Publicado por: Djalma Santos | 16 de julho de 2011

Testes de núcleo celular (3/5)

01. (COVEST) Os cromossomos presentes no núcleo, de células eucarióticas comandam e coordenam todas as atividades celulares; são responsáveis pelas características dos seres vivos. Com relação ao núcleo, analise as proposições a seguir.

I   II

0 0 – A carioteca é constituída por uma membrana proteica, originada a partir do retículo endoplasmático liso; nela formam-se poros nos pontos onde o retículo liso se associa à sua membrana interna.

1  1 – Nos cromossomos eucarióticos, a molécula de ácido desoxirribonucleico (DNA) enrola-se em torno de oito moléculas de proteínas ácidas, formando, a distâncias regulares, os nucleoplasmas (unidades estruturais comossômicas).

2  2 – Após o período de divisão, no qual os cromossomos são muito ativos na síntese de DNA e de RNA, a célula entra numa etapa de repouso metabólico – a intérfase – na qual apenas na fase “S” ocorre síntese de DNA.

3  3 – O nucléolo é um corpúsculo não delimitado por membrana, rico em ribonucleoproteínas. Na região organizadora de nucléolo de um cromossomo, ocorre intensa síntese de RNA ribossômico.

4 4 – Na fase G2 da intérfase, quando o material genético já foi duplicado, ocorre a individualização das cromátides-irmãs de cada cromossomo e, temporariamente, a célula terá 4n cromossomos e 4c de DNA.

02. (UFPR) Sobre o material genético, é correto afirmar.

a) Durante a meiose são formadas novas fitas de DNA, idênticas à original.

b) A transcrição é um processo pelo qual são produzidas as proteínas a partir de uma sequência de nucleotídeos.

c) O DNA é uma molécula que não sofre mutação, como a adição ou retirada de um par de nucleotídeos.

d) O tipo de proteína produzida depende da sequência dos nucleotídeos do DNA.

e) Os cromossomos de indivíduos procariontes se localizam no interior do núcleo celular.

03. (CESGRANRIO) Um indivíduo apresenta alelos para olhos azuis. Isso significa que esses alelos são encontrados: a) Apenas nos gametas.

b) Apenas nas células das gônadas.

c) Apenas nas células da íris.

d) Apenas nas células do globo ocular.

e) Em todas as células corpo.

04. (UFSCar-SP) O quadro abaixo apresenta uma estimativa do número de pares de base (em milhões) do DNA de diferentes espécies.

ESPÉCIES

PARES DE BASES

(EM MILHÕES)

Mosca-da-fruta (Drosophila melanogaster)

180

Jibóia (Boa constrictor)

2.100

Homem (Homo sapiens)

3.100

Gafanhoto (Schistocerca gregaria)

9.300

Cebola (Allium cepa)

18.000

Peixe pulmonado (Protopterus aethiopicus)

140.000

Ameba (Amoeba dubia)

670.000

Esses dados confirmam que:

a) Há uma correlação direta entre número de pares de bases e complexidade estrutural e funcional do organismo.

b) Há uma correlação direta entre número de pares e número de genes do organismo.

c) Em relação aos outros organismos, as amebas codificam e sintetizam um maior número de tipos de proteínas.

d) O DNA é composto por muitas sequências de pares de bases que não codificam proteínas.

e) O gafanhoto tem cerca de 3 vezes mais genes que o homem.

05. (PUCCAMP) A célula muscular cardíaca e a esquelética têm a mesma origem, porém são diferentes, tanto do ponto de vista estrutural como funcional. Ao longo do processo de diferenciação das células do mesmo organismo ocorre:

a) Duplicação de alguns genes.

b) Perda dos genes não expressos.

c) Expressão diferencial dos genes.

d) Indução de mutações específicas.

e) Recombinação entre genes ativados.

06. (UERJ) É como se em cada quarto de um imenso prédio existisse uma estante contendo os planos do arquiteto para todo o prédio. (…) No homem, os planos do arquiteto montam 46 volumes. Nessa analogia, proposta por Richard Dawkins no livro “O gene egoísta”, cada página de cada volume contém um texto formado por uma sequência de:

a) Fenótipos.

b) Aminoácidos.

c) Cromossomos.

d) Bases nitrogenadas.

07. (FGV)        CONSÓRCIO DECIFRA GENOMA DO CHIMPANZÉ.            

As diferenças no DNA de humanos e chimpanzés são de apenas 4% dos cerca de 3 bilhões de pares de bases (letras químicas A, T, C e G) que compõem ambos os genomas. E boa parte dessas modificações se deu de maneira trivial ao longo dos cerca de 6 milhões de anos transcorridos desde o ancestral comum de ambos, com a mera troca de uma letra num gene, a duplicação de um conjunto de letras qualquer ou a deleção de outro. Quando se olha para os genes em si – isto é, os trechos de DNA que se traduzem em alguma função, como a síntese de proteínas -, nós e esses grandes macacos africanos somos 99% iguais.                                        

(“Folha de S.Paulo”, 01.09.2005)

A despeito da similaridade genética, continua-se considerando que homens e chimpanzés são espécies diferentes, que apresentam características diferentes. Desse modo, por causa das informações do texto, pode-se dizer que a maior contribuição para a diferença fenotípica entre essas espécies seja devida à:

a) Sequência de bases nitrogenadas no DNA.

b) Quantidade de DNA presente no núcleo das células desses organismos.

c) Quantidade de loci gênicos.

d) Expressão diferenciada dos genes.

e) Sequência de aminoácidos das proteínas.

08. (UNIFESP) O mapeamento de toda a sequência de nucleotídeos existente nos 23 pares de cromossomos humanos:

a) É o que ainda falta fazer após a conclusão do projeto Genoma Humano em 2003.

b) É a condição necessária para se saber o número de moléculas de RNA existentes em nosso organismo.

c) É o que nos permitiria conhecer qual a real proporção de proteínas em relação às moléculas de DNA que possuímos.

d) É o que foi conseguido pelos pesquisadores há alguns anos, sendo apenas um passo no conhecimento de nosso genoma.

e) Significa decifrar o código genético, que só foi descoberto depois da conclusão do projeto Genoma Humano em 2003.

09. (UFC)                            LEIA O TEXTO A SEGUIR.

O mamífero-símbolo da Idade do Gelo provavelmente tinha dois tipos de pelagem: castanho-escuro e loiro. A inferência vem diretamente do DNA do mamute-lanoso (Mammuthus primigenius), de exemplares mortos há 43 mil anos na Sibéria. É uma das primeiras vezes em que os genes de um bicho extinto dão pistas sobre características suas em vida.            

Mamutes podem ter tido pelo loiro, sugere análise de DNA. “Folha de São Paulo”, 07/07/2006.

Em relação às características genéticas desse mamífero, é possível afirmar corretamente que:

a) Seus genes estavam dispostos em cromossomos circulares.

b) Seu DNA era composto por bases nitrogenadas, ribose e fosfato.

c) Seus genes estavam organizados nos plasmídeos.

d) Suas moléculas de DNA apresentavam estrutura helicoidal.

e) Seus genes para o tipo de pelagem localizavam-se no DNA mitocondrial.

10. (UFOP) Comparando-se células somáticas de diferentes tecidos do corpo de uma mesma pessoa, a correspondência adequada é:

CARIÓTIPOS

GENOMAS

CONJUNTOS DE GENES EM ATIVIDADE

a

Diferentes

Diferentes

Iguais

b

Iguais

Iguais

Diferentes

c

Iguais

Iguais

Iguais

d

Diferentes

Diferentes

Diferentes

11. Quanto aos satélites dos cromossomos, pode-se dizer que:

I    II

0   0 – São “separados” do braço do cromossomos pela constrição secundária.

1   1 – São estrutura que se prendem às fibras do fuso durante a divisão celular.

2  2 – Contém o cinetócoro.

3  3 – Ocorrem em grande número no nucléolo.

4  4 – Representam o local de síntese de RNA ribossômico.

12. (COVEST) Observe as sentenças abaixo.

1. Corpúsculo nuclear visto somente na interfase.

2. Estrutura esponjosa sem membrana limitante.

3. Corpúsculo rico em  RNA  que  se origina  de certas  regiões  de cromossomos.

As proposições acima se referem a(ao):

a) Cromatina.

b) Complexo de Golgi.

c) Nucléolo.

d) Cromonema.

e) Constrição primária.

13. (OBJETIVO-SP) O esquema abaixo representa uma célula com dois corpúsculos de Barr. 13 Qual deverá ser a constituição cromossômica do portador de tal célula.

a) 45, X.

b) 47, XXX.

c) 47, XXY.

d) 47, XYY.

e) 46, XX.

14. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

I   II

0  0 – O plasmossomo representa um local de síntese de RNA ribossômico.

1  1 – O núcleo controla, diretamente, todos os processo metabólicos da célula.

2  2 – As experiências de merotomia, das quais Balbiani foi um dos precursores, demonstram que o segmento no qual o núcleo persiste é capaz de se regenerar.

3  3 – O termo genoma indica  o número  haploide de cromossomos de uma espécie.

4 4 – O falso nucléolo representa um acúmulo de heterocromatina, pois é um “novelo” de cromonemas.

15. (UFU) Analise as alternativas abaixo, referentes ao núcleo.

I. A maioria das células é mononucleada, como os neurônios, mas existem células plurinucleadas, como a fibra muscular estriada esquelética.

II. A membrana nuclear é lipoproteica e possui numerosos poros que permitem a passagem de substâncias como o RNA ribossômico, que é produzido no citoplasma e passa par o núcleo.

III. Existem núcleos gigantes com cromossomos gigantes, como os cromossomos politênicos e plumados.

Foi cometido um erro:

a) Apenas no item I.

b) Apenas no item II.

c) Apenas no item III.

d) Apenas nos itens II e III.

e) Nenhum item contém erro.

16. (FUVEST) Sabemos que as regiões cromossômicas organizadoras dos nucléolos são as responsáveis pela produção de RNA ribossômico. Por outro lado, sabemos que os nucléolos são ricos em RNA ribossômico e que eles gradualmente desaparecem durante os processos de divisão celular. A explicação para esse fato poderia ser:

a) Durante a divisão, a célula gasta RNAr.

b) Como novas células serão originadas, é preciso mais RNAr, que o nucléolo, armazenador, distribuirá ao desaparecer.

c) O RNAr iria para as mitocôndrias e, juntamente com os cloroplastos, refaria novos nucléolos.

d) Os nucléolos são orgânulos indispensáveis para a condensação cromossômica e, por isso, devem desaparecer na divisão.

e) O nucléolo só desaparece na mitose, permanecendo como estrutura bem diferenciada durante a meiose.

17. (UFF) Ao pesquisar a função dos nucléolos, realizaram-se experiências com uma linhagem mutante do anfíbio Xenopus. Verificou-se que cruzamentos de indivíduos dessa linhagem produziam prole com alta frequência de morte – os embriões se desenvolviam normalmente e, pouco depois da eclosão, os girinos morriam. Estudos citológicos mostraram que os núcleos dos embriões ou não apresentavam nucléolos, ou apresentavam nucléolos anormais. Conclui-se que a primeira atividade celular afetada nesses embriões foi:

a) O processamento do RNA mensageiro.

b) A produção de RNA mensageiro.

c) A produção de histona.

d) A produção de ribossomos.

e) A produção de RNA polimerase.

18.  (PUC-RIO) A diferença entre células eucariontes e procariontes está no núcleo. Os indivíduos procariontes possuem a molécula de DNA espalhada no citoplasma, enquanto, nos indivíduos eucariontes, ela se encontra no núcleo da célula. Quanto a esse núcleo, é correto afirmar que:

a) Um núcleo saudável de uma célula possui sempre uma forma redonda e se encontra em seu centro, pois assim controla igualmente toda a célula.

b) No núcleo se encontra a cromatina, que é a associação das moléculas de DNA e proteínas, imersa no citoplasma e envolvida pela membrana nuclear.

c) O núcleo é a região da célula que controla toda a produção de proteína, já que contém a molécula do DNA.

d) Além da molécula do DNA, o núcleo da célula contém outros organoides, como os ribossomos e o retículo.

e)  É o núcleo que caracteriza as bactérias e algas azuis, já que são seres unicelulares.

19. (MACK) Algumas células apresentam material nuclear bastante desespiralizado e metabolismo muito alto. Essas características podem indicar:

a) Pouca atividade do DNA e, como consequência, pouco desenvolvimento das organelas celulares.

b) Intensa tradução, exigindo a presença de grande desenvolvimento de retículo endoplasmático liso.

c) Intensa transcrição e tradução, exigindo a presença de retículo endoplasmático rugoso muito desenvolvido.

d) Intensa duplicação do material genético, demonstrando alta taxa de divisão celular e organelas pouco desenvolvidas.

e) Intensa transcrição, exigindo grande desenvolvimento do complexo de Golgi, responsável pela tradução.

20. (UNIRIO) Quanto aos cromossomos sexuais X e Y, podemos afirmar que:

a) Como não são completamente homólogos, não se pareiam na meiose.

b) Como são completamente homólogos, pareiam-se na meiose.

c) Se pareiam na meiose, pois possuem uma região homóloga.

d) Não se pareiam na meiose, pois possuem uma região não homóloga.

e) Os genes que se encontram na região não homóloga do X condicionam um tipo de herança chamado herança restrita ao sexo.

21. (FEPA) O nucléolo, uma das estruturas localizadas no desenho abaixo, é rico em ………….. e dá origem ao organoide ………… . 21 a) RNA – ribossomos.

b) RNA – mitocôndria.

c) DNA – lisossoma.

d) DNA – plastos.

e) proteínas – centríolos.

22. (FUVEST) Qual das alternativas se refere a um cromossomo?

a) Um conjunto de moléculas de DNA com todas as informações genéticas da espécie.

b) Uma única molécula de DNA com informação genética para algumas proteínas.

c) Um segmento de molécula de DNA com informação para uma cadeia polipeptídica.

d) Uma única molécula de RNA com informação para uma cadeia polipeptídica.

e) Uma sequência de três bases nitrogenadas do RNA mensageiro correspondente a um aminoácido na cadeia polipeptídica.

23.  “Virtualmente, cada aspecto da vida de nossas células é regulada por seu DNA, incluindo sua própria morte. As últimas instruções do DNA, enviadas ao citoplasma, referem-se à morte da célula. Logo que essas instruções sejam recebidas e processadas, a célula começa a destruir todo o DNA de seu núcleo, partindo-o em milhares de pedaços que não mais conseguem enviar instruções úteis à célula. Esta, apesar de poder continuar exercendo determinadas funções durante certo tempo, está fadada a morrer, processo este decididamente irreversível”.

(Traduzido e adaptado de William R. Clark. Sex and the origins of death. New York: Oxford University Press, 1996. p.32-5.)

“Células” que mesmo não possuindo DNA nuclear exercem funções importantes em nosso organismo são:

a) Os eritrócitos.

b) Os leucócitos.

c) Os osteoclastos.

d) Os neurônios.

e) As fibras musculares.

24. (UESC-BA) A ilustração abaixo representa tipos de cromossomos indicados por a, b e c denominados, respectivamente: 24

a) Metacêntrico, submetacêntrico, acrocêntrico.

b) Acrocêntrico, submetacêntrico, metacêntrico.

c) Acrocêntrico, metacêntrico, submetacêntrico.

d) Metacêntrico, acrocêntrico, submetacêntrico.

e) Submetacêntrico, acrocêntrico, metacêntrico.

25. (UERJ) As variações das cargas elétricas das moléculas das proteínas W, X, Y e Z, em função do pH do meio, estão representadas no gráfico a seguir. 25

A molécula do DNA, em pH fisiológico, apresenta carga elétrica negativa, devido a sua natureza ácida. No núcleo celular, ela está associada a proteínas, de caráter básico, denominadas histonas. De acordo com o gráfico, a proteína que apresenta propriedades compatíveis com as de uma histona é a representada pela seguinte letra:

a) W.

b) X ou W.

c) Y.

d) Z.

e) Z ou X.

26. (UFF) Diversas proteínas, como as histonas e várias enzimas, embora produzidas no citoplasma, são encontradas no núcleo. A passagem dessas macromoléculas pelo envoltório nuclear é possível porque:

a) Ocorre um mecanismo específico de endocitose que permite a passagem de certas macromoléculas.

b) O envoltório nuclear possui poros que permitem a passagem de macromoléculas.

c) Ocorre um mecanismo específico de pinocitose que permite o englobamento de algumas macromoléculas.

d) Existe, nesse envoltório, um mecanismo de transporte simultâneo e oposto de ácido ribonucleico e proteínas.

e) Existem transportadores nas membranas externa e interna do envoltório nuclear que realizam o transporte das macromoléculas, passando pelo lúmen do envoltório.

27. Um cientista, ao analisar os gametas de certa espécie de rã, verificou que os espermatozoides não apresentavam nucléolo, enquanto que os ovócitos continham nucléolos bem desenvolvidos. Essa diferença poderia significar que os ovócitos:

a) Não sintetizam proteínas, sendo essas fabricadas pelos espermatozoides.

b) Precisam sintetizar vitelo nutritivo, enquanto que os espermatozoides não desempenham essa função.

c) Usam seu nucléolo para a produção de RNAr, enquanto que os espermatozoides só produzem RNAt.

d) Sintetizam proteínas para o desenvolvimento do embrião e os espermatozoides contribuem para essa função.

e) Produzem menos RNAr do que os espermatozoides.

28. (UEL) O esquema a seguir apresenta um experimento realizado com uma alga unicelular. 28 Esse e outros experimentos semelhantes levaram à conclusão de que o núcleo comanda e coordena todas as funções nas células, sendo indispensável à manutenção da vida. A partir dessa conclusão pode-se inferir que o resultado do experimento foi o seguinte:

a) I regenerou uma porção igual a ela, o mesmo acontecendo com II, formando-se duas algas diferentes.

b) I regenerou uma porção II, formando-se uma alga igual à que foi cortada, e II morreu.

c) II regenerou a porção I, formando-se uma alga igual à que foi cortada, e I morreu.

d) I e II regeneraram as porções perdidas, formando-se duas algas iguais à que foi cortada.

e) I e II morreram.

29. (UFSM) Associe as colunas:

COLUNA 1    

1. Genoma.                

2. Gene.                     

3. Cromossomo.      

4. Cariótipo.

COLUNA 2

(  ) Segmento de DNA que contém instrução para a formação de uma proteína.

(  ) Estrutura formada por uma única molécula de DNA, muito longa, associada a proteínas, visível  durante a divisão celular.

(    ) Conjunto de genes de uma espécie.

A sequência correta é:

a) 1 2 3.

b) 2 3 1.

c) 2 4 1.

d) 3 2 4.

e) 3 4 1.

30. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

I   II

0   0 – Ao longo do ciclo celular, o aspecto estrutural do núcleo não é constante.

1  1 –  O nucléolo é uma estrutura intranuclear, visível apenas ao microscópio eletrônico, em célula que se encontra na anáfase.

2  2 – O nucléolo é uma estrutura intranuclear, rica em RNA ribossômico, presente em células eucarióticas.

3  3 – Os nucléolos são orgânulos indispensáveis para a condensação cromossômica e, por isso, devem desaparecer durante a divisão.

4  4 – O termo genoma indica o quadro genético de uma raça.

GABARITO

01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

FFFVF

D

E

D

C

D

A

D

D

B

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

VFFFV

C

B

VFVVV

B

B

D

C

C

C

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

A

B

A

A

A

B

B

C

B

VFVFF


Responses

  1. Obrigada! Me ajudou pra caramba =D

  2. Ei, qual a resposta da questão 17?

    • Ana
      Ver gabarito no final da publicação.
      Djalma Santos


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: