Publicado por: Djalma Santos | 15 de abril de 2011

Testes sobre citoplasma (2/3)

01. (UNEP) No geral, a morfologia e a quantidade de determinadas organelas podem revelar a atividade de uma célula. A coluna 1 contém características de algumas células, enquanto a coluna 2 contém uma função celular.Assinale a alternativa que contém a associação correta entre as duas colunas.

COLUNA 1

I. Citoesqueleto bem desenvolvido

II. Presença de microvilosidades

III. Complexo de Golgi bem desenvolvido

IV. Retículo endoplasmático liso bem desenvolvido

COLUNA 2

A. Secreção celular

B. Absorção aumentada

C. Movimentos celulares

D. Desintoxicação alcoólica

a) IA; IIB; IIIC; IVD.

b) IB; IIA; IIID; IVC.

c) IC; IIB; IIIA; IVD.

d) IC; IID; IIIB; IVA.

e) ID; IIC; IIIB; IVA.

02. (UEPG) Mergulhado no hialoplasma existe um sistema de finas membranas duplas, lipoproteicas, que formam uma complexa rede espalhada por toda a célula. A organização dessas membranas varia bastante dentro de uma mesma célula. Às vezes, formam cisternas; outras vezes, vacúolos; vêem-se também túbulos membranosos, que comunicam as cisternas entre si e, por fim, existem vesículas, pequenas bolsas independentes. Quanto ao conjunto desses elementos e a sua respectiva nomenclatura, assinale o que for correto.

I   II

0 0 – O sistema descrito refere-se ao complexo Golgiense e é um sistema em constante mudança. De uma cisterna destacam-se ocasionalmente vesículas; o material acumulado entre as membranas da cisterna pode distender suas paredes, resultando num vacúolo.

1  1 -Todos esses elementos, em conjunto, fazem parte do retículo endoplasmático. Além de se comunicarem entre si, as membranas do retículo também estão ligadas à membrana plasmática e à carioteca.

2  2 – A descrição trata-se dos centríolos cuja função é o transporte de substâncias no interior da célula, desta para o meio e vice-versa.

3 3 – Os vacúolos mencionados no enunciado, no caso das células vegetais, são regiões hipertrofiadas do sistema que armazenam água, sais, açúcares e pigmentos.

4  4 – O enunciado descreve a constituição dos lisossomos que participam da neutralização de substâncias tóxicas, como drogas e venenos.

03. (UFU) Considere as atividades celulares e as organelas apresentadas nas colunas abaixo.

I. Digestão intracelular

II. Síntese de proteínas

III. Acúmulo e eliminação de secreções

IV. Participação na divisão celular

V. Respiração celular

A. Retículo endoplasmático granular

B. Centríolos

C. Mitocôndrias

D. Lisossomos

E. Complexo de Golgi

Assinale a alternativa que corresponde à associação correta entre as duas colunas.

a) I-C; II-B; III-A; IV-E; V-D.

b) I-E; II-A; III-C; IV-D; V-B.

c) I-D; II-A; III-E; IV-B; V-C.

d) I-D; II-E; III-A; IV-B; V-C.

04. (UFJF) Em teoria, a infertilidade masculina pode ser causada pela ausência de corpúsculo basal (centríolo que migra para a periferia da célula) no espermatozoide. Por que a ausência de corpúsculo basal causaria infertilidade?

a) Não se formaria o flagelo do espermatozoide e, consequentemente, ele não teria movimento.

b) Não haveria a produção adequada de mitocôndrias faltando energia para o processo de fecundação.

c) Haveria uma redução drástica no número de espermatozoides devido ao aumento da concentração de radicais livres.

d) Ocorreria a má formação das fibras do fuso, promovendo a distribuição desigual de cromossomos na mitose e consequente morte das células.

e) Haveria a modificação de proteínas da membrana plasmática dos espermatozoides, o que dificultaria o reconhecimento dos ovócitos (óvulos).

05. (UNIMONTES) A maioria das ações fisiológicas que acontecem no organismo humano, geralmente, ocorre por meio de interações com as células. O esquema a seguir está relacionado com esse processo. Analise-o.

05

Considerando o esquema e o assunto abordado, analise as alternativas a seguir e assinale a que corresponde às estruturas celulares relacionadas diretamente com I e II, respectivamente.

a) Lisossomo e centríolo.

b) Membrana plasmática e retículo endoplasmático liso.

c) Mitocôndria e ribossomos.

d) Complexo de Golgi e núcleo.

06. (UEPA) Para a manutenção da vida, um constante fornecimento de energia é necessário. Uma diferença fundamental entre plantas (1) e animais (2) é a forma como é obtida a energia para essa manutenção. Os animais obtêm a energia química por meio da respiração, e as plantas absorvem a energia luminosa por outro processo (3).

Fonte: www.scribd.com/doc/3319811/fotossintese. Acessado em 17/09/2010.

Com referência ao texto acima, analise as afirmativas a seguir:

I. O número 1 diferencia-se do número 2 por apresentar um pigmento específico que atua na captação da energia luminosa.

II. O processo 3 ocorre nos organismos 1 e 2.

III. O centríolo presente no 2 possui a capacidade de se autoduplicar.

IV. O processo 3 ocorre nas mitocôndrias celulares.

De acordo com as afirmativas acima, a alternativa correta é:

a) I e II.

b) I e III.

c) II e III.

d) II, III e IV.

e) I, II, III e IV.

07. (UFPI) As mitocôndrias são organelas em forma de bastonetes arredondados, e a quantidade desta organela na célula, varia conforme o tamanho e o grau de atividade desta célula, podendo haver desde algumas dezenas até centenas delas. Sobre a mitocôndria é correto afirmar.

a) Apresenta duas membranas: uma externa lisa e outra interna; esta se apresenta dobrada em forma de pregas denominadas de matriz mitocondrial.

b) Possui uma cavidade delimitada pela membrana interna, que contém uma solução viscosa denominada de condrioma.

c) Apresenta, em sua membrana externa, diversas enzimas e muitas outras substâncias responsáveis pela respiração celular.

d) Apresenta DNA, o que indica que são capazes de autoduplicar e transferir às mitocôndrias resultantes seu material genético.

e) Não apresenta material genético, mas possui uma boa quantidade de ribossomos, o que indica que são capazes de produzir suas próprias proteínas.

08. (UNEMAT) Quando ingerimos substâncias tóxicas as células do fígado (hepatócitos), realizam a metabolização dessas substâncias, para evitar danos ao organismo. Qual organela é responsável por essa função?

a) Retículo endoplasmático liso.

b) Lisossomo.

c) Dictiossomo.

d) Vacúolo digestivo.

e) Glioxissomo.

09. (UEPB) Observe o esquema abaixo referente a um cloroplasto e assinale a alternativa cuja informação esteja correta.

09

a) Em 1 está representado o grana, pequena vesícula membranosa. Nessas membranas ficam imersos os pigmentos fotossintéticos, formando os chamados “complexos antenas”.

b) Acredita-se que a origem dos cloroplastos tenha sido por simbiose mutualística entre células eucarióticas e cianobactérias. São evidências que corroboram essa hipótese a presença de ribossomos, de DNA e RNA, a capacidade de síntese de proteínas e de autoduplicação, bem como a existência de membrana dupla formando o envelope.

c) Em 2 observa-se o RNA dos cloroplastos.

d) Em 3 é possível observar os complexos antenas, que são responsáveis por captar a energia luminosa e conduzi-la até um centro de reação. Esses complexos antenas estão na membrana externa do cloroplasto.

e) A luz só pode ser utilizada na fotossíntese graças à presença de pigmentos especializados – as clorofilas, que conseguem captar a energia luminosa, principalmente os comprimentos de onda das luzes verde e vermelha, nos quais a fotossíntese é mais intensa.

10. (UFV) As duas organelas celulares responsáveis pela síntese e secreção de glicoproteinas são:

a) O retículo endoplasmático rugoso e o complexo de Golgi.

b) O retículo endoplasmático liso e os lisossomos.

c) O complexo de Golgi e o retículo endoplasmático liso.

d) As mitocôndrias e o retículo endoplasmático rugoso.

11. (UFRN) Quando uma amostra de carne é colocada dentro de um recipiente esterilizado, mesmo que não seja possível a existência de microrganismos decompositores, ainda assim a amostra sofre decomposição. Tal processo é decorrente da atuação de substâncias que, normalmente encontradas na célula, estão armazenadas no interior do:

a) Lisossomo.

b) Ribossomo.

c) Retículo endoplasmático.

d) Complexo golgiense.

12. (UFPI) A maioria das células vegetais adultas apresenta um grande vacúolo central, caracterizado como uma bolsa membranosa repleta de uma solução aquosa que chega a ocupar 80% do volume celular. Sobre esse assunto, analise as proposições abaixo.

I. A membrana que envolve o vacúolo é denominada de tonoplasto.

II. As bolsas que caracterizam o vacúolo formam-se de retículo endoplasmático rugoso ou dos lisossomos.

III. A solução aquosa, entre outros componentes, apresenta íons inorgânicos, sacarose e aminoácidos.

IV. Os vacúolos também podem atuar como reservatórios de substâncias potencialmente prejudiciais ao citoplasma.

A opção correta é:

a) Todas as proposições estão corretas.

b) Somente I e II estão corretas.

c) Somente I e IV estão corretas.

d) Somente II e III estão corretas.

e) Somente I, III e IV estão corretas.

13. (UEPB) Observe a figura abaixo que esquematiza uma célula.

13

Assinale a alternativa que estabeleça de forma correta o nome e a função da organela representada no esquema acima.

a) Em 1 está representado o retículo endoplasmático granuloso, responsável pela condução intracelular do impulso nervoso nas células do músculo estriado.

b) Em 2 está representado o retículo endoplasmático não-granuloso, responsável pela síntese de proteínas.

c) Em 5 está representado o complexo golgiense, responsável pelo acúmulo e eliminação de secreções.

d) Em 3 está representado o lisossomo, local onde ocorre armazenamento de substâncias.

e) Em 4 está representado o vacúolo, responsável pela digestão intracelular.

14. (UPE) Num exame de fezes humanas, verificaram que havia a presença de amebas parasitárias do trato digestivo. Elas utilizam os pseudópodes para a locomoção e apreensão de alimentos para a sua nutrição. Porém, por meio da fagocitose realizam, especialmente, a:

a) Percepção de corpos estranhos.

b) Digestão intracelular lisossômica.

c) Reprodução por bipartição.

d) Manutenção da carga genética.

e) Formação de substâncias proteicas.

15. (UNIOESTE) Estudos microscópicos de um determinado tecido animal verificaram nas células abundantes Retículos Endoplasmáticos, Complexo Golgiense (Aparelhos de Golgi) bem desenvolvido e Mitocôndrias. Pode-se afirmar que as células observadas pertencem ao tecido:

a) Ósseo.

b) Pancreático.

c) Sanguineo.

d) Nervoso.

e) Cartilaginoso.

16. (UEFS) As plantas descendem de ancestrais que selecionaram uns aos outros, sem se digerir completamente. Células aquáticas ancestrais, com um voraz apetite, engoliram micróbios fotossintéticos verdes chamados cianobactérias. Algumas resistiram à digestão e sobreviveram dentro das células maiores, e continuaram a realizar fotossíntese. Com a integração, a comida verde crescia como parte de um novo ser. A bactéria de fora era agora uma parte independente dentro da célula. A partir de uma cianobactéria e um voraz nadador transparente, evolui um novo indivíduo, a alga. A partir das células verdes (protoctistas), vieram as células das plantas.

(MARGULIS, 1997, p. 90-91).

Em relação aos eventos endossimbióticos que favoreceram a evolução estrutural e metabólica dos sistemas vivos, podese afirmar:

a) O estabelecimento da pluricelularidade nos eucariontes foi dependente das relações de endossimbiose que originaram os cloroplastos.

b) A fagocitose realizada por células ancestrais permitiu digerir a parede celular de antigas cianobactérias, originando as mitocôndrias atuais.

c) A capacidade fotossintética presente no padrão eucarionte se estabeleceu a partir do evento simbiótico entre células aeróbias ancestrais e as cianobactérias.

d) A relação de dependência parasitária entre as cianobactérias e plantas ancestrais condicionou o estabelecimento dos cloroplastos e o padrão fotossintetizante.

e) As algas evoluíram a partir de bactérias fotossintetizantes que utilizavam o H2S como doador de hidrogênio.

17. (UNEMAT) Considere as seguintes funções celulares.

I. Contêm enzimas digestivas, como carboidrases, lipases, proteases, nucleases, fosfatases, etc.

II. Digerem material celular danificado.

III. Seu rompimento pode ser responsável por alguma doença.

IV. São encontrados aderidos à membrana do retículo endoplasmático rugoso.

São características dos lisossomos somente:

a) I, II, III, e IV.

b) I, II e IV.

c) I, II e III.

d) II, III e IV.

e) II e III.

18. (UFSM) Identificando, na figura abaixo, as partes de uma mitocôndria, conforme indicação das setas marque a alternativa correta.

18

AMABIS, José Mariano; MARTHO, Gilberto Rodrigues. Fundamentos da Biologia Moderna.m 4ª ed. São Paulo: Moderna, 2006. p. 157. (adaptado)

a) A – ribossomos, B – membrana interna, C – membrana externa, D – cristas.

b) A – molécula de DNA, B – matriz, C – cristas, D – membrana interna.

c) A – ribossomos, B – cristas, C – membrana externa, D – membrana interna.

d) A – cristas, B – membrana externa, C – membrana interna, D – molécula de DNA.

e) A – cristas, B – ribossomos, C – membrana interna, D – membrana externa.

19. (UNICENTRO) No ano de 2005, o Brasil produziu 36,7 milhões de toneladas de cimento. Desse total, 8,8 milhões foram produzidas em Minas Gerais, Estado que é o maior produtor de cimento do país, seguido por São Paulo, com 5,3 milhões e pelo Paraná, com 4 milhões de toneladas.

(SILICOSE, 2009).

O fragmento do texto faz referência a um dos materiais particulados sólidos, cujo processo de fabricação acarreta a liberação de poeira enriquecida em sílica cristalina, responsável por provocar inúmeras doenças pulmonares, dentre elas a silicose. Essa doença se desenvolve a partir da inalação de partículas de sílica, que são fagocitadas pelas células do epitélio pulmonar. Como essas partículas não podem ser digeridas, acumulam-se no interior de uma organela celular, provocando o rompimento de sua membrana, o que ocasiona a liberação de enzimas digestivas no citosol, culminando com a destruição generalizada das células pulmonares. Diante dessas informações, é possível afirmar que a organela diretamente atingida pelo acúmulo de sílica em seu interior é denominada:

a) Lisossomo.

b) Peroxissomo.

c) Complexo golgiense.

d) Retículo endoplasmático agranular.

20. (UPE) Se avaliamos um cloroplasto e uma mitocôndria numa célula vegetal, é correto afirmar que esses organoides funcionalmente:

a) Participam da respiração celular.

b) Possuem as mesmas estruturas internas.

c) Produzem adenosina trifosfato.

d) Estão presentes nos animais.

e) São ativados pela energia solar.

21. (IFSEP) A formação de uma célula eucariótica tem uma teo­ria que aposta na relação simbiótica entre células de estrutura bacteriana com alta capacidade oxidativa com grandes células armazenadoras de substratos ricos em energia. As estruturas com capacidade oxidativa são representadas pelos:

a) Centrossomos.

b) Golgiossomos.

c) Lisossomos.

d) Ribossomos.

e) Mitocôndrias.

22. (UFAC) No citoplasma das células eucariontes existe uma complexa rede de filamentos proteicos, que constituem o seu citoesqueleto, o qual, dentre outras funções, é responsável pela modificação do formato da célula. Nesse cenário, marque a alternativa que possui um elemento do citoesqueleto.

a) Canalículo.

b) Microtúbulo.

c) Citosol.

d) Citogel.

e) Proteína transmembrana.

23. (UFV) No crescimento de uma célula eucariótica ocorre um constante transporte de proteínas, RNA e DNA do seu sítio de síntese para um determinado domínio intracelular especifico, onde estas moléculas terão uma determinada função. Abaixo está representada uma célula na qual podem ser observados os sítios de localização de proteínas e as vias de transporte e secretórias:

23

Em relação às vias de transporte e de secreção de proteínas, é incorreto afirmar que:

a) As proteínas produzidas nos ribossomos livres no citosol são transportadas para o ergastoplasma, onde são glicosiladas.

b) O acesso ao núcleo ocorre por um poro chamado de complexo poro nuclear, pois essa organela é separada do citoplasma por uma membrana.

c) No complexo de Golgi, as proteínas produzidas no retículo granuloso são modificadas, separadas e empacotadas em bolsas membranosas.

d) O complexo golgiense é o responsável pela secreção celular, processo de exportação para fora da célula de substâncias úteis ao organismo.

24. (UPE) Por que, ao se utilizar água oxigenada (peróxido de hidrogênio) no ferimento, ela espuma?

A água oxigenada – peróxido de hidrogênio – reage quimicamente com o sangue e o plasma expostos em uma ferida, liberando o átomo de oxigênio que estava “sobrando”. É essa liberação que faz o líquido borbulhar – restando, então, apenas, água comum. A enzima chamada …..1…. acelera a decomposição da água oxigenada, liberando o gás oxigênio, que para algumas bactérias que possam estar no ferimento é um veneno. Peróxidos de hidrogênio são continuamente formados em vesículas denominadas ……..2……, presentes em nossas células, principalmente as hepáticas.

Assinale a alternativa que completa, corretamente, as lacunas 1 e 2 do trecho acima.

a) 1 – catalase; 2 – lisossomos.

b) 1 – peroxidase; 2 – mitocôndrias.

c) 1 – lipase; 2 – retículo endoplasmático granuloso.

d) 1 – catalase; 2 – peroxissomos.

e) 1 – oxidase; 2 – ribossomos.

25. (UPE) “Em 30 de maio de 2008, morreu Lorenzo Odone aos 30 anos, vítima de doença que motivou um esforço sobre-humano por parte de seus pais para salvá-lo e inspirou o filme indicado ao Oscar “O Óleo de Lorenzo.”

Adaptado Jornal “Washington Post”. 2008.

Lorenzo padecia de adrenoleucodistrofia (ALD), uma doença que causa mutações genéticas, que destroem o sistema neurológico. A enfermidade deriva normalmente de uma falha cerebral e causa morte, embora Lorenzo viveu vinte anos a mais do que previram os médicos. A ADL se caracteriza pelo acúmulo de ácidos graxos saturados de cadeia longa na maioria das células do organismo afetado, mas principalmente nas células do cérebro, levando à destruição da bainha de mielina. A ADL é associada a defeitos em uma proteína de membrana transportadora de ácidos graxos para o interior de uma determinada organela, onde sofreriam a beta-oxidação.Dentre as organelas abaixo, qual está envolvida nesse mecanismo?

a) Complexo de Golgi.

b) Lisossomos.

c) Peroxissomos.

d) Retículo endoplasmático agranular.

e) Retículo endoplasmático granular.

26. (UFES) Com base na figura abaixo, é correto afirmar que:

26

a) A estrutura 1 é responsável pela síntese de esteroides, colesterol, triglicérides e armazena glicogênio, além de possuir atividade de desintoxicação.

b) As enzimas necessárias ao metabolismo de lipídios e de açúcares estão associadas à membrana da estrutura 2 ou estão em seu lume.

c) No processo de endocitose, a estrutura 2 é responsável pela síntese das hidrolases lisossômicas e das proteínas de membrana do lisossomo.

d) O Golgi é responsável pelo transporte e pela digestão de partículas e de grandes moléculas, que são captadas pela célula por meio de uma variedade de processos.

e) A vesícula secretora é formada durante o processamento das proteínas de exportação e apresenta como características a intensa basofilia, quatro tipos de RNA e 80 proteínas diferentes associadas.

27. (UNIMONTES) Organelas são estruturas subcelulares comuns a muitos tipos de células. Constituem-se de compartimentos celulares limitados por membranas desenvolvendo funções distintas, contribuindo para o funcionamento celular. A figura abaixo ilustra estruturas relacionadas às células. Observe-a.

27

Considerando a figura e o assunto abordado, analise as alternativas abaixo e assinale a que não representa uma função das organelas apresentadas na figura acima.

a) Síntese de proteínas.

b) Armazenamento de substâncias.

c) Respiração celular.

d) Transmissão de informações genéticas.

28. (UEG) Na década de 1980, a análise de dados genéticos passou a fazer parte das investigações científicas a respeito da origem dos humanos modernos. Uma ferramenta importante para essa investigação é o DNA mitocondrial. Sobre o DNA mitocondrial (mtDNA), é incorreto afirmar:

a) A herança do mtDNA difere dos padrões de herança do DNA nuclear, pois as organelas citoplasmáticas de um zigoto, inclusive as mitocôndrias, vêm apenas do gameta feminino.

b) A variabilidade de uma população pode ser considerada resultado do acúmulo de mutações gênicas e de recombinação entre os genes paternos e maternos do mtDNA.

c) O mtDNA apresenta uma taxa de mutação elevada, e a comparação entre moléculas homólogas pode informar o tempo de divergência entre elas a partir de uma condição ancestral.

d) Por meio do conhecimento adquirido sobre a estrutura do mtDNA, o estudo da evolução humana experimentou enormes avanços, tendo em vista a possibilidade de se analisar, com êxito, restos humanos antigos, como o tecido cerebral.

29. (CEFET-MG) A figura abaixo é um modelo tridimensional de uma célula eucariótica observada ao microscópio eletrônico.

29

LAURENCE, J. “Biologia”. Citologia. São Paulo: Nova Geração, v.2, 2002. (adaptado)

Associe as organelas 1, 2, 3 e 4 às suas características e/ou funções descritas a seguir.

(  ) Organela envolvida na redução da cauda dos girinos.

(  ) Estrutura celular relacionada com a síntese de proteínas.

(  ) Estrutura responsável pelo “empacotamento” e secreção de substâncias.

( ) Organela abundante nos tecidos e/ou células que requerem grande “consumo” de energia.

A sequência correta encontrada é:

a) 1 3 2 4.

b) 1 3 4 2.

c) 2 3 4 1.

d) 2 4 1 3.

e) 3 1 4 2.

30. (UFPR) Sobre os diferentes componentes da célula vegetal, apresentados na figura abaixo, assinale a alternativa correta.

30

a) As estruturas representadas pelos números 4 e 11 representam, respectivamente, o retículo endoplasmático liso e o retículo endoplasmático rugoso, organelas exclusivas de células vegetais.

b) As estruturas 5, 6 e 7 representam, em conjunto, a organela responsável por armazenar toda a energia da célula vegetal, na forma de grãos de amido.

c) As estruturas 3 e 8 são diretamente responsáveis pela defesa da célula e apresentam a mesma constituição química: uma bicamada proteica rica em carboidratos.

d) As estruturas 1, 9 e 10 são características de células vegetais e têm como função, respectivamente, a sustentação celular, a fotossíntese e a regulação osmótica.

e) A estrutura 2 é a organela responsável por armazenar todo o material genético da célula. Além disso, inicia o processo de divisão celular.

GABARITO

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
C FVFVF C A B B D A B A
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
A E C B B C C A A C
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
E B A D C A C B C D
Anúncios

Responses

  1. Professor, o senhor pode rever a questão 25? Não entendi bem.

    • Talisonmanoel
      Veja a seguir, a explicação que você solicitou.
      25. (UPE) “Em 30 de maio de 2008, morreu Lorenzo Odone aos 30 anos, vítima de doença que motivou um esforço sobre-humano por parte de seus pais para salvá-lo e inspirou o filme indicado ao Oscar “O Óleo de Lorenzo.”
      Adaptado Jornal “Washington Post”. 2008.
      Lorenzo padecia de adrenoleucodistrofia (ALD), uma doença que causa mutações genéticas, que destroem o sistema neurológico. A enfermidade deriva normalmente de uma falha cerebral e causa morte, embora Lorenzo viveu vinte anos a mais do que previram os médicos. A ADL se caracteriza pelo acúmulo de ácidos graxos saturados de cadeia longa na maioria das células do organismo afetado, mas principalmente nas células do cérebro, levando à destruição da bainha de mielina. A ADL é associada a defeitos em uma proteína de membrana transportadora de ácidos graxos para o interior de uma determinada organela, onde sofreriam a beta-oxidação. Dentre as organelas abaixo, qual está envolvida nesse mecanismo?
      a) Complexo de Golgi.
      b) Lisossomos.
      c) Peroxissomos.
      d) Retículo endoplasmático agranular.
      e) Retículo endoplasmático granular.
      ALTERNATIVA CORRETA: C
      (“Peroxissomos.”)
      JUSTIFICATIVA
      PEROXISSOMOS
      Os peroxissomos ou peroxissomas são organoides geralmente esféricos, presentes em células eucarióticas e em todos os tecidos, principalmente fígado e rins, onde têm sido bem estudados. São formados por uma membrana lipoproteica que contém algumas enzimas funcionais na face interna. A maioria delas, entretanto, responsáveis pelas diversas funções exercidas por esse organoide, está dispersa na sua matriz, das quais a catalase representa cerca de 40%. Sabe-se, atualmente, que esses organoides catalisam um grande número de reações essenciais de diferentes rotas metabólicas, desempenhando, dessa forma, um papel muito importante no metabolismo intermediário. Um dos mais importantes processos metabólicos em que o peroxissomo está envolvido é a beta-oxidação dos ácidos graxos de cadeia muito longa (VLCFA do inglês Very long Chais Fatty Acids). Os peroxissomos também estão envolvidos, dentre outros processos, na biossíntese de fosfolipídios; de ácidos biliares; de colesterol e de intermediários de colesterol; na síntese de plasmalógenos [lipídios encontrados na bainha (bainha de mielina) que reveste os neurônios]; no metabolismo de aminoácidos e de purina; na oxidação de cadeia ramificada de ácidos dicarboxílicos e de ácidos graxos polinssaturados. Dada a sua multiplicidade de funções, as disfunções relacionadas com o peroxissomo também é diversificada em suas manifestações. Essas disfunções são conhecidas como distúrbios peroxissomiais ou doenças peroxissomiais, abordadas a seguir. Para maiores detalhes ver PEROXISSOMOS, matéria publicada, neste blog, no dia 25/04/2013.
      DOENÇAS PEROXISSOMIAIS
      São conhecidas várias doenças humanas ligadas a disfunções dos peroxissomos, a maioria delas com comprometimento neurológico severo (retardo psicomotor, hipotonia, convulsões, deficiência auditiva, comprometimento ocular, etc.). Essas doenças costumam ser subdivididas em 2 grandes grupos: grupo 1 e grupo 2. As do grupo 1 apresentam, como causa, defeitos generalizados na biogênese desses organoides, provocando múltiplas alterações funcionais. Nesse grupo, o peroxissomo não é formado normalmente, já que as proteínas não são importadas, sendo degradas no citoplasma. Assim sendo, as células não perderam a capacidade de produzir as enzimas típicas desse organoide e sim a capacidade de transferi-las para o interior do peroxissomo. Em consequência disso, ele se apresenta vazio, sendo representado apenas pela sua membrana. Como exemplo citamos a síndrome de Zellweger, doença rara, autossômica e recessiva, que interfere no desenvolvimento do cérebro e no crescimento da bainha de mielina. Nas doenças do grupo 2, a estrutura do organoide está intacta e presente, ocorrendo um defeito em uma enzima peroxissomial, fazendo com que apenas uma via metabólica seja afetada. Neste caso, ocorre acúmulo de substratos e falta dos seus respectivos produtos. A adrenoleucodistrofia, também conhecida como ALD (desmielinização do hemisfério direito), abordada nesta questão, é, dentre outras [hiperoxaluria tipo I, acatalassemia (catalassemia ou enfermidade de Takahara) e doença de Refsum], um exemplo de enfermidade do grupo 2. A ALD é um transtorno recessivo, ligado ao cromossomo X (herança ligado ao sexo), por isso também denomina X-ALD, que compromete, principalmente, a substância branca e os axônios do sistema nervoso central; as células de Leydig e o córtex adrenal. Para saber mais ver PEROXISSOMOS, matéria publicada, neste blog, no dia 25/04/2013.
      Um abraço
      Djalma Santos

      • Muito obrigado! Explicação excepcional! E a questão estão é bem específica… não li nada a respeito no livro de biologia. Eu fiquei em dúvida entre lisossomo (por causa da digestão intracelular) e retículo endoplasmático rugoso (por causa da síntese dessa proteína defeituosa)… mas a alternativa correta é a C, como o senhor explicou.

  2. Professor, e essa questão 20?

    • 20. (UPE) Se avaliamos um cloroplasto e uma mitocôndria numa célula vegetal, é correto afirmar que esses organoides funcionalmente:
      a) Participam da respiração celular.
      b) Possuem as mesmas estruturas internas.
      c) Produzem adenosina trifosfato.
      d) Estão presentes nos animais.
      e) São ativados pela energia solar.
      Caro Pedro Lins
      – Na etapa fotoquímica da fotossíntese, especificamente durante a fotofosforilação cíclica e a fotofosforilação acíclica, que ocorrem nos tilacoides, estruturas presentes nos cloroplastos, há produção de ATP (adenosina trifosfato).
      – Durante o ciclo de Krebs (ciclo do ácido cítrico ou ciclo do ácido tricarboxílico) e a cadeia respiratória (cadeia oxidativa ou cadeia transportadora de elétrons), que ocorrem, respectivamente, na matriz mitocondrial e nas cristas mitocondriais, ocorre produção de ATP (adenosina trifosfato).
      – ALTERNATIVA CORRETA: C (“Produzem adenosina trifosfato.”).
      – Sugiro uma revisão envolvendo fotossíntese e respiração celular.
      Um abraço
      Djalma Santos

  3. Professor muito obrigada por esse excelente material de exercicios. Grata de todo coração rsrs ^^


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: