Publicado por: Djalma Santos | 5 de dezembro de 2012

Testes de botânica

01. (UNIMONTES) Os vegetais reagem a alguns estímulos do ambiente através de movimentos de partes do seu corpo. Esses movimentos são os tropismos e as nastias ou nastismos. A figura a seguir mostra um exemplo de nastismo na planta popularmente conhecida como sensitiva ou dormideira (Mimosa pudica) que, quando estimulada por um toque, dobra seus folíolos rapidamente.

01

Analise as afirmativas abaixo e assinale a que melhor justifica o dobramento dos folíolos da Mimosa pudica.

a) Entrada de íons potássio na célula por difusão.

b) Alteração no turgor de algumas células devido à perda de água.

c) Polarização das membranas celulares.

d) Aumento da pressão osmótica devido à entrada dos íons nas células.

02. (UPE)As afirmativas abaixo se referem a eventos comuns que são observados na reprodução das Angiospermas.  Analise-as.

I. O transporte do pólen até o estigma da própria flor ou de outras flores pode ser realizado por diversos tipos de agentes polinizadores, dependendo de processos adaptativos, que as plantas sofreram durante a evolução. Assim, flores polinizadas por animais, por exemplo, geralmente têm características que os atraem, como corola vistosa, glândulas odoríferas e produtoras de substâncias açucaradas.

II. Ocorrendo a polinização, o grão de pólen entra em contato com o estigma de uma flor reprodutivamente compatível, germina e forma o tubo polínico. Esse tubo cresce no interior do estilete, atinge o ovário e penetra no óvulo, através da micrópila.

III. No interior do tubo polínico, um dos núcleos espermáticos degenera, e o outro fecunda a oosfera, formando o zigoto (2n), que se desenvolverá, originando o embrião, o qual será nutrido através de um tecido triploide (3n), denominado de endosperma.

IV. Após a fertilização, o óvulo e o ovário serão modificados, originando a semente e o fruto, respectivamente. Nesse processo, as sinérgides e os núcleos polares se fundem, formando o tecido suspensor.

Somente está correto o que se afirma em:

a) I e II.

b) II e III.

c) III e IV.

d) I, II e III.

e) II, III e IV.

03. (UDESC) As primeiras plantas surgiram no mar e ao longo dos anos foram conquistando o ambiente terrestre. Assinale a alternativa correta quanto à evolução das plantas.

a) As angiospermas são plantas mais evoluídas que as gimnospermas; possuem flores típicas e carpelos que se fecham formando um vaso onde se desenvolvem as sementes. Após a fecundação, o fruto se desenvolve a partir de uma porção do carpelo.

b) As pteridófitas são plantas terrestres menos evoluídas que as briófitas; possuem várias características, como sementes e vasos condutores de seiva.

c) As gimnospermas são plantas mais evoluídas que as angiospermas; não possuem vasos condutores de seiva e suas sementes se desenvolvem em ambiente úmido.

d) As briófitas são plantas terrestres mais evoluídas que as pteridófitas; possuem vasos condutores de seiva, caule e raízes.

e) As gimnospermas são plantas mais evoluídas que as angiospermas; possuem duas classes: as monocotiledôneas, com um cotilédone na semente e as dicotiledôneas, com dois cotilédones na semente.

04. (UFRN) O palmito juçara é extraído do topo da palmeira Euterpe edulis Martius (parente do açaí), outrora abundante em toda a Mata Atlântica. Para essa extração é realizado um corte que produz um único rolo de palmito e é responsável pela parada de crescimento e morte da árvore. Uma alternativa para a produção comercial de palmito é a pupunha (Bactris gasipaes, Kunth), que, além de ser mais fácil de cultivar, diferente da juçara, é capaz de sobreviver à mutilação, fazendo brotar novos ramos. Essa limitação de sobrevivência da palmeira juçara ao corte se explica porque:

a) Na retirada do palmito do interior do caule, há comprometimento da condução da seiva.

b) Nessa planta, inexiste tecido de expansão celular além daquele encontrado no ápice do caule.

c) Em todas as palmeiras, não há folhas além daquelas localizadas no topo da planta.

d)Nessa espécie, a ausência de gemas laterais não permite a formação de novos ramos.

05. (UEG) Na maioria das plantas terrestres, a água é absorvida pelas raízes, deslocando-se pelo corpo do vegetal como ilustrado na figura a seguir.

05

A respeito das células e dos tecidos envolvidos no deslocamento da água, é correto afirmar:

a) Em 1, são encontradas células jovens, cujas paredes suberificadas favorecem a absorção por osmose da água do solo.

b) Em 2, são encontradas células de condução, cuja presença de parede celular secundária e ausência de protoplasto favorecem o transporte da água.

c) Em 3, são encontrados os estômatos, cuja principal função para a planta é a perda de água na forma de vapor.

d) Em 4, são encontradas células embrionárias, mitoticamente ativas, cujo intenso consumo hídrico irá determinar o deslocamento vertical da água na planta.

06. (URCA)Pontas de raízes são utilizadas para o estudo dos cromossomos de plantas por apresentarem células:

a) Em processo de divisão mitótica.

b) Com cromossomos gigantes do tipo politênico.

c) Porque e fácil observar as mitocôndrias.

d) O nucléolo é bem desenvolvido.

e) Em processo de diferenciação.

07. (UFTM) Um grupo de alunos separou todas as sementes de uma melancia, contabilizando 300 sementes.

07

Considerando que todas as sementes continham embriões e tecidos nutritivos, pode-se afirmar corretamente que o número de núcleos masculinos que participaram da formação de todas essas sementes foi:

a) 2.

b) 150.

c) 300.

d) 600.

e) 1 800.

08. (URCA)Monocotiledôneas e dicotiledôneas, quanto as suas características morfológicas, podem ser diferenciadas:

I. Pelo tipo de clima onde se desenvolvem.

II. Pelas características das folhas, dos caules e flores.

III. Pela estrutura da raiz.

Quais estão corretas?

a) Apenas I.

b) Apenas II.

c) Apenas III.

d) Apenas II e III.

e) I, II e III.

09. (UFOP) Observe esquema abaixo:

09

Assinale a alternativa correta:
a) O pericarpo do fruto obtido pela aplicação de AIA é haploide.
b) A aplicação de AIA nas flores induz a formação de frutos partenocárpicos.
c) O AIA substitui os grãos de pólen, realizando também a fecundação.
d) A espécie usada no experimento poderia ser uma gimnosperma.
e) O experimento não procede, visto que o AIA não tem essa propriedade.

10. (UNICENTRO) O conjunto de processos e eventos que levam um organismo multicelular a atingir o tamanho e a forma típica da espécie constitui o desenvolvimento. Na maioria das plantas vasculares, o desenvolvimento origina um organismo constituído por três partes básicas: raiz, folhas e caule.

(AMABIS;MARTHO, 2004, p. 180-190).

Com base nos conhecimentos sobre raiz, caule e folhas de uma típica angiosperma é correto afirmar:

a) A coifa é a extremidade da raiz composta por hidatódios em sua epiderme, o que lhe confere uma consistência gelatinosa com função de proteção do meristema fundamental.

b) Rizomas são caules subterrâneos que acumulam substâncias nutritivas e, quando o material é acumulado em certas regiões do rizoma se formam tubérculos, como na batata-inglesa.

c) O sistema radicular pivotante, típico das monocotiledôneas, é formado por raízes finas, com diâmetro constante ao longo do seu comprimento e que se originam diretamente do caule.

d) Estômatos são pelos presentes na epiderme foliar que formam um microambiente úmido, reduzindo a perda de água pela folha.

e) Acúleos são folhas modificadas, resistentes, que possuem ponta afiada, apresentam função de proteção e reserva de água, são formados a partir da gema axilar, sendo, por isso, difíceis de ser destacados da planta.

11. (UEPG) Os mecanismos de absorção e transporte são extremamente importantes para a fisiologia das plantas. Nesse contexto, assinale o que for correto.

I   II

0  0 – Em plantas pequenas, o excesso de água empurrado pela pressão da raiz pode ser facilmente eliminado por meio dos pelos absorventes das raízes.

1  1 – As raízes realizam duas funções principais, fixação da planta ao substrato e absorção de água e sais minerais.

2 2 – A seiva bruta circula pelos vasos do floema, que formam feixes contínuos de tubos capilares das folhas até as raízes.

3 3 – Nas plantas da família das crassuláceas, a exemplo do abacaxi, encontra-se uma adaptação bioquímica que ajuda a eliminar água em climas quentes e secos.

4  4 – No mesófilo da folha, a fotossíntese produz glicose e outros glicídios. Nessas células forma-se a sacarose. A sacarose é o açúcar a ser transportado pelo floema.

12. (UNIOESTE) Identifique a alternativa que evidencia adaptações que permitem ao vegetal desempenhar funções importantes.

a) Folhas com parênquima aerífero são próprias de vegetais terrestres que vivem em ambientes secos e/ou salinos.

b) Folhas com parênquima aquifero são próprias de vegetais aquáticos e auxiliam na flutuação.

c) Pneumatódios são adaptações especiais características dos cactos e auxiliam na sua sobrevivência em regiões áridas.

d) Em busca de luz, as orquídeas e bromélias parasitam a copa das arvores, utilizando os hidatódios para sugar a seiva de seus galhos.

e) Brácteas são adaptações presentes nas bases das flores, que podem ser coloridas, atuando como atração de insetos e pássaros.

13. (UPE)As angiospermas compreendem uma ampla diversidade de plantas; os dois maiores grupos que asconstituem correspondem às monocotiledôneas e às eudicotiledôneas, os quais são distintos por diversas características. O quadro abaixo mostra, de forma aletória, características que são observadas frequentementeem um ou outro grupo.

I. Raiz axial.II. Pólen monoaperturado (possui um poro ou sulco).III. Folhas com nervuras paralelas.IV. Flores terâmeras ou pentâmeras.V. Vasos de condução ordenados regularmente.

Assinale a alternativa que indica características que estão presentes apenas nas Monocotiledôneas.

a) I, II, III e IV.

b) II e III.

c) II, III e IV.

d) III, IV e V.

e) IV e V.

14. (UENP) O clima do bioma cerrado é caracterizado por altas temperaturas e alto nível de insolação durante todo o ano, com uma estação chuvosa e uma, frequentemente, forte estação seca. As folhas das plantas do cerrado apresentam modificações morfoanatômicas que as tornam mais adaptadas a esse clima. Assinale a alternativa que não contém adaptações morfoanatômicas foliares à alta temperatura, insolação e seca.

a) Ausência de estômatos.

b) Cutícula bem desenvolvida.

c) Parênquima lacunoso pouco desenvolvido.

d) Menor área foliar.

e) Abundância de tricomas.

15. (URCA) A folha foi um avanço evolutivo que permitiu aos vegetais o domínio do ambiente terrestre. Ao longo do tempo sofreu as mais variadas modificações para que certas espécies possam competir e ocupar os mais variados nichos. Abaixo temos exemplos de várias modificações foliares, exceto:

a) Espinhos de mandacaru.

b) Estípulas.

c) Catáfilos.

d) Brácteas.

e) Espinhos de laranjeira.

16. (UDESC) Analise as proposições abaixo, em relação à fisiologia vegetal:

I. O estômato é formado por duas células clorofiladas que são chamadas de células-guarda. Elas possuem o formato de rins.

II. As células do parênquima clorofiliano, quando perdem água, começam a secretar o ácido abscísico, que é um hormônio inibidor do transporte ativo de íons potássio, promovendo o fechamento dos estômatos.

III. Os estômatos das folhas devem estar fechados para que a planta realize uma boa fotossíntese. Assim, as folhas ficam menos concentradas e, por osmose, absorvem água por transpiração.

IV. A absorção de energia luminosa é um dos fatores que estimula o transporte ativo de íons de potássio que se acumulam na célula, permitindo a abertura dos estômatos.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I, III e IV são verdadeiras.

b) Somente as afirmativas II e III são verdadeiras.

c) Somente as afirmativas II, III e IV são verdadeiras.

d) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras.

e) Somente as afirmativas I, II e IV são verdadeiras.

17. (UFRN) Um fato pouco conhecido é o de que morcegos podem ser utilizados como auxiliares na recuperação de áreas florestais devastadas. Pesquisadores têm construído ninhos artificiais de morcegos em áreas desmatadas, na América Latina (www.sciencedaily.com).

A ideia dos pesquisadores pode ser explicada pelo fato de esses morcegos:

a) Alimentarem-se de néctar, que os torna agentes polinizadores.

b) Serem capazes de dispersar sementes com o batimento de suas asas.

c) Emitirem sons que lhes permitem localizar insetos frugívoros.

d) Formarem ninhos utilizando espécies raras de plantas.

18. (FUVEST) As afirmações abaixo se referem a características do ciclo de vida de grupos de plantas terrestres: musgos, samambaias, pinheiros e plantas com flores.

I. O grupo evolutivamente mais antigo possui fase haploide mais duradoura do que fase diploide.

II. Todos os grupos com fase diploide mais duradoura do que fase haploide apresentam raiz, caule e folha verdadeiros.

III. Os grupos que possuem fase haploide e diploide de igual duração apresentam, também, rizoides, filoides e cauloides (ou seja, raiz, folha e caule não verdadeiros).

Está correto apenas o que se afirma em:

a) I.

b) II.

c) III.

d) I e II.

e) II e III.

19. (URCA) O anterozoide, gameta masculino dos vegetais, variou de formato e morfologia à medida que grupos de plantas foram surgindo a partir do siluriano, devoniano, permiano e finalmente o triássico, períodos de diversificação das plantas que saíram das águas e iniciaram a colonização dos continentes. Observando o esquema a seguir, representativo das variações morfológicas do gameta masculino nos vegetais, assinale a opção correta:

19

a) A forma do gameta I só ocorre nos animais e pteridófitas.

b) A estrutura dos gametas II e III são exclusivos das clorófitas e briófitas.

c) A estrutura IV ocorre em vegetais com flores.

d) As estruturas I, II e III independem de água para o processo de fecundação.

e) A estrutura IV é uma representação do gameta masculino dos fungos.

20. (UFPR) Imagine que você tenha recebido do seu nutricionista a seguinte recomendação para uma dieta: ingerir diariamente uma porção de tubérculos, raízes tuberosas, folhas verdes, frutos do tipo baga e sementes do tipo cariopse. Qual das alternativas abaixo apresenta os vegetais que atendem a dieta indicada?

a) Batata, cenoura, espinafre, uva e milho.

b) Beterraba, rabanete, couve-flor, abacate e arroz.

c) Mandioca, cebola, couve, pêssego e semente de girassol.

d) Nabo, alho, brócolis, tomate e amendoim.

e) Batata-doce, alface, rúcula, acerola e ervilha.

21. (UEM) No que se refere aos órgãos vegetativos e reprodutivos que compõem o vegetal, é corretoafirmar que:

I  II

0  0 – Os caules encontrados no abacateiro, na palmeira, no milho e no feijão são classificados, respectivamente, de haste, tronco, colmo e estipe.

1  1 – Quando outras partes da flor, que não o ovário, acumulam substâncias nutritivas após a fecundação, tornando-se carnosas e comestíveis, tem-se o pseudofruto.

2  2 – Os tecidos do vegetal constituídos por células vivas, com paredes finas que podem realizar funções como fotossíntese, são os parênquimas.

3  3 – Os frutos carnosos são aqueles que apresentam pericarpo suculento, dentre eles, citam-se o legume e a sâmara.

4  4 – Estômatos são estruturas responsáveis pelas trocas gasosas encontradas no tecido de revestimento das folhas, raízes e caules com crescimento secundário.

22. (UENP) “As plantas, como todos os seres vivos, possuem ancestrais aquáticos. A história da evolução das plantas, portanto, está inseparavelmente relacionada com a ocupação progressiva do ambiente terrestre e o aumento da sua independência da água para a reprodução”.

(HAVEN, 2001).

Sobre a evolução dos vegetais, correlacione os grupos com suas características.

GRUPOS

I. Briófitas.

II. Pteridófitas.

III. Gimnospermas.

IV. Angiospermas.

CARACTERÍSTICAS

(   ) Presença de tecidos de condução.

(   ) Gametófito duradouro.

(   ) Fechamento da folha carpelar, formando fruto.

(   ) Sementes expostas em flores primitivas.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta.

a) I, II, III e IV.

b) I, III, II e IV.

c) II, III, IV e I.

d) II, I, IV e III.

e) II, I, III e IV.

23. (FEI) Para reduzir os custos e fugir da dependência dos combustíveis fósseis, muitos especialistas sugerem o uso de óleo extraído das sementes oleaginosas. Assinale a alternativa que possui somente plantas com sementes oleaginosas:

a) Feijão, soja, abacate, arroz.

b) Arroz, feijão, ervilha, soja.

c) Mamona, abacate, girassol, soja.

d) Ervilha, maçã, abacate, feijão.

e) Mamona, feijão, girassol, arroz.

24. (UEG) No processo evolutivo das plantas, algumas estruturas adaptativas foram essenciais para garantir a sobrevivência nos diferentes locais em que elas são encontradas. São exemplos dessas estruturas:

a) Acúleo e bulbo.

b) Espinho e catáfilo.

c) Cladódio e gavinha.

d) Haustório e pneumatóforo.

25. (UFT) Analise a figura abaixo:

25

Identifique as partes florais e marque a opção correta:

a) I – gineceu; II – androceu; III – cálice; IV – corola.

b) I – androceu; II – gineceu; III – cálice; IV – corola.

c) I – gineceu; II – androceu; III – corola; IV – cálice.

d) I – cálice; II – corola; III – androceu; IV – gineceu.

d) I – corola; II – cálice; III – gineceu; IV – androceu.

26. (UCPel) A gutação é um fenômeno observado pela manhã na extremidade das folhas dos vegetais, sendo realizado por estômatos modificados denominados:

a) Plasmodesmos.

b) Cromoplastos.

c) Hidatódios.

d) Lenticelas.

e) Traqueídes.

27. (UEL) Analise a figura a seguir e responda esta questão.

27

A obra A flor do mangue faz alusão às plantas de hábito arbóreo típicas do mangue. Com base nos conhecimentos sobre essas plantas, considere as afirmativas a seguir.

I. Possuem raízes escoras como adaptação ao solo instável para a sustentação do vegetal.

II. Suas raízes realizam trocas gasosas diretamente com o ambiente aéreo como adaptação a um solo pobre em oxigênio.

III. Possuem raízes com baixo potencial osmótico de sucção celular, gastando energia para absorver água do solo salgado.

IV. Suas raízes possuem orifícios, denominados pneumatódios para realizar a absorção e excreção de sais.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I e II são corretas.

b) Somente as afirmativas I e III são corretas.

c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.

d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.

e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

28. (UECE) Nas plantas, as folhas são os órgãos responsáveis pela fotossíntese e pelas trocas gasosas com o meio em que vivem. Relacione as características da primeira coluna com as possíveis vantagens obtidas pelos vegetais, em função das adaptações foliares, listadas na segunda coluna.

1a COLUNA 2a COLUNA
1. Epiderme revestida por cutícula. a. Aumento da superfície de absorção de luz e de CO2.
2. Estômatos presentes em maior quantidade na epiderme superior da folha. b. Diminuição da perda de água pelo vegetal.
3. Parênquima lacunoso. c. Melhor eficiência na circulação interna dos gases.
4.Morfologia laminar. d. Maior eficiência das trocas gasosas em plantas aquáticas.

Assinale a alternativa que contempla corretamente a associação entre a primeira e a segunda coluna.

a) 1-b; 2-d; 3-c; 4-a.

b) 1-d; 2-b; 3-a; 4-c.

c) 1-b; 2-a; 3-c; 4-d.

d) 1-d; 2-c; 3-a; 4-b.

29. (PUC-RIO) Ao longo da evolução dos organismos, a meiose e a fecundação ocorreram em diferentes fases do ciclo de vida dos organismos. Quanto ao ciclo de vida de alguns grupos de plantas, é correto afirmar:

a) Nas briófitas, o esporófito é dominante, e o gametófito é dependente nutricionalmente do esporófito.

b) Nas pteridófitas, o gametófito é dominante, e o esporófito é dependente nutricionalmente do gametófito.

c) Em angiospermas, o gametófito é extremamente reduzido e dependente nutricionalmente do esporófito e desenvolve-se no interior da flor no rudimento seminal (óvulo).

d) Em gimnospermas, o esporófito é extremamente reduzido e dependente nutricionalmente do gametófito e desenvolve-se geralmente nos estróbilos.

e) Nas angiospermas e nas gimnospermas, o gametófito é reduzido e independente nutricionalmente do esporófito.

30. (FEI) A estrutura reprodutiva que se desenvolve a partir do óvulo fecundado, a qual contém um embrião em repouso e reservas de alimento, denomina-se:

a) Espermatófitas.

b) Xilema.

c) Endosperma.

d) Gimnosperma.

e) Semente.

31. (UNICENTRO) O esquema abaixo ilustra a evolução das plantas a partir de uma alga ancestral. Os números 1, 2, 3 e 4 representam características ou aquisições evolutivas dos grupos vegetais correspondentes.

(LOPES, 2011).

31

Com base nas informações apresentadas e em uma análise cuidadosa desse esquema, é correto afirmar, exceto:

a) 1 apresenta o gametófito como fase predominante em seu ciclo de vida.

b) 2 indica um ancestral que apresenta como aquisição vasos condutores de seiva.

c) Somente a partir de 4 surgem as fanerógamas, que independem da água para a fecundação.

d) Para o grupo que se origina a partir de 4, ocorre uma grande diversificação dos processos de polinização e dispersão das sementes.

e) 3 representa uma inovação evolutiva das gimnospermas, em relação às pteridófitas.

32. (COVEST) Na figura a seguir, ilustra-se a formação do saco embrionário em uma angiosperma. Com relação a esse assunto, analise as proposições abaixo.

32

I   II

0  0 – O megasporângio (1), 2n, que é envolvido por dois tegumentos, tem dentro dele uma célula-mãe de esporo.

1  1 – A célula ilustrada (2) sofre mitose e origina quatro megásporos, (2n), cada um dos quais se tornará um megásporo funcional (3).

2 2 – A célula ilustrada em (4) sofre duas divisões consecutivas, uma mitose (5) e uma meiose (6), e origina o saco embrionário (7).

3 3 – Dentro do saco embrionário, há duas células antípodas (8), que ladeiam o óvulo e lhe dão suporte, e duas sinérgides (9).

4 4 – Ilustrados em (10), têm-se três núcleos polares (n), os quais participarão da formação de um tecido 3n do endosperma.

33. (UFAM) Qual estrutura abaixo não está presente em plantas angiospermas:

a) Cálice.

b) Corola.

c) Estróbilo.

d) Antera.

e) Carpelo.

34. (URCA)A presença de tecidos verdadeiros nos vegetais foi o passo evolutivo definitivo para que esse grupo de seres vivos conquistasse definitivamente o ambiente terrestre, em todos os aspectos. A ocorrência de tecidos é evidenciada em:

a) Carófitas, briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas.

b) Briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas.

c) Pteridófitas, gimnospermas e angiospermas.

d) Gimnospermas e angiospermas, apenas.

e) Apenas em angiospermas.

35. (UFPR) A palmeira juçara (Euterpe edulis) é típica da área de mata atlântica e intensamente explorada ilegalmente para a produção de palmito, estando por isso ameaçada de extinção. Com base nos conhecimentos de botânica sobre essa espécie é correto afirmar:

a) A palmeira pertence ao grupo das Gymnospermas, por não produzir flores, apenas estróbilos.

b) A dispersão da espécie depende da zoocoria, que consiste no consumo de seus frutos por animais.

c) A parte mais consumida, denominada de palmito, corresponde às folhas desenvolvidas no ápice da planta.

d) Seu parente próximo, a palmeira-açai (Euterpe oleraceas), é da mesma família botânica, porém de gênero e espécie distintos.

e) A palmeira juçara é denominada espécie clímax por ser fonte alimentar para inúmeras espécies de animais.

36. (UNIOESTE) As gramíneas e leguminosas representam fontes de carboidratos e de proteínas. Estas culturas são produzidas em várias regiões do Brasil e são base da alimentação humana. Assinale a alternativa que representa somente espécies alimentícias leguminosas na Coluna I e gramíneas na Coluna II.

COLUNA I COLUNA II
a Feijão, soja, amendoim Arroz, milho, trigo
b Trigo, cevada, aveia Soja, lentilha, amendoim
c Soja, arroz, aveia Lentilha, trigo, ervilha
d Lentilha, ervilha, amendoim Arroz, feijao, milho
e Lentilha, ervilha, milho Aveia, cevada, centeio

37. (UFJF) As briófitas ocorrem, principalmente, em ambientes úmidos, porque:

a) Não têm estruturas para evitar a transpiração intensa.

b) São plantas de grande porte.

c) Apresentam tecido vascular desenvolvido.

d) Fazem fotossíntese sem cloroplastos.

e) Apresentam dominância do esporófito no ciclo de vida.

38. (UEMA) Nas angiospermas, a maioria das flores apresenta tanto o androceu quanto o gineceu, sendo denominadas flores monóclinas. Com o fim de dificultar a autofecundação, e assim propiciar a fecundação cruzada, essas flores desenvolveram alguns mecanismos, entre eles a dicogamia, que corresponde à (ao):

a) Incompatibilidade entre pólen e gineceu, não ocorrendo germinação do grão de pólen na própria flor.

b) Barreira física que impede a queda do pólen no estigma da mesma flor.

c) Amadurecimento do androceu e do gineceu em épocas diferentes.

d) Ocorrência de androceu e gineceu na mesma flor em plantas diferentes.

e) Ocorrência de androceu e gineceu em flores diferentes na mesma planta.

39. (UECE) Durante muito tempo as samambaias dominaram a paisagem da Terra e, ao longo de milhões de anos, as várias espécies adaptaram-se a todos os tipos de ambiente. Uma das características das samambaias é a presença de uma estrutura reprodutiva denominada protalo que é um:

a) Esporófito verde, haploide, que origina esporângios.

b) Gametófito com rizoides, diploide, que origina esporângios.

c) Gametófito avascular haploide, efêmero, que origina gametângios.

d) Esporófito subterrâneo, diploide, que origina gametângios.

40. (UEMG) O cladograma, a seguir, foi elaborado segundo alguns critérios enumerados de 1 a 4. Cada critério estabelece uma dicotomia que separa os grupos atuais de vegetais. Analise-o.

40

No cladograma acima apresentado, não foi utilizada como critério para estabelecer as dicotomias:

a) A presença ou ausência de frutos no número 4.

b) A presença ou ausência de clorofila no número 2.

c) A presença ou ausência de vasos condutores no número 1.

d) A presença ou ausência de sementes no número 3.

41. (UNCISAL) Leia as afirmações:

I. As briófitas vivem preferencialmente em solos úmidos e ambientes sombreados.

II. As gimnospermas são as únicas plantas que produzem frutos.

III. O arroz é uma planta da família das gramíneas.

Está correto o contido apenas em:

a) I.

b) I e II.

c) III.

d) II e III.

e) I e III.

42. (UEFS) A colonização do ambiente terrestre pelos vegetais foi de suma importância para o desenvolvimento da vida animal. Com relação às características e adaptações desenvolvidas pelos vegetais que permitiram a colonização do ambiente terrestre, identifique as afirmativas verdadeiras com V e com F, as falsas.

( ) A evolução de uma cutícula eficiente na retenção da água e o desenvolvimento de camadas protetoras para os gametângios possibilitaram o desenvolvimento das plantas avasculares.

( ) As plantas vasculares, hoje existentes, assemelham-se às primeiras plantas terrestres, apresentando um padrão de crescimento restrito, que limita o seu acesso à captação de água e minerais presentes no solo.

( ) Os ciclos de vida de plantas terrestres caracterizam-se por alternância de gerações, alternando uma fase esporofítica diploide com uma fase gametofítica haploide.

( ) A expansão das gimnospermas e angiospermas sobre o ambiente terrestre, dentre outros motivos, deveu-se ao fato das sementes apresentarem longos períodos de latência, germinando apenas quando em condições favoráveis.

A alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo, é a:

a) V V F F.

b) F F F V.

c) F F V V.

d) F V V V.

e) V V V V.

43. (IFAL) Associe o nome das plantas da coluna I com os respectivos grupos da coluna II.

COLUNA I

1. Musgo.

2. Avenca.

3. Pinheiro-do-paraná.

4. Feijão.

5. Semente do milho.

COLUNA II

(  ) Monocotiledônea.

(  ) Dicotiledônea.

(  ) Briófita.

(  ) Pteridófita.

(  ) Gimnosperma.

Qual das alternativas abaixo representa a sequência correta?

a) 4, 3, 1, 5, 2.

b) 5, 4, 1, 2, 3.

c) 3, 4, 2, 1, 5.

d) 2, 1, 5, 3, 4.

e) 5, 3, 1, 4, 2.

44. (IFG) Pinheiros, ciprestes, cedros e sequoias são gimnospermas que produzem todas as estruturas a seguir, exceto:

a) Raiz.

b) Caule.

c) Flores.

d) Frutos.

e) Semente.

45. (UNEMAT) Em comparação com os demais estados brasileiros, o Estado de Mato Grosso é atualmente o maior produtor de soja e o maior produtor de milho safrinha (CONAB, 2010).

Sobre esses vegetais é correto afirmar.

a) Tanto a soja quanto o milho estão inseridos na divisão Gymnospermae.

b) Diferente das plantas de soja, as plantas de milho não apresentam vasos condutores.

c) O milho e a soja são vegetais espermatófitos que fazem parte da divisão Angiospermae.

d) A soja é uma monocotiledônea e o milho é uma dicotiledônea.

e) Assim como outros vegetais, as plantas de soja e de milho fazem fotossíntese durante o dia e só respiram durante a noite.

46. (UNIMONTES) As angiospermas representam o grupo de maior diversidade entre as plantas terrestres, com mais de 250 000 espécies. Esse sucesso se deve às adaptações vegetativas e reprodutivas apresentadas a seguir, exceto:

a) Aumento acentuado do saco embrionário.

b) Formação de ovário.

c) Óvulos com dois tegumentos.

d) Dupla fecundação, formando embrião e endosperma.

47. (UNICENTRO) Atualmente são conhecidas mais de 320 mil espécies de plantas. Além de compartilhar a apomorfia que define o grupo — apresentar embriões multicelulares maciços que se desenvolvem à custa do organismo materno — todas as plantas são seres eucarióticos, multicelulares e autotróficos.

(AMABIS;MARTHO, 2011, p. 174-180).

Em relação às características dos grupos pertencentes ao Reino Plantae, pode-se afirmar:

a) Apenas as briófitas dependem da água para o encontro dos gametas, uma vez que são o único grupo que não apresenta vasos condutores de água.

b) As briófitas são o único grupo que apresenta alternância de gerações haploide (gametófito) e diploide (esporófito).

c) As pteridófitas caracterizam-se por não formar sementes e por ser o único grupo a apresentar os tecidos de condução xilema e floema.

d) Na escala evolutiva, as gimnospermas são o primeiro grupo a apresentar o grão de pólen, gametófito parcialmente desenvolvido.

e) Na escala evolutiva, as angiospermas são o primeiro grupo a apresentar flor, estrutura reprodutiva que se forma a partir do desenvolvimento do óvulo.

48. (PUC-RS) Responda esta questão com base nas informações apresentadas no quadro a seguir, sobre características dos vegetais.

Características atuais de gupos vegetais

  VASOS CONDUTORES SEMENTES
Ausência I III
Presença II IV

Considerando os dados do quadro e os vegetais apresentadosa seguir, conclui-se que as característicasestão corretamente indicadas em:

  MUSGOS,HEPÁTICAS SAMAMBAIAS,AVENCAS CONÍFERAS,CICAS
a I e III I e IV I e III
b I e III II e III II e IV
c I e III I e IV II e IV
d II e IV II e III II e IV
e II e IV I e IV I e III

49. (UFV) Embora a planta dependa da fisiologia integrada de seus tecidos para sobreviver a períodos de seca, um deles possui maior importância nessas condições. Assinale o nome desse tecido:

a) Floema.

b) Xilema.

c) Colênquima.

d) Epiderme.

50. (UEPB) Dentre todos os aspectos fisiológicos importantes que ocorrem durante o desenvolvimento de uma planta, destacam-se as funções da raiz. Vários tipos de raízes são conhecidos e todas elas apresentam um sistema radicular. Destacamos aqui dois tipos principais: pivotante, com uma raiz principal; e fasciculado, com apenas raízes adventícias. Seja de um tipo ou de outro, o fato é que este órgão é fundamental na adsorção de água e nutrientes do solo.

50

Analise as proposições abaixo e assinale a correta.

a) Os agrotóxicos usados pelos agricultores e vistos por muitos como uma vacina contra as doenças de plantas na verdade representam um perigo para a saúde humana, pois as plantas adsorvem essas substâncias dissolvidas na água através da zona pilífera.

b) O uso de agrotóxicos (inseticida e fungicida) e adubações desequilibradas não prejudica as plantas, porque parte desse resíduo fica retida na biomassa animal e no solo, não atingindo a zona pilífera das raízes.

c) Os agrotóxicos usados pelos agricultores e vistos por muitos como uma vacina contra as doenças de plantas na verdade não representam um perigo para a saúde humana, pois as plantas filtram essas substâncias dissolvidas na água ao adsorverem através da zona de ramificação.

d) O uso indiscriminado de agrotóxicos (inseticida e fungicida) e adubações desequilibradas não prejudica as plantas, porque 50 a 80 % não as atingem e caem diretamente no solo. Logo, a área de contato entre solo e raiz continua sadia.

e) O uso indiscriminado de agrotóxicos (inseticida e fungicida) e adubações desequilibradas não prejudica as plantas, porque 50 a 80 % não atingem a planta e caem diretamente no solo, ficando parte retida na biomassa animal. Além disso, a zona pilífera da raiz filtra essas substâncias ao serem adsorvidas do solo. Logo, a área de contato entre solo e zona pilífera da raiz continua sadia.

51. (UFSM) Os seres humanos parecem ter uma identificação maior com as outras espécies animais do que com as plantas. Mas, se dermos asas à nossa imaginação, não somos assim tão diferentes…

As plantas podem possuir gametas masculinos que nadam à semelhança dos espermatozoides humanos. É o caso das:

I. Briófitas.

II. Pteridófitas.

III. Angiospermas.

Está(ão) correta(s) a(s) alternativa(s):

a) I, apenas.

b) II, apenas.

c) I e II, apenas.

d) III, apenas.

e) I, II e III.

52. (UPE)A epiderme cobre toda a superfície externa do vegetal, inclusive flores, frutos e sementes. É responsável pela defesa biológica contra a ação de microrganismos e pelo controle da perda de água, sendo dotada de anexos responsáveis por essas funções. Analise o quadro abaixo e estabeleça as corretas associações entre os anexos epidérmicos dos vegetais, suas funções e exemplos.

52

Assinale a alternativa que contém a correlação correta.

a) I B 4 c / II C 3 a / III D 2 d / IV A 1 b.

b) I B 1 c / II A 3 a / III D 2 d / IV C 4 b.

c) I A 2 d / II B 1 b / III C 3 a / IV D 4 c.

d) I C 3 a / II D 4 b / III A 1 c / IV B 2 d.

e) I C 3 a / II D 2 c  / III A 4 b / IV B 1 d.

53. (UNICENTRO) Considerando-se a tabela referente às características essenciais dos principais grupos de plantas,

CONDUTORES SEMENTE FRUTOS GRUPOS
Avasculares(sem vasos) Sem sementes Sem frutos I
Vasculares(com vasos) Sem sementes Sem frutos II
Com sementes Sem frutos III
Com frutos IV

após a análise dos dados, pode-se afirmar que a alternativa que substitui, correta e respectivamente, os números I, II, III e IV é a:

a) Briófitas, pteridófitas, angiospermas e gimnospermas.

b) Pteridófitas, briófitas, angiospermas e gimnospermas.

c) Briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas.

d) Pteridófitas, briófitas, angiospermas e gimnospermas.

54. (UFOP) Em qual das alternativas se faz, em relação às características apresentadas, uma distinção correta entre Gimnospermas e Pteridófitas?

CARACTERÍSTICAS GIMNOSPERMAS PTERIDÓFITAS
a Meiose Ausente Presente
b Haplo-diploidia Ausente Presente
c Semente Presente Ausente
d Xilema e floema Ausente Presente

55. (UFMS) Alguns estudantes elaboraram o seguinte experimento:

Dois ramos de plantas semelhantes foram colocados em dois tubos de ensaio (A e B) contendo a mesma quantidade de água e, posteriormente, esses tubos foram vedados para evitar a evaporação. A planta do tubo A foi mantida intacta enquanto que a planta do tubo B teve suas folhas completamente recobertas com uma camada de vaselina. O esquema abaixo mostra o nível da água no início (Ni) e no final (Nf) do experimento.

55

Com relação a esse experimento é correto afirmar:

I   II

0  0 – No tubo A, o processo de transpiração e as trocas gasosas são realizados normalmente.

1  1 – No tubo B, não está ocorrendo o processo de transpiração e de trocas gasosas.

2  2 – O nível de água final foi diferente nos dois tubos, devido ao funcionamento normal dos estômatos da epiderme foliar no tubo B, possibilitando a captação de gás carbônico para a realização da fotossíntese e, consequentemente, economizando água do sistema.

3  3 – O nível de água final foi maior no tubo B, devido ao funcionamento limitado dos estômatos de sua epiderme foliar que, recoberta pela vaselina, impossibilita a realização plena de troca gasosa e economiza água do sistema.

4  4 – O nível final da água foi diferente nos dois tubos devido ao processo de evaporação.

56. (UPE) No esquema abaixo, está representado um corte transversal de uma folha.

56

Analise as alternativas abaixo, relacionando-as com as estruturas foliares do esquema, indicadas por números e assinale a que estiver correta.

a) Nas células da epiderme, a fotossíntese é mais intensa devido à maior incidência dos raios solares: estrutura 1 – Epiderme com cutícula cerosa.

b) Células com cloroplastos em seu interior, com alto catabolismo (fotossíntese) em relação à atividade de reduzido anabolismo (respiração): estruturas 2 e 3 – Parênquima lacunoso e paliçádico, respectivamente.

c) Vasos lenhosos e floema, responsáveis pela condução de seiva, circundados por cinturão de esclerênquima: estrutura 4  – Feixe liberolenhoso.

d) Tecido formado por uma única camada de células achatadas, aclorofiladas, de formato irregular; células mortas devido ao acúmulo de lignina (impermeabilidade): estrutura 1 – Epiderme foliar.

e) Anexo elaborado pela epiderme, com função de trocas gasosas; suas células não possuem cloroplastos: estrutura 5 – Estômato.

57. (UFGD) Um grupo de alunos foi levado ao laboratório, onde, com o auxílio de microscópio, puderam ver a reprodução sexuada de uma planta. Eles perceberam que o primeiro núcleo espermático fecundava a oosfera, enquanto o segundo núcleo espermático fecundava o núcleo que resultou da união dos núcleos polares. Esse momento de reprodução sexuada é o das:

a) Pteridófitas.

b) Algas.

c) Briófitas.

d) Angiospermas.

e) Gimnospermas.

58. (UNICENTRO) A botânica foi a primeira área da biologia que despertou meu interesse.[…] Com ela aprendi a anatomia dos diversos grupos vegetais, inclusive de fósseis-vivos, como os licopódios e as selaginelas. Porém, o estudo dessas espécies primitivas não me causou muito entusiasmo na época, pois ambas são de pequeno porte e não possuem frutos e flores. […] Embora sejam poucos atraentes passam facilmente despercebidos, essas duas plantas são alguns dos últimos representantes de um grupo vegetal que, há cerca de 300 a 400 milhões de anos, era muito abundante e apresentava espécies com inimagináveis 10 metros de comprimento. Licopódios e selaginelas são amostras vivas de uma longa epopeia iniciada quando os primeiros vegetais deixaram a água e invadiram o meio terrestre. (BORGES, 2006)

Entre outras, uma característica conservada na evolução dos organismos clorofilados que deixaram a água e passaram a viver em ambientes terrestres, pode-se identificar:

a) O mecanismo de transporte da seiva por um sistema vascular.

b) A reprodução sexuada com a diferenciação das células gaméticas.

c) A presença de um sistema foliar com superfícies amplas e permeáveis.

d) A existência de um sistema radicular bastante desenvolvido.

e) A dependência de um meio aquoso para os gametas se deslocarem e realizarem a fecundação.

59. (UEPB) Complete corretamente o cladograma simplificado das plantas, utilizando os termos abaixo e, em seguida, encontre a sequência numérica (em ordem ascendente) que responde à questão.

I. Sementes.

II. Gametângios revestidos por células estéreis.

III. Flores e frutos.

IV. Vasos condutores de seiva.

V. Embrião retido no gametângio feminino.

59

a) II; V; IV; III; I.

b) V; I; III; II; IV.

c) V; II; I; III; IV.

d) II; V; IV; I; III.

e) II; IV; V; I; III.

60. (CEFET-CE) A fertilização em angiospermas é dita “dupla”, porque

a) Um núcleo espermático se une com dois núcleos polares, e o outro fertiliza a oosfera.

b) Duas células espermáticas penetram no citoplasma de uma sinérgide.

c) Das três células antípodas, uma se degrada, permanecendo apenas duas.

d) O tubo polínico contém duas células espermáticas haploides.

e) A flor contém gametófitos femininos e gametófitos masculinos.

 GABARITO

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
B A A D B A D D B B
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
FVFFV E B A E E A D C A
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
FVVFF D C D B C A A C E
31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
C VFFFF C C B A A C C B
41 42 43 44 45 46 47 48 49 50
E C B D C A D B D A
51 52 53 54 55 56 57 58 59 60
C A C C VVFVF C D B D A

 

Anúncios

Responses

  1. Muito Obrigada!
    A lista de exercícios são perfeitas, ótima para treinar para os vestibulares!
    Agradeço muito a disposição para colocar estes exercícios!

  2. Professor Djalma , a questão 47 não poderia ser a opção B?
    Obrigada 😉

    • Cara Jadna
      As pteridófitas, por exemplo, também apresentam uma geração haploide (gametofítica) e uma geração esporofítica (diploide). A diferença entre esses dois grupos é que nas briófitas, o gametófito (fase haploide) é mais desenvolvido que o esporófito (fase diploide), enquanto nas pteridófitas a diplofase é mais desenvolvida que a haplofase. Ver BRIÓFITAS E PTERIDÓFITAS (CRIPTÓGAMOS), matéria publicada neste blog no dia 07/11/2010.
      Um abraço
      Djalma Santos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: