Publicado por: Djalma Santos | 19 de agosto de 2011

Testes sobre evolução (4/5)

01. (UEPG) Um importante momento evolutivo dos vertebrados foi a transição para o ambiente terrestre. Relacionado às adaptações necessárias para essa ocupação, assinale o que for correto.

I   II

0  0 – O surgimento das patas, a partir das nadadeiras lobadas dos sarcopterígeos, forneceu um eficiente mecanismo de locomoção aos vertebrados terrestres.

1  1 – A fecundação interna e a adaptação onde o desenvolvimento do embrião ocorre, dentro de um ovo com casca juntamente com seus anexos embrionários, foram importantes para a colonização dos répteis ao ambiente terrestre.

2 2 – A pele dos anfíbios recoberta por escamas ou placas córneas, de origem epidérmica formada por queratina, constitui-se em um excelente mecanismo de evitar a perda de água.

3 3 – Todos os anfíbios possuem mecanismo de respiração exclusivamente pulmonar nas diferentes fases de vida.

4 4 – Todos os répteis apresentam endotermia, facilitando o controle da temperatura corpórea constante.

02. (UFU) A produção e o uso de antibióticos representaram um avanço da ciência no controle de doenças bacterianas. Entretanto, ainda são observados, no Brasil, altos índices de doenças provocadas por bactérias como pneumonia e tuberculose, por exemplo. Muitas vezes, após serem administrados diferentes antibióticos nas mais variadas doses, ainda são encontradas bactérias resistentes. Assinale a alternativa que justifica corretamente a resistência de bactérias a antibióticos.

a) O uso indiscriminado de antibióticos provoca mutações nas bactérias.

b) Os antibióticos selecionam as bactérias resistentes.

c) Os antibióticos levam à formação de bactérias resistentes.

d) As bactérias se acostumam aos antibióticos.

03. (IFCE) Não corresponde a considerações da Teoria Moderna da Evolução:

a) É um aprimoramento da teoria darwinista, a partir do momento em que acrescenta ao processo de seleção natural, proposto por Darwin, uma explicação genética para as variações existentes entre os seres vivos.

b) Os principais processos relacionados à geração de variabilidade dentro de uma população são a mutação e a permutação.

c) Da mesma forma que existem fatores que aumentam a variabilidade genética dentro de uma população, existem aqueles que têm efeito contrário, como representado pelo fenômeno da deriva gênica.

d) A migração é outro fator capaz de alterar o perfil gênico de uma população.

e) A base da evolução dos seres vivos consiste na forma como o ambiente exige adaptações dos indivíduos, estimulando-os a desenvolver porções do corpo que são mais utilizadas e a regredir o que não é necessário.

04. (UECE)Os répteis, provavelmente, evoluíram de um grupo de ______________, que passaram a possuir a estrutura apomórfica denominada ____________, anexo embrionário possuidor do líquido necessário para o processo de fecundação _______________, determinante na migração definitiva dos animais vertebrados da água para a terra.

Os termos que completam na ordem e corretamente as lacunas acima são:

a) peixes, âmnion, interna

b) anfíbios, âmnion, interna

c) anfíbios, alantoide, externa

d) peixes, alantoide, externa

05. (FATEC-SP) No processo de evolução das aves, uma das adaptações mais relevantes relacionadas ao voo é a aerodinâmica corpórea, principalmente a transformação dos membros anteriores em asas recobertas por penas, queratinizadas e com arquitetura leve e intricada. Além dessas características, as aves apresentam outras adaptações estruturais e também fisiológicas que são essenciais para o voo. Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, uma dessas adaptações.

a) Desenvolvimento de ossos pneumáticos e de um sistema de sacos aéreos.

b) Presença de dentes e de moela, que auxiliam no processamento mecânico dos alimentos.

c) Presença de bexiga urinária para armazenar urina, líquido formado principalmente por ácido úrico, que é uma substância muito solúvel em água.

d) Capacidade de variar a temperatura corporal de acordo com a temperatura do meio, a fim de garantir um maior aproveitamento de energia durante o voo.

e) Presença, no sangue das aves migratórias, de hemoglobina com baixa afinidade por oxigênio, a fim de minimizar as dificuldades respiratórias nas elevadas altitudes.

06. (IFSudeste-MG) Os conhecimentos científicos da época de Darwin e suas observações permitiram-no propor a teoria evolucionista. Essa teoria e até hoje aceita, entretanto, pelo aumento do conhecimento dos seres viventes e da descoberta de novas evidências evolucionistas, essa teoria teve reajustes. Marque a única alternativa que corresponde a Teoria de Seleção Natural proposta por Darwin.

a) Permutação.

b) Adaptação.

c) Deriva gênica.

d) Migração.

e) Mutação.

07. (UNIFAL) Sobre os vertebrados é correto afirmar que:

a) Anfíbios colonizaram tão efetivamente o ambiente terrestre a ponto de não necessitarem de água para se reproduzir.

b) Peixes cartilaginosos (Chondrichthyes) são os únicos vertebrados com cartilagem.

c) Não existem mamíferos ovíparos.

d) As aves são mais aparentadas aos répteis (principalmente dinossauros) que aos mamíferos.

08. (UFTM) Darwin não era um biólogo molecular, nem um especialistaem genética. Essescampos nem mesmo existiam naquele tempo. O que é ainda mais surpreendente é que Darwin tinha apenas 27 anos de idade quando completou o estudo de cinco anos em que sua teoria é baseada.

                           (Donna E. Siegfried. Biologia para leigos, 2010. Adaptado.)

Caso Darwin tivesse o conhecimento dos campos mencionados da biologia, pode-se concluir que ele teria condições para:

a) Explicar de forma satisfatória a causa da variabilidade genética.

b) Elaborar a lei do uso e desuso.

c) Confirmar sua tese de que o meio induz à variabilidade genética.

d) Explicar que a diversidade das espécies independe do DNA.

e) Confirmar o fixismo dos seres vivos ao longo do tempo.

09. (UNIFAL) Duas populações diferentes de elefantes-marinhos (Mirounga angustirostris) apresentam diversidades genéticas bastante diferentes. A população do norte da Califórna é extremamente homogênea neste aspecto enquanto a população do sudeste,em um Parque Nacional marinho, é bastante heterogênea. Os ambientes ocupados por essas duas populações têm sofrido igualmente grandes alterações como aquecimento global, poluição e variação no nível do mar. Essa espécie também foi bastante caçada principalmente na primeira metade do século XX. A baixa variabilidade genética da população norte é decorrente de:

a) Efeito gargalo-de-garrafa, no qual uma redução populacional drástica, promovida pela caça intensa (proibida no Parque Nacional), exclui vários alelos desta população.

b) Seleção natural promovida pelas mudanças ambientais, que favoreceu os indivíduos geneticamente mais homogêneos.

c) Sistema reprodutivo baseado em um único macho alfa que afasta os rivais e se reproduz com todas as fêmeas do harém.

d) Deriva genética, flutuação dirigida de frequências alélicas que sempre direciona para a homogeneidade genética de uma população.

10. (FURG) Assinale a alternativa que contém a afirmação correta a respeito da evolução biológica.

a) As mudanças no material genético que produzem a variabilidade nas espécies pode ser o resultado da competição.

b) De acordo com a teoria da evolução, os mamíferos devem aparecer no registro fóssil em época posterior aos répteis.

c) Quando organismos proximamente relacionados desenvolvem características similares, diz-se que ocorreu convergência evolutiva.

d) A teoria da herança dos caracteres adquiridos foi brilhantemente enunciada por Charles Darwin.

e) De acordo com a teoria da evolução, as diferenças entre as espécies é o resultado da ação de agentes mutagênicos.

11. (IFSC) Em 1831, o jovem historiador natural Charles Darwin iniciou uma viagem ao redor do mundo a bordo do navio chamado HMS Beagle. Ele estava fascinado pela diversidade e também pela particularidade de organismos, como as tartarugas gigantes das ilhas Galápagos. Darwin zarpou para idealizar uma das mais importantes teorias da biologia.

Sobre a teoria da evolução, suas evidências e conceitos básicos, assinale as proposição(ões) correta(s).

I    II

0  0 – Ao  observarmos  a  natação de  um  golfinho  e  de  um tubarão,  notamos que o deslocamento e a direção são determinados pela ação de nadadeiras. Entretanto, a origem embriológica das nadadeiras de golfinhos e tubarões é diferente. As nadadeiras desses animais são estruturas análogas e ilustram o fenômeno denominado de convergência evolutiva.

1  1 – Os fósseis correspondem a qualquer indício de organismos que viveram em tempos passados. O registro de fósseis em diversas camadas do solo e em diferentes localidades corrobora a ideia de que os seres vivos são imutáveis ao longo do tempo.

2  2 – Princípios evolutivos foram utilizados, de forma intuitiva, pela humanidade, mesmo antes da divulgação da teoria da evolução. A seleção artificial de animais com características desejáveis em rebanhos, animais domésticos e plantas levou ao distanciamento destes em relação aos seus ancestrais selvagens.

3  3 – As asas do morcego e os braços humanos possuem a mesma origem embriológica, no entanto não podem ser consideradas estruturas homólogas, pois executam funções diferentes.

4  4 – Darwin reconhecia, em sua teoria, que havia variação entre os indivíduos de uma população, mas não foi capaz de explicar qual a fonte dessas variações. A posterior incorporação de conhecimentos genéticos forneceu a explicação. A mutação e a recombinação gênica correspondem aos principais processos envolvidos na variação entre indivíduos.

12. (FUVEST)O conhecimento sobre a origem da variabilidade entre os indivíduos, sobre os mecanismos de herança dessa variabilidade e sobre o comportamento dos genes nas populações foi incorporado à teoria da evolução biológica por seleção natural de Charles Darwin. Diante disso, considere as seguintes afirmativas:

I. A seleção natural leva ao aumento da frequência populacional das mutações vantajosas num dado ambiente; caso o ambiente mude, essas mesmas mutações podem tornar seus portadores menos adaptados e, assim, diminuir de frequência.

II. A seleção natural é um processo que direciona a adaptação dos indivíduos ao ambiente, atuando sobre a variabilidade populacional gerada de modo casual.

III. A mutação é a causa primária da variabilidade entre os indivíduos, dando origem a material genético novo e ocorrendo sem objetivo adaptativo.

Está correto o que se afirma em:

a) I, II e III.

b) I e III, apenas.

c) I e II, apenas.

d) I, apenas.

e) III, apenas.

13. (UPE) A conquista do meio terrestre pelos vertebrados, iniciada pelos répteis, envolveu a ocorrência da fecundação interna e o desenvolvimento de estruturas associadas ao embrião, os anexos embrionários. Embora não façam parte do corpo embrionário, são indispensáveis para o desenvolvimento do embrião, pois exercem várias funções, como, por exemplo, armazenar os produtos de excreção produzidos pelo embrião, principalmente ácido úrico. Por qual dos anexos embrionários abaixo, essa função é realizada?

a) Placenta.

b) Alantoide.

d) Âmnio.

c) Saco vitelínico.

e) Cório.

14. (FATEC)  

CHINA TEM FÓSSIL SÓ ENCONTRADO NO HEMISFÉRIO SUL.

            Uma equipe dirigida por Nick Fraser, do Museu de Ciências Naturais da Escócia, descobriu na província de Liaoning, no norte da China, o fóssil de uma planta que era encontrada apenas no Hemisfério Sul. Os cientistas sempre acreditaram que havia uma clara distinção entre os tipos de vegetação presentes nos continentes dos dois hemisférios, mas essa descoberta contesta essa teoria. “Descobrimos um grupo de sementes nuas que se encontram frequentemente associadas a um dos fósseis de planta predominante no Hemisfério Sul”, explica Fraser, em um comunicado da instituição escocesa. “Em certo sentido, isto não deveria surpreender totalmente, porque no período triássico (de200 a250 milhões de anos atrás), todos os continentes estavam unidos e formavam um único continente chamado Pangea”, acrescenta o cientista.

                       (Adaptado de noticias.terra.com.br, Acessado em 15.09.2009)

14

De acordo com a notícia e com a árvore filogenética apresentadas, pode-se afirmar que a planta fóssil pertence a um grupo vegetal que surgiu há:

a) Mais de 750 maa.

b) Exatamente 750 maa.

c) 480 maa.

d) 400 maa.

e) 360 maa.

15. (UPE) O trabalho de Darwin envolveu observação de fatos, a elaboração de uma hipótese e a realização de experimentos para confirmar as hipóteses. Analise as afirmativas abaixo e assinale a que apresenta corretamente as ideias que sustentam a teoria da seleção natural proposta por esse cientista.

I. O meio atua, induzindo à modificação nos seres vivos.

II. O ambiente favorece a sobrevivência dos indivíduos que dispõem de certas características para enfrentar os problemas do meio em que vivem.

III. A mortalidade é maior entre os indivíduos menos adaptados ao meio.

IV. Qualquer aquisição benéfica durante a vida dos seres vivos é transmitida aos seus descendentes que, por sua vez, a transmitiriam às gerações seguintes.

V. A vida não evolui abruptamente, aos saltos; as mudanças sofridas pelas espécies são resultados do acúmulo lento e gradual de pequenas modificações.

Estão corretas:

a) I, II e V.

b) II, III e V.

c) I, II e III.

d) IV e V.

e) II, III e IV.

16. (IFAL) A respeito das teorias sobre a origem da vida na Terra, analise as questões:

I. O criacionismo afirma que Deus criou o mundo e não houve evolução.

II. O Lamarckismo afirma que a evolução ocorre sempre na competição entre os seres, onde os mais fracos não sobrevivem porque não usam adequadamente seus órgãos.

III. O Neodarwinismo afirma que a evolução ocorre porque há sobrevivência dos mais adaptados e essas características são transmitidas aos descendentes.

IV. O uso e o desuso dos órgãos e o que determina a evolução.

Após a analise, constata-se que:

a) Estão corretas as alternativas I, II, III e IV.

b) Estão corretas as alternativas II, III e IV.

c) Estão corretas as alternativas I, II e III.

d) Estão corretas as alternativas I e III.

e) Estão corretas as alternativas II e III.

17. (UFC) Em um estudo realizado nas ilhas Galápagos, um casal de pesquisadores observou que indivíduos de uma espécie de tentilhão (espécie A) comumente se alimentavam de sementes de vários tamanhos. A ilha onde a espécie A ocorria foi colonizada por outra espécie de tentilhão (espécie B). Indivíduos de B se alimentavam de sementes grandes e eram mais eficientes que A na aquisição deste recurso. Com o passar dos anos, os dois pesquisadores observaram que o tamanho médio do bico dos indivíduos de A estava reduzindo gradualmente. Considerando que pássaros com bicos maiores conseguem se alimentar de sementes maiores, o processo de redução de bico observado em A é um exemplo de seleção:

a) Direcional: o estabelecimento de indivíduos da espécie B representou uma pressão seletiva que favoreceu indivíduos da espécie A com bicos pequenos.

b) Disruptiva: o estabelecimento de indivíduos da espécie B representou uma pressão seletiva que favoreceu indivíduos da espécie A com bicos muito pequenos ou muito grandes.

c) Estabilizadora: o estabelecimento de indivíduos da espécie B representou uma pressão seletiva que favoreceu indivíduos da espécie A com bicos de tamanho intermediário.

d) Sexual: o estabelecimento de indivíduos da espécie B aumentou a competição entre machos da espécie A por acesso às fêmeas.

e) Direcional: o estabelecimento de indivíduos da espécie B induziu mutações em indivíduos da espécie A.

18. (UFAL)Considere que uma solução contendo uma população de bactérias de uma determinada espécie, sensíveis a um antibiótico X, foram colocadas em solução na presença desse antibiótico, por 48 horas. Após esse tempo, uma amostra da solução foi transferida para uma placa contendo um meio nutritivo sem o antibiótico X, no qual foi observado que 1% da população inicial de bactérias estava viva. Sabendo que as concentrações do antibiótico X e o tempo de exposição a ele eram adequadas para eliminação de toda a população bacteriana, a resistência de bactérias ao antibiótico X ocorreu devido:

18

a) À seleção natural, ou seja, ao fato de que algumas bactérias da população, que já eram anteriormente geneticamente resistentes ao antibiótico X, sobreviveram à eliminação.

b) À mutação, ou seja, ao fato de que as bactérias tiveram o material genético alterado com a adição do antibiótico no tubo, produzindo uma nova espécie bacteriana resistente a ele.

c) À ocorrência de crossing-over entre as bactérias, produzindo variabilidade genética que resultou na resistência ao antibiótico X.

d) Ao fato de que o contato intenso e frequente de uma célula bacteriana com o antibiótico fez com que essa se adaptasse morfologicamente e transmitisse os caracteres adquiridos para as gerações posteriores.

e) À especiação, ou seja, o fato de que o isolamento reprodutivo de uma parte da população bacteriana gerou novas espécies adaptadas e resistentes ao antibiótico X.

19. (CEFET-SP) A região do estado de São Paulo foi, no passado, local em que viveram os grandes dinossauros saurópodes, como os titanossauros, semelhantes ao representado a seguir.

19

Esses animais, que eram herbívoros, pertenciam ao mesmo grupo de vertebrados representados, atualmente:

a) Pelas aves.

b) Pelos sapos.

c) Pelos crocodilianos.

e) Pelos elefantes.

e) Pelos mamíferos.

20. (UFPA) A evolução é um processo cumulativo controlado pela seleção natural que depende da constante geração de variações. Durante a meiose ocorre um fenômeno chamado crossing-over, importante fonte de variação genética. Em relação ao referido fenômeno, é correto afirmar que este:

a) Promove a formação de organismos poliploides.

b) Promove a formação de novos genes.

c) Promove o surgimento de gametas mutantes.

d) Consiste na troca de pedaços entre cromossomos homólogos.

e) Induz alterações mutagênicas.

21. (UPE) Como surgiram os animais vertebrados e o que marcou a evolução desse grupo de animais? A diversidade biológica dos vertebrados é acentuada com o número em torno de 50 mil espécies. Esta extraordinária variedade é obra de 500 milhões de anos de evolução. Sobre o tema, analise as afirmativas abaixo e conclua.

I    II

0  0 – As evidências fósseis indicam que os vertebrados surgiram em ambiente marinho, durante o Cambriano. Ao longo das eras geológicas, várias espécies surgiram e outras tantas foram extintas naturalmente.

1  1 – A convergência adaptativa ou evolução convergente é responsável pela grande diversificação de ordens que ocorreu entre os mamíferos, no Cenozoico, a partir de um ancestral comum.

2  2 – Os tetrápodes, animais de quatro patas, desenvolveram-se a partir de peixes, que se adaptaram a ambientes terrestres. Muitas espécies de animais, habitantes de cavernas, desenvolveram habilidades próprias, ao mesmo tempo em que se tornaram cegos, por não necessitarem mais dos órgãos visuais.

3   3 – A seleção natural age sobre as populações, de modo a aumentar a variabilidade genética. Quanto mais instável um ecossistema, maior será a biodiversidade pela ação da seleção natural sempre presente.

4  4 – Semelhanças embrionárias e homologia de órgãos são evidências da evolução e do grau de parentesco entre os componentes de um grupo animal como os vertebrados.

22. (UFRR) A saída da água em busca de alimentos levou os animais à conquista da terra firme. Mas a independência da água para a reprodução foi crucial para a conquista definitiva.Considere o cladograma sobre a provável origem evolutiva dos cordados atuais e indique o grupo referente aos números de 1 a 5 na sequência correta.

22

a) Aves, mamíferos, anfíbios, peixes e répteis.

b) Peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos.

c) Peixes, répteis, anfíbios, aves e mamíferos.

d) Répteis, peixes, anfíbios, mamíferos e aves.

e)Mamíferos, aves, répteis, anfíbios e peixes.

23. (UEA) Um estudante de Biologia perguntou a um ribeirinho por que o boto tem o olho bem menor que o de seus parentes marinhos, os golfinhos. A resposta dada pelo ribeirinho foi que, por passar anos sozinho nas águas barrentas do rio, a visão do boto se enfraqueceu e seus olhos se tornaram menores. Os filhos desse boto herdaram essa característica, que os diferencia da espécie marinha. Essa explicação contém um conceito que a biologia moderna considera:

a) Errado. Esse conceito foi postulado por Mendel para explicar a evolução das espécies.

b) Errado. Esse conceito foi postulado por Lamarck para explicar a evolução das espécies.

c) Correto. Esse conceito foi postulado por Darwin para explicar a evolução das espécies.

d) Correto. Esse conceito foi postulado por Lamarck para explicar a evolução das espécies.

e) Correto. Esse conceito foi postulado por Lamarck, aprimorado por Darwin e confirmado por Mendel para explicar a transmissão hereditária das características e a evolução das espécies.

24. (UEMA) A teoria sintética da evolução constitui uma ampliação das ideias de Darwin e se diferencia do Darwinismo porque:

a) Afirma que a seleção natural modela o processo evolutivo, direcionando-o.

b) Considera o ambiente o causador das variações intraespecíficas.

c) Explica as causas das variações nos seres vivos.

d) Considera que o ambiente seleciona as características já existentes.

e) Afirma que em uma população natural o número de indivíduos, na maioria das espécies, permanece mais ou menos constante.

25. (UNCISAL) A evolução é um fator incontestável, podendo ser confirmada através de várias evidências. Considere A para provas anatômicas e B para provas bioquímicas:

(   ) Membros pentadáctilos.

(   ) Presença de tripsina desde os protozoários até os mamíferos.

(   ) Hemoglobina humana semelhante à do chimpanzé.

(   ) Coração de alguns vertebrados,  não permite a mistura de sangue arterial com o venoso.

Assinale a alternativa que corresponde à sequência correta, de cima para baixo.

a) A, A, B e A.

b) A, B, B e A.

c) B, B, B e A.

d) A, B, A e B.

e) B, A, A e B.

26. (UEAP) A adaptação e evolução das espécies em seu habitat foi tema de muita discussão até o século XIX. A ideia de que um órgão enfraquece ou desaparece com o desuso, ou se fortalece pelo uso, foi utilizada por Lamarck para formular a primeira teoria da evolução, em 1809. Entretanto, não há como discutir evolução, sem mencionar Charles Darwin cuja teoria foi proposta 50 anos após a teoria de Lamarck. Quando comparadas ambas as teorias, é possível constatar uma diferença fundamental. Que diferença é esta?

a) Para Darwin, a adaptação dos seres vivos é o produto das características inerentes a cada espécie. Para Lamarck, a adaptação era o produto final dos processos ecológicos e comportamentais dos organismos de se transformarem no seu meio ambiente.

b) Para Lamarck, os seres vivos não apresentam a capacidade de se adaptar ao ambiente. Para Darwin, a adaptação era o produto final dos processos ecológicos e comportamentais dos organismos de se transformarem no seu meio ambiente.

c) Para Lamarck, a adaptação dos seres vivos é o produto da seleção natural. Para Darwin, a adaptação era o produto final dos processos fisiológicos, exigidos pelas carências dos organismos de se transformarem no seu meio ambiente.

d) Para Darwin, a adaptação dos seres vivos é o produto da seleção natural. Para Lamarck, a adaptação era o produto final dos processos fisiológicos, exigidos pelas carências dos organismos de se transformarem no seu meio ambiente.

e) Nenhuma das alternativas anteriores.

27. (PUC-RIO) Foram introduzidas em dois frascos, que continham um mesmo meio de cultura, quantidades idênticas de um tipo de bactéria. Após algum tempo de incubação, adicionou-se a apenas um dos frascos um antibiótico estável, de uso frequente na clínica e cuja concentração não se modificou durante todo o experimento. O gráfico abaixo representa a variação do número de bactérias vivas no meio de cultura, em função do tempo de crescimento bacteriano em cada frasco.

27

A observação do gráfico permite concluir que, no frasco em que se adicionou o antibiótico, ocorreu uma grande diminuição no número de bactérias e em seguida um aumento do seu crescimento. Segundo a teoria de evolução neodarwiniana, o fato observado nos frascos com abiótico tem a seguinte explicação:

a) A dose usada de antibiótico eliminou a maioria da população selecionando uma minoria resistente que voltou a crescer.

b) A dose usada de antibiótico eliminou a grande maioria das bactérias e a minoria sobrevivente criou resistência às condições, voltando a crescer.

c) A dose usada de antibiótico provocou uma lentidão no crescimento das bactérias que, após algum tempo, adaptaram-se e voltaram a crescer.

d) A dose usada de antibiótico inibiu o crescimento da maioria das bactérias, mas, após a sua degradação, essas bactérias começaram a crescer novamente.

e) A dose usada de antibiótico estimulou a adaptação de bactérias, que demoraram mais a crescer.

28. (UEFS) Em 1859, depois de 20 anos de estudos minuciosos e de reflexões, Darwin publicou A origem das espécies. A obra não somente colocou por terra as ciências da vida, na época, como revelou ao homem seu humilde lugar entre os seres vivos.

                                                 (CONTINENZA, 2007)

Por causa da importância da variação, a seleção natural deve ser considerada um processo de duas etapas: a produção de variação abundante seguida pela eliminação de indivíduos inferiores. Esse último passo é direcional. Ao adotar a seleção natural, Darwin encerrou a discussão de várias centenas de anos entre os filósofos sobre o acaso e a necessidade. A mudança na Terra é resultado de ambos, sendo o primeiro passo dominado pela aleatoriedade, e o segundo, pela necessidade. (MAYR, 2007, p. 58.) Para muitos, foi a Teoria da Evolução que de fato consolidou a própria Biologia como uma ciência autônoma, estruturadora do trabalho dos biólogos por todo o século XX e até mesmo nesse século. Assim, o ano de 2009 foi eleito pela International Union of Biological Sciences como o “ano de Darwin”, não somente porque se comemoram 150 anos da publicação de A Origem das Espécies, mas também porque se completam 200 anos desde o nascimento de Darwin, ocorrido em 12 de fevereiro de 1809. Considerando o impacto das ideias de Charles Darwin a respeito da importância da seleção natural no processo de evolução biológica, é correto afirmar:

a) A necessidade imposta pelo ambiente é responsável pela geração de características que deverão ser preservadas pela seleção natural.

b) A ação da seleção natural dentro do processo evolutivo deve ser considerada dependente do ambiente, já que este determina a forma e a intensidade com que a pressão seletiva será imposta às populações.

c) A variabilidade genética é estabelecida a partir da ação da seleção natural sobre um grupo de indivíduos de uma população.

d) As ideias de Darwin sobre a seleção natural permitiram estabelecer um antropocentrismo baseado em visões teológicas sobre a origem da vida e a hierarquia entre os seres vivos.

e) Darwin reforçou as ideias sobre determinismo ao negar a universalidade da aleatoriedade e do acaso durante os processos que envolvem a seleção natural.

29. (UPE)

Observe os animais do filme: a era do gelo 3. distribuidora: fox film.

29

Em A ERA DOGELO3, Apreguiça Sid descobre um mundo subterrâneo, onde encontra ovos de dinossauros e resolve adotá-los, forma sua própria família adotiva, só que a mãe dos filhotes, uma dinossaura, vai atrás deles e acaba levando consigo a preguiça. Seus amigos, os mamutes Manny e Ellie, Diego, o tigre dentes-de-sabre, e os gambás Crash e Eddie entram nesse mundo subterrâneo para resgatá-la. Scrat, o esquilo, continua tentando agarrar a noz fujona e, nesse processo, encontra uma rival/paquera, a Scratita.

Sobre as condições da Terra naquele tempo e a classificação dos animais citados no texto, analise as afirmativas abaixo.

I. Os dinossauros habitaram a Terra durante a era Mesozoica, no período Jurássico, enquanto grandes mamíferos, como os mamutes e tigres dentes-de-sabre, viveram na era Cenozoica, no período Pleistoceno.

II. Preguiça, esquilos e gambás pertencem à Classe Mammalia. A preguiça e os esquilos são da Ordem Edentata (não possuem dentes), enquanto os gambás são marsupiais prototérios (não possuem placenta).

III. Entre as características dos mamíferos, estão: dentes diferenciados em incisivos, caninos, prémolares e molares. As presas de marfim representam dentes desenvolvidos nos mamutes. Em carnívoros, como os tigres, os caninos bem desenvolvidos e incisivos afiados representam adaptações a seus hábitos alimentares.

IV. No Pleistoceno, conhecido como a era ou idade do gelo, houve quatro glaciações que levaram à extinção de muitos mamíferos; a cada glaciação, o clima nas áreas tropicais e subtropicais tornava-se seco, e no período interglacial, ficava quente e úmido.

Somente está correto o que se afirma em:

a) I e II.

b) II e III.

c) IV.

d) II, III e IV.

e) I, III e IV.

30. (UNEA) A definição de espécie proposta por Ernest Mayr em 1942 e válida até hoje é a seguinte: “Espécies são grupos de populações naturais potencialmente capazes de se cruzar e que estão reprodutivamente isoladas de outros grupos semelhantes”. A espécie biológica é uma das mais importantes unidades do mundo vivo. Dadas às afirmativas seguintes sobre a origem das espécies:

I. Raças ou subespécies são populações da mesma espécie que diferem em determinadas características e estão adaptadas a ambientes diferentes. A formação de raças se dá, geralmente, por irradiação adaptativa, isto é, pela ocupação de uma região por sub-populações de uma espécie.

II. Os cientistas acreditam que na historia evolutiva da vida a maioria da espécies surgiu por cladogênese.

III. A formação de uma nova espécie por cladogênese pressupõe a ocorrência de pelo menos três etapas na seguinte ordem: isolamento reprodutivo, isolamento geográfico e, finalmente, diversificação gênica causada simplesmente por mutação.

Verifica-se que:

a) I, II e III estão corretas.

b) I e II estão corretas.

c) I e III estão corretas.

d) II e III estão corretas.

e) Apenas a I está correta.

31. (UFC) Um geneticista britânico afirmou que a humanidade está chegando ao fim de sua evolução. Segundo essa ideia, os avanços da tecnologia e da medicina são primordiais, em detrimento dos processos naturais, baseados na seleção natural, na mutação e nas mudanças aleatórias. De acordo com o geneticista, os fatores mais importantes que alteram a evolução humana são a diminuição do número de homens mais velhos que têm filhos e a diminuição da seleção natural devido aos avanços da medicina. “Hoje, em grande parte do mundo desenvolvido, 98% das crianças sobrevivem e chegam aos 21 anos”, acrescenta o britânico. O tipo de seres humanos que encontramos hoje é o único que haverá; “os seres humanos não ficarão mais fortes, inteligentes ou saudáveis”, garante o cientista. “Acho que todos estamos de acordo com o fato de a evolução ter funcionado de forma adequada para o ser humano no passado”, conclui o britânico.

De acordo com o pensamento desse cientista, assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

I   II

0  0 – Ao afirmar que “os seres humanos não ficarão mais fortes, inteligentes ou saudáveis”, é de se esperar que, no futuro, os humanos encontrados sejam muito semelhantes genotipicamente aos encontrados atualmente.

1  1 – O cientista pauta sua teoria na diminuição de homens mais velhos, acima dos cinquenta anos, que se tornam pais. Nessa faixa etária, as possibilidades de mutação nos espermatozoides também diminuem.

2  2 – O cientista garante que a seleção natural, cada vez mais impedida pelo avanço da medicina, vem diminuindo.

3  3 – Com a diminuição dos processos naturais que promovem a evolução, de acordo com o cientista, ocorrerá a diminuição da segregação independente dos cromossomos e da permutação.

4  4 – Ao defender essas ideias, nas quais é possível identificar o desuso da teoria sintética da evolução para a ordem dos primatas, o cientista britânico mostra-se defensor do fixismo.

32. (UFG)                             LEIA O TEXTO A SEGUIR.

“Há uma grandeza nessa visão da vida. A partir de um início tão simples, infinitas formas, as mais belas e maravilhosas evoluíram e continuam evoluindo…”

 Disponível em: <www.dominiopublico.gov.br>. Acesso em: 3 out. 2009.

O pensamento descrito no texto reflete o conhecimento de que:

a) Os caracteres adquiridos em função do uso e desuso são transmitidos hereditariamente.

b) O genótipo sofre sucessivas mutações de uma geração para outra.

c) Os organismos surgiram espontaneamente a partir da matéria não viva.

d) As espécies descendem umas das outras e estão ligadas por ancestral comum.

e) Os seres vivos surgiram já adaptados ao ambiente e permanecem imutáveis.

33. (UFPI) A evolução biológica consiste em modificações da composição genética de uma população ao longo do tempo. Os fatores evolutivos, tais como: mutações, fluxo gênico, deriva genética, cruzamento preferencial e seleção natural, modificam as frequências alélicas e genotípicas em uma população. Analise as proposições sobre as mudanças na estrutura genética de populações e marque a alternativa que está totalmente correta.

a) As taxas de mutações são geralmente bastante baixas e são tão lentas que a mutação, sozinha, não pode responder pelas rápidas mudanças genéticas das populações e espécies. As taxas de mutações espontâneas são baixas, e, mesmo que fossem duplicadas, por ação de mutágenos, ainda seriam baixas, e, em populações bastante grandes, seus efeitos são tão pequenos, que podem ser ignorados.

b) A migração, mesmo sem cruzamentos, pode ocasionar o fluxo gênico e acrescentar novos alelos ao pool genético da população a ponto de modificar as frequências de alelos já presentes, caso venham de populações com frequências alélicas diferentes. Entretanto, a taxa de migração, assim como a de mutação, é sempre pequena e não altera as características genéticas da população receptora.

c) A deriva genética só provoca grandes modificações e só compete com a seleção natural em populações grandes, pois, em populações pequenas, seus efeitos são minimizados pelo fato de que esse processo ocorre em poucos loci das populações e não influi na direção da mudança das frequências alélicas, mesmo na presença de outro fator evolutivo. Por causa da ação da deriva genética, alelos deletérios têm sua frequência diminuída e alelos vantajosos, em frequências altas, podem ser perdidos.

d) Os cruzamentos, no equilíbrio de Hardy-Weinberg, não podem acontecer ao acaso, e as frequências dos genótipos homo e heterozigotos são alteradas pela seleção natural, logo ocorrem mudanças na estrutura genética de uma geração para outra.

e) A seleção natural é o único fator evolutivo que adapta as populações aos seus ambientes e atua sempre mantendo constantes as frequências alélicas ao longo do tempo. Como resultado, a seleção natural tende a diminuir a variação genética da população.

34. (UFAM) O mimetismo é o fenômeno em que duas espécies diferentes compartilham alguma semelhança reconhecida por outras espécies, o que confere vantagens para uma ou para ambas as espécies miméticas. Segundo a teoria evolucionista, qual a alternativa correta:

a) Os padrões semelhantes entre cobras corais e falsas corais são exemplos de divergência evolutiva.

b) Os padrões de cobras-corais e falsas corais são exemplos de semelhanças vestigiais.

c) A cor branca de lebres-da-neve constitui um exemplo clássico de mimetismo.

d) O mimetismo é o resultado de um processo de adaptação evolutiva.

e) Espécies miméticas geralmente são alopátricas.

35. (UFMS) A reprodução sexuada envolve maior “gasto” energético celular do que a assexuada; no entanto, ela é considerada vantajosa, porque permite o aumento da variabilidade genética. Pode-se, então, afirmar que:

a) A mutação gênica gera variabilidade genética, sobre a qual atua a seleção natural.

b) A seleção natural gera variabilidade genética, independentemente da ocorrência de mutações.

c) A mutação gênica não faz aumentar a variabilidade genética e não é suscetível à seleção natural.

d) A mutação gênica é considerada um dos fatores evolutivos na teoria sintética da evolução, mas não gera variabilidade genética.

e) As mutações, na teoria sintética da evolução, não são consideradas fatores evolutivos.

36. (UFPI) A evolução dos organismos tem como base a ocorrência de variabilidade genética e a ação da seleção natural. Através do paradigma da evolução, ficou claro o entendimento da crescente biodiversidade de plantas e animais, em que cada espécie possuía genótipos e fenótipos particularmente adaptados às suas próprias pressões ambientais. Sobre as forças evolutivas, é correto afirmar:

a) Os genomas estão sujeitos a fatores mutagênicos e as mutações ocasionam variação genética, sendo responsáveis pela formação de novos alelos na população.

b) A migração dos indivíduos de uma população para outra pode resultar na conservação dos alelos da população receptora e são mais freqüentes em populações mais distantes geograficamente.

c) A variabilidade genética criada pela recombinação é a única condição essencial para a seleção natural atuar.

d) O efeito da deriva genética diminui conforme aumenta o tamanho da população.

e) As forças evolutivas atuam no processo de coevolução, sem gerar variabilidade nas espécies envolvidas e alterações nos alelos das populações.

37. (UFMT) Os estábulos de uma fazenda estavam infestados de moscas. Para combater os insetos, o fazendeiro pulverizou inseticida. De início, obteve sucesso, já que os invasores desapareceram. Após certo tempo, as moscas ressurgiram. Inicialmente em pequenas quantidades o que justificou novas pulverizações. No entanto, o número de moscas aumentava mesmo que as doses de inseticida fossem cada vez maiores. Sobre o fato, analise as afirmativas.

I. Os insetos em questão foram capazes de se modificar em resposta a uma mudança ambiental.

II. A aplicação do inseticida favoreceu a pequena população de moscas resistentes que sobreviveram e se reproduziram.

III. A resistência é devido a um caráter genético que favorece alguns indivíduos.

Está correto o que se afirma em:

a) I, apenas.

b) III, apenas.

c) II e III, apenas.

d) I e III, apenas.

e) I, II e III.

38. (UFJF) As ilhas Galápagos são consideradas, desde 1978, patrimônio mundial pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Em 2007 passaram a integrar a lista dos patrimônios em risco, devido ao crescente turismo e imigração. Desde 1991, o número de turistas saltou de 41 mil por ano para 160 mil. Outra grande ameaça são organismos transportados involuntariamente do continente para ilhas. Um novo estudo destaca o mosquito Culex quinquefasciatus, conhecido popularmente no Brasil como pernilongo ou muriçoca. O inseto teria sido introduzido nas Galápagos em meados da década de 1980, levado por aviões, e continua a ser transportado regularmente desde então, cruzando com populações locais desta espécie.

De acordo com o texto, podemos afirmar que os indivíduos que chegam às ilhas:

I. São considerados exemplo de uma espécie invasora.

II. Podem aumentar sua diversidade genética cruzando com as populações locais.

III. São exemplos de radiação adaptativa por ser espécie descendente de um ancestral comum da espécie local.

Marque a alternativa correta.

a) Somente a afirmativa I está correta.

b) Somente a afirmativa II está correta.

c) Somente a afirmativa III está correta.

d) Somente as afirmativas I e II estão corretas.

e) Somente as afirmativas I e III estão corretas.

39. (UFT) A transição dos seres vivos da água para a terra levou milhões de anos para acontecer. Nesse período, uma série de alterações ajustou gradualmente o plano estrutural dos organismos, permitindo a resolução de problemas de adaptação ao ambiente terrestre. O ambiente terrestre oferece vantagens como maior disponibilidade de oxigênio e exposição à radiação solar. Por outro lado, a baixa disponibilidade de água aumenta o risco de desidratação e impõe restrições à reprodução das espécies. Entre os eventos que permitiram o sucesso na transição dos seres vivos do ambiente aquático para o terrestre, podemos citar:

I. O surgimento do ovo amniótico.

II. O surgimento do tubo polínico.

III. A presença de um rim que excreta amônia.

IV. A presença de pele seca e queratinizada.

Das assertivas acima, são verdadeiras:

a) I, II, III e IV.

b) I, III e IV.

c) I, II e IV.

d) I, II e III.

40. (UFC)

LEIA O TEXTO A SEGUIR E ASSINALE A ALTERNATIVA CORRETA.

Um fóssil extremamente bem conservado, de 380 milhões de anos, achado no noroeste da Austrália, é agora o exemplo mais antigo de uma mãe grávida vivípara.

                                                       Ciência Hoje, jul. 2008.

a) O fóssil provavelmente é de um mamífero, uma vez que a viviparidade é característica exclusiva desse grupo.

b) A presença de um saco vitelino no embrião fóssil seria uma característica segura para determinar o fóssil como vivíparo.

c) A conclusão de que o fóssil é de um animal vivíparo veio da observação de que o embrião estava se desenvolvendo dentro do corpo da mãe.

d) Uma das características que levaria à conclusão de que se tratava de um animal vivíparo seria a presença de um resquício de cordão umbilical.

e) O fóssil em questão poderia também ser de um animal ovovivíparo, pois, assim como os vivíparos, os ovovivíparos apresentam nutrição maternal durante o desenvolvimento embrionário.

GABARITO

01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

VVFFF

B

E

B

A

B

D

A

A

B

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

VFVFV

A

B

E

B

D

A

A

C

D

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

VFFFV

B

B

C

B

D

A

B

E

B

31

32

33

34

35

36

37

38

39

40

VFVFF

D

A

D

A

A

C

B

C

D

 

 


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: