Publicado por: Djalma Santos | 20 de maio de 2011

Testes de poluição (3/5)

01. (UNEMAT)A importância da água na vida do Planeta está relacionada com as suas propriedades físico-químicas. Recentemente, a ONU redigiu um documento intitulado: Declaração Universal dos Direitos da Água. A seguir estão descritos dois desses direitos:

– Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo a água deve ser manipulada com racionalidade e precaução.

– A água é a seiva de nosso planeta. Ela é condição essencial de vida de todo vegetal, animal ou ser humano. Dela dependem a atmosfera, o clima, a vegetação e a agricultura. Assim sendo a água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada.

Sobre o assunto, analise as afirmativas.

I. A polaridade da molécula da água é determinante na solubilidade dos sais dissolvidos nas fontes aquosas naturais.

II. A falta de água potável no Planeta é solucionada por processos físicos e químicos industriais, de baixos custos e simplificados.

III. O fato das moléculas de água poderem formar pontes de hidrogênio justifica seus altos pontos de fusão e de ebulição, relativos aos do ácido sulfídrico e aos do metano.

IV. Independente do seu uso, o ciclo da água garante a manutenção da quantidade de água potável no Planeta.

V. A densidade anômala da água garante a vida aquática em lagos, rios e mares, onde a temperatura atmosférica é igual ou abaixo de 0ºC.

Estão corretas as afirmativas

a) I e IV, apenas.

b) II, III e IV, apenas.

c) II e IV, apenas.

d) I, III e V, apenas.

e) I, II, III e V, apenas.

02. (UEFS) As sacolas plásticas simbolizam a vitória do cidadão consumidor de uma sociedade individualista centrada apenas no presente.[…] Imediatamente, em casa, tornam-se embalagem para o lixo, no circuto sem fim do consumo e do descarte. A pequena e singela proposta de redução do uso de embalagens plásticas nas compras problematiza, ainda que levemente, esse circuito do consumismo. Propõe pensar antes de ir ao supermercado, quem sabe limitar um pouco as compras ao necessário, fazer um pouco, claro, porém fazer algo. Parar, pensar, reduzir.

                                                              (SCHILLING, 2008, p. 37-39)

A sustentabilidade torna-se, cada vez mais, um conceito presente nas nossas ações do dia-a-dia. A respeito dessa nova postura em relação ao mundo e suas repercussões, é possível afirmar:

a) A sustentabilidade propõe a criação de uma nova noção do coletivo para que, mesmo atendendo às necessidades do presente, as gerações futuras possam também suprir suas próprias necessidades.

b) O sujeito da sociedade de consumo é um sujeito do coletivo, preocupado com a formação de uma consciência global para a preservação da natureza.

c) As sacolas plásticas estão associadas ao símbolo do descartável, fruto de um pensamento ecológico que favorece a reciclagem de matéria que ocorre na natureza.

d) O consumidor ideal é aquele que considera os aspectos ambientais ao comprar equipamentos exclusivamente de última geração, ou seja, produtos que já não acarretam impacto para o meio ambiente.

e) A sustentabilidade é um conceito que deverá ser empregado pelas próximas gerações para impedir que o consumismo desenfreado de hoje possa provocar danos aos habitantes do planeta no futuro.

03. (UEMS) Um dos grandes problemas ambientais, advindo da produção industrial, é o excesso de descargas de efluentes ricosem nutrientes. Estefenômeno, que pode causar altas taxas de mortalidade de peixes e outros animais, é chamado de:

a) Nitrificação.

b) Respiração.

c) Oxidação.

d) Carbonificação.

e) Eutrofização.

04. (UFSM) Em relação a outras fontes de energia alternativas – energia da biomassa – assinale a alternativa correta.

a) A disponibilização de tecnologia que possibilitam a obtenção de energia a partir da queima de produtos da biomassa é uma realidade distante.

b) Os interesses das grandes corporações de petróleo exercem pressão para promover o aproveitamento da biomassa como fonte alternativa na produção de combustíveis para motores.

c) Ao contrário das fontes energéticas tradicionais, a energia da biomassa é altamente poluidora, inviabilizando-a como fonte alternativa.

d) Países de clima temperado, por contarem com excelente condições climáticas para a produção de biomassa, têm exercido forte pressão para o desenvolvimento dessa alternativa energética.

e) Alternativas energéticas a partir da biomassa podem desenvolver o meio rural através do plantio e da participação do Estado na definição de políticas agrícolas.

05. (UFLA) Em relação ao ciclo do carbono, os processos que levam à remoção do CO2 da atmosfera são atualmente muito difundidos e pesquisados sob a denominação de “Sequestro de Carbono” – conceito consagrado na Conferência de Quioto (1977), a fim de propor medidas de contenção e reversão do acúmulo de CO2 na atmosfera, diminuindo-se, assim, o efeito estufa. Sobre os limites e possibilidades de processo naturais e artificiais de sequestro de carbono, analise as proposições abaixo e, a seguir, assinale a alternativa correta.

I. A fertilização dos oceanos – adicionar micronutrientes que aumentam o crescimento do fitoplâncton – pode provocar efeitos adversos ao ecossistema como, por exemplo, reduzir os níveis de oxigênio na água.

II. Apesar de os solos conterem organismos com grande capacidade de utilização do carbono, as práticas de agricultura no Brasil, em geral, por não incluírem rotação de culturas e conservação de áreas naturais, têm levado ao esgotamento dos níveis de carbono no solo.

III. As florestas novas, principalmente de reflorestamento, não podem ser sequestradoras diretas de carbono, mas trazem outros importantes benefícios à sustentabilidade ambiental, tais como diminuição da erosão e aumento da captação de água no solo.

a) As proposições I, II e III estão corretas.

b) Somente as proposições I e III estão corretas.

c) Somente a proposição I está correta.

d) Somente as proposições II e III estão corretas.

06. (UFPB) Nos últimos anos, o homem tem vivenciado diversas mudanças climáticas no planeta, entre elas o aumento do efeito estufa, causadas pelo aquecimento global. Acerca desses fenômenos, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

I   II

0  0 – O efeito estufa é um processo natural na evolução da Terra e permite a manutenção da vida no planeta.

1  1 – O sequestro do  CO2 pelas plantas diminui a concentração desse gás na atmosfera e, consequentemente, contribui para o aumento da temperatura e do efeito estufa.

2  2 – O CO2, assim como outros gases do efeito estufa, diminui a perda de calor, na forma de radiação ultravioleta, pela superfície terrestre, evitando seu resfriamento.

3  3 – O gás metano eliminado pela decomposição de matéria orgânica contribui para o aumento do efeito estufa.

4  4 – O aumento do nível de cloro na parte superior da atmosfera, devido à liberação de clorofluorcarbono, provoca a redução da camada de ozônio.

07. (UFCG) As notícias atuais sobre o aquecimento global alertaram sobre um aumento de temperatura média no planeta, com consequentes catástrofes nas diferentes regiões. Tais evidências afetarão os sistemas biológicos, com comprometimento à biodiversidade. Sobre o aquecimento global e suas consequências para o planeta, analise as afirmativas e assinale a alternativa correta:

I. A poluição atmosférica é a principal causa do aquecimento global.

II. O avanço dos oceanos sobre cidades litorâneas é, também, atribuída ao derretimento das calotas polares.

III. Uma camada de poluente dificulta a dispersão do calor, resultando no aumento da temperatura global.

IV. O aumento da temperatura reduz a evaporação das águas oceânicas, potencializando as catástrofes climáticas.

V. O protocolo de Kioto visa à redução da emissão dos poluentes que aumentam o efeito estufa no planeta.

A alternativa correta é:

a) I, II e IV.

b) I, III e IV.

c) II, IV e V.

d) I, II, III e V.

e) I, II, III, IV e V.

08. (UEPB) A energia é essencial para o desenvolvimento social e econômico do mundo. No entanto, sua “produção” e “consumo” provocam danos ambientais consideráveis. O uso crescente de combustíveis fósseis é apontado como a principal causa do aumento nas concentrações de gases de efeito estufa na atmosfera e do cada vez mais evidente aquecimento global, mas outras formas de geração de energia também contribuem para esse problema. Entre elas estão as usinas hidrelétricas. A noção de que as hidrelétricas – responsáveis, no Brasil, por 77% da eletricidade produzida – fornecem uma energia “limpa” vem sendo revista.

                                                            Ciência Hoje, vol. 41, 2008).

A principal contribuição das usinas hidrelétricas na produção e emissão de gases estufa é:

a) Através da decomposição de matéria orgânica nas áreas alagadas pelos reservatórios de algumas usinas gerando e emitindo metano e gás carbônico.

b) Através do represamento de rios, impedindo a circulação da água e provocando acúmulo de gases estufa.

c) Através do desmatamento das matas ciliares dos rios e de florestas que serão alagadas na formação do lago da usina.

d) Através da movimentação de imensas turbinas que geram calor por atrito com a vazão em larga escala de água pelas comportas das usinas.

e) Através dos poluentes e contaminação advindos das atividades de sua bacia de drenagem, tais como: indústria, irrigação, pecuária, lazer, entre outros, ricos em metano e gás carbônico.

09. (UFC) O fenômeno conhecido como imposex caracteriza-se pelo surgimento anormal de caracteres sexuais masculinos, como pênis e vaso deferente, em fêmeas de moluscos gastrópodes. Esse fenômeno é provocado pela contaminação da água do mar por compostos orgânicos de estanho, como o tributilestanho (TBT), oriundo das tintas de ação antiincrustante utilizadas em muitas embarcações. O imposex é verificado principalmente em áreas onde há fluxo constante de navios e embarcações. Com base no exposto, assinale a alternativa correta.

a) A introdução de fêmeas normais no local contaminado seria vantajosa, pois restabeleceria permanentemente a população de fêmeas, e a reprodução não seria afetada.

b) O acúmulo de TBT na cadeia alimentar levaria a um fenômeno conhecido como magnificação trófica, aumentando a concentração de TBT nos níveis tróficos inferiores.

c) A população de moluscos afetados pela contaminação com TBT entraria em declínio, com uma possível extinção local da espécie.

d) O TBT atuaria de maneira benéfica para a comunidade marinha por realizar o controle da população local de moluscos.

e) O TBT teria efeito direto na população de moluscos, sem afetar os demais organismos da comunidade marinha local.

10. (UECE) “As lagoas da cidade continuam a sofrer com a ocupação irregular e com a falta de saneamento. A Prefeitura se esforça para urbanizar o entorno de algumas e reassentar famílias ribeirinhas, mas para o problema do saneamento não pode dar solução definitiva a médio prazo.”

                                                     Jornal O POVO, 2 de outubro de 2008.

A falta de saneamento e a ocupação irregular das cidades têm sido uma prática bastante comum, o que tem resultado na eutrofização de lagoas da nossa cidade, provocando a proliferação de algas, o crescimento de plantas e, consequentemente, a morte de peixes. Tal fenômeno revela o estado preocupante de desequilíbrio ambiental em que se encontram esses ecossistemas. Com relação ao processo de eutrofização é correto afirmar que:

a) Os peixes que vivem em lagos eutrofizados morrem ao se alimentarem da matéria orgânica contaminada, em virtude do crescimento das bactérias anaeróbicas em seu organismo.

b) Nos corpos d’água eutrofizados, observam-se elevadas densidades de cianobactérias que tornam a água desses ecossistemas imprópria para o abastecimento humano, pela alta quantidade de substâncias tóxicas persistentes.

c) É um fenômeno típico do mundo atual, resultante das atividades diárias, e, portanto, não acontece sem a interferência humana.

d) A elevada taxa de mortalidade de peixes se dá pela poluição da água com detergentes biodegradáveis que interferem desastrosamente no ciclo do carbono.

11. (PUC-RIO)No processo de eutrofização de águas, pode ser encontradoo seguinte fenômeno:

a) Grande mortandade de peixes.

b) Suprimento escasso de nutrientes na água.

c) Diminuição das taxas de decomposição bacteriana.

d) Aumento da concentração de oxigênio na coluna de água.

e) Diminuição da concentração de matéria orgânica.

12. (PUC-RIO)Na Linha Amarela, via existente na zona Oeste da cidadedo Rio de Janeiro, existe uma operação denominada“túnel limpo”, que consiste em promover medidas que evitemque os carros fiquem parados e ligados em engarrafamentono interior do túnel. Caso o movimento seja muito grande, oengarrafamento acontece a céu aberto. A razão principaldessa medida é evitar que as pessoas respirem monóxidode carbono produzido pela combustão parcial doscombustíveis. Esse gás é considerado extremamente tóxicoporque:

a) Se liga à hemoglobina, competindo com o O2.

b) Se combina com o O2, formando O3 e CO2.

c) Se liga às células do pulmão, dificultando a hematose.

d) Se complexa a proteínas da cadeia respiratória.

e) Obstrui os brônquios, enrijecendo os alvéolos pulmonares.

13. (FUVEST) A chamada “química verde” utiliza métodos e técnicas próprios para reduzir a utilização e/ou a geração de substâncias nocivas ao ser humano e ao ambiente. Dela faz parte o desenvolvimento de:

a) Produtos não biodegradáveis e compostos orgânicos persistentes no ambiente para combater pragas.

b) Técnicas de análise para o monitoramento da poluição ambiental e processos catalíticos para reduzir a toxicidade de poluentes atmosféricos.

c) Produtos não biodegradáveis e processos que utilizam derivados do petróleo como matéria-prima.

d) Compostos orgânicos, persistentes no ambiente, para combater pragas, e processos catalíticos a fim de reduzir a toxicidade de poluentes atmosféricos.

e) Técnicas de análise para o monitoramento da poluição ambiental e processos que utilizam derivados do petróleo como matéria-prima.

14. (FUVEST) O debate atual em torno dos bicombustíveis, como o álcool de cana-de-açúcar e o biodiesel, inclui o efeito estufa. Tal efeito garante temperaturas adequadas à vida na Terra, mas seu aumento indiscriminado é danoso. Com relação a esse aumento, os bicombustíveis são alternativas preferíveis aos combustíveis fósseis porque:

a) São renováveis e sua queima impede o aquecimento global.

b) Eetiram da atmosfera o CO2 gerado em outras eras.

c) Abrem o mercado para o álcool, cuja produção diminuiu o desmatamento.

d) São combustíveis de maior octanagem e de menores taxas de liberação de carbono.

e) Contribuem para a diminuição da liberação de carbono, presente nos combustíveis fósseis.

15. (UFAL)Se uma povoação se estabelece nas margens de uma lagoa, e grandes quantidades de esgoto sem tratamento passam a ser despejadas nesse ecossistema, onde há gramíneas, cobras, caramujos, peixes e outros seres vivos, pode ocorrer uma proliferação muito intensa de bactérias. Subsequentemente, espera-se que ocorra:

1. Morte de caramujos.

2. Morte de peixes.

3. Dificuldade de penetração de luz; diminuição da fotossíntese.

4. Poluição da lagoa, com aumento do número de bactérias anaeróbicas.

5. Desaparecimento de plantas e de diferentes animais.

Está(ão) correta(s):

a) 1, 2, 3, 4 e 5.

b) 1 e 2, apenas.

c) 1, 2 e 3, apenas.

d) 5, apenas.

e) 4 e 5, apenas.

16. (UNICENTRO) A necessidade de se fazer uma transição de recursos não renováveis de carbono para biorrecursos renováveis é inegável. […]. O grande desafio […] está em se desenvolver um produto agrícola que apresente o dobro da produção de biomassa, aumentando o valor industrial do produto em termos de extração do bicombustível.[…] A biomassa de uma árvore pode ser aumentada atuando-se, por exemplo, no processo de fotossíntese, aumentando-se a captação inicial de energia da luz, a qual atualmente é de menos de 2%. Outras possibilidades seriam atuar no metabolismo do nitrogênio, tornar a planta mais robusta, por meio do aumento da resistência a doenças e a insetos, tolerância a secas e a grandes variações de temperatura, diminuir o período de dormência da planta durante o inverno, ou eliminar a floração, processo que consome muita energia.

                                                                            (FARAH, 2007. p. 357)

A partir da análise das informações do texto, pode-se considerar uma estratégia possível:

a) A aplicação de inseticidas mais tóxicas, aumentando as chances de polinização das plantas.

b) A produção de plantas geneticamente modificadas que aumentem a incidência de luz no ambiente.

c) A interferência no metabolismo do nitrogênio, permitindo à planta absorver pelas folhas o nitrogênio do ar.

d) A eliminação da floração diminui o consumo de energia da planta, assegurando-lhe maior potencial adaptativo.

e) O aumento da biomassa pode ser obtido induzindo a planta a realizar, com mais eficiência, o processo da fotossíntese através de engenharia genética.

17. (CEFET-PE) Trabalhos, artigos, filmes, etc. mostram que o aquecimento global e um fato. Isso provoca desequilíbrios ambientais sérios, tais como furacões, tornados, maremotos, todos em áreas onde não era comum a ocorrência deles, inclusive no Atlântico Sul, até mesmo em países como o Brasil. A principal causa desse aquecimento é:

a) O aumento da concentração de dióxido de carbono na atmosfera, devido à queima de combustíveis fósseis.

b) O aumento da concentração de monóxido de carbono na atmosfera, devido as queimadas, destacando-se as que ocorrem na região amazônica brasileira.

c) O aumento da concentração de nitrogênio na atmosfera, provocado principalmente pela decomposição da matéria orgânica.

d) A diminuição da quantidade de oxigênio na atmosfera, devido ao aumento populacional e diminuição das áreas florestais.

e) A diminuição da camada de ozônio na atmosfera, provocada pela liberação de gases, principalmente de sprays e ar condicionado.

18. (FUVEST) A prática da queima da palha da cana-de-açúcar para facilitar a colheita deve ser extinta no Estado de São Paulo, por causar danos ao meio ambiente. Esses danos estão diretamente relacionados com:

a) O aumento de compostos nitrogenados no solo, como amônia e nitrato.

b) A redução na evaporação da água do solo.

c) O aumento da matéria orgânica na superfície do solo, provocado pela queima da matéria vegetal.

d) A redução da erosão na área, provocando o acúmulo de cinzas na superfície.

e) O aumento na concentração de gases tóxicos na atmosfera, provocado pela combustão da matéria orgânica.

19. (COVEST) Com relação à interferência humana no meio ambiente, analise as afirmações apresentadas a seguir.

I   II

0  0 –  O óxido nitroso contribui para a acentuação do efeito estufa.

1 1 –  Quando queima combustíveis fósseis, o homem interfere no ciclo de nitrogênio da natureza, propiciando, principalmente, a produção de nitritos e, em menor escala, de nitratos.

2 2 –  Embora se constitua no principal fator do aumento da concentração de gás carbônico atmosférico, a queima de florestas não compromete o equilíbrio ecológico.

3 3 – A poluição marinha por vazamento de óleo e o desflorestamento contribuem para a redução da captação de gás carbônico por autótrofos fotossintetizantes encontrados nesses ambientes.

4 4 – A alternância da plantação de culturas, como soja e feijão, com a plantação de leguminosas, ricas em Rhizobium em seus peroxissomos, é uma prática correta na agricultura.

20. (PUC-RIO) A proibição do fumo em bares e restaurantes, adotada em vários estados do Brasil e no exterior, com o intuito de proteger o não fumante (fumante passivo), gerou grande polêmica, inclusive jurídica. Todas as alternativas contêmargumentações sobre as ações da fumaça do tabaco quesão comprovadamente aceitas, exceto uma. Indique-a.

a) Causa problemas respiratórios, principalmente em crianças.

b) Contém monóxido de carbono, que bloqueia a função de certas células sanguíneas.

c) Tem ação cancerígena tanto para o fumante ativo quanto para o passivo.

d) Causa dilatação dos brônquios, aumentando a absorção de oxigênio.

e) Contém nicotina, que age sobre o sistema nervoso e causa dependência.

21. (UNESP) Os animais da Amazônia estão sofrendo com o desmatamento e com as queimadas, provocados pela ação humana. A derrubada das árvores pode fazer com que a fina camada de matéria orgânica em decomposição (húmus) seja lavada pelas águas das constantes chuvas que caem na região.

                                                                       (J. Laurence, Biologia.)

O contido no texto justifica-se, uma vez que:

a) A reciclagem da matéria orgânica no solo amazônico é muito lenta e necessita do sombreamento da floresta para ocorrer.

b) O solo da Amazônia é pobre, sendo que a maior parte dos nutrientes que sustentam a floresta é trazida pela água da chuva.

c) As queimadas, além de destruir os animais e as plantas, destroem, também, a fertilidade do solo amazônico, originalmente rico em nutrientes e minerais.

d) Mesmo com a elevada fertilidade do solo amazônico, próprio para a prática agrícola, as queimadas destroem a maior riqueza da Amazônia, a sua biodiversidade.

e) O que torna o solo da Amazônia fértil é a decomposição da matéria orgânica proveniente da própria floresta, feita por muitos decompositores existentes no solo.

22. (UEG) O ozônio encontra-se entre a troposfera e a estratosfera, agindo como um filtro que protege o planeta da radiação ultravioleta. O buraco na camada de ozônio contribui diretamente para o aquecimento global. A esse respeito, é correto afirmar:

a) A diminuição dessa camada vem ocorrendo com maior intensidade nas regiões temperadas, sobretudo no verão devido à alta incidência da radiação solar.

b) A radiação da UV-B pode causar desde alteração do DNA, acarretando mutações, até a destruição dos fitoplanctons, comprometendo a alimentação e a vida marinha.

c) A presença do buraco na camada de ozônio preocupa os cientistas ligados ao campo da saúde, pois seus efeitos atuam especificamente no corpo humano.

d) As correntes frias de Humboldt e das Falklands constituem uma barreira natural contra os efeitos do aquecimento global, impedindo assim o aquecimento da região austral.

23. (PUC-RS)

RESPONDA ESTA QUESTÃO COM BASE NO TEXTO E NAS AFIRMATIVAS ABAIXO.

Até a inauguração do canal do Panamá, em 1913, arota comercial do Atlântico para o Pacífico incluía obrigatoriamente a travessia do Cabo Horn, no extremo sul da América do Sul, já que era inviável a travessia contornando o Canadá pelo norte, em função da extensão das banquisas de gelo do Ártico. Em setembro de 2007, essa travessia foi realizada pelo velejador norte-americano Roger Swanson, de 76 anos, a bordo do veleiro Cloud Nine. Também nesse ano, a prestigiada revista científica Nature noticiou uma grande diminuição do gelo no verão Ártico, o que teria permitido a passagem do navegador. Esse fenômeno é resultado direto do aquecimento global, cujos efeitos podem determinar grande perda de biodiversidade.

Sobre esse fenômeno, afirma-se:

I. A intensificação do efeito estufa é atribuída ao aumento da concentração de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera, em função da queima de combustíveis fósseis.

II. O metano (CH4) também é um gás intensificador do efeito estufa, sendo liberado a partir da decomposição anaeróbica de matéria orgânica.

III. Embora o dióxido de carbono seja considerado o vilão do efeito estufa, o metano, isoladamente, é um gás estufa muitas vezes mais potente.

IV. Além do dióxido de carbono e do metano, o vapor d’água também é considerado como um importante gás estufa.

Pela análise das afirmativas, conclui-se que estão corretas as alternativas:

a) I e II, apenas.

b) I e III, apenas.

c) I e IV, apenas.

d) II, III e IV, apenas.

e) I, II, III e IV.

24. (UFMT) Resíduos humanos, de regiões urbanas ou rurais, contêm grande quantidade de compostos de fósforo e de nitrogênio. Esses nutrientes quando em excesso estimulam microrganismos fotossintetizantes que vivem na superfície das águas e proliferam enormemente. Águas, nessas condições, tornam-se eutrofizadas. Sobre esse assunto, analise as afirmativas.

I. Em águas com grande quantidade de nutrientes, as bactérias degradam os compostos e liberam nitratos e fosfatos.

II. Organismos autotróficos e heterotróficos se multiplicam rapidamente, produzindo o fenômeno conhecido como floração das águas.

III. A desoxigenação da água causa a morte de organismos aeróbios, tanto autótrofos quanto heterótrofos.

IV. Nos dias de sol, a respiração predomina sobre a fotossíntese havendo menor produção de oxigênio, o que favorece o desenvolvimento das algas.

Estão corretas as afirmativas

a) I, II e IV, apenas.

b) I e III, apenas.

c) II e III, apenas.

d) II, III e IV, apenas.

e) I, II, III e IV.

25. (UESPI) A garimpagem clandestina que, sem dúvida, traz muitas vantagens para alguns, danifica o meio ambiente e deve merecer muita atenção do poder público. Com relação aos danos causados ao meio ambiente, podemos citar:

1. combinação de mercúrio às partículas de ouro, determinando, ao final do processo, poluição da água e do ar.

2. concentração de material de alta toxidade no organismo humano, pela ingestão de peixes, etc., contaminados com o referido material.

3. destruição da vegetação e degradação do solo.

4. assoreamento de rios, com possibilidade de inundação e interferência no processo de acasalamento de peixes.

Está(ão) correta(s):

a) 2, 3 e 4, apenas.

b) 3 e 4, apenas.

c) 1, 2, 3 e 4.

d) 1, 3 e 4, apenas.

e) 1, apenas.

26. (MACK) Três consequências da poluição atmosférica são a destruição da camada de ozônio (A), o efeito estufa (B) e as chuvas ácidas (C). Os principais gases envolvidos em A, B e C são, respectivamente:

a) Dióxido de carbono, dióxido de enxofre e clorofluorcarbono (CFC).

b) Dióxido de enxofre, dióxido de carbono e clorofluorcarbono (CFC).

c) Clorofluorcarbono (CFC), dióxido de carbono e dióxido de enxofre.

d) Clorofluorcarbono (CFC), dióxido de enxofre e dióxido de carbono.

e) Dióxido de carbono, clorofluorcarbono (CFC) e dióxido de enxofre.

27. (UEPB) Professores de Ecologia do Departamento de Biologia da Universidade Estadual da Paraíba foram chamados para dar um diagnóstico sobre os acidentes ecológicos ocorridos nos açudes Velho e Bodocongó, ambos situados na cidade de Campina Grande-PB, pois os dois corpos aquáticos apresentavam uma coloração esverdeada e algumas espécies de peixes mortos. Após coletarem amostras da água, e de uma análise minuciosa, concluíram que:

a) Houve um aumento de nutrientes, tais como: nitrato, nitrito, potássio e sódio.

b) Houve um aumento da comunidade planctônica fazendo com que os açudes se tornassem oligotróficos.

c) Um aumento da comunidade do fitoplancton e zooplancton deixou os corpos aquáticos eutrofizados.

d) O florescimento ou “bloom” de microalgas e o excesso de nutrientes e temperatura causaram esses acidentes.

e) Houve um aumento das algas azuis ou cianobactérias liberando uma quantidade de toxinas.

28. (UFSCar) Uma tubulação de esgoto passava ao lado de um lago no parque central da cidade. Embora em área urbana, esse lago era povoado por várias espécies de peixes. Um vazamento na tubulação despejou grande quantidade de resíduos nesse lago, trazendo por consequência, não necessariamente nessa ordem:

I. Morte dos peixes.

II. Proliferação de microorganismos anaeróbicos.

III. Proliferação de organismos decompositores.

IV. Aumento da matéria orgânica.

V. Diminuição da quantidade de oxigênio disponível na água.

VI. Liberação de gases mal cheirosos, como o ácido sulfídrico.

Pode-se dizer que a ordem esperada para a ocorrência desses eventos é:

a) I, IV, III, V, II e VI.

b) I, VI, III, IV, V e II.

c) IV, III, V, I, II e VI.

d) IV, VI, V, III, II e I.

e) VI, V, I, III, IV e II.

29. (UnB) “Algumas atividades desencadeadas pelo ser humano estão danificando a camada de ozônio atmosférico que envolve a Terra e, mesmo que fosse imediata e completamente interrompida, a reposição total do ozônio demandaria um século. Um dos efeitos da diminuição do ozônio é o aumento dos raios solares ultravioleta, chamados UV-B, que atingem a superfície terrestre. Sobre os seres humanos, esse aumento provoca a diminuição, ou mesmo, a supressão do sistema imunológico, aumento dos casos de catarata, de cegueira fotoinduzida, de câncer de pele, etc. Em relação ao meio ambiente, o UV-B poderá levar a vários prejuízos, tais como: morte ou menor atividade de microrganismos envolvidos na fixação de nitrogênio, redução das atividades do fitoplâncton marinho (responsável pela produção de biomassa), diminuição da atividade do bacterioplâncton (principal responsável pela reciclagem da matéria orgânica do mar), etc. A frágil camada de ozônio que envolve a Terra é, portanto, fundamental para o equilíbrio ecológico que sustenta as diferentes formas de vida no planeta.”

                                                  (Adaptado de Ciência Hoje, no 16, 1993)

Utilizando o texto e conhecimentos correlatos, julgue os itens a seguir.

I   II

0  0 – Os clorofluorcarbonetos, utilizados em sistema de refrigeração, tintas e sprays, são gases que danificam a camada de ozônio.

1   1 – O aumento da radiação UV-B poderá levar ao incremento da ocorrência e da severidade de doenças infecciosas.

2  2 – A drástica diminuição da fixação de nitrogênio em plantas superiores reduzirá o potencial nutritivo de plantas importantes para a alimentação humana.

3   3 – O aumento dos raios UV-B não têm relação com o efeito estufa ou com as alterações do clima global.

4   4 – A redução da camada de ozônio poderá acarretar a diminuição da matéria orgânica no mar.

30.  (UFPB)A figura abaixo, representa parte de uma região atravessada por um rio.

30.1

Na região correspondente à área rural e na região correspondente à área urbana, observa-se a ocorrência de lançamento contínuo de esgoto não-tratado nas águas do rio. Nesse rio, foi medido o teor de oxigênio dissolvido em amostras de água coletadas nas regiões indicadas na figura por 1, 2 e 3. Os resultados obtidos nas amostras estão, corretamente, representados no gráfico:

30.B

31. (PUC-MG) Observe atentamente a charge e as afirmações a seguir.

31

I. O aterro sanitário de qualquer município deve possuir licença para funcionamento e expansão.

II. Um aterro pode representar risco à saúde dos moradores de um município, uma vez que sejam detectadas irregularidades na impermeabilização e escoamento do resíduo líquido (chorume) depositado no local.

III. Os processos anaeróbios que ocorrem na matéria orgânica dos aterros sanitários podem produzir gás metano e adubo.

IV. Animais invertebrados e vertebrados podem se beneficiar e participar do ciclo da matéria nos aterros sanitários.

Estão corretas as alternativas:

a) I, II, III e IV.

b) I, III e IV, apenas.

c) II e IV, apenas.

d) II, III e IV, apenas.

32. (FGV-SP) O governo brasileiro é um entusiasta na defesa da produção e uso do etanol obtido a partir da cana-de-açúcar em substituição à gasolina. Do ponto de vista ecológico e considerando a concentração na atmosfera de gases responsáveis pelo efeito estufa, é mais acertado dizer que:

a) É vantajosa a substituição da gasolina pelo etanol, pois para a produção deste último utilizam-se grandes extensões de terra, o que implica extensas áreas com cobertura vegetal, a qual realiza fotossíntese e promove o sequestro de CO2da atmosfera, além da área verde promover o aumento na biodiversidade da fauna nativa.

b) É vantajosa a substituição da gasolina pelo etanol, pois a queima deste último devolve para a atmosfera o mesmo carbono que há pouco havia sido retirado dela pela fotossíntese, enquanto a queima da gasolina acrescenta mais carbono à composição atual da atmosfera.

c) Não há vantagem na substituição da gasolina pelo etanol, pois ambos apresentam moléculas orgânicas que, quando queimadas pelos motores a combustão, liberam a mesma quantidade de monóxido de carbono para a atmosfera, um dos gases responsáveis pelo efeito estufa.

d) Não há vantagem na substituição da gasolina pelo etanol, pois embora a queima da gasolina produza monóxido de carbono, um gás poluente que se associa de modo irreversível à hemoglobina, a queima do etanol produz dióxido de carbono, um dos gases responsáveis pelo efeito estufa.

e) Não há vantagem na substituição da gasolina pelo etanol, pois este último representa maior consumo por quilômetro rodado, o que provoca um aumento no consumo desse combustível e, proporcionalmente, maior emissão de gases poluentes para a atmosfera.

33. (PUC-SP)   (…) Como se não bastasse a sujeira no ar, os chineses convivem com outra praga ecológica, a poluição das águas por algas tóxicas. Há vários anos, as marés vermelhas, formadas por essas algas, ocupam vastas áreas do litoral chinês, reduzindo drasticamente a pesca e afugentando os turistas.”

      (“O Avanço das Algas Tóxicas” Revista Veja, 3 de outubro de 2007)

O trecho acima faz referência a um fenômeno causado pela:

a) Multiplicação acentuada de várias espécies de produtores e consumidores marinhos, geralmente devida à eutroficação do ambiente.

b) Multiplicação acentuada de dinoflagelados, geralmente devida à eutroficação do ambiente.

c) Multiplicação acentuada de várias espécies de produtores e consumidores marinhos devida ao aumento do nível de oxigênio no ambiente.

d) Baixa capacidade de reprodução de dinoflagelados, geralmente devida à eutroficação do ambiente.

e) Baixa capacidade de reprodução do zooplâncton e do fitoplâncton devida ao aumento do nível de oxigênio no ambiente.

34. (UECE) Em uma área próxima a um açude, irrigada para o cultivo de cana-de-açúcar, foi utilizado DDT em larga escala, objetivando evitar o aparecimento e a proliferação de pragas. Parte da água utilizada para a irrigação da lavoura retornou ao solo por infiltração levando, consequentemente, para o manancial o DDT que acabou se acumulando no açude. Nesse ecossistema, existe a seguinte cadeia alimentar: fitoplâncton, peixes herbívoros, peixes carnívoros e gaivotas. Podemos esperar que a concentração do DDT nas gaivotas seja:

a) Menor do que a dos peixes herbívoros.

b) Maior do que a do fitoplâncton.

c) Igual à dos organismos dos demais níveis tróficos.

d) Igual à dos peixes carnívoros.

35. (UNIFESP) Nos acidentes com derramamento de petróleo em grandes extensões no mar, alguns dos principais impactos negativos estão relacionados à formação de uma camada de óleo sobre a área atingida. Sobre tais acidentes, pode-se dizer que:

a) A camada de óleo impede a penetração de luz e, com isso, a realização de fotossíntese pelas algas bentônicas, que são os principais organismos fotossintetizantes do sistema oceânico.

b) O óleo derramado impedirá a dissolução do oxigênio atmosférico na água, causando a morte de peixes em grande extensão, mesmo daqueles que não tiveram contato com o óleo.

c) Ao ser derramado, o óleo forma uma película superficial que não afeta tanto os organismos marinhos, pois eles se deslocam, mas atinge principalmente as aves pescadoras, pois o óleo impregna suas penas e elas morrem afogadas.

d) A camada de óleo atinge diretamente o plâncton, que é a principal fonte de produção primária para o ambiente marinho e configura-se como a base da cadeia trófica oceânica.

e) O zooplâncton é a porção mais afetada, pois os organismos morrem impregnados pelo óleo, ao contrário do fitoplâncton, que possui parede celular que os impermeabiliza e permite sua sobrevivência nesses casos.

36. (COVEST) A poluição ambiental deve ser combatida pelo homem, uma vez que causa desequilíbrios e prejuízos à vida. A poluição ocorre no ar, no solo e na água, e pode ser causada por liberação de matéria e por liberação de energia no ambiente. Com relação a esse assunto, é incorretoafirmar que:

a) O dióxido de enxofre, produzido principalmente na queima de combustíveis como gasolina, madeira e óleo, pode reagir com a água na atmosfera e formar ácido sulfúrico, um ácido muito tóxico e corrosivo.

b) A poluição radioativa, que pode provocar mutações e outras lesões, muitas vezes letais, tem o risco aumentado não somente por vazamentos em usinas nucleares, como também pelo descaso com o lixo radioativo.

c) A elevação da temperatura nos mares propicia um aumento considerável no teor de oxigênio dissolvido na água, como também a liberação de grandes quantidades de dióxido de enxofre para a atmosfera.

d) A transformação da parte orgânica do lixo em um composto (compostagem) é bastante útil, não só como método para a solução do problema do lixo, como também pelo fato de o composto obtido poder servir como fertilizante para o solo.

e) O uso de pesticidas para o controle de pragas na agricultura não só pode resultar na contaminação do solo e da água como também pode perder sua eficiência a longo prazo.

37. (UEFS) As figuras abaixo apresentam, de modo esquematizado, três processos fundamentais na manutenção da vida.

37

O desequilíbrio nas taxas de ocorrência dos processos ilustrados pode repercutir em:

a) Acúmulo de matéria orgânica pela falta de microrganismos decompositores, impedindo a oxigenação do solo.

b) Aquecimento global, quando a floresta emite mais CO2 do que absorve.

c) Bloqueio nas taxas de fotossíntese pela reduzida disponibilidade de água no solo.

d) Inversão térmica, reduzindo a taxa respiratória e diminuindo a liberação de CO2.

e) Inibição dos ciclos da matéria causada pelo aprisionamento duradouro do carbono.

38. (UNESP) A figura abaixo apresenta a variação na produção de sementes pela população de uma espécie de árvore, observada pelo período de 20 anos. As setas representam o período em que foi aplicado na área um produto químico utilizado para o controle de pragas.

38

Analisando o comportamento da curva, pode-se afirmar que o produto químico utilizado provavelmente elimina:

a) Outras espécies de plantas que competem por nutrientes com a planta observada.

b) Os insetos que se alimentam das sementes dessa planta.

c) Os pássaros que se alimentam dos frutos dessa planta e que promovem a dispersão das sementes.

d) Os polinizadores dessa planta.

e) Os microrganismos patogênicos que infectam essa planta.

39. (COVEST) De nada adiantará o crescimento econômico e o “poderio” das nações se não for repensado o problema da qualidade de vida que hoje se tem e a que será deixada para as descendências. Logo, antes de se poluir o ambiente, quer por liberação de matéria quer por liberação de energia, o homem deve medir o nível de sua interferência nociva ao meio ambiente. Analise quanto a esse tema as proposições abaixo.

I   II

0  0 – O homem tem interferido no ciclo do carbono na natureza, propiciando tanto a liberação de monóxido de carbono (CO), de ação danosa para a respiração humana, quanto de dióxido de carbono (CO2), reconhecido como um dos responsáveis pelo efeito estufa.

1  1 – Os poluentes ditos secundários são os únicos liberados na natureza por fontes naturais e, como tal, têm efeitos menos nocivos aos seres vivos; são exemplos: óxidos de enxofre e certos compostos orgânicos voláteis.

2  2 – O fenômeno conhecido por eutrofização resulta do lançamento de grandes quantidades de resíduos orgânicos nas águas de rios e de lagos e podem causar significativos desequilíbrios ecológicos.

3  3 – No Brasil, grande parte do lixo domiciliar é levado a lixões sanitários, onde o oxigênio apressa a decomposição biológica, sendo o lixo orgânico convertido em um composto fertilizante de muita valia para a agricultura.

4  4 – Além do risco de vazamentos radioativos, o funcionamento de usinas nucleares pode determinar a elevação da temperatura das águas de rios e de mares.

40. (MACK) Um estudo publicado recentemente demonstrou o aumento no risco da extinção de anfíbios, cujas características fisiológicas os tornam mais vulneráveis a mudanças ambientais. A poluição das águas com pesticidas e com resíduos orgânicos e o aumento da radiação ultravioleta são os maiores responsáveis pelo aumento desse risco. A respeito da relação entre a fisiologia dos anfíbios e o risco de extinção, considere as afirmativas abaixo.

I. Por apresentarem fecundação externa, a poluição da água afeta diretamente a sobrevivência dos ovos.

II. A pele úmida e permeável favorece a absorção de poluentes existente na água.

III. A ausência de casca calcárea nos ovos permite que maior intensidade de radiação ultravioleta atinja os embriões, podendo causar mutações.

IV. Por terem circulação simples, esses animais são heterotermos e estão mais sujeitos a variações de temperatura.

Estão corretas.

a) I e II, apenas.

b) II e IV, apenas.

c) I, II e III, apenas.

d) I, II, III e IV.

e) I e III, apenas.

GABARITO

01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

D

A

E

E

A

VFFVV

D

A

C

B

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

A

A

B

E

A

E

A

E

VFFVF

D

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

E

B

E

B

C

C

D

C

VVVFV

A

31

32

33

34

35

36

37

38

39

40

A

B

B

B

D

C

B

D

VFVFV

C



Responses

  1. Professor, na questão 16 tenho dúvida de por que o item C não é considerado uma estratégia possível.

    • Prezado Eberson
      – ” … c) A interferência no metabolismo do nitrogênio, permitindo à planta absorver pelas folhas o nitrogênio do ar. …”
      – Lembro que embora algumas plantas aproveitem o nitrogênio sob a forma de amônia, a modalidade mais largamente usada é o nitrato. A formação de nitrato, no solo, ocorre graças à ação conjunta das bactérias nitrosas (dos gêneros Nitrosomonas, Nitrosococcus e Nitrosolobus) e nítricas (do gênero Nitrobacter). As nitrosas transformam a amônia em nitrito, processo denominado nitrosação. As nítricas convertem o nitrito em nitrato, processo conhecido como nitratação. Dessa forma, essas bactérias quimiossintetizantes, conhecidas genericamente como bactérias nitrificantes, permitem a transformação sequencial da amônia em nitratos.
      – Como você pode constatar, o nitrogênio molecular não se constitui uma forma assimilável pelas plantas.
      Um abraço
      Djalma Santos


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: