Publicado por: Djalma Santos | 3 de abril de 2011

Testes de poluição (2/5)

01. (ASCES) Considerando aspectos da poluição ambiental, analise as afirmações abaixo.

1. A industrialização gera a emissão de gases poluentes na atmosfera, como o clorofluorcarbono (CFC), o que aumenta o efeito estufa.

2. A liberação de monóxido de carbono na atmosfera, proveniente da queima de carvão mineral e queimadas na Amazônia, aumenta o aquecimento global.

3. O enxofre liberado na atmosfera participa de reações químicas que provocam a formação de chuvas ácidas.

Está(ão) correta(s):

a) 1 e 2, apenas.

b) 1 e 3, apenas.

c) 2 e 3, apenas.

d) 1, 2 e 3.

e) 2, apenas.

02. (FAVIP) Uma série de gases poluentes causa danos à atmosfera. Sobre este assunto é correto afirmar:

a) O gás carbônico e o nitrogênio são exemplos de gases tóxicos que causam danos à camada de ozônio.

b) A utilização de carvão mineral é uma alternativa para diminuir a emissão de gases poluentes na atmosfera.

c) São considerados combustíveis fósseis que eliminam gases tóxicos, o álcool e a gasolina utilizados em carros bicombustíveis.

d) A utilização de biodiesel por ônibus e caminhões diminui a emissão de monóxido de carbono na atmosfera.

e) As chuvas ácidas são fenômenos comuns em regiões rurais não industrializadas, cuja concentração de clorofluorcarbono é alta na atmosfera.

03. (UFAL) Empreendimentos humanos baseados nos desenvolvidos em várias partes do mundo, como as “ecovilas”, assentamentos humanos sustentáveis e ecologicamente corretos. Em tais empreendimentos, não é desejável que:

a) A energia gerada tenha fonte eólica, solar ou de moinho de água.

b) Os veículos usados para transporte funcionem com motores elétricos.

c) O lixo orgânico e rejeitos humanos sejam separados daquele destinado à reciclagem e depositado em áreas abertas para facilitar a deterioração.

d) A água derivada de chuvas seja armazenada ou que aquela utilizada para banho seja aquecida com energia solar.

e) As construções sejam realizadas com materiais recicláveis e tijolos ecológicos feitos de barro prensado.

04. (UNEMAT) As queimadas assolaram o Estado de Mato Grosso com maior intensidade em 2010. Foram mais de 32 mil focos de incêndios captados por satélites concentrados principalmente no Cerrado. O Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, por exemplo, teve 13200 hectares, que equivalem a um terço de sua área, destruídos pelas chamas. Sobre as queimadas é correto afirmar.

a) O fogo é incomum no Cerrado, ocorrendo normalmente de forma criminosa.

b) Após uma queimada intensa, os primeiros vegetais a reocuparem a área são as grandes árvores e arbustos.

c) Liquens são associações entre fungos e algas que necessitam de unidade, o que os torna resistentes ao fogo.

d) O súber espesso é uma adaptação das plantas do Cerrado ao fogo.

e) Apesar de aumentar a quantidade de CO2 na atmosfera, as queimadas não favorecem o aquecimento global.

05. (PUC-PR) Nos meses de julho e agosto de 2010 tivemos um aumento significativo nos casos de incêndios no Brasil, tanto em zonas rurais quanto em zonas urbanas. Com relação às causas ou às consequências desses incêndios, podemos destacar:

I. Foi gerado em grande parte por uma associação entre imprudência das pessoas e a umidade relativa do ar excepcionalmente baixa.

II. Os incêndios são considerados as principais causas de poluição atmosférica.

III. Apesar de os incêndios serem bastante prejudiciais, a mata original consegue ser reposta rapidamente após ser queimada, dada a grande adaptabilidade desenvolvida pelas florestas durante os vários anos de queimadas constantes que as matas brasileiras vêm sofrendo.

a) Apenas as assertivas I e II estão corretas.

b) Apenas as assertivas I e III estão corretas.

c) Apenas as assertivas II e III estão corretas.

d) Apenas a assertiva I está correta.

e) Apenas a assertiva II está correta.

06. (UNICAMP) Cerca de 1/4 de todo o dióxido de carbono liberado pelo uso de combustíveis fósseis é absorvido pelo oceano, o que leva a uma mudança em seu pH e no equilíbrio do carbonato na água do mar. Se não houver uma ação rápida para reduzir as emissões de dióxido de carbono, essas mudanças podem levar a um impacto devastador em muitos organismos que possuem esqueletos, conchas e revestimentos, como os corais, os moluscos, os que vivem no plâncton, e no ecossistema marinho como um todo.

Levando em conta a capacidade da água de dissolver o dióxido de carbono, há uma proposta de se bombear esse gás para dentro dos oceanos, em águas profundas. Considerando-se o exposto no texto inicial e a proposta de bombeamento do dióxido de carbono nas águas profundas, pode-se concluir que esse bombeamento:

a) Favoreceria os organismos que utilizariam o carbonato oriundo da dissolução do gás na água para formar suas carapaças ou exoesqueletos, mas aumentaria o nível dos oceanos.

b) Diminuiria o problema do efeito estufa, mas poderia comprometer a vida marinha.

c) Diminuiria o problema do buraco da camada de ozônio, mas poderia comprometer a vida marinha.

d) Favoreceria alguns organismos marinhos que possuem esqueletos e conchas, mas aumentaria o problema do efeito estufa.

07. (UEPB) Cada um de nós é responsável pela produção de cerca de 3,6 quilogramas de resíduos sólidos (lixo) por dia; esse resíduo é constituído por diversos materiais, como vidros, plásticos, metais,papel, papelão, restos de comida e outros. O crescimento populacional humano associado aos apelos da sociedade de consumo vem a cada dia aumentando a produção desses resíduos. Sobre o tema em foco é correto afirmar que:

I    II

0  0 – A questão da coleta e destinação dos resíduos sólidos precisa ser encarada como prioritária, uma vez que a formação de lixões a céu aberto na periferia das cidades provoca contaminação do solo, dos lençóis freáticos, além de propiciar condições para a intensa proliferação de animais vetores de doenças.

1  1 – A extinção dos lixões é impraticável, pois muitas famílias de baixa renda exploram esses lixões, recolhendo restos de comida, objetos para uso próprio e materiais que são vendidos às sucatas, gerando renda.

2  2 – O modelo ideal de tratamento dos resíduos sólidos é o aterro sanitário, pois além de propiciar o aproveitamento do gás metano proveniente da decomposição da matéria orgânica, não oferece nenhum risco de contaminação ambiental.

3  3 – A realização da coleta seletiva associada à reciclagem (metal, papel, plástico e vidro) e a compostagem (resíduos orgânicos) é uma maneira ecológica e economicamente correta de tratamento dos resíduos sólidos, pois retira do ambiente os poluentes e gera renda para os envolvidos no processo.

4  4 – A compostagem consiste em transformar a parte orgânica do lixo em um composto, que pode servir de fertilizante para o solo; contribui, portanto, para a agricultura a partir da reciclagem da matéria orgânica.

08. (UNIMONTES) Entra ano, sai ano e as fortes chuvas que costumam cair no verão sempre provocam alagamentos em várias partes do país. A figura a seguir ilustra esse assunto. Observe-a.

08

Considerando a figura e o assunto abordado, analise as alternativas abaixo e assinale a que não representa um problema socioambiental decorrente dos alagamentos causados pelas chuvas.

a) Desabamentos de imóveis.

b) Aumento da transmissão de leptospirose.

c) Morte de animais.

d) Aumento do efeito estufa.

09. (UEPA) Como proposta alternativa de energia, tem-se a energia hidrelétrica, que é gerada por usinas hidrelétricas em decorrência da passagem de água por turbinas. É considerada uma das formas menos poluentes de obtenção de energia. Os impactos causados por esses empreendimentos intensificam discussões polêmicas que conduzem ao conceito de sustentabilidade.

Com relação ao texto acima, analise as afirmativas abaixo, considerando as consequências desses impactos:

I. Elevação da temperatura devido à morte da floresta.

II. Desaparecimento da fauna e da flora local que, pelo represamento, ficam submersas e morrem.

III. Ocasionam o desvio de cursos de rios, alagamentos de regiões e desapropriações de populações humanas.

De acordo com as afirmativas acima, a alternativa correta é:

a) II.

b) I e II.

c) I e III.

d) II e III.

e) I, II e III.

10. (UFV) Apesar de o Brasil possuir cerca de 11% da água potável da Terra, os rios e lagos brasileiros vêm sofrendo com diferentes processos de degradação desde o início da colonização.

Assinale a afirmativa incorreta a respeito das consequências desses processos:

a) As hidrelétricas alteram o clima e afetam as comunidades que habitam as margens dos rios.

b) A destruição da cobertura vegetal impede a lixiviação, acelerando a sedimentação no leito dos rios.

c) O despejo de esgoto doméstico promove a eutrofização, que diminui a concentração de oxigênio.

d) As práticas industriais causam a contaminação por metais pesados, que se acumulam nos organismos.

11. (UFRN) No dia 19 de junho de 2010, a cidade do Rio de Janeiro amanheceu sob a influência de um forte nevoeiro, que dificultava a visibilidade, interferindo no ritmo das atividades urbanas. O ar quente permaneceu acima da camada de ar frio, que ficou retida nas proximidades da superfície, favorecendo a concentração de poluentes. O que foi vivenciado nesta cidade é um fenômeno climático que pode ocorrer em qualquer época do ano, sendo mais comum no inverno. Nessa época, as chuvas são mais raras, dificultando, ainda mais, a dispersão dos poluentes, o que causa um problema ambiental.  O fenômeno climático descrito no texto é conhecido como:

a) Efeito estufa.

b) Ilhas de calor.

c) Inversão térmica.

d) Chuva ácida.

12. (UESPI) Microalgas marinhas têm sido apontadas como as prováveis fontes de biodiesel do futuro, uma vez que delas pode ser extraído óleo de forma semelhante à que ocorre com as plantas oleaginosas. São vantagens da utilização deste combustível proveniente das microalgas, exceto:

a) O fato de ser um combustível renovável e biodegradável.

b) A ausência de contribuição para o aumento de gás carbônico na atmosfera.

c) O combustível poder ser utilizado puro ou misturado ao diesel comum.

d) Microalgas poderem ser cultivadas em tanques, o que diminui a necessidade de extensas faixas de terra para plantação de oleaginosas.

e) Microalgas não necessitarem de luz para proliferar, podendo ser cultivadas independentemente do regime de chuvas da região.

13. (UFG)                        Examine a figura a seguir.

13

 

Disponível em:<http://aef6.blogspot.com/2010/03/informacao-acerca-da-chuva-acida.html&gt;. Acesso em: 16 out. 2010. [Adaptada]

Considerando o contexto apresentado, a sequência de eventos que levam ao declínio da população de peixes pela chuva ácida é:

a) Acidificação do pH da água; lixiviação de íons alumínio do solo para o lago e irritação nas brânquias dos peixes.

b) Aumento da temperatura da água; lixiviação de hidróxido de alumínio no solo e produção de muco nas brânquias dos peixes.

c) Alcalinização do pH da água; precipitação de íons alumínio no lago e diminuição da fertilidade dos peixes.

d) Aumento do nível da água; diluição de hidróxido de alumínio no solo e produção de muco nas brânquias dos peixes.

e) Salinização da água; precipitação de íons alumínio no lago e diminuição da fertilidade dos peixes.

14. (PUC-RIO) O mau cheiro que vem do lodo das Lagoas da Bacia de Jacarepaguá no Rio de Janeiro e que, desde domingo, empesteia a Barra da Tijuca é uma ameaça aos Jogos Olímpicos de 2016, que terão no bairro o epicentro das competições esportivas. O vento forte, aliado à ressaca, revolveu o fundo das lagoas e liberou gases metano e sulfídrico.

Adaptado do Jornal O Globo de 18 ago. 2010.

Os gases metano e sulfídrico de que tratam a reportagem são resultantes da:

a) Respiração aeróbica de microrganismos.

b) Respiração anaeróbica de microrganismos.

c) Reação do CO2 produzida por fermentação.

d) Biodegradação de metais e material inorgânico do lodo.

e) Reação da matéria orgânica com o O2 trazido pelos ventos.

15. (PASUSP) Como consequência do aquecimento global, criaram-se condições favoráveis para o aumento da incidência de um fungo que parasita anfíbios. Esse fungo causa a quitridiomicose, uma doença que já resultou no desaparecimento de muitas espécies de pererecas, sapos e rãs. A cadeia alimentar apresentada abaixo é a de um ecossistema aquático hipotético. Suponha que a população de anfíbios, dessa cadeia, tenha sido seriamente afetada pela quitridiomicose, e que parte de seus indivíduos tenha morrido. Como consequência desse fato, espera-se:

a) Diminuição da população de insetos, que se alimentam de algas, e aumento da população de aves.

b) Diminuição da população de peixes, que se alimentam de anfíbios, e de aves, que se alimentam de peixes.

c) Aumento da população de algas, assim como da população de insetos, que delas se alimentam.

d) Diminuição da população de anfíbios e manutenção do tamanho das demais populações que participam da cadeia.

e) Aumento da população de algas e manutenção do tamanho das demais populações que participam da cadeia, exceto da população de anfíbios.

16. (UFPR) No Brasil, muitos rios estão ficando poluídos e podem se tornar iguais ao Tietê, o mais poluído de todos. O rio Pinheiros, em São Paulo, o Guaíba, em Porto Alegre, e o Capiberibe, em Recife, são alguns exemplos. O lançamento de esgoto doméstico e industrial ainda é frequente em muitos rios brasileiros. A respeito dos rios poluídos brasileiros, pode-se afirmar que:

a) São irrecuperáveis, devido à sua localização e ao nível de poluição atingido.

b) A baixa concentração de oxigênio de suas águas impossibilita sua despoluição.

c) Passaram pela eutrofização, e muitas bactérias anaeróbias sobrevivem neles.

d) Poderão abrigar somente invertebrados, se forem despoluídos.

e) Passaram pelo assoreamento e tenderão a desaparecer em pouco tempo.

17. (COVEST) A preocupação da sociedade com o ambiente tem motivado algumas empresas a adotarem práticas de sustentabilidade como uma maneira de agregar valor comercial aos seus produtos. Sobre este assunto, considere as proposições abaixo.

I   II

0  0 – O estímulo ao uso de sacolas retornáveis por algumas empresas produz benefício ao meio ambiente, uma vez que sacolas plásticas não são biodegradáveis.

1  1 – O tratamento dos resíduos gerados pelas empresas, antes do despejo em fontes naturais de água potável, são práticas que devem ser incentivadas.

2  2 – Um projeto de Lei aprovado no Recife impede o comércio de latas de aço. Tal iniciativa se deve ao fato de que latas de aço não são recicláveis e têm se acumulado no ambiente.

3  3 – O tratamento da água contaminada por corantes ou metais pesados pelas indústrias permite sua reutilização como água potável para consumo humano.

4  4 – A utilização da energia solar ou de termoelétricas são formas baratas e ecologicamente corretas que poderiam ser adotadas pelas empresas.

18. (UFPR)      LEIA O TEXTO A SEGUIR SOBRE OS RECIFES DE CORAL.

Afetados por mudanças climáticas, poluição, introdução de espécies invasoras e pesca predatória, muitos corais estão em perigo. Um terço dos recifes de corais de todo o planeta está ameaçado de extinção. A região do Caribe é a que apresenta a mais alta concentração de corais ameaçados. É o que revela o primeiro levantamento global para determinar o seu status de conservação. Os resultados do estudo foram publicados pela revista “Science”. Construídos ao longo de milhões de anos, os recifes de corais são o habitat de mais de 25% das espécies marinhas, configurando-se como o ecossistema marinho com maior diversidade biológica. Os corais constroem recifes em águas rasas tropicais e subtropicais e têm-se mostrado altamente sensíveis a mudanças em seus ambientes. Milhões de pessoas em todo o planeta dependem desses ecossistemas para o seu sustento, seja através da pesca ou do turismo. Os pesquisadores apontaram como principais ameaças aos corais o aquecimento global e alterações locais decorrentes da pesca predatória, a introdução de espécies invasoras e o declínio na qualidade das águas por causa da poluição e da ocupação desenfreada da zona costeira.

(Marcados para Morrer. Jornal da Ciência nº 3552, de 11 de julho de 2008 – Adaptado.)

Sobre o impacto sofrido pelos recifes de corais, identifique as afirmativas a seguir como verdadeiras (V) ou falsas (F):

( ) As mudanças climáticas podem aumentar a temperatura da água e a intensidade da radiação solar, o que leva à descoloração dos corais e a doenças que podem acarretar a sua mortalidade.

( ) Com o aumento da concentração de CO2 na atmosfera, os oceanos absorvem volumes cada vez maiores desse gás, levando a um aumento da acidez e diminuição do pH, o que prejudica gravemente a capacidade dos corais de construírem seus esqueletos, os quais formam as fundações dos recifes.

( ) A pesca de arrasto, utilizando bombas ou cianeto para captura de espécie ornamentais, é exemplo de pesca que

prejudica bastante os recifes de corais, uma vez que, além das espécies capturadas, destroem o ecossistema.

( ) A introdução de espécies invasoras pode se dar, por exemplo, pelo despejo de água de lastro ou soltura de espécies exóticas no ambiente natural.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo.

a) FFVF.

b) VVFV.

c) FFV V.

d) VVVF.

e) V VVV.

19. (UEM) As atividades humanas exercidas, principalmente em locais densamente povoados e com alto desenvolvimento industrial e tecnológico, geram desequilíbrio no ambiente, comprometendo a qualidade de vida. A esse respeito, é corretoafirmar que:

I   II

0  0 – A dispersão de poluentes atmosféricos é dificultada pela inversão térmica, um fenômeno natural, provocando problemas respiratórios.

1  1 –  O Protocolo de Kioto, uma iniciativa para diminuir em 5% a população dos grandes centros urbanos, e,consequentemente, a poluição atmosférica, não foi ratificado por alguns países industrializados.

2  2 – Os esgotos domésticos, normalmente ricos em matéria orgânica, não são os causadores da eutroficação dos rios que banham muitas das cidades do mundo. A eutroficação é causada por poluentes não degradáveis.

3  3 – Aterro sanitário e compostagem são métodos de tratar o lixo. Deles podem ser coletados e aproveitados, respectivamente, gás metano e material destinado à produção de fertilizante para o solo.

4  4 – A poluição por elementos radioativos tornou-se motivo de preocupação desde a Segunda Guerra Mundial. A radioatividade pode alterar a atividade da medula óssea, causar câncer e morte.

20. (UEPA) O relatório divulgado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) revelou que o total de queimadas no Brasil, acumulado até terça-feira, (14/09/2010), foi de 94% acima do registrado no mesmo período de 2009. Nesse cenário, as condições ambientais são extremas.

Fonte:Estadão.com.br: São Paulo, http://www.estadao.com.br/ consulta:Setembro/2010 – modificado.

Em relação ao termo em destaque, no texto acima, afirma-se que:

I. Propiciam condições ambientais que afetam as membranas celulares.

II. O aumento de temperatura, causada por este processo, pode ocasionar a desnaturação das proteínas que constituem os seres vivos.

III. Em uma floresta em chamas, a desnaturação das proteínas pode ser percebida pelo cozimento de um ovo de ave em seu ninho que, neste caso, é um processo irreversível.

IV. O aumento da temperatura ocasionado pelo processo destacado não influi na quebra de pontes de hidrogênio das cadeias polinucleotídicas da molécula de DNA.

De acordo com as afirmativas acima, a alternativa correta é:

a) I e II.

b) I, III e IV.

c) I, II e III.

d) I, II e IV.

e) I, II, III e IV.

21. (UESPI) A preocupação do homem com o meio ambiente tem suscitado nas empresas o desejo de atrair um público consciente. Assim, tem-se desenvolvido uma série de estratégias de marketing, que repercutem em benefícios ambientais, como, por exemplo:

1. Coleta seletiva de lixo e estímulo ao uso de sacolas retornáveis.

2. Uso de fontes de energia não poluentes, como o gás natural.

3. Tratamento de resíduos químicos recalcitrantes e reuso da água.

Está(ão) correta(s):

a) 1 e 2, apenas.

b) 2 e 3, apenas.

c) 1 e 3, apenas.

d) 3, apenas.

e) 1, 2 e 3.

22. (UFG) No estado de Goiás, bem como em outros estados brasileiros, o ano de 2010 foi marcado por alto índice de queimadas. Elas ocorreram não apenas em áreas particulares, mas também em áreas públicas de preservação ambiental como, por exemplo, no Parque Estadual das Emas, Parque Estadual da Serra dos Pirineus, Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros e Parque Ecológico Altamiro de Moura Pacheco. Uma consequência socioambiental, a curto prazo, desse tipo de impacto é:

a) A destruição da camada de ozônio, com aumento da incidência de raios ultravioleta e de câncer de pele.

b) A redução da umidade relativa do ar, elevando a incidência de doenças das vias respiratórias.

c) O controle de espécies vegetais invasoras de pastagens, reduzindo gastos no manejo agropecuário.

d) O acúmulo de matéria orgânica no solo, melhorando sua fertilidade.

e) A transferência de água subterrânea para alimentar rios temporários, aumentando a fauna aquática local.

23. (UFV) Os biocombustíveis representam uma alternativa ao uso de combustíveis fósseis e constituem uma matriz energética renovável. Sobre a produção de biocombustíveis foram feitas as seguintes afirmativas:

I. A produção do biodiesel reduz o uso de pesticidas e contribui para o equilíbrio ecológico com plantações de oleaginosas.

II. A produção de etanol gera resíduos utilizados como combustíveis alternativos e compete com a produção de alimentos.

III. A produção de biogás também resulta em fertilizantes orgânicos e aumenta a emissão do dióxido de carbono.

Estão corretas as afirmativas:

a) I, II e III.

b) II e III, apenas.

c) I e II, apenas.

d) I e III, apenas.

24. (UNIMONTES) O uso de biodiesel como combustível vem crescendo aceleradamente no mundo inteiro, pois a cadeia de produção desse combustível tem um potencial promissor em vários setores, tais como social, ambiental e tecnológico. Analise as afirmativas abaixo e assinale a que não representa uma vantagem ambiental do uso do biodiesel.

a) Há emissão controlada de óxido de nitrogênio.

b) Representa menor emissão de carbono.

c) Está livre de enxofre e compostos aromáticos.

d) É extraído de recursos renováveis.

25. (UESPI) Observe o efeito das radiações solares na superfície da Terra, ilustrado na figura abaixo, e, considerando esse fato, aponte a alternativa correta.

25

a) São consequências do aquecimento global as queimadas, a desertificação e as chuvas ácidas.

b) A utilização de combustíveis fósseis derivados do petróleo libera na atmosfera o clorofluorcarbono (CFC), aquecendo o planeta.

c) A radiação que atravessa a atmosfera (A) serve para aquecer a superfície da terra e é utilizada por organismos heterótrofos na síntese de oxigênio e carboidratos.

d) A maioria da radiação solar retorna ao espaço (B) devido à presença da camada de ozônio na atmosfera.

e) Parte da radiação infravermelha é mantida na atmosfera (C), devido a gases, como o dióxido de carbono, o qual provoca o efeito estufa.

26. (UFJF) Segundo Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera (NOAA) dos EUA, as temperaturas globais, estimuladas pelo fenômeno El Niño, alcançaram nível recorde para o mês de março neste ano. A temperatura média da superfície terrestre, que combina a da Terra e a do mar, para março de 2010 foi a mais quente já registrada para o mês: 13,5ºC, o que equivale a 0,77 graus a mais que a média do século XX, de 12,7ºC, afirmou a instituição (no hemisfério norte é inverno em março). A temperatura média especificamente dos oceanos foi a mais quente para qualquer mês de março desde o início do registro, em 1880. O aquecimento global é um fenômeno que preocupa a todos porque, se de fato está acontecendo, como afirma o texto, trará como uma das transformações mais impactantes:

a) O aumento da radiação ultravioleta na superfície da Terra, pela redução da camada de ozônio, aumentando o risco de câncer de pele.

b) A redução da biodiversidade nos ecossistemas terrestres devido à desertificação.

c) A redução da biomassa de zooplâncton dos oceanos, provocando redução na produção de oxigênio.

d) O aumento do degelo nas regiões polares, causando inundações em áreas litorâneas povoadas.

e) O aumento da camada de ozônio, causado pelo efeito estufa, provocando perdas catastróficas na agricultura.

27. (UEPG) Com a revolução industrial, houve um aumento significativo da taxa de gás carbônico no ar. Isso está ligado, evidentemente, à queima crescente de combustíveis fósseis. Em 1994, essa taxa estava em torno de 360 ppm, ou seja, 25% maior do que no início da revolução industrial. A concentração de gás carbônico continua a crescer a cada ano. Sobre o aquecimento global, assinale o que for correto.

I  II

0  0 – À queima de combustíveis soma-se a destruição de florestas, grandes consumidoras de gás carbônico por meio da fotossíntese, quebrando-se o equilíbrio que existiu no passado entre o consumo e a produção de gás carbônico.

1  1 – Em dezembro de 1997, várias nações assinaram, no Japão, um acordo para reduzir as emissões de gás carbônico. O objetivo desse acordo é que as emissões dos três gases que provocam o efeito estufa (monóxido de carbono, dióxido de carbono e CFC) sejam reduzidos em uma média de 10% entre 2008 e 2012.

2  2 – Avalia-se que as regiões polares serão as menos afetadas pelo aquecimento em um índice muito menor que as equatoriais.

3  3 – Com o aquecimento global é possível que regiões hoje predominantemente desérticas, como o norte da África, fiquem tão comprometidas que nelas será impossível qualquer forma de vida.

4  4 – Segundo a maioria dos cientistas, deverá haver um aquecimento maior do planeta, caso a emissão de gás carbônico continue a crescer. Acredita-se na possibilidade de duas mudanças fundamentais em consequência do aquecimento global: mudanças climáticas regionais e aumento no nível dos mares.

28. (URCA) Várias praças de cidades no Cariri cearense são belas na medida de suas árvores. Uma das árvores mais esplendorosas é o angico (família Mimosaceae) com grande porte, copa larga, frondosa e sempre verde. Sombra, beleza e frescor do ar são elementos positivos das árvores para o paisagismo e um ambiente urbano saudável. Além de tudo isso, é correto afirmar ainda que há o papel ecológico de árvores como angico para a diminuição do aquecimento global devido:

a) A fixação do nitrogênio pelas raízes.

b) A assimilação e fixação do CO2 da atmosfera.

c) A proteção aos animais dos raios ultravioletas.

d) A liberação de O2 pela fotossíntese.

e) A liberação de vapor de água na respiração vegetal.

29. (PUC-RS) O aquecimento global pode trazer consequências severas para a espécie humana. Milhares de pessoas morreram na Europa durante o verão de 2003. Neste ano, as temperaturas chegaram a 3,6oC acima da média histórica, tendo havido perdas na produção agrícola de até 25%. Em artigo publicado recentemente na revista científica Nature, cientistas relacionaram perdas na produção agrícola a aumentos anormais de temperatura. Com relação ao aquecimento global e às potenciais perdas agrícolas, é incorreto afirmar que:

a) A intensificação do efeito estufa deve-se ao aumento da concentração atmosférica de CO2 e ao aumento da extensão do buraco na camada de Ozônio.

b) O aumento da temperatura fornece energia para que uma quantidade adicional de água passe do estado líquido para o estado de vapor, em processo denominado de evapotranspiração, diminuindo a disponibilidade de água no solo e podendo causar estresse hídrico.

c) Quando sob estresse hídrico, as plantas devem manter os estômatos fechados como forma de diminuir a perda de água, o que reduz a capacidade de absorção de CO2 atmosférico e, consequentemente, a biossíntese de compostos orgânicos.

d) O aumento da temperatura favorece o acúmulo de umidade na atmosfera. Ao mesmo tempo em que determinadas áreas podem sofrer com déficit hídrico, outras regiões podem, inclusive, apresentar maiores volumes de precipitação.

e) O excesso de umidade no solo também pode levar a perdas agrícolas, pois um solo encharcado

dificulta a respiração das raízes, podendo acarretar seu apodrecimento.

30. (IFSUL) O efeito estufa tem colaborado com o aumento da temperatura no globo terrestre nas últimas décadas. Pesquisas recentes indicaram que o século XX foi o mais quente dos últimos 500 anos. Pesquisadores do clima afirmam que, num futuro próximo, o aumento da temperatura provocado pelo efeito estufa poderá ocasionar o derretimento das calotas polares e o aumento do nível dos mares. Como consequência, muitas cidades litorâneas poderão desaparecer do mapa. São fatores responsáveis pelo efeito estufa:

a) Concentração alta de monóxido e dióxido de carbono em determinadas regiões da atmosfera, formando uma camada que bloqueia a dissipação do calor, porém a derrubada e queimada de florestas não chegam a influenciar significativamente o efeito estufa.

b) Liberação de poluentes na atmosfera pelas diversas fontes de poluição gasosa (indústrias, veículos e usinas energéticas), a combinação destes com o vapor de água existente na atmosfera e a reação química entre estes poluentes, culminando na formação e precipitação de compostos ácidos.

c) Derrubada e queimada de florestas, queima de combustíveis fósseis, concentração alta de monóxido e dióxido de carbono em determinadas regiões da atmosfera, formando uma camada que bloqueia a dissipação do calor.

d) Liberação de poluentes na atmosfera pelas diversas fontes de poluição gasosa (indústrias, veículos e usinas energéticas) e a combinação destes poluentes com o vapor de água existente na atmosfera.

GABARITO

 

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
D D C D A B VFFVV D E B
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
C E A B B C VFFFF E VFFVV C
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
C B B A E D VFFFV B A C

 


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: