Publicado por: Djalma Santos | 11 de junho de 2013

Testes de citologia

01. (IFSC) Na superfície das membranas celulares encontram-se diferentes carboidratos que podem se ligar covalentemente a proteínas e lipídios, denominados glicoconjugados. Essas inúmeras combinações permitem grande diversidade estrutural, especificidade e atividade biológica.

Com relação a essas informações, analise as proposições e assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

I   II

0  0 – A superfície das “células” sanguíneas (eritrócitos) possui glicoproteínas que constituem as bases moleculares dos diferentes grupos sanguíneos (sistema ABO).

1  1 – O modelo do Mosaico Fluido diz que as membranas biológicas são formadas por uma bicamada de carboidratos, na qual estão inseridas diversas proteínas.

2  2 – Os glicolipídios e as glicoproteínas situam-se no lado citosólico (espaço intracelular) das membranas, formando o glicocálix nas células vegetais.

3  3 – As células animais possuem membranas celulares rígidas, contendo glicoproteínas na sua superfície.

4  4 – As glicoproteínas e glicolipídios são encontradas na superfície de praticamente todas as células, desempenhando importante papel nos processos de reconhecimento e adesão celulares.

02. (CEFET-MG) As figuras abaixo se referem aos processos de divisão celular.

02

Fonte: Disponível em: <http://e-porteflio.blogspot.com/2008/11&gt;.Acesso em: 09 set. 2011.

Os gráficos A e B relacionam-se, respectivamente, com a(ao):

a) Permutação gênica e regeneração da pele.

b) Formação do sangue e variabilidade genética.

c) Aumento dos pelos e crescimento embrionário.

d) Formação de gametas e reposição de células perdidas.

e) Redução do número de cromossomos e duplicação do DNA.

03. (UPE) Sobre a organela cloroplasto, analise a figura e o texto abaixo.

03

Fonte:http://web.educastur.princast.es/proyectos/biogeo_ov/2bch/B3_

METABOLISMO/t32_FOTOSINTESIS/TEST/65_Diapositiva.GIF

Os cloroplastos são envoltos por duas membranas, uma __1__ e outra __2__, separadas por um espaço intermembranar. No interior dessa organela, existe uma matriz amorfa __3__, que contém enzimas, amido, ribossomos e DNA. Mergulhados nessa matriz, existe um sistema membranar que forma um conjunto de vesículas achatadas __4__, em forma de discos, onde se encontra o pigmento clorofila.

Assinale a alternativa que preenche corretamente os números das lacunas.

a) 1 – membrana externa, 2 – membrana interna, 3 – estroma, 4 – tilacoide.

b) 1 – membrana interna, 2 – membrana externa, 3 – grana, 4 – estroma.

c) 1 – membrana externa, 2 – membrana interna, 3 – estroma, 4 – granum.

d) 1 – membrana externa, 2 – membrana interna, 3 – estroma, 4 – lamela.

e) 1 – membrana interna, 2 – membrana externa, 3 – lamela, 4  -tilacoide.

04. (UFAM) Existem 40 cromossomos em uma célula somática de um ratinho urbano. Pergunta-se: (I) Quantos cromossomos o rato recebeu de seu pai? (II) Quantos autossomos estão presentes no gameta de um rato? (III) Quantos cromossomos sexuais existem em um oócito de rato? (IV) Quantos autossomos existem nas células somáticas de uma fêmea de rato?

a) (I) 20; (II) 19; (III) 1; (IV) 38.

b) (I) 40; (II) 2; (III) 2; (IV) 40.

c) (I) 10; (II) 38; (III) 1; (IV) 2.

d) (I) 20; (II) 19; (III) 2; (IV) 40.

e) (I) 20; (II) 39; (III) 1; (IV) 38.

05. (UFMS) Os transportes através da membrana plasmática podem ser feitos a favor do gradiente de concentração ou contra ele. No entanto, quando as moléculas são grandes demais, as células recorrem a outros mecanismos, como a endocitose e a exocitose. É, então, correto afirmar:

a) A exocitose e denominada clasmocitose, quando libera exclusivamente resíduos grandes durante a digestão celular.

b) No conjunto de processos da exocitose, não está incluída a liberação de hormônios para o metabolismo celular.

c) A pinocitose é o processo usado pelas células para englobar partículas pequenas e sólidas.

d) Na fagocitose, a célula emite pseudópodes que envolvem a partícula a ser englobada.

e) As bolsas citoplasmáticas que contém o material englobado por pinocitose são chamadas fagossomas.

06. As organelas citoplasmáticas desempenham nas células importantes funções. Das associações abaixo, uma é incorreta. Assinale-a.

a) O retículo endoplasmático liso atua na degradação do álcool ingerido em bebidas alcoólicas; essa organela é abundante em células do fígado.

b) O complexo de Golgi é mais desenvolvido em células secretoras e é responsável pela modificação e eliminação de secreções.

c) Os lisossomos exercem função autofágica, contribuindo para a renovação do material citoplasmático.

d) O retículo endoplasmático rugoso é muito desenvolvido em células com função secretora, como, por exemplo, em células do pâncreas e em células caliciformes intestinais.

e) Os peroxissomos atuam sobre os lipídios, convertendo-os em açúcares, processo fundamental para a construção da membrana plasmática.

07. (UNICENTRO) A mosca da fruta ou Drosophila melanogaster apresenta 8 cromossomos em suas células somáticas. Após a mitose, para a multiplicação de suas células somáticas, e nas meioses reducional e equacional, para a formação dos gametas desse animal, a mosca da fruta apresentará, respectivamente, os números de cromossomos:

a) 8, 4 e 4.

b) 4, 4 e 4.

c) 8, 6 e 4.

d) 4, 8 e 6.

e) 8, 8 e 4.

08.  (UEMA) Como são proteínas, as enzimas são sintetizadas no(a)____ ou em ribossomos livres no hialoplasma. Distribuídas pelo(a) ____, algumas enzimas migram até o(a) ____, onde ficam armazenadas. Das bolsas e cisternas do(a) ____desprendem-se vesículas cheias de enzimas digestórias, que podem ser exportadas pela célula ou promover a digestão de substâncias englobadas por____ou ____. Nesse último caso, essas pequenas vesículas portadoras de enzimas digestórias são denominadas ____ .

WILSON, P. Biologia. São Paulo: Ática, 2005 (adaptado).

Qual a alternativa que completa as lacunas corretamente?

a) retículo endoplasmático granuloso – retículo endoplasmático liso – complexo golgiense – complexo golgiense – fagocitose – pinocitose – lisossomos.

b) retículo endoplasmático liso – retículo endoplasmático liso – complexo golgiense – complexo golgiense – fagocitose – pinocitose – lisossomos.

c) retículo endoplasmático granuloso – retículo endoplasmático granuloso – mitocôndria – mitocôndria – fagocitose – pinocitose – lisossomos.

d) retículo endoplasmático liso – retículo endoplasmático liso – complexo golgiense – complexo golgiense – fagocitose – pinocitose – ribossomos.

e) retículo endoplasmático granuloso – retículo endoplasmático granuloso – complexo golgiense – complexo golgiense – fagocitose – pinocitose – lisossomos.

09. (UNICAMP) Hemácias de um animal foram colocadas em meio de cultura em vários frascos com diferentes concentrações das substâncias A e B, marcadas com isótopo de hidrogênio. Dessa forma os pesquisadores puderam acompanhar a entrada dessas substâncias nas hemácias, como mostra o gráfico apresentado a seguir.

09

Assinale a alternativa correta.

a) A substância A difunde-se livremente através da membrana; já a substância B entra na célula por um transportador que, ao se saturar, mantém constante a velocidade de transporte através da membrana.

b) As substâncias A e B atravessam a membrana da mesma forma, porém a substância B deixa de entrar na célula a partir da concentração de 2mg/mL.

c) A quantidade da substância A que entra na célula é diretamente proporcional a sua concentração no meio extracelular, e a de B, inversamente proporcional.

d) As duas substâncias penetram na célula livremente, por um mecanismo de difusão facilitada, porém a entrada da substância A ocorre por transporte ativo, como indica sua representação linear no gráfico.

10. (FUVEST) Um indivíduo é heterozigótico em dois locos: AaBb. Um espermatócito desse indivíduo sofre meiose. Simultaneamente, uma célula sanguínea do mesmo indivíduo entra em divisão mitótica. Ao final da interfase que precede a meiose e a mitose, cada uma dessas células terá, respectivamente, a seguinte constituição genética:

a) AaBb e AaBb.

b) AaBb e AAaaBBbb.

c) AAaaBBbb e AaBb.

d) AAaaBBbb e AAaaBBbb.

e) AB e AaBb.

11. (FUVEST) Os desenhos a seguir representam três células em anáfase da divisão celular, pertencentes a um organismo cujo número diploide de cromossomos é igual a 6 (2n = 6). As células 1, 2 e 3 se encontram, respectivamente, em:

11

a) Mitose, meiose I e meiose II.

b) Meiose I, meiose II e mitose.

c) Meiose II, mitose e meiose I.

d) Meiose I, mitose e meiose II.

e) Meiose II, meiose I e mitose.

12. (UECE) A membrana plasmática tem como principal função selecionar as substâncias e partículas que entram e saem das células. Para sua proteção, a maioria das células apresenta algum tipo de envoltório. Nos animais esse envoltório é denominado glicocálix e nos vegetais é denominado parede celulósica. Em relação às células animais, é correto afirmar-se que o glicocálix:

a) Compreende o conjunto de fibras e microvilosidades que revestem as células das mucosas.

b) É representado pelo arranjo de estruturas como interdigitações e desmossomos fundamentais à dinâmica celular.

c) É composto exclusivamente pelos lipídios e proteínas presentes nas membranas dessas células.

d) Pode ser comparado a uma manta, formada principalmente por carboidratos, que protege a célula contra agressões físicas e químicas do ambiente externo.

13. (UNCISAL) Zeca é um biólogo e estava estudando 3 tubos de ensaios contendo hemácias, as quais foram analisadas ao microscópio. No primeiro tubo (A), as células estavam murchas, no segundo (B), normais e no terceiro (C), inchadas.

13

Pode-se afirmar que as hemácias foram colocadas em solução:

a) Hipotônica no tubo A.

b) Isotônica no tubo B.

c) Hipertônica no tubo C.

d) Hipotônica no tubo B.

e) Isotônica no tubo A.

14. (UPE) Observe a fotomicrografia da célula meiótica de um gafanhoto macho, com 11 pares de autossomos (bivalentes) e sistema de determinação sexual XO (o X é univalente).

14

Marque a alternativa que descreve a análise correta da fase apresentada no círculo.

a) No leptóteno, os cromossomos estão se condensando e são visíveis como fios longos e finos, pontilhados por cromômeros.

b) Na metáfase I, os cromossomos emparelhados e unidos pelos quiasmas estão em sua máxima condensação e alinhados na placa equatorial.

c) Na anáfase I, cada bivalente é desfeito, e cada homólogo, constituído de duas cromátides unidas pelo centrômero, é puxado para um dos polos da célula.

d) Na prófase II, a cromatina volta a se condensar para formar cromossomos que são mais curtos, grossos e ainda dispersos.

e) Na telófase II, os cromossomos descondensados estão concentrados em dois lotes, um em cada polo da célula.

15.  (UFGD) Consumir saladas é uma das dicas dos nutricionistas para uma alimentação saudável. As saladas, especialmente de folhas verdes, se temperadas com sal, azeite e limão muito antes de serem consumidas, ficam:

a) Desidratadas, uma vez que o tempero torna o meio isosmótico.

b) Murchas, uma vez que o tempero torna o meio hiperosmótico.

c) Hidratadas, uma vez que o tempero torna o meio hiposmótico.

d) Ressecadas, uma vez que o tempero torna o meio isosmótico.

e) Túrgidas, uma vez que o tempero torna o meio hipotônico.

16. (UEL) A imagem a seguir que representa a ciclodextrina.

16

Várias estruturas celulares apresentam disposição de moléculas semelhante à da ciclodextrina, isto é, possuem superfícies polares e hidrofílicas e uma região central apolar e hidrofóbica. Com base nos conhecimentos sobre o tema, assinale a alternativa que apresenta a estrutura celular com esse padrão molecular de polaridade.

a) Centríolos.

b) Membrana plasmática.

c) Parede celulósica.

d) Ribossomos.

e) Cromossomos.

17. (CEFET-MG) Analise a imagem a seguir.

17

Fonte: Disponível em: <http://www.cientic.com/tema_classif_img3.html&gt;. Acesso em: 21 ago. 2011.

Esse esquema representa as etapas da hipótese _______________, a qual versa que tanto as mitocôndrias quanto os plastos originaram-se de _______________ que, no passado remoto, associaram-se as primitivas células eucarióticas.

Os termos que completam, corretamente, as lacunas acima são:

a) autogenética, vírus

b) abiogênica, fungos

c) heterotrófica, algas

d) autotrófica, protozoários

e) simbiogênica, bactérias

18. (UNIFOR) A figura abaixo esquematiza uma função da membrana plasmática.

18

No organismo humano, essa função é importante em células que:

a) Têm função secretora.

b) Armazenam gorduras.

c) Recebem e transmitem estímulos.

d) Atuam no mecanismo de defesa do corpo.

e) Apresentam propriedades de contração e distensão.

19. Um peixe tipicamente marinho é introduzido em um tanque contendo água doce. Analisando o balanço osmótico, podemos dizer que:

a) O corpo do peixe perde água para o meio externo.

b) A perda de água do corpo do peixe para o meio externo é impedida pela presença de escamas e muco.

c) A água do meio externo, menor concentrada, penetra no corpo do peixe, que é mais concentrado.

d) A água do meio externo, mais concentrada, penetra no corpo do peixe, que é menos concentrado.

e) O corpo do peixe entra automaticamente em equilíbrio com a água circundante, evitando a entrada ou a saída de água.

20. (UFPB) Com relação aos processos pelos quais as substâncias atravessam as membranas biológicas, pode-se afirmar:

I. A solução que apresenta maior concentração de soluto, na osmose, é chamada hipotônica.

II. A bomba de sódio-potássio trabalha contra o gradiente de concentração dos referidos íons.

III. A difusão é um mecanismo altamente eficiente de distribuição de pequenas moléculas e íons a curta distância, por não haver “gasto” aparente de energia nesse processo.

Está(ão) correta(s):

a) I, II e III.

b) Apenas I e II.

c) Apenas II.

d) Apenas I e III.

e) Apenas II e III.

21. (MACK) A respeito das estruturas apontadas no esquema abaixo, assinale a alternativa correta.

21

a) 5 indica uma organela que participa diretamente do processo de divisão celular, embora esteja ausente em células vegetais.

b) 1 indica uma organela pouco desenvolvida em células glandulares.

c) Uma vez que a célula amadurece, o número de organelas 2 não se altera.

d) 4 é capaz de impedir a passagem de qualquer toxina para o interior da célula.

e) Em 3 ocorre a transcrição, uma das etapas da síntese de proteínas.

22. (UNICENTRO) A ilustração abaixo representa o intestino delgado e destaca uma célula epitelial com os transportes envolvidos no trânsito da glicose (GL) da luz intestinal para a corrente sanguínea.

22

O transporte representado em I se caracteriza como ativo, porque:

a) Gera gradiente iônico tanto de Na+ quanto de K+.

b) Ocorre a favor do gradiente de concentração dos íons.

c) Iguala as concentrações intra e extracelular de Na+ e K+.

d) Utiliza uma proteína transmembrana, que é um canal iônico.

e) Ocorre através da bicamada lipídica da membrana plasmática.

23. (UPE) A figura a seguir ilustra o processo de digestão intracelular, no qual estão envolvidas várias organelas celulares. Identifique as estruturas e/ou processos enumerados na figura a seguir:

23

Fonte: adaptada de  http://3.bp.blogspot.com/_klKFmeWGnUQ/THF49NcH8TI/

AAAAAAAAAG8/0YkWYfNfing/s1600/Autofagia+e+Heterofagia.gif

Estão corretas:

a) I – Endocitose; II – Peroxissomo; III – Retículo endoplasmático rugoso; IV – Vacúolo digestivo; V – Fagossomo; VI – Exocitose.

b) I – Fagocitose; II – Lisossomo; III – Complexo de Golgi; IV – Vacúolo autofágico; V – Corpo residual; VI – Clasmocitose.

c) I – Pinocitose; II – Vacúolo; III – Retículo endoplasmático liso; IV – Mitocôndria; V – Fagossomo; VI – Autofagia.

d) I – Heterofagia; II – Ribossomo; III – Complexo de Golgi; IV – Vacúolo; V – Exocitose; VI – Excreção celular.

e) I – Fagossomo; II – Grânulo de inclusão; III – Retículo endoplasmático liso; IV – Mitocôndria; V – Heterofagia; VI – Clasmocitose.

24. (UDESC) Observe o esquema abaixo:

24

Assinale a alternativa correta quanto à morfologia e fisiologia da estrutura interna (organela) de uma célula animal, que se encontra partida ao meio, permitindo a sua visualização interna.

a) O esquema se refere à mitocôndria, que é responsável pela fermentação celular; a mitocôndria utiliza o ribossomo e a matriz para realizar a glicólise.

b) O esquema se refere à mitocôndria, que é responsável pela digestão celular. Para realizar essa função, ocorre o processo de cadeia respiratória em sua membrana externa.

c) O esquema se refere ao peroxissoma, que é responsável pela reação de oxidação de moléculas orgânicas e que utiliza sua membrana externa para realizar essa função.

d) O esquema se refere ao complexo de Golgi, que é responsável pela conversão da acetil-CoA com o ácido oxalacético, existente na matriz e forma o ácido cítrico.

e) O esquema se refere à mitocôndria, que é responsável por algumas etapas da respiração celular. Na matriz ocorre o ciclo de Krebs, e na membrana interna ocorre a cadeia respiratória.

25. (UECE) Analise as proposições sobre os processos de divisão celular e assinale (V) para as verdadeiras e (F) para as falsas.

(  ) A primeira fase da mitose, também denominada prófase, inicia-se com a formação do fuso acromático e se encerra com o emparelhamento dos cromossomos homólogos.

(  ) Na mitose, a divisão de uma célula mãe origina quatro células filhas, geneticamente idênticas.

(   ) Em células animais, a citocinese é denominada centrífuga e em células vegetais, recebe o nome de citocinese centrípeta.

(   ) Na meiose, o número original de cromossomos é diminuído pela metade nas células filhas produzidas.

(  ) Na reprodução sexuada, a meiose é de fundamental importância para manter constante o número de cromossomos de uma espécie.

Assinale a alternativa que contém a sequência correta de cima pra baixo.

a) V, F, F, V, F.

b) V, V, F, F, V.

c) F, F, V, F, V.

d) F, F, F, V, V.

26. (IFSudeste) O ser humano adulto é multicelular, com centenas de tipos de células. Em cada tipo, podem ser identificadas no citoplasma as organelas, membranosas ou não membranosas, que desempenham variadas funções. Sobre as organelas, marque a alternativa incorreta:

a) No retículo endoplasmático liso, ocorre a degradação de drogas.

b) O complexo golgiense atua na formação dos lisossomos que auxiliam na digestão intracelular.

c) O citoesqueleto, uma organela não membranosa, é o responsável pela corrente citoplasmática.

d) O retículo endoplasmático rugoso, juntamente com os ribossomos, é responsável pela síntese proteica na célula.

e) Os peroxissomos auxiliam as mitocôndrias no processo de respiração celular, sendo os responsáveis pela respiração anaeróbica alcoólica, liberando, pela peroxidase, o oxigênio a ser utilizado pela mitocôndria.

27. (UERN) A Drosophila tornou-se popular como um organismo experimental no inicio do século XX, devido a características comuns a maioria dos organismos-modelo. Ela é pequena, simples de criar, com reprodução rápida e fácil de obter (e só ter uma fruta apodrecendo). Foi demonstrado que ela tem uma grande gama de alelos mutantes interessantes que foram usados para estabelecer as regras básicas da genética de transmissão. Os primeiros pesquisadores também tiraram proveito de uma característica única da mosca-das-frutas: os cromossomos politênicos. São algumas características peculiares desses cromossomos:

a) São encontrados nas células de glândulas salivares de alguns insetos. Nessas células, os homólogos fazem pares e replicam-se muitas vezes sem segregação cromossômica.

b) Esses cromossomos gigantes são encontrados em alguns insetos, formam um longo filamento duplo de DNA que se fecha em anel, pois suas duas extremidades se fundem.

c) São pequenas moléculas independentes de DNA, os quais levam genes não encontrados na molécula principal de DNA.

d) Esses cromossomos encontrados em drosófilas se mostram menos condensados e se coram menos fortemente com corantes específicos de DNA.

28. (UFG)                                      Leia o texto a seguir.

A teoria endossimbiótica, proposta pela bióloga Lynn Margulis, indica que os primeiros eucariontes eram organismos anaeróbios, heterotróficos e que se alimentavam fagocitando bactérias aeróbicas e fotossintetizantes. Essas bactérias fagocitadas pelos eucariontes simples teriam mantido com eles relação simbiótica harmônica e, com o tempo, passaram a constituir um só organismo.

Essa teoria tem nos cloroplastos e mitocôndrias elementos base de sua evidência, porque essas organelas apresentam:

a) Membrana dupla: a interna seria da bactéria fagocitada e a externa, do envoltório da célula eucarionte.

b) Reprodução por brotamento, característica também encontrada nas bactérias fagocitadas.

c) RNA circular compatível com o que existe no núcleo das células eucariontes.

d) Cinetoplastos, que foram incorporados às células eucariontes.

e) Carapaça de proteína transferida para as células eucariontes.

29. (FUVEST) O retículo endoplasmático e o complexo de Golgi são organelas celulares cujas funções estão relacionadas. O complexo de Golgi:

a) Recebe proteínas sintetizadas no retículo endoplasmático.

b) Envia proteínas nele sintetizadas para o retículo endoplasmático.

c) Recebe polissacarídeos sintetizados no retículo endoplasmático.

d) Envia polissacarídeos nele sintetizados para o retículo endoplasmático.

e) Recebe monossacarídeos sintetizados no retículo endoplasmático e para ele envia polissacarídeos.

30. (UNICENTRO) Sobre as funções do retículo endoplasmático liso em uma célula eucariótica, é correto afirmar:

a) É responsável pelo processo de ciclose, que consiste na síntese de ribossomos.

b) Apresenta um papel fundamental na síntese de proteínas, devido aos ribossomos que se encontram aderidos à sua superfície.

c) Está relacionado com o processo de secreção celular e síntese de polissacarídeos, além de transporte de substâncias.

d) É responsável pela sustentação e pela manutenção da forma celular, principalmente nas células animais, que não possuem parede celular.

e) Apresenta papel importante na síntese de lipídios e transporte de substâncias, além de participar da neutralização de substâncias tóxicas.

31. (IFTM) O número excessivo de veículos torna-se um problema preocupante devido à grande emissão de poluentes resultantes da utilização de combustíveis fósseis. Pesquisas recentes também alertam para o perigo da silicose nas grandes cidades. As pastilhas de freio dos automóveis liberam partículas de sílica que ficam em suspensão e podem ser inspiradas pelas pessoas podendo, eventualmente, causar a silicose. Nessa doença, as partículas de silício rompem a membrana de uma organela levando à destruição generalizada de células pulmonares. A doença provoca grave reação inflamatória e fibrose pulmonar, que determina incapacidade para o trabalho, invalidez, aumento da suscetibilidade à tuberculose e ao câncer. A organela citoplasmática responsável pela destruição das células pulmonares na silicose é:

a) O ribossomo.

b) O lisossomo.

c) A mitocôndria.

d) O Complexo de Golgi.

e) O retículo endoplasmático liso.

32. (UNICENTRO) As figuras I e II abaixo ilustram duas visões de uma membrana celular. Em I, é possível observar uma micrografia eletrônica da membrana plasmática e, em II, uma representação gráfica tridimensional.

(ALBERTS et al, 2004).

32

A membrana plasmática é responsável por manter a integridade celular como um sistema químico coordenado. Sobre a membrana plasmática, é correto afirmar, exceto:

a) Apresenta camada dupla de moléculas de fosfolipídios, entre as quais há moléculas de proteínas encaixadas ou embutidas.

b) Os lipídios da camada dupla funcionam como receptores de membrana e possuem um importante papel no reconhecimento de substâncias produzidas pelo organismo ou provenientes do meio externo.

c) O transporte ativo é o transporte de substâncias através da membrana plasmática que ocorre contra um gradiente de concentração.

d) A osmose consiste na difusão da molécula de água através da membrana, a favor do gradiente de concentração.

e) A pinocitose é um tipo de endocitose na qual a membrana plasmática se invagina e engloba partículas líquidas muito pequenas.

33. (IFMT) A célula é a menor porção a constituir um organismo vivo. Parece incrível que estruturas tão pequenas sejam essenciais para manter o organismo sempre trabalhando em harmonia. Mais incrível que isso é a maneira como as organelas se organizam para realizar as mais diferentes tarefas. É a fantástica e fascinante organização do corpo físico. Com relação às organelas e às atividades realizadas por elas, faça a associação correta.

1. Glioxissomos.

2. Vacúolo.

3. Retículo endoplasmático não granuloso. 

4. Lisossomos.

5. Complexo golgiense.

(   ) Organela onde comumente são encontradas inclusões em forma de cristais, constituídas por oxalato de cálcio, denominadas drusas, ráfides e monocristais, resultante do metabolismo celular vegetal.

(   ) No dia a dia da vida de uma célula, é responsável por destruir organelas celulares desgastadas e reaproveitar alguns de seus componentes moleculares, promovendo, dessa maneira, a renovação dos componentes celulares. Por exemplo, uma célula nervosa do cérebro formada em nossa vida embrionária tem todos os seus componentes (exceto os genes) com menos de um mês de idade.

(   ) Importante para a formação do acrossomo, estrutura responsável por carregar as enzimas que irão promover a perfuração da membrana do óvulo no processo de fecundação.

(    ) Nas células que constituem as sementes, essas organelas são importantes na transformação de ácidos graxos em substâncias de menor tamanho, que acabarão sendo convertidas em glicose e utilizadas pelo embrião em germinação.

(   ) Abundante nas células do fígado, onde participa dos processos de desintoxicação do organismo absorvendo substâncias tóxicas, modificando-as ou destruindo-as, de modo a não causarem danos ao organismo. É a que permite eliminar parte do álcool, medicamentos e outras substâncias potencialmente nocivas que ingerimos.

A associação correta, de cima para baixo, é:

a) 4, 3, 2, 5, 1.

b) 5, 1, 4, 3, 2.

c) 1, 5, 3, 2, 4.

d) 3, 2, 1, 4, 5.

e) 2, 4, 5, 1, 3.

34. (FAVIP) Maria perfura o próprio dedo com uma agulha desinfetada e deixa algumas gotas de sangue derramar dentro de um tubo contendo água. Depois de alguns minutos, prepara uma lâmina com o material. Considerando que o que Maria observou ao microscópio está ilustrado abaixo, é correto afirmar:

34

a) Antes de se romperem, suas hemácias perdem soluto (A) para o meio extracelular.

b) Antes de se romperem, suas hemácias ganham soluto (B) do meio extracelular.

c) As células se romperam (C) devido à entrada de água por osmose.

d) As hemácias são hipotônicas em relação ao meio extracelular.

d) As células aumentaram de volume porque se encontravam em um meio hipertônico.

35. (UERJ) Durante o processo evolutivo, algumas organelas de células eucariotas se formaram por endossimbiose com procariotos. Tais organelas mantiveram o mesmo mecanismo de síntese proteica encontrado nesses procariotos. Considere as seguintes organelas celulares, existentes em eucariotos:

1. Mitocôndrias.

2. Aparelho golgiense.

3. Lisossomas.

4. Cloroplastos.

5. Vesículas secretoras.

6. Peroxissomas.

Nas células das plantas, as organelas que apresentam o mecanismo de síntese proteica igual ao dos procariotos correspondem às de números:

a) 1 e 4.

b) 2 e 3.

c) 3 e 6.

d) 4 e 5.

36. (UEPA)            Leia o texto abaixo para responder esta questão.

No início da década de 1990 houve uma epidemia de cólera no Peru que se disseminou pela América do Sul e Central, a qual foi mundialmente veiculada, mostrando a dor, o sofrimento e perdas humanas. Essa doença causa uma inversão na concentração de sódio (Na+) e Cloro (Cl) no citoplasma celular, que por OSMOSE drena água das células para o intestino.

(Texto Modificado: Vida: A ciência da Biologia, Sadava et al.,Volume I: Célula e Hereditariedade, 2009)

Com referência ao processo em destaque, no texto, leia atentamente as afirmativas abaixo.

I. No meio isotônico a célula mantém seu volume inalterado.

II. A célula perde água no meio hipotônico.

III. A parede celular limita a entrada de água na célula vegetal, ocasionando pressão de turgor.

IV. A concentração de soluto é maior nas soluções hipotônicas.

V. Esse processo depende do número de partículas de soluto.

De acordo com as afirmativas acima, a alternativa correta é:

a) I e II.

b) I e III.

c) I, II e IV.

d) I, III e V.

e) I, IV e V.

37. (PUC-RS) Um biólogo introduziu no citoplasma de amebas certa droga capaz de despolimerizar as proteínas do citoesqueleto. Em suas observações, ele notou que amebas desprovidas de citoesqueleto íntegro ficavam impedidas de realizar muitas funções, exceto:

a) Locomoção.

b) Divisão.

c) Fagocitose.

d) Exocitose.

e) Osmose.

38. (UEMS) Na célula, a síntese de proteínas, o empacotamento e armazenamento de substâncias, a regulação do equilíbrio osmótico e o fornecimento de energia são desempenhados, respectivamente, pelas seguintes organelas:

a) Ribossomos, complexo de Golgi, vacúolo contrátil e mitocôndria.

b) Ribossomos, vacúolo contrátil, complexo de Golgi e mitocôndria.

c) Retículo endoplasmático liso, vacúolo digestivo, mitocôndria e complexo de Golgi.

d) Retículo endoplasmático liso, complexo de Golgi, cloroplastos e vacúolo contrátil.

e) Retículo endoplasmático liso, complexo de Golgi, mitocôndria e peroxissomo.

39. (UNIFOR) A figura abaixo esquematiza os componentes de uma célula animal:

39

Relacionam-se, respectivamente, com síntese e transporte de lipídios e com síntese e transporte de proteínas:

a) I e II.

b) II e III.

c) III e IV.

d) IV e V.

e) V e IV.

40. (UFMS) Em relação às estruturas celulares abaixo:

I. Mitocôndrias

II. Lisossomos

III. Peroxissomos

IV. Cloroplastos

V. Complexo Golgiense

VI. Ribossomos

Assinale a(s) proposição(ões) correta(s).

I   II

0  0 – A estrutura II está relacionada com a heterofagia e com a autofagia celular.

1  1 – A doença Silicose e a doença de Tay-Sachs estão relacionadas à estrutura I.

2  2 – A estrutura V é abundante em células secretoras como as células das glândulas que produzem enzimas digestivas.

3  3 – O processo de fotossíntese está relacionado à estrutura IV.

4  4 – A estrutura III está relacionada ao transporte de substâncias e à síntese de esteroides na célula.

41. (UEM) Sobre o ciclo celular, a estrutura e o comportamento dos cromossomos, assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

I   II

0  0 – Cada cromossomo é formado por uma única molécula de DNA. Portanto, células de raízes que incorporam timidina radioativa durante toda a interfase produzem cromossomos metafásicos com uma cromátide radioativa e uma cromátide não radioativa.

1  1 – Desprezando-se pequenas diferenças dentro de pares de cromossomos de tamanhos diferentes, é esperado que, após a primeira divisão meiótica, as células-filhas contenham a mesma quantidade de DNA nuclear que a célula-mãe.

2  2  – Se, em um núcleo interfásico na fase G1, que antecede a fase S de síntese, a quantidade de DNA corresponde a quatro genomas, então, após a mitose, as células descendentes serão tetraploides.

3  3 – Em uma população de uma espécie diploide, com seis alelos diferentes em determinado locus, qualquer indivíduo normal terá, no máximo, dois alelos diferentes para esse locus.

4  4  – A segregação independente dos pares de genes, conhecida como segunda lei de Mendel, só é possível porque, excetuando-se aberrações cromossômicas, nenhuma molécula de DNA nuclear de qualquer espécie contém mais de um locus gênico.

42. (FATEC) As figuras, a seguir, representam três células vegetais que foram imersas em soluções salinas de diferentes concentrações, analisadas ao microscópio e desenhadas.

42

Analisando essas figuras, um estudante concluiu que as células vegetais 1, 2 e 3 estão, respectivamente, flácida (estado normal), túrgida e plasmolisada. Com base nessa conclusão, é correto afirmar que:

a) A célula 1 foi imersa em uma solução hipertônica.

b) A célula 2 foi imersa em uma solução hipotônica.

c) A célula 3 foi imersa em uma solução isotônica.

d) As células 1 e 3 foram imersas em diferentes soluções hipotônicas.

e) As células 1 e 2 foram imersas em diferentes soluções hipertônicas.

43. (UPE) As organelas membranosas, presentes nas células eucarióticas, desempenham funções específicas, interagem e dependem umas das outras para o metabolismo celular. Observe as descrições das organelas a seguir:

I. Participam da síntese proteica, são encontradas livres no citoplasma, aderidas à membrana da carioteca ou ligadas a outras membranas celulares.

II. São pequenas vesículas contendo enzimas, que inativam e/ou decompõem substâncias tóxicas, como o álcool e muitas drogas.

III. Estão presentes nos protozoários de água doce, são responsáveis pela regulação do equilíbrio osmótico desses organismos.

IV. Formam um conjunto de membranas, que delimitam cavidades de formas diversas, apresentam ribossomos aderidos a sua superfície, onde ocorrem a síntese e o transporte de várias substâncias.

V. Constituem a rede membranosa, em cujas cavidades ocorrem a síntese de lipídios como também a reserva de íons cálcio.

Assinale a alternativa que correlaciona corretamente a organela à sua respectiva descrição.

a) I-Ribossomos; II-Peroxissomos; III-Vacúolo contrátil; IV-Retículo endoplasmático rugoso; V-Retículo endoplasmático liso.

b) I-Mitocôndrias; II-Peroxissomos; III-Vacúolo contrátil; IV-Complexo Golgiense; V-Retículo endoplasmático liso.

c) I-Ribossomos; II-Lisossomos; III-Vacúolo contrátil; IV-Retículo endoplasmático rugoso; V– Complexo Golgiense.

d) I-Mitocôndrias; II-Peroxissomos; III-Vesículas secretoras; IV-Retículo endoplasmático liso; V-Retículo endoplasmático rugoso.

e) I-Ribossomos; II-Lisossomos; III-Vesículas secretoras; IV-Retículo endoplasmático rugoso; V-Retículo endoplasmático liso.

44. Acerca do núcleo interfásico, assinale a alternativa incorreta.

a) A cromatina que se encontra desespiralizada é denominada eucromatina.

b) O nucléolo verdadeiro ou plasmossomo representa um local de síntese de RNA ribossômico.

c) O nucléolo falso representa um acúmulo de heterocromatina e é Feulgen positivo.

d) Os cromossomos são visíveis como longos filamentos espiralizados e corados por corantes básicos.

45. (UENP) A cromatina sexual também é chamada de corpúsculo de Barr (em homenagem a Murray Barr, que foi quem descobriu essa cromatina sexual nas células de mulheres, no ano de 1949). Por meio de análise das células durante a intérfase, pode-se identificar o sexo de um indivíduo. Em algumas competições esportivas, é comum submeter atletas femininas ao teste de determinação da cromatina sexual. Que resultado deve apresentar esse teste para confirmação do sexo?

a) Ausência de cromatina sexual, pois nas células somáticas da mulher normal encontramos somente um cromossomo X.

b) Presença de cromatina sexual, pois nas células somáticas da mulher normal encontramos dois cromossomos X.

c) Ausência de cromatina sexual, pois nas células somáticas da mulher normal encontramos sempre um cromossomo X e um Y.

d) Presença de cromatina sexual, pois nas células somáticas da mulher normal encontramos somente um cromossomo X.

e) Presença de cromatina sexual, pois nas células somáticas da mulher normal encontramos dois cromossomos X e um Y.

46. (UFV) Qual a fase da mitose e da meiose em que ocorre separação das cromátides-irmãs?

a) Metáfase e Metáfase I.

b) Anáfase e Anáfase I.

c) Metáfase e Metáfase II.

d) Anáfase e Anáfase II.

47. As células humanas possuem 46 cromossomos. Relacione os seguintes estágios com o número de cromátides presentes:

a. Metáfase.

b. Metáfase I.

c. Telófase.

d. Telófase I.

e. Telófase II.

a) 92, 92, 46, 46, 23.

b) 46, 46, 46, 46, 23.

c) 92, 92, 23, 23, 23.

d) 46, 46, 23, 23, 23.

48. (UNIOESTE) Considerando que a existência e a integridade da membrana plasmática são fundamentais para a célula, e correto afirmar que essa estrutura:

a) Contém moléculas de lipídios que são incapazes de se deslocarem, não permitindo a passagem de substancias entre os meios extracelular e intracelular.

b) Permite, pelo processo de osmose, a passagem de solutos em direção a maior concentração de suas moléculas.

c) Possibilita à célula manter a composição intracelular igual a do meio extracelular, em relação a água, sais minerais e macromoléculas.

d) Para a realização do transporte ativo, proteínas de membrana atuam como bombas de íons, capturando ininterruptamente íons de sódio (Na+) e mantendo igual concentração entre os meios extracelular e intracelular.

e) Permite o movimento de fosfolipídios que lhes confere um grande dinamismo, pois se deslocam continuamente sem perder o contato uns com os outros.

49. (FUVEST) Considere os eventos abaixo, que podem ocorrer na mitose ou na meiose:

I. Emparelhamento dos cromossomos homólogos duplicados.

II. Alinhamento dos cromossomos no plano equatorial da célula.

III. Permutação de segmentos entre cromossomos homólogos.

IV. Divisão dos centrômeros resultando na separação das cromátides irmãs.

No processo de multiplicação celular para reparação de tecidos, os eventos relacionados à distribuição equitativa do material genético entre as células resultantes estão indicados em:

a) I e III, apenas.

b) II e IV, apenas.

c) II e III, apenas.

d) I e IV, apenas.

e) I, II, III e IV.

50. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

I   II

0 0 – Denominamos genoma, ao conjunto de dados sobre o número, tamanho, forma e características dos cromossomos de uma espécie.

1  1  – Na figura a seguir, que representa, esquematicamente, uma ameba em diferentes etapas de sua alimentação, I e II indicam, respectivamente, os processos de fagocitose e clasmocitose.

50.1.1

2  2  – O esquema abaixo  representa  um  processo  biológico denominado clasmocitose.

50.2.2

3  3 – A figura a seguir representa um cromossomo  metacêntrico com duas cromátides homólogas.

50.3.3

4  4 – Na espécie humana, encontramos 23 pares de autossomos e 1 par de alossomos.

51. (UFMS) O nosso cérebro nem sempre pode aumentar o desempenho conforme o desejado, pois nossas características resultam dos genes e também de fatores ambientais que atuam sobre o nosso desenvolvimento. Considerando que a formação do indivíduo depende da combinação dos gametas masculino e feminino, pode-se afirmar:

a) A meiose ocorre em indivíduos de reprodução sexuada, nos quais há a união dos gametas 2n.

b) Durante o processo meiótico, ocorre a recombinação genética, permitindo que os novos indivíduos sejam todos iguais aos parentais.

c) A fecundação tem por função formar indivíduos n.

d) A espermatogênese e a ovulogênese humanas têm por finalidade a formação de gametas 2n.

e) A espermatogênese ocorre em indivíduos de reprodução sexuada para formar gametas n.

52. (UFPR) Um dos processos bioquímicos mais básicos para o surgimento e organização da vida foi a “separação” entre o meio intracelular e o extracelular. A estrutura celular responsável por esse processo é conhecida como membrana celular (ou membrana plasmática). Sobre essa membrana, considere as seguintes afirmativas:

1. A membrana celular é composta por uma bicamada de lipídeos e por proteínas incrustadas nessa bicamada. Moléculas de carboidratos com função de sinalização podem estar ligadas aos lipídeos ou proteínas.

2. Juntamente com a “separação” do meio intra e extracelular, ocorreu o processo de compartimentalização celular, que é responsável pela estruturação das organelas. Dessa maneira, é correto afirmar que apenas organismos eucariontes apresentam membrana celular.

3. As membranas celulares apresentam permeabilidade seletiva, que é a capacidade de permitir que algumas moléculas possam atravessá-las passivamente, enquanto outras têm a sua passagem dificultada, impedida ou regulada.

4. Ao invés de membrana celular, bactérias e vegetais apresentam a parede celular como envoltório celular externo.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas 2 e 4 são verdadeiras.

b) Somente as afirmativas 1 e 3 são verdadeiras.

c) Somente as afirmativas 1, 3 e 4 são verdadeiras.

d) Somente as afirmativas 1, 2 e 3 são verdadeiras.

e) As afirmativas 1, 2, 3 e 4 são verdadeiras.

53. (IFAL) Relacione as colunas:

COLUNA A

COLUNA B

1. A célula fica túrgida. I. Célula animal em solução hipotônica.
2. A célula diminui seu volume. II. Célula animal em solução hipertônica.
3. A célula sofre lise. III. Célula vegetal em solução hipertônica.
4. A célula fica plasmolisada. IV. Célula vegetal em solução hipotônica.

A associação correta é:

a) 1 – IV, 2- II, 3 – I, 4 – III.

b) 1 – II, 2 – III, 3 – IV, 4 – I.

c) 1 – III, 2 – I, 3 – IV, 4 – II.

d) 1 – II, 2 – IV, 3 – III, 4 – I.

e) 1 – III, 2 – IV, 3 – I, 4 – II.

54. (CEFET-MG) Associou-se corretamente as estruturas existentes nas células aos tipos celulares exemplificados, em:

Legenda:

(+) Presença da estrutura

( – ) Ausência da estrutura

ESTRUTURAS

Célula do

pâncreas

Célula do parênquima foliar de uma árvore

 

Bactéria

 

a

DNA

+

+

b

Mitocôndrias

+

+

c

Ribossomos

+

+

+

d

Membrana plasmática

+

+

e

Complexo golgiense

+

55. (UNESP) O esquema abaixo representa a espermatogênese humana, processo no qual, a partir de divisões e diferenciações celulares, serão produzidos os espermatozoides que darão origem aos indivíduos da geração seguinte.

55

Pode-se dizer que:

a) A seta de número 1 indica mitose.

b) A célula A é chamada de espermátide.

c) Nas células B, cada cromossomo tem duas cromátides.

d) A partir da puberdade, ocorrem apenas os eventos representados pelas setas de números 2 e 3.

e) As células A, B e C são haploides.

56. (FGV) O Brasil é o maior produtor mundial de café. Alguns pesquisadores admitem que a espécie Coffea arabica tenha se originado na Etiópia, África, a partir da hibridização natural entre duas espécies ancestrais: Coffea eugenioides (2n = 22 cromossomos) e Coffea canephora (2n = 22 cromossomos). No híbrido resultante, teria havido uma duplicação do número de cromossomos (poliploidização): em uma das divisões celulares, as cromátides de todos os cromossomos, em vez de migrarem cada uma delas para ambas as células-filhas, teriam permanecido na mesma célula. Desse modo, originou-se um novo ramo, ou uma planta, tetraploide. Essa nova planta é a Coffea arabica, que hoje cultivamos e que tem importante papel em nossa economia. A partir dessas informações, é possível dizer que o número de cromossomos nos gametas das espécies Coffea eugenioides e Coffea canephora e o número de cromossomos nas células somáticas e nos gametas de Coffea arabica são, respectivamente:

a) 11, 11, 44 e 22.

b) 11, 11, 22 e 11.

c) 22, 22, 88 e 44.

d) 22, 22, 44 e 22.

e) 22, 22, 22 e 11.

57. (UEL) Os esquemas a seguir representam três tipos de ciclos de vida.

57

Os ciclos de vida válidos para todas as samambaias, certas algas e todas as aves são, respectivamente:

a) I, II e III.

b) I, III e II.

c) II, III e I.

d) III, I e II.

e) III, II e I.

58. (UERJ) Em um experimento em que se mediu a concentração de glicose no sangue, no filtrado glomerular e na urina de um mesmo paciente, os seguintes resultados foram encontrados:

LÍQUIDO BIOLÓGICO

CONCENTRAÇÃO DE GLICOSE (mg/dl)

Sangue

140

Filtrado glomerular

120

Urina

0,12

Esses resultados mostram que as células epiteliais dos túbulos renais do paciente estavam reabsorvendo a glicose pelo mecanismo denominado:

a) Difusão passiva.

b) Transporte ativo.

c) Difusão facilitada.

d) Transporte osmótico.

59. (UFPR) Dois tipos de transporte que podem acontecer nas membranas plasmáticas são o transporte passivo e o transporte ativo. O primeiro pode acontecer por simples difusão do elemento a ser transportado através da bicamada lipídica da membrana. Já o transporte ativo sempre depende de proteínas que atravessam a membrana, às quais o elemento a ser transportado se liga, desligando-se posteriormente do outro lado da membrana. Ambos os tipos de transporte estão esquematizados na figura abaixo.

59A

Com base nessas informações e nos conhecimentos de biologia celular, assinale a alternativa que apresenta corretamente os gráficos de cada tipo de transporte.

59B

60. (UFSC) Assinale a(s) proposição(ões) correta(s).

O ciclo celular é dividido em duas etapas: Divisão Celular e Interfase. Nesta última etapa (Interfase), subdividida em G1 – S – G2, a célula realiza seu metabolismo e se prepara, quando necessário, para a etapa da divisão celular.

I   II

0  0 – Na fase S da Interfase ocorre o processo de duplicação do DNA.

1  1 – Durante a Interfase o DNA está em plena atividade, formando o RNA com as informações para a síntese proteica.

2  2 – Em G2 a quantidade de DNA é a mesma que em G1.

3  3 – Na etapa  chamada de  divisão celular,  pode ocorrer  tanto  a mitose  como a meiose, em qualquer célula do corpo humano.

4  4 – A frequência com que as células entram em divisão celular varia com o tipo e o estado fisiológico de cada uma delas.

GABARITO

01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

VFFFV

B

C

A

D

E

A

E

A

D

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

B

D

B

B

B

B

E

A

C

E

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

A

A

B

E

D

E

A

A

A

E

31

32

33

34

35

36

37

38

39

40

B

B

E

C

A

D

E

A

B

VFVVF

41

42

43

44

45

46

47

48

49

50

FVVVF

B

A

A

B

D

A

E

B

FVFFF

51

52

53

54

55

56

57

58

59

60

E

B

A

C

C

A

D

B

A

VVFFV

 


Responses

  1. Oi professor, acompanho seu site desde 2010, vim agradecê-lo pela bela obra-prima.

    Aproveitando a oportunidade, queria saber as justificativas referentes as assertivas da questão 50. E também a explicação sobre a questão 58: pois, de acordo com o que estudei, a glicose é transportada por meio da difusão facilitada. Só nos rins que ela é transportada por transporte ativo? Obrigado.

    • Caro Newton
      QUESTÃO 50
      – 0 0 – Denominamos genoma, ao conjunto de dados sobre o número, tamanho, forma e características dos cromossomos de uma espécie. INCORRETA
      * O conjunto de dados sobre o número, tamanho, forma e características dos cromossomos de uma espécie é denominado cariótipo. Genoma é o conjunto de todo o material genético de uma espécie.
      – 1 1 – Na figura a seguir, que representa, esquematicamente, uma ameba em diferentes etapas de sua alimentação, I e II indicam, respectivamente, os processos de fagocitose e clasmocitose. CORRETA
      * I indica a fagocitose e II indica a clasmocitose (defecação celular).
      – 2 2 – O esquema abaixo representa um processo biológico denominado clasmocitose. INCORRETA
      * O esquema indica fagocitose e não clasmocitose (ver explicação 1 1).
      – 3 3 – A figura a seguir representa um cromossomo metacêntrico com duas cromátides homólogas. INCORRETA
      * Trata-se de cromátides irmãs e não homólogas.
      – 4 4 – Na espécie humana, encontramos 23 pares de autossomos e 1 par de alossomos. INCORRETA
      * Na espécie humana encontramos 22 pares de cromossomos autossômicos (somáticos) e 1 par de alossomos (cromossomos sexuais).
      QUESTÃO 58
      – Quando o sangue passa pelo glomérulo, as moléculas de baixo peso molecular, como a glicose, por exemplo, são filtradas, aparecendo no filtrado glomerular. Isso explica os valores próximos de concentração de glicose no sangue e no filtrado. No entanto, a glicose praticamente não é encontrada na urina, mostrando que foi reabsorvida pelas células epiteliais dos túbulos renais contra um gradiente de concentração e com “gasto” energético, o que caracteriza um transporte ativo.
      ALTERNATIVA B
      Um abraço
      Djalma Santos

  2. Professor, surgiu outra dúvida: o conceito de genoma se refere ao conjunto haploide? E cariótipo (idiograma) ao diploide? É isso mesmo?

    Obrigado mais uma vez.

    • Caro Newton
      Citações abaixo irão esclarecer sua dúvida acerca de genoma.
      I. DNA o segredo da vida. James D. Watson – Companhia das Letras – 1ª reimpressão – pag. 183
      “ … O genoma é a totalidade das instruções gênicas existentes no núcleo de uma célula. (Na realidade, cada célula contém dois genomas, um de cada genitor: as duas cópias de cada cromossomo que herdamos nos fornecem duas cópias de cada gene e, portanto, duas cópias do genoma). O tamanho do genoma varia de espécie para espécie. …”
      II. Genética das populações. Amabis e Martho – Moderna – VOL.3 – pag.25
      “… cada gameta contém um conjunto completo de genes (um genoma), típico da espécie. …”
      III. Em biotecnologia, o genoma é toda a informação hereditária de um organismo que está codificada em seu DNA. Mais precisamente, o genoma de um organismo é uma sequência de DNA completa de um conjunto de cromossomos. É o caso de um dos dois conjuntos que um indivíduo diploide contém em cada uma das suas células somáticas.
      Um abraço
      Djalma Santos

  3. Olá, porque na questão 5 as outras afirmativas estão erradas?

    • Lari
      Veja a seguir as explicações que você solicitou.
      – Alternativa A – INCORRETA
      * Clasmocitose ou defecação celular é a eliminação de substâncias residuais, provenientes da digestão intracelular.
      * Após a digestão intracelular, as substâncias úteis ao metabolismo celular atravessam a membrana lisossômica e penetram no citosol, onde são utilizadas pela célula, restando uma vesícula cheia de resíduos, denominada vacúolo residual (vesícula de clasmocitose ou corpo residual). Esse vacúolo se dirige até a periferia da célula, encosta na membrana plasmática, funde-se com ela e lança seu conteúdo para o meio externo, fenômeno conhecido como clasmocitose ou defecação celular.
      – Alternativa B – INCORRETA
      * Por exocitose, são eliminadas, das células, secreções importantes que atuam em diversas etapas de nosso metabolismo, inclusive hormônio.
      * A exocitose é um processo frequente nas células secretoras. Embora não sejam conhecidos todos os mecanismos básicos relacionados com o funcionamento das células glandulares, evidências experimentais estabelecem que o processo, em linhas gerais, ocorre de acordo com os princípios a seguir: 1. O material necessário para a síntese da secreção é transportado, por difusão ou transporte ativo, do capilar para a base da célula. 2. A associação dos substratos apropriados, com o “auxílio” da energia do ATP, formado nas mitocôndrias situadas próximo à base da célula, resulta nas substâncias orgânicas a serem secretadas. Essa síntese ocorre quase totalmente no retículo endoplasmático e no complexo golgiense, sendo os ribossomos “aderidos” ao retículo especialmente responsáveis pela formação das proteínas a serem secretadas. 3. O material a ser secretado é, em seguida, transportado através dos túbulos do retículo até as vesículas do complexo de Golgi, situadas próximas às extremidades secretoras das células. 4. Uma vez no complexo golgiense, as substâncias são modificadas, completadas, concentradas e descarregadas no citoplasma sob a forma de vesículas secretoras. O complexo de Golgi pode, desse modo, ser comparado a um centro de distribuição de uma indústria, onde os produtos são acabados, empacotados, rotulados e, em seguida, distribuídos. 5. Essas vesículas permanecem armazenadas até que sinais nervosos ou hormonais expulsem seus conteúdos através da superfície celular, por um processo chamado exocitose. Os referidos sinais atuam, provavelmente, aumentando a permeabilidade da membrana celular ao cálcio. Uma vez dentro da célula, o cálcio determina a fusão de um grande número das vesículas com a membrana celular, seguido de sua ruptura para a superfície externa, com consequente esvaziamento do conteúdo para o exterior. Conquanto o complexo golgiense esteja ligado à secreção proteica, ele não atua na produção, propriamente dita, dessas secreções, mas apenas na sua concentração, modificação, empacotamento e eliminação.
      – Alternativa C – INCORRETA
      * Pinocitose é o englobamento de pequenas moléculas (polissacarídeos, proteínas…) dissolvidas em água, por isso, costuma-se dizer que pinocitose é o englobamento de gotículas.
      * Fagocitose, por outro lado, é a Ingestão de partículas grandes (microrganismos, restos celulares…), por isso, costuma-se dizer que fagocitose é o englobamento de partículas sólidas.
      – Alternativa D – CORRETA
      – Alternativa E – INCORRETA
      * Fagossomo é o nome dado ao vacúolo alimentar formado por ocasião fagocitose. Em se tratando de pinocitose, o referido vacúolo é denominado pinossomo.
      Um abraço
      Djalma Santos

  4. Professor, explique e exemplifique a 2° questão ?
    Obrigada, agradeço desde já.

    • Prezada Anne
      O gráfico A refere-se à mitose (divisão equacional). Perceba que no final do processo, a quantidade de DNA é 2Q, igual ao início. O gráfico B, por outro lado, refere-se à meiose (divisão reducional). Observe que no final do processo a quantidade de DNA é Q, metade do início, que é 2Q. Está, portanto, correta a alternativa B. A formação do sangue ocorre por mitose (gráfico A). A meiose (gráfico B) promove variabilidade genética (“crossing-over”).
      Sucesso
      Djalma Santos

  5. Poderia explicar a questão 56?

    • 56. (FGV) O Brasil é o maior produtor mundial de café. Alguns pesquisadores admitem que a espécie Coffea arabica tenha se originado na Etiópia, África, a partir da hibridização natural entre duas espécies ancestrais: Coffea eugenioides (2n = 22 cromossomos) e Coffea canephora (2n = 22 cromossomos). No híbrido resultante, teria havido uma duplicação do número de cromossomos (poliploidização): em uma das divisões celulares, as cromátides de todos os cromossomos, em vez de migrarem cada uma delas para ambas as células-filhas, teriam permanecido na mesma célula. Desse modo, originou-se um novo ramo, ou uma planta, tetraploide. Essa nova planta é a Coffea arabica, que hoje cultivamos e que tem importante papel em nossa economia. A partir dessas informações, é possível dizer que o número de cromossomos nos gametas das espécies Coffea eugenioides e Coffea canephora e o número de cromossomos nas células somáticas e nos gametas de Coffea arabica são, respectivamente:
      a) 11, 11, 44 e 22.
      b) 11, 11, 22 e 11.
      c) 22, 22, 88 e 44.
      d) 22, 22, 44 e 22.
      e) 22, 22, 22 e 11.
      Prezada Laura
      Veja a seguir a explicação que você solicitou
      – Gametas da Coffea eugenioides
      * A Coffea eugenioides tem 2n = 22 cromossomos, logo seus gametas (n) terrão metade do número de cromossomo (11).
      – Gametas da Coffea canephora
      * A Coffea canephora tem 2n = 22 cromossomos, logo seus gametas (n) terrão metade do número de cromossomo (11).
      – Células somáticas da Coffea arabica
      * A Coffea arabica é uma planta tetraploide (4n), hibrido resultante da Coffea eugenioides com 22 cromossomos e da Coffea eugenioides também com 22 cromossomos, logo a Coffea arabica possui 44 cromossomos. Assim sendo, suas células somáticas terão 44 cromossomos.
      – Gametas da Coffea arabica
      * A Coffea arabica tem 44 cromossomos, logo seus gametas terão metade (22 cromossomos).
      – Alternativa correta A (11, 11, 44 e 22.)
      Um abraço
      Djalma Santos

  6. Bom dia,Prof Djalma Santos! Acompanho seu trabalho há algum tempo e fico muito grata e feliz por existir pessoas como o senhor, disposta a compartilhar seu conhecimento e com um talento incrível para isso. Parabéns pelo trabalho!
    Minha dúvida é sobre uma questão de um vestibular que fiz há três dias. Em suma, ela dizia: […]Podemos afirmar que no retículo endoplasmático rugoso são produzidas as proteínas que:
    a) Deverão necessariamente ser eliminadas para o espaço intercelular.
    b)Serão modificadas por organelas, tais como o Complexo de Golgi e os lisossomos.
    c) formarão enzimas.
    d) Deverão ser endereçadas para o Complexo de Golgi, para os lisossomos e para os peroxissomos.
    e) Serão destinadas ao meio extracelular ou que serão constituintes do conteúdo lisossomal ou, ainda, que serão constituintes da membrana plasmática.

    O gabarito da questão é letra A

    As proteínas produzidas pelo Retículo endoplasmático, são necessariamente eliminadas para o meio intercelular?
    Não existem as que serão endereçadas para o Complexo de Golgi e então lisossomos, vesículas secretoras e dessas para a superfície da célula?
    Desde já agradeço a atenção!

    • Prezada Thyara
      Veja a citação abaixo e tire suas conclusões.
      – Biologia Celular e Molecular. Lodish, Harvey e col. 4ª Edição. Pag. 692.
      “Em sua maioria, as proteínas recém-sintetizadas no lúmen ou na membrana do RE são incorporadas em pequenas vesículas transportadoras, com cerca de 50 nm de diâmetro. Essas vesículas se fundem entre si ou ao cis-Golgi, para formar as pilhas de membranas conhecidas como retículo (rede) cis-Golgi. A partir do cis-Golgi certas proteínas, principalmente as proteínas localizadas no RE, são recuperadas para o RE através de um grupo diferente de vesículas transportadoras retrógadas. No processo chamado migração cisternal, ou progressão cisternal, uma nova pilha de cis-Golgi com sua carga de proteína luminal move-se fisicamente da posição cis (mais próxima do RE) para a posição trans (mais distante do RE), tornando-se, sucessivamente, primeiro uma cisterna medial de Golgi e em seguida uma cisterna trans-Golgi. Enquanto isso ocorre, proteínas membrânicas e luminais estão constantemente sendo recuperadas de cisternas de Golgi mais recentes para cisternas mais antigas por pequenas vesículas transportadoras retrógradas. Por esse processo, as enzimas e outras proteínas residentes no Golgi terminam localizando-se nas cisternas de cis, ou medial, um ainda trans-Golgi.”
      “A proteínas destinadas para secreção se movimentam por migração cisternal até a fase trans do Golgi e em seguida até uma rede complexa de vesículas chamadas retículo trans-Golgi. Desse local, a proteína secretora é selecionada para um de dois tipos de vesículas. Em todos os tipos celulares, pelo menos algumas das proteínas secretoras são secretadas continuamente. São exemplos dessa secreção constitutiva (ou contínua): secreção de colágeno pelo fibroblasto e secreção de proteínas séricas pelos hepatócitos (….). Essas proteínas são selecionadas na rede trans-Golgi para ocupar vesículas transportadoras, que imediatamente se movimentam até a membranas citoplasmática (fundindo-se com a membrana) e liberam seu conteúdo por exocitose.”
      Um abraço
      Djalma Santos

  7. Olá professor! Gostaria de pedir a explicação da questão 59, da UFPR. Não consigo entender a relação. Super agradeço pela atenção!

    • Prezada Julieta
      ALTERNATIVA CORRETA: A
      JUSTIFICATIVA
      – DIFUSÃO SIMPLES (DIÁLISE): processo através do qual as partículas de soluto se movimentam de um meio hipertônico para a um meio hipotônico, através de uma membrana permeável, até que seja atingido o equilíbrio entre os dois compartimentos. Trata-se, portanto, de um transporte passivo, ocorrendo sem “gasto” de energia por parte da célula e na ausência de proteínas transportadoras (proteínas facilitadoras ou permeases), como mostra a figura contida na questão. A velocidade da difusão depende da solubilidade dos solutos e do tamanho das moléculas. Quanto maior a solubilidade das moléculas nas membranas, maior será a permeabilidade e mais rápido o transporte. Moléculas com a mesma solubilidade, terão, via de regra, o tamanho como fator limitante. Dessa forma, as que forem menores permeiam mais facilmente através da membrana. Como exemplo de difusão simples, citamos as trocas gasosas que ocorrem entre as células e o ambiente.
      – TRANSPORTE ATIVO: transporte que se faz contra um gradiente de concentração (de uma região de menor concentração para outra de maior concentração) e requer energia para que ocorra. Ao contrário do transporte passivo, o transporte ativo leva ao acúmulo de um soluto acima do ponto de equilíbrio. Esse transporte é energizado, via de regra, pelo ATP (transporte ativo primário). No transporte ativo primário, a reação de hidrólise do ATP libera energia que impulsiona o movimento do soluto contra um gradiente eletroquímico. A exemplo do que ocorre com a difusão facilitada, o transporte ativo também apresenta um ponto de saturação, que é atingido quando todos os carreadores da membrana estiverem trabalhando em atividade máxima. Dessa forma, ao contrário da difusão simples, o transporte ativo requer proteínas transportadoras (proteínas facilitadoras ou permeases). A velocidade de transporte no processo ativo aumenta apenas até certo ponto de saturação (velocidade máxima), como pode ser observado na alternativa A. Nesse ponto, todos os carreadores presentes na membrana estão participando do transporte de substância.
      Um abraço
      Djalma Santos

  8. Bom dia professor, gostaria de saber por que a questão 2 é letra B, a quantidade de variebilidade genética hora está 2Q, mas no momento final cai para Q, não entendi.

    • Emanuelle
      Ver, neste blog, resposta ao comentário de Anne.
      Djalma Santos

  9. ola professor gostaria de saber a explicaçao para a 06?

    • 06. As organelas citoplasmáticas desempenham nas células importantes funções. Das associações abaixo, uma é incorreta. Assinale-a.
      a) O retículo endoplasmático liso atua na degradação do álcool ingerido em bebidas alcoólicas; essa organela é abundante em células do fígado.
      b) O complexo de Golgi é mais desenvolvido em células secretoras e é responsável pela modificação e eliminação de secreções.
      c) Os lisossomos exercem função autofágica, contribuindo para a renovação do material citoplasmático.
      d) O retículo endoplasmático rugoso é muito desenvolvido em células com função secretora, como, por exemplo, em células do pâncreas e em células caliciformes intestinais.
      e) Os peroxissomos atuam sobre os lipídios, convertendo-os em açúcares, processo fundamental para a construção da membrana plasmática.
      Dryh
      – Veja, a seguir, a resolução da questão acima. Atente que ela solicita a alternativa incorreta (“… uma é incorreta. …”)
      – ALTERNATIVA INCORRETA: E (“Os peroxissomos atuam sobre os lipídios, convertendo-os em açúcares, processo fundamental para a construção da membrana plasmática.”)
      – Os peroxissomos não convertem lipídios em açúcares, como consta nessa alternativa. Eles têm como função principal decompor o peróxido de hidrogênio (H2O2), produto muito tóxico e produzido por algumas reações que ocorrem normalmente nas células. São também importantes na desintoxicação do organismo, sendo-lhe atribuído um percentual de 25% na degradação do álcool ingerido.
      ALTERNATIVA A (“O retículo endoplasmático liso atua na degradação do álcool ingerido em bebidas alcoólicas; essa organela é abundante em células do fígado.”) – CORRETA
      – Ver RETÍCULO ENDOPLASMÁTICO LISO em RETÍCULO ENDOPLASMÁTICO, matéria publicada neste blog no dia 21/08/2014
      ALTERNATIVA B (“O complexo de Golgi é mais desenvolvido em células secretoras e é responsável pela modificação e eliminação de secreções.”) – CORRETA
      – Ver COMPLEXO GOLGIENSE, matéria publicada neste blog no dia 22/02/2015.
      ALTERNATIVA C (“Os lisossomos exercem função autofágica, contribuindo para a renovação do material citoplasmático.”) – CORRETA
      – Os lisossomos estão relacionados com a digestão intracelular: digestão heterofágica, DIGESTÃO AUTOFÁGICA e autólise.
      – DIGESTÃO AUTOFÁGICA (objeto dessa alternativa): fala-se em digestão autofágica ou autofagia quando os lisossomos digerem estruturas celulares. Havendo alguma organela funcionalmente inativa, a célula pode digeri-la o que permite a utilização do material resultante para renovação dos seus constituintes. Desse modo, os lisossomos podem promover a digestão de mitocôndria, de retículo endoplasmático, etc., reaproveitando alguns de seus componentes moleculares. Na autofagia, a estrutura se funde com o lisossomo, formando o vacúolo autofágico.
      ALTERNATIVA D (“O retículo endoplasmático rugoso é muito desenvolvido em células com função secretora, como, por exemplo, em células do pâncreas e em células caliciformes intestinais.”) – CORRETA
      – Ver RETÍCULO ENDOPLASMÁTICO, matéria publicada neste blog no dia 21/08/2014
      Djalma Santos


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: