Publicado por: Djalma Santos | 15 de abril de 2011

Testes sobre cromossomos (2/2)

01. Responda esta questão com base no esquema abaixo, que representa os cromossomos sexuais da espécie humana.

01

Os genes que determinam o daltonismo e a hemofilia devem estar situados:

a) Apenas no segmento II.

b) Nos segmentos II e I, respectivamente.

c) Apenas no segmento I.

d) Nos segmentos I e II, respectivamente.

e) Nos segmentos I ou II, indiferentemente.

02. Responda esta questão com base na figura abaixo. Nela, A representa uma célula com 2n cromossomos. Os esquemas B e C representam, respectivamente:

02

a) Monossomia e trissomia.

b) Haploidia e trissomia.

c) Monossomia e triploidia.

d) Haploidia e triploidia.

e) Euploidia e aneuploidia.

03. O esquema abaixo representa uma célula do corpo de uma determinada espécie animal.

03

Analise a figura e assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

I   II

0  0 – São homólogos, os cromossomos portadores dos genes AB e ab, bem como os dotados dos genes CD e cd.

1  1 – A célula esquematizada apresenta dois pares de homólogos.

2  2 – Na espécie considerada, 2n vale 2.

3  3 – O genoma do animal portador da célula esquematizada vale 8.

4 4 – Numa célula igual à  representada  no esquema,  que vai se dividir por mitose, apresentará, na interfase, um total de 8 cromátides, após a duplicação do DNA.

04. (UNIFOR) Considere a figura abaixo:

04

Nela estão representados os cromossomos humanos normalmente presentes em:

a) Uma célula somática masculina.

b) Uma célula somática feminina.

c) Um gameta feminino ou em um gameta masculino.

d) Um gameta feminino, somente.

e) Um gameta masculino, somente.

05. (COVEST) Observe a figura abaixo e avalie as proposições.

05

I  II

0  0 – Representação  de cromossomos de uma célula haploide durante a metáfase.

1  1 – Estruturas constituídas de DNA, proteínas, RNA e íons.

2 2 – Os cromossomos do grupo C possuem constricções primárias  e secundárias, constituídas de heterocromatina.

3 3 – O cromossomo  Y e os  cromossomos dos grupos A e B são, respectivamente, telocêntrico, metacêntrico e submetacêntrico.

4  4 – Representação do genoma de uma célula sexual.

06. (UNESP) Os quadrados a seguir representam, em esquema, células de seis indivíduos, numerados de 1 a 6, com a indicação do número de cromossomos autossômicos (A) e dos tipos de cromossomos sexuais (X e Y), presentes em cada uma delas.

06

Em relação a esses indivíduos e às células representadas, foram feitas as afirmações seguintes.

I. Os indivíduos 3, 5 e 6 são normais e pertencem à espécie humana.

II. A célula do indivíduo 2 pode ser igual à de um gameta do indivíduo 1.

III. O indivíduo 4 pode ser do sexo masculino ou do sexo feminino.

O que está correto?

a) I, apenas.

b) II, apenas.

c) I e II, apenas.

d) I e III, apenas.

e) II e III, apenas.

07. (PUCCAMP) Num dado organismo, foram encontradas células somáticas normais com seis cromossomos (I) e células aberrantes (II e III) cujos “cariótipos” estão esquematizados a seguir.

07

As aberrações cromossômicas dos “cariótipos” II e III são, respectivamente, do tipo:

a) Monossomia e Trissomia.

b) Monossomia e poliploidia.

c) Nulissomia e trissomia.

d) Nulissomia e poliploidia.

e) Nulissomia e monossomia.

08. (CESGRANRIO) Em relação aos cromossomos sexuais X e Y, são feitas as seguintes afirmações:

I. Quando pareados, são exemplos de cromossomos homólogos.

II. Características como a hemofilia, por exemplo, fazem parte do cromossoma X.

III. Características como o daltonismo, por exemplo, estão associadas a genes do cromossoma Y.

Estão corretas as seguintes afirmações:

a) apenas I.

b) apenas II.

c) apenas III.

d) apenas II e III.

e) todas.

09. (PUC-SP) Na aula de Biologia, o professor fez a seguinte afirmação: “A produção de ribossomos depende, indiretamente, da atividade dos cromossomos”.  Em seguida, pediu a seus alunos que analisassem a afirmação e a explicassem. Foram obtidas cinco explicações diferentes, que se encontram a seguir citadas. Assinale a única afirmação correta:

a) Os cromossomos são constituídos, essencialmente, por RNA ribossômico e proteínas, materiais utilizados na produção de ribossomos.

b) Os cromossomos são constituídos, essencialmente, por RNA mensageiro e proteínas, materiais utilizados na produção de ribossomos.

c) Os cromossomos contêm DNA; este controla a síntese de ribonucleoproteínas que formarão o nucléolo e que, posteriormente, farão parte dos ribossomos.

d) Os cromossomos são constituídos, essencialmente, por RNA transportador e proteínas, materiais utilizados na produção de ribossomos.

e) Os cromossomos, produzidos a partir do nucléolo, fornecem material para a organização dos ribossomos.

10. (UPE) Analise o esquema abaixo e, em seguida, assinale a alternativa que indica, corretamente, a sequência com os níveis de organização de um cromossomo.

10

a) I – fibra cromatínica, II – nucleossomo, III – alça, IV – molécula de DNA, V – cromossomo condensado.

b) I – alça, II – molécula de RNA, III – fibra cromossômica, IV – nucleossomo, V – cromossomo condensado.

c) I – molécula de DNA, II – alça, III – nucleossomo, IV – fibra cromatínica, V – cromossomo condensado.

d) I – molécula de DNA, II – nucleossomo, III – fibra cromatínica, IV – alça, V – cromossomo condensado.

e) I – molécula de RNA, II – fibra cromossômica, III – nucleossomo, IV – cromossomo condensado, V – alça.

11. (PUC-SP) Após observar atentamente os esquemas abaixo, poderíamos dizer que a célula I é haploide em relação à II, porque tem:

11

a) Número ímpar de cromossomos.

b) Pelo menos um par de cromossomos.

c) Cromossomos homólogos.

d) Um representante de cada par de homólogos.

e) Pareamento de cromossomos homólogos.

12. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

I   II

0  0 – Tendo  por  base  a  espécie  humana,  podemos  afirmar  que  os cromossomos sexuais são homólogos, sendo as fêmeas heterogaméticas e os machos homogaméticos.

1  1 – O termo  genoma indica o quadro  genético  de  uma raça, sendo também conhecido com gene pool.

2 2 – Cada  célula  de  uma  determinada  espécie  contém  um  número  constante e característico de cromossomos; esse número varia enormemente entre os seres vivos, e cada espécie tem um número determinado de cromossomos, que é suficiente para distingui-la de outras.

3 3 – Nas células haploides,  encontramos  apenas um representante de cada par de homólogos.

4  4 – Os cromossomos homólogos são sempre iguais entre si.

13. (COVEST) Com relação ao núcleo interfásico:

I   II

0  0 – A cromatina que se apresenta desespiralizada é denominada eucromatina.

1  1 – Os  cromossomos são  visíveis  como longos  filamentos  espiralizados  e corados por corantes ácidos.

2 2 – A  heterocromatina compreende a cromatina que permanece constantemente condensada.

3  3 – As regiões heterocromáticas, devido a sua maior densidade, podem ser confundidas com o nucléolo. Nesses casos, elas são chamadas de falso nucléolo, cariossomo ou cromocentro.

4  4 – Os nucléolos, presentes em toda a interfase, compreendem o sítio de produção de RNA ribossômico e daí serem desenvolvidos em células que têm baixo nível de síntese proteica.

14. Responda esta questão com base na figura abaixo.

14

I  II

0 0 – Representa o cariótipo  de um  indivíduo  portador  de uma aneuploidia do tipo trissomia.

1 1 – Representa o cariótipo de um indivíduo portador de uma euploidia do tipo triploidia.

2 2 – Representa o cariótipo de um indivíduo portador de síndrome de Klinefelter.

3  3 – Representa o  cariótipo  de um indivíduo portador de síndrome de Turner.

4  4 – Representa o cariótipo de um homem normal.

15. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

I   II

0  0 – Na figura abaixo existem dois cromossomos e quatro cromátides.

15

1 1 – Tendo por base a espécie humana, podemos afirmar que os cromossomos sexuais são homólogos, sendo as fêmeas heterogaméticas e os machos homogaméticos.

2 2 – O termo genoma indica o quadro genético de uma raça, sendo também conhecido com gene pool.

3 3 – Cada célula de uma determinada espécie contém um número constante e característico de cromossomos; este número varia enormemente entre os seres vivos, e cada espécie tem um número determinado de cromossomos, que é suficiente para distingui-la de outras.

4 4 – Nas células haploides, encontramos apenas um representante de cada par de homólogos.

16. (UFSC) O cariótipo consiste na montagem fotográfica, em sequência, de cada um dos tipos cromossômicos. Ele nos permite saber qual o número e o qual a forma dos cromossomos de uma espécie, bem como estabelecer o seu padrão cromossômico normal. A partir da análise da figura a seguir, e em relação a esses estudos, é correto afirmar que:

16

I    II

0   0 – O cariótipo é o “quadro cromossômico” das células haploides de cada espécie.

1  1 – Na espécie humana, os cromossomos são classificados em 7 grupos, compreendendo 22 pares de cromossomos autossômicos, e mais um par de cromossomos sexuais que, no homem, é XY e, na mulher, XX.

2  2 – Para obtenção do cariótipo, são utilizadas células de leucócitos em anáfase meiótica.

3  3 – A partir da análise de cariótipos, informações valiosas podem ser obtidas, tais como a existência de cromossomos extras ou de quebras, auxiliando no diagnóstico de certas anomalias genéticas.

4  4 – A síndrome de Down, ou trissomia do cromossomo 16, e o daltonismo são exemplos de doenças de origem genética que podem ser diagnosticadas através do exame cariotípico.

17. (PUC-SP) O carneiro (Ovis aries) apresenta 27 cromossomos em seus gametas normais. A partir desse dado, assinale a alternativa incorreta com relação ao número de cromossomos encontrado em diversas células dessa espécie.

a) Um neurônio de carneiro deve apresentar 52 autossomos.

b) Um linfócito de carneiro deve apresentar 54 cromossomos, incluindo 2 cromossomos sexuais.

c) Um óvulo de ovelha deve apresentar 26 autossomos.

d) Uma célula de carneiro que está na metáfase da mitose deve apresentar 54 cromossomos duplicados.

e) Uma célula muscular de carneiro deve apresentar 54 autossomos, além de 2 cromossomos sexuais.

18. (UFV) Uma amostra celular foi retirada de certo organismo diploide e sem anormalidades cromossômicas para estudo do seu cariótipo. Entre as células observadas, a representada pelo desenho a seguir foi a única obtida com os cromossomos bem visíveis.

18

Com base no desenho, assinale a afirmativa mais provável:

a) Trata-se de uma célula somática com dois pares de cromossomos homólogos.

b) Trata-se de uma célula gamética em meiose I.

c) Trata-se de uma célula somática com número diploide de cromossomos.

d) Trata-se de uma célula somática no início da metáfase.

e) Trata-se de uma célula germinativa em meiose II.

19. (FUVEST) Em determinada espécie animal, o número diploide de cromossomos é 22. Nos espermatozoides, nos óvulos e nas células epidérmicas dessa espécie serão encontrados, respectivamente:

a) 22, 22 e 44 cromossomos.

b) 11, 11 e 22 cromossomos.

c) 11, 22 e 22 cromossomos.

d) 22, 22 e 22 cromossomos.

e) 44, 44 e 22 cromossomos.

20. (CESGRANRIO) O esquema abaixo mostra o núcleo de uma célula epitelial humana durante o período de intérfase. Os pequenos corpúsculos que são observados em seu interior correspondem aos grânulos de cromatina. A estrutura maior é o nucléolo.

20

Assinale a opção correta em relação aos grânulos de cromatina:

a) Correspondem a porções de cromossomos que se fragmentam durante a interfase, para novamente se reunirem na mitose.

b) Correspondem a porções de cromossomos que durante a interfase se mantêm desespiraladas e que são denominadas eucromatina.

c) São porções de cromossomos constituídas por ARN e que, por esse motivo, coram-se do mesmo modo que o nucléolo.

d) Sorrespondem a porções de cromossomos que se mantêm espiralados durante a interfase e que são denominados heterocromatina.

e) São estruturas que equivalem, química e funcionalmente, aos ribossomos encontrados no citoplasma.

21. (PUCCAMP) Os cromossomos das células somáticas de um dado animal foram esquematizados como mostra a figura a seguir:

21

A partir desse esquema, foram feitas as seguintes deduções sobre esse animal:

I. Suas células diploides possuem 2n = 16 cromossomos.

II. Suas células haploides apresentam n = 8 cromossomos.

III. Seu cariótipo é formado por 4 cromossomos metacêntricos, 2 cromossomos submetacêntricos e 2 cromossomos acrocêntricos.

Dessas afirmações:

a) apenas I é verdadeira.

b) apenas II é verdadeira.

c) apenas III é verdadeira.

d) apenas I e II são verdadeiras.

e) I, II e III são verdadeiras.

22. (UPE) Analise as figuras abaixo:

22

Identifique os tipos de cromossomos representados nas figuras I, II, III e IV e assinale a alternativa correta.

a) I – submetacêntrico; II – telocêntrico; III – acrocêntrico; IV – metacêntrico.

b) I – submetacêntrico; II – acrocêntrico; III – telocêntrico; IV – metacêntrico.

c) I – metacêntrico; II – acrocêntrico; III – telocêntrico; IV – submetacêntrico.

d) I – acrocêntrico; II – submetacêntrico; III – metacêntrico; IV – telocêntrico.

e) I – submetacêntrico; II – metacêntrico; III – telocêntrico; IV – acrocêntrico

23. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

I  II

0 0 – Em uma célula somática, os dois cromossomos que formam cada um dos pares de homólogos, têm sua origem a partir de um cromossomo pai.

1  1 – Os cromossomos homólogos são sempre iguais entre si.

2 2 – Considerando as células  eucarióticas  e, com exceção dos gametas, todas são haploides.F

3  3 –  A cromatina é uma estrutura encontrada no núcleo interfásico.

4  4 – Por ocasião da divisão celular, os   satélites  cromossômicos se associam às fibras do fuso.

24. (UCPel) Podemos dizer que cromossomo é um filamento de  cromatina espiralado, visível ao microscópio óptico por ocasião da divisão celular. O conjunto de dados sobre tamanho, forma, número e características dos cromossomos de uma espécie é chamado de:

a) Cariótipo.

b) Cromonema.

c) Código genético.

d) Centrômero.

e) Cromátide.

25. Acerca da cromatina e do cromossomo é correto afirmar:

I   II

0 0 – A eucromatina corresponde  a porções  dos  cromossomos que se apresentam condensadas por ocasião da interfase.

1 1 – A cromatina pode ser  conceituada  como o conjunto  de “cromossomos” de uma célula que se encontra na interfase.

2  2 – A  duplicação  do material cromossômico ocorre durante a divisão celular, por ocasião da metáfase.

3  3  – Os cromossomos  homólogos, a exemplo dos cromossomos filhos, são sempre iguais entre si.

4  4 – A presença de um corpúsculo de Barr ou cromatina sexual é característica de todas as células eucarióticas.

26. (UNIP-SP) O esquema representa uma célula com dois corpúsculos de Barr.

26

Qual deverá ser a constituição cromossômica do portador de tal célula?

a) 44A + X.

b) 44A + XX.

c) 44A + XXY.

d) 44A + XYY.

e) 44A + XXX.

27. (UEPA) Os cromossomos são classificados, de acordo com a posição de centrômero, em quatro tipos, como mostram a figura a seguir.

27

A sequência correta para cada numeração é:

a) 1 metacêntrico; 2 acrocêntrico; 3 submetacêntrico; 4 telocêntrico.

b) 1 metacêntrico; 2 submetacêntrico; 3 telocêntrico; 4 acrocêntrico.

c) 1 metacêntrico; 2 submetacêntrico; 3 acrocêntrico; 4 telocêntrico.

d) 1 submetacêntrico; 2 acrocêntrico; 3 metacêntrico; 4 telocêntrico.

e) 1 submetacêntrico; 2 acrocêntrico; 3 telocêntrico; 4 metacêntrico.

28. (UPE) O cariótipo de um ser humano pode apresenta alterações no número e na estrutura dos cromossomos. O cariótipo abaixo é humano e está apresentando uma alteração.

28

Marque a alternativa que corresponde ao cariótipo apresentado.

ANOMALIA

FÓRMULA CARIOTÍPICA SEXO

ALTERAÇÃO

a

Síndrome de Patau

47, XY, + 13

Masculino Translocação

b

Síndrome de Down

47, XX, + 21

Feminino Trissomia

c

Síndrome de Turner

45, XO

Feminino Monossomia

d

Síndrome de Down

47, XY, + 21

Masculino Trissomia

e

Síndrome de Patau

47, XX, + 13

Feminino Trissomia

29. (PUC-SP) A cromatina, sob o aspecto morfológico, é classificada em eucromatina e heterocromatina. Elas se distinguem porque:

a) A eucromatina se apresenta condensada durante a mitose, e a heterocromatina já se encontra condensada na intérfase.

b) A eucromatina se apresenta condensada na interfase, e a heterocromatina, durante a mitose.

c) Só a heterocromatina se condensa, a eucromatina não.

d) A eucromatina é Feulgen positiva, e a heterocromatina é Feulgen negativa.

e) A eucromatina é a que ocorre no núcleo, e a heterocromatina é a que ocorre no citoplasma.

30. (COVEST) A cromatina sexual ou corpúsculo de Barr visto em células interfásicas de mamíferos, corresponde à condensação:

a) de um cromossomo Y em células somáticas dos machos.

b) de um cromossomo X que ocorre apenas em células reprodutoras das fêmeas.

c) de um autossomo encontrado em células reprodutoras das fêmeas.

d) de um cromossomo X que ocorre em células somáticas das fêmeas.

e) de um cromossomo Y apenas em células germinativas dos machos.

GABARITO

01

02 03 04 05 06 07 08 09

10

A

C VVFFV C FVVVF E A B C

D

11

12 13 14 15 16 17 18 19

20

D

FFFVF VFVVF VFVFF VFFFV FVFVF E E B

D

21

22 23 24 25 26 27 28 29

30

C

A FFFVF A FVFFF E C B A

D

Anúncios

Responses

  1. Por que o 2 é C e não A ? Qual a diferença ?

    • Prezada Mariane
      ALTERNATIVA CORRETA: C (“Monossomia e triploidia.”)
      Veja, abaixo, a diferença entre a alternativa A [Monossomia e trissomia. (INCORRETA)] e a alternativa C [Monossomia e triploidia. (CORRETA)]
      MUTAÇÕES CROMOSSÔMICAS
      Além das modificações que atingem o DNA propriamente dito, denominadas, especificamente, mutações gênicas, pontuais ou puntiformes, existe uma série de outras que afetam diretamente os cromossomos, chamadas mutações cromossômicas ou aberrações cromossômicas, que podem ser agrupadas em: numéricas e estruturais.
      I. Mutações cromossômicas numéricas: estão relacionadas com alterações no número de cromossomos e são classificadas em euploidias e aneuploidias. Nas euploidias [haploidia (n cromossomos), TRIPLOIDIA (3n cromossomos) e tetraploidia (4n cromossomos)] ocorre acréscimo ou perda de lotes cromossomos (genomas) completos. Nas aneuploidias [nulissomia (2n – 2 cromossomos), MONOSSOMIA (2n – 1 cromossomo), trissomia (2n + 1 cromossomo) e tetrassomia (2n + 2 cromosomos)] há perda ou acréscimo de um ou mais cromossomos, mas não de todo o genoma.
      II. Mutações cromossômicas estruturais: estão relacionadas com alterações na forma ou no tamanho dos cromossomos. Elas podem ser classificadas em: (a) deficiência ou deleção, quando falta um pedaço do cromossomo; (b) duplicação, quando o cromossomo tem um pedaço a mais; (c) inversão, quando o cromossomo tem um pedaço invertido; (d) translocação, quando um cromossomo tem um pedaço proveniente de outro cromossomo.
      Com base no exposto acima, é fácil concluir que na figura B falta um cromossomo, tratando-se, portanto, de uma aneuploidia do tipo monossomia. Na figura C, por outro lado, verifica-se o acréscimo de um conjunto cromossômico (um genoma), sendo, desta forma, uma euploidia do tipo triploidia (3n cromossomos) e não de uma trissomia (2n + 1 cromossomos), que é uma aneuploidia, onde se verifica o acréscimo de um cromossomo.
      Um abraço
      Djalma Santos

  2. Ola boa noite eu não entedi a resposta da pergunta 4 é a alternativa C pq?

    • Prezado Antônio
      Veja, a seguir, a resolução da questão que você solicitou.
      ALTERNATIVA CORRETA: C (“Um gameta feminino ou em um gameta masculino.”)
      JUSTIFICATIVA
      A figura mostra 23 cromossomos, tratando-se, portanto, de uma célula haploide (gameta). Como o cromossoma sexual é X, a referida figura pode representar um gameta masculino ou feminino. Lembramos que tanto a mulher (XX), quanto o homem (XY) apresentam cromossomo X. Se o cromossomo sexual fosse Y, seria, certamente, de um homem (gameta masculino).
      Um abraço
      Djalma Santos

  3. ola djalma, gostaria de primeiramente agradecer pelo site e pelas questões super uteis, principalmente para vestibulandos. e gostaria também de esclarecimento a cerca da ultima afirmativa da questão 12, pelo fato de que em todos os sites e livros que procuro a definição de cromossomos homólogos sempre aparece que “são iguais entre si, formando um par”. e o gabarito da questão diz que é incorreto dizer que cromossomos homólogos são sempre iguais entre si. serei grata pela sua resposta.

    • 12. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):
      I II
      0 0 – Tendo por base a espécie humana, podemos afirmar que os cromossomos sexuais são homólogos, sendo as fêmeas heterogaméticas e os machos homogaméticos.
      1 1 – O termo genoma indica o quadro genético de uma raça, sendo também conhecido com gene pool.
      2 2 – Cada célula de uma determinada espécie contém um número constante e característico de cromossomos; esse número varia enormemente entre os seres vivos, e cada espécie tem um número determinado de cromossomos, que é suficiente para distingui-la de outras.
      3 3 – Nas células haploides, encontramos apenas um representante de cada par de homólogos.
      4 4 – Os cromossomos homólogos são sempre iguais entre si.
      Prezada Thaisa
      ALTERNATIVA 4 4 (“Os cromossomos homólogos SÃO SEMPRE IGUAIS ENTRE SI.”) – INCORRETA
      Cromossomos homólogos são cromossomos que formam pares, nos quais um deles tem origem paterna (espermatozoide) e o outro tem origem materna (óvulo). Eles apresentam genes para as mesmas caracteristicas, chamados gene alelos, que podem ser iguais, em se tratando de homozigotos (AA, aa, BB, bb, CC, cc, DD, dd, etc.) ou diferentes, em se tratando de heterozigotos (Aa, Bb, Cc, Dd, etc.). A guisa de ilustração, tomemos, como exemplo, um determinado par de cromossomos homólogos dotado de genes responsáveis pela cor do olho. Neste contexto, o alelo de origem paterna pode ser A (olho escuro) e o de origem materna pode ser a (olho claro), formando o par Aa. Embora a característica seja a mesma (cor do olho), a modalidade da característica é diferente (olho escuro/olho claro). Dessa forma, embora possuam genes para as mesmas caracteristicas (genes alelos), os cromossomos homólogos podem ser iguais ou diferentes.
      Djalma Santos

  4. Não entendi essa 1 questão .. VocÊ pode me explicar ?

    • Ivanna
      Veja, a seguir a resolução da questão que você solicitou.
      ALTERNATIVA CORRETA: A (“Apenas no segmento II.”)
      JUSTIFICATIVA
      – O segmento II (“região não homóloga”), presente no cromossomo X não possui genes em comum (alelos) como o cromossomo Y. Os genes presentes na referida região apresentam um tipo de herança denominada herança ligada ao sexo. É o caso do daltonismo e da hemofilia.
      – Nível da questão: muito fácil.
      Djalma Santos

  5. Não entendi a reposta da questão 29, pensei que a eucromatina ela não se condensava

    • 29. (PUC-SP) A cromatina, sob o aspecto morfológico, é classificada em eucromatina e heterocromatina. Elas se distinguem porque:
      a) A eucromatina se apresenta condensada durante a mitose, e a heterocromatina já se encontra condensada na intérfase.
      b) A eucromatina se apresenta condensada na interfase, e a heterocromatina, durante a mitose.
      c) Só a heterocromatina se condensa, a eucromatina não.
      d) A eucromatina é Feulgen positiva, e a heterocromatina é Feulgen negativa.
      e) A eucromatina é a que ocorre no núcleo, e a heterocromatina é a que ocorre no citoplasma.
      Veja, a seguir, a explicação que você solicitou.
      ESTADOS FUNCIONAIS DA CROMATINA
      A utilização de corantes básicos revela a presença de dois “tipos” de cromatina no núcleo interfásico, denominados eucromatina e heterocromatina (falso nucléolo, cariossomo ou cromocentro), sendo esta mais intensamente corável. A diferença de colorabilidade entre a eucromatina e a heterocromatina é denominada heteropicnose. A eucromatina, que se apresenta menos condensada, é geneticamente ativa e nela há uma intensa transcrição gênica. ELA SOFRE CONDENSAÇÃO DURANTE A DIVISÃO CELULAR (ver MITOSE e MEIOSE, matérias publicadas neste blog nos dias 16/09/2015 e 21/08/2015, respectivamente), INDO CONSTITUIR OS CROMOSSOMOS PROPRIAMENTE DITOS. DESSA FORMA, CROMATINA E CROMOSSOMOS SÃO, EM ÚLTIMA ANÁLISE, ASPECTOS DIFERENTES DA MESMA ESTRUTURA, CONFORME A CÉLULA ESTEJA EM INTERFASE OU EM DIVISÃO. A heterocromatina, por outro lado, dotada de um maior nível de compactação, apresenta replicação de DNA mais lenta e certa inatividade gênica. Deve ser ressaltado que, em uma mesma fibra cromatínica, pode haver regiões eucromáticas e heterocromáticas. Esse tipo de organização, em que diferentes estados de condensação são mantidos lado a lado, possibilita que ocorram alterações cíclicas no nível de compactação da cromatina entre a interfase e a divisão celular. A heterocromatina pode ser classificada em constitutiva e facultativa. A constitutiva é formada por sequências gênicas altamente repetitivas, que, via de regra, não sofre transcrição. Ela se localiza em regiões específicas do “cromossomo”, principalmente no centrômero e ao redor das constrições secundárias. A facultativa é a parte da heterocromatina que, em um mesmo organismo, se apresenta condensada em algumas células e descondensadas em outras, representando, em última análise, um estado fisiológico reprimido do DNA que pode ser revertido ao estado não condensado. Um exemplo de heterocromatina facultativa é o corpúsculo de Barr ou cromatina sexual.
      Djalma Santos

  6. porque na numero 3 “2 2 – Na espécie considerada, 2n vale 2.” e falsa.E qual resposta e a correta

    • Veja, abaixo, a explicação que você solicitou.
      ALTERNATIVA 2 2 (“Na espécie considerada, 2n vale 2.”) – INCORRETA
      JUSTIFICATIVA
      O esquema representa uma célula diploide (2n), com quatro cromossomos (AB, ab, CD e cd). Dessa forma, 2n vale 4 e não 2, como consta no enunciado.
      Djalma Santos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: