Publicado por: Djalma Santos | 1 de julho de 2011

Testes de botânica (4/5)

01. (UFT) A classificação dos seres vivos baseia-se em princípios evolutivos, sendo que os grupos de organismos que descendem de um ancestral comum exclusivo são chamados de grupos naturais. As relações entre os grupos de seres vivos podem ser representadas através de diagramas denominados cladogramas (clado= ramo). O cladograma abaixo resume os principais passos da evolução das plantas, considerando-se o conhecimento atual.

01

Com base na análise do cladograma considere as afirmativas abaixo:

I. O caráter representado pela letra B corresponde à semente e pela letra C a flores e frutos.

II. Nos grupos abaixo do caráter representado pela letra C não ocorrem sementes.

III. Todos os grupos acima do caráter representado pela letra A, apresentam vasos condutores de seiva.

IV. O caráter representado pela letra C aparece exclusivamente em Angiospermas.

V. Nos grupos abaixo do caráter representado pela letra B, a reprodução ocorre independente da água.

Assinale a alternativa correta.

a) I, III e IV.

b) I, II, III e V.

c) I, II e III.

d) II, III, IV e V.

e) I, II e IV.

02. (FUVEST) Na evolução dos vegetais, o grão de pólen surgiu em plantas que correspondem, atualmente, ao grupo dos pinheiros. Isso significa que o grão de pólen surgiu antes:

a) Dos frutos e depois das flores.

b) Das flores e depois dos frutos.

c) Das sementes e depois das flores.

d) Das sementes e antes dos frutos.

e) Das flores e antes dos frutos.

03. (UFV) No ciclo de vida das plantas surgiu, ao longo da evolução, a alternância de gerações com fases esporofíticas e gametofíticas, de diferentes durações. Considerando o ciclo de vida das plantas atuais, assinale a afirmativa correta:

a) Nas briófitas a fase duradoura é a esporofítica.

b) Nas pteridófitas a fase duradoura é a esporofítica.

c) Nas gimnospermas a fase duradoura é a gametofítica.

d) Nas angiospermas a fase duradoura é a gametofítica.

04. (UEM) Ao preparar uma sopa, entre outros produtos que não serão considerados, foram utilizados:1,0 kgde tomate,0,7 kgde cenoura,2,0 kgde batata inglesa,0,8 kgde couve-flor,0,7 kgde brócolis,0,8 kgde repolho,0,3 kgde nabo,0,8 kgde chuchu,1,2 kgde abobrinha e0,7 kgde couve.

Considerando os alimentos utilizados na sopa, assinale o que for correto.

I   II

0  0 – A proporção utilizada na sopa entre caules e raízes é de 2 para 1.

1  1 – A razão utilizada na sopa entre folhas e flores é 1.

2  2 – 50% do total da quantidade de produtos, em quilogramas, utilizado na preparação da sopa, foi de frutos e caules.

3  3 – Abobrinha, chuchu e tomate são originados do desenvolvimento do ovário, após a fecundação do óvulo.

4  4 – Brócolis, couve, couve-flor e repolho não apresentam epiderme e tecidos condutores.

05. (UCPel) Ao longo do processo evolutivo, a provável sequência temporal de aparecimento dos diversos grupos vegetais é:

a) Briófitas – gimnospermas – angiospermas – pteridófitas.

b) Briófitas – pteridófitas – gimnospermas – angiospermas.

c) Pteridófitas – briófitas – angiospermas – gimnospermas.

d) Pteridófitas – gimnospermas – briófitas – angiospermas.

e) Gimnospermas – briófitas – pteridófitas – angiospermas.

06. (UFT) As briófitas são plantas avasculares de organização estrutural relativamente simples e apresentam alternância de gerações, na qual:

a) A geração diploide, denominada gametófito, constitui a parte dominante do seu ciclo de vida.

b) A geração haploide, denominada esporófito, constitui a parte dominante do seu ciclo de vida.

c) A geração haploide, denominada gametófito, constitui a parte dominante do seu ciclo de vida.

d) A geração diploide, denominada esporófito, constitui a parte dominante do seu ciclo de vida.

e) A geração haploide, denominada esporângio, constitui a parte dominante do seu ciclo de vida.

07. (UFAM) Os diferentes tipos de climas existentes no mundo se refletem na cobertura vegetal, definindo, dentre outras características, as formas das folhas e a espessura dos caules de plantas que formam as regiões fitogeográficas. De acordo com as características dos grupos vegetais, assinale a alternativa correta.

a) Aciculifoliadas – plantas adaptadas a uma estação seca e outra chuvosa, com folhas largas e espessas.

b) Latifoliadas – espécies de folhas de tamanho reduzido, adaptadas às regiões muito secas.

c) Xerófilas – são plantas que apresentam folhas perenes, adaptadas aos ambientes típicos das matas de igapó.

d) Higrófilas – são plantas geralmente perenes, adaptadas aos ambientes típicos de elevada umidade.

e) Caducifólias – plantas de folhas perenes, rígidas e adaptadas às condições de extrema umidade.

08. (UNEMAT) As angiospermas são as plantas com maior número de espécies e de indivíduos que ocupam o maior número de habitats. Assinale a alternativa que apresenta as características exclusivas desse grupo de plantas.

a) Plantas avasculares sem sementes e sem frutos; como exemplo podemos citar os musgos e as hepáticas.

b) Plantas vasculares com presença de flor, fruto e semente, como exemplo, podemos citar as árvores frutíferas e capins.

c) Plantas vasculares com sementes, porém sem frutos, como exemplo, podemos citar os pinheiros e os ciprestes.

d) Plantas vasculares sem sementes e sem frutos, como exemplo, podemos citar as samambaias e as avencas.

e) São todas as plantas que não apresentam flores.

09. (UFG)Analise a figura a seguir.

09

Com base na morfologia floral, conclui-se que, nessa flor:

a) O cálice propicia a atração de polinizadores noturnos, impedindo a fecundação cruzada.

b) A corola proporciona um ambiente favorável à germinação dos grãos de pólen, facilitando a fecundação cruzada.

c) O ovário é súpero, dificultando a penetração do tubo polínico para alcançar o óvulo.

d) As anteras posicionam-se acima dos carpelos, facilitando a transferência dos grãos de pólen para o estigma.

e) Os verticilos florais reprodutores são desprotegidos da ação do vento, facilitando a ocorrência da polinização cruzada.

10. (UFT) Os cotilédones são folhas embrionárias, que armazenam nutrientes disponibilizados ao embrião. Quanto ao número de cotilédones, é correto afirmar que arroz, feijão, milho e soja, são:

a) Monocotiledôneas.

b) Dicotiledôneas.

c) Arroz e feijão são monocotiledôneas; milho e soja são dicotiledôneas.

d) Arroz e milho são dicotiledôneas; feijão e soja são monocotiledôneas.

e) Arroz e milho são monocotiledôneas; feijão e soja são dicotiledôneas.

11. (UNICENTRO) “A mangueira (Mangifera indica) possui um fruto que é excelente fonte de vitamina A e de açúcares que pode ser consumido in natura ou na forma de doce, xarope, geleia e marmelada. Um bom petisco é o miolo do caroço de manga fervido em óleo de mostarda. Quando as condições do solo são ideais cada mangueira pode produzir até quatro milhões de flores, das quais menos da metade são flores perfeitas e uma quantidade ainda menor sobrevive. A planta adulta pode atingir de10 a12 metros de altura e o tronco chega a ter até dois metros de circunferência. As folhas jovens são de um verde pálido e após um tempo passam a apresentar um verde luzido e mais escuro.”

         (Extraído de: Randall, E. As frutas tropicais. São Paulo: Editora Gaia,1994).

Considerando as informações contidas no texto e seus conhecimentos adquiridos, assinale a alternativa incorreta.

a) O fruto da mangueira citado no texto é um fruto carnoso do tipo drupa, pois apresenta o endocarpo resistente constituindo o caroço.

b) O “miolo” do caroço citado no texto como um bom petisco é na realidade a semente da mangueira.

c) Apenas uma pequena parte das quatro milhões de flores é convertida em fruto, e para que isso aconteça deve haver a polinização e a fecundação que no caso da mangueira é dupla, por se tratar de uma angiosperma.

d) Para que o tronco da planta alcance os dois metros de circunferência é necessário que haja o crescimento secundário ou em espessura que na mangueira é proporcionado pelo parênquima, visto que não há formação de cambio vascular por se tratar de uma monocotiledônea.

e) As folhas da mangueira como da maioria das plantas é o órgão sede da fotossíntese, e por isso possui a cor verde resultado da presença da clorofila no interior dos cloroplastos de suas células.

12. (UFJF) A notável variação morfológica atingida pelas Angiospermas permitiu que este grupo de plantas ocupasse diferentes ambientes e desenvolvesse os mais diversos modos de vida. Correlacione algumas adaptações morfológicas comumente encontradas entre as Angiospermas (COLUNA I) com seu modo de vida ou com o ambiente onde ocorrem (COLUNA II).

COLUNA I

1. Folhas transformadas em gavinhas

2. Haustórios

3. Pneumatóforos

4. Folhas transformadas em espinhos

5. Velame

COLUNA II

A. Caatinga

B. Trepadeiras

C. Mangue

D. parasitas

E. Epífitas

Assinale a alternativa correta.

a) 1B, 2A, 3C, 4E, 5D.

b) 1E, 2A, 3D, 4C, 5B.

c) 1C, 2E, 3D, 4A, 5B.

d) 1B, 2D, 3C, 4A, 5E.

e) 1C, 2E, 3B, 4A, 5D.

13. (UNIMONTES) A figura abaixo ilustra a germinação da semente do feijão. Analise-a.

13

As afirmativas abaixo se referem aos eventos que ocorrem durante a germinação. Analise-as e assinale a alternativa incorreta.

a) As enzimas, presentes na semente, promovem a hidrólise das reservas insolúveis.

b) Os tecidos de reserva são gastos e desaparecem como o endosperma.

c) O estoque de amido é mantido intacto.

d) Os cotilédones morrem e secam.

14. (UEM) Sobre as estruturas especiais utilizadas na reprodução sexuada dos diferentes grupos vegetais, assinale o que for correto.

I   II

0  0 – No arquegônio do gametófito de Bryophyta (musgo), a fecundação entre a oosfera e o anterozoide resultará no zigoto diploide, e este, após divisões mitóticas sucessivas, originará o esporófito.

1  1 – Em Pterophyta (samambaias e avencas), os esporângios reunidos em soros liberam os esporos haploides que, após divisões mitóticas sucessivas, originarão os gametófitos.

2  2  – Nos vegetais produtores de sementes nuas (sem a proteção do pericarpo), a micrópila do óvulo recebe o grão de pólen que formará o tubo polínico, através do nucelo, até atingir a oosfera.

3  3 – Nos vegetais produtores de frutos, o ovário impede a livre chegada do grão de pólen até a micrópila do óvulo. O estigma oferecerá as condições para a germinação do grão de pólen.

4  4 – A dupla fecundação que ocorre no gametófito das angiospermas (Magnoliophyta) produz dois embriões diploides, que serão os esporófitos, quando atingirem a fase adulta.

15. (UNICENTRO) Sobre as relações filogenéticas em plantas assinale a alternativa correta.

a) As briófitas podem ser consideradas a transição entre as algas verdes clorofíceas (consideradas ancestrais de todas as plantas) e as pteridófitas, pois contém características comuns com o primeiro grupo como ausência de vascularização e com o segundo grupo como embrião multicelular protegido.

b) As pteridófitas foram as primeiras plantas que dominaram o ambiente terrestre, tendo adquirido para tanto, características como tecidos vasculares, capacidade de sintetizar lignina e grãos de pólen, que as tornaram independentes de água para a reprodução.

c) As gimnospermas são plantas capazes de se disseminar com facilidade devido à presença de frutos carnosos, fazendo com que estas plantas sejam consideradas, juntamente com as angiospermas, as mais evoluídas do reino vegetal.

d) As monocotiledôneas são plantas do grupo das angiospermas consideradas como uma transição entre as gimnospermas e as dicotiledôneas, sendo menos evoluídas que estas últimas pela ausência de flores e frutos e pela polinização ser feita exclusivamente pelo vento.

e) As angiospermas dicotiledôneas são as plantas mais evoluídas do reino vegetal por serem as únicas plantas a possuir crescimento secundário verdadeiro mediado pelo cambio vascular e por serem as únicas a possuir sementes encerradas no interior de um fruto.0

16. (UDESC) As plantas classificam-se em angiospermas, pteridófitas, gimnospermas e briófitas. Em relação a essa classificação associe a segunda coluna de acordo com a primeira.

COLUNA 1

1. Angiospermas

2. Pteridófitas

3. Gimnospermas

4. Briófitas

COLUNA 2

(  ) Possuem vasos condutores, não têm flores e nem sementes.

(  ) Não possuem vasos condutores.

(  ) Não têm frutos, mas possuem flores e sementes.

(  ) Possuem frutos que contêm sementes.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo.

a) 1 3 4 2.

b) 2 4 1 3.

c) 2 4 3 1.

d) 4 2 3 1.

e) 2 3 4 1.

17. (UNICENTRO) Sobre as estruturas das plantas, assinale a alternativa incorreta.

a) Felogênio e câmbio interfascicular são exemplos de meristemas primários.

b) Os acúleos são estruturas pontiagudas com função de proteção frequentemente confundidos com espinhos.

c) Plantas aquáticas como o água-pé apresentam parênquima aerífico, que auxiliam na flutuação.

d) Os estômatos são formados por duas células com uma abertura denominada ostíolo. A transpiração estomática é a principal forma de perda de água nas plantas.

e) Os principais hormônios que atuam no crescimento e desenvolvimento das plantas são: auxinas, giberelinas, citocininas, etileno e ácido abscísico.

18. (UEFS) As plantas descendem de ancestrais que selecionaram uns aos outros, sem se digerir completamente. Células aquáticas ancestrais, com um voraz apetite, engoliram micróbios fotossintéticos verdes chamados cianobactérias. Algumas resistiram à digestão e sobreviveram dentro das células maiores, e continuaram a realizar fotossíntese. Com a integração, a comida verde crescia como parte de um novo ser. A bactéria de fora era agora uma parte independente dentro da célula. A partir de uma cianobactéria e um voraz nadador transparente, evolui um novo indivíduo, a alga. A partir das células verdes (protoctistas), vieram as células das plantas.

                                                          (MARGULIS, 1997, p. 90-91).

O modo como ocorreu a evolução dos processos sexuados e dos ciclos de vida nas plantas foi de fundamental importância para a conquista do ambiente terrestre. Pode-se considerar como um desses fatores evolutivos na formação do grupo vegetal:

a) A alternância de gerações entre uma fase sexuada e uma outra fase assexuada, ao longo do ciclo de vida.

b) A presença, a partir das pteridófitas, de uma fase esporofítica mais desenvolvida e nutricionalmente independente da fase gametofítica.

c) O advento das flores, frutos e sementes nos indivíduos do grupo das fanerógamas.

d) A presença de vasos condutores que condicionou uma melhor adaptação das briófitas aos ambientes com menor disponibilidade de água.

e) A consolidação da meiose espórica na etapa gametofítica desenvolvida pelo grupo.

19. (UFSC) As abelhas são consideradas importantes agentes polinizadores e precisam sobreviver a ácaros, parasitas, infestações por bactérias e também a produtos fitossanitários (pesticidas, fungicidas, entre outros) utilizados na agricultura. Em relação a esse tema, é corretoafirmar que:

a) As plantas angiospermas frutíferas são polinizadas principalmente pelo vento.

b) Várias flores, como as do trigo, dependem da polinização para a sua reprodução por cissiparidade, um caso especial de reprodução.

c) No enunciado, bactérias e ácaros são exemplos de interações simbióticas com as abelhas.

d) Para garantir a variabilidade genética e o cruzamento entre indivíduos da mesma espécie, muitas plantas hermafroditas têm a maturação da antera separada da maturação do estigma.

20. (UNICENTRO) A araucária, árvore típica da região sul do país, corre o risco de ser extinta. Mas há uma esperança. Pesquisadores da Universidade Federal do Paraná (UFPR) conseguiram realizar cruzamentos artificiais com araucárias que estavam separadas por mais de100 quilômetrosde distância. Com isso, haverá a possibilidade de recompor as florestas com combinações genéticas que a natureza, sozinha, já não está mais conseguindo produzir. A pesquisa, realizada dentro da Pós-Graduaçãoem Produção Vegetaldo Setor de Ciências Agrárias da UFPR, é um grande avanço no estudo da araucária que, apesar de sua importância, era pouca conhecida.

                                            (A ARAUCÁRIA…, 2010).

20

Esse texto retrata uma preocupação em atenuar a devastação do principal representante do Reino Plantae do Paraná, a araucária. A Araucária é um representante do grupo gimnosperma, que possui algumas características evolutivas que a torna mais adaptada aos ambientes terrestres do que os primeiros grupos de plantas. Dessa forma, em grande parte, a sua devastação ocorre devido à ação do homem. Diante da análise do texto e dos conhecimentos sobre os grupos de plantas, pode-se concluir que a alternativa correta é a:

a) Devido à presença de órgãos reprodutores diferenciados e visíveis, as gimnospermas e as pteridófitas são classificadas como plantas fanerógamas.

b) A araucária possui uma fase altamente dependente da água em seu ciclo reprodutivo, fato que contribui para a sua extinção.

c) Nas gimnospermas, frutos auxiliam na adaptação à vida terrestre, pois possibilitam a proteção das sementes durante o seu desenvolvimento contra a perda de água, impacto e predadores.

d) A grande distância entre as plantas, devido ao desmatamento, tem contribuído para a extinção das araucárias, pois os grãos de pólen, mesmo com o auxílio do vento, encontram dificuldade de atingir o cone feminino de uma outra planta.

21. (PUC-CAMPINAS) Para responder esta questão considere o texto.

ESPINAFRE PREJUDICA A ABSORÇÃO DE FERRO

Graças ao marinheiro Popeye, personagem que recorre a uma lata de espinafre quando precisa reunir forças para enfrentar o vilão Brutus, até as crianças pensam que a verdura é uma boa fonte de ferro. O que os pequenos e muitos adultos não sabem é que a disponibilidade desse mineral para o organismo é bastante limitada.

“O ácido oxálico presente no espinafre forma sais insolúveis com o ferro e também com o cálcio, dificultando a absorção dos dois minerais”, afirma a nutricionista Lara Cunha, da USP (Universidade de São Paulo).

Segundo ela, a verdura contém muita fibra, vitaminas A, C e do complexo B, potássio e magnésio, além de ser considerada laxativa e diurética, mas não deve ser consumida por pessoas com deficiência de ferro ou propensão a formar cálculos renais, também devido ao grande teor de ácido oxálico.

                (http://www1.folha.uol.com.br/folha/comida/ult10005u374889.shtml)

A via percorrida pelo magnésio, potássio e o ferro desde sua absorção do solo até comporem a seiva bruta do espinafre é:

a) Endoderme, parênquima, epiderme, xilema.

b) Endoderme, parênquima, epiderme, floema.

c) Epiderme, parênquima, endoderme, xilema.

d) Epiderme, parênquima, endoderme, floema.

e) Parênquima, epiderme, endoderme, floema.

22. (UNICENTRO) A presença da cobertura vegetal relaciona-se com os seguintes casos exceto:

a) Promove a estabilidade do solo em encostas acentuadas, pelo emaranhado de raízes.

b) Atua como amortecedor das chuvas nas áreas de nascentes.

c) Regula o fluxo de água superficial e subsuperficial no controle de uma bacia hidrográfica.

d) Fornece refúgio e alimento para insetos polinizadores.

e) Aumenta o efeito estufa pela liberação de gás carbônico na fotossíntese.

23. (UFJF) A existência de diferentes estratégias reprodutivas é uma das explicações para o sucesso das plantas na colonização dos mais variados ambientes. Assinale a alternativa em que todas as estruturas apresentadas possam ser usadas na reprodução vegetativa.

a) Tubérculo, tubo polínico e estolhos.

b) Estolhos, grãos de pólen e rizomas.

c) Tubérculo, oosfera e rizomas.

d) Frutos, folhas e oosfera.

e) Folhas, tubérculos e gemas.

24. (UEM) Considerando as adaptações ou características próprias dos vegetais, assinale o que for correto.

I   II

0  0 – Após a germinação da semente, a plântula torna-se estiolada (mais alongada) se, no ambiente em que estiver, houver luz em demasia.

1  1  Os cactos, plantas típicas de locais áridos, absorvem o gás carbônico atmosférico durante o dia e sintetizam o amido durante a noite.

2  2 – Em matas úmidas, os estômatos das plantas de sombra (umbrófilas) permanecem abertos na ausência de luz.

3  3 – A maior intensidade luminosa é determinante para uma maior taxa de fotossíntese, até atingir o ponto de saturação luminosa.

4  4 – Durante a fotossíntese, em plantas aquáticas submersas, como a Elodea, o teor de oxigênio produzido nas folhas aumenta, se houver maior concentração de CO2 dissolvido na água.

25. (PUC-CAMPINAS) No grão de milho, a estrutura que desempenha uma função semelhante à do vitelo do ovo é:

a) O endosperma.

b) A periderme.

c) O embrião.

d) A oosfera.

e) O saco embrionário.

26. (UFJF) Acredita-se que as plantas tenham surgido a partir de um grupo ancestral de algas. Durante a evolução das algas para as plantas, surgiram variações que permitiram maior adaptação à vida terrestre. Em relação às adaptações dos diferentes grupos vegetais, analise as afirmativas seguintes.

I. As briófitas não possuem raízes e a absorção de água do meio ocorre através da superfície do corpo do gametófito.

II. As briófitas têm estruturas adequadas para evitar a transpiração intensa.

III. As pteridófitas, como as samambaias, apresentam vasos condutores e tecidos de sustentação.

IV. Todas as gimnospermas, apesar de apresentarem vasos condutores, dependem da água para a reprodução sexuada.

V. As angiospermas apresentam sementes nuas, ou seja, suas sementes não são protegidas por frutos.

Assinale a alternativa que contém todas as afirmativas corretas:

a) I e II.

b) I e III.

c) II e III.

d) III e IV.

e) IV e V.

27. (UFRPE) A polinização é o transporte dos grãos de pólen das anteras para o estigma das flores, possibilitando a fecundação. A eficiência do mecanismo de transporte desse pólen é fundamental para a sobrevivência da espécie, seja ela feita pelo vento, por insetos ou por outra forma de polinização. Com relação a esse assunto, analise as proposições seguintes.

1. Aanemofilia ocorre em flores relativamente pequenas, com perianto não atrativo e grandes anteras que ficam pendentes para fora, agitadas pelo vento, como no caso das gramíneas: arroz, trigo e milho.

2. Aentomofilia e a ornitofilia ocorrem em plantas com flores que têm corolas vistosas, nectários e glândulas odoríferas. Algumas, como o antúrio, têm inflorescências circundadas por grandes brácteas coloridas.

3. Há mecanismos genéticos de autoesterilidade que impedem a germinação do pólen sobre o estigma da própria flor.

4. Há mecanismos capazes de evitar a autopolinização em plantas com flores hermafroditas, como, por exemplo, a existência de estames sob o estigma ou o amadurecimento dos estames e dos óvulos em diferentes épocas.

Está(ão) correta(s):

a) 1 e 2, apenas.

b) 1, 2, 3 e 4.

c) 2 e 3, apenas.

d) 3 e 4, apenas.

e) 2, apenas.

28. (UNEMAT) O dendograma abaixo mostra algumas características compartilhadas pelos grupos de plantas.

28

Assinale a alternativa em que ocorre a correspondência dos números ao surgimento de estruturas no decorrer da evolução das plantas.

a) 1. embrião; 2. vasos condutores; 3. semente; 4. flor e fruto.

b) 1. vasos condutores; 2. embrião; 3. semente; 4. flor e fruto.

c) 1. vasos condutores; 2. semente; 3. embrião; 4. flor e fruto.

d) 1. embrião; 2. vasos condutores; 3. flor e fruto; 4. semente.

e) 1. vasos condutores; 2. flor e fruto; 3. semente; 4. embrião.

29.  (UNIOESTE) Pode-se definir fruto como sendo “o ovário fecundado e desenvolvido, podendo ou não conter sementes”. Considerando essa definição, e que outras partes da flor em alguns casos crescem depois da fecundação e tornam-se comestíveis, assinale a alternativa correta.

a) O abacaxi e um fruto originado de uma única flor que apresentam numerosos ovários.

b) O morango e um pseudofruto originado do pedicelo de uma única flor.

c) No caju, a parte dura em forma de feijão onde se encontra a semente é um pseudofruto originado do receptáculo floral.

d) As partes comestíveis e suculentas da maçã e da pera originam-se do receptáculo floral e não do ovário.

e) Os frutos secos apresentam pericarpo não suculento e podem ser do tipo baga ou drupa.

30. (PUC-CAMPINAS) A cana-de-açúcar é uma planta que possui folhas com nervuras:

a) Paralelas e caule do tipo colmo cheio.

b) Paralelas e caule do tipo colmo oco.

c) Paralelas e caule do tipo estipe.

d) Reticuladas e caule do tipo colmo cheio.

e) Reticuladas e caule do tipo colmo oco.

31. (UNINOEST) Assinale a alternativa que associa corretamente o tipo de caule com algumas de suas características.

a) Troncos: caules subterrâneos que acumulam substâncias nutritivas.

b) Rizomas: caules adaptados à realização da fotossíntese e, em algumas espécies, também ao armazenamento de água.

c) Estipes: caules geralmente não ramificados, que apresentam, no ápice, um tufo de folhas.

d) Colmos: caules robustos, bem desenvolvidos na parte inferior e geralmente ramificados na parte superior.

e) Cladódios: são estruturas complexas formadas pelo caule e por folhas modificadas.

32. (UECE)               PREENCHA OS ESPAÇOS ABAIXO:

Sabe-se que a água é o elemento principal para o metabolismo de todas as formas de vida. No caso dos vegetais a água representa de 80% a 90% do seu peso fresco, mas existem plantas, que mesmo saturadas continuam a absorver água, eliminando o excesso através de poros presentes nas folhas. Nesse caso, as plantas eliminam água no estado líquido através dos _____________ , sendo esse processo conhecido como______________ ou _______________.

Assinale a alternativa que contém os termos que completam corretamente e na ordem a sentença anterior.

a) parênquima aquífero – transpiração – gutação.

b) estômatos – sudação – exsudação.

c) hidatódios – sudação – gutação.

d) hidatódios – sudação – transpiração.

33. (UNICENTRO) Todas as estruturas citadas abaixo fazem parte de uma semente de angiosperma exceto:

a) Endosperma.

b) Tegumento.

c) Embrião.

d) Cotilédones.

e) Núcleos polares.

34. (UNEAL)O Reino Vegetalreúne as plantas, seres eucariontes, multicelulares e autótrofos fotossintetizantes. As plantas apresentam células que formam tecidos corporais bem definidos e órgãos diferenciados. Os órgãos dos vegetais são as raízes, caules e folhas. A flor constitui o aparelho reprodutor das plantas do grupo das Fanerógamas, que compreendem as Gimnospermas, com sementes expostas (nuas) e as Angiospermas, com sementes alojadas dentro de frutos. Os frutos, além de protegerem as sementes, constituem uma estratégia eficiente para a sua dispersão. Sobre as plantas Fanerogâmicas, podemos afirmar corretamente:

a) Uma flor apresenta geralmente quatro conjuntos de folhas especializadas dispostas em torno de um ramo muito curto denominado receptáculo floral. São eles: cálice, formado por pétalas; corola formada por sépalas; gineceu que é o órgão reprodutor feminino da flor e o androceu, que é o órgão reprodutor masculino da flor.

b) Um exemplo de adaptação à dispersão de sementes é o fruto coco verde do coqueiro, que possui um endocarpo fibroso e cheio de ar que permite a flutuação no ambiente aquático.

c) As Gimnospermas, como o pinheiro ou uma samambaia, são organismos diploides e representam, portanto, a fase esporofítica do ciclo de vida alternante. Ao atingir a maturidade sexual, as gimnospermas produzem ramos reprodutivos especiais denominados estróbilos.

d) Nas Angiospermas, o gametófito feminino se compõe de apenas oito células, uma das quais é o gameta. Já o gametófito masculino é ainda mais reduzido: não passa de um tubo de diâmetro microscópico contendo apenas dois núcleos celulares, correspondentes aos gametas masculinos.

e) As Angiospermas compreendem duas classes: Monocotiledôneas, com apenas um cotilédone e Dicotiledôneas, com dois cotilédones. Os cotilédones são frutos especiais cuja função é absorver as reservas alimentares armazenadas no endosperma, transferindo-as para o embrião.

35. (UNICENTRO) Os números no cladograma, abaixo, indicam respectivamente:

35

a) Embriófitas, traqueófitas, espermatófitas, sementes no interior do fruto.

b) Clorofiladas, espermatófitas, fanerógamas, embriófitas.

c) Espermatófitas, criptógamas, clorofiladas, fanerógamas.

d) Traqueófitas, fanerógamas, traqueófitas, presença de flor.

e) Avasculares, espermatófitas, vasculares, ausência de ovário.

36. (UEMS) No que se refere ao controle estomático, é correto afirmar que:

a) A abertura das células subsidiárias ocorre quando os potenciais hídricos são reduzidos.

b) A entrada de potássio nas células-guarda reduz o potencial hídrico das mesmas.

c) A entrada de água nas células-guarda promove o fechamento estomático.

d) A entrada de potássio no ostíolo promove a abertura estomatar.

e) Altas concentrações de CO2 promovem a abertura dos estômatos por indução direta.

37. (UNEMAT) Uma flor é considerada completa quando apresenta quatro conjuntos de folhas modificadas, cada um deles constituindo um verticilo floral. Os botânicos representam os verticilos por meio de diagramas florais, como esquematizado abaixo.

37

Sobre os elementos florais nas Angiospermas, pode-se afirmar.

a) Os elementos florais I e II correspondem, respectivamente, ao carpelo e ao gineceu.

b) O elemento floral III corresponde ao pistilo, que é constituído pelo ovário, estilete e estigma.

c) O elemento floral IV corresponde ao estame, um megasporófilo que forma os óvulos.

d) Os elementos florais II e III são os elementos férteis e correspondem, respectivamente, ao carpelo e ao estame.

e) Os elementos florais III e IV são os elementos estéreis e correspondem, respectivamente, ao perianto e ao perigônio.

38. (UEL)                         O CIO DA TERRA

Debulhar o trigo

Recolher cada bago do trigo

Forjar no trigo o milagre do pão

E se fartar de pão

Decepar a cana

Recolher a garapa da cana

Roubar da cana a doçura do mel

Se lambuzar de mel

Afagar a terra

Conhecer os desejos da terra

Cio da terra, a propícia estação

E fecundar o chão

                        (NASCIMENTO, M.; HOLLANDA, C. B. Bio da Terra, 1976.  Disponível em: <http://letras.terra.com.br/chico-buarque/86011/&gt;. Acesso em: 3 jul. 2008.)

O texto remete a alguns elementos e fenômenos biológicos. Sobre eles é correto afirmar.

a) “Recolher cada bago do trigo” refere-se à baga, tipo de fruto do trigo, cujo tegumento da semente fica totalmente ligado ao pericarpo.

b) “Forjar no trigo o milagre do pão” remete à utilização de Lactobacillus, sendo que as pequenas bolhas formadas pelo oxigênio eliminado pelo levedo na massa contribuem para tornar o pão leve e macio.

c) “Roubar da cana a doçura do mel“: assim como na produção do álcool etílico, o açúcar é resultado da fermentação pela Saccharomyces cerevisae.

d) “Cio da terra, a propícia estação” refere-se às estratégias de polinização dos insetos, associadas a problemas ecológicos existentes em seus habitats.

e) “E fecundar o chão” remete à semeadura, porém existem sementes ditas dormentes que não germinam, mesmo quando em condições ambientais favoráveis.

39. (FGV) Os estômatos constam de duas células epidérmicas modificadas, denominadas células-guarda, que mantêm um espaço entre si chamado ostíolo. A abertura ou fechamento do ostíolo depende da variação do turgor das células-guarda. Essas células:

a) Na presença da luz, consomem o gás CO2, tornando o citoplasma mais alcalino. Nesse ambiente, o amido converte-se em glicose, o que aumenta a concentração no vacúolo e permite que, por osmose, recebam água das células vizinhas. Uma vez túrgidas, as células-guarda promovem a abertura dos ostíolos.

b) Na presença da luz, realizam fotossíntese e produzem oxigênio. Esse gás torna o citoplasma mais alcalino, permitindo que a glicose se converta em amido, o que aumenta a concentração no vacúolo e permite que, por osmose, recebam água das células vizinhas. Uma vez túrgidas, as células-guarda promovem a abertura dos ostíolos.

c) Na presença da luz, realizam fotossíntese e produzem oxigênio. Esse gás acidifica o citoplasma, permitindo que o amido se converta em glicose, o que diminui a concentração no vacúolo e permite que a água, por osmose, passe para as células vizinhas. Uma vez flácidas, as células-guarda promovem o fechamento dos ostíolos.

d) No escuro, pela respiração produzem o gás CO2, o qual acidifica o citoplasma e permite que a glicose se convertaem amido. Este aumenta a concentração do vacúolo e permite que, por osmose, recebam água das células vizinhas. Uma vez túrgidas, as células-guarda promovem a abertura dos ostíolos.

e) No escuro, pela respiração produzem o gás CO2, o qual acidifica o citoplasma e permite que o amido se convertaem glicose. Esta diminui a concentração do vacúolo e permite que a água, por osmose, passe para as células vizinhas. Uma vez flácidas, as células-guarda promovem o fechamento dos ostíolos.

40. (UNEMAT) A água e os sais minerais penetram na planta através das extremidades das raízes, principalmente na zona dos pelos absorventes. Após atravessar a epiderme, a água e sais, nela dissolvidos, deslocam-se para a região central da raiz e são distribuídos a todas as células da planta. Sobre o deslocamento de água e sais minerais das raízes até as folhas nas Angiospermas, pode-se afirmar.

a) O deslocamento acontece somente por capilaridade, fenômeno físico que resulta das propriedades de adesão e coesão das moléculas de água.

b) O deslocamento acontece somente pela pressão positiva da raiz que resulta do fato de os sais minerais serem continuamente bombeados para dentro do floema, pelas células de transferência, sendo o retorno ao córtex impedido pelas estrias casparianas.

c) O deslocamento acontece somente pela teoria da coesão-tensão, em que a seiva bruta é deslocada das raízes até as folhas, fundamentalmente devido ao fenômeno da gutação.

d) O deslocamento ocorre somente por osmose, pela diferença de concentração salina que se estabelece entre o cilindro vascular do floema e o córtex.

e) O deslocamento ocorre por capilaridade, pressão positiva da raiz e transpiração e, dentre essas, a transpiração das folhas provocam um aumento de pressão osmótica nas células, que retiram água das células vizinhas que, por sua vez, terminam por retirar água das terminações  dos vasos xilemáticos.

GABARITO

01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

A

E

B

VVFVF

B

C

D

B

D

E

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

D

D

C

VVVVF

A

C

A

B

D

D

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

C

E

E

FFFVV

A

B

B

A

D

A

31

32

33

34

35

36

37

38

39

40

C

C

E

D

A

B

B

E

A

E

 


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: