Publicado por: Djalma Santos | 7 de outubro de 2011

Testes de mitose (1/5)

01. (CEFET-PE) A figura abaixo e uma fotomicrografia de uma célula em divisão mitótica. De acordo com a disposição dos cromossomos nela indicados, e correto afirmar que a fase imediatamente a seguir é:

01

a) Prófase.

b) Metáfase.

c) Anáfase.

d) Telófase.

e) Intercinese.

02. (U. F. Uberlândia) A descondensação dos cromossomos, o desaparecimento do fuso cariocinético e o reaparecimento do nucléolo são fenômenos que caracterizam uma das fases da mitose. Identifique-a:

a) Anáfase.

b) Telófase.

c) Metáfase.

d) Prófase.

e) Intérfase.

03. A sequência de DNA necessária para a separação das cromátides nos eucariotos durante a mitose é:

a) Telômero.

b) Cinetócoro.

c) Centrossomo.

d) Centrômero.

e) Centríolo.

04. (UCPEL) Para estudo de cariótipo, a fase da mitose mais adequada à visualização dos cromossomos, tendo em vista a necessidade de obtenção de maior nitidez quanto ao seu grau de espiralização é:

a) Interfase.

b) Prófase.

c) Anáfase.

d) Telófase.

e) Metáfase.

05. (UNIFESP) Certos fármacos, como a colchicina, ligam-se às moléculas de tubulina e impedem que elas se associem para formar microtúbulos. Quando células em divisão são tratadas com essas substâncias, a mitose é interrompida na metáfase. Células contendo dois pares de cromossomos homólogos foram tratadas com colchicina, durante um ciclo celular. Após o tratamento, essas células ficaram com:

a) Quatro cromossomos.

b) Dois cromossomos.

c) Seis cromossomos.

d) Dez cromossomos.

e) Oito cromossomos.

06. (UFLA) Analise as proposições referentes à mitose e assinale a alternativa correta:

I. A mitose é um processo de divisão reducional que ocorre para formação de gametas.

II. Na metáfase mitótica, os cromossomos apresentam alto grau de condensação e ocupam a região equatorial da célula.

III. A citocinese é a fase final da mitose e se caracteriza pela reorganização da carioteca e nucléolo e condensação dos cromossomos.

a) Apenas a proposição II está correta.

b) Apenas a proposição III está correta.

c) Apenas as proposições I e II estão corretas.

d) Apenas as proposições I e III estão corretas.

e) Apenas as proposições II e III estão corretas.

07. A estrutura proteica nos cromossomos dos eucariotos à qual as fibras do fuso (microtúbulos) se ligam é o(a):

a) Telômero.

b) Cinetócoro.

c) Centrossomo.

d) Centrômero.

e) Centríolo.

08. (UFJF) A figura abaixo representa um corte longitudinal da região de crescimento de uma raiz. As células dessa região sofrem mitoses contínuas, que garantem o crescimento desse órgão.

08

Se fosse necessário fazer uma fotografia dos cromossomos para estudo, a fase escolhida, sem duvida, seria a de número.

a) 6.

b) 12.

c) 7.

d) 3.

e) 9.

09. (UCB-DF) O gráfico abaixo representa a quantidade de DNA por célula em função do tempo, em um grupo de células embrionárias cultivadas in vivo.

09

Partindo-se de uma única célula no inicio do processo mitótico em (t1), no instante t2 o número de ciclos celulares completados e o número de células-filhas serão, respectivamente:

a) 1 e 2.

b) 2 e 4.

c) 4 e 8.

d) 4 e 16.

e) 16 e 32.

10. (FUVEST) Sementes de uma planta com número cromossômico 2n = 24 foram embebidas em uma solução. Após a germinação, as plantas apresentavam 48 cromossomos. Pode-se concluir que a solução continha:

a) Glicose.

b) Cloreto de sódio.

c) Insulina.

d) Etanol.

e) Colchicina.

11. (FGV) Alguns pesquisadores admitem que a espécie Coffea arabica tenha se originado na Etiópia, África, a partir da hibridização natural entre duas espécies ancestrais: Coffea eugenioides (2n = 22 cromossomos) e Coffea canephora (2n = 22 cromossomos). No híbrido resultante, teria havido uma duplicação do número de cromossomos (poliploidização): em uma das divisões celulares, as cromátides de todos os cromossomos, em vez de migrarem cada uma delas para ambas as células-filhas, teriam permanecido na mesma célula. Desse modo, originou-se um novo ramo, ou uma planta, tetraploide. Essa nova planta é a Coffea arabica, que hoje cultivamos e que tem importante papel em nossa economia. A partir dessas informações, é possível dizer que o número de cromossomos nos gametas das espécies Coffea eugenioides e Coffea canephora e o número de cromossomos nas células somáticas e nos gametas de Coffea arabica são, respectivamente:

a) 11, 11, 44 e 22.

b) 11, 11, 22 e 11.

c) 22, 22, 88 e 44.

d) 22, 22, 44 e 22.

e) 22, 22, 22 e 11.

12. (FUVEST) Uma célula somática que tem quatro cromossomos, ao se dividir, apresenta na metáfase:

a) Quatro cromossomos distintos, cada um com duas cromátides.

b) Quatro cromossomos distintos, cada um com uma cromátide.

c) Quatro cromossomos, pareados dois a dois, cada um com duas cromátides.

d) Quatro cromossomos, pareados dois a dois, cada um com uma cromátide.

e) Dois cromossomos, cada um com duas cromátides.

13. (VUNESP) O ciclo celular corresponde à alternância de mitoses e interfases. Antigamente, a intérfase era chamada “repouso celular”. Esta designação é errônea porque é na intérfase que:

a) Ocorre o desaparecimento do nucléolo e da membrana nuclear.

b) Ocorre a condensação dos cromossomos.

c) Ocorrem as maiores mudanças metabólicas na célula, envolvendo síntese de DNA, RNA e proteínas.

d) Ocorrem muitos movimentos celulares, especialmente dos centríolos e cromossomos.

e) Ocorrem mudanças na forma das células.

14. (UFAL) Abaixo, estão esquematizadas duas fases da divisão mitótica.

14

I e II representam, respectivamente, uma:

a) Prófase e uma metáfase.

b) Metáfase e uma prófase.

c) Metáfase e uma anáfase.

d) Anáfase e uma metáfase.

e) Anáfase e uma telófase.

15. Afigura a seguir representa o esquema de um corte longitudinal da região de crescimento de uma raiz. As células dessa região sofrem mitoses sucessivas que garantem o crescimento do órgão.

15

Com base na figura, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

I   II

0  0 – As células 3 e 4 estão em interfase.

1  1 – As células 1 e 7 estão em metáfase.

2  2 – A célula 9  representa  a fase seguinte àquela esquematizada na célula de número 5.

3  3 – A célula de número 6 se encontra em fase mais adiantada que a célula de número 1.

4  4 – A mitose está terminada na célula de número 8.

16. (UNIRIO) Considerando que uma espécie possua 2n = 6, nas suas células somáticas, a célula representada na figura abaixo evidencia estes cromossomos em:

16

 

a) Metáfase mitótica.

b) Metáfase I.

c) Metáfase II.

d) Anáfase mitótica.

e) Anáfase II.

17. (FUVEST) A figura abaixo mostra modificações na forma do “cromossomo” durante o ciclo celular.

17

Que fases do ciclo têm “cromossomos” como os que estão representados em 1 e 3 respectivamente?

a) Interfase e metáfase.

b) Interfase e anáfase.

c) Interfase e telófase.

d) Prófase e anáfase.

e) Prófase e telófase.

18. (VUNESP) No gráfico abaixo, relativo ao ciclo celular, a mitose está representada pelo intervalo:

18

a) 12.

b) 2 3.

c) 1 3.

d) 34.

e) 45.

19. (FUVEST) Suponhamos que uma espécie de planta tenha o número cromossômico 2n = 12. Durante o início da germinação de um lote de sementes, elas foram separadas em dois grupos (I e II), sendo que cada um deles foi tratado diferentemente. Após a germinação notou-se que as plantas originadas das sementes do grupo I apresentavam as características normais da espécie e o número cromossômico, analisado nas suas raízes, era 12. Por outro lado, as sementes do grupo II germinaram e originaram plantas “troncudas”, com 24 cromossomos na maioria de suas células. Baseado nestes dados poderíamos dizer que:

a) As sementes do grupo I foram tratadas com colchicina, que mantém o número cromossômico constante.

b) As sementes do grupo II foram tratadas com água.

c) As sementes do ambos os grupos foram tratadas com colchicina, mas as do grupo II com água a seguir.

d) As sementes do ambos os grupos foram tratadas com água, mas as do grupo I com colchicina a seguir.

e) As sementes do grupo I foram tratadas com água e as do grupo II com colchicina.

20. (UEL) O esquema a seguir mostra a duração das fases da mitose em células de embrião de gafanhoto, mantido a 38ºC.

20

Adaptado de Carl P. Swanson. THE CELL. Foundations of Modern Biology. New Jersey: Prentice-Hall lnc. p.52)

De acordo com esses dados, a etapa mais rápida é aquela em que ocorre:

a) Fragmentação da carioteca.

b) Afastamento das cromátides-irmãs.

c) Reorganização dos núcleos.

d) Duplicação das moléculas de DNA.

e) Alinhamento dos cromossomos na placa equatorial.

21. (PUCCAMP) O esquema abaixo representa os cromossomos de uma célula somática de um organismo com alguns genes simbolizados por letras.

21

A partir desse esquema, foram feitas as seguintes considerações:

I. O organismo apresenta um número diploide de 4 cromossomos.

II. Na célula, há dois pares de cromossomos homólogos.

III. No conjunto de cromossomos representados, há 2 pares de alelos.

IV. Se a célula estiver em metáfase, haverá 8 cromátides.

É verdadeiro o que se afirma apenas em:

a) I e III.

b) II e IV.

c) III e IV.

d) I, II e III.

e) I, II e IV.

22. (VUNESP) A figura representa a citocinese em duas células diferentes, 1 e 2.

22

As células 1 e 2 poderiam corresponder, respectivamente, a células de:

a) Homem e banana.

b) Alface e rato.

c) Rato e mosquito.

d) Caranguejo e coelho.

e) Babaçu e goiaba.

23. (UNIFOR) Durante a vida de uma célula, diversas reações químicas e diversos processos metabólicos ocorrem no seu núcleo. Por exemplo?

I. Síntese de RNA mensageiro.

II. Formação de ribossomos.

III. Duplicação do DNA.

No núcleo interfásico ocorre:

a) Somente I.

b) Somente II.

c) Somente I e II.

d) Somente II e III.

e) I, II e III.

24. (PUC-CAMPINAS) Uma plântula de Vicia faba foi colocada para crescer em meio de cultura onde a única fonte de timidina (nucleotídeo com a base timina) era radioativa. Após um único ciclo de divisão celular foram feitas preparações citológicas de células da ponta da raiz, para a análise da radioatividade incorporada (auto-radiografia). A radioatividade será observada em:

a) Ambas as cromátides dos cromossomos metafásicos.

b) Todas as proteínas da célula.

c) Todas as organelas da célula.

d) Somente uma das cromátides de cada cromossomo metafásico.

e) Todos os ácidos nucleicos da célula.

25. (FUVEST) No processo de divisão celular por mitose, chamamos de célula-mãe aquela que entra em divisão e de células-filhas, as que se formam como resultado do processo. Ao final da mitose de uma célula, têm-se:

a) Duas células, cada uma portadora de metade do material genético que a célula-mãe recebeu de sua genitora e a outra metade, recém-sintetizada.

b) Duas células, uma delas com o material genético que a célula-mãe recebeu de sua genitora e a outra célula com o material genético recém-sintetizado.

c) Três células, ou seja, a célula-mãe e duas células-filhas, essas últimas com metade do material genético que a célula-mãe recebeu de sua genitora e a outra metade, recém-sintetizada.

d) Três células, ou seja, a célula-mãe e duas células-filhas, essas últimas contendo material genético recém-sintetizado.

e) Quatro células, duas com material genético recém-sintetizado e duas com o material genético que a célula-mãe recebeu de sua genitora.

26. (PUC-MG) Observe o gráfico a seguir.

26

A duplicação do DNA e a anáfase ocorrem, respectivamente, em:

a) I e IV.

b) II e III.

c) III e VI.

d) II e V.

e) V e VI.

27. (UFLAVRAS) No esquema abaixo estão representadas 3 fases da mitose. Assinale a alternativa em que essas fases estão ordenadas corretamente:

27

a) 3 1 2.

b) 1 2 3.

c) 2 1 3.

d) 2 → 3 → 1.

e) 3 2 → 1.

28. (MACK)

28

Observando o gráfico acima, que representa a variação da quantidade de DNA no núcleo de uma célula em função do tempo, podemos afirmar que:

a) Se trata seguramente de uma célula em mitose.

b) A, B e C representam todas as etapas do ciclo celular.

c) Ao sofrer mitose, a quantidade de DNA nas células filhas será igual à metade da quantidade presente inicialmente.

d) No período representado em B surgem as cromátides-irmãs.

e) O período A é conhecido como intérfase.

29. (UFC) As especializações das células das plantas estão sempre associadas à estrutura das paredes celulares. Assim, nos diferentes tecidos vegetais, as células têm paredes de espessura e composição química variadas. No final da mitose, na região central da célula, inicia-se a formação de lamelas para originar a parede celular. A organela celular responsável por essa formação é o:

a) Aparelho de Golgi.

b) Retículo endoplasmático.

c) Cloroplasto.

d) Vacúolo.

e) Lisossomo.

30. (FUVEST) Em certa linhagem celular, o intervalo de tempo entre o fim de uma mitose e o fim da mitose seguinte é de 24 horas. Uma célula dessa linhagem gasta cerca de 12 horas, desde o início do processo de duplicação dos cromossomos até o início da prófase. Do fim da fase de duplicação dos cromossomos até o fim da telófase, a célula gasta 3 horas e, do inicio da prófase até o fim da telófase, ela gasta 1 hora. Com base nessas informações e nos seus conhecimentos sobre mitose assinale a alternativa correta:

a) A duração da interfase é de 21 horas.

b) A duração do período G1 é de 12 horas.

c) A duração do período Sé de 10 horas.

d) A duração do período G2 é de 3 horas.

e) A duração da mitoseé de 2 horas.

31. (MACK) Considere as seguintes proposições:

I. A quantidade de DNA é constante durante todas as fases do ciclo celular.

II. Existe metade da quantidade de DNA no período G1 em relação à quantidade existente no G2.

III. Os cromossomos já estão perfeitamente individualizados e visíveis no período G2.

Assinale:

a) Se todas as afirmativas estiverem corretas.

b) Se somente I e II estiverem corretas.

c) Se somente II e III estiverem corretas.

d) Se apenas a afirmativa II estiver correta.

e) Se todas as afirmativas estiverem incorretas.

32. Identifique as fases da mitose:

I. Prófase.

II. Metáfase.

III. Anáfase.

IV. Telófase.

(   ) Os cromossomos reúnem-se nos polos da célula e o citoplasma divide-se.

(   ) Os cromossomos separam-se, indo para os polos da célula.

(   ) Os cromossomos se dispõem na placa equatorial.

(   ) Os cromossomos começam a se espiralar e a carioteca a desaparecer.

A sequência correta de cima para baixo será:

a) I, III, IV, II.

b) III, I, II, IV.

c) II, I, IV, III.

d) IV, III, II, I.

e) I, II, III, IV.

33. Os esquemas I, II e III representam diferentes estágios da mitose.

33

Com relação a estes estágios é correto afirmar:

I    II

0   0 – O esquema III representa o estágio da anáfase.

1   1 – O esquema II representa o estágio de metáfase.

2  2 – É  durante  o estágio  representado  pelo  esquema  que  ocorre a  separação  das cromátides-irmãs.

3  3 – Durante a divisão celular, o estágio representado pelo esquema III precede o estágio representado pelo esquema I.

4  4 – Durante a  divisão celular, o  estágio  representado  pelo esquema II  precede o estágio representado pelo esquema III.

34. (CENTEC-BA) Durante a prófase, a cromatina, originariamente uma estrutura filamentosa extremamente longa e delgada, passa por um processo de compactação que culmina, na metáfase, com a formação de corpúsculos bem definidos em número e forma – os cromossomos. O significado biológico dessa compactação é:

a) Garantir a integridade e a mobilização do material genético, condicionando a sua distribuição equitativa entre as células-filhas.

b) Determinar as características citológicas de cada espécie.

c) Promover a duplicação da molécula de DNA, possibilitando a transmissão dos caracteres herdados.

d) Facilitar a transcrição das informações contidas na molécula de DNA.

e) Favorecer a ocorrência de variações no material genético.

35. (COMBIMED) Na espécie humana, uma célula cancerosa entrou em mitose homeotípica anormal, constituindo três polos: I, II e III. Dos 46 cromossomos existentes na célula, 16 se dispuseram entre os polos I e II; 22 entre os polos I e III e 8 entre os polos II e III. No final da anáfase, os polos I, II e III, receberão, respectivamente:

a) 38, 24 e 30 cromossomos.

b) 12, 19 e 15 cromossomos.

c) 24, 38 e 30 cromossomos.

d) 16, 22 e 8 cromossomos.

e) 19, 12 e 15 cromossomos.

36. (FUND.CARLOS CHAGAS) Considere os seguintes fenômenos que ocorrem durante a divisão celular:

I. Divisão do citoplasma.

II. Divisão do centrômero.

III. Duplicação dos cromossomos.

Esses eventos ocorrem na seguinte ordem:

a) I, II, III.

b) I, III, II.

c) II, III, I.

d) III, I, II.

e) III, II, I.

37. (CESGRANRIO) Nos desenhos mostrados, numerados com algarismos romanos, estão representadas fases da mitose. Assinale, nas opções abaixo, a sequência correta das fases deste tipo de divisão celular.

37

a) I, IV, III, II.

b) II, IV, I, III.

c) IV, II, I, III.

d) II, III, I, IV.

e) I, IV, II, III.

38. (FMIt-MG) Estudando mitose em células de raiz de Bellevalia, Taylor calculou que a interfase dura mais ou menos 20 horas. O período inicial da interfase, chamado G1, dura de 6 a 8 horas e nele não há divisão de cromossomos ou duplicação de DNA. Segue o período chamado S, no qual ocorre duplicação dos DNA. Ao período S segue o período G2, que dura 6 horas, e então uma nova divisão celular se inicia. Do texto, podemos afirmar que:

a) Na raiz de Bellevalia, todas as células entram em divisão imediatamente após o período G1.

b) No período S, cada cromátide já formou um novo cromossomo.

c) O tempo que uma célula da raiz de Bellevalia gasta para dar origem a duas novas células é de 20 horas.

d) Na fase G2, cada cromossomo já tem os seus cromonemas duplicados.

e) Durante a metáfase há duplicação de DNA.

39. (FUVEST) A figura a seguir representa o tecido meristemático de uma planta, onde podem ser observadas células em diferentes fases de divisão. Qual das alternativas corresponde à sequência do processo mitótico?

39

a) a b c d e f.

b) c f   ea b d.

c) f b a e d c.

d) e f c a b d.

e) f e c b d a.

40. (COVEST) Analise a figura referente à divisão celular mitótica.

40

Em que alternativa se encontra a sequência correta?

a) 1. metáfase, 2. anáfase, 3. prófase.

b) 1. anáfase, 2. prófase. 3, telófase.

c) 1. pró-metáfase, 2. pró-anáfase, 3. telófase.

d) 1. metáfase, 2. anáfase, 3. telófase.

e) 1. pró-metáfase, 2. metáfase, 2. prófase I.

41. (FEPA) As células 1 e 2 encontram-se, respectivamente, em:

41

a) Prófase e metáfase.

b) Interfase e prófase.

c) Anáfase e telófase.

d) Telófase e interfase.

e) Metáfase e anáfase.

42. (UFGO) Relacione as fases da mitose – anáfase, telófase, metáfase e prófase – com os respectivos números das figuras abaixo:

42

a) 4, 3, 2, 1.

b) 3, 4, 2, 1.

c) 1, 2, 3, 4.

d) 2, 3, 4, 1.

e) 3, 1, 2, 4.

43. (OBJETIVO) A figura esquematizada abaixo está mostrando uma mitose que pode ser classificada:

43

a) Cêntrica/astral/centrípeta.

b) Cêntrica/anastral/centrífuga.

c) Acêntrica/anastral/centrípeta.

d) Acêntrica/anastral/centrífuga.

e) Cêntrica/astral/centrífuga.

44. (UA-AM) A observação detalhada das três células abaixo, de números 1, 2 e 3, nos permite afirmar que:

44

a) Todas se encontram em telófase

b) Todas estão em interfase.

c) Todas se encontram em prófase.

d) Estas células estão em prófase, metáfase e anáfase, respectivamente.

e) Estas células estão em metáfase, anáfase e telófase, respectivamente.

45. (UFSC) Interpretando-se o gráfico abaixo, relativo ao ciclo celular, é correto afirmar:

45

I   II

0  0 – No eixo das ordenadas,  x representa a  quantidade de  DNA por célula durante o ciclo celular.

1  1 – No eixo das  ordenadas, x representa o número de cromossomos por célula.

2  2 – O tipo de ciclo celular representado é característico de células somáticas.

3  3 – II indica a meiose.

4  4 – No eixo das  ordenadas, x representa  a taxa  de síntese  de  proteínas durante o ciclo celular.

46. (COVEST) Observe as figuras a seguir e analise as proposições:

46

I   II

0  0 – Representa as diversas fases do processo mitótico de uma célula vegetal, uma vez que não há centríolos, nem ásteres e que na hora de divisão não ocorreu estrangulamento do citoplasma, mas aparecimento de uma parede no equador da célula.

1  1 – A sequência correta em que essas fases ocorrem é 4, 1, 2, 3, 5.

2  2 – A  figura representa  a  metáfase,  onde  ocorre  o  pareamento   dos cromossomos homólogos, denominado sinapse.

3  3 – A quantidade  de DNA, por célula,  durante todo o  processo de  divisão celular não é a mesma, embora o número e a quantidade de cromossomos da célula mãe sejam mantidos nas células filhas.

4  4 – As figura 4 e 5 representam células em interfase.

47. Esta questão deve ser respondida com base no gráfico abaixo. Nele estão indicadas três curvas, em uma célula sofrendo mitose:

47

I. Distância entre os polos.

II. Distância entre as cromátides-irmãs.

III. Distância entre os cromossomos e os polos.

Qual alternativa associa corretamente a distância indicada e a curva no gráfico.

a) I-A, II-B, III-C.

b) I-A, II-C, III-B.

c) I-B, II-A, III-C.

d) I-B, II-C, III-A.

e) I-C, II-A, III-B.

48. (FUVEST) Analise os eventos mitóticos relacionados abaixo:

I

Desaparecimento da membrana nuclear

II

Divisão dos centrômeros

III

Migração dos cromossomos para os polos do fuso

IV

Posicionamento dos cromossomos na região mediana do fuso

Qual das alternativas indica corretamente sua ordem temporal?

a) IV I II III.

b) I IV III – II.

c) I II IV III.

d) I IV II – III.

e) IV I III – II.

49. (FUVEST) Um cromossomo é formado por uma longa molécula de DNA associada a proteínas. Isso permite afirmar que o núcleo de uma célula somática humana em (A) possui (B) moléculas de DNA. Qual das alternativas abaixo indica os termos que substituem corretamente as letras A e B?

a) A = início de intérfase (G1); B = 46.

b) A = fim de intérfase (G2); B = 23.

c) A = início de mitose (prófase); B = 23.

d) A = fim de mitose (telófase); B = 23.

e) A = qualquer fase do ciclo celular; B = 92.

50. K, ou relação nucleoplasmática, consiste em:

K = V do núcleo/V da célula – V do núcleo

Assinale a(s) alternativa(s) correta(s) sobre o que acontece com K durante o ciclo celular.

0  0 – K permanece constante.

1  1 – Ao atingir um certo valor mínimo, a célula se divide.

2  2 – K aumenta, porque, enquanto o volume citoplasmático fica inalterado, o volume nuclear, pelo menos, duplica.

3  3 – K diminui, porque enquanto o volume citoplasmático fica inalterado, o volume nuclear, pelo menos, reduz-se à metade.

4  4 – Ao atingir um certo valor máximo, a célula se divide.

GABARITO

01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

D

B

D

E

E

A

B

D

D

E

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

A

A

C

C

VFFVF

D

B

E

E

B

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

E

A

E

A

A

D

C

D

A

C

31

32

33

34

35

36

37

38

39

40

D

D

FFVVV

A

A

E

B

D

B

A

41

42

43

44

45

46

47

48

49

50

B

B

D

C

VFVFF

VVFVF

B

D

A

FVFFF

Anúncios

Responses

  1. Professor Djalma, qual a explicação das respostas das questões 35 e 44 ?
    Obrigado desde já!!

    • Caro Newton
      Veja, a seguir, as explicações que você solicitou.
      QUESTÃO 35
      – Para que divisão celular se processe ocorre duplicação dos cromossomos. Dessa forma, tendo a espécie humana 46 cromossomos, formam-se 92 “cromossomos-filhos”, fazendo com que após a mitose, que é equacional, cada célula-filha tenha 46 cromossomos.
      – De acordo com o enunciado:
      I. Entre os polos I e II se dispõem 16 cromossomos, indo, em função da duplicação, 16 “cromossomos-filhos” para o polo I e 16 para o polo II.
      II. Entre os polos I e III se dispõem 22 cromossomos, indo, em função da duplicação, 22 “cromossomos-filhos” para o polo I e 22 para o polo III.
      III. Entre os polos II e III se dispõem 8 cromossomos, indo, em função da duplicação, 8 “cromossomos-filhos” para o polo II e 8 para o polo III.
      – Com base no exposto acima, pode-se concluir:
      a) O polo I receberá 16 cromossomos + 22 cromossomos, totalizando 38.
      b) O polo II receberá 16 cromossomos + 8 cromossomos, totalizando 24.
      c) O polo III receberá 22 cromossomos + 8 cromossomos, totalizando 30.
      – Alternativa correta: A
      QUESTÃO 44
      PRÓFASE
      É, via de regra, a fase mais longa da mitose e tem início com um discreto aumento do volume nuclear. Nela, ocorrem alterações na morfologia e no estado físico-químico do núcleo e do citoplasma. Durante a prófase, os nucléolos se tornam menos visíveis até desaparecerem, completamente, no final dessa fase. Os filamentos de cromatina, já duplicados na interfase, no período S, passam por um processo contínuo de condensação, devido à ação de uma proteína (condensina), tornando-se facilmente visíveis ao microscópio óptico e formando os cromossomos propriamente dito. Cada cromossomo, na prófase, está formado por duas cromátides (cromátides-irmãs), unidas pelo centrômero. Os centríolos duplicados (diplossomos) migram para os polos da célula, rodeados por um conjunto de fibras proteicas que constituem o áster. O áster é, em última análise, uma estrutura formada por microtúbulos com disposição radiada a partir e em torno dos centríolos. Entre os centríolos que se afastam, aparecem fibras de proteínas do fuso mitótico (fuso de divisão ou aparelho mitótico). Esse fuso começa a se formar na prófase e se completa na metáfase. Algumas dessas fibras, denominadas fibras cromossômicas ou cinetocóricas (descontínuas), prendem-se aos cromossomos. Outras, as fibras contínuas (fibras polares), se estendem de um centríolo a outro, sem interrupção. Todas essas fibras são microtúbulos do citoesqueleto. Lembramos que o conjunto formado pelas fibras do áster, fibras contínuas e fibras cinetocóricas constituem o fuso mitótico. A desintegração da carioteca marca o fim da prófase e o início da metáfase. Com essa desintegração, os cromossomos, já bastante condensados, migram para a região “equatorial” da célula, fenômeno conhecido como metacinese. A desintegração da carioteca marca o fim da prófase e o início da metáfase.
      – Nas três figuras constante desta questão, percebe-se a presença da carioteca.
      – Com base no exposto conclui-se que as figuras 1, 2 e 3, representam prófase (alternativa C).
      Um abraço
      Djalma Santos

      • a resposta da questao 21?

      • Cara Carolina
        – Resposta E, como consta na publicação.
        Um abraço
        Djalma Santos

  2. caro professor qual a exlicaçao do teste 13 ? se for possível poderia responder hoje?

    • Yago
      Veja abaixo, as explicações que você solicitou.
      13. (VUNESP) O ciclo celular corresponde à alternância de mitoses e interfases. Antigamente, a intérfase era chamada “repouso celular”. Esta designação é errônea porque é na intérfase que:
      a) Ocorre o desaparecimento do nucléolo e da membrana nuclear.
      b) Ocorre a condensação dos cromossomos.
      c) Ocorrem as maiores mudanças metabólicas na célula, envolvendo síntese de DNA, RNA e proteínas.
      d) Ocorrem muitos movimentos celulares, especialmente dos centríolos e cromossomos.
      e) Ocorrem mudanças na forma das células.
      – O ciclo celular compreende os processos que ocorrem desde a formação de uma célula até sua própria divisão, originando as células-filhas. É, portanto, o conjunto de interfase (G1, S e G2) mais divisão celular (prófase, metáfase, anáfase e telófase) e nele ocorrem o crescimento celular, a duplicação do DNA e a divisão celular propriamente dita.
      – A interfase é o intervalo entre duas divisões celulares sucessivas e representa cerca de 95% do tempo de duração do ciclo celular. Nesse período, a célula se encontra em grande atividade metabólica, realizando, praticamente, todos os processos de síntese necessários ao seu desenvolvimento. Nela, ocorre a duplicação do material genético e o crescimento celular.
      – A síntese de DNA é periódica na interfase, ficando restrita ao período S. As sínteses de RNA e de proteína, por outro lado, ocorrem continuamente durante toda a interfase. A de RNA é mais intensa no G1 e no início de S, quando cerca de 80% do RNA sintetizados são representados por RNAr (RNA ribossômico). Os RNAs extranucleolares são elaborados em picos durante os períodos G1 e G2. No que concerne às proteínas, embora sejam elaboradas continuamente, diferem em quantidade e em qualidade, em cada período da interfase.
      – As explicações acima mostram que a alternativa C (“Ocorrem as maiores mudanças metabólicas na célula, envolvendo síntese de DNA, RNA e proteínas.”) está correta
      Um abraço
      Djalma Santos

  3. Professor

    Por gentileza. Poderia me explicar se é certo dizer que no final da metafase, os centromeros duplicam-se e se afastam. As cromatides irmãs Sao separadas? Comprei uma revista que dizia exatamente o que esta aí em cima, mas assistindo alguns vídeos vejo que isto ocorre já na anafase.
    Estou muito confusa. Poderia me ajudar?

    • Prezada Larissa
      – A mitose costuma ser dividida em fases ou etapas, embora o processo seja, NATURALMENTE, CONTÍNUO. Dessa forma, as fases da mitose costumam ser denominadas prófase, metáfase, anáfase e telófase.
      – Leia os textos abaixo.
      I. Biologia Celular e Molecular – Harvey Lodish e colaboradores – 4ª edição – pag. 824.
      “… (d) Metáfase: Os cromossomos movimentam-se na direção do equador da célula, onde ficam alinhados no plano equatorial. As cromátides-irmãs não se separam ainda. Essa é a fase na qual são comumente realizados os estudos morfológicos dos cromossomos. (c) Anáfase: As duas cromátides-irmãs separam-se em cromossomos independentes. Cada cromossomo contém um centrômero que está ligado por uma fibra do fuso mitótico a um polo, para o qual se movimenta. …”.
      II. A Célula 2001 – Hernandes F. Carvalho e Shirlei M. Recco-Pimentel – 1ª Edição – pag. 236.
      “… Metáfase: nesta fase, os cromossomos estão todos alinhados na região equatorial da célula, formando a placa metafásica. … Anáfase: as cromátides irmãs, que estavam alinhadas na placa metafásica, separam-se uma das outras e são puxadas para polos opostos da célula. …”
      III. Sonia Lopes – BIO 1 – pag. 255.
      “… A anáfase inicia-se com a separação dos centrômeros e consequente separação das cromátides-irmãs, que passam a ser chamadas cromossomos-irmãos. …”
      IV. Biologia das Células 1 – José Mariano Amabis e Gilberto Rodrigues Martho – pag. 181.
      “… A metáfase ……. Formada a placa equatorial, entra em ação uma enzima cuja função é degradar as coesinas que mantêm as cromátides-irmãs unidas entre si, possibilitando sua separação. ….”
      V. Biologia das Células 1 – José Mariano Amabis e Gilberto Rodrigues Martho – pag. 182.
      “… A anáfase … é a fase em que as cromátides-irmãs de separam, puxadas para polos opostos…. “
      VI. Molecular Biology of The Cell – Bruce Alberts et all. – Third Edition – pag.864.
      “… called metaphase, in which the chromosomes, already duplicated, are aligned on the mitotic spindle, poised for segregation. The separation of the duplicated chromosomes marks the beginning of anaphase, during which the chromosomes move to the poles of the spindle, …”.
      – Do exposto, pode-se deduzir que no final da metáfase, tem início a duplicação dos centrômeros, fato que acarreta a separação das cromátides-irmãs que irão constituir os cromossomos irmãos (cromossomos filhos). Alguns autores, entretanto, consideram que a anáfase começa pela a duplicação dos centrômeros, libertando as cromátides-irmãs. Como se trata de um processo contínuo, como mencionamos acima, é difícil determinar, com exatidão, quando termina a metáfase e quando tem início a anáfase.
      Um abraço
      Djalma Santos

  4. Professor tenho uma duvida aqui, na questao 5 a resposta apontada como correta eh a ”E”, mas no periodo de interfase o que duplica é a carga de DNA, assim sendo a celula quando tratada com a colchicina nao duplica cromossomo, a resposta deveria ser letra ”A”, ela possui 8 cromatides e nao 8 cromossomos.

    • UNIFESP-2007)
      05. (UNIFESP) Certos fármacos, como a colchicina, ligam-se às moléculas de tubulina e impedem que elas se associem para formar microtúbulos. Quando células em divisão são tratadas com essas substâncias, a mitose é interrompida na metáfase. Células contendo dois pares de cromossomos homólogos foram tratadas com colchicina, durante um ciclo celular. Após o tratamento, essas células ficaram com:
      a) Quatro cromossomos.
      b) Dois cromossomos.
      c) Seis cromossomos.
      d) Dez cromossomos.
      e) Oito cromossomos.
      Prezado Magno
      A colchicina interrompe a divisão das células animais e vegetais in vitro e in vivo. A mitose é interrompida na metáfase, devido à impossibilidade de formar fusos atuantes. No entanto, as cromátides irmãs dos cromossomos duplicados se dividem, o que deixa a célula tetraploide (no caso da questão, com 8 cromossomos), pois não ocorre a divisão celular. Na divisão celular, os microtúbulos atuam, graças ao seu encurtamento, na migração dos cromossomos, após a duplicação dos centrômeros, para os polos opostos. A colchicina tem sido muito usada, particularmente, nos vegetais, para duplicar o número de cromossomos. Tratamento de pontas de raiz por 12, 24 e 48 horas, por exemplo, levam à obtenção de células autopoliploides.
      Um abraço
      Djalma Santos

  5. por gentileza, o senhor poderia me explicar como a questão 35 a alternativa correta é a letra b?

    • Prezada Letícia
      Ver resposta ao comentário de Newton no dia 15.09.2013 às 22:31.
      Um abraço
      Djalma Santos

  6. oi gostaeria de saber a justificativa da resposta da questão 27??

    • Cara Gabriela
      * 1 é anáfase (migração dos cromossomos para os polos da célula).
      * 2 é metáfase (disposição dos cromossomos no “equador” da célula).
      * 3 é telófase (chegada dos cromossomos aos polos da célula). A citocinese (divisão citoplasmática), levará à formação de duas células filhas.
      * “….fases estão ordenadas corretamente:”): 2 (metáfase) – 1 (anáfase) – 3 (telófase).
      – ALTERNATIVA C.
      Um abraço
      Djalma Santos

    • 27. (FEI-SP) Alguns seres vivos reproduzem-se assexuadamente. Uma forma de reprodução rápida e fácil. A desvantagem desse modo de reprodução é que:
      a) Não cria variação genética.
      b) Cria variação genética.
      c) “Consome” energia.
      d) Os descendentes não são duplicatas dos pais.
      e) Os descendentes só se reproduzem sexuadamente.
      Prezada Vitória
      * A reprodução assexuada é individual (requer apenas um progenitor), não exige a presença de gametas e os descendentes são, geneticamente, iguais entre si e ao original (“clones”). Isto constitui, certamente, a desvantagem desse processo, pois não promove recombinação ou variabilidade das espécies, salvo em caso de mutação.
      Um abraço
      Djalma Santos

  7. Professor,
    Por favor, me explica a questão 24

    • Yasmin
      24. (PUC-CAMPINAS) Uma plântula de Vicia faba foi colocada para crescer em meio de cultura onde a única fonte de timidina (nucleotídeo com a base timina) era radioativa. Após um único ciclo de divisão celular foram feitas preparações citológicas de células da ponta da raiz, para a análise da radioatividade incorporada (auto-radiografia). A radioatividade será observada em:
      a) Ambas as cromátides dos cromossomos metafásicos.
      b) Todas as proteínas da célula.
      c) Todas as organelas da célula.
      d) Somente uma das cromátides de cada cromossomo metafásico.
      e) Todos os ácidos nucleicos da célula.
      – Segundo a teoria uninêmica, cada cromossomo, não duplicado, é formado por uma única molécula de DNA.
      – Durante a duplicação do DNA (ver DUPLICAÇÃO DO DNA, matéria publicada neste blog no dia 31/10/2010), cada DNA filho apresenta uma cadeia original e outra recém-sintetizada (processo de duplicação semiconservativo). Como a planta cresceu em meio de cultura onde a única fonte de timidina era radiativa, como consta no enunciado, a cadeia recém-sintetizada (cadeia nova) se apresenta radioativa. Dessa forma, ambas as cromátides apresentam DNA dotado de radioatividade, ou seja, a radioatividade será observada em ambas a cromátides dos cromossomos metafásicos (ALTERNATIVA A).
      Um abraço
      Djalma Santos.

  8. Professor, qual a resolução justificada da questão 30?

    • 30. (FUVEST) Em certa linhagem celular, o intervalo de tempo entre o fim de uma mitose e o fim da mitose seguinte é de 24 horas. Uma célula dessa linhagem gasta cerca de 12 horas, desde o início do processo de duplicação dos cromossomos até o início da prófase. Do fim da fase de duplicação dos cromossomos até o fim da telófase, a célula gasta 3 horas e, do inicio da prófase até o fim da telófase, ela gasta 1 hora. Com base nessas informações e nos seus conhecimentos sobre mitose assinale a alternativa correta:
      a) A duração da interfase é de 21 horas.
      b) A duração do período G1 é de 12 horas.
      c) A duração do período S é de 10 horas.*
      d) A duração do período G2 é de 3 horas.
      e) A duração da mitose é de 2 horas.
      Prezada Sofia
      * Veja, a seguir, a resolução da questão 30, que você solicitou.
      * Com base nos dados acima, podemos concluir que no ciclo celular referido, o tempo de cada etapa é o seguinte:
      – Mitose: 01 hora. Ver enunciado (“… do inicio da prófase até o fim da telófase, ela gasta 1 hora. …”).
      – G1: 11 horas [23 horas (interfase) – 10 horas (S) – 02 horas (G2), como veremos a seguir].
      – S: 10 horas
      – G2: 02 horas
      – Interfase: 23 horas [ 24 horas (ciclo celular) – 01 hora (mitose)].
      – Ciclo celular: 24 horas. Ver enunciado (“ … o intervalo de tempo entre o fim de uma mitose e o fim da mitose seguinte é de 24 horas. …”).
      JUSTIFICATIVA
      – A célula gasta 12 horas, desde o inicio do processo de duplicação dos cromossomos [duplicação dos DNAs (período S)] até o inicio da prófase, como consta no enunciado. Ela gasta, portanto, 12 horas em S e G2, que procede S.
      – Do final da fase de duplicação dos cromossomos (duplicação dos DNAs), que corresponde ao início de G2, até o fim da telófase, a células gasta 03 horas, como consta no enunciado. Assim sendo, G2 e mitose levam 03 horas.
      – Em função de ela gastar 01 hora do inicio da prófase até o final da telófase (mitose), como consta no enunciado, o período G2 ocorre em 02 horas [03 horas (G2 + mitose) – 01 hora (mitose)].
      – Como S e G2 gastam 12 horas e, G2 gasta 02 horas, S gasta 10 horas [12 (S e G2) – 02 horas (G2)].
      – ALTERNATIVA A (“A duração da interfase é de 21 horas.”) – INCORRETA
      * A duração da interfase é de 23 horas.
      – ALTERNATIVA B (“A duração do período G1 é de 12 horas.”) – INCORRETA
      * A duração de G1 é de 11 horas [23 horas (interfase) – 10 horas (S) – 2 horas (G2)].
      – ALTERNATIVA C (“A duração do período S é de 10 horas.”) – CORRETA
      * Ver justificativa acima.
      – ALTERNATIVA D (“A duração do período G2 é de 3 horas.”) – INCORRETA
      * A duração de G2 é de 2 horas.
      – ALTERNATIVA E (“A duração da mitose é de 2 horas.”) – INCORRETA
      * A duração da mitose é de 1 hora.
      Um abraço
      Djalma Santos

  9. Professor, poderia justificar a resolução da questão 29? Muitíssimo grato.

    • 29. (UFC) As especializações das células das plantas estão sempre associadas à estrutura das paredes celulares. Assim, nos diferentes tecidos vegetais, as células têm paredes de espessura e composição química variadas. No final da mitose, na região central da célula, inicia-se a formação de lamelas para originar a parede celular. A organela celular responsável por essa formação é o:
      a) Aparelho de Golgi.*
      b) Retículo endoplasmático.
      c) Cloroplasto.
      d) Vacúolo.
      e) Lisossomo.
      Prezado Lucas
      ALTERNATIVA CORRETA: A (“Aparelho de Golgi.”)
      JUSTIFICATIVA
      – Aparelho de Golgi (complexo golgiense, complexo de Golgi ou sistema golgiense, desprovido de ribossomos, consiste de sáculos membranosos, achatados e empilhados, de cuja periferia se originam vesículas, por brotamento. Cada uma dessas pilhas, denominada dictiossomo, golgiossomo ou sáculo lameliforme, é semelhante em células animais e vegetais. Ele atua na modificação, na concentração e no empacotamento, em pequenas vesículas, de algumas substâncias produzidas no retículo endoplasmático rugoso. As vesículas que brotam dos golgiossomos têm três destinos principais: (a) formar os lisossomos, que permanecem no interior da célula, atuando na digestão intracelular; (b) fundir-se à membrana plasmática, incorporando, nessa membrana, as proteínas contidas no seu interior. Deve aqui ser ressaltado que, na membrana plasmática, também existem proteínas sintetizadas nos polissomos do citosol; (c) fundir-se à membrana plasmática, lançando seus conteúdos para fora da célula, como no caso das enzimas digestivas sintetizadas e eliminadas por células do sistema digestório. No que concerne à estrutura, o complexo golgiense apresenta-se formado por pilhas de seis a vinte sáculos achatados (cisternas ou sáculos de Golgi), limitados por membranas. Das bordas desses sáculos, brotam vesículas que são liberadas para as proximidades. Essas vesículas, de acordo com a função realizada pela célula em que se encontram, contêm, em seu interior, diferentes compostos, como hormônios e secreções outras. O complexo golgiense é estrutural e bioquimicamente polarizado, apresentando duas faces distintas: a cis (formativa ou proximal) e a trans (de maturação ou distal). A face cis fica voltada para o retículo endoplasmático rugoso, possui membranas mais delgadas que a trans, sendo a face através da qual as proteínas sintetizadas por esse retículo penetram no complexo de Golgi. A trans, por seu turno, é voltada para a membrana plasmática, apresenta membranas mais espessas, sendo a face através da qual brotam as vesículas secretoras e os lisossomos.
      – Entre as funções do complexo de Golgi, destacamos:
      I. Secreção celular.
      II. Formação do acrossomo: estrutura situada na “cabeça” do espermatozoide que contém uma grande quantidade de enzimas digestivas, cuja função de “perfurar” as membranas do óvulo por ocasião da fecundação.
      III. Formação da lamela média em células vegetais: estrutura composta basicamente por substâncias pécticas que se situa entre as paredes de células adjacentes.
      IV. Formação do lisossomo: a partir do complexo de Golgi, formam-se os lisossomos, que são vesículas repletas de enzimas digestivas, como vivos acima.
      V. Glicolização de proteínas e lipídios: no interior do complexo de Golgi, os glicídios se associam a determinadas proteínas e a certos lipídios formando, respectivamente, glicoproteínas e glicolipídios que integram as membranas celulares.
      Um abraço
      Djalma Santos

  10. Prof não entendi a questão 18 sobre mitose. Pode me dar uma explicação do porque a variação não compreende duplicação, ou seja, aumento do teor de dna? att,

    • Cara Erika
      Veja, abaixo, a explicação que você solicitou.
      ALTERNATIVA CORRETA: E (“4 – 5”)
      O ciclo celular compreende os processos que ocorrem desde a formação de uma célula até sua própria divisão, originando as células filhas. É, portanto, o conjunto de interfase (G1, S e G2) mais divisão celular (prófase, metáfase, anáfase e telófase) e nele ocorrem o crescimento celular, a duplicação do DNA e a divisão celular propriamente dita.
      ALTERNATIVA A: (“1 – 2.”) – INCORRETA
      * 1-2: G1 (interfase).
      ALTERNATIVA B: (“2 – 3.”) – INCORRETA
      * 2 – 3: S (duplicação do DNA) (interfase).
      ALTERNATIVA C: (“1 – 3.”) – INCORRETA
      * 1 – 3: G1 e S (duplicação do DNA) – INTERFASE.
      ALTERNATIVA D: (“3 – 4.”) – INCORRETA
      * 3 – 4: G2 (interfase).
      ALTERNATIVA E: (“4 – 5.”) – CORRETA
      * 4 – 5: corresponde, realmente, à mitose (divisão equacional).
      – Como se pode constatar, a duplicação do DNA ocorre no periodo S e não durante a mitose, como você sugere (“… Pode me dar uma explicação do porque a variação não compreende duplicação, ou seja, aumento do teor de dna? … “)
      Um abraço
      Djalma Santos

  11. Prof Djalma, qual a resolução da questão 9? Eu assinalei b) 2 e 4, considerando que haviam dois picos de duplicação de DNA e dois de citocinese, mas a correta é d) 4 e 16. Eu não consegui chegar a essa conclusão, poderiam ser os 4 picos do gráfico 4 duplicações de DNA, afinal isso faria com que o a quantidade de DNA aumentasse, né? Porém não entendi o 16.
    Obrigada.

    • Luand
      ALTERNATIVA CORRETA: D (“4 e 16.”)
      JUSTIFICATIVA
      – Cada ciclo gera duas células (2 elevado à potência n, onde n representa o número de ciclo). Dessa forma, quatro ciclos (n = 4) produzem 16 células (2 elevado à quarta potência = 16).
      – OUTRA EXPLICAÇÃO:
      * Primeiro ciclo: 2 células.
      * Segundo ciclo: 4 células.
      * Terceiro ciclo: 8 células.
      * Quarto ciclo: 16 células.
      Um abraço
      Djalma Santos

  12. Professor, por gentileza, qual seria a justificativa correta para a questão 25?

    • Cara Vanise
      Veja, a seguir, a explicação que você solicitou.
      ALTERNATIVA CORRETA: A (“Duas células, cada uma portadora de metade do material genético que a célula-mãe recebeu de sua genitora e a outra metade, recém-sintetizada.”)
      JUSTIFICATIVA
      – Durante a mitose, ocorre a separação simétrica das cromátides irmãs. Cada célula filha recebe uma cópia dos cromossomos da célula mãe e, durante o período da interfase, ocorre a duplicação desses cromossomos. Cada cromossomo duplicado possui um filamento de DNA recebido da célula mãe e outro filamento complementar recém-sintetizado.
      – Não esqueça que segundo a teoria uninêmica, cada cromossomo não duplicado é formado por uma única dupla-hélice contínua de DNA.
      – Para maiores detalhes ver DUPLICAÇÃO DO DNA, CICLO CELULAR e MITOSE, matérias publicadas neste blog nos dias 31/10/2010, 13/08/2015 e16/09/2015, respectivamente.
      Djalma Santos

  13. Professor, por gentileza, qual seria a justificativa correta para a questão 42?

    • Gleyce
      ALTERNATIVA CORRETA: B (“3, 4, 2, 1.”)
      Ver MITOSE, matéria publicada neste blog no dia 16/09/2015.
      Djalma Santos

      • Poderia justificar a questão 42? Não estou conseguindo fazer uma justificativa!

      • Emanuelle
        Ver resposta ao comentário de Gleyce Esther, neste blog.
        Djalma Santos

  14. professor por gentileza qual a resposta de 28 ?

    • Jaiane
      Ver gabarito no final da publicação.
      Djalma Santos

  15. Professor, na questão 25, por que a alternativa B está errada e a A, correta? Grato desde já pela atenção!

    • ALTERNATIVA CORRETA: A (“Duas células, cada uma portadora de metade do material genético que a célula-mãe recebeu de sua genitora e a outra metade, recém-sintetizada.”)
      – Durante a mitose, ocorre a separação simétrica das cromátides irmãs. Cada célula filha recebe uma cópia dos cromossomos da célula mãe e, durante o período da interfase, ocorre a duplicação desses cromossomos. Cada cromossomo duplicado possui um filamento de DNA recebido da célula mãe e outro filamento complementar recém-sintetizado.
      – Não esqueça que segundo a teoria uninêmica, cada cromossomo não duplicado é formado por uma única dupla-hélice contínua de DNA.
      – Para maiores detalhes ver DUPLICAÇÃO DO DNA, CICLO CELULAR e MITOSE, matérias publicadas neste blog nos dias 31/10/2010, 13/08/2015 e16/09/2015, respectivamente.
      Djalma Santos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: