Publicado por: Djalma Santos | 17 de fevereiro de 2014

Testes sobre vírus

01. (IFBA) Na figura abaixo, vê-se que os personagens programam como passarão o verão. Este diálogo é válido para o comportamento dos vírus. Sobre eles, pode-se afirmar:

01

a) Nas viroses humanas, como a sífilis, o tempo de incubação é o período compreendido entre o contágio e o desaparecimento dos sintomas.

b) Os vírus atendem às premissas fundamentais da teoria celular e por isto são considerados seres vivos.

c) Na gripe, o uso de antibióticos contribui para a diminuição dos sintomas e, após, alguns dias, promove a cura definitiva da virose.

d) Na estrutura molecular da maioria dos vírus, o material genético será DNA ou RNA, e estará envolvido por um capsídeo proteico.

e) Na AIDS, o HIV utiliza a transcriptase reversa da célula para produzir uma molécula de RNA a partir do DNA viral.

02. (UECE) A palavra vírus vem do Latim virus que significa fluido venenoso ou toxina. Sobre os vírus biológicos, é correto afirmar-se que:

a) Possuem como material genético exclusivamente o RNA.

b) Sífilis, raiva, tétano, sarampo, dengue, coqueluche e AIDS são todas doenças causadas por vírus.

c) São incapazes de infectar plantas, pois são parasitas exclusivos de animais.

d) São seres que não manifestam atividade biológica fora de células hospedeiras.

03. (PUC-CAMPINAS)

Atenção: Para responder esta questão considere o texto apresentado abaixo.

(…) pelo menos 1,1 milhão de brasileiros trabalham no período noturno em centros urbanos e estão sujeitos a problemas de memória, obesidade, falta de sono e enfraquecimento do sistema imunológico, entre outros males.

(…) os trabalhadores noturnos perdem aproximadamente cinco anos de vida a cada 15 trabalhados de madrugada. E têm 40% mais chances de desenvolverem transtornos neuropsicológicos, digestivos e cardiovasculares.

(…) nosso organismo precisa descansar durante as noites, quando libera hormônios como a melatonina, o cortisol e o GH (hormônio do crescimento). (…)

Uma das substâncias que dependem muito do escuro e da noite para serem liberadas é a melatonina. O hormônio ajuda a controlar o momento certo de cada função corporal.

                                         (Revista Galileu, outubro de 2010, p. 22)

O trabalho noturno pode enfraquecer o sistema imunológico, mas esse enfraquecimento não é tão agudo quanto o causado pela infecção com o vírus HIV. Nesse último caso, ocorre a morte de um grande número de linfócitos CD4 que controlam e regulam a resposta imunológica, causada pela proliferação viral. Identifique a alternativa que descreve corretamente o modo como esse vírus se prolifera no interior das células.

a) Esse é um vírus de DNA cuja replicação ocorre de forma contínua e independente do genoma celular.

b) As moléculas de proteína que formam o capsídeo do vírus são originadas a partir de genes presentes no genoma da célula hospedeira.

c) O HIV é um retrovírus e seu genoma de RNA deve ser convertido em DNA para que possa controlar o metabolismo da célula hospedeira.

d) O vírus é formado por uma única célula procariótica que ao entrar na célula hospedeira encontra o ambiente adequado para sua replicação.

e) Ao entrar na célula, as moléculas de DNA circular que formam o genoma do vírus integram-se ao genoma da célula e passam a controlar seu metabolismo.

04. (UFPel) Não podemos afirmar que os vírus sejam seres vivos, mas hoje sabemos que são estruturas capazes de se multiplicar muito rapidamente, o que só ocorre quando estão no interior de células vivas. Assinale a alternativa que indica o motivo pelo qual os vírus para poder se reproduzir têm que parasitar e destruir uma célula.

a) Porque necessita agregar mais água à sua estrutura e dessa forma atingir sua finalidade reprodutiva.

b) Porque são sempre sapróbios e necessitam agregar ao seu material o da célula parasitada.

c) Porque são partículas orgânicas que necessitam associar-se a outras para formar uma terceira.

d) Porque necessita da estrutura da célula parasitada para se reproduzir.

e) Porque são constituídos de um material genético (ADN ou ARN) envolto por uma capa protetora de aminoácidos.

05. (UDESC) Assinale a alternativa incorreta a respeito das características gerais dos vírus.

a) Muitos vírus são específicos em relação ao hospedeiro; atacam apenas um tipo de célula ou poucos tipos.

b) Os vírus são considerados parasitos intracelulares obrigatórios, pois são capazes de se multiplicar apenas no interior de células hospedeiras.

c) Um vírus é um organismo acelular, constituído basicamente por um capsídeo proteico e por moléculas de DNA e RNA.

d) Infecção viral consiste na penetração do vírus no interior da célula hospedeira.

e) Após a adesão do vírus à membrana plasmática da célula hospedeira, pode haver a entrada de todo o vírus no interior celular ou apenas do seu material genético.

06. (PUC-RS)

RESPONDA ESTA QUESTÃO COM BASE NAS INFORMAÇÕES APRESENTADAS ABAIXO.

Uma planta de alface cultivada em estufa foi infectada por um vírus que causa uma doença. Após algumas semanas, outras plantas de alface próximas a essa estavam também infectadas com esse vírus.

O vírus se multiplicou:

a) Porque matou imediatamente a planta hospedeira, ficando livre para se multiplicar.

b) Porque produziu sementes na alface.

c) Utilizando os recursos e a maquinaria celular do hospedeiro.

d) Porque formou os seus próprios esporos.

e) Por mitose nas células do hospedeiro.

07. (UPE) A pandemia de gripe de 2009 (inicialmente designada como gripe suína e, em abril de 2009, como gripe A) é um surto global de uma variante de gripe suína, cujos primeiros casos ocorreram no México em meados do mês de março de 2009, vindo a espalhar-se pelo mundo. O vírus foi identificado como Influenza A subtipo H1N1, uma variante nova da gripe suína. Os sintomas da doença são o aparecimento repentino de febre, tosse, dor de cabeça intensa, dores musculares e nas articulações, irritação nos olhos e fluxo nasal.

                     Fonte – pt.wikipedia.org/wiki/Gripe_suína

Sobre os vírus, assinale a alternativa correta.

a) Os vírus são organismos acelulares, com metabolismo próprio, formados por uma cápsula de proteínas – o capsídeo.

b) Os vírus contêm, no interior do capsídeo, DNA e RNA. O conjunto formado pelo capsídeo e pelo ácido nucleico é denominado de cápsula proteica.

c) Sua reprodução ocorre no interior da célula hospedeira; fora desta não possuem metabolismo e permanecem inertes, razão por que são denominados parasitas intracelulares obrigatórios.

d) Os novos vírus formados são semelhantes ao original, pois não são capazes de sofrerem mutações.

e) A medida profilática mais eficiente no combate às infecções virais, como a da gripe AH1N1 A, é o uso de antibióticos que estimulam nosso organismo a produzir interferon.

08. (UFT) Vírus são organismos acelulares, ou seja, não apresentam estrutura celular. Com relação aos vírus é correto afirmar:

a) Apresentam duas moléculas de ácido nucleico, DNA e RNA, em sua constituição básica, as quais são protegidas por uma cápsula proteica.

b) São capazes de se reproduzirem de forma independente, ou seja, não necessitam estar infectando outra célula viva.

c) Precisam, necessariamente, estar dentro de uma célula viva para se reproduzirem.

d) Doenças como catapora, sarampo e tuberculose são causadas por vírus.

e) Durante uma infecção viral, a cápsula proteica do vírus também penetra na célula hospedeira juntamente com o material genético.

09. (UECE) Com relação aos vírus, assinale a alternativa correta.

a) São seres que possuem membrana plasmática, envoltório fundamental à proteção do seu material genético interno.

b) São autossuficientes, uma vez que sintetizam ácidos nucléicos e proteínas indispensáveis à sua reprodução.

c) Por apresentarem metabolismo próprio, são microrganismos bastante patogênicos, capazes de causar epidemias que afetam diretamente à espécie humana.

d) Apresentam apenas um tipo de ácido nucleico que, dependendo do vírus, pode ser o DNA ou o RNA.

10. (MACK) O ser humano tem travado batalhas constantes contra os vírus. A mais recente é contra o vírus H1N1, que causa a “gripe suína”. A respeito dos vírus, assinale a alternativa correta.

a) São todos endoparasitas celulares.

b) Os antibióticos só são eficazes contra alguns tipos.

c) Todos eles possuem o DNA e o RNA como material genético.

d) Atualmente existem vacinas contra todos os tipos.

e) Alguns deles possuem reprodução sexuada.

11. (COVEST) A gripe causada pelo Influenza A H1N1 tem provocado uma pandemia sem precedentes, com gravidade somente comparada à gripe espanhola do início do século passado. Sobre estes vírus, observe a figura abaixo e considere as afirmações que se seguem.

11

I  II

0 0 – Os vírus Influenza se ligam às células alvo por meio de espículas (1), que também são utilizadas para diferenciar os tipos de Influenza.

1 1 – Após a entrada na célula, o nucleocapsídeo deposita no núcleo celular o material genético

de RNA (2), que é replicado (3) e transcrito em RNAm (4).

2 2 – O RNAm é traduzido (5) em proteínas das espículas (6) e enzimas, dentre estas, a transcriptase reversa que volta ao núcleo celular (7) para sintetizar DNA viral.

3  3 – A probabilidade é que a disseminação desses vírus seja ainda maior nos períodos de inverno da América do Norte e da Europa.

4 4 – As vacinas produzidas contra o vírus da gripe são geralmente pouco eficientes devido à variação antigênica das espículas H (hemaglutinina) e N (neuraminidase), o que dificulta o reconhecimento dos vírus pelos anticorpos. 

12. (UFAL) O HIV (sigla de Human Immunodeficiency Virus – vírus da imunodeficiência humana) é o agente causador da AIDS (sigla da expressão inglesa Acquired Immunodeficiency Syndrome – Síndrome da Imunodeficiência Adquirida). O HIV ataca principalmente determinadas células do sangue, sobretudo os linfócitos T auxiliadores (células CD4), que comandam todo o sistema de defesa contra as infecções.

12

Sobre os vírus, podemos afirmar, exceto:

a) Diferem de todos os seres vivos por serem acelulares.

b) São constituídos principalmente por duas classes de substâncias químicas: proteínas e ácidos nucleicos, que pode ser DNA (ácido desoxirribonucleico) ou RNA (ácido ribonucleico).

c) São considerados parasitas intracelulares obrigatórios.

d) O HIV contém a enzima transcriptase reversa que permite produzir moléculas de DNA a partir das moléculas de RNA, exatamente ao contrário do que costuma ocorrer nas células.

e) Além do DNA cromossômico, os vírus também podem conter pequenas moléculas circulares adicionais de DNA – os plasmídios.

13. (UEPA) A partir de meados de abril deste ano os meios de comunicação deram ênfase a uma nova gripe que, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), foi considerada uma pandemia. Trata-se da gripe “A”, também conhecida como “gripe suína”, uma vez que seu agente causador é um vírus que foi isolado pela primeira vez num porco, em 1930.

                                       Fonte: texto criado com informações do artigo Vírus da gripe suína foi isolado pela 1ª vez em 1930, estadão.com.br de 27/04/2009. http://www.estadao.com.br/noticias

Quanto à palavra em destaque, no texto acima, é correto afirmar que:

I. São morfologicamente simples, formados por uma cápsula proteica, que envolve o material genético.

II. O HIV e o vírus da gripe são retrovírus que contêm uma cadeia simples de DNA associada à transcriptase reversa.

III. A reprodução do bacteriófago ocorre somente através do ciclo lítico, na bactéria lisogênica.

IV. No caso da hepatite B podem ser transmitidos pelo sangue, saliva, leite materno e sêmen contaminados.

V. Transmitida por um inseto, a Arbovirose dengue, em uma de suas variedades, pode ocasionar hemorragias que, nos casos mais graves, levam à morte.

De acordo com as afirmativas acima, a alternativa correta é:

a) I, II e IV.

b) I, IV e V.

c) II, III e IV.

d) II, IV e V.

e) I, II, III, IV e V.

14. (UNIMONTES) Um novo vírus está causando preocupação para a população mundial: o Vírus H1N1, causador da chamada gripe suína que, até o mês de abril/2009, provocou cerca de 60 mortes no México. Esse vírus apresenta características das gripes suína, aviária e humana. A figura abaixo ilustra o desenvolvimento desse tipo de vírus. Analise-a.

14

Considerando a figura e o assunto abordado, analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa correta.

a) A membrana nuclear viral é eliminada durante a replicação.

b) A fase de desnudamento viral é essencial para formação do novo vírus.

c) A troca de material genético entre os vírus independe da célula hospedeira.

d) Os vírus envolvidos apresentam tropismos celulares distintos.

15.  (UNIFEI) Todos os vírus apresentam a seguinte característica:

a) Reprodução somente no interior de células.

b) Patogenicidade ao homem.

c) Capacidade de infectar e destruir células bacterianas (bacteriófagos).

d) Tamanho que permite observação ao microscópio óptico.

16. (URCA) Alguns vírus como os da gripe são capsulados por possuírem um envoltório externo específico formado por:

a) Proteínas e carboidratos.

b) Glicina e lipídios.

c) Aminoácidos e fosfolipídios.

d) Esterídeos e proteínas.

e) Proteínas e lipídios.

17. (UFPel) Quando os vírus da Influenza de diferentes espécies infectam simultaneamente o mesmo animal (como por exemplo, o suíno), podem reorganizar-se geneticamente e originar uma nova estirpe de vírus, tal como aconteceu atualmente com a emergência deste novo vírus circulante, Influenza A/H1N1. A análise desse vírus sugere que ele tem uma combinação de características das gripes suína, aviária e humana. Especificamente, esta combinação não havia sido vista até agora em humanos ou em suínos, e a sua origem é ainda desconhecida. Mas, felizmente, a conclusão inicial é a de que o vírus se espalha mais facilmente entre os porcos, e o contágio de humano para humano não é tão frequente e simples quanto o da gripe comum.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Gripe_su%C3%ADna acessado dia 10/06/2009 às 10:31h

Com base em seus conhecimentos e no texto, é correto afirmar que o vírus Influenza A/H1N1:

a) Não é capaz de se reproduzir sem estar dentro de uma célula hospedeira, portanto são considerados parasitas intracelulares obrigatórios.

b) Foi resultado da combinação de DNA de diferentes vírus Influenza encontrados em três espécies animais, por isso pode ser considerado um híbrido natural.

c) Assim como os demais vírus, é formado somente pelo ácido nucleico (DNA) envolto pela cápsula proteica. Nesse vírus, o ácido nucleico é de origem suína.

d) É um tipo especial de bacteriófago, formado por uma molécula de RNA e o nucleocapsídeo. Por ser um bacteriófago, ele tem um maior índice de contaminação.

e) É transmitido principalmente pela ingestão da carne de porco mal cozida, por isso deve-se evitar esse tipo de alimento neste período de pandemia.

18. (UFRR) O vírus do dengue possui o material genético formado por uma única molécula de ácido ribonucleico (RNA). São conhecidos quatro sorotipos do vírus do dengue, VDEN1, VDEN2, VDEN3, VDEN4, muito relacionados, porém antigenicamente diferentes, pelo que pessoas vivendo em área endêmica, como Roraima, podem ter até quatro infecções durante sua vida. Dentre as alternativas abaixo, é correto afirmar que:

a) A capacidade de reprodução em células hospedeiras sem sofrerem mutação permitiu a existência de quatro sorotipos.

b) Os quatro sorotipos do vírus do dengue possuem a mesma sequência de bases nitrogenadas no seu RNA.

c) O vírus do dengue precisa de células hospedeiras para se reproduzir.

d) As proteínas do vírus do dengue não induzem no organismo à produção de anticorpos.

e) O vírus do dengue apresenta quatro sorotipos por não apresentar capsídeo nem envoltório nuclear.

19. (UEMS) O vírus da imunodeficiência humana (HIV) é o causador da síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS). Em relação a esse vírus, pode-se afirmar que ele é constituído de:

a) DNA e ataca os linfócitos T.

b) RNA e ataca os linfócitos T.

c) RNA e ataca as hemácias.

d) DNA e ataca as hemácias.

e) RNA e ataca as plaquetas.

20. (UEL) O vírus da imunodeficiência humana (HIV) infecta células do sistema imune e é o agente etiológico da AIDS. São características do vírus HIV:

I. Genoma constituído de RNA; presença da enzima transcriptase reversa.

II. Presença de membrana citoplasmática; genoma constituído de DNA.

III. Tropismos por células CD4; transmissão via sexual e via sangue contaminado.

IV. Presença de ribossomos 80S; genoma constituído de RNA e DNA.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I e III são corretas.

b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.

c) Somente as afirmativas II e IV são corretas.

d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.

e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

21. (UFBA) Penso que a vida resulta da combinação de quatro processos – metabolismo, compartimentação, memória e manipulação – e de uma lei de correspondência entre memória e manipulação. Se tomarmos isso como definição, os vírus não podem ser considerados seres vivos, pois não têm nem metabolismo nem lei de correspondência.

                         (Antoine Danchin apud CIÊNCIA HOJE, 1996. p. 25)

A confrontação do conceito de vida expresso anteriormente com características exibidas pelos vírus permite afirmar:

I   II

0  0 – Os vírus e os seres vivos compartilham uma mesma linguagem na construção de seus genomas.

1   1 – Os vírus obtêm energia usando os mesmos processos bioenergéticos celulares.

2  2 – A organização  molecular  dos vírus expressa  a exigência de proteção para o material genético e de reconhecimento pela célula hospedeira.

3  3 – A universalidade do DNA como material genético, entre os vírus, os aproxima da condição biológica.

4   4 – A capacidade de evoluir é uma propriedade comum aos vírus e aos seres vivos.

22. (UFPB) A figura, a seguir, mostra dois bacteriófagos (T2 e T4).

22

Adaptada de: LOPES, S. BIO. v. 2. 1. ed. São Paulo: Saraiva, 2006, p. 55.

Em um laboratório, foram construídas, experimentalmente, novas partículas virais, utilizando DNA extraído de bacteriófagos T2 e cápsula proteica de bacteriófagos T4. Esses vírus foram postos em contato com bactérias e, após infectá-las, originaram-se novas partículas virais, liberadas após a lise celular (ciclo lítico). De acordo com o ciclo de replicação mencionado e conforme a condução do experimento é correto afirmar que os novos bacteriófagos formados possuirão:

a) Cápsula proteica de T4 e molécula de DNA de T4.

b) Cápsula proteica de T2 e molécula de DNA de T2.

c) Cápsula proteica de T4 e molécula de DNA de T2.

d) Cápsula proteica de T2 e molécula de DNA de T4.

e) Cápsula proteica de T4 e molécula de DNA da bactéria hospedeira.

23. (UEPB) Sobre os vírus, podemos afirmar que:

a) A transmissão dos vírus das plantas ocorre exclusivamente por difusão mecânica, ou seja, quando uma pessoa manipula uma planta infectada e a seguir uma sadia.

b) São estruturalmente simples, sendo formados por uma ou mais cápsulas proteicas, que envolvem o DNA e o RNA, compondo o nucleocapsídeo. Alguns vírus apresentam ainda um envoltório externo ao nucleocapsídeo denominado envelope.

c) Se reproduzem sempre no interior de uma célula hospedeira, exceto os bacteriófagos, por terem dois tipos de ciclos de replicação: o ciclo lítico e o ciclo lisogênico.

d) A infecção viral é específica, sendo essa especificidade decorrência do fato de que para um vírus penetrar em uma célula deve haver uma interação das proteínas virais com as proteínas receptoras existentes na membrana plasmática das células.

e) Os retrovírus podem apresentar DNA ou RNA, mas obrigatoriamente apresentam a transcriptase reversa.

24. (UFRN) Apesar de não saber que a raiva era causada por um vírus, Pasteur realizou vários experimentos para desenvolver uma vacina contra essa doença. No experimento inicial, que não deu certo, ele recolheu saliva de cães infectados e a inoculou em um recipiente de vidro (balão) contendo meio de cultura (água e nutrientes). Esse experimento não deu certo porque o vírus:

a) É um microrganismo envelopado.

b) Intensificou sua virulência.

c) Atenuou sua patogenicidade.

d) É metabolicamente dependente.

25. (UECE) Como resultado das mudanças climáticas, bem como da fragilidade do sistema imunológico decorrente da má alimentação e do uso indiscriminado de medicamentos, observa-se o aumento do número de casos de diversas doenças, dentre elas as viroses. Infecções dessa natureza são causadas por centenas de tipos virais oportunistas. Sobre esses parasitas, marque a opção falsa.

a) O DNA e o RNA sempre ocorrem, simultaneamente, em um mesmo vírus, protegidos dentro do capsídeo.

b) Os vírus são considerados parasitas intracelulares, pois precisam de células vivas para realizar suas atividades metabólicas.

c) Os vírus são parasitas altamente específicos compostos, basicamente, por proteínas e ácidos nucleicos.

d) Ao injetar o material genético no interior das bactérias os fagos bloqueiam a atividade da maioria dos genes destas células.

26. (F. F. O. Diamantina) Um vírus difere de uma bactéria por todas as características abaixo, com exceção de:

a) Ausência de compostos orgânicos.

b) Ausência de metabolismo próprio.

c) Possuir um tipo único de ácido nucleico.

d) Ser obrigatoriamente parasita intracelular.

e) Sua capacidade de cristalização

27. (PUC-RIO) Partículas virais são entidades que são consideradas como seres vivos por alguns autores e por outros como seres não vivos. Assinale a alternativa que contém características que os definem como seres vivos.

a) Presença de material genético e de organização celular.

b) Presença de material genético e ausência de organização celular.

c) Ausência de material genético e de metabolismo.

d) Ausência de material genético e de organização celular.

e) Presença de material genético e capacidade de evolução.

28. (UEPB) Os vírus já foram chamados de “inimigos públicos no 1” dos seres humanos. Essa afirmação é compreensível, se considerarmos as inúmeras doenças que eles podem provocar em nosso organismo e os grandes danos que causam à agricultura e à pecuária, parasitando plantas cultivadas e animais de criação. Apresentam, no entanto, uma elevada especificidade de hospedeiros, que vem sendo pesquisada e utilizada a favor dos interesses humanos. Assim, várias espécies de vírus são atualmente utilizados:

a) Na agricultura – devido à ação decompositora, fertilizando o solo.

b) No emprego laboratorial – fabricação de antibióticos.

c) No manejo biológico – controlando as populações de agentes patogênicos na agricultura.

d) No manejo biológico – combatendo parasitoses humanas.

e) No emprego industrial – fabricação de vinagre e derivados do leite.

29. (UEPB) Sobre os vírus, podemos afirmar que:

a) A dengue, o sarampo, a hepatite, a cólera e a gripe, são doenças causadas por eles.

b) São seres vivos celulares, podendo apresentar DNA ou RNA.

c) Alguns apresentam um envoltório externo ao capsídeo chamado de envelope, geralmente composto por lipídios e glicoproteínas sintetizados pelo próprio vírus.

d) Aqueles que apresentam em sua estrutura a transcriptase reversa, enzima capaz de realizar síntese de DNA utilizando como molde o RNA viral, são chamados de retrovírus, a exemplo do HIV, o vírus da gripe e o do sarampo.

e) São estruturalmente simples, apresentando uma capa proteica – o capsídeo, que envolve a molécula de ácido nucleico, que pode ser DNA ou RNA.

30. (PUC-PR) Vírus é uma “entidade biológica” que pode infectar organismos vivos. Vírus são parasitas intracelulares obrigatórios e isso significa que eles somente se reproduzem pela invasão e controle da maquinaria de auto-reprodução celular. O termo VÍRUS geralmente se refere às partículas que infectam eucariontes, enquanto o termo FAGO é utilizado para descrever aqueles que infectam procariontes. Tipicamente, estas partículas carregam uma pequena quantidade de ácido nucleico cercada por alguma estrutura protetora consistente de proteína também conhecida como envelope viral ou capsídeo; ou feita de proteína e lipídio. São conhecidas aproximadamente 3.600 espécies de vírus, sendo que algumas são patogênicas para o homem. Analise as proposições sobre os vírus e assinale a(s) correta(s):

I    II

0  0 – Vírus com a enzima transcriptase reversa são possuidores de RNA como material genético e são capazes de promover cópias de moléculas DNA a partir de moléculas de RNA.

1  1 – Febre amarela, dengue, varíola, poliomielite, hepatite, hanseníase, Aids, condiloma, sarampo, sífilis e caxumba são exemplos de viroses humanas.

2  2 – Há vírus bacteriófagos capazes de realizar o ciclo lítico onde a célula infectada não sofre alterações metabólicas e acaba gerando duas células filhas infectadas.

3  3 – Antibióticos como a penicilina, cefalexina e ampicilina não são indicados para o tratamento de viroses pois os vírus, devido a sua elevada capacidade mutagênica, desenvolvem rapidamente resistência a esses medicamentos.

4  4 – Normalmente, os vírus apresentam especificidade em relação ao tipo de célula que parasitam. Assim, o vírus da hepatite tem especificidade pelas células hepáticas; os vírus causadores de verrugas têm especificidade por células epiteliais; assim como os vírus que atacam animais são inócuos em vegetais e vice-versa.

31. (UFPB) A febre aftosa, a dengue e a AIDS são doenças que atualmente afetam o homem e causam sérios problemas econômicos. Com relação aos organismos causadores dessas doenças, pode-se afirmar que:

I. São bactérias patogênicas contaminadas com bacteriófagos que possuem como tipo de reprodução o ciclo lítico.

II. O material genético destes organismos pode ser DNA ou RNA. No caso da AIDS é um RNA, possuindo uma enzima denominada de transcriptase reversa que transcreve uma molécula de DNA a partir do seu RNA.

III. São parasitas intracelulares obrigatórios, ou seja, precisam de células hospedeiras para utilizar sua maquinaria bioquímica, a fim de fazer funcionar seu programa genético.

Está(ão) correta(s) apenas

a) I e II.

b) I e III.

c) II e III.

d) III.

e) II.

32. (FUVEST) Um argumento correto que pode ser usado para apoiar a ideia de que os vírus são seres vivos é o de que eles:

a) Não dependem do hospedeiro para a reprodução.

b) Possuem número de genes semelhante ao dos organismos multicelulares.

c) Utilizam o mesmo código genético das outras formas de vida.

d) Sintetizam carboidratos e lipídios, independentemente do hospedeiro.

e) Sintetizam suas proteínas independentemente do hospedeiro.

33. (UFTPR) Em 25 anos o HIV matou 25 milhões de pessoas e está presente em outros 40 milhões. É a segunda doença infecciosa que mais faz vítimas no mundo, logo atrás da tuberculose. Em 2005, 3 milhões de pessoas morreram devido a AIDS; dessas vítimas, 570 mil eram crianças. Dentre as características biológicas citadas a seguir a única que pode ser encontrada no vírus da AIDS é:

a) Parede celular formada por substâncias mucocomplexas.

b) DNA de fita simples.

c) Enzima especial, a transcriptase reversa, para produzir DNA.

d) Membrana externa lipoproteica.

e) Pequenos anéis de DNA, os plasmídeos, dispersos no capsídeo.

34. (UEMS) Componente que faz parte da estrutura dos vírus, formado por proteínas que, além de proteger o ácido nucleico viral, tem a capacidade de se combinar quimicamente com substâncias presentes na superfície das células hospedeiras, permitindo ao vírus reconhecer e atacar o tipo de célula adequado a hospedá-lo:

a) Núcleo viral.

b) Envoltório lipídico.

c) Capsídeo.

d) DNA.

e) RNA.

35. (FUVEST) Os vírus:

a) Possuem genes para os três tipos de RNA (ribossômico, mensageiro e transportador), pois utilizam apenas aminoácidos e energia das células hospedeiras.

b) Possuem genes apenas para RNA ribossômico e para RNA mensageiro, pois utilizam RNA transportador da célula hospedeira.

c) Possuem genes apenas para RNA mensageiro e para RNA transportador, pois utilizam ribossomos da célula hospedeira.

d) Possuem genes apenas para RNA mensageiro, pois utilizam ribossomos e RNA transportador da célula hospedeira.

e) Não possuem genes para qualquer um dos três tipos de RNA, pois utilizam toda a maquinaria de síntese de proteínas da célula hospedeira.

36. (PUC-SP) Entre as afirmações abaixo, relativas aos vírus, assinale a errada.

a) Possuem ribossomos e mitocôndrias essenciais ao seu metabolismo e reprodução.

b) “Reproduzem-se” somente quando no interior de células vivas.

c) Seu material hereditário é constituído por DNA ou RNA.

d) São agentes etiológicos de várias doenças humanas.

e) Possuem uma cápsula externa constituída, principalmente, por proteínas.

37. (UFPB) Geralmente o grupo de células que um tipo de vírus infecta é bastante restrito e está relacionado à interação existente entre as moléculas de proteínas receptoras específicas, presentes na superfície da célula a ser infectada, e as(o):

a) Proteínas virais.

b) DNA viral.

c) Ácido nucleico viral.

d) Camadas de lipídeos do envelope viral.

e) Substâncias químicas específicas produzidas pelo vírus antes da infecção.

38. (UFC) Os vírus são entidades que se diferenciam de todos os organismos vivos por serem acelulares não tendo, assim, a complexa maquinaria bioquímica necessária para fazer funcionar seu programa genético precisando, pois, de células que os hospedem. Sobre essas entidades é correto afirmar que:

a) Alguns vírus são parasitas intracelulares obrigatórios, outros não.

b) Cada espécie viral possui mais de um tipo de ácido nucleico.

c) Os vírus não são incluídos em nenhum dos cinco reinos de seres vivos.

d) Os vírus atacam apenas os animais, incluindo o homem.

e) O ataque dos vírus é mais eficientemente combatido com o uso de antibióticos.

39. (FUVEST) Uma dificuldade enfrentada pelos pesquisadores que buscam uma vacina contra o vírus da AIDS deve-se ao fato dele:

a) Não possuir a enzima transcriptase reversa.

b) Alternar seu material genético entre DNA e RNA.

c) Ser um vírus de RNAr, para os quais é impossível fazer vacinas.

d) Ter seu material genético sofrendo constantes mutações.

e) Possuir uma cápsula lipídica que impede a ação da vacina.

40. Com relação aos vírus, é correto afirmar que:

a) Apesar de não serem considerados seres vivos, os vírus possuem uma organela importante: o núcleo, dentro do qual estão inseridas as moléculas de DNA e RNA.

b) A poliomielite, a rubéola e a hanseníase são doenças causadas por vírus.

c) Os vírus são capazes de sofrer mutações, fazendo com que algumas vacinas percam seu efeito de proteção imunológica.

d) Não existe risco de transmissão da AIDS de uma mulher gestante para o feto que carrega em seu útero.

e) As viroses podem ser curadas pelo uso de medicamentos como os antibióticos.

41. (PUC-MG) Vírus têm sido utilizados como veículo para introduzir genes de interesse em células específicas de um animal vivo. Devido à ação terapêutica desses genes, o processo vem sendo denominado de terapia genética. Recentemente, cientistas conseguiram que ratos gorduchos ficassem magrinhos após injetar nos roedores um gene capaz de transformar as células que armazenam gordura, tornando-as capazes de sinalizar para o cérebro do animal a sensação de saciedade. Um gene que controla a proteína leptina foi colocado dentro de um vírus da gripe desativado, o qual, atuando como Cavalo de Tróia, introduziu o gene nos adipócitos dos roedores que, duas semanas depois, estavam comendo 30% menos e seus adipócitos estavam menores e repletos de mitocôndrias

        (Texto parcialmente extraído do “Jornal Folha de S. Paulo” de 10/02/04.)

A utilização de vírus em terapias genéticas, como a descrita acima, é uma realidade nas pesquisas atuais. Assinale a opção incorreta.

a) Genes inseridos no material genético viral podem ser transcritos no interior da célula.

b) Os vírus apresentam código genético diferente do da célula que invadem.

c) Alguns vírus têm a capacidade de inserir seu material genético no genoma da célula hospedeira.

d) É possível torná-los incapazes de se reproduzir no interior da célula infectada.

42. (UNIFESP) Um pesquisador pretende manter uma cultura de células e infectá-las com determinado tipo de vírus, como experimento. Assinale a alternativa que contém a recomendação e a justificativa corretas a serem tomadas como procedimento experimental.

a) É importante garantir que haja partículas virais (vírus) completas. Uma partícula viral completa origina-se diretamente de outra partícula viral pré-existente.

b) Deve-se levar em conta a natureza da célula que será infectada pelo vírus: células animais, vegetais ou bactérias. Protistas e fungos não são hospedeiros de vírus.

c) Deve-se garantir o aporte de energia para as células da cultura na qual os vírus serão inseridos. Essa energia será usada tanto pelas células quanto pelos vírus, já que estes não produzem ATP.

d) Na análise dos dados, é preciso atenção para o ácido nucleico em estudo. Um vírus pode conter mais de uma molécula de DNA: a sua própria e a que codifica para a proteína da cápsula.

e) É necessário escolher células que tenham enzimas capazes de digerir a cápsula proteica do vírus. A partir da digestão dessa cápsula, o ácido nucleico viral é liberado.

43. (UFU) A figura a seguir representa o ciclo vital do vírus da imunodeficiência humana (HIV).

43

Analise as afirmativas a seguir e marque a alternativa correta.

I. De A para B ocorreu o processo de transcrição reversa e, de D para E, o processo de transcrição.

II. As letras A e C indicam moléculas de DNA.

III. O material genético do HIV é envolvido por um capsídeo de lipídios e glicoproteínas, revestido por um envelope de proteínas.

a) I e III são corretas.

b) I e II são corretas.

c) II e III são corretas.

d) Apenas I é correta.

44. (UDESC) Assinale a alternativa correta, a respeito dos retrovírus.

a) São vírus que possuem DNA e RNA, isso explica sua maior virulência; são os causadores da Gripe A.

b) São vírus de RNA. Apresentam a enzima transcriptase reversa que catalisa a produção de moléculas de DNA a partir do RNA da célula parasitada.

c) São vírus de DNA. Apresentam a enzima transcriptase reversa que catalisa a produção de moléculas de RNA a partir do DNA viral.

d) São vírus de RNA. Apresentam a enzima transcriptase reversa que catalisa a produção de moléculas de DNA a partir do RNA viral.

e) São vírus de DNA. Apresentam a enzima transferase inversa que catalisa a produção de cadeias de DNA a partir do RNA da célula parasitada.

45. (UNIFAL)  Os estudos sobre as formas de replicação dos vírus intensificaram-se nos últimos anos, objetivando encontrar meios mais eficientes de prevenção e tratamento de doenças virais nos seres humanos. Tais estudos têm demonstrado que existem diferentes tipos de vírus e diferentes formas de replicação. Os vírus de RNA de cadeia simples podem ser divididos em três tipos básicos, conhecidos como vírus de cadeia positiva, vírus de cadeia negativa e como retrovírus. Com relação aos diferentes tipos de replicação dos vírus, analise as afirmativas abaixo.
I. Os retrovírus contêm cadeias simples de RNA, enzima transcriptase reversa e produzem DNA tendo como modelo o RNA viral.
II. Os vírus de cadeia negativa possuem RNA genômico com as mesmas sequências de bases nitrogenadas dos RNA mensageiros (RNAm) formados. Dessa maneira, moléculas de RNA servem de modelo para a síntese de moléculas de RNA complementares à cadeia molde.
III. Os vírus de cadeia positiva possuem RNA genômico com sequências de bases nitrogenadas complementares às dos RNAm formados. Desta maneira, moléculas de RNA servem de modelo para a síntese do RNAm.
IV. Os retrovírus contêm uma cadeia de RNA dupla hélice que serve de base para a transcrição do DNA necessário à replicação.

Marque a alternativa correta.
a) Somente II e III são corretas.
b) Somente IV é correta.
c) Somente I é correta.
d) Somente I, II e III são corretas.

46. (UFC) Assinale a alternativa que traz, na sequência correta, os termos que preenchem as lacunas do texto a seguir: “os retrovírus, como o HIV, são partículas portadoras de RNA, que possuem a característica especial de ter a enzima …1… e cujo …2… comanda a síntese de …3… . Este último, uma vez formado, passa a comandar a síntese de novas moléculas de …4…, que irão constituir o material genético de novos retrovírus”.

a) 1-transcriptase reversa; 2-DNA; 3-RNA; 4-RNA

b) 1-transcriptase reversa; 2-RNA; 3-DNA; 4-RNA

c) 1-RNA polimerase; 2-DNA; 3-RNA; 4-DNA

d) 1-DNA polimerase; 2-DNA; 3-RNA; 4-RNA

e) 1-DNA ligase; 2-RNA; 3-DNA; 4-RNA

47. (UFPI) Objetivando promover a reprodução de certo vírus fitopatogênico (vírus que causa patologias em plantas), um estudante o incubou em meio de cultura que continha fonte de carbono e nitrogênio. O estudante obteve sucesso na reprodução do vírus?

a) Não, pois o meio de cultura não inclui vitaminas e minerais, necessários para o metabolismo do vírus.

b) Sim, pois com uma fonte de carbono o vírus poderá sintetizar os demais componentes necessários para formar sua cápsula proteica.

c) Sim, pois o meio de cultura inclui todos os nutrientes requeridos pelo metabolismo do vírus.

d) Sim, pois com uma fonte de nitrogênio o vírus poderá sintetizar os demais componentes para formar sua cápsula proteica.

e) Não, pois os vírus são parasitas intracelulares obrigatórios, sem metabolismo próprio e o meio de cultura não inclui células vivas.

48. (UESPI) Observe o ciclo replicativo do bacteriófago abaixo e, em seguida, assinale a alternativa correta.

48

a) O esquema mostra um ciclo lisogênico.

b) Fica evidente que bacteriófagos não precisam do capsídeo dentro da célula para se replicar.

c) O material genético celular não sofre alteração durante o ciclo replicativo do bacteriófago.

d) A célula acima infectada poderia pertencer a um ser humano.

e) Ao fim do ciclo replicativo do bacteriófago, a célula se mantém integra e pode ser infectada novamente.

49. (CESGRANRIO) Entre as características biológicas citadas a seguir, a única pode ser encontrada nos vírus é um:

a) Programa genético específico que permite a “reprodução” de novos seres do mesmo tipo.

b) Processo metabólico que requer compostos nitrogenados e de carbono, incluindo os produzidos pelos autótrofos.

c) Maquinaria biológica que pode utilizar a energia armazenada em sua célula ou obtida dos alimentos.

d) Maquinaria biossintética para a síntese de proteínas.

e) Membrana celular que estabelece um limite e regula as trocas de matéria e energia.

50. (UFV) Impressionados com a notícia do poder arrasador com que o vírus Ebola vem dizimando certa população na África, alguns alunos de um colégio sugeriram medidas radicais para combater o vírus desta terrível doença. Considerando-se que este agente infeccioso apresenta características típicas dos demais vírus, assinale a alternativa que contenha a sugestão mais razoável:

a) Descobrir urgentemente um potente antibiótico que possa destruir a sua membrana nuclear.

b) Alterar o mecanismo enzimático mitocondrial para impedir o seu processo respiratório.

c) Injetar nas pessoas contaminadas uma dose maciça de bacteriófagos para fagocitar o vírus.

d) Cultivar o vírus in vitro, semelhante à cultura de bactérias, para tentar descobrir uma vacina.

e) Impedir, de alguma maneira, a replicação da molécula de ácido nucleico do vírus.

 

GABARITO

01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

D

D

C

D

C

C

C

C

D

A

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

VVFVV

E

B

B

A

E

A

C

B

A

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

VFVFV

B

D

D

A

A

E

C

E

VFFFV

31

32

33

34

35

36

37

38

39

40

C

C

C

C

D

A

A

C

D

C

41

42

43

44

45

46

47

48

49

50

B

C

D

D

C

B

E

B

A

E

 

Anúncios

Responses

  1. questão 39 gabarito errado

    • 39. (FUVEST) Uma dificuldade enfrentada pelos pesquisadores que buscam uma vacina contra o vírus da AIDS deve-se ao fato dele:
      a) Não possuir a enzima transcriptase reversa.
      b) Alternar seu material genético entre DNA e RNA.
      c) Ser um vírus de RNAr, para os quais é impossível fazer vacinas.
      d) Ter seu material genético sofrendo constantes mutações.
      e) Possuir uma cápsula lipídica que impede a ação da vacina.
      Ariadna
      Uma dificuldade enfrentada pelos pesquisadores que buscam uma vacina contra o vírus da AIDS deve-se ao fato de ele ter seu material genético sofrendo constantes mutações, como consta na alternativa D.
      Um abraço
      Djalma Santos

  2. Boa noite professor, não entendi porque a resposta da questão 5 é a letra c?

    • 05. (UDESC) Assinale a alternativa incorreta a respeito das características gerais dos vírus.
      a) Muitos vírus são específicos em relação ao hospedeiro; atacam apenas um tipo de célula ou poucos tipos.
      b) Os vírus são considerados parasitos intracelulares obrigatórios, pois são capazes de se multiplicar apenas no interior de células hospedeiras.
      c) Um vírus é um organismo acelular, constituído basicamente por um capsídeo proteico e por moléculas de DNA e RNA.
      d) Infecção viral consiste na penetração do vírus no interior da célula hospedeira.
      e) Após a adesão do vírus à membrana plasmática da célula hospedeira, pode haver a entrada de todo o vírus no interior celular ou apenas do seu material genético.
      Mercis
      Atente que a questão solicita a alternativa incorreta (“Assinale a alternativa incorreta a respeito das características gerais dos vírus.”).
      ALTERNATIVA INCORRETA: C (“Um vírus é um organismo acelular, constituído basicamente por um capsídeo proteico e por moléculas de DNA e RNA.”).
      – Considerando o que é solicitado “… respeito das CARACTERÍSTICAS GERAIS dos vírus.”, o correto seria “…. de DNA ou RNA.”.
      Um abraço
      Djalma Santos.

  3. Professor, na questão 50, por que a resposta não poder ser letra D, na tentativa de buscar uma vacina ?

    • 50. (UFV) Impressionados com a notícia do poder arrasador com que o vírus Ebola vem dizimando certa população na África, alguns alunos de um colégio sugeriram medidas radicais para combater o vírus desta terrível doença. Considerando-se que este agente infeccioso apresenta características típicas dos demais vírus, assinale a alternativa que contenha a sugestão mais razoável:
      a) Descobrir urgentemente um potente antibiótico que possa destruir a sua membrana nuclear.
      b) Alterar o mecanismo enzimático mitocondrial para impedir o seu processo respiratório.
      c) Injetar nas pessoas contaminadas uma dose maciça de bacteriófagos para fagocitar o vírus.
      d) Cultivar o vírus in vitro, semelhante à cultura de bactérias, para tentar descobrir uma vacina.
      e) Impedir, de alguma maneira, a replicação da molécula de ácido nucleico do vírus.
      Prezado Carlos
      Veja, abaixo, a explicação que você solicitou.
      ALTERNATIVA D (“Cultivar o vírus in vitro, semelhante à cultura de bactérias, para tentar descobrir uma vacina.”)
      – Meio de cultura bacteriana é uma substância líquida ou gelificada, simples ou complexa, que permite a nutrição, o crescimento e a multiplicação da bactéria. Ele não possui ser vivo na sua composição. Em face dos vírus serem parasitas intracelulares obrigatórios, não podem ser cultivados in vitro, semelhante à cultura de bactérias, como consta na alternativa D.
      Um abraço
      Djalma Santos

  4. Professor o senhor pode explicar a questão 6?

    • 06. (PUC-RS)
      RESPONDA ESTA QUESTÃO COM BASE NAS INFORMAÇÕES APRESENTADAS ABAIXO.
      Uma planta de alface cultivada em estufa foi infectada por um vírus que causa uma doença. Após algumas semanas, outras plantas de alface próximas a essa estavam também infectadas com esse vírus. O vírus se multiplicou:
      a) Porque matou imediatamente a planta hospedeira, ficando livre para se multiplicar.
      b) Porque produziu sementes na alface.
      c) Utilizando os recursos e a maquinaria celular do hospedeiro.
      d) Porque formou os seus próprios esporos.
      e) Por mitose nas células do hospedeiro.
      Eduarda
      Os vírus são parasitas intracelulares obrigatórios. Eles só manifestam “atividades biológicas” dentro de uma célula viva. Dessa forma, para se “reproduzirem”, utilizam a maquinaria bioquímica da célula hospedeira (ALTERNATIVA C).
      Djalma Santos

  5. pode explicar a questão 48?

    • Pezada Vera
      ALTERNATIVA CORRETA: B (“) Fica evidente que bacteriófagos não precisam do capsídeo dentro da célula para se replicar.”)
      Ver “II. SEGUNDA EVIDÊNCIA EXPERIMENTAL DE QUE O DNA É O MATERIAL GENÉTICO” em “DNA: DEPÓSITO DAS INFORMAÇÕES GENÉTICAS”, matéria publicada neste blog no dia 10/07/2011.
      Djalma Santos

  6. você poderia explicar a questão 50

    • 50. (UFV) Impressionados com a notícia do poder arrasador com que o vírus Ebola vem dizimando certa população na África, alguns alunos de um colégio sugeriram medidas radicais para combater o vírus desta terrível doença. Considerando-se que este agente infeccioso apresenta características típicas dos demais vírus, assinale a alternativa que contenha a sugestão mais razoável:
      a) Descobrir urgentemente um potente antibiótico que possa destruir a sua membrana nuclear.
      b) Alterar o mecanismo enzimático mitocondrial para impedir o seu processo respiratório.
      c) Injetar nas pessoas contaminadas uma dose maciça de bacteriófagos para fagocitar o vírus.
      d) Cultivar o vírus in vitro, semelhante à cultura de bactérias, para tentar descobrir uma vacina.
      e) Impedir, de alguma maneira, a replicação da molécula de ácido nucleico do vírus.
      Taciana
      Veja, a seguir, a resolução da questão acima.
      ALTERNATIVA CORRETA: E (“Impedir, de alguma maneira, a replicação da molécula de ácido nucleico do vírus.”)
      ALTERNATIVA A (“Descobrir urgentemente um potente antibiótico que possa destruir a sua membrana nuclear.”) – INCORRETA
      – Antibióticos não têm sobre os vírus.
      – Vírus não tem membrana nuclear.
      ALTERNATIVA B (“Alterar o mecanismo enzimático mitocondrial para impedir o seu processo respiratório.”) – INCORRETA
      – Vírus não possuem mitocôndria.
      ALTERNATIVA C (“Injetar nas pessoas contaminadas uma dose maciça de bacteriófagos para fagocitar o vírus.”) – INCORRETA
      – Bacteriófagos ou fagos são vírus que infectam as bactérias.
      ALTERNATIVA D (“Cultivar o vírus in vitro, semelhante à cultura de bactérias, para tentar descobrir uma vacina.”) – INCORRETA
      – Meio de cultura bacteriana é uma substância líquida ou gelificada, simples ou complexa, que permite a nutrição, o crescimento e a multiplicação da bactéria. Ele não possui ser vivo na sua composição. Em face de os vírus serem parasitas intracelulares obrigatórios, não podem ser cultivados in vitro, semelhante à cultura de bactérias.
      Djalma Santos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: