Publicado por: Djalma Santos | 24 de junho de 2011

Testes de programa de saúde (3/5)

01. (UNEMAT) A dengue é uma doença ocasionada por vírus. Segundo a Secretaria de Vigilância em Saúde, em 2010, até meados do primeiro semestre, houve o registro de 447.769 casos notificados de dengue no Brasil, um acréscimo de cerca de 80% dos casos para o mesmo período no ano de 2009. Assinale a alternativa correta.

a) A deformação das hemácias em indivíduos portadores de anemia falciforme impede que o vírus da dengue se multiplique nessas células.

b) Os vírus são organismos unicelulares procariontes que parasitam células eucariontes.

c) A forma mais eficiente de prevenção da dengue é feita através do controle das larvas do seu vetor holometábolo.

d) A alta taxa de mutação de alguns tipos de vírus facilita a produção de vacinas.

e) O desmatamento da vegetação nativa não contribuiu para a disseminação do vírus entre os seres humanos.

02. (UEPG) O parasitismo é uma associação entre seres de espécies diferentes, na qual há benefício unilateral, pois um dos seres vivos, o parasita, abriga-se e alimenta-se à custa de outro, o hospedeiro. Parasitas e hospedeiros, ao longo de milhares de anos de evolução, desenvolveram importantes adaptações que lhes garantem maior eficiência: o parasita, para melhor se aproveitar sem matar o hospedeiro; este, para se proteger melhor da espoliação. A respeito dessa relação simbiótica, assinale o que for correto.

I    II

0  0 – Essa capacidade adaptativa bilateral é tão importante que pode ocorrer até em curto período de tempo, quando um determinado parasita se torna resistente a uma nova defesa desenvolvida pelo hospedeiro. Esse é o caso dos vírus, como o da gripe, que se modificam e originam linhagens resistentes a anticorpos específicos produzidos pelos hospedeiros.

1  1 – Desde a infestação até o término do ciclo vital dos parasitas, em todas as fases, de larvas a adultos, as suas ações podem causar no corpo dos hospedeiros inúmeros efeitos prejudiciais, desde um simples incômodo, caso dos ectoparasitas, até problemas mais graves, que podem ser letais.

2 2 – Os parasitas podem provocar obstruções intestinais (lombrigas) e linfáticas (esquistossomo); perfurações na pele e em órgãos internos (filárias e ancilóstomo); ulcerações (leishmania); irritação de mucosas, prurido e coceira (lombriga e oxiúro); ação tóxica (plasmódio); espoliação com anemia (ancilóstomo); febres (bactérias e vírus); infecções locais ou generalizadas (fungos).

3  3 – As adaptações dos parasitas são de dois tipos: as reduções (simplificações de órgãos e até de sistemas inteiros) e as acentuações (maior desenvolvimento de determinadas estruturas). Muitos não têm órgãos locomotores e alguns não apresentam sistema digestório. Em compensação, durante a evolução eles desenvolveram aparelhos bucais de perfuração e sucção de sangue, além de ganchos e ventosas de fixação.

4  4 – Nenhum parasita ao longo de toda evolução observada consegue resistir às enzimas digestivas e ao ácido clorídrico do estômago dos hospedeiros.

03. (UEL) As doenças parasitárias representam um grande problema de saúde pública. No quadro a seguir, estão relacionadas três doenças parasitárias e suas características.

DOENÇA PARASITÁRIA

AGENTE CAUSADOR

TRANSMISSOR

A

Nematoide

B

Doença de Chagas

C

Percevejo

D

Platelminto

Caramujo

Considere as afirmativas a seguir.

I. As letras A, B, C e D correspondem, respectivamente, a filariose, mosquito, protozoário, esquistossomose.

II. Para prevenir a doença A, é necessário evitar o acúmulo de águas paradas e, para prevenir a doença D, devem-se evitar banhos em lagos e lagoas.

III. As letras A, B, C e D correspondem, respectivamente, a amarelão, mosquito, verme, ancilostomíase.

IV. Para prevenir a doença de Chagas e combater o transmissor B, são necessárias medidas de saneamento básico.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I e II são corretas.

b) Somente as afirmativas II e IV são corretas.

c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.

d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.

e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.

04. (PUC-PR) Até maio desse ano foram registrados 737.756 casos suspeitos de dengue no Brasil, o equivalente a um aumento de 120%; 2,2 vezes a mais que no mesmo período do ano passado. São Paulo foi o estado que apresentou maior número de casos (185.966), seguido por Minas Gerais (158.207 casos) e Goiânia (80.055). Foram confirmadas 321 mortes provocadas pela infecção. O ministério público cita como fatores responsáveis por esse aumento de casos – o aumento da temperatura, a intensificação das chuvas, o acúmulo de lixo e a irregularidade na distribuição de água em muitos municípios brasileiros.

                                        Fonte: O Estadão, 08 de julho de 2010.

Com base nessa notícia, é corretoafirmar:

I. O aumento dos casos de dengue pode ser relacionado ao fato de os insetos serem ectotérmicos; logo, o aumento da temperatura externa aumenta o metabolismo dos mosquitos, fazendo com que se desenvolvam mais rápido e fiquem mais ativos picando um número maior de pessoas, podendo transmitir-lhes o vírus da dengue.

II. O aumento dos casos de dengue pode ser relacionado ao fato de os mosquitos serem insetos que possuem metamorfose completa, ou seja, os adultos, além de diferentes morfologicamente dos jovens, vivem em locais distintos. Particularmente os adultos alados e terrestres botam os ovos em água limpa e parada, onde as larvas aquáticas se desenvolvem. Assim, o aumento das chuvas – associado com o acúmulo de lixo – proporciona mais locais para as fêmeas botarem seus ovos, automaticamente, aumentando o número de adultos.

III. O aumento dos casos de dengue pode ser relacionado ao fato de estar fora do alcance do cidadão controlar os mosquitos e os focos de dengue ao evitar que a água fique parada em locais propícios – como vasos de plantas, garrafas e vasilhas –, onde a fêmea pode botar seus ovos e as larvas se desenvolverem.

a) As assertivas I, II e III são verdadeiras.

b) Apenas a assertiva I é verdadeira.

c) Apenas a assertiva III é verdadeira.

d) Apenas a assertiva II é verdadeira.

e) Apenas as assertivas I e II são verdadeiras.

05. (PUC-RS) Responda esta questão com base na figura e nas informações apresentadas abaixo, sobre um tipo de parasitose.

05

O esquema apresentado na figura representa uma parasitose conhecida como __________, ocasionada por um animal pertencente ao grupo dos __________, na qual o homem é o hospedeiro __________.

a) ascaridíase – platelmintos – intermediário.

b) oxiurose – platelmintos – definitivo.

c) filariose – asquelmintos – definitivo

d) teníase – platelmintos – definitivo.

e) esquistossomose – asquelmintos – intermediário.

06. (UFV) Em uma entrevista fictícia, um jornalista perguntou a alguns parasitos sobre os seus ciclos de vida. Assinale a afirmativa cuja informação dada pelo parasito está incorreta:

a) Leishmania donovani: dependendo da época eu vivo no inseto Lutzomyia, mas, após me transformar em um oocisto, eu tenho que me mudar para órgãos humanos como fígado e baço.

b) Plasmodium vivax: depois de me transformar em esporozoíto, eu pego carona na saliva do mosquito Anopheles e, ao atingir o meu destino no homem, me alojo nas células hepáticas.

c) Trypanosoma cruzi: após me reproduzir no miocárdio, migro para o sangue e, se eu tiver sorte, o barbeiro Triatoma me suga e nele eu sigo o mesmo trajeto das fezes.

d) Toxoplasma gondii: não dependo de insetos vetores para chegar aos hospedeiros vertebrados; neles sigo pela teia alimentar, sendo que nos felinos sou descartado nas fezes.

07. (FATEC-SP) Entre as várias atitudes práticas que visam à promoção e à preservação da saúde, destacam-se as seguintes:

– A carne de aves e os ovos devem ser bem cozidos, e devem ser observadas medidas de higiene básicas na preparação da comida.

– Após a preparação de carne de aves crua ou de ovos, a bancada e os utensílios usados devem ser bem lavados, antes de serem usados em outros alimentos.

As práticas propostas visam prevenir a disseminação da doença conhecida como:

a) Salmonelose.

b) Teníase.

c) Esquistossomose.

d) Cisticercose.

e) Doença de Chagas.

08. (UEPA) A imprensa local voltou a chamar a atenção dos paraenses para a possível contaminação da doença de Chagas por meio da ingestão do açaí. É possível que isso aconteça, quando o transmissor da doença é esmagado junto com o fruto, durante o processo de preparação do suco ou vinho.

Sobre a doença citada no texto acima, analise as afirmativas e assinale a(s) correta(s):

I   II

0  0 – É causada por um protozoário flagelado denominado Trypanosoma cruzi.

1 1 – O agente transmissor é um percevejo que se contamina com o parasita quando suga sangue de animais infectados, que são os reservatórios naturais.

2  2 – A doença também pode ser contraída por meio da picada do agente transmissor que inocula os parasitos na corrente sanguínea.

3  3 – O agente causador da doença atinge órgãos como o coração e o fígado.

4  4 – Como formas de prevenir a doença são indicadas o uso de inseticidas e substituição das casas de pau a pique por casas de alvenaria.

09. (UESPI) A doença humana conhecida popularmente como “Calazar”, cujo ciclo é ilustrado abaixo, é causada por qual protozoário?

09

a) Trypanossoma.   

b) Plasmodium.  

c) Leishmania.  

d) Giardia. 

e) Toxoplasma.

10. (UNIMONTES) Embora o ciclo de vida dos parasitas possa variar dentre as espécies de parasitas e dos hospedeiros envolvidos, eles mantêm um padrão básico. As alternativas abaixo apresentam ciclos evolutivos de determinados parasitas que podem provocar doenças humanas. Analise-as e assinale a que representa o ciclo evolutivo do agente causador da malária.

10

11. (UEPB) Atualmente o consumo de bebidas alcoólicas entre jovens adolescentes tem aumentado bastante, e esse problema tem afetado muitas famílias aqui no Brasil. Pessoas que estão sob o efeito de álcool podem perder o controle de suas ações e realizar atos que normalmente não fariam se estivessem sóbrias. Imagine que uma turma de amigos está saindo de uma festa e ainda se encontra bastante animada. Um dos amigos convida o grupo para irem até sua casa. Chegando lá, depois de mais uma rodada de bebida, eles começam a praticar atos sexuais uns com os outros, sem se importarem com as devidas precauções, como o uso de camisinha. Um dos envolvidos, depois de um mês, apresenta alguns sintomas como pequenas vesículas avermelhadas indolores próximas à região dos genitais, e acredita ter contraído uma DST – doença sexualmente transmissível. Analisando os dados clínicos da doença, indicados nas alternativas, pode-se dizer, acertadamente, que ele contraiu:

a) Gonorreia – doença sexualmente transmissível, causada pelo protozoário Treponema pallidum, que cresce e se multiplica facilmente em áreas quentes e úmidas do trato reprodutivo como cérvix, útero e tubos de falópio na mulher; e uretra em homens e mulheres.

b) Sífilis – doença infecto-contagiosa, causada pelo protozoário Trichomonas vaginalis, e que pode evoluir, se não tratada, em três fases.

c) Gonorreia – doença sexualmente transmissível, causada pela bactéria Treponema pallidum, que cresce e se multiplica facilmente em áreas quentes e úmidas do trato reprodutivo como cérvix, útero e tubos de falópio na mulher; e uretra em homens e mulheres.

d) Sífilis – doença infecto-contagiosa, causada pela bactéria Treponema pallidum, e que pode evoluir, se não tratada, em três fases.

e) Tricomoníase, doença sexualmente transmissível, causada pelo parasita protozoário Treponema pallidum, cujos sintomas em mulheres apresentam uma secreção espumosa de cor verde-amarelada e odor desagradável, proveniente da vagina.

12. (UDESC) Analise cada proposição a respeito das doenças parasitárias humanas e assinale a(s) correta(s).

I   II

0  0 – Os parasitos que atacam os seres humanos podem ser microscópicos, como muitos vírus e bactérias, ou macroscópicos, como os platelmintes e nematelmintes.

1  1 – A malária é uma doença causada por protozoários do gênero Plasmodium, transmitidos através da picada do mosquito-palha Phlebotomus.

2  2 – A raiva é uma infecção bacteriana transmitida pela mordedura de animais contaminados.

3  3 – A sífilis é uma virose causada pelo Treponema pallidum e transmitida por contato sexual.

4 4 – A esquistossomose é uma verminose comum no Brasil, causada pelo verme platelminto Schistosoma mansoni.

13. (UFRN) Foi relatado, no primeiro semestre de 2010, um surto de toxoplasmose em Natal-RN. Estazoonose, que, por acometer animais de “sangue quente”, também pode atingir os seres humanos, tem como agente etiológico o parasito Toxoplasma gondii. De uma maneira geral, a infecção é assintomática; mas seus sintomas, quando estão presentes, geralmente são transitórios e inespecíficos. A ocorrência da toxoplasmose sob a forma de surto é rara. Nessa condição, a transmissão do toxoplasma geralmente ocorre:

a) Pelas fezes do inseto transmissor contaminadas com ovos do protozoário.

b) Pelo consumo de água contaminada com proglotes do protozoário.

c) Pelo manuseio de fezes de gatos contaminadas com larvas do parasito.

d) Pela ingestão de carne suína ou ovina mal cozida com cistos do parasito.

14. (PUC-RIO) Algumas doenças são consideradas como autoimunes porque as pessoas que as possuem:

a) Não são capazes de produzir anticorpos.

b) Produzem anticorpos contra medicamentos.

c) Produzem poucos glóbulos brancos e vermelhos.

d) Produzem anticorpos contra as próprias partes de seu corpo.

e) Não podem receber transfusão sanguínea de nenhum doador.

15. (PUC-RIO) O cuidado na lavagem de frutas e verduras e o cozimento apropriado de carnes que se pretende ingerir são algumas medidas preventivas de doenças causadas por helmintos e protozoários. Essas medidas não serão eficazes contra:

a) Amebíase.

b) Ascaridíase.

c) Elefantíase.

d) Giardíase.

e) Teníase.

16. (UPE) O lema “conhecer para preservar” pode ser utilizado na formação de condutas ecologicamente corretas bem como numa visão preventiva de preservação da saúde. Várias doenças podem ser evitadas por métodos simples de higiene pessoal e alimentar, quando se têm conhecimentos primários da epidemiologia. O quadro abaixo apresenta cinco parasitas ocorrentes em nossa região, que causam doenças no homem, associados a alguns aspectos epidemiológicos.

PARASITA E DOENÇA

MODO DE

TRANSMISSÃO

SINTOMATOLOGIA

TRATAMENTO/

PROFILAXIA

Toxoplasma gondii

(Protozoário)

Toxoplasmose

(3)

 

Lesão ocular, alterações neurológicas. Abortamento

 

MedicamentosEspecíficos/Hábitos dehigiene, cuidados comanimais domésticos 

Schistosoma mansoni

(Verme platelminto)

Esquistossomose

Penetração de

cercárias através da pele

 

(4)

Medicamentos

específicos/saneamento

básico

Entamoeba histolytica

(1)

Amebíase

Ingestão de água e alimentos

contaminados

 

Diarreia, lesão

intestinal e hepática

 

Medicamentos

específicos /saneamento

básico

 

(2)

(Bactéria)

Leptospirose

Contaminação com urina de ratos

Febre alta, calafrios,

dores de cabeça e

musculares

Antibiótico/controle da população de roedores

Neisseria meningitidis

(Bactéria)

Meningite

Contato direto com doentes

 

Vômito em jato, febre

alta, afeta as meninges e provoca septicemia

(5) 

Assinale a alternativa que apresenta corretamente a sequência de palavras e expressões que preenchem corretamente os espaços em branco, numerados de1 a 5.

a) 1-Vírus; 2Yersinia pestis; 3-contato com doentes; 4-bolhas e úlceras na pele; 5– isolamento/vacinação.

b) 1-Protozoário; 2Leptospira interrogans; 3-ingestão de cistos contidos nas fezes de cães e gatos, transplacentária; 4-aumento do volume do fígado e baço; 5-antibióticos/vacinação.

c) 1-Bactéria; 2Leptospira interrogans; 3-contato direto com doentes; 4-bolhas e úlceras na pele; 5-antibióticos/vacinação.

d) 1-Verme nematelminto; 2Leptospira interrogans; 3-ingestão de cistos contidos nas fezes de cães e gatos, transplacentária; 4-aumento do volume do fígado e baço; 5 antibióticos/eliminação dos vetores.

e) 1-Protozoário; 2Leptospira interrogans; 3-ingestão de cistos contidos nas fezes de cães e gatos, transplacentária; 4-febre alta, perda da sensibilidade e manchas na pele; 5-antibióticos/eliminação dos vetores.

17. (UEL) Uma infecção por HIV pode estar presente por vários anos antes da manifestação dos primeiros sintomas, sem que o portador suspeite disso. Esse longo período de “latência” frequentemente ocasiona a transmissão viral.

17

 (Adaptado: SADAVA, D. et al. Vida: A ciência da Biologia. 8 ed. Porto Alegre: Artmed, 2009. v. 1. p. 422.)

Com base na figura e nos conhecimentos sobre AIDS (síndrome da imunodeficiência adquirida), considere as afirmativas a seguir.

I. No primeiro ano da infecção por HIV, o sistema imune produz anticorpos contra diversos componentes celulares, incluindo DNA e proteínas nucleares.

II. Após o segundo ano, a concentração de células T diminui gradativamente, a concentração de HIV aumenta e a pessoa infectada pode apresentar sintomas como inflamação dos linfonodos e febre.

III. A partir do terceiro ano, as células T diminuem e a concentração de HIV aumenta, indicando que o indivíduo se torna mais suscetível a outras infecções que as células T normalmente eliminariam.

IV. Após o nono ano, a concentração de HIV se estabiliza e um nível adequado de células T possibilita o desenvolvimento de respostas imunes.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I e III são corretas.

b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.

c) Somente as afirmativas II e III são corretas.

d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.

e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

18. (UEPA) Nos grandes centros urbanos do Brasil, plantas medicinais são comercializadas livremente e indicadas para os mais diversos usos. Devido aos inúmeros casos de toxicidade pelo uso inadequado de plantas, a literatura especializada ressaltou que o uso do ginkgo e do alho podem influenciar negativamente no tratamento de doenças como Aids (1) e câncer (2).

Fonte: Veiga Jr. Química Nova, 2004.

Em relação aos termos em destaque, no texto acima, afirma-se que:

I   II

0  0 – A doença de número 1 é causada por diversos tipos de agentes etiológicos e transmitida pelo contato direto de pessoa para pessoa.

1  1 – A doença de número 2 é caracterizada por alterações no sistema de controle da divisão celular.

2  2 – O diafragma, por fechar o colo do útero e impedir a entrada dos espermatozoides, é considerado também um método eficiente na prevenção da doença 1.

3  3 – O quadro clínico avançado da número 1 induz o aparecimento de infecçõesoportunistas, como pneumonias e doençasde pele.

4  4 – Na doença 2, as células afetadas se multiplicam desordenadamente e são capazes de migrar e invadir outros tecidos e regiões do corpo.

19. (UEPB) A invenção da vacina deve-se aos estudos de Louis Pasteur, vindo a primeira vacina a ser produzida por Edward Jenner, em 1796. As vacinas produzidas a partir de restos de proteínas e toxinas, partem de bactérias ou vírus, ou estes últimos inteiros, porém atenuados ou mortos, são introduzidas no organismo de uma pessoa para que desencadeiem uma reação imunológica. Há vários anos o governo brasileiro vem desenvolvendo campanhas de vacinação em todo o país. Essa ação visa erradicar ou diminuir os surtos ou epidemias de determinadas doenças que no passado causaram muitas mortes em todo o mundo. Sobre vacinas e suas ações, assinale a afirmativa verdadeira:

a) Uma pessoa, ao tomar uma dose da vacina BCG (bacilo de Calmette e Guérin), estará produzindo anticorpos contra o agente patológico da tuberculose.

b) A VOP é a vacina que imuniza os indivíduos contra a poliomielite com uma única dose.

c) Tomando três doses da DTP uma pessoa estará imunizada contra catapora.

d) Ao tomar a primeira dose da tríplice viral uma pessoa estará imune contra varíola, coqueluche e sarampo.

e) Um adolescente tomando a vacina dupla viral estará protegido contra a raiva e sarampo.

20. (UNICENTRO) Assinale a alternativa correta.

a) O ser humano pode desenvolver cisticercose se ingerir carne de porco crua ou mal cozida que possa conter as larvas da Taenia solium que vão perfurar a parede do intestino e se alojar na região do pericárdio.

b) O verme Enterobius vermicularis, que é transmitido pela picada de mosquitos do gênero Culex, pode causar contaminação em seres humanos, principalmente crianças.

c) Água contaminada com o verme Entamoeba hystolitica (ameba) pode causar contaminação na população que não tem acesso a água tratada, podendo originar surtos de dengue hemorrágica.

d) A malária é uma doença causada por protozoários do gênero Plasmodium. Esta doença vem aumentando nos últimos anos devido ao aumento das enchentes nos grandes centros, cujas águas são contaminadas com a urina dos ratos contendo o protozoário.

e) A forma mais eficaz de evitar contaminação pela doença de Chagas é a erradicação do Triatoma infestans (barbeiro), inseto que transmite o agente causador da doença, o Trypanosoma cruzi.

21. (UFSM) No curso de sua história, a espécie humana tem exercido diversos tipos de interações com o meio natural, sendo a interação com os animais uma das mais proeminentes. Apesar de muitas delas serem benéficas, outras tantas são prejudiciais, tais como as doenças causadas por diversos tipos de animais, particularmente os invertebrados. Com base nessa informação, assinale a afirmativa correta.

a) A Taenia solium, um verme platelminto, pode provocar uma doença denominada equinococose.

b) Pode-se contrair a ascaridíase através da ingestão de água ou alimentos contaminados por ovos de um verme nematódeo.

c) O ciclo da esquistossomose mansônica, ou doença do caramujo, envolve dois hospedeiros, sendo um deles a espécie humana, onde uma larva chamada miracídio completa o ciclo, penetrando através da pele e mucosas.

d) A elefantíase, causada por um nematódeo conhecido como filária, é transmitida pela picada do mosquito do gênero Aedes.

e) A febre amarela é causada por um vírus transmitido exclusivamente pela picada do mosquito do gênero Culex.

22. (UFLA) A doença de Chagas ou tripanossomíase americana é causada pelo flagelado Trypanosoma cruzi e ainda mata cerca de 50 mil pessoas por ano no mundo. Avalie como V (verdadeiras) ou F (falsas) as afirmativas abaixo.

I   II

0 0 – A construção de instalações sanitárias adequadas é uma das principais medidas preventivas contra a doença de Chagas.

1 1 – A doença de Chagas pode ser transmitida por transfusão de sangue e transplante de órgãos de doadores infectados.

2  2 – Os principais sintomas da doença são diarreias e dores abdominais.

3 3 – As lesões causadas pelo parasita em órgãos como coração, esôfago e intestino são irreversíveis.

4 4 – Mulheres infectadas podem transmitir o parasita aos filhos durante a gravidez ou na amamentação.

23. (UEPG) A ascaridíase é a verminose mais comum entre as crianças. A respeito dessa parasitose, assinale o que for correto.

I   II

0  0 – É causada pelo verme Ascaris lumbricoides que apresenta um marcante dimorfismo sexual.

1  1 – Em crianças parasitadas há risco de morte por asfixia quando, em acessos de vômito, os vermes chegam à faringe, causando sua obstrução e até mesmo da glote.

2  2 – O ciclo reprodutor se completa em apenas um hospedeiro o que classifica o verme Ascaris lumbricoides como heteroxeno. A infestação ocorre com a ingestão de ovos pela boca ou penetração de larvas pela pele.

3  3 – Essa verminose se caracteriza por distúrbios digestivos: cólicas, vômitos, enjôo, além de desnutrição, crises convulsivas e até obstrução intestinal. Muitas vezes o sono é agitado.

4  4 – A ascaridíase pode apresentar um sugestivo quadro de pneumonia, devido ao fato de que nos primeiros dias da doença, as larvas dos vermes já circularem nos pulmões.

24. (UEM) Sobre as doenças parasitárias no homem, responda o que for correto.

I   II

0  0 – O Schistossoma mansoni causa a esquistossomose, e a entrada do parasita em sua fase larval, no organismo humano, se dá pela pele ou pelas mucosas.

1  1 – A cisticercose ocorre quando os ovos eliminados por um indivíduo infestado pela Taenia solium passam para ele próprio ou para outras pessoas, por meio das mãos sujas, água ou frutas e verduras contaminadas.

2  2 – Na ascaridíase ou ascaríase, o homem passa a ter o verme adulto no intestino, após ingerir a larva existente em carne mal cozida.

3 3 – A ancilostomose, ancilostomíase, amarelão ou opilação pode ser causada pelo Ancylostoma duodenale e pelo Necator americanus.

4  4 – A filariose ou elefantíase é causada pelo verme Wuchereria bancrofti, cujas larvas são transmitidas pela ingestão de larvas de inseto encontradas em verduras mal lavadas.

25. (UEPB) O instituto Butantã, localizado na zona Oeste da cidade de São Paulo, tinha uma das maiores coleções do mundo (54 mil) de espécies de animais peçonhentos. Várias espécies de cobras, aranhas e escorpiões venenosos estavam depositadas lá. O local que pegou fogo em 15 de maio de 2010, causando prejuízo imensurável para vários estudos desenvolvidos por aquele Instituto, fundado em 1901, é responsável pela produção de soros e vacinas. Sobre a soroterapia, desenvolvida no final do século XIX, é correto afirmar:

a) Foi divulgada e desenvolvida no Brasil pelo médico sanitarista Oswaldo Cruz e tem como objetivo combater um agente tóxico específico que causa uma inflamação. O soro é produzido a partir da introdução do veneno liofilizado (antígenos) em cavalos para produção de anticorpos.

b) Foi divulgada e desenvolvida no Brasil pelo médico sanitarista Oswaldo Cruz e tem como objetivo combater uma doença específica. O soro contendo antígenos é produzido artificialmente e depois é introduzido em cavalos para produção de quantidades maiores de anticorpos.

c) Foi divulgada e desenvolvida no Brasil pelo médico sanitarista Oswaldo Cruz e tem como objetivo combater uma doença específica, ou um agente tóxico específico. O soro é produzido a partir da introdução do veneno liofilizado (antígenos) em cavalos para produção de anticorpos.

d) Foi divulgada e desenvolvida no Brasil pelos pesquisadores do Instituto Butantã, na época conhecido como Instituto Serumtheráphico de Butantã, e tem como objetivo combater uma doença específica, ou um agente tóxico específico. O soro é produzido a partir da introdução do veneno liofilizado (antígenos) em cavalos para produção de anticorpos.

e) Foi divulgada e desenvolvida no Brasil pelos pesquisadores do Instituto Butantã, na época conhecido como Instituto Serumtheráphico de Butantã, e tem como objetivo combater uma doença específica. O soro é produzido a partir da introdução do veneno liofilizado (antígenos) em cavalos para produção de anticorpos.

26. (PUC-RIO) “A frequência do câncer da próstata na espécie humana aumentou de forma explosiva nos últimos anos. Notícias e reportagens inundaram os meios de comunicação, mas informações desencontradas têm gerado aflições indevidas pela importância funcional deste órgão.”

              Adaptado: http://www.uronline.unifesp.br/uronline/ed1098/ caprostata.htm

Quanto à função da próstata, é correto afirmar que é:

a) Uma glândula exócrina responsável pela produção de um fluido cuja alcalinidade ajuda a neutralizar o pH do trato vaginal, prolongando a vida dos espermatozoides.

b) Um órgão sexual localizado abaixo da bexiga urinária cuja principal função é produzir líquido seminal responsável pelo movimento das espermátides.

c) Uma glândula endócrina responsável pela produção de hormônios que estimulam a maturação das espermatogônias em espermatozóides.

d) Uma parte modificada da uretra cuja principal função é armazenar espermatozoides maduros até a ejaculação do sêmen.

e) Um órgão do aparelho genito-urinário masculino, protegido por uma bolsa externa ao corpo e responsável pela produção de testosterona.

27. (UNICENTRO) Monogenea é uma classe dentro do filo Platelmintes composta por organismos ectoparasitos de vertebrados aquáticos. Antigamente este grupo era incluído como uma subclasse dentro da classe Trematoda. Conhecidos como monogenéticos, os representantes desta classe são exclusivamente parasitas, esses são encontrados parasitando principalmente o tegumento, narinas e brânquias de seus hospedeiros (peixes, répteis e anfíbios aquáticos). Abaixo um representante parasita de peixes.

27

Sobre os vermes assinale a alternativa correta.

a) No filo Platelmintes inclui-se a classe Turbelária, Trematoda e Nematoda.

b) Os Trematoda são platelmintos parasitas, exemplo, Fasciola hepatica, Schistosoma mansoni e Biomphalaria, parasitas do fígado humano.

c) Monogenea é uma classe dentro do filo Platelmintes, pertencente à ordem Cestoda.

d) Taenia solium é um cestoide que pode provocar em humanos uma doença grave, a elefantíase.

e) Ascaris lumbricoides é um nematoide parasita de humanos, cujo ciclo de desenvolvimento passa pelo sistema digestório, corrente sanguínea, fígado, coração e pulmão, retornando após deglutição até o intestino.

28. (UNESP)             AS OUTRAS CHAGAS DE CHAGAS

Em abril será lançada a primeira cartilha médica sobre a infecção causada pelo barbeiro. A doença sempre esteve associada à zona rural… e graças a um intenso programa de erradicação do barbeiro na zona rural, em 2006 a Organização Pan-Americana da Saúde havia decretado o fim no país da infecção pelo contato direto com o inseto. Porém, nos últimos anos as contaminações ressurgiram. Agora elas ocorrem por via oral e estão disseminadas também nas zonas urbanas. Os casos mais recentes aconteceram pelo consumo de restos do barbeiro misturados a alimentos como açaí e caldo de cana. Os novos doentes já somam 600. O número de casos registrados cresce, em média, 20% ao ano.

(Veja, 24.02.2010. Adaptado.)

Sobre a notícia, pode-se afirmar corretamente:

a) A substituição de alimentos manufaturados, como o açaí e o caldo de cana, por alimentos industrializados, poria fim à doença de Chagas no Brasil.

b) A transmissão via oral só acontece quando, junto com os alimentos, também forem ingeridos insetos ainda vivos.

c) A transmissão via oral traz uma forma mais agressiva da doença, pois o sistema digestório humano não tem defesas imunológicas contra o barbeiro.

d) Na transmissão via oral, o organismo humano recebe uma carga de parasitas maior que aquela que receberia pelos modos convencionais de transmissão da doença.

e) Se nada for feito em termos de saúde pública, em cinco anos o número de casos registrados terá quase que dobrado.

29. (IFCE) Sobre os platelmintos, são dadas as afirmações.

I. Nas planárias de água doce, a reprodução depende da duração do dia e da temperatura.

II. Cada cercária permanece viva de um a três dias; nesse período, precisa penetrar na pele do hospedeiro.

III. O corpo da tênia é iniciado por uma cabeça contendo ventosas fixadoras.

A alternativa correta é a

a) Se apenas uma afirmativa estiver correta.

b) Apenas se as afirmativas I e II estiverem corretas.

c) Apenas se as afirmativas II e III estiverem corretas.

d) Se as três afirmativas estiverem corretas.

d) Se as três afirmativas estiverem incorretas.

30. (UEFS) A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) acaba de aprovar uma vacina contra a gripe H1N1 produzida sem a proteína do ovo. Indicada para todas as pessoas, mas, em especial, para aquelas que são alérgicas a essa proteína, a vacina é feita em cultivo de células Vero-derivadas de rins de macaco verde africano. Menos de 1% da população tem alergia a ovo e não pode tomar a vacina disponível nos postos de saúde e nas clínicas atualmente. Por ser produzida em células mais parecidas com as de humanos (no caso, de macacos), essa vacina não precisa de substâncias que potencializam a ação. Assim, provoca menos efeitos colaterais. A vacina feita do ovo pode provocar reações, como dor local, febre e dor de cabeça.

(BASSETE, 2010).

O gráfico abaixo ilustra a variação da concentração de anticorpos no corpo de um indivíduo em relação ao tempo, como resposta à aplicação em duas doses de uma determinada vacina.

30

Considerando-se as informações presentes no texto e no gráfico e o conhecimento sobre a importância da vacinação na prevenção de doenças, é possível afirmar:

a) As vacinas H1N1 produzidas sem a proteína do ovo apresentam uma resposta imunológica mais rápida por possuírem apenas proteínas de origem viral.

b) A presença de uma segunda dose em determinadas vacinações favorece a imunização, ao produzir uma resposta secundária mais rápida e efetiva.

c) A presença de anticorpos específicos na vacina H1N1 desenvolve a imunização esperada nos indivíduos vacinados exclusivamente para esse vírus em questão.

d) O sistema imunológico, ao ser ativado na primeira inoculação do antígeno, aumenta progressivamente a produção de monócitos para a produção dos anticorpos específicos.

e) A vacina H1N1 produzida a partir de células de macaco evita a contaminação dos vacinados contra doenças produzidas por aves e transmitidas por ingestão de proteínas do ovo.

GABARITO

01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

C

VVFVF

A

E

D

A

A

VVFVV

C

C

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

D

VFFFV

D

D

C

B

C

FVFVV

A

E

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

B

FVFVV

VVFVV

VVFVF

C

A

E

D

D

B

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: