Publicado por: Djalma Santos | 20 de março de 2011

Testes de genética molecular (2/5)

01. (UFMS) O nosso sistema nervoso pode sofrer distúrbios como a demência, causada pela doença de Huntington, doença essa ocorrida pela mutação no DNA original. Portanto, os defeitos dos nossos genes são causados por mutações no DNA, geralmente decorrentes de erros de replicação do próprio material genético. O trecho de DNA …3’ACCTTAAAATCCGGC5′… está inalterado, portanto sua fita complementar é:

a) 5’TGGAATTTTAGGCCG3′.

b) 3’TGGAAUUUUAGGCCG5′.

c) 5’UGGAAUUUUAGGCCG3′.

d) 3’GCCGGAUUUUAAGGU5′.

e) 5’GGCCGGATTTTAAGGT3′.

02. (UNICENTRO) O processo de transferência da informação presente nas moléculas de DNA para as proteínas é essencial para nossas células.[…] Essa transferência de informação é regida pelo código genético, um conjunto de instruções que define a relação entre os aminoácidos adicionados e as sequências de nucleotídeos. A cada grupo de três nucleotídeos — que chamamos de códon ou triplete — corresponde um aminoácido. (BORGES, 2008).

A descoberta do código genético representa um dos grandes marcos da genética moderna. Com base nas informações do texto e de acordo com os conhecimentos relacionados ao código genético, identifique com V as afirmativas verdadeiras e com F, as falsas.

( ) A cada três nucleotídeos do DNA será traduzido um aminoácido no núcleo, tendo em vista que a transferência de informação do DNA para a proteína ocorre diretamente.

( ) A ordem dos aminoácidos nas proteínas depende indiretamente da sequência dos nucleotídeos na molécula de DNA.

( ) O número limitado de aminoácidos impede uma alta diversidade de características entre os seres humanos.

A alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo, é a:

a) V F F.

b) F V F.

c) F F V.

d) V V F.

e) F V V.

03. (UEPG) A respeito das moléculas da hereditariedade, assinale o que for correto.

I    II

0  0 – O DNA, ou ácido desoxirribonucleico, constituinte dos cromossomos, é o material genético da maioria dos seres vivos. Ele se duplica e, dessa forma, a informação genética é distribuída às células em divisão.

1  1 – Uma molécula de DNA difere-se das outras pela sequência de seus pares de bases nitrogenadas, mas o número total de nucleotídeos é sempre o mesmo.

2  2 – Equívocos na transcrição do RNA podem levar à produção de genes diferentes dos originais, que são transmitidos às células-filhas e que, muitas vezes, são inadequados para a sobrevivência. Esse fato é reconhecido com o nome de mutação.

3  3 – O DNA é constituído por quatro tipos de bases nitrogenadas: adenina, guanina, citosina e uracila.

4  4 – O DNA tem capacidade de produzir o RNA, ou ácido ribonucleico, no processo de transcrição. O RNA controla no citoplasma a síntese de proteínas, num processo chamado de tradução.

04. (UEL) Em 1953, James Watson e Francis Crick elucidaram a estrutura tridimensional da dupla hélice de DNA e postularam que o pareamento específico de bases nitrogenadas sugere um possível mecanismo de cópia para o material genético. Baseado neste postulado, o processo de duplicação do DNA é considerado como sendo semiconservativo porque:

a) A dupla-hélice original permanece intacta e uma nova dupla-hélice é formada.

b) Os dois filamentos da dupla-hélice original se separam e cada um serve como molde para uma nova fita.

c) Ambos os filamentos da dupla-hélice original se fragmentam e servem como moldes para síntese de novos fragmentos.

d) Um dos filamentos da dupla-hélice original serve de cópia para as duas fitas de DNA.

e) Os filamentos da dupla-hélice original permutam as suas fitas para servirem de cópias de DNA.

05. (UERJ) Algumas células da pele de uma mesma rã foram retiradas em sua fase girino e, depois, em sua fase adulta. Observe a tabela abaixo, na qual são mostradas as combinações possíveis das macromoléculas DNA e RNA mensageiro.

COMPARAÇÃO ENTRE AS MACROMOLÉCULAS
DNA RNA
1. Mesmas moléculas 3. Mesmos tipos
2. Moléculas diferentes 4. Tipos diferentes

Os resultados referentes à comparação das macromoléculas das células da rã nas fases girino e adulta estão indicados pelos seguintes números:

a) 1 e 3.

b) 1 e 4.

c) 2 e 3.

d) 2 e 4.

06. (UNIMONTES) A temperatura de dissociação das fitas de DNA depende acentuadamente de sua composição de bases, sendo tanto mais alta quanto maior for o conteúdo G + C. A tabela a seguir apresenta a porcentagem de bases de alguns organismos. Observe-a.

ORGANISMO % T
1 35
2 20
3 15
4 10

Considerando a tabela e o assunto abordado, qual organismo apresenta a maior temperatura de dissociação?

a) 4.

b) 2.

c) 1.

d) 3.

07. (UEPA) Radiações provenientes de diferentes fontes (sol e elementos radioativos) provocam no organismo a formação de grandes quantidades de substâncias nocivas às células, prejudicando suas funções biológicas. O excesso dessas radiações afetam o DNA induzindo o surgimento de alterações.

Relacione a palavra destacada, no texto acima, com as afirmativas abaixo e assinale a correta.

a) A duplicação ocorre na anáfase da mitose e na anáfase I da meiose.

b) Apresenta em sua constituição bases púricas adenina, timina, guanina e citosina.

c) Na transcrição gênica, a sequência ATCG corresponde, no RNA, a TAGC.

d) Nos procariontes, encontra-se envolvido pela carioteca.

e) Nos seres humanos, a radiação solar causa alteração em sua estrutura, ocasionando mutações.

08. (UEL) Em uma população, foi identificado um indivíduo que possui resistência genética a um vírus que provoca uma importante doença. Em um estudo comparativo, verificou-se que esse indivíduo produz uma proteína que confere tal resistência, com a seguinte sequência de aminoácidos: serina-tirosina-cisteína-valina-arginina. A partir da tabela de código genético, a seguir:

AGU – serina AGC – serina
UAC – tirosina UAU – tirosina
UGC – cisteína UGU – cisteína
GUA – valina GUU – valina
AGG – arginina CGA – arginina

e considerando que o RNA mensageiro deste gene contém: 46,7% de uracila; 33,3% de guanina; 20% de adenina e 0% de citosina, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de bases da fita-molde deste gene.

a) TCAATAACA CAATCC.

b) TCAATAACGCATTCC.

c) TCAATGACACATTGG.

d) AGUUAUUGUGUUAGG.

e) AGCUACUGCCAACGA.

09. (UNIR) Avanços recentes nas pesquisas em engenharia genética têm alcançado diversas áreas como medicina, agricultura e pecuária e baseiam-se na obtenção de moléculas híbridas de DNA (ácido desoxirribonucleico). A coluna I apresenta componentes do DNA e coluna II sua caracterização. Numere a coluna I de acordo com a coluna II.

COLUNA I

1. Nucleotídeo

2. Desoxirribose

3. Gene

4. Timina

COLUNA II

(   ) Pentose presente no nucleotídeo.

(   ) Base nitrogenada que compõe o nucleotídeo.

(   ) Subunidade do DNA.

(   ) Região do DNA que transcreve para um RNA.

Assinale a sequência correta.

a) 1, 3, 2, 4.

b) 3, 2, 4, 1.

c) 4, 1, 3, 2.

d) 2, 3, 4, 1.

e) 2, 4, 1, 3.

10. (UESPI) Joana gosta de se bronzear sem protetor solar. Considerando o risco de mutações celulares devido à exposição excessiva de sua pele aos raios ultravioleta, é correto afirmar que:

a) A chance de que ocorram mutações é rara, considerando também os mecanismos de reparo celular e que a maior parte do DNA é composta de regiões sem informação genética.

b) Mutações causadas por ultravioleta geralmente produzem câncer de pele devido à deleção de um ou vários pares de nucleotídeos.

c) Mutações silenciosas somente afetam a informação genética se ocorrerem no terceiro par de bases de um códon para dado aminoácido.

d) A luz ultravioleta induz um pareamento anormal nos nucleotídeos que resulta na ligação entre citosina e guanina, e entre adenina e timina.

e) Câmaras de bronzeamento artificial não utilizam lâmpadas emissoras de raios ultravioleta; assim não induzem mutações e são seguras para a saúde.

11. (UEPB) Analise as proposições abaixo, referentes ao processo de síntese, armazenamento e utilização de polipeptídeos em células eucarióticas.

I. O processo de síntese de polipeptídeos ocorre nos ribossomos, que são estruturas constituídas por proteínas associadas a um ácido ribonucleico ribossômico (RNAr). Para a síntese de proteínas ocorrer, o ribossomo associa-se ao RNA mensageiro (RNAm) e desloca-se sobre ele, traduzindo a sua informação. À medida que o ribossomo se desloca, o polipeptídeo vai sendo formado.

II. A síntese de proteínas recebe a denominação de tradução, e pode ocorrer em polissomos livres no citosol ou em polissomos associados às membranas do retículo endoplasmático, caso em que o retículo passa a receber a denominação de ergastoplasma.

III. Quando proteínas são produzidas no ergastoplasma, penetram diretamente no interior do retículo e seguem para o complexo golgiense onde passam por processos de concentração, modificação e eliminação. Esta última etapa pode ocorrer para incorporação de proteínas na membrana plasmática, no processo de secreção celular através de vesículas secretoras ou na formação de lisossomos.

Assinale a alternativa que contém a(s) proposição(ões) correta(s):

a) I, apenas.

b) I e II, apenas.

c) II e III, apenas.

d) I e III, apenas.

e) I, II e III.

12. SÍNDROME DE DOWN RESTRINGE CÂNCER

“Uma observação que há muito tempo tem intrigado os cientistas é que as pessoas com síndrome de Down dificilmente têm tumores. […] Genes presentes no organismo suprimem o crescimento de novos vasos sanguíneos, de que o câncer necessita, ao bloquear a atividade da proteína calcineurina, sugerindo uma nova possibilidade para futuros medicamentos contra o câncer. Os investigadores, que publicaram suas descobertas online na Nature em 20 de maio, acrescentam que o cromossomo 21 pode ter quatro ou cinco genes antiangiogênicos. […] Pesquisadores do Tufts Medical Center e seus colegas descobriram que o fluido amniótico que envolve o feto com síndrome de Down apresenta evidências de estresse oxidativo que pode prejudicar células, principalmente o tecido neural e cardíaco. Os sinais, infelizmente, aparecem no segundo trimestre, tarde demais para os antioxidantes tratarem as marcas da síndrome de Down, que surgem no primeiro trimestre, como a deficiência mental. Mesmo assim, a equipe sugere na edição de 09 de junho do Proceedings of the National Academy of Sciences USA, que a utilização de antioxidantes no segundo trimestre pode evitar aspectos da síndrome de Down ainda não descobertos.”

Adaptado de Scientific American Brasil, no 88, set/2009.

Assinale a alternativa que apresenta uma ideia compatível com a relação descrita no texto.

a) Em face da síndrome de Down ser uma mutação gênica, o gene em excesso protege o organismo contra o câncer.

b) Pacientes portadores de síndrome de Down, que é uma triploidia, possuem uma dose extra de genes protetores do câncer.

c) Pacientes portadores de síndrome de Down apresentam uma dose extra de genes protetores do câncer.

d) Em face da síndrome de Down ser uma triploidia, genes extras presentes no cromossomo 21 atuam como protetores do câncer.

e) Pacientes portadores de síndrome de Down, que é uma euploidia, são dotados de uma dose extra de genes protetores do câncer.

13. Os bacteriófagos são constituídos por uma molécula de DNA envolta em uma cápsula de proteína. Existem diversas espécies, que diferem entre si quanto ao DNA e às proteínas constituintes da cápsula. Os cientistas conseguem construir partículas virais ativas com DNA de uma espécie e cápsula de outra. Em um experimento, foi produzido um vírus contendo DNA do bacteriófago T2 e cápsula do bacteriófago T4. Pode-se prever que a descendência desse vírus terá:

a) Cápsula de T4 e DNA de T2.

b) Cápsula de T2 e DNA de T4.

c) Cápsula e DNA, ambos de T2.

d) Cápsula e DNA, ambos de T4.

e) Mistura de cápsulas e DNA de T2 e de T4.

14. (UESPI) O que é um provírus?

a) Um vírus sem capsídio, ou envelope, que realiza ciclo lítico.

b) Um vírus com material genético unido ao DNA celular, que realiza ciclo lisogênico.

c) Um vírus de RNA com capsídio e envelope, que realiza ciclo lítico.

d) Um vírus de RNA fita simples.

e) Um vírus de DNA fita simples.

15. (UEPB) As bactérias reproduzem-se basicamente por bipartição, um mecanismo assexuado em que um indivíduo dá origem a dois outros, geneticamente idênticos entre si. O aumento da variabilidade genética nas bactérias ocorre por mutação ou por transmissão de material genético que pode se dar por meio de três mecanismos. Observe a ilustração abaixo que esquematiza um desses mecanismos e em seguida assinale a alternativa correta.

15

a) É um caso de transformação, onde ocorre a transferência de genes de uma bactéria para outra por meio de bacteriófagos.

b) É um caso de transdução, onde ocorre a transferência de genes de uma bactéria para outra por meio de bacteriófagos.

c) É um caso de transformação e acontece em alguns tipos de bactérias que conseguem adquirir trechos de moléculas de DNA dispersos no meio e incorporá-los ao seu DNA.

d) É um caso de conjugação bacteriana, onde ocorre a transferência direta de DNA de uma bactéria para outra, por meio de uma ponte citoplasmática que se estabelece temporariamente entre essas bactérias.

e) É um caso de conjugação bacteriana, onde ocorre a transferência de DNA de uma bactéria para outra, por meio de vírus do tipo bacteriófago.

16. (UNICENTRO) Em 1985 cientistas da Cetus Corporation padronizaram uma técnica pela qual eram geradas, a partir do DNA genômico, grandes quantidades de um fragmento específico de DNA, correspondendo a genes presentes no genoma. Essa técnica consiste em uma reação de replicação in vitro, e foi chamada de reação de polimerização em cadeia (PCR), na qual se obtém o enriquecimento de um fragmento específico de DNA por sua duplicação exponencial. A PCR envolve três etapas básicas, requeridas na reação de síntese de qualquer DNA, que são repetidas por várias vezes: desnaturação por aquecimento do DNA molde, anelamento de nucleotídeos sintéticos (adenina, guanina, citosina e timina) e polimerização das novas fitas de DNA através de enzimas DNA polimerases. Sobre a replicação do DNA assinale a alternativa incorreta.

a) A PCR é uma técnica in vitro, pois não ocorre dentro das células, mas em tubos de ensaios.

b) A duplicação exponencial do DNA gera ao final de n repetições 2n cópias.

c) A DNA polimerase é uma enzima capaz de transcrever DNA em RNA.

d) A desnaturação do DNA molde é necessário para que ocorra a abertura do DNA e o anelamento dos nucleotídeos.

e) A replicação do DNA é semiconservativa, ou seja, cada fita de DNA novo possui uma das cadeias de nucleotídeos da molécula mãe.

17. (UFLA) Analise as seguintes proposições em relação à replicação e transcrição do DNA e ao processo de tradução e, a seguir, marque a alternativa correta.

I. Nos processos de replicação e transcrição as principais enzimas envolvidas são a RNA polimerase e a DNA polimerase, respectivamente.

II. O processo de tradução ocorre no citoplasma.

III. A replicação do DNA é conservativa.

a) Apenas as proposições II e III estão corretas.

b) Apenas as proposições I e III estão corretas.

c) Apenas a proposição II está correta.

d) As proposições I, II e III estão corretas.

18. (UFSM) Milhares de anos após o último mamute lanoso caminhar sobre a Tundra, os cientistas conseguiram sequenciar 50% do genoma desse animal extinto, recuperando boa parte do seu material genético.

18

Scientific American Brasil, ed. especial, 2009.

Sobre o DNA, é possível afirmar:

I. Na molécula do DNA são encontradas as quatro bases nitrogenadas: adenina, guanina, citosina e timina.

II. A ligação entre as bases complementares da dupla fita do DNA é feita através de pontes de hidrogênio.

III. Se, no filamento de DNA, houver a sequência TTTCCATGT, haverá, no seu filamento complementar, a sequência AAAGGUACA.

Está(ão) correta(s):

a) apenas I.

b) apenas I e II.

c) apenas II.

d) apenas I e III.

e) apenas II e III.

19. (PUC-RIO) Com o advento da Biologia Molecular, o ser humano conseguiu realizar inúmeras façanhas como identificar pessoas que estiveram em determinados locais, realizar testes de paternidade e determinar a relação filogenética entre diferentes seres vivos, através do sequenciamento e homologia dos ácidos desoxirribonucleicos de cada indivíduo. Esse ácido tem como característica ser uma molécula polimérica de fita:

a) Simples, composta por pentoses, bases nitrogenadas e fosfato.

b) Dupla, composta de pentoses, bases nitrogenadas e fosfato.

c) Dupla, composta por hexoses, aminoácidos e nitrogênio.

d) Dupla, composta por nucleotídeos ligados por pontes de enxofre.

e) Simples, composta por nucleotídeos ligados por pontes de hidrogênio.

20. (UNESP) Observe a tirinha, que alude à gripe Influenza A (H1N1).

20

Na tirinha, o personagem afirma que os vírus podem ser de DNA ou RNA e que estes não têm vida própria fora das células. Esta última afirmação se justifica, pois os vírus de:

a) DNA não apresentam genes para RNA mensageiro, ribossômico ou transportador, utilizando-se de todos esses componentes da célula hospedeira.

b) DNA apresentam todos os genes que necessitam para sua replicação, utilizando-se apenas da energia e nutrientes da célula hospedeira.

c) DNA apresentam apenas os genes para RNA mensageiro, e para sua replicação utilizam-se dos demais elementos presentes na célula hospedeira.

d) RNA não apresentam nenhum gene, e por isso são incapazes de replicar seu material genético, mesmo quando em uma célula hospedeira, utilizando-se desta apenas para obtenção

de energia.

e) RNA são os únicos que apresentam seus próprios ribossomos, nos quais ocorre sua síntese proteica. Utilizam-se da célula hospedeira apenas como fonte de nutrientes.

21. (UNIMONTES) A tirinha a seguir ilustra uma situação comumente encontrada nos dias de hoje. Leia-a atentamente e analise-a.

21

Considerando a figura e o assunto relacionado com a biologia, implícito no diálogo, analise as alternativas abaixo e assinale a correspondente ao composto que melhor justifica o não respondido por Sofia.

a) Proteína.

b) DNA.

c) Carboidrato.

d) Lipídeo.

22. (UFAM) As proteínas são as mais complexas e abundantes moléculas orgânicas encontradas nas células. Isso equivale a dizer que mais da metade do peso seco de uma célula é representado por esses compostos. Mesmo seus menores constituintes, os aminoácidos, desempenham papel essencial em vários processos fisiológicos. Sendo assim, a construção de proteínas deve envolver um elaborado mecanismo celular. Baseado nisso, analise as afirmativas seguintes:

I. A tradução é um evento que ocorre essencialmente no citosol.

II. As subunidades ribossômicas são construídas no citosol e representam a única organela capaz de ler o RNAm.

III. As tetraciclinas, antibióticos, inibem a ligação do RNAt ao sítio aceptor no ribossomo.

IV. Os aminoácidos são adicionados em trincas, chamadas códons, a cadeia polipeptídica nascente.

V. A transcrição, leitura obrigatória das duas fitas de DNA nuclear, antecede a tradução.

VI. A enzima RNA polimerase executa a leitura da fita de DNA e gera o RNAm.

Assinale a alternativa correta:

a) Somente as afirmativas IV, V e VI estão incorretas.

b) Somente as afirmativas II, IV e V estão incorretas.

c) Somente as afirmativas II, V e VI estão incorretas.

d) Somente as afirmativas I, III e IV estão incorretas.

e) Somente as afirmativas I, II e V estão incorretas.

23. (UEPG) Sobre o DNA, assinale o que for correto.

I    II

0  0 – DNA é a sigla inglesa para o ácido desoxirribonucleico. É a substância que está nos cromossomos dos seres vivos, como pequenos filamentos presentes no núcleo das células. O DNA transmite, de geração para geração, a informação genética que faz com que os filhos se assemelhem aos pais.

1  1 – A molécula de DNA se parece com uma escada em caracol e para descrevê-la usa-se o termo “dupla hélice”, sendo os degraus dessa escada formados por unidades de quatro tipos, as bases nitrogenadas, indicadas pelas letras A, T, C e G. Os DNAs de todos os seres vivos são muito parecidos.

2  2 – A diferença entre o DNA de um ser humano e o de uma planta, por exemplo, não está na forma da molécula, nem nos tipos de bases, mas apenas na sequência dessas bases.

3  3 – Os ácidos nucleicos e a molécula de DNA são conhecidos há apenas 20 anos. Eles foram descobertos retirando-se, do núcleo de glóbulos vermelhos, substâncias ricas em fósforo e nitrogênio, que ele denominou, genericamente, de nucleínas. Mais tarde foi adotado o termo “ácidos nucleicos” devido à comprovação de que essas substâncias existiam apenas no núcleo celular.

4  4 – O DNA não só transmite as características hereditárias pela sua capacidade de autoduplicação, como produz o RNA (ácido ribonucleico) no processo que é chamado de mutação.

24. (UFG)Leia a reportagem abaixo.

POR QUE FILHOS DE CASAMENTOS CONSANGUÍNEOS

PODEM NASCER COM ANOMALIAS GENÉTICAS?

A natureza criou um recurso que faz com que determinadas anomalias genéticas fiquem guardadinhas em seu cromossomo esperando para, quem sabe um dia, serem extintas. Quanto maior o grau de parentesco, maior o risco de ter um filho portador de uma determinada anomalia genética.

SUPERINTERESSANTE. São Paulo, jul. 2008. p. 52. (Adaptado).

Considerando a consanguinidade, a ocorrência dessas anomalias se deve:

a) À ação de um gene recessivo que se manifesta em homozigose no indivíduo.

b) A erros na duplicação semiconservativa do DNA na fase de gastrulação.

c) À segregação de genes alelos durante a formação dos gametas em ambos os genitores.

d) A repetições do número de nucleotídeos no gene responsável pela anomalia.

e) À perda dos telômeros durante o processo de clivagem do embrião.

25. (UEFS) A figura abaixo ilustra um momento do processo de duplicação do material genético presente nos seres vivos.

25

É possível afirmar em relação a esse processo:

a) Duas novas moléculas de DNA são produzidas a partir de duas cadeias já existentes na molécula utilizada como molde da replicação.

b) A replicação ocorre de forma unidirecional, ao apresentar um sentido único dentro do sítio replicativo.

c) A molécula de RNA produzida durante esse processo será responsável pela síntese de proteínas ao longo da tradução da informação genética.

d) Enzimas específicas participam da separação das cadeias polinucleotídicas através da quebra das ligações peptídicas presentes entre elas.

e) O sentido obrigatório de montagem das novas cadeias polinucleotídicas pelo DNA polimerase é sempre 3’→5’.

26. (PUC-RS) Uma fita-dupla de DNA de leveduras foi construída usando-se isótopos pesados. Depois disso, essa fita-dupla passou por um ciclo de replicação, no qual foi permitido que as novas fitas de DNA fossem construídas com isótopos leves. Comparando-se o peso das amostras de DNA antes e depois da replicação, verificou-se que, devido à replicação:

a) Conservativa, preservam-se as fitas-duplas de DNA pesadas e produzem-se novas fitas leves.

b) Conservativa, formam-se novas fitas-duplas de DNA com cadeias leves entremeadas em cadeias pesadas.

c) Dispersiva, produzem-se novas fitas-duplas de DNA com cadeias leves intercaladas em cadeias pesadas.

d) Semiconservativa, as novas fitas-duplas de DNA ficam mais leves que a fita-dupla original.

e) Semiconservativa, formam-se novas fitas-duplas de DNA apenas com cadeias leves.

27. (PUC-CAMPINAS) Para responder esta questão considere o texto abaixo.

NASA DESCOBRE SUBSTÂNCIA PARA FORMAÇÃO

DE VIDA EM AMOSTRAS DE COMETA

Cientistas da Nasa (agência espacial norte-americana) descobriram glicina, elemento fundamental para a formação de vida, em amostras do cometa Wild 2 trazidas à Terra pela sonda Stardust em 2006, revelou hoje o Laboratório de Propulsão a Jato (JPL) da agência.

“A glicina é um aminoácido usado pelos organismos vivos para produzir proteínas e esta é a primeira vez que é encontrada em um cometa”, afirmou Jamie Elsila, do Centro de Voos Espaciais da Nasa.

“A descoberta apoia a teoria de que alguns ingredientes da vida surgiram no espaço e chegaram à Terra por meio do impacto de meteoritos e cometas”, informou um comunicado do JPL. Carl Pilcher, diretor do Instituto de Astrobiologia da Nasa, afirmou que a descoberta também respalda a hipótese de que os blocos básicos da vida abundam no espaço e que a vida no universo é mais comum do que se acredita.                       (http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u611268.shtml)

Se houvesse uma maneira de marcar a glicina e depois injetá-la em uma célula viva, esse aminoácido poderia ser posteriormente encontrado:

a) Nas substâncias produzidas nos ribossomos.

b) Nas moléculas de RNAm recém-saídas do núcleo celular.

c) Na porção lipídica da membrana celular.

d) Nas duplas-hélices de DNA, dentro do núcleo celular.

e) Nas moléculas de ATP, dentro das mitocôndrias.

28. (UNICENTRO) A figura abaixo representa um importante processo de síntese em organismos eucariotos.

28

Analisando-se a imagem e utilizando-se o conhecimento adquirido acerca desse processo, é correto afirmar:

a) As informações genéticas contidas na estrutura 1 são transmitidas, através do processo de tradução, para a estrutura 2.

b) Em células eucarióticas, a formação da estrutura 2 ocorre no interior do núcleo, ao passo que o processo de síntese da estrutura 3 ocorre no citoplasma.

c) O processo de síntese da estrutura 3 consiste em unir aminoácidos de acordo com a sequência de códons da molécula de DNA.

d) A estrutura 3 representa a molécula de RNAm, sintetizada a partir de genes específicos da molécula de DNA.

29. (UFT) Avalie a figura abaixo e marque a(s) alternativa(s) correta(s).

29

I   II

0  0 – A figura representa os ciclos lítico e lisogênico de um vírus.

1  1 – O ciclo lítico está representado em I.

2  2 – No ciclo lisogênico o DNA viral é incorporado ao DNA da célula hospedeira.

3  3 – O ciclo lítico não está relacionado com o rompimento da célula hospedeira.

4  4 – O ciclo lisogênico sempre resulta em morte da célula hospedeira.

30. (UESPI) Considerando a estrutura do ácido desoxirribonucleico, representada abaixo, e sua função, é correto afirmar que esse ácido:

30

a) É formado por nucleosídeos arranjados em fitas duplas antiparalelas conectadas entre si por pontes de hidrogênio.

b) Se replica de forma semiconservativa e se inicia a partir da região 3’ terminal para a região 5’ terminal.

c) Compreende nucleotídeos, composto por grupos fosfato, uma hexose e uma base nitrogenada.

d) Tem a maioria do DNA composto de regiões chamadas introns, sem “informação gênica”.

e) Em sua tradução, produz fitas simples de RNA mensageiro.

GABARITO

 

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
A B VFFFV B B A E A E A
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
E C C B D C C B B C
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
B B VVFFF A A D A B VVVFF D

 

Anúncios

Responses

  1. Professor, existem introns no DNA também, é?

    • Amanda
      A resposta é sim. Para maiores detalhes acessar “expressão da informação genética”, matéria publicada neste blog em 03.10.2010.
      Um abraço
      Djalma Santosd

  2. Pode me explicar a questão 10 da UESPI.

    • Prezado Alécio
      – ALTERNATIVA A (“A chance de que ocorram mutações é rara, considerando também os mecanismos de reparo celular e que a maior parte do DNA é composta de regiões sem informação genética.”) – CORRETA
      * Considerando um determinado gene, a chance de que ocorra mutação nesse gene, especificamente, é realmente rara, como consta nesta alternativa. Além disso, diversos mecanismos de reparo podem anular os efeitos dos agentes mutagênicos, levando a que a sequência nucleotídica normal seja restaurada e o conteúdo informacional seja preservado. Esses mecanismos são muito eficientes. Estima-se que ocorra apenas 1 a cada 1000 alterações acidentais que resultam em mutações. As demais são corrigidas através de diferentes mecanismos de reparo do DNA (ver REPARO DO DNA, matéria publicada neste blog no dia 13/05/2011). Devemos considerar, ainda, que, segundo dados obtidos a partir do Projeto Genoma Humano (PGH), o genoma humano, apesar de ser constituído por cerca de 3,1 bilhões de pares de nucleotídeos (3,1 milhões de kilobases ou 3,1 mil megabases), apenas cerca de 2% correspondem a genes estruturais, sendo o restante, sequências não codificantes, isto é, não transcritas para moléculas de RNA.
      – ALTERNATIVA B (“Mutações causadas por ultravioleta geralmente produzem câncer de pele devido à deleção de um ou vários pares de nucleotídeos.”) – INCORRETA
      * O principal efeito mutagênico dos raios ultravioleta está na formação de ligações covalentes entre duas moléculas adjacentes de timina (dímero de timina), impedindo o seu pareamento com a adenina, daí a necessidade de sua remoção. O reparo desses dímeros é o mais bem estudado e conhecido. Os raios ultravioleta podem provocar, também, embora eventualmente, a fusão de uma timina com uma citosina, distorcendo a dupla hélice e impedindo a replicação do DNA (ver MUTAÇÃO GÊNICA, matéria publicada neste no dia 15/04/2011). Como se pode constatar, os raios ultravioleta não provoca deleção.
      – ALTERNATIVA C (“Mutações silenciosas somente afetam a informação genética se ocorrerem no terceiro par de bases de um códon para dado aminoácido.”) – INCORRETA
      * Devido à degenerescência do código genético, é possível a ocorrência de alterações na informação genética, sem consequente modificação na cadeia proteica formada. Esse tipo de alteração genética, que não apresenta efeito detectável, toma o nome especial de mutação “silenciosa” (mutação com o mesmo sentido). Nem sempre ela decorre de alteração na terceira base do par. Neste contexto, UUA e CCU, por exemplo, codificam para a leucina. Ver CÓDIGO GENÉTICO e MUTAÇÃO GÊNICA, matérias publicadas neste blog nos dias 15/11/2010 e 15/04/2011, respectivamente.
      – ALTERNATIVA D (“A luz ultravioleta induz um pareamento anormal nos nucleotídeos que resulta na ligação entre citosina e guanina, e entre adenina e timina.”) – INCORRETA
      * Ver explicação dada para a alternativa B. Ligações entre citosina e guanina (C-G) e entre adenina e timina (A-T), não se constituem pareamentos anormais, como consta nesta alternativa.
      – ALTERNATIVA E (“Câmaras de bronzeamento artificial não utilizam lâmpadas emissoras de raios ultravioleta; assim não induzem mutações e são seguras para a saúde.”) – INCORRETA
      * Ver explicação dada para a alternativa B.
      Um forte abraço
      Djalma Santos

      • Muito obrigado pela explicação. Ótimo trabalho.

  3. Prof
    pq a 6 questão é letra A e não letra C?

    • Caro Marcos
      Na complementariedade das cadeias, diante de uma timina se encontra uma adenina (par A-T) e diante de uma citosina se encontra uma guanina (par C-G). Entre uma timina e uma adenina se formam duas pontes de hidrogênio e entre uma citosina e uma guanina se formam três. Assim sendo, as moléculas que possuem um número maior de pares C-G são mais resistentes à desnaturação térmica, do que aquelas que são dotadas de maior número de pares A-T (mais pares C-G, maior resistência térmica). A tabela mostra que o organismo 4 tem uma porcentagem de T igual a 10, logo o número de pares A-T é menor que de pares C-G. Como mostramos acima, mais pares C-G maior a resistência à desnaturação térmica, ou seja, maior a temperatura de dissociação das fitas de DNA.
      – ALTERNATIVA CORRETA: 4 (“% de T = 10”).
      Um abraço
      Djalma Santos

  4. Professor, voce poderia explicar a questao 8?

    • Caro Kaick
      Veja, abaixo, a resolução da questão que você solicitou.
      ALTERNATIVA CORRETA: A (“TCA – ATA – ACA – CAA – TCC.”)
      JUSTIFICATIVA
      DADOS CONTIDOS NO ENUNCIADO
      * Uracil: 46,7%.
      * Guanina: 33,3%.
      * Adenina: 20%.
      * Citosina: 0%.
      – A ausência de citosina elimina os códons AGC (serina), UAC (tirosina), UGC (cisteína) e CGA (arginina).
      – 20% de adenina elimina o códon GUA (valina), como veremos mais adiante.
      – Com base nas considerações acima, podemos estabelecer a relações a seguir:
      * Serina: AGU
      * Tirosina: UAU
      * Cisteína: UGU
      * Valina: GUU
      * Arginina: AGG
      – RNA mensageiro: AGU – UAU – UGU – GUU – AGG (15 nucleotídeos)
      * URACIL = 46,7% [7/15 = 0,466 (46,7%)]
      * GUANINA = 33,3% [5/15 = 0,333 (33,3%)]
      * ADENINA = 20% [3/15 = 0,2 (20%)]
      * URACIL = 0%.
      – Considerando o RNA mensageiro acima (AGU – UAU – UGU – GUU – AGG), a fita-molde do gene será: TCA – ATA – ACA – CAA – TCC (ALTERNATIVA A)
      Sucesso
      Djalma Santos

      • obrigado professor

  5. Professor, nessa questão 8 , porque o códon valina GUA não é considerado?

    • Tais
      Ver resposta ao comentário de Kaick no dia 01/07/2015 às 00:12.
      Djalma Santos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: