Publicado por: Djalma Santos | 23 de fevereiro de 2012

Falso “O” (fenótipo Bombaim ou efeito Bombaim)

Embora, a primeira vista, não pareça ser possível genitores “O” terem filhos A, B ou AB, isto pode ocorrer se os pais forem falso “O”, tipo sanguíneo presente em uma pequena porcentagem (menos que 1%) da população. A expressão dos genótipos do sistema sanguíneo ABO está relacionada com o lócus gênico denominado H, existente em um dos cromossomos, onde está o alelo H (funcional) ou h (não funcional). O alelo H (dominante) produz uma enzima (enzima H) que transforma uma substância precursora em antígeno H, que, por sua vez, é transformado em antígeno A ou B por ação, respectivamente, de enzimas sintetizadas sob o comando dos alelos IA ou IB. Sendo inativo, o alelo i não promove qualquer transformação no antígeno H, que, inalterado, permanece presente nas hemácias dos indivíduos do verdadeiro sangue tipo “O” (esquema abaixo).

01

O alelo h (recessivo), por outro lado, não tem esta capacidade em face de não produzir a enzima H, que transforma a substância precursora em antígeno H. Dessa forma, indivíduos HH ou Hh, que representam a quase totalidade da população humana, são capazes de expressar os genótipos IAIA ou IAi (sangue tipo A); IBIB ou IBi (sangue tipo B); e IAIB (sangue tipo AB). Indivíduos de composição genética hh (genótipo muito raro), por outro lado, são incapazes de promover essa transformação, não expressando, como consequência, os referidos genótipos, caracterizando, portanto, os falsos “O”. Nele é sempre manifestado um fenótipo do tipo “O”, independentemente do seu verdadeiro genótipo.

A denominação fenótipo Bombaim ou efeito Bombaim, se deve ao fato de ele ter sido observado pela primeira vez, em 1952, por Bhende e colaboradores, na cidade de Bombaim, Índia. Falsos “O” (hh), sempre identificados como do grupo “O”, através das técnicas tradicionais de determinação dos grupos sanguíneos, são, em última análise, indivíduos IAIA, IAi, IBIB, IBi ou IAIB desprovidos da enzima que transforma a substância precursora em antígeno H. Neste caso, os genes IA e IB ficam inoperantes, não sendo formados os antígenos A ou B, nos seus eritrócitos, mesmo que a pessoa tenha os genes IA e/ou IB, alelos referentes à síntese desses antígenos. Nessas técnicas, são determinadas a presença dos antígenos A e B.  Desse modo, nos indivíduos HH ou Hh, esses testes fornecem resultados corretos. O mesmo não ocorre com os indivíduos hh, que não formam os antígenos A ou B, mesmo que possuam os alelos IA e/ou IB.

O paciente que receber sangue contendo um antígeno que jamais esteve no seu próprio sangue  terá uma reação imune. Dessa forma, os indivíduos com o fenótipo Bombaim podem doar sangue para A, B ou AB (salvo se houver incompatibilidade em relação a outro fator sanguíneo, como o Rh). Eles não podem, entretanto, receber sangue de nenhuma outra pessoa do sistema ABO (cujo sangue contém sempre um ou mais antígenos A, B e H), inclusive do “O” verdadeiro, que não possui anticorpo anti-H. Receberão apenas sangue de indivíduos com o fenótipo de Bombaim. Assim sendo, esse fenótipo, que ocorre em uma frequência de 1 para 10.000 indivíduos na Índia e 1 para 1.000.000 na Europa, podendo variar sua frequência em populações específicas, constitui um problema sério para os homoterapeutas.

O teste para detectar se uma pessoa é realmente “O” ou falso “O” é feito aplicando-se o anticorpo anti-H em uma gota de sangue (figura abaixo). Se houver aglutinação, o indivíduo é um “O” verdadeiro (ii). Não ocorrendo aglutinação, ele é um falso “O”, podendo ser AIA, IAi, IBIB, IBi ou IAIB.

02.TESTE

O quadro a seguir mostra os diferentes genótipos e fenótipos relacionados com os loci ABO e H.

GENÓTIPOS

FENÓTIPOS

H_ IAIA ou H_ IAi

A

H_ IBIB ou H_ IBi

B

H_ IAIB

AB

H_ ii

O

hh ­_ _

Falso O

Anúncios

Responses

  1. Olá, fiquei com uma dúvida…então não necessariamente um falso O é ii? Quer dizer que ele poderá ter um filho A ou B por exemplo? Obrigado!

    • Caro Eduardo
      Para seu esclarecimento leia, mais uma vez, os trechos abaixo, constantes na matéria Falso “O” (fenótipo Bombaim ou efeito Bombaim), publicada neste blog em 23/02/2012.
      – “Falsos “O” (hh), sempre identificados como do grupo “O”, através das técnicas tradicionais de determinação dos grupos sanguíneos, são, em última análise, indivíduos IAIA, IAi, IBIB, IBi ou IAIB desprovidos da enzima que transforma a substância precursora em antígeno H.”
      – “Embora, a primeira vista, não pareça ser possível genitores “O” terem filhos A, B ou AB, isto pode ocorrer se os pais forem falso “O”,……”
      Seu professor de Biologia deve ter ministrado esse assunto em sala de aula. Se você ainda tiver dúvida, peça explicações a ele, que, com certeza, sabe muito bem o que é falso “O”.
      Um abraço
      Djalma Santos

  2. Olá!
    Parabéns pelo artigo, está muito interessante e esclarecedor. Queria partilhar convosco um caso que me é próximo.
    Os avós maternos do meu namorado eram ambos do tipo sanguineo O e tiveram não apenas um filho do tipo sanguineo B, mas todos os filhos que tiveram, ou seja 4!
    Saudações desde Portugal,

  3. Parabéns, gostei muito da sua explicação. Fez um ótimo trabalho!

  4. Boaa explicação espero tirar uma boa nota no trabalho

  5. Parabéns. As suas explicações sobre o efeito bombaim responderam dúvidas que tenho há mais de 20 anos, nunca tinha lido nada a respeito. Tenho uma filha AB+, sou B- e meu marido O+. Nunca consegui uma explicação para o tipo sanguínio dela. Também tenho um filho que é O+, depois das suas explicações vamos procurar um médico para que meu marido e meu filho façam o teste pra saber se o sangue deles é do tipo “O” falso. Muito obrigada.

  6. Muito boa sua explicação. A melhor que eu achei 😉

  7. ótimo artigo , parabéns pelo trabalho que vem realizado !

  8. Qual exame identifica se uma pessoa classificada tipo O tem o fenotipo Bombaim


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: