Publicado por: Djalma Santos | 5 de março de 2013

Testes de ecologia

01. (PUC-RIO) Durante o processo de eutrofização dos ambientes aquáticos, podem ocorrer as seguintes etapas:

a) Contaminação da água por esgotos domésticos, proliferação de algas e de bactérias decompositoras, diminuição da concentração de oxigênio, produção de gases tóxicos.

b) Contaminação da água por petróleo, morte de peixes, proliferação de bactérias, diminuição da concentração de oxigênio, produção de gases tóxicos.

c) Contaminação da água por esgotos domésticos, aumento na quantidade de matéria orgânica e oferta de alimentos, aumento na concentração de oxigênio e proliferação de peixes.

d) Contaminação da água por metais pesados, mortandade de peixes, diminuição da concentração de oxigênio, produção de gases tóxicos.

e) Contaminação da água pelo excesso de gás carbônico produzido por atividades humanas, aumento da acidez da água, mortandade de peixes.

02. (UEM) Considere a pirâmide ecológica abaixo e assinale o que for correto.

02

I   II

0  0 – A representação acima é de uma pirâmide de biomassa invertida.

1  1 – Na pirâmide acima, as gramíneas são organismos autótrofos e os gafanhotos e os sapos, heterótrofos.

2  2 – A biomassa total dos consumidores corresponde a 0,2% da biomassa do produtor.

3 3 – As biomassas dos constituintes da pirâmide no sentido dos sapos para as gramíneas obedecem às razões 1:4:2500.

4 4 – A biomassa dos consumidores primários é 400% maior do que a dos consumidores secundários.

03. (FAVIP) Para diminuir os prejuízos causados à camada de ozônio pelos gases lançados pelo homem na atmosfera, qual das medidas abaixo seria efetiva?

a) Diminuir o desmatamento das florestas e a utilização de agrotóxicos.

b) Aumentar a coleta de resíduos domésticos e realizar a reciclagem do papel e do vidro.

c) Utilizar sacolas não descartáveis e fazer a limpeza de mangues e áreas ambientais protegidas.

d) Descartar o lixo em aterros sanitários e incinerar os resíduos hospitalares.

e) Eliminar a utilização do gás clorofluorcarbono em aparelhos de refrigeração.

04. (UCS) Os alimentos que conhecemos como frutos do mar são considerados ingredientes fundamentais na alimentação balanceada, porém podem conter substâncias que, em vez da longevidade prometida, aceleram o fim. Isso ocorre, pois algumas substâncias ficam concentradas nos organismos que estão no ápice da cadeia alimentar. A figura abaixo representa essa situação, que pode ser denominada:

04

a) Pirâmide trófica.

b) Bioacumulaçâo.

c) Teia alimentar.

d) Pirâmide de energia.

e) Transformação bioquímica.

05. (UFSC) Entre os seres vivos que habitam determinado ambiente, podem ser observadas interações biológicas com diferentes tipos de relações. Estas relações podem ser harmônicas ou desarmônicas, entre espécies diferentes ou entre indivíduos da mesma espécie. Sobre estas relações, assinale a(s) proposição(ões) correta(s).

I   II

0  0 – O predatismo e o parasitismo são exemplos de relações desarmônicas.

1  1 – Colônia é uma associação entre indivíduos da mesma espécie, que se mantêm ligados anatomicamente formando uma unidade estrutural.

2  2 – 16. A bactéria Mycobacterium tuberculosis é um ectoparasita que causa a tuberculose no ser humano.

3  3 – Apesar do predatismo ser uma relação interespecífica desarmônica, ela pode ser benéfica e importante para o controle da população de presas e a manutenção do equilíbrio do ecossistema.

4  4 – O mutualismo é um tipo de relação desarmônica interespecífica.

06. (MACK)                         A China contra os pardais

[…] em 1958, enquanto colocava em ação seus planos para o Grande Salto à Frente, Mao deflagrou uma ampla campanha de combate aos pardais. A ave era um dos alvos da chamada Campanha das Quatro Pestes, que pretendia eliminar também os ratos, as moscas e os mosquitos, considerados inimigos públicos pelo líder chinês. Mao dizia que cada pardal, ciscando nas plantações, consumia 4 quilos de grãos por ano.

[…] os chineses, então, saíram às ruas e começaram a caça aos pardais. Seus ninhos eram destruídos, os ovos quebrados e os filhotes mortos.

[…] A campanha foi um retumbante fracasso. Não se levou em conta que os pardais, além de comer grãos, se alimentam também de insetos, e que uma de suas iguarias prediletas são os gafanhotos. A população de gafanhotos se multiplicou pelos campos chineses, arruinando plantações e causando desequilíbrio ao ecossistema.

Revista Veja, 14/09/2011

Relacionando esse episódio com uma cadeia alimentar, é correto afirmar que:

a) Os pardais podem ser considerados como consumidores de 1ª e de 2ª ordens.

b) Os ratos podem ser considerados somente como consumidores de 2ª ordem.

c) Os gafanhotos podem ser considerados como consumidores de 1ª e de 2ª ordens.

d) O homem pode ser considerado somente como consumidor de 2ª ordem.

e) Todos os consumidores envolvidos podem ser considerados de 2ª ordem.

07. (PUC-MG)                               ESTOCA-SE GÁS CARBÔNICO

Métodos de armazenamento embaixo do solo despontam como importantes aliados nas ações de mitigação do aquecimento global. Por outro lado, as técnicas ainda são caras e envolvem riscos para a saúde humana e animal.

Fonte: Ciência Hoje online, abril de 2011.

Sobre o aquecimento global e as possíveis novas alternativas para controlá-lo, assinale a afirmativa incorreta.

a) O aquecimento global é em grande parte provocado pelo acúmulo de gases, como o metano e gás carbônico, liberados na atmosfera.

b) O aumento da liberação dos gases CFC (cloro-flúor-carbono), presentes no aerossol e em fluidos de refrigeração, ao se concentrarem nas camadas superiores da atmosfera, acarretam o efeito estufa.

c) A diminuição do uso de combustíveis fósseis e o reflorestamento de áreas degradadas podem contribuir para a redução do processo de aquecimento global.

d) A tecnologia de captura e armazenamento de gás carbônico surge como uma boa alternativa para complementar os esforços globais de mitigação das mudanças climáticas.

08. (IFSudeste-MG) Como os fios de uma teia de aranha são interligados, os seres que habitam a Terra interligam entre si e com o meio ambiente. Essa interligação, estudada na ecologia, pode ser representada pelas cadeias alimentares e pelas teias alimentares. Sobre essas interligações, leia, a seguir, as afirmativas e escreva entre parênteses a letra “V” se a afirmativa for verdadeira e “F” se a afirmativa for falsa.

( ) Na cadeia alimentar, os vegetais, em todos os ecossistemas, são os únicos produtores.

( ) Numa teia alimentar, um organismo pode ser considerado consumidor primário ou consumidor secundário, dependendo da relação que esteja sendo estabelecida com outros organismos.

( ) Um organismo onívoro, numa teia alimentar, sempre será considerado consumidor secundário, pois permite duas relações alimentares.

( ) Os decompositores em uma cadeia alimentar atuam somente no final da cadeia; já em uma teia alimentar os decompositores atuam somente no início, fornecendo nutrientes básicos aos produtores.

Norteado pelas letras que escreveu entre parênteses, marque abaixo a única alternativa correta:

a) F V F F.

b) V F V V.

c) V V F F.

d) F F F V.

e) V V V F.

09. (UNIFOR) Considere os pares de organismo abaixo.

I. Cachorro e pulga.

II. Árvore e orquídea.

III. Leguminosa e nitrobactérias.

IV. Roseira e saúva.

Uma relação desarmônica ocorre apenas em:

a) I e II.

b) I e III.

c) I e IV.

d) II e III.

e) II e IV.

10. (UFSC) Quando um pedaço de floresta é destruído pelo fogo e o local fica abandonado, a mata pode se reconstituir dentro de algumas décadas.  Com relação a este assunto, assinale a(s) proposição(ões) correta(s).

I   II

0  0 – Exemplos de plantas pioneiras são as bromélias epífitas.

1  1 – Comunidades pioneiras colonizam a área e são sucedidas por outras.

2  2 – O solo descoberto recebe sol direto e se torna mais seco, favorecendo a germinação das sementes das árvores nativas que eventualmente tenham permanecido no local após o incêndio.

3  3 – Apesar dos danos à vegetação, a fauna sofre pouco nestas condições, uma vez que os animais têm uma alta capacidade de dispersão.

4  4 – No estágio em que predominam plantas arbustivas, o solo passa a reter mais umidade, favorecendo a germinação de sementes de plantas arbóreas.

11. (UFMG) Observe o gráfico abaixo.

11

Com relação às curvas de crescimento observadas, pode-se afirmar que:

a) A curva 3 indica que o crescimento da espécie II duplica nas quatro primeiras horas.

b) A espécie I lança, no meio, uma substância tóxica que limita o crescimento da espécie II.

c) A espécie I pode servir de alimento para a espécie II.

d) As curvas 1 e 2 são iguais quanto à velocidade de crescimento.

12. (UPE) Na sucessão ecológica, existe uma sequência ordenada e gradual de populações, que se instalam em determinado ambiente.

ROCHA NUA → LÍQUENS MUSGOS ERVAS ARBUSTOS ÁRVORES

Após observar o esquema da sucessão ilustrado acima, analise as cinco afirmações a seguir e conclua.

I  II

0  0 – Os líquens podem ser considerados facilitadores do processo de sucessão, pois eles vão gradualmente agregando matéria orgânica e melhorando as condições ambientais. São organismos pioneiros.

1  1 – A sucessão ilustrada acima é do tipo primária, caracterizada por sua maior rapidez em atingir o máximo de desenvolvimento e estabilidade, em comparação à sucessão secundária de um campo de cultivo abandonado.

2  2 – À medida que evolui o processo de sucessão ecológica, aumenta a biodiversidade, enquanto diminui a biomassa do ecossistema em formação.

3  3 – A sucessão que acontece nas dunas recém-formadas, pela ação constante dos ventos em regiões do litoral, representa sucessão secundária, e seu estágio de comunidade clímax sofre alterações estruturais constantes.

4  4 – O surgimento de novos nichos ecológicos, durante a sucessão ecológica, resulta em aumento da biodiversidade na comunidade.

13. (UEPG) Os ecossistemas naturais estão em constante modificação. Como se fossem um organismo vivo, eles passam por vários estágios, desde a juventude até a maturidade. Sucessão ecológica é o nome que se dá a essa série de mudanças nas comunidades que compõem o ecossistema. A respeito desse fenômeno, assinale o que for correto.

I   II

0  0 – Nas sucessões, o estágio inicial de povoamento, em que surgem as espécies pioneiras, é chamado de seres.

1   1 – As comunidades que se instalam, uma após a outra, em sequência, chamamos ecese.

2  2 – A comunidade que existe num dado momento “prepara o terreno”, permitindo que outra comunidade se estabeleça. As diversas comunidades se sucedem, até que se atinja um estágio de relativa estabilidade e equilíbrio, que se instala de forma “permanente”.

3  3 – Quando a comunidade atinge a maturidade e se torna estável, ela é chamada de comunidade clímax, e apresenta grande diversidade de espécies e de nichos ecológicos.

4  4 – São alguns eventos observados ao longo da sucessão: mudança repentina inicial tendendo a diminuir lentamente, aumento de tamanho dos indivíduos, diminuição da biomassa total, taxa de fotossíntese proporcional à taxa de respiração da comunidade, diminuição da conservação dos nutrientes no ecossistema.

14. (UFPB) Com o passar dos anos, observa-se que os diferentes ambientes sofrem modificações, ocasionadas tanto por fenômenos naturais como pela interferência humana. A esse processo denomina-se sucessão ecológica. A figura a seguir representa o esquema de uma sucessão ecológica:

14

AMABIS E MARTHO. Biologia das Populações.

v3. São Paulo: Ed. Moderna, 2005, p. 389.

Com base na figura e nos conhecimentos acerca desse processo, é correto afirmar:

a) A comunidade que se estabelece, ao final da sucessão ecológica, é a mais estável possível.

b) As espécies que iniciam o processo de sucessão ecológica são denominadas espécies clímax.

c) A diversidade de espécies da comunidade que se estabelece é mantida.

d) As relações ecológicas entre as espécies que se estabelecem diminuem.

e) As mudanças que ocorrem na população não alteram o ambiente.

15. (UFSC) O esquema abaixo mostra de maneira simplificada o ciclo do nitrogênio na natureza. As letras A, B, C, D e E indicam processos metabólicos que ocorrem nesse ciclo.

15

Sobre este ciclo, é correto afirmar que:

I   II

0  0 – O processo mostrado em A é realizado somente por bactérias simbiontes que vivem no interior das raízes de leguminosas.

1  1 – As mesmas bactérias que realizam o processo A, realizam os processos D e E.

2  2 – O esquema mostra que produtos nitrogenados originados de animais ou vegetais podem ser reaproveitados no ciclo.

3  3 – O processo mostrado em D constitui uma etapa fundamental no ciclo, chamada de fixação do nitrogênio.

4  4 – O nitrogênio é importante para os seres vivos, pois entra na composição molecular dos aminoácidos e dos ácidos nucleicos.

16. (IFTM) O acúmulo de gás carbônico, metano e óxido nitroso na atmosfera provocam o “efeito estufa” que mantém o planeta aquecido. Todavia, com o crescimento das malhas do transporte rodoviário, houve acréscimo na queima dos derivados do petróleo elevando a emissão de gás carbônico pelos automóveis. O excesso do gás carbônico na atmosfera impede a saída do ar quente para o espaço sideral, agravando o efeito estufa e aquecendo ainda mais o planeta. Devido ao aquecimento global ocorre diminuição da cobertura de gelo no Ártico o que aumenta a distância que os ursos polares precisam nadar para encontrar alimentos. Apesar de exímios nadadores, eles acabam morrendo afogados devido ao cansaço. A situação descrita acima:

a) Mostra a importância das características das zonas frias para a manutenção de outros biomas na Terra.

b) Enfoca o problema da interrupção da cadeia alimentar o qual decorre das variações climáticas.

c) Evidencia a autonomia dos seres vivos em relação ao habitat, visto que eles se adaptam rapidamente às mudanças nas condições climáticas.

d) Ressalta que o aumento da temperatura decorrente de mudanças climáticas permite o surgimento de novas espécies.

e) Alerta para os prejuízos que o aquecimento global pode acarretar a biodiversidade do Ártico.

17. (UFMS) As interações entre os seres de uma comunidade biológica, da mesma espécie ou de espécies diferentes, são denominadas genericamente relações ecológicas. Quando essas interações ocorrem entre indivíduos da mesma espécie, elas são denominadas intra-específica e, quando elas envolvem seres de espécies diferentes, são denominadas interações  interespecíficas. Considerando as relações ecológicas em uma comunidade biológica, é correto afirmar que:

I   II

0  0 – O inquilinismo ocorre quando um indivíduo utiliza um outro como moradia, com o prejuízo da outra parte.

1  1 – A planta epífita que vive sobre uma palmeira representa um caso de protocooperação.

2  2 – Temos um caso de competição interespecífica quando a coruja mata e se alimenta de um rato.

3  3 – A competição intra-específica, na qual os indivíduos concorrem pelos mesmos recursos do meio, ocorre somente nos herbívoros.

4  4 – O comensalismo é uma relação interespecífica em que uma das partes é beneficiada, sem prejuízo da outra.

18. (UPE) Com o objetivo de detectar a ação do homem no equilíbrio ecológico de uma região foi feito um estudo das populações de organismos de dois rios, nos quais eram lançados os resíduos das indústrias da região. Desse estudo resultaram os gráficos abaixo, onde nas abscissas estão as espécies estudadas e nas ordenadas estão os números de indivíduos de cada espécie. Baseado nos gráficos assinale a alternativa correta.

18

a) A competição entre as espécies sobreviventes aumenta pela poluição, provocando a diminuição do número de indivíduos.

b) O aparecimento das espécies, assim como o desenvolvimento de outras, acontece em ambientes não poluídos onde as espécies apresentam mais ou menos o mesmo número de indivíduos.

c) Em qualquer tipo e intensidade de poluição, todas as populações apresentam uma diminuição muito grande no seu número de indivíduos.

d) Pela análise dos gráficos, chega-se à conclusão de que a poluição pode reduzir o número de indivíduos de algumas espécies, assim como aumentar o de outras.

e) Todos os organismos de estrutura celular apresentam o mesmo grau de adaptação à poluição.

19. (FGV) Na aula em que se discutia o assunto relações interespecíficas, a professora apresentou aos alunos, em DVD, as cenas iniciais do filme “Procurando Nemo” (Walt Disney Pictures e Pixar Animation Studios, 2003). Nessas cenas, um casal de peixes-palhaço (Amphiprion ocellaris) protege seus ovos em uma cavidade na rocha, sobre a qual há inúmeras anêmonas (classe Anthozoa). Contudo, uma barracuda (Sphyraena barracuda) ataca o casal, devorando a fêmea e seus ovos. Apenas um ovo sobrevive, que o pai batiza de Nemo. Nemo e seu pai, Marlin, vivem protegidos por entre os tentáculos da anêmona que, segundo a explicação da professora, se beneficia dessa relação aproveitando os restos alimentares de pai e filho. Em ecologia, as relações interespecíficas entre o peixe-palhaço e a anêmona, e entre a barracuda e o peixe-palhaço são chamadas, respectivamente, de:

a) Mutualismo e parasitismo.

b) Protocooperação e predação.

c) Comensalismo e predação.

d) inquilinismo e parasitismo.

e) Parasitismo e predação.

20. (UFSCar) A figura abaixo ilustra um processo de transformação ambiental, que ocorre de forma gradual e contínua em uma determinada região. A colonização dessa região inicia-se com organismos pioneiros até atingir um estágio de equilíbrio entre a comunidade biológica e o ambiente.

20

(www.acervoescolar.com.br)

O processo de transformação descrito é chamado de:

a) Especiação.

b) Sucessão ecológica.

c) Evolução biológica.

d) Convergência adaptativa.

e) Diversificação de espécies.

21. (OLIMPÍADA BRASILEIRA DE BIOLOGIA). Observa-se na foto abaixo uma bromélia com inflorescência crescendo sobre o tronco de outra árvore – característica típica das florestas tropicais pluviais.

21

a) Plantas epífitas como a bromélia utilizam água e sais minerais da árvore para se desenvolverem.

b) Bromélias-tanque possuem entre suas folhas reservatório de água e nutrientes que permitem seu desenvolvimento.

c) Esta relação pode ser classificada como parasitismo, pois a bromélia beneficia-se pela maior obtenção de luz.

d) A principal vantagem de plantas epífitas é o escape de seus predadores.

e) Outros exemplos de plantas epífitas são orquídeas, erva-de-passarinho e cipó-chumbo.

22. (UERJ) Em um ecossistema lacustre habitado por vários peixes de pequeno porte, foi introduzido um determinado peixe carnívoro. A presença desse predador provocou variação das populações de seres vivos ali existentes, conforme mostra o gráfico a seguir.

22

A curva que indica a tendência da variação da população de fitoplâncton nesse lago, após a introdução do peixe carnívoro, é a identificada por:

a) W.

b) X.

c) Y.

d) Z.

23. (COVEST) As comunidades biológicas são formadas por populações distintas, que vivem juntas em uma região e interagem entre si. As inter-relações podem ser evidenciadas entre indivíduos de uma mesma espécie ou entre indivíduos pertencentes a espécies diferentes. Na figura abaixo, são mostradas curvas de crescimento para duas espécies de protozoários (X e Y), cultivadas em laboratório, tanto separadamente (gráfico 1) quanto conjuntamente (gráfico 2), mantendo-se, nos dois casos, idênticos meios de cultura. Trata-se de uma relação ecológica do tipo:

23

a) Inquilinismo.

b) Competição.

c) Protocooperação.

d) Mutualismo.

e) Comensalismo.

24. (PUC-CAMPINAS)

Atenção: Para responder esta questão considere o texto apresentado abaixo.

Cientistas sabem da existência de fontes termais submarinas desde a década de 70. Os sistemas conhecidos como chaminés negras, ou fumarolas, são os mais comuns. (…) Nessas chaminés, a água pode atingir temperaturas superiores a 400oC, devido à proximidade de rochas magmáticas. Com pH semelhante ao do suco de limão, ela libera sulfetos, ferro, cobre e zinco, à medida que se infiltra nas rochas vulcânicas abaixo do solo marinho. Quando esse fluido ebuliente e ácido sobe novamente à superfície, é expelido pelas chaminés na água gelada das profundezas do mar, onde os sulfetos de metal dissolvidos resfriam rapidamente e precipitam, produzindo uma mistura escura, parecida com nuvens de fumaça negra. (…) Apesar da agressiva composição química da água ao seu redor, há uma profusão de animais exóticos, como os gigantescos vermes tubiformes (Riftia), desprovidos de boca e intestinos. Essas criaturas florescem graças a uma associação simbiótica com bactérias internas, que consomem o venenoso gás sulfeto de hidrogênio que emana dos orifícios.

(Revista Scientific American Brasil, janeiro de 2010, p. 42)

Morfologicamente, os vermes tubiformes gigantes do gênero Riftia são muito diferentes dos seres que existem na superfície da terra; entre outras particularidades, são desprovidos de boca e intestinos. No entanto, do ponto de vista ecológico, esses vermes podem ser corretamente classificados como:

a) Decompositores, pois se alimentam dos detritos que afundam até as fontes termais subaquáticas.

b) Produtores, pois realizam fotossíntese nas regiões próximas às fumarolas.

c) Consumidores primários, pois obtêm seu alimento de bactérias quimiossintetizantes.

d) Consumidores secundários, pois se alimentam do fluido ebuliente e dos sulfetos de hidrogênio.

e) Autótrofos, pois são criaturas que florescem, assim como as plantas da superfície.

25. (UNICENTRO) O gráfico que indica como a biomassa varia no processo de uma sucessão ecológica é:

25

26. (UNEMAT) Em 1962, no livro Primavera Silenciosa (Silent Spring), Rachel Carson mostrou como o DDT (inseticida) penetrava e tinha efeito cumulativo na cadeia alimentar, ficando retido nos tecidos gordurosos dos animais, sendo detectada a presença de DDT até no leite humano. Apesar de o uso do DDT ter sido proibido há muitos anos, a dissertação de Mestrado de Danielly C. de Andrade Palma, defendida em 15 de março de 2011, intitulada “Agrotóxico no leite materno de mães residentes em Lucas do Rio Verde – MT”, confirmou a presença de DDE no leite de lactantes. O DDE é um metabólito do DDT, que pode ocasionar infertilidade masculina e abortos espontâneos.

Assinale a alternativa correta:

a) Em inseticidas que têm efeito bioacumulativo, à medida que aumentam os níveis tróficos, a quantidade de resíduos diminui.

b) A presença de glândulas mamárias é uma característica de todos os vertebrados.

c) O DDT penetra nas células de gordura que são células do tecido epitelial.

d) Em uma cadeia alimentar contaminada pelo DDT, o consumidor terciário apresenta mais DDT no seu organismo que o consumidor primário.

e) O tecido adiposo não participa no metabolismo energético dos animais.

27. (UEM) Sobre ecossistemas e sucessão ecológica, analise as alternativas e assinale o que for correto.

I  II

0  0 – Nos ecossistemas onde os fatores abióticos são adequados e disponíveis, verifica-se maior número de espécies, como ocorre nas faixas litorâneas, estuários de rios e nas florestas pluviais.

1  1 – O aparecimento de novos nichos durante a sucessão ecológica leva ao aumento da biodiversidade, diminuindo a biomassa do ecossistema em sucessão.

2  2 – Uma elevada diversidade de espécies torna o ecossistema mais complexo, com maior número de nichos ecológicos, garantindo o equilíbrio da comunidade clímax, diminuindo a probabilidade de ocorrer mudanças drásticas.

3  3 – As queimadas, comuns na estação seca em diversas regiões brasileiras, podem provocar a destruição da vegetação natural, e na sequência ocorre o processo denominado sucessão primária.

4  4 – No ambiente marinho, as comunidades são divididas em três grandes grupos: plâncton, nécton e bentos, de acordo com a capacidade de movimentação dos organismos e os locais que ocupam.

28. (UDESC) A sucessão ecológica numa região desabitada pode ser esquematizada do seguinte modo:

28

Sobre este esquema, analise as proposições abaixo.

I. As sucessões primárias ocorrem em locais onde não há vida (rocha nua, por exemplo).

II. As sucessões secundárias correspondem a uma recolonização de uma região previamente habitada (um campo de cultura abandonado, por exemplo).

III. Ao longo da sucessão há um aumento da biomassa, da diversidade de espécies e da complexidade das teias alimentares, o que pode estar relacionado à maior estabilidade da comunidade clímax, tornando-a, por exemplo, mais resistente ao ataque de pragas.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente a afirmativa II é verdadeira.

b) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras.

c) Somente a afirmativa I é verdadeira.

d) Somente as afirmativas II e III são verdadeiras.

e) Todas as afirmativas são verdadeiras.

29. (UFPR)                  Leia o texto a seguir sobre os recifes de coral.

Afetados por mudanças climáticas, poluição, introdução de espécies invasoras e pesca predatória, muitos corais estão em perigo. Um terço dos recifes de corais de todo o planeta está ameaçado de extinção. A região do Caribe é a que apresenta a mais alta concentração de corais ameaçados. É o que revela o primeiro levantamento global para determinar o seu status de conservação. Os resultados do estudo foram publicados pela revista Science. Construídos ao longo de milhões de anos, os recifes de corais são o habitat de mais de 25% das espécies marinhas, configurando-se como o ecossistema marinho com maior diversidade biológica. Os corais constroem recifes em águas rasas tropicais e subtropicais e têm-se mostrado altamente sensíveis a mudanças em seus ambientes. Milhões de pessoas em todo o planeta dependem desses ecossistemas para o seu sustento, seja através da pesca ou do turismo. Os pesquisadores apontaram como principais ameaças aos corais o aquecimento global e alterações locais decorrentes da pesca predatória, a introdução de espécies invasoras e o declínio na qualidade das águas por causa da poluição e da ocupação desenfreada da zona costeira.

(Marcados para Morrer. Jornal da Ciência nº 3552, de 11 de julho de 2008 – Adaptado.)

Sobre o impacto sofrido pelos recifes de corais, identifique as afirmativas a seguir como verdadeiras (V) ou falsas (F):

( ) As mudanças climáticas podem aumentar a temperatura da água e a intensidade da radiação solar, o que leva à descoloração dos corais e a doenças que podem acarretar a sua mortalidade.

( ) Com o aumento da concentração de CO2 na atmosfera, os oceanos absorvem volumes cada vez maiores desse gás, levando a um aumento da acidez e diminuição do pH, o que prejudica gravemente a capacidade dos corais de construírem seus esqueletos, os quais formam as fundações dos recifes.

(  ) A pesca de arrasto, utilizando bombas ou cianeto para captura de espécie ornamentais, é exemplo de pesca que prejudica bastante os recifes de corais, uma vez que, além das espécies capturadas, destroem o ecossistema.

( ) A introdução de espécies invasoras pode se dar, por exemplo, pelo despejo de água de lastro ou soltura de espécies exóticas no ambiente natural.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo.

a) FFVF.

b) VVFV.

c) FFVV.

d) VVVF.

e) VV VV.

30. (UEM) “O terremoto no Japão fez com que onze dos 54 reatores nucleares do país fossem desativados automaticamente, para evitar um acidente. Mais tarde, uma empresa de eletricidade informou que pode ter havido um vazamento radioativo na usina de Fukushima. Um posto de controle na saída do complexo registrava níveis de radioatividade oito vezes superiores ao normal” (Revista Veja, 16/03/2011).

Sobre as contaminações ambientais com material radioativo, é correto afirmar que elas:

I  II

0  0 – Podem alterar o material genético, originando as mutações.

1  1 – Possibilitam alterações nas células reprodutoras, mas que não serão transmitidas às gerações seguintes.

2  2 – Prejudicam a renovação das células.

3  3 – Favorecem o surgimento de lesões no sistema nervoso.

4 4 – Constituirão o lixo radioativo, originando os transgênicos, alterando o equilíbrio ecológico.

31. (VUNESP) Em abelhas, o macho (zangão) desenvolve-se a partir óvulos não fecundados (haploides). As rainhas (fêmeas férteis) e as operárias (fêmeas estéreis) desenvolvem-se a partir de ovos fecundados e diploides. Conclui-se daí que:

I. Os zangões não têm filhos de sexo masculino.

II. As filhas de um zangão herdam todos os genes que seu pai possui.

III. Os zangões não possuem avós paternos.

a) As conclusões acima estão corretas.

b) As conclusões acima estão incorretas.

c) Apenas as conclusões I e II estão corretas.

d) Apenas as conclusões I e III estão corretas.

e) Apenas as conclusões II e III estão corretas.

32. (UNICENTRO) Pesquisadores têm visitado locais no Oceano Atlântico Norte ocidental e no Mar do Caribe, por mais de duas décadas, para melhor entender os grandes acúmulos de plástico que se formaram nessa região. Os pesquisadores da Associação de Educação Marinha (SEA, em inglês), do Instituto Oceanográfico Woods Hole (WHOI) e da University of Hawai (UH) descobriram, dentre outras coisas, que a quantidade de plástico coletada pelas redes dos pesquisadores permaneceu bastante estável no decorrer dos anos, apesar da elevada produção e consumo de plástico da sociedade, de acordo com uma pesquisa publicada em Science Express.

(PESQUISA tenta…, 2010).

Com base nos dados obtidos nessa pesquisa, pode-se inferir que:

a) O plástico, apesar de descartado em grande quantidade no meio ambiente, causa poucas alterações nos ecossistemas marinhos.

b) Uma alta biodegradabilidade dos plásticos existe em ambiente natural, ao contrário dos dados publicados anteriormente.

c) A pesquisa não apresenta credibilidade do ponto de vista científico por apresentar dados contrastantes com os obtidos em pesquisas anteriores.

d) A produção e o consumo de produtos plásticos têm se tornado estáveis e tendem à redução entre as sociedades.

e) O plástico, provavelmente, está sendo consumido por organismos marinhos ou se partindo em pequenos pedaços, o que inviabiliza a sua coleta pelas redes.

33. (UEM) Sobre cadeias e teias alimentares, assinale o que for correto.

I  II

0  0 – A transferência de energia no ecossistema é unidirecional: começa com a captura da energia luminosa pelos produtores e prossegue diretamente para os consumidores terciários.

1  1 – Os organismos consumidores são heterótrofos, isto é, não produzem matéria orgânica a partir de substâncias inorgânicas.

2  2 – Os herbívoros ocupam o mesmo nível trófico, porém, nichos diferentes.

3  3 – Um determinado organismo dentro de uma teia alimentar pode ocupar diferentes níveis tróficos.

4  4 – A coruja, ao se alimentar de um rato, que se alimentou de plantas, é considerada um consumidor secundário e ocupa o segundo nível trófico de uma cadeia alimentar.

34. (UFLA) Analise as seguintes proposições sobre culturas agrícolas destinadas à alimentação humana, as quais constituem ecossistemas simplificados fora do estágio clímax e, a seguir, marque a alternativa correta.

I. Essas culturas agrícolas são mais suscetíveis às pragas, devido à menor quantidade de predadores nesses ecossistemas.

II. A menor variabilidade genética nesse ecossistema torna‐o mais sensível ao ataque de pragas.

III. O aumento de áreas cultivadas provoca a destruição de comunidades clímax, acarretando extinção de espécies e erosão do solo.

a) Apenas as proposições II e III estão corretas.

b) Apenas as proposições I e II estão corretas.

c) As proposições I, II e III estão corretas.

d) Apenas as proposições I e III estão corretas.

35. (UNEMAT) No mês de julho de 2011, uma exposição em Cuiabá apresentou o Projeto Brasil das Águas, que visa a avaliar a qualidade das águas de nossos rios e lagos. Para isso, os pesquisadores coletaram diversas amostras de água, utilizando um hidroavião, e de vapor, com um monomotor e um balão. Sobre esse assunto, assinale a alternativa correta.

a) Caso os pesquisadores observassem muitos rios e lagos volumosos em Mato Grosso, poderiam concluir que não é necessário que a população desse Estado economize água.

b) Caso os pesquisadores observassem grande quantidade de plantas, como o aguapé ou algas diatomáceas, num rio, poderiam concluir que o ambiente esta saudável e equilibrado.

c) Caso os pesquisadores observassem, na amostra de água, um organismo pequeno, incapaz de nadar contra a correnteza, poderiam concluir que se trata necessariamente de um vegetal.

d) Concentrações de nitrato e fosfato diluídos na água poderiam concluir que está havendo eutrofização.

e) Caso os pesquisadores observassem extensas florestas, mas poucos rios e lagos poderiam concluir que ali ocorre pouca evaporação, já que os vegetais pouco liberam água.

36. (UEPB) Observe a sequência dos organismos abaixo:

1. Musgos, samambaias, microrganismos.

2. Arbustos, gramíneas, insetos, lagartos, microrganismos.

3. Árvores frutíferas, liquens e musgos, insetos, aves, mamíferos, cobras, lagartos, microrganismos.

4. Líquens e microrganismos.

Considerando o processo de sucessão ecológica primária, a sequência correta dos estágios de surgimentos das comunidades é:

a) 3, 2, 1, 4.

b) 1, 4, 2, 3.

c) 4, 1, 2, 3.

d) 1, 2, 3, 4.

e) 4, 1, 3, 2.

37. (UEPG) Nas pirâmides ecológicas pode-se representar níveis tróficos de um ecossistema por meio de retângulos superpostos. Sobre o assunto, assinale o que for correto.

I  II

0 0 – Na pirâmide de números, o comprimento do retângulo é proporcional ao número de indivíduos.

1  1 – Em uma pirâmide de número com laranjeiras, pulgões e protozoários tem-se sempre um maior número de laranjeiras em relação aos dois outros organismos.

2  2 – A biomassa é a quantidade de matéria inorgânica presente no corpo dos organismos de um determinado nível trófico.

3  3 – Em uma pirâmide de biomassa, pode-se estimar que uma tonelada de alfafa é capaz de sustentar, perfeitamente bem, oitenta toneladas de bezerros.

4  4 – As pirâmides de energia demonstram que a energia inicial perde-se gradativamente de um nível trófico para o outro, imediatamente superior.

38. (PUC-RS) O termo Cadeia Alimentar é corretamente definido como:

38

a) Transferência cíclica de nutrientes entre produtores, consumidores e decompositores, na qual o fluxo de energia aumenta a cada nível.

b) Um ciclo trófico constituído pelos seres produtores capazes de sintetizar matéria inorgânica, a partir de substâncias minerais, e de fixar a energia.

c) Expressão das relações de alimentação entre os organismos de um ecossistema, onde há uma transferência de energia no sentido dos produtores para os consumidores.

d) Ciclo da matéria que parte de organismos autotróficos para níveis inferiores (herbívoros, carnívoros e decompositores), que define como a energia é totalmente consumida.

e) Grupo de níveis hierárquicos que classifica os organismos como produtores, consumidores e decompositores com base na forma como eles obtêm energia da matéria inorgânica.

39. (UFJF) O caos aéreo causado pela erupção de um vulcão na Islândia foi notícia diária durante meses, neste ano. Contudo, a devastação ambiental causada pelas cinzas oriundas da mesma erupção, num raio de dezenas de quilômetros, mereceu apenas raras notas na grande imprensa. O fenômeno de revitalização natural que ocorre numa área devastada é denominado sucessão ecológica, na qual são observadas mudanças na estrutura das comunidades que se instalam. Sobre o processo sucessional, aponte a afirmativa incorreta.

a) No estágio inicial de sucessão ecológica em ambientes devastados por ação vulcânica, a influência de fatores abióticos pode ser menor do que a de fatores bióticos.

b) Na região temperada, a maior diversidade de espécies e a maior complexidade das teias alimentares podem ocorrer em uma comunidade clímax.

c) Se, em vez de vulcanismo, ocorrer desmatamento, a sucessão primária pode se iniciar com instalação de liquens e pteridófitas.

d) Ao longo do processo sucessional, em qualquer ambiente, pode haver diminuição da biomassa e aumento da diversificação das espécies.

e) Em uma comunidade clímax de uma floresta tropical, o número de espécies tende a ser alto, e o número de indivíduos de cada espécie tende a ser baixo.

40. (UFMS) Observe a figura abaixo que representa uma teia alimentar, e em seguida analise as proposições e assinale a(s) correta(s).

40

   (Disponível em http://educar.sc.usp.br/ciencias/ecologia/fig16.JPG)

I   II

0  0 – Não há consumidores primários.

1  1 – A garça pode ser considerada um consumidor terciário.

2 2 – Na ilustração, o peixe (6) é um consumidor primário e o peixe (7) é um consumidor secundário.

3  3 – Essa teia alimentar não tem limite nos níveis de consumidores.

4  4 – Os consumidores secundários são a tartaruga, o peixe (7), o sapo e a garça.

41. (FGV) A comunidade clímax constitui a etapa final de uma sucessão ecológica. Considera-se que a comunidade chegou ao clímax quando:

a) As teias alimentares, menos complexas, são substituídas por cadeias alimentares.

b) A produção primária bruta é “igual” ao consumo.

c) Cessam a competição interespecífica e a competição intraespecífica.

d) A produção primária líquida é alta.

e) A biomassa vegetal iguala-se à biomassa dos consumidores.

42. (UNIMONTES)

LEIA ATENTAMENTE O FRAGMENTO DE ARTIGO ABAIXO.

O uso de pesticidas, ao longo do século passado, foi importante para aumentar a produção agrícola mundial e torná-la grande o suficiente para alimentar a população do globo. Nos últimos anos a equipe do oceanólogo Adalto Bianchini, da Universidade Federal do Rio Grande, detectou a presença de praguicidas onde elas jamais foram aplicadas: na Antártida. Analisando a gordura de elefantes-marinhos (Mirounga leonina), eles encontraram níveis elevados de diferentes componentes de agrotóxicos, cujo uso foi abolido em boa parte do mundo tanto no organismo de fêmeas adultas como de seus filhotes.

(Revista FAPESP. Março, 2009 . adaptado)

Considerando as informações apresentadas no artigo e o assunto relacionado com ele, analise as alternativas abaixo e assinale a que melhor explica o fenômeno apresentado no texto.

a) Eutrofização.

b) Sucessão ecológica.

c) Magnificação trófica.

d) Dispersão passiva.

43. (UEPG) Com relação à sucessão ecológica, assinale o que for correto.

I  II

0 0 – Regiões de transição entre duas comunidades clímax (floresta e campo, por exemplo) possuem uma mescla da vegetação de ambas. Nessa região ocorre geralmente grande disputa de alimentos entre animais das duas comunidades, sendo denominada ecótone.

1  1 – A instalação de árvores de grande porte em regiões sem vida é sempre o primeiro passo para formar o que é chamada de comunidade pioneira ou ecese.

2  2 – Na comunidade clímax ocorrem pouquíssimas espécies e teias alimentares simples, principal-mente quando compara-se com a comunidade pioneira.

3  3 – Ao longo do processo de sucessão ecológica, observa-se um aumento progressivo na diversidade de espécies e na biomassa total da comunidade.

4  4 – Uma sucessão secundária é a que ocorre em locais já habitados, cujo equilíbrio foi rompido por alguma mudança ambiental, causada ou não pelo homem.

44. (UENP) “Os papéis duais das formas de vida como produtores de alimento e como consumidores de alimento dão ao sistema uma estrutura trófica, determinada pelas relações de alimentação, através da qual a energia flui e os nutrientes circulam”.

(Ricklefs, R. A economia da natureza. 5a ed. Rio de Janeiro: Guanabara koogan, 2001. página 91).

A partir das relações apresentadas no esquema a seguir, assinale a afirmação correta.

44

a) A teia apresenta organismos que ocupam até o nível de consumidor terciário.

b) A energia que chegará ao homem será maior do que para o grilo.

c) O grilo e o boi apresentam interação ecológica do tipo competição intraespecífica.

d) Todos os organismos que atuam como consumidores secundários nessa teia competem diretamente pelo alimento.

e) Os decompositores atuam sobre todos os níveis apresentados na teia e na ciclagem dos nutrientes.

45. Observe a cadeia alimentar:

Algas  → copépodes   → peixes   → fragata

Considerando apenas essa cadeia e sabendo que a fragata voa sobre águas próximas à costa e nidifica em ilhas rochosas, podemos dizer que o nicho ecológico ocupado por essa ave:

a) São as ilhas onde nidifica.

b) É o mar costeiro, onde obtêm alimento.

c) São tanto as ilhas como o mar costeiro.

d) É o de predador de peixes em sua comunidade.

e) É o de consumidor primário em sua comunidade.

46. (UEG) Os cogumelos são fungos comumente encontrados em troncos de árvores, onde suas hifas nutrem-se de moléculas orgânicas que são os componentes presentes nesses troncos. Um indivíduo, ao se alimentar desse fungo, é considerado:

a) Consumidor primário.

b) Consumidor secundário.

c) Consumidor terciário.

d) Consumidor quaternário.

47. (UFRGS) Considere as seguintes afirmações sobre sucessão ecológica.

I. Quando uma comunidade atinge o estágio clímax, a teia alimentar torna-se mais complexa.

II. A composição das espécies tende a permanecer constante ao longo da sucessão.

III. Os diferentes organismos dos estágios serais ocasionam modificações nas condições ambientais locais.

Quais são corretas?

a) Apenas I.

b) Apenas II.

c) Apenas I e III.

d) Apenas II e III.

e) I, II e III.

 48. (UEL)              Leia o texto a seguir e responda esta questão.

Para obter-se o terreno para o plantio, o mato precisa ser derrubado, galhos e ramos cortados e, depois de secarem, precisam ser queimados. É um trabalho duro. Em geral é feito por grupos de homens acostumados com esse serviço, e que são pagos por um chefe o qual contrata o serviço com os donos das terras… Depois de mais ou menos 2 a 3 meses que o sol secou as folhas e os galhos, pode-se começar a queima do mato, um acontecimento notável, esperado com grande tensão.

(MAIER, Max Hermann. Um advogado de Frankfurt se torna cafeicultor na selva brasileira. CDPH / UEL.)

A prática da queimada, utilizada por agricultores para facilitar o plantio, tem efeitos prejudiciais para o solo. Assinale a alternativa que apresenta corretamente o efeito da alta temperatura no solo durante a queimada.

a) Incorporação do carbono em compostos orgânicos produzidos em altas temperaturas.

b) Perda de nitrogênio causada pela sua incorporação em compostos insolúveis, formados pelas cinzas.

c) Aumento da concentração de íons hidrogênio, levando à acidez e à diminuição do oxigênio.

d) Eliminação de microrganismos responsáveis pelo processo de degradação da matéria orgânica.

e) Absorção de monóxido de carbono e compostos inorgânicos pelas bactérias nitrificantes, causando baixa fertilidade do solo.

49. (UEL)                       Leia o texto a seguir e responda esta questão.

Para obter-se o terreno para o plantio, o mato precisa ser derrubado, galhos e ramos cortados e, depois de secarem, precisam ser queimados. É um trabalho duro. Em geral é feito por grupos de homens acostumados com esse serviço, e que são pagos por um chefe o qual contrata o serviço com os donos das terras… Depois de mais ou menos 2 a 3 meses que o sol secou as folhas e os galhos, pode-se começar a queima do mato, um acontecimento notável, esperado com grande tensão.

(MAIER, Max Hermann. Um advogado de Frankfurt se torna cafeicultor na selva brasileira. CDPH / UEL.)

Reconhecendo a importância da atmosfera para o equilíbrio térmico da Terra, é possível prever que a modificação em sua composição pode acarretar um desequilíbrio na manutenção da vida. Realizar amplos reflorestamentos no planeta é uma forma de reduzir o efeito estufa e conter o aquecimento global. Este procedimento baseia-se na hipótese de que o aumento de áreas de florestas promove:

a) Absorção de CFC, gás responsável pela destruição da camada de ozônio.

b) Aumento do gás carbônico no solo, diminuindo a emissão de gás metano para a atmosfera, causando resfriamento da superfície terrestre.

c) Maior disponibilidade de combustíveis fósseis, diminuindo o fenômeno da inversão térmica.

d) Redução da radiação ultravioleta causada pela liberação de gás oxigênio, resultante do processo fotossintético dos vegetais.

e) Retenção do carbono pelas árvores, com diminuição do gás carbônico atmosférico, o qual acentua o efeito estufa.

50. (UNIFESP) Analise a figura abaixo.

50

A figura mostra o processo de ocupação do solo em uma área dos pampas gaúchos. Considerando a sucessão ecológica, é correto afirmar que:

a) Na fase 2 temos a sucessão secundária uma vez que, na 1, teve início a sucessão primária.

b) Ocorre maior competição na fase 3 que na 4, uma vez que capins e líquens habitam a mesma área.

c) Após as fases representadas, ocorrerá um estágio seguinte, com arbustos de pequeno porte e, depois, o clímax, com árvores.

d) Depois do estabelecimento da fase 4 surgirão os primeiros animais, dando início à sucessão zoológica.

e) A comunidade atinge o clímax na fase 4, situação em que a diversidade de organismos e a biomassa tendem a se manter constantes.

51. (UNEMAT) Em relação à sucessão ecológica a seguir, analise as assertivas abaixo.

51

                             Fonte: Favaretto & Mercadante, Vol. Único, página 30.

I. A sucessão ecológica é caracterizada por uma série de alterações na estrutura e composição das comunidades, formando uma comunidade relativamente estável em equilíbrio com o meio.

II. As gramíneas e árvores de grande porte são exemplos de comunidades pioneiras que toleram condições adversas e modificam o ambiente, possibilitando o desenvolvimento de outras comunidades.

III. Numa comunidade clímax ocorre um maior número de espécies, um aumento da biomassa e elevada estabilidade.

Assinale a alternativa correta.

a) Apenas a assertiva I está correta.

b) Apenas a assertiva II está correta.

c) As assertivas I e II estão corretas.

d) As assertivas I e III estão corretas.

e) As assertivas II e III estão corretas.

52. (UFPB) A sucessão ecológica refere-se a uma sequência de mudanças estruturais e funcionais que ocorrem na comunidade, que, em muitos casos, seguem padrões definidos.  Acerca da sucessão ecológica, identifique as proposições verdadeiras:

I   II

0  0 – As gramíneas e os líquens são organismos pioneiros.

1 1 – A sucessão primária é aquela que ocorre logo após a queimada em um ambiente florestal.

2  2 – A biodiversidade, a biomassa e as condições microclimáticas geralmente se estabilizam, quando a comunidade aproxima-se do clímax.

3  3 – A homeostase aumenta à medida que a comunidade tende a se estabilizar.

4 4 – As espécies de pequeno porte e crescimento rápido ocorrem no início da sucessão primária, enquanto que as árvores e os arbustos de crescimento lento predominam no início da sucessão secundária.

53. (UNEMAT) “Sucessão ecológica é um mecanismo natural que abrange mudanças na estrutura das comunidades biológicas através do tempo. Esse processo direcional e até previsível resulta de modificações ambientais promovidas pelos seres vivos e das interações entre populações” (Paulino, 2002).

Com base neste enunciado, ao longo de uma sucessão ecológica ou da ecese para o clímax, pode-se afirmar que ocorre:

I. Aumento da produção primária bruta.

II. Aumento de consumo.

III. Diminuição da produção primária líquida.

IV. Aumento e, posteriormente, estabilidade da biomassa.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente I e II estão corretos.

b) Somente I, II e III estão corretos.

c) Somente II e III estão corretos.

d) Somente II, III e IV estão corretos.

e) Todos os itens estão corretos.

54. (UNICENTRO) As bactérias do gênero Rhizobium associam-se às raízes de algumas plantas. Tais organismos vivem normalmente no solo, onde alcançam o sistema radicular de leguminosas jovens e penetram, através dos pelos absorventes, instalando-se finalmente nos tecidos corticais das raízes. Essas bactérias têm grande importância na natureza, pois:

a) Atuam de forma singular, na decomposição da matéria orgânica morta presente no solo, além de consumir o excesso de CO2 do solo.

b) São aquelas que ao converter nitrito em nitrato, processo denominado de nitratação, libera nitratos para o solo, que podem ser absorvidos pelas plantas.

c) Fazem parte do grupo das bactérias anaeróbias que utilizam nitratos em vez de oxigênio no processo respiratório, eliminado o excesso desse composto no solo.

d) Funciona como um verdadeiro adubo vivo, ao fixar N2 atmosférico, transformando-o em sais nitrogenados, que serão utilizados pelas plantas.

e) Absorvem os íons amônio em excesso do solo, oxidando-os e, com a energia liberada, fabricam compostos orgânicos por quimiossíntese, além de consumir o excesso de CO2 do solo.

55. (UCS) Acredita-se que a quantidade de água na Terra é praticamente a mesma há 500 milhões de anos. O que tende a mudar é apenas a sua distribuição, pois a água é uma substância dinâmica: ela se recicla por meio de um processo chamado ciclo hidrológico, no qual as águas do mar e dos continentes evaporam, formando nuvens, e voltam a cair na biosfera, sob a forma de chuva, neblina e neve; depois escorrem para os rios, para os lagos, para o subsolo e para o mar. Esse ciclo garante a manutenção do equilíbrio no sistema hidrológico do planeta. No entanto, há alertas de que a água pode de alguma maneira faltar, pois a atividade humana vem poluindo esse recurso natural. E, com o aumento da população mundial, a água pode não ser suficiente para todos.

(Fontes: ÁGUA – Abundancia e escassez. Disponível em: <http://www. comciencia.br>. Acesso em: 20 out. 2011. – Texto Adaptado. VEJA, p. 131, 2 nov. 2011. – Texto adaptado.)

A figura abaixo representa uma serie de eventos que compõem o ciclo hidrológico do planeta.

55

Analise a veracidade (V) ou a falsidade (F) das proposições abaixo, sobre esse ciclo.

( ) O aquecimento pelo Sol provoca a evaporação da água (5). A formação das nuvens (6) ocorre à medida que o vapor d’água se resfria e se condensa, sob a forma de gotículas de chuva.

( ) Levadas pelos ventos (7), as nuvens ficam mais altas e se resfriam, formando gotas de água, que caem sob a forma de chuva (1) e (8). A água então retorna a terra, alimentando as fontes subterrâneas, os rios (2), os lagos e os mares (4).

( ) A respiração dos animais (10) produz O2, enquanto as plantas transpiram por meio das folhas e perdem água (9).

( ) Quando a água da chuva penetra no solo (3), ela dissolve minerais presentes nas rochas.

Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses, de cima para baixo.

a) VVFV.

b) VFVV.

c) FVFF.

d) V VV V.

e) FF FF.

56. (UFTM) O nitrogênio (N2) é um gás presente na atmosfera e sem ele provavelmente não haveria vida na terra como existe atualmente. Ele é fundamental para a formação de compostos nitrogenados presentes nos seres vivos. Pode-se afirmar que esse gás:

a) É absorvido diretamente da atmosfera por animais e vegetais e é utilizado na síntese de aminoácidos e nucleotídeos.

b) É fixado por fungos e algas unicelulares, que sintetizam proteínas e ácidos nucleicos, e estes são ingeridos e absorvidos por animais e vegetais.

c) Pode ser utilizado diretamente por leguminosas, sem a participação de microrganismos, o que justificaria a biomassa do feijão e da soja, rica em proteínas.

d) É absorvido por bactérias radicícolas que utilizam a energia solar, formando compostos nitrogenados como o nitrato, que é utilizado pelos vegetais.

e) Precisa ser transformado por alguns seres procariontes em alguns compostos nitrogenados, para assim serem assimilados por vegetais e, então, entrarem na cadeia alimentar.

57. (UFPB) Em busca de uma sustentabilidade do planeta, procuram-se diferentes fontes de energia alternativas mais eficientes e menos poluentes, a exemplo da produção do etanol a partir da cana de açúcar. Essa produção de combustível está ligada diretamente a um dos ciclos biogeoquímicos, ilustrado na figura a seguir:

57

Com base nessa figura, identifique a(s) afirmativa(s) correta(s):

I   II

0  0 – O ciclo representado é o do oxigênio.

1  1 – A letra C representa os decompositores.

2  2 – A transpiração está representada na etapa 4.

3  3 – A respiração está representada nas etapas 2 e 3.

4  4 – O acúmulo do carboidrato utilizado na produção de etanol está relacionado à etapa 1.

58. (UNICENTRO) Mesmo constituindo 78% da atmosfera terrestre, o gás nitrogênio não pode ser utilizado pelos seres vivos sob a sua forma gasosa, sendo necessária a sua conversão em formas utilizáveis pelas plantas, processo que é realizado por espécies de microrganismos denominadas fixadoras de nitrogênio. Com base nos conhecimentos relacionados ao ciclo de nitrogênio, identifique com V as afirmativas verdadeiras e com F, as falsas.

( ) O nitrogênio liberado no solo pelos organismos fixadores de nitrogênio encontra-se, primeiramente, sob a forma de amônia.

( ) As bactérias do solo, denominadas nitrificantes, oxidam amônia a íons nitrato pelo processo de nitrificação, possibilitando, desse modo, a absorção pelos vegetais.

( ) O processo de desnitrificação ocorre a partir da ação das bactérias desnitrificantes que convertem nitrito (NO2) em nitrato (NO3), para evitar seu acúmulo no solo e consequente toxicidade para os vegetais.

A alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo, é a:

a) V V F.

b) F F V.

c) F V F.

d) F V V.

e) V V V.

59. (ASCES) O problema ambiental ilustrado na charge abaixo geralmente é produzido pelo homem com a justificativa de:

59

a) Eliminar as pragas agrícolas.

b) Renovar o solo para rotação de culturas.

c) Construir habitações na zona rural.

d) Ampliar áreas de pastagem.

e) Reformar estradas em áreas urbanas.

60. (UNEMAT) Alguns elementos dos ecossistemas passam por ciclos. É o caso da água, do nitrogênio, do carbono e do enxofre. A respeito dos ciclos da matéria, assinale alternativa correta.

a) As plantas, ao fazerem respiração, reduzem os níveis de CO2 atmosféricos, fixando essa molécula em seus organismos.

b) Somente nos oceanos ocorre a evaporação da água, o que explica o clima seco no interior dos continentes.

c) Os organismos mais responsáveis pela transformação de amônia e nitrito em nitrato são os fungos nitrificantes.

d) O aquecimento global é causado por um desequilíbrio no ciclo do carbono, resultando em mudanças climáticas.

e) O ser humano excreta nitrogênio em excesso, fruto de seu metabolismo, através da transpiração.

GABARITO

01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

A

FVVVF

E

B

VVFVF

A

B

A

C

FVFFV

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

C

VFFFV

FFVVF

A

FFVFV

E

FFFFV

D

B

B

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

B

A

B

C

A

D

VFVFV

E

E

VFVVF

31

32

33

34

35

36

37

38

39

40

A

E

FVVVF

C

D

C

VFFFV

C

C

FVVFV

41

42

43

44

45

46

47

48

49

50

B

C

VFFVV

E

D

B

C

D

E

E

51

52

53

54

55

56

57

58

59

60

D

VFVVF

E

D

A

E

FVFVV

A

D

D

 


Responses

  1. Olá professor, referente á questão 12, o que exatamente esta incorreto nessa afirmação?

    3 3 – A sucessão que acontece nas dunas recém-formadas, pela ação constante dos ventos em regiões do litoral, representa sucessão secundária, e seu estágio de comunidade clímax sofre alterações estruturais constantes.

    • Cara Vitoria
      – Clímax é a última fase da sucessão ecológica. No clímax, o ecossistema se apresenta estável, em equilíbrio com o ambiente. Nessa comunidade, todos os nichos ecológicos estão sendo explorados e a variedade de espécies é a maior possível.
      – Assim sendo, a alternativa 3 3 ( “A sucessão que acontece nas dunas recém-formadas, pela ação constante dos ventos em regiões do litoral, representa sucessão secundária, e seu estágio de comunidade clímax sofre alterações estruturais constantes.”) está incorreta quando se refere a alterações estruturais constantes sofridas pela comunidade clímax.
      Um abraço
      Djalma Santos

  2. Professor, referente à questão 15, porque esta alternativa esta errada?

    0 0 – O processo mostrado em A é realizado somente por bactérias simbiontes que vivem no interior das raízes de leguminosas.

    • Prezada Vitória
      – Em A, está sendo mostrada uma das etapas do ciclo do nitrogênio, denominada fixação do nitrogênio, que descrevemos a seguir.
      – FIXAÇÃO DO NITROGÊNIO ATMOSFÉRICO
      * Essa etapa é realizada, principalmente, por um grupo de microrganismos conhecidos, genericamente, como fixadores de nitrogênio, que tem como principais representantes as cianobactérias (a “Nostoc” e a “Anabaema”, entre outras) e as bactérias pertencentes aos gêneros “Azotobacter”, “Clostridium” e “Rhizobium” (bacilo radicícola). As cianobactérias são encontradas, principalmente, na água e em solos encharcados. As bactérias do gênero “Azotobacter” e “Clostridium” vivem livremente no solo, enquanto as do gênero “Rhizobium” vivem em associação mutualística com as células das raízes de certas plantas, principalmente leguminosas (feijão, soja, lentilha, ervilha, alfafa, amendoim, etc.) onde formam pequenos nódulos. Esses organismos fixadores são capazes de converter o nitrogênio atmosférico em amônia. Esse processo, denominado fixação biológica do nitrogênio, possibilita, portanto, a utilização do nitrogênio pelos vegetais.
      * Dessa forma, a alternativa 0 0 (“O processo mostrado em A é realizado somente por bactérias simbiontes que vivem no interior das raízes de leguminosas.”) está incorreta. As bactérias simbióticas, referidas nesta alternativa, não as únicas que promovem a fixação do nitrogênio.
      Um abraço
      Djalma Santos

  3. Professor, muito abrigada! O senhor e seu site são excelentes, abraço 😀

  4. oi queira saber porque os pardais são considerados consumidores na questão 6?

    • 06. (MACK) A China contra os pardais
      […] em 1958, enquanto colocava em ação seus planos para o Grande Salto à Frente, Mao deflagrou uma ampla campanha de combate aos pardais. A ave era um dos alvos da chamada Campanha das Quatro Pestes, que pretendia eliminar também os ratos, as moscas e os mosquitos, considerados inimigos públicos pelo líder chinês. Mao dizia que cada pardal, ciscando nas plantações, consumia 4 quilos de grãos por ano.
      […] os chineses, então, saíram às ruas e começaram a caça aos pardais. Seus ninhos eram destruídos, os ovos quebrados e os filhotes mortos.
      […] A campanha foi um retumbante fracasso. Não se levou em conta que os pardais, além de comer grãos, se alimentam também de insetos, e que uma de suas iguarias prediletas são os gafanhotos. A população de gafanhotos se multiplicou pelos campos chineses, arruinando plantações e causando desequilíbrio ao ecossistema.
      Revista Veja, 14/09/2011
      Relacionando esse episódio com uma cadeia alimentar, é correto afirmar que:
      a) Os pardais podem ser considerados como consumidores de 1ª e de 2ª ordens.*
      b) Os ratos podem ser considerados somente como consumidores de 2ª ordem.
      c) Os gafanhotos podem ser considerados como consumidores de 1ª e de 2ª ordens.
      d) O homem pode ser considerado somente como consumidor de 2ª ordem.
      e) Todos os consumidores envolvidos podem ser considerados de 2ª ordem.
      ra
      Veja no texto a seguir, contido no enunciado, “… os pardais, além de comer grãos, se alimentam também de insetos, … “. – ALTERNATIVA A (“Os pardais podem ser considerados como consumidores de 1ª e de 2ª ordens.”).
      Um abraço
      Djalma Santos

  5. prof gostaria de entender o por que da proporção 1:4:2500 da questao 2

    • Cara Juliane
      ALTERNATIVA 3 3 (“As biomassas dos constituintes da pirâmide no sentido dos sapos para as gramíneas obedecem às razões 1:4:2500.”) – VERDADEIRA
      JUSTIFICATIVA
      – Sapos: 0,2 g/m2 (1).
      – Gafanhotos: 0,8 g/m2 (4) [0.8/0,2 = 4].
      – Gramíneas: 500 g/m2 (2500) [500/0,2 = 2500].
      – Temos, portanto, 1:4:2500 (ALTERNATIVA 3 3 ).
      Um abraço
      Djalma Santos

  6. Djalma, por que a letra E da questão 38 está errada?

    • ALTERNATIVA E (“Grupo de níveis hierárquicos que classifica os organismos como produtores, consumidores e decompositores com base na forma como eles obtêm ENERGIA DA MATÉRIA INORGÂNICA.”) – INCORRETA
      INCORREÇÃO: … ENERGIA DE MATÉRIA INORGÂNICA.
      Djalma Santos

  7. Djalma, por que a última proposição da questão 52 está errada?

    • ALTERNATIVA 4 4 (“As espécies de pequeno porte e crescimento rápido ocorrem no início da sucessão primária, enquanto que as árvores e os arbustos de crescimento lento predominam no início da sucessão secundária.”) – INCORRETA
      SUCESSÃO ECOLÓGICA: processo ordenado, direcional e até previsível, em que as comunidades vão se sucedendo umas às outras, culminando com o estabelecimento de uma comunidade estável, denominada clímax. A sucessão ecológica é regulada não apenas pela comunidade, mas também pelos fatores abióticos, que podem determinar o padrão das mudanças verificadas, bem como, limitar a extensão do desenvolvimento.
      TIPOS DE SUCESSÃO ECOLÓGICA
      I. Primária: ocorre em locais nunca antes habitado. Como exemplo citamos a colonização e a sucessão de comunidades em uma rocha nua.
      II. Secundária: ocorre em locais anteriormente povoados, cujas comunidades foram eliminadas, por alterações ambientais naturais (erupções vulcânicas, incêndios, inundações, glaciações, etc.) ou pela intervenção do homem (queimadas, desmatamentos, etc.). Na sucessão secundária, os ESTÁGIOS SÃO MAIS CURTOS E O CLÍMAX É ATINGIDO MAIS RÁPIDO, em relação à primária.
      Djalma Santos

      • Obrigado!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: