternas, o que interrompe a atividade contrátil.

02. (UEPG) A respeito da fisiologia e da constituição dos músculos, assinale o que for correto.

I   II

0  0 – Os músculos se relacionam com a locomoção e com outros movimentos do corpo, como a contração dos órgãos do tubo digestório, do coração e das artérias.

1  1 – No indivíduo adulto não ocorre regeneração muscular cardíaca, esquelética ou lisa.

2  2 – A atividade física estimula as células musculares esqueléticas a produzirem mais miofibrilas, o que produz um aumento do seu volume e, consequentemente, do músculo.

3  3 – As células satélites, situadas no tecido conjuntivo que reveste o músculo, são importantes nos processos de regeneração de lesões.

4  4 – As células dos músculos são alongadas e recebem o nome de fibras musculares ou miócitos. Elas são ricas em filamentos proteicos actina e miosina, responsáveis pela sua grande capacidade

de contração e distensão.

03. (UECE) As afirmações a seguir estão relacionadas ao processo de contração muscular:

I. A actina desliza sobre a queratina.

II. A energia é fornecida pelo ATP.

III. A energia é “produzida” pelo processo de respiração aeróbica, na presença de oxigênio, ou quando falta o oxigênio pelo processo de fermentação láctica.

Podemos afirmar que são verdadeiras

a) somente a I e a II.

b) somente a II e a III.

c) somente a I e a III.

d) a I, a II e a III.

04. (UFPB) O tecido muscular caracteriza-se por apresentar diversidade morfológica e células especializadas e responsáveis pelos movimentos. Sobre a estrutura dos tecidos musculares e suas características, é correto afirmar:

a) Os sarcômeros são constituídos unicamente por filamentos proteicos de miosina.

b) A contração, nas células musculares, é causada pela ausência de ATP e íons cálcio, livres no citosol.

c) Os filamentos de actina deslizam entre os de miosina durante a contração muscular.

d) As fibras musculares brancas, nos músculos esqueléticos, são ricas em mioglobina e possuem grande quantidade de mitocôndrias.

e) As fibras musculares esqueléticas de um indivíduo que passa muito tempo em repouso apresentam altas concentrações de ácido lático.

05. Uma fibra muscular individualizada, ao ser estimulada eletricamente, apresenta uma resposta do tipo tudo ou nada. Já um músculo inteiro mostra um aumento gradual de contração, à medida que aumenta gradualmente a intensidade do estímulo. A seguir são apresentados quatro gráficos.

05

Os que representam melhor o que foi dito sobre as contrações da fibra isolada e do músculo inteiro são, respectivamente:

a) I e II.

b) II e III.

c) III e IV.

d) IV e I.

e) II e I.

06. (UFPel) As fibras musculares são responsáveis pelos movimentos, e podem ser divididas em duas categorias principais: as fibras de contração rápida (fibras brancas) e as de contração lenta (fibras vermelhas). Os músculos esqueléticos apresentam os dois tipos de fibras em proporções diferentes. Hoje são bem conhecidos os fatores biológicos que controlam a proporção dos dois tipos de fibras nos músculos. Já é possível criar, em laboratório, camundongos com alterações genéticas (doping genético), que têm maior proporção de um tipo de fibra muscular.

Ciência Hoje, vol. 42, n° 251, Agosto de 2008 [adapt.].

Analise as afirmativas:

I. A coloração avermelhada da fibra vermelha é dada pela presença de mioglobina e mitocôndrias, que são importantes para a produção de ATP. Um exemplo de músculo onde esse tipo de fibra predomina são os músculos peitorais de aves migratórias.

II. O uso de anabolizante é considerado doping químico. Ele faz aumentar a massa muscular, devido à transformação do tecido adiposo em tecido muscular.

III. Para corredores de maratona (longa distância) é vantajoso ter mais fibras brancas, enquanto que para corredores de 100m (curta distância) é mais vantajoso ter músculos ricos em fibras vermelhas.

IV. Tanto as fibras vermelhas quanto as brancas são células musculares estriadas esqueléticas. Elas apresentam vários núcleos periféricos e citoplasma rico em actina e miosina, que atuam no processo de contração.

Estão corretas as afirmativas

a) I e IV.

b) I e III.

c) II e IV.

d) II e III.

e) I, II, III e IV.

07. (UNCISAL) Uma pessoa que faz academia fica “inchada” porque a atividade física estimula as células já existentes a aumentarem o seu volume e consequentemente vemos o crescimento do bíceps, gastrocnêmio e outros.

(S. Lopes, Bio, volume único. Adaptado)

O trecho citado está se referindo ao tecido

a) muscular liso.

b) muscular estriado esquelético.

c) conjuntivo propriamente dito.

d) conjuntivo cartilaginoso.

e) conjuntivo denso.

08. (UNIVASF) Com o propósito de demonstrar a importância de certos fatores no processo de contração de um músculo estriado, um professor de Biologia colocou células musculares sob diferentes condições. Em cinco recipientes, foi colocado, além de solução fisiológica e ATP, um fator a ser estudado. Qual alternativa indica o fator necessário para a contração?

a) Ácido lático.

b) Cálcio.

c) Sódio.

d) Glicose.

e) Glicogênio.

09. (UFPB) O tecido muscular é caracterizado por apresentar células altamente contráteis. Nos vertebrados, há três tipos de tecido muscular: estriado esquelético, estriado cardíaco e liso. Embora, basicamente, todos apresentem o mesmo mecanismo contrátil, existem diferenças importantes que os adaptam às suas funções particulares. Sobre esses três tipos de tecido muscular, são feitas as seguintes afirmativas:

I. As células do tecido muscular estriado cardíaco apresentam ramificações e estão unidas entre si por estruturas típicas e especializadas da membrana citoplasmática: os discos intercalares.

II. As células do tecido muscular liso, típicas dos órgãos viscerais, são geralmente uninucleadas e fusiformes. Pela ausência dos filamentos de actina e miosina em seu citoplasma, não apresentam as estriações características das células musculares estriadas cardíacas e estriadas esqueléticas.

III. As células do tecido muscular estriado esquelético, também denominadas fibras musculares, caracterizam-se por serem alongadas e possuírem muitos núcleos, uma vez que derivam da fusão de diversas células durante a fase embrionária.

Está(ão) correta(s):

a) Apenas II e III.

b) Apenas I e II.

c) Apenas I e III.

d) Apenas I.

e) I, II e III.

10. (UFAC) Miofilamentos são filamentos proteicos contráteis encontrados em células musculares (fibras musculares). São de dois tipos: actina e miosina. A contração muscular ocorre pelo deslizamento desses filamentos entre si. Para que ocorra o processo da contração muscular é necessário, nos miofilamentos, a presença de:

a) íons cálcio e ATP.

b) hormônio e sinapse.

c) estímulo e potencial de ação.

d) adrenalina e acetilcolina.

e) ácido úrico e neurotransmissores.

11. (UNESP) Os dados abaixo apresentam resultados de uma pesquisa sobre o consumo de drogas, realizada com 943 jovens estudantes de um grande município do Estado de São Paulo.

11

Dentre as drogas relacionadas, há uma que tem sido detectada em alguns atletas que participam de competições esportivas e utilizada por jovens ou adolescentes que cultuam o chamado corpo sarado. Trata-se

a) do ecstasy, pois melhora o desempenho nas práticas esportivas, embora provoque ansiedade.

b) do anabolizante que, na forma de esteroides, aumenta a massa muscular, sem provocar sérios problemas ou danos à saúde.

c) do anabolizante que, na forma de esteroides, aumenta a massa muscular, mas pode causar esterilidade, impotência e doenças cardíacas.

d) do ecstasy, pois aumenta a massa muscular, embora provoque depressão.

e) da cocaína, pois acelera a circulação e, consequentemente, as contrações musculares, embora provoque sérios efeitos colaterais.

12. O curare é empregado há séculos, pelos indígenas, para envenenar a ponta das flechas. Ao ser atingido por uma flecha envenenada, um animal se torna completamente flácido e incapaz de executar qualquer movimento. Sabe-se, atualmente, que o curare impede a passagem do estímulo nervoso através da placa motora, junção entre o neurônio e a célula muscular. Das ações relacionadas abaixo, qual não deve ser provocada de imediato pela aplicação de curare em um animal?

a) Impossibilidade de se locomover.

b) perda dos reflexos profundos.

c) Parada cardíaca.

d) Parada respiratória.

e) Diminuição da temperatura corporal

13. (UNIVAS-MG) Cinco alunos, ao realizar uma dissecação em um sapo, retiraram um pedaço de tecido muscular e o colocaram em uma solução salina. O tecido continuou apresentando contrações rápidas por um determinado período de tempo. Analise as observações e conclusões de cada aluno e assinale a alternativa que melhor representa o tecido observado.

a) Aline – trata-se de um tecido que tem contração involuntária com células uninucleadas e a solução serviu de meio para sua sobrevivência.

b) Bruno – trata-se de um tecido que tem contração voluntária com células uninucleadas.

c) Carla – trata-se de um tecido que tem contração lenta, mas com células polinucleadas, e o sal acelerou suas contrações.

d) Dário – trata-se de um tecido que tem contração involuntária com células polinucleadas e a solução estimulou as contrações.

e) Elcio – o tecido tem contração voluntária com células anucleadas e a solução serviu de meio para sua sobrevivência.

14. (UNIPAC) O esquema abaixo representa os três tipos de tecido muscular na espécie humana.Qual opção está incorreta:

14

a) Nos três tipos de tecido a membrana plasmática é o sarcolema.
b) Em dois deles verificamos a presença de estrias transversais.
c) Em um deles notamos a presença de estrias escalariformes.
d) Em dois deles as fibras musculares estão anastomosadas.

15. (UNAERP-SP) “Baldini ultrapassou o brasileiro no 39º quilômetro. Logo depois, Lima foi vencido pelo maratonista de Eritreia, naturalizado americano, Mebrahtom Keflezighi. Às 20:10 locais, 14:10 no Brasil, o fundista entrou na pista do Panathinaiko, o legendário estádio da primeira Olimpíada Moderna em 1896. Era ao terceiro colocado.”

(Folha de S.Paulo, 30 ago.2004.)

O texto acima se refere aos maratonistas medalhistas das Olimpíadas de Atena. As fibras musculares desses atletas, adaptadas a esse tipo de atividade física, são:

a) vermelhas com baixa capacidade de gerar ATP.

b) vermelhas com alta capacidade de gerar ATP.

c) brancas com baixa capacidade de gerar ATP.

d) brancas com alta capacidade de gerar ATP.

e) rosada com capacidade intermediária de gerar ATP.

16. (UNIFOR) Considere os seguintes conjuntos de características:

I. Células com um único núcleo central.

II. Células com muitos núcleos periféricos.

X. Células com estrias transversais.

Y. Células sem estrias transversais.

a. Contração involuntária.

b. Contração voluntária.

A associação que caracteriza o tecido responsável pelos batimentos cardíacos é:

a) 1 – X – a.

b) 1 – X – b.

c) I – Y – b.

d) II – X – a.

e) II – Y – b.

17. (UESPI) Cada miofibrila de uma célula muscular esquelética é formada por uma sequência linear de sarcômeros. Na figura abaixo, mostra-se, esquematicamente, um sarcômero em relaxamento (A) e um sarcômero contraído (B). Com relação a esse assunto, é incorreto afirmar que:

17

a) Quando a célula muscular é estimulada, há deslocamento de íons cálcio do retículo sarcoplasmático para os sarcômero.

b) O deslizamento dos filamentos de actina e de miosina resulta no encurtamento do sarcômero.

c) Na fase de relaxamento, cálcio é retirado, ativamente, do sarcômero e levado, ativamente, para o interior do retículo sarcoplasmático.

d) A célula muscular gasta ATP para relaxar.

e) Na ausência de cálcio e sob alta concentração de magnésio, as moléculas de miosina reagem enzimaticamente com actina e contraem o sarcômero.

18. (FGV) Paulo não é vegetariano, mas recusa-se a comer carne vermelha. Do frango, come apenas o peito e recusa a coxa, que alega ser carne vermelha. Para fundamentar ainda mais sua opção, Paulo procurou saber no que difere a carne do peito da carne da coxa do frango. Verificou que a carne do peito

a) é formada por fibras musculares de contração lenta, pobres em hemoglobina. Já a carne da coxa do frango é formada por fibras musculares de contração rápida, ricas em mitocôndrias e mioglobina. A associação da mioglobina, que contém ferro, com o oxigênio confere à carne da coxa uma cor mais escura.

b) é formada por fibras musculares de contração rápida, pobres em mioglobina. Já a carne da coxa é formada por fibras musculares de contração lenta, ricas em mitocôndrias e mioglobina. A associação da mioglobina, que contém ferro, com o oxigênio confere à carne da coxa uma cor mais escura.

c) é formada por fibras musculares de contração rápida, ricas em mioglobina. Já a carne da coxa é formada por fibras musculares de contração lenta, ricas em mitocôndrias e hemoglobina. A associação da hemoglobina, que contém ferro, com o oxigênio confere à carne da coxa uma cor mais escura.

d) é formada por fibras musculares de contração rápida, ricas em mioglobina. Já a carne da coxa é formada por fibras musculares de contração lenta, ricas em mitocôndrias e hemoglobina. A associação da hemoglobina, que contém ferro, com o oxigênio confere à carne da coxa uma cor mais escura. Já a mioglobina, que não contém ferro, confere à carne do peito do frango uma coloração pálida.

e) e a carne da coxa não difere na composição de fibras musculares: em ambas, predominam as fibras de contração lenta, pobres em mioglobina. Contudo, por se tratar de uma ave doméstica e criada sob confinamento, a musculatura peitoral, que dá suporte ao vôo, não é exercitada. Deste modo recebe menor aporte sanguíneo e apresenta-se de coloração mais clara.

19. (UFCE) A carne escura das pernas e coxas da galinha é constituída, principalmente, por certo tipo de fibra muscular diferente daquele da sua carne branca, o que torna essas fibras adaptadas a diferentes tipos de atividades. Observe as três afirmativas abaixo.

I. A carne escura das pernas e coxas tem fibras musculares ricas em mioglobina, fornecendo oxigênio às mitocôndrias durante esforços musculares prolongados.

II. A carne branca dos músculos peitorais tem fibras musculares relativamente pobres em mioglobina, sendo sua contração rápida, mas não mantida por muito tempo.

III. As fibras musculares lentas estão adaptadas à realização de trabalho contínuo, possuindo menor quantidade de mitocôndrias e pouca irrigação sanguínea.

Assinale a alternativa correta.

a) Apenas a afirmativa I está correta.

b) Apenas as afirmativas II e III estão corretas.

c) Apenas as afirmativas I e III estão corretas.

d) Apenas a afirmativa III está correta.

e) Apenas as afirmativas I e II estão corretas.

20. (UERJ) A força de contração da fibra muscular estriada é definida pela tensão desenvolvida pelos filamentos de miosina e actina do sarcômero e sofre influência do grau de superposição desses filamentos.

20

(GUYTON, A. C. & HALL, J. E. “Tratado de Fisiologia Médica” Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1997.)

De acordo com o gráfico, podemos dizer que a molécula de miosina apresenta uma interação mais eficiente com a actina entre os seguintes segmentos:

a) O e A.

b) A e B.

c) B e C.

d) C e D.

GABARITO

 

01

02 03 04 05 06 07 08 09

10

B

VFVVV B C E A B B C

A

11

12 13 14 15 16 17 18 19

20

C

C D D B A E B E C

Anúncios

Responses

  1. excelente conteúdo.

  2. Professor, qual o porquê de alternativa “C” está correta na questão 12(Questão que trata do curare)?

    • Prezado João Pedro
      – “…..Das ações relacionadas abaixo, qual não deve ser provocada de imediato pela aplicação de curare em um animal?”
      – O curare provoca diminuição da temperatura corporal em função do completo relaxamento muscular que ocasiona. Não determina parada cardíaca, pelo menos de imediato, porque o coração origina seu próprio estimulo elétrico, no nódulo sino-atrial.
      Um abraço
      Djalma Santos

      • Perfeito, professor. Havia marcado a alternativa “E” – diminuição da temperatura corporal. Não me ocorreu esse detalhe importante do coração. Obrigado.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: