Publicado por: Djalma Santos | 24 de junho de 2011

Testes de assuntos diversos (1/5)

01. (UFAL) A Biologia compreende a ciência que estuda os organismos vivos. Contudo, nem sempre a existência de vida em um organismo é facilmente caracterizada. Isto pode ocorrer porque:

a) A independência metabólica não é fundamental para um ser vivo, como é o caso dos vírus.

b) O crescimento celular ou do conjunto de células do organismo pode ser inexistente em seu ciclo de vida.

c) Nem todos os organismos possuem células reprodutivas.

d) A reação e o movimento, típicos dos seres vivos, podem não ser facilmente observáveis, como nas plantas.

e) Pode não ocorrer variabilidade genética, como nas bactérias, que se dividem por bipartição.

02. (UNICENTRO) A disponibilização de informações adequadas e compreensíveis nas embalagens dos alimentos sobre o conteúdo nutricional, que não levem o consumidor a erro, pode contribuir para a promoção da saúde e a redução do risco de doenças relacionadas à alimentação e à nutrição, conforme descreve a Estratégia Global em Alimentação Saudável, Atividade Física e Saúde, aprovada na 57a Assembleia da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 22 de maio de 2004. Cento e quatro países membros da OMS, inclusive o Brasil, foram signatários dessa estratégia. Alguns desses países possuem legislações que preveem a rotulagem nutricional obrigatória, bem como normatizam outros aspectos acerca da comercialização dos alimentos. (COUTINHO & RECINE, 2007).

A apresentação clara de dados nas embalagens de alimento pode ser favorável às pessoas que apresentam restrição à ingestão de algum componente alimentar, a exemplo daqueles que possuem doença celíaca. A partir das informações do texto e dos conhecimentos da doença celíaca, identifique as afirmativas verdadeiras.

I. Representa uma intolerância alimentar crônica e permanente à lactose.

II. Os portadores dessa doença não podem ingerir alimentos, como pães, bolos, bolachas e macarrão.

III. É uma doença de caráter genético e tende a se manifestar ainda no primeiro ano de vida, quando é feita a introdução de farináceos na dieta da criança.

IV. Quando o portador da doença celíaca consome o alimento ao qual apresenta intolerância, provoca no organismo uma reação do tipo antígeno-anticorpo, que ocasiona danos na mucosa do intestino delgado.

A alternativa que indica todas as afirmativas verdadeiras é a:

a) I e II.

b) I e III.

c) I e IV.

b) I, II e IV.

e) II, III e IV.

03. (UNIMONTES) Os casos de malformações são pouco numerosos, pois apenas 1% das crianças nasce com algum defeito. Cerca de 10% desses defeitos são de origem genética, outros 10% decorrem de fatores externos e, nos outros 80% dos casos restantes, não se pode estabelecer claramente uma única origem e, possivelmente, a anomalia decorre da ação conjunta do meio e dos genes. As afirmativas a seguir estão relacionadas com esse assunto. Analise-as e assinale a correta.

a) Uma maior frequência na ocorrência de fetos masculinos não sugere influência genética.

b) A restrição do uso de determinados medicamentos pode contribuir para evitar malformações fetais.

c) Os casamentos consanguíneos diminuem a frequência das malformações.

d) A sífilis, doença viral, pode causar morte intrauterina ou nascimento prematuro.

04. (FATEC-SP) Na busca por um corpo malhado, bem definido, com muitos músculos e pouca gordura, os anabolizantes despertam muito interesse, pois promovem, sem grande esforço, o desenvolvimento de tecidos, especialmente o muscular e o ósseo, acarretando em pouco tempo uma melhora estética. Essas drogas imitam o hormônio sexual masculino testosterona e são usadas com a finalidade de aumentar a massa muscular em geral e de reduzir a fadiga. Se usadas sem controle, a curto prazo, podem levar a vários efeitos colaterais: impotência, calvície, aumento das mamas, redução da libido e da produção de esperma. O uso contínuo pode levar a câncer no fígado, na próstata, à elevação do colesterol ruim (LDL) e da pressão arterial e à fibrose testicular.

(http://www.istoe.com.br/reportagens/27630_O+DANO+DOS+ANABOLIZANTES Acesso em: 08.09.2010.)

Sobre os efeitos causados no organismo pelo uso de anabolizantes, são feitas as afirmações a seguir.

I. A elevação do colesterol ruim (LDL) e dos níveis de pressão arterial aumenta o risco de entupimento dos vasos sanguíneos cerebrais e cardíacos.

II. O ganho excessivo de musculatura em geral bem como o aumento do tamanho do músculo cardíaco favorecem uma maior produção de glóbulos vermelhos, a fim de aumentar a oxigenação dos tecidos.

III. A redução da produção de esperma e a impotência estão associadas à diminuição das atividades da glândula tireoide, que controla as características sexuais primárias e secundárias.

É válido o que se afirma em:

a) I, apenas.

b) II, apenas.

c) III, apenas.

d) I e III, apenas.

e) II e III, apenas.

05. (UNIMONTES) O gás carbônico (CO2) é um composto que está presente no meio ambiente e assume papel importante em diversos processos biológicos. As afirmativas abaixo se referem à influência do CO2 na fisiologia das plantas e dos animais. Analise-as e assinale a alternativa incorreta.

a) Grande parte do CO2 liberado pelos tecidos humanos é transformado em ácido carbônico por ação da enzima anidrase carbônica.

b) Os estômatos abrem-se quando a planta é submetida a baixas concentrações de CO2.

c) A alta concentração de CO2 no sangue humano aumenta o pH do sangue e inibe os movimentos respiratórios.

d) A alta concentração de CO2 induz a perda de potássio pelas células-guarda da planta.

06. (PUC-GO) Considerando as seguintes premissas:

Nenhum vegetariano é carnívoro. Ora, todos os felinos são carnívoros. Logo…

Conforme as regras do silogismo, assinale a alternativa correta:

a) Nenhum felino é vegetariano.

b) Nenhum felino é carnívoro.

c) Todos os felinos são vegetarianos.

d) Todos os vegetarianos são felinos.

07. (UNEMAT) De tempos em tempos, surgem na ciência, em particular na Biologia, grandes pensadores cujas ideias revolucionam a forma como essa ciência é vista. O filósofo Thomas Kuhn deu a essas ideias revolucionárias o nome de quebra de paradigma. Todas essas ideias têm origem em uma pergunta científica relevante. Assinale a opção que relaciona corretamente o pensador e sua pergunta.

a) Charles Darwin – como novos organismos evoluem a partir de seus ancestrais?

b) Alexander Oparin – o que causa doenças como a tuberculose?

c) Louis Pasteur – como as características são herdadas dos pais para os filhos?

d) Carl von Linné – como se originou a vida na Terra?

e) Gregor Mendel – como organizar os seres vivos em um sistema de classificação universal?

08. (UNESP) Atualmente, os pacientes suspeitos de serem portadores de câncer contam com aparelhos precisos para o diagnóstico da doença. Um deles é o PET-CT, uma fusão da medicina nuclear com a radiologia. “Esse equipamento é capaz de rastrear o metabolismo da glicose e, consequentemente, as células tumorais”, afirma um dos médicos especialistas. O exame consiste na injeção de um radiofármaco (glicose marcada pelo material radioativo Flúor 18) que se distribui pelo organismo, gerando imagens precisas que, registradas pelo equipamento, permitem associar anatomia interna e funcionamento. Dentre as características das células tumorais que favorecem o emprego do PET-CT, pode-se dizer que apresentam:

a) Alto metabolismo e, consequentemente, consumo excessivo de glicose. Além disso, apresentam alto índice mitótico, falta de inibição por contato e capacidade para se instalarem em diferentes tecidos.

b) Alto metabolismo e, consequentemente, consumo excessivo de glicose. Além disso, apresentam inibição por contato, o que favorece o desenvolvimento de tumores localizados.

c) Alto metabolismo, o que favorece o acúmulo de glicose no hialoplasma. Além disso, apresentam alto índice mitótico, o que favorece a distribuição da glicose marcada por todo o tecido.

d) Baixo metabolismo e, consequentemente, consumo excessivo de glicose. Além disso, apresentam baixo índice mitótico e inibição por contato, o que leva à instalação das células cancerosas em diferentes tecidos.

e) Baixo metabolismo, o que favorece o acúmulo de glicose na área vascularizada ao redor do tecido tumoral. Além disso, apresentam intensa morte celular, o que provoca a migração de macrófagos marcados para a área do tecido doente.

09. (UEM) Considerando a luz, o som e o sistema sensorial dos animais e dos humanos, assinale o que for correto.

I  II

0  0 – A luz e o som se comportam como partículas e se propagam pelo ar na forma de ondas eletromagnéticas.

1 1 – A vibração do ar causada pelas ondas sonoras provoca vibrações na membrana timpânica, movimentando pequenos ossos da orelha média, os quais atuam como amplificadores e transmissores do som.

2  2 – Os cones, presentes na retina do olho, são células sensíveis aos comprimentos de onda da luz visível e permitem a distinção das cores.

3   3 – Os artrópodos não distinguem estímulos luminosos, portanto não têm visão das cores.

4  4 – Os anfíbios, as aves e os mamíferos apresentam boa capacidade de percepção pela visão e pela audição de sons propagados no ar.

10. (UNIMONTES) Para que uma indústria farmacêutica consiga a aprovação para comercializar um determinado medicamento, ela precisa desenvolver pesquisas que garantam a qualidade do produto. Essas pesquisas geralmente são divididas em testes laboratoriais (estudos in vitro, ou seja, sem a utilização de animais), estudos pré-clínicos (utilização de animais) e estudos clínicos (utilização de seres humanos). Os estudos clínicos são divididos em quatro fases, como mostra a tabela a seguir.

FASE

CARACTERÍSTICAS

I

É a fase que determina se o medicamento é seguro ou não. Administra o medicamento em seres humanos sadios (não têm a doença) e verifica se aparecem reações adversas ou efeitos tóxicos.

II

O medicamento é administrado em “doentes” pela primeira vez. Nessa fase, o objetivo é avaliar a eficácia do medicamento (se tem efeito) e determinar como o medicamento vai ser usado (dose e horários do uso).

III

O objetivo dessa fase é confirmar a eficácia e detectar efeitos que não tenham sido encontrados na fase I e II.

IV

É realizada após a aprovação e a comercialização do medicamento. O objetivo dessa fase é ampliar a experiência com o medicamento.

Considerando a tabela apresentada e o assunto relacionado (pesquisa científica), analise as afirmativas a seguir e assinale a correta.

a) As etapas de uma investigação científica estão implícitas em todas as fases dos estudos clínicos.

b) A fase IV não pode contestar hipóteses da fase I.

c) Os procedimentos experimentais (metodologia) da fase I e II são os mesmos.

d) Grupos controles devem ser usados somente na fase IV.

11. (UNICENTRO) Sobre a anatomia e fisiologia animal e humana, assinale a alternativa correta.

a) Hemácias submetidas a meio externo hipertônico sofrem lise celular, pois há entrada excessiva de água por osmose.

b) Nos vertebrados o celoma surge como espaço no interior de massas de células mesodérmicas e é chamado de esquizoceloma.

c) Glândulas endócrinas lançam suas secreções através de canais diretamente no órgão-alvo, já as exócrinas lançam suas secreções na corrente sanguínea.

d) O sistema nervoso central possui além da proteção esquelética membranas denominadas de meninges, a duramáter, aracnoide e pia-máter.

e) Os gânglios nervosos sensitivos possuem apenas fibras nervosas que transmitem mensagens dos centros nervosos para os órgãos.

12. (UFCG) Importante parcela da população mundial está exposta aos agentes mutagênicos, carcinogênicos e teratogênicos, sejam eles físicos, químicos ou biológicos. Em relação à carcinogênese, acredita-se que seja necessário um conjunto de fatores determinantes capazes de promoverem mutações no DNA e ao mesmo tempo possam determinar a formação de neoplasias malignas. Ao nível tecidual, são acompanhadas várias transformações que possibilitam o reconhecimento dessa patologia e dependendo do tecido alterado a neoplasia pode desenvolver-se em vários órgãos (veja as figuras abaixo).

12

Figura A – O gráfico mostra a incidência de vários tipos de cânceres humanos em função da idade (modificado de Amabis e Martho. Biologia das células, 2ª edição, vol 1, p187, 2004).

12B

 Figura B – Representação gráfica que mostra o aparecimento de uma célula tumoral em tecido epitelial e desenvolvimento a malignidade (modificado de Amabis e Martho, Biologia das células, 2ª edição,vol 1, p187, 2004).

I. Os agentes oncogênicos envolvidos na fisiopatogenia das neoplasias podem ser físicos, químicos ou biológicos. Como exemplos temos, respectivamente: radiação ionizante, o alcatrão e os vírus. Esses fatores podem agir individualmente ou associados. Quando associados produzem um efeito sinérgico.

II. Analisando a figura A, podemos constatar que a idade é um fator que predispõe para o surgimento de alguns tipos de neoplasias como é o caso do câncer de próstata. Possuir hábitos saudáveis e procurar se informar sobre os agentes carcinogênicos não ajudam a diminuir essa estatística.

III. No processo de carcinogênese, a invasão da circulação sanguínea por células cancerosas, como mostrado na figura B, significa interpretar que, essas células romperam à camada basal da musculatura e podem se instalar em qualquer órgão do corpo humano.

IV. Quando as células neoplásicas atingem a circulação sanguínea, o organismo não consegue diferenciar a célula normal da anormal. Por esse motivo, o sistema flogístico não reage e as células anormais podem se difundir rapidamente por todos os tecidos orgânicos. Nesse estágio da carcinogênese a apoptose é a principal arma.

V. Todos os tipos de neoplasias registrados na figura A, podem ter uma resolução clínica favorável. A adoção de medidas profiláticas e a realização do diagnóstico precoce são fundamentais para se evitar o agravamento da patologia. Contudo, a informação é a melhor forma de controle.

Estão corretas as assertivas:

a) I, II, III, IV e V.

b) II e V.

c) II, III e IV.

d) I, III e V.

e) II e IV.

13. (UFJF) Embora a toxina botulínica seja uma verdadeira revolução na estética médica, o Ministério da Saúde recomenda que crianças menores de 1 ano não sejam alimentadas com mel pela possibilidade de ocorrência da bactéria Clostridium botulinum, causadora do botulismo. A utilização na medicina estética e a recomendação do Ministério da Saúde se justificam porque a toxina botulínica atua:

a) Nas células do esôfago, causando perda de água e de sais minerais.

b) No sistema nervoso, causando perda de sensibilidade no corpo e o aparecimento de lesões na pele.

c) Na transferência de sinais nervosos para os músculos, causando paralisia muscular.

d) Na epiderme, causando inflamações e descamações da pele.

e) Nas cavidades nasais, amígdalas, laringe e faringe, causando morte por asfixia.

14. (UNIMONTES) O consumo de medicamentos, durante o ano de 2007, numa determinada cidade brasileira, foi avaliado por meio de uma pesquisa. Os resultados mostraram aumento significativo na venda de antibióticos, nos meses de maio, junho e julho, comparado com os outros meses do ano. Baseando-se nessas informações e no assunto abordado, atribuir esse aumento nas vendas dessa classe medicamentosa com o inverno representa:

a) Dados conclusivos para a pesquisa.

b) Discussão detalhada dos resultados.

c) Uma hipótese que poderá ser comprovada com outros dados não informados.

d) A metodologia utilizada no desenvolvimento da pesquisa.

15. (UFPR) O gráfico abaixo mostra a temperatura de dois animais expostos ao sol durante a manhã.

15

Os animais A e B podem ser, respectivamente:

a) Uma galinha e uma tartaruga.

b) Uma lagartixa e um cavalo.

c) Um pato e um cachorro.

d) Um gato e um sapo.

e) Um jacaré e uma cobra.

16. (COVEST)Leveduras, como Saccharomyces cerevisiae, são organismos com uma série de aplicações nas indústrias de alimento e farmacêutica. Sobre esses organismos, considere as afirmativas abaixo.

I   II

0  0 – De acordo com o Sistema de Domínios, as leveduras pertencem ao Domínio Eukaria, e são caracterizadas por organização unicelular e metabolismo exclusivamente anaeróbio, o que possibilita que sejam utilizadas em processos de fermentação.

1 1 – As leveduras diferenciam-se das microalgas por não realizarem fotossíntese e apresentarem. Na parede celular, a quitina, um composto também presente na carapaça de crustáceos e no exoesqueleto de insetos.

2  2 – Ao se reproduzirem, as leveduras podem apresentar crescimento exponencial ao longo do tempo, como o representado pela linha ascendente no gráfico abaixo.

16

3  3 – A fermentação de açúcares da cana de açúcar pelas leveduras, gera 4 moléculas de ATP como saldo energético para a sobrevivência celular, e etanol.

4  4 –  O gás carbônico produzido com a descarboxilação do piruvato na glicólise realizada pelas leveduras é utilizado na carbonatação da cerveja e é responsável pelo crescimento da massa do pão.

17. (UFLA) Em estudos sobre o metabolismo, o consumo de O2 reflete o gasto energético. A figura seguinte apresenta o consumo médio de O2 entre julho e fevereiro, por um mamífero de pequeno porte, que ocorre em latitudes elevadas no Hemisfério Norte.

17

Com base na figura é correto afirmar que:

a) O elevado consumo de O2 em outubro‐novembro se deve à ausência de alimento nessa época do ano.

b) O consumo moderado de O2 em julho‐setembro se deve à escassez de alimento e economia energética do animal.

c) O consumo elevado de O2 em outubro‐novembro se deve à necessidade de acumular carboidratos para o isolamento térmico.

d) A queda de consumo de O2 em dezembro‐fevereiro se deve ao processo de hibernação.

18. (FATEC-SP) Beber água do mar em excesso pode levar à desidratação porque:

a) O excesso de sal ingerido causa diminuição da transpiração e aumento da temperatura.

b) O sal ingerido é excretado pela pele e há obstrução das glândulas sudoríparas.

c) O aumento da quantidade de sais no organismo provoca diminuição do fluxo sanguíneo.

d) Os sais ingeridos provocam alteração no processo de digestão dos alimentos.

e) O sal ingerido é excretado dissolvido em água.

19. (UFPB) Sobre as características gerais dos seres vivos e as relações que esses seres estabelecem entre si e com os demais, é correto afirmar:

a) Os vírus apresentam, como características fundamentais, organização celular, mutação e reprodução.

b) As moléculas de RNA, nas bactérias, são sintetizadas nos núcleos e migram após a síntese para o citoplasma.

c) O vacúolo contrátil, em protozoários de vida livre que habitam água doce, executa a função de eliminar o excesso de água da célula (regulação osmótica).

d) Os fungos apresentam apenas reprodução assexuada, que pode ocorrer por brotamento, por fragmentação do micélio e por produção de esporos.

e) As micorrizas são formadas por fungos associados à cianobactérias.

20. (UFPel)

20

O peixe Chama argus é nativo das regiões de águas quentes da Ásia e, de países como a China, Rússia e Coreia. Ele possui aspecto agressivo, os dentes são afiados e tortos. Possui um pulmão primitivo, que o permite sobreviver até 4 dias fora da água. Essas características lhe renderam o apelido do famoso monstro criado em laboratório – “Frankenstein”. Em águas paradas, o Chama argus, normalmente se alimenta de peixes pequenos, posicionando-se no fundo. Esse peixe foi encontrado pela primeira vez em 2002 nos EUA e atualmente está presenteem vários Estados norte-americanos. O governo Federal desse país classificou-o como espécie exótica e predatória, tornando ilegal sua importação ou posse.

                                 Pesca Esportiva, Edição 134, 2008 [Adapt.].

Com base em seus conhecimentos e no texto, é correto afirmar que:

a) Os biomas dos países citados no texto são muito semelhantes, por essa razão o Chama argus se adaptou bem. Nesse tipo de bioma, eles vivem no fundo dos lagos, na zona abissal.

b) O Frankenstein, identificado nos EUA, não pode ser classificado como peixe, pois durante a origem e evolução das espécies, o pulmão só surgiu na classe dos anfíbios, répteis e mamíferos.

c) O Chama argus não pode ser classificado como predador, pois ele não vai em busca da presa, ele fica apenas parado no fundo dos rios e, quando surge um outro peixe, ele se alimenta.

d) O aumento da população de espécies introduzidas pode ser devido à ausência de predadores naturais ou por haver grande oferta de território para reprodução e alimentação.

e) Os peixes apresentam respiração branquial, e o Chama argus possui respiração pulmonar, por isso foi classificado como uma espécie exótica.

21. (UFPel)

A doença celíaca é um distúrbio autoimune desencadeada pela ingestão de glúten, uma proteína encontrada no trigo e em outros grãos. A absorção dessa proteína ocorre no intestino delgado, que é revestido com projeções em forma de “dedos” (vilosidades) e as suas células apresentam expansões da membrana plasmática, as microvilosidades.

No intestino delgado, a maior parte dos alimentos é quebrada pelas enzimas pancreáticas em unidades menores, que são absorvidas, depois passam para a corrente sanguínea e alcançam todo o organismo.

A doença celíaca altera a absorção de nutrientes ao achatar as vilosidades e danificar as células epiteliais de revestimento, os enterócitos. Nessa doença as junções intercelulares se afastam, permitindo que uma grande quantidade de fragmentos indigeríveis de glúten vaze ao tecido subjacente e incite as células do sistema imune.

    Scientific American Brasil, nº 88, setembro de 2009 [adapt.].

21

Com base nos textos, analise as afirmativas.

I. Na doença celíaca, as estruturas de adesão dos enterócitos, como os desmossomos, se afastam, permitindo que um grande número de fragmentos indigeríveis de glúten alcancem os tecidos.

II. Os enterócitos possuem microvilosidades (microvilos); essas especializações ocorrem em células que têm função de absorção, pois aumenta a área para a troca.

III. Nas doenças autoimunes, como a doença celíaca, as células estranhas que entram num organismo, como as bactérias, destroem as células do próprio organismo.

IV. As células dos enterócitos possuem polaridade; o núcleo encontra-se no pólo basal, e as microvilosidades, no polo apical.

V. O glúten é uma proteína e, por isso, é quebrada em unidades menores (nucleotídeos) pelas enzimas pancreáticas no intestino delgado.

Estão corretas apenas as afirmativas:

a) I, II e V.

b) I, II e IV.

c) II, III e V.

d) III, IV e V.

e) I, III e IV.

22. (PUC-MG) “Por décadas os cientistas tiveram de quebrar a cabeça para criar antídotos contra o veneno das cobras. Agora, descobriram que uma solução potencialmente melhor foi desenvolvida ao longo de milhões de anos pelos gambás sul-americanos, que se alimentam de serpentes. Pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz identificaram no sangue dos gambás duas moléculas, DM43 e DM64, que têm função antiofídica. São glicoproteínas que apresentam estrutura parecida com a de substâncias do sistema de defesa do organismo, embora elas mesmas não sejam anticorpos. Seja como for, a DM43 e a DM64 parecem especificamente talhadas para neutralizar os principais efeitos do veneno das serpentes da família das viperídeas, entre as quais se incluem as jararacas, responsáveis por 90% dos 20 mil acidentes anuais com cobras no Brasil. A primeira molécula se opõe à ação dos compostos do veneno que causam forte hemorragia na vítima ao impedir a formação de coágulos, enquanto a outra neutraliza as substâncias que matam as células musculares de quem é picado.”

            Fonte: Extraído da Reportagem: Sangue de gambá contém soro antiofídico, do Jornal “Folha de S.Paulo”, 30/08/2005.

Analisando o texto e de acordo com seus conhecimentos, é incorreto afirmar:

a) A imunidade dos gambás sul-americanos ao veneno das jararacas foi naturalmente selecionada.

b) Essa resistência dos gambás ao veneno de serpentes viperídeas é determinada geneticamente.

c) Os linfócitos de gambá reagem a picadas das jararacas produzindo soro antiofídico que pode ser letal para as cobras.

d) Um dos componentes do veneno da jararaca poderia ser útil na prevenção de tromboses.

23. (FGV) O gráfico compara a velocidade de crescimento, em centímetros ao ano, de meninos e meninas dos 7 aos 18 anos de idade.

23

Analisando o gráfico, pode-se concluir que:

a) Meninos e meninas têm velocidade de crescimento semelhantes após os 10 anos de idade.

b) Meninos, em menor intervalo de tempo, apresentam velocidade de crescimento maior que a das meninas.

c) As meninas atingem sua maior estatura aos 12 anos de idade e os meninos aos 14 anos de idade.

d) Tanto meninos quanto meninas começam a produzir o hormônio do crescimento a partir dos 8 anos de idade, mas essa produção cessa mais cedo nas meninas que nos meninos.

e) Meninos interrompem o crescimento aos 18 anos de idade e meninas o fazem a partir dos 15 anos de idade.

24. (UECE) Durante muito tempo, os fungos foram considerados vegetais, mas hoje são considerados um Reino à parte, pois apresentam um conjunto de características próprias: não sintetizam clorofila, em sua grande maioria não possuem celulose e não armazenam amido como substância de reserva. Com relação aos fungos considere as afirmações abaixo.

I. As leveduras são capazes de fermentar carboidratos e, portanto, são indispensáveis à indústria de bebidas alcoólicas na produção de cerveja, vinho e vodka.

II. Fungos patogênicos são os principais causadores de doenças de pele em pacientes imunodeprimidos, como, por exemplo, portadores do vírus HIV.

III. Aflatoxinas são metabólitos secundários produzidos por alguns fungos relacionados ao desenvolvimento de câncer hepático em pessoas.

É correto o que se afirma em:

a) I e II, apenas.

b) II e III, apenas.

c) I e III, apenas.

d) I, II e III.

25. (UEL) Com base no texto abaixo e nos conhecimentos sobre os subtemas, considere as afirmativas.

Os animais têm acesso periódico aos alimentos, enquanto que as plantas precisam sobreviver durante a noite, sem a possibilidade de produzir açúcar a partir da fotossíntese. Portanto, animais e plantas evoluíram os meios de estocar moléculas de alimento para o consumo, quando essas fontes de energia são escassas.

                         (Adaptado: ALBERTS, B. et al. Fundamentos da biologia celular. 2. ed. Porto Alegre: ARTMED, 2006. p. 444.)

I. Nos seres humanos, a glicose é armazenada na forma do polissacarídeo glicogênio, presente na forma de grânulos no citoplasma de muitas células, principalmente no fígado e nos músculos.

II. Os ácidos graxos são armazenados na forma de gotículas de ATP, compostas de triacilgliceróis solúveis em água, principalmente em células musculares especializadas.

III. A quebra de moléculas, com liberação de energia e eliminação de substâncias de excreção, é chamada de anabolismo energético. A energia liberada no anabolismo é utilizada no processo de catabolismo.

IV. As inúmeras reações executadas simultaneamente por uma célula são extremamente coordenadas, permitindo que ela se adapte e continue a funcionar sob uma ampla variedade de condições externas.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I e IV são corretas.

b) Somente as afirmativas II e III são corretas.

c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.

d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.

e) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.

26. (FURG) No início de 2008, banhistas, em pelo menos cinco Estados brasileiros, passaram por uma experiência bastante desagradável: sofreram queimaduras causadas por águas-vivas (mães-d’água). Os incidentes foram amplamente divulgados pela mídia. Em um determinado noticiário, um jornalista fez as seguintes afirmações sobre as mães-d’água:

I. As mães-d’água são involuntariamente arrastadas em direção às praias, pois, segundo os cientistas, são organismos planctônicos.

II. A lesão ou queimadura na pele humana é causada pela ação de células presentes nos tentáculos das mães-d’água, chamadas de cnidoblastos.

III. Antes mesmo do surgimento da espécie humana, as mães-d’água já estavam presentes no planeta Terra.

IV. Todas as mães-d’água apresentam uma forma de reprodução curiosa conhecida por metagênese.

Dentre as afirmações feitas pelo jornalista, podemos classificar como cientificamente corretas, apenas:

a) II e IV.

b) II, III e IV.

c) I e II.

d) I, II e III.

e) I, II e IV.

27. (UEPA) Na Região Amazônica, as copaibeiras destacam-se por sua expressiva importância na indústria econômica. Por meio de perfurações nos troncos das árvores, extrai-se um tipo de óleo-resina (1), que, por apresentar propriedades cicatrizantes (2) e anti-inflamatórias, é muito utilizado na medicina popular. A literatura cita também que os índios descobriram as ações cicatrizantes do óleo como antitetânico no umbigo (3) de recém-nascidos, evitando a ação da bactéria (4) causadora do tétano.

De acordo com as informações citadas no texto acima, afirma-se que:

I. A substância de número 1, encontra-se armazenada nos mesossomos.

II. A estrutura de número 3 tem por função proteger o embrião contra dessecação.

III. O organismo de número 4 é caracterizado por apresentar material nuclear disperso no citoplasma.

IV. O organismo de número 4 difere das copaibeiras pela ausência de cloroplastos.

De acordo com as afirmativas acima, a alternativa correta é:

a) I e II.

b) I, III e IV.

c) II, III e IV.

d) III e IV.

e) I, II, III e IV.

28. (UFPel) Um pequeno número de bactérias não causa problemas para o hospedeiro; elas só começam a fazer o hospedeiro adoecer quando estão em um número alto (quorum). As bactérias conseguem “perceber” se há um número suficiente de indivíduos através da comunicação intracelular. O tratamento com antibiótico nem sempre é eficiente, pois ele mata as bactérias ou impede que elas cresçam, mas isso permite que algumas bactérias resistentes ao antibiótico prosperem. Alguns cientistas estão desenvolvendo uma segunda geração de medicamentos, que não atacam as bactérias diretamente, mas a sua comunicação entre os indivíduos.

   Scientific American Brasil, nº 85, junho de 2009 [adapt.].

Analise as seguintes afirmativas sobre as bactérias.

I. Organismos unicelulares, e todas causam algum tipo de doença, que pode ser transmitida através da saliva ou ar contaminado.

II. Procariotos, e o tratamento com antibiótico é ineficiente, pois ele é específico para os seres eucariotos, como os fungos.

III. Multicelulares, e a comunicação entre as células ocorre através da matriz extracelular. O antibiótico faz surgir espécies resistentes.

IV. Unicelulares, mas a comunicação entre elas é importante para a formação do quorum; só nesse estado as bactérias levam o organismo a adoecer.

V. Procariotos e algumas espécies podem formar colônias, como os estreptococos e os estafilococos.

Estão corretas apenas as afirmativas:

a) I e II.

b) IV e V.

c) III e V.

d) II e IV.

e) I e III.

29. (UNIMONTES) A tirinha abaixo apresenta um diálogo entres dois animais. Observe-a.

29

Estabelecendo uma relação entre o diálogo apresentado e o método científico, analise as alternativas abaixo e assinale a correspondenteà etapa de uma pesquisa que melhor justifica a apreensão de um dos animais e o pedido de calma do outro.

a) Levantamento de hipótese.

b) Conclusões.

c) Análise de resultados.

d) Experimentação.

30. (UEA)Segundo o Ministério da Saúde, entre 1999 e 2008, o tempo médio de aleitamento materno exclusivo no Brasil passou de 23,4 dias para 54,1 dias. Ótima notícia, dadas as características do leite materno: tem maior valor nutricional que outros comercializados, é de mais fácil digestão, está isento de microrganismos e contém anticorpos que são passados de mãe para filho. Tudo seria perfeito se todos os bebês pudessem ser alimentados por leite materno, o que não acontece nos casos em que a criança tem intolerância à lactose, o açúcar do leite. Nestes casos:

a) O leite materno pode ser substituído por leite de vaca.

b) A intolerância pode ser minimizada com a administração de insulina ao bebê.

c) A intolerância pode ser minimizada se o leite não for adoçado com açúcar.

d) O bebê, depois de crescido, poderá apresentar tolerância a queijos e iogurte.

e) O bebê, mesmo depois de crescido, não poderá se alimentar de produtos à base de leite.

GABARITO

01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

D

E

B

A

C

A

A

A

FVVFV

A

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

D

D

C

C

B

FVVFV

D

E

C

D

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

B

C

B

B

A

D

D

B

D

D


Responses

  1. Professor, a primeira questão me pareceu confusa. Não achei muito certo o que diz a letra d (resposta), porque a reação e o movimento não são típicos dos seres vivos (pensei em bactérias em geral, em fungos, em algas, em plantas e até em animais). Ainda que fossem típicos dos seres vivos, eu poderia pensar que os vegetais também apresentam, de certa forma reação e movimento (movimentos orientados ou não que a gente estuda em botânica). Achei mais certa a resposta que falava dos vírus, pois nesse caso é difícil, mesmo, caracterizar o fenômeno da vida sendo, um dos motivos disso, o grau de dependência metabólica que esses seres vivos (ou partículas) apresentam em relação a outras formas de vida. Parabéns pelo seu blog. Obrigado.

    • 01. (UFAL) A Biologia compreende a ciência que estuda os organismos vivos. Contudo, nem sempre a existência de vida em um organismo é facilmente caracterizada. Isto pode ocorrer porque:
      a) A independência metabólica não é fundamental para um ser vivo, como é o caso dos vírus.
      b) O crescimento celular ou do conjunto de células do organismo pode ser inexistente em seu ciclo de vida.
      c) Nem todos os organismos possuem células reprodutivas.
      d) A reação e o movimento, típicos dos seres vivos, podem não ser facilmente observáveis, como nas plantas.
      e) Pode não ocorrer variabilidade genética, como nas bactérias, que se dividem por bipartição.
      Caro José
      Veja, as seguir, as explicações que você solicitou.
      Alternativa A – INCORRETA
      * Tendo por base a teoria celular, os vírus (acelulares) não são considerados seres vivos. Seres vivos são formados por célula(s) dotada(s) de independência funcional, reprodutiva e metabólica. Os vírus não são autômatos auto reprodutivos. Eles são, Em última análise, macromoléculas infecciosas.
      Alternativa B – INCORRETA
      * Todos os organismos vivos crescem em tamanho e/ou número de células.
      Alternativa C – INCORRETA
      * Todos os seres vivos se reproduzem, quer sexuadamente ou assexuadamente. Para isto, eles são dotados de células germinativas ou o próprio organismo atua como unidade reprodutiva, como ocorre nos seres unicelulares, por exemplo.
      Alternativa D – CORRETA
      * A reação e o movimento são características dos seres vivos. Esses fenômenos podem ocorrer mesmo nas plantas, embora, por vezes, possam ser lentos e serem observados com certa dificuldade. Haja vista, o tropismo, o tactismo (taxismo) e o nastismo (nástia), movimentos que ocorrem nos vegetais.
      Alternativa E – INCORRETA
      * Conquanto as bactérias se reproduzam por bipartição, mecanismo que não promove variabilidade genética, algumas espécies são dotadas da capacidade promover recombinação genética, capaz de modificar seu genótipo. Essa recombinação consiste, em última análise, na interação de duas moléculas de DNA que são clivadas e religadas entre si, num arranjo diferente do que existia anteriormente. Desse modo, essa mistura de material genético leva à formação de indivíduos com características genéticas diferentes. A recombinação genética nas bactérias, que está associada à transferência de fragmentos de DNA, pode ocorrer, naturalmente, por três diferentes vias: transformação (ver DNA: depósito das informações genéticas, matéria publicada neste blog em 10/07/2011), conjugação e transdução, que lembram, dentro de certos limites, a reprodução sexuada. A transformação bacteriana é a absorção e a posterior incorporação de fragmentos de DNA dispersos no meio ambiente, oriundos da lise celular, na maioria dos casos, ou de secreção realizada por bactérias ainda vivas. A conjugação bacteriana é o processo de transferência direta e horizontal de genes, através de uma ponte citoplasmática temporária (ponte de conjugação). Essa ponte, formada pelas fímbrias de uma bactéria doadora (“macho”) para uma receptora (“fêmea”), possibilita a troca de material genético entre elas. A transdução bacteriana é a transferência indireta e horizontal de segmentos da molécula de DNA de uma bactéria (doadora) para outra (receptora) por meio de um bacteriófago ou fago (vírus bacteriano), que funciona como um vetor.
      Um forte abraço
      Djalma Santos

  2. muito obrigado.

  3. Gostaria do comentário da questão 26, pois a mesma diz que a água viva faz parte do plâncton e e são arrastadas involuntariamente, achei meio estranho, e podemos afirmar que TODAS as águas-vivas realizam a metagênese? e obrigado e parabéns pelo blog, simplesmente sensacional. Um abraço

    • AFIRMAÇÃO I (“As mães-d’água são involuntariamente arrastadas em direção às praias, pois, segundo os cientistas, são organismos planctônicos.”)
      – Na grande maioria, as águas-vivas são planctônicas, ou seja, sua locomoção depende das correntes ou é tão limitada que não podem vencê-las. Perceba que na afirmação não consta a expressão TODAS.
      AFIRMAÇÃO IV (“TODAS as mães-d’água apresentam uma forma de reprodução curiosa conhecida por metagênese.”)
      – Realmente, NEM TODAS as mães-d’água, ao contrário do que consta nesta afirmação, apresentam metagênese (alternância de gerações).
      Djalma Santos


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: