Publicado por: Djalma Santos | 25 de agosto de 2014

Testes de sistema digestório (I)

01. Um estudante anotou em uma tabela as informações nutricionais (quantidade por porção) constantes nos rótulos de alguns produtos vendidos em supermercados.

01

Pode-se dizer que, mais provavelmente, os produtos de 1 a 5 são, respectivamente:

a) Hambúrguer, achocolatado matinal em pó, leite integral em embalagem Longa Vida, carne bovina resfriada e pão de forma com grãos integrais.

b) Achocolatado matinal em pó, hambúrguer, carne bovina resfriada, leite integral em embalagem Longa Vida e pão de forma com grãos integrais.

c) Leite integral em embalagem Longa Vida, achocolatado matinal em pó, hambúrguer, pão de forma com grãos integrais e carne bovina resfriada.

d) Hambúrguer, pão de forma com grãos integrais, achocolatado matinal em pó, leite integral em embalagem Longa Vida e carne bovina resfriada.

e) Pão de forma com grãos integrais, hambúrguer, leite integral em embalagem Longa Vida, achocolatado matinal em pó e carne bovina resfriada.

02. (IFG) Considere o texto a seguir para responder esta questão.

A feijoada, alimento dos escravos africanos no passado, é, hoje, um prato típico brasileiro, muito apreciado pela população e por turistas. Diferentemente do que comiam os escravos, atualmente, os ingredientes são mais nobres, e, para quem gosta, listamos os principais:

– Feijão preto e arroz branco.

– Carnes e defumados, sempre de porco: linguiça, lombo, costelinha, paio, carne seca, bacon, entre outras a gosto.

– Molho: pimenta malagueta, tomate, pimentão, azeite, vinagre, folhas de louro e de coentro.

– Acompanhamentos: laranja, farofa, farinha de mandioca, pão francês, couve na manteiga e salada de tomate, alface, cenoura, pepino.

As carnes que compõem a feijoada são fontes de proteínas; as gorduras e os farináceos, de energia. Quando ingeridos, são metabolizados pelas enzimas liberadas por órgãos que compõem o sistema digestivo. Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, as enzimas e os órgãos que as liberam.

a) Lipase, no estômago; amilase, no fígado e peptidase, no pâncreas.

b) Pepsina, no estômago; lipase, no pâncreas e amilase, no pâncreas.

c) Insulina, no pâncreas; lipase, no fígado e amilase, no estômago.

d) Amilase, no estômago; insulina, no pâncreas e bile, no fígado.

e) Bile, no pâncreas; pepsinas, no fígado e amilase, no duodeno.

03. Para demonstrar a ação da saliva na etapa inicial do processo digestivo, um professor de Biologia realizou o seguinte experimento:

Em um tubo de ensaio (tubo I), adicionou uma solução de água e amido. Em outro tubo de ensaio (tubo II), fez o mesmo, mas acrescentou ao tubo um pouco da saliva de um dos alunos. O professor informou aos alunos que manteria os tubos à temperatura ambiente por 30 minutos, após os quais pingaria em cada tubo uma gota de iodo, o qual é capaz de identificar a presença de amido na solução, tornando-a roxa. Enquanto aguardavam os 30 minutos, o professor solicitou aos alunos que discutissem o experimento.

– Marcelo disse que, após pingar o iodo, a solução do tubo I continuaria incolor e a do tubo II ficaria roxa.

– Paulo, contudo, disse que ocorreria exatamente o contrário.

– Mirela disse que, como o dia estava frio, se, em vez de se manterem os tubos à temperatura ambiente, estes fossem mantidos a 37oC, não seria necessário esperar 30 minutos para concluir o experimento.

– Renato discordou de Mirela, argumentando que, tal como ocorre na boca, a 37oC o amido se degrada; assim, não seria possível observar qualquer diferença entre os tubos I e II.

– Carlos disse que o professor deveria adicionar ao tubo II algumas gotas de uma solução básica, uma vez que, na boca, a digestão do amido acontece em pH bem acima de 7.

– Patrícia discordou, informando que a digestão sempre acontece em pH ácido, como o do estômago, e por isso, no tubo II, também deveriam ser colocadas algumas gotas de uma solução ácida.

Pode-se dizer que estão corretos em suas observações os alunos:

a) Paulo e Mirela.

b) Paulo e Renato.

c) Paulo, Renato e Carlos.

d) Marcelo, Mirela e Carlos.

e) Marcelo, Renato e Patrícia.

04. (UEPA) O fígado, maior órgão glandular do corpo, realiza diversas funções complexas essenciais à vida. Produz a bile que emulsiona as gorduras, reduzindo-as a gotículas e facilita o trabalho das enzimas digestivas do:

a) Baço.

b) Pâncreas.

c) Estômago.

d) Intestino grosso.

e) Esôfago.

05. (FFB) Ao chegar à adolescência, muitos jovens enfrentam problemas gastrointestinais. O gráfico abaixo mostra os valores de pH versus atividade enzimática em três regiões diferentes A, B e C do tubo digestório de um ser humano adolescente.

05

As regiões A, B e C correspondem, respectivamente, à:

a) Boca, estômago e intestino delgado.

b) Estômago, boca e intestino delgado.

c) Estômago, intestino delgado e boca.

d) Boca, intestino delgado e estômago.

e) Intestino delgado, boca e estômago.

06. (FCM-PB) Analise as proposições abaixo e assinale a alternativa correta em relação às glândulas salivares e suas ações:

I. As glândulas salivares são estimuladas a secretar a saliva que é uma solução aquosa onde se encontra a enzima ptialina, sais minerais e muco.

II. A ptialina digere o amido, reduzindo-o a maltose.

III. As glândulas salivares são estimuladas a secretar a saliva que é uma solução aquosa onde se encontra a enzima pepsina, sais minerais e muco.

Estão corretas:

a) Apenas a III.

b) I e III.

c) I e II.

d) I, II e III.

e) II e III.

07. (IFMG) A digestão dos alimentos e a absorção dos nutrientes resultantes são processos realizados pelo sistema digestório, composto pelo tubo gastrointestinal e por glândulas associadas. Considerando o sistema digestório, julgue os itens a seguir:

I. Os ductos das glândulas salivares se abrem na boca, onde liberam a saliva. Nela, existem enzimas digestivas que iniciam o processo de digestão.

II. No estômago, o alimento sofre a ação de diversas enzimas digestivas, cujo pH ótimo é ácido.

III. O fígado produz enzimas responsáveis pela digestão dos lipídios, coletivamente chamadas de bile.

IV. O intestino grosso apresenta dobras superficiais chamadas vilosidades intestinais, que aumentam a área superficial do órgão, potencializando a absorção de nutrientes como aminoácidos.

Estão corretas as afirmativas:

a) I e II.

b) III e IV.

c) I e III.

d) II e IV.

08.  (UEG) A função primária do sistema digestório é o fornecimento de água, íons e nutrientes para o corpo. Nem todos os animais possuem um sistema digestório, entretanto, aos que possuem, algumas variações podem ocorrer, como no caso dos mamíferos ruminantes (bois, cabras, camelos, girafas, etc.), cujos estômagos possuem mais de uma cavidade. Sobre essas variações em ruminantes, tem-se que os estômagos são divididos em:

a) Dois compartimentos que favorecem a digestão do capim ingerido pelos mamíferos ruminantes.

b) Três compartimentos, o que permite melhor aproveitamento dos vegetais utilizados como alimento exclusivo.

c) Quatro compartimentos que permitem melhor aproveitamento dos nutrientes utilizados como alimento exclusivo, como ocorre com as aves granívoras e os crocodilianos.

d) Quatro compartimentos, o que permite a digestão da celulose no estômago dos ruminantes pelas bactérias presentes.

09. (UEM) A digestão humana é extracelular e envolve processos mecânicos e químicos. Sobre esse assunto, assinale o que for correto.

01. O amido começa a ser digerido na boca pela ação da amilase salivar que é produzida pelas glândulas salivares.

02. A digestão termina no intestino grosso, formado pelo jejuno e pelo íleo, que produzem o suco intestinal, rico em enzimas.

04. As proteínas, ainda no estômago, sofrem ação da pepsina, sendo convertidas em frações peptídicas que terão sua digestão completa no intestino delgado mediante ação das peptidases intestinais.

08. O pâncreas é responsável por retirar do sangue o excesso de glicose oriunda da digestão e por armazená-la na forma de glicogênio, devolvendo-a na corrente sanguínea, conforme as necessidades do organismo.

16. A digestão no estômago e a produção de suco gástrico são estimuladas pelo sistema nervoso, por ações mecânicas e por hormônios.

Soma das alternativas corretas:

10. (FVIP) Sabe-se que na digestão humana, os alimentos gordurosos estimulam a parede do duodeno a produzir um hormônio que, levado pelo sangue ao fígado e à vesícula biliar, determina a expulsão da bile. Esse hormônio é:

a) Secretina.

b) Enterogastrona.

c) Enteroquinase.

d) Gastrina.

e) Colecistocinina.

11. (IFPE) Ao se alimentar de um hambúrguer, um estudante ingeriu pão, carne bovina e verduras. Os diversos componentes desse lanche serão digeridos ao longo do tubo digestório. Sobre a digestão desses alimentos, podemos afirmar corretamente que:

a) A carne, rica em proteínas, é digerida na boca pela ação de proteases da saliva e, no estômago, pela ação do suco gástrico que contém pepsina.

b) O pão, rico em amido, é digerido, na boca, pela ação da amilase salivar e, no intestino delgado, pela ação da amilase pancreática.

c) As verduras, alimentos vegetais que contêm celulose, são digeridas no estômago e nos intestinos pela ação da celulase secretada por eles.

d) Somente o estômago é responsável pela digestão desses alimentos, uma vez que os intestinos têm a função apenas de absorção de nutrientes.

e) O pão, a carne e os vegetais são digeridos tanto na boca como no estômago e intestinos.

12. (ACAFE) A digestão é o conjunto de processos pelos quais os alimentos são quebrados e transformados em substâncias assimiláveis pelas células. Costuma ser dividida em: digestão mecânica, que consiste na trituração dos alimentos, e digestão química, que é a quebra das moléculas orgânicas por ação de enzimas hidrolíticas. Todas as etapas da digestão química descritas a seguir estão corretas, exceto a:

a) A amilase salivar, também chamada de ptialina, está presente na saliva, e atua sobre as grandes moléculas de amido e de glicogênio do alimento.

b) As carboidrases, como a lactase e sacarase, são enzimas presentes na bile e que atuam principalmente na primeira porção do intestino delgado. São produzidas pelo fígado.

c) A pepsina é a principal enzima ativa no suco gástrico, digere proteínas quebrando as ligações peptídicas entre certos aminoácidos. É produzida por glândulas presentes na parede estomacal.

d) A lípase está presente no suco pancreático e na saliva, digere lipídios, transformando-os em ácidos graxos e glicerol. É produzida no pâncreas e atua no duodeno.

13. (UEA) Com frequência, lemos nos rótulos de alguns produtos alimentícios a informação “contém glúten”. Esse alerta é colocado porque existem pessoas portadoras da doença celíaca, uma doença autoimune causada pela intolerância ao glúten, que ataca e danifica as vilosidades do epitélio de revestimento interno do intestino delgado, como mostra a figura.

13

A lesão terá como consequência:

a) A redução da absorção de água sem diminuição da massa corpórea.

b) O aumento da absorção de água, porém sem efeito sobre a massa corpórea.

c) A redução da absorção de nutrientes e a acentuada perda de massa corpórea.

d) O aumento da absorção de água e nutrientes e o aumento da massa corpórea.

e) A redução da absorção de água e o aumento da massa corpórea.

14. (UEA) Um indivíduo submeteu-se a uma cirurgia conhecida como “by pass intestinal”, em que uma de suas técnicas permite que parte do quilo percorra um caminho menor até o intestino grosso. As figuras demonstram esse procedimento e as setas indicam o ponto de intervenção.

14

Essa intervenção cirúrgica tem por consequência a redução da massa corpórea, pois:

a) Impede a ação da bile e, assim, as gorduras não são digeridas.

b) Impede a absorção de água, o que evita acúmulo de líquidos no organismo.

c) Diminui a absorção de moléculas maiores, tais como proteínas e amido.

d) Impede a digestão enzimática dos ácidos graxos e do glicerol, evitando a absorção de seus subprodutos.

e) Diminui a área de absorção de parte dos nutrientes resultantes da digestão enzimática.

15. (UNICENTRO) Com relação aos principais hormônios envolvidos no controle da digestão, assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o hormônio produzido no intestino delgado que estimula a produção de bile pelo fígado.

a) Secretina.

b) Serotonina.

c) Colecistoquinina.

d) Gastrina.

16. (IFPR) Pesquisadores brasileiros desenvolvem estratégia de vacina oral que usa nanocápsulas de sílica para melhor resposta do sistema de defesa. A sílica, uma substância presente no vidro, na areia da praia, no cimento e até nos temperos em pó que comemos, pode ser uma ferramenta chave para o desenvolvimento de novas vacinas orais, que poderão substituir as injetáveis disponíveis hoje. A ideia dos pesquisadores é usar nanocápsulas de sílica para alojar a vacina que será aplicada em gotas, como hoje acontece com a vacina contra a paralisia infantil (poliomielite). As nanocápsulas são diminutas “forminhas” hexagonais com cerca de 5 nanômetros – 20 mil vezes menores que um fio de cabelo – que absorvem e guardam em seu interior a vacina desejada. Segundo Osvaldo Sant’Anna, pesquisador do Instituto Butantan, a grande vantagem de usar a vacina encapsulada é que, desse modo, ela consegue passar pelo estômago e chegar até o intestino, onde é capturada por células do sistema imunológico. Ainda não existe no mercado vacina oral que ultrapasse esse obstáculo. A vacina contra a poliomielite é a única aplicada em gotas porque é absorvida antes de chegar ao estômago, ainda no esôfago.

Fonte: MOUTINHO, Sofia. Proteção em nanocápsulas. Adaptado de: <http://cienciahoje.uol.com.br/especiais/reuniao-anual-da-sbpc2013/protecao-em-nanocapsulas&gt;. Acesso em 30/07/13.

Com relação ao texto e às características do sistema digestório e imunológico, assinale a alternativa correta:

a) Caso não fossem absorvidas pelo organismo antes de chegarem ao estômago, as vacinas ingeridas via oral acabariam sendo degradadas por esse órgão, envolvido com a digestão, cujas células secretam o suco gástrico.

b) O estômago e o intestino fazem parte do sistema digestório, que também inclui a boca, o esôfago, o reto e o ânus. Fígado, vesícula biliar e pâncreas também auxiliam na digestão, mas não fazem parte do sistema digestório.

c) O sistema imunológico dispõe de vários mecanismos de defesa contra infecções por parasitas ou agentes nocivos. É um sistema pouco eficiente, considerando o grande número de doenças que afetam o ser humano.

d) De modo geral, toda substância estranha ao organismo que desencadeia a produção de anticorpos é chamada de anticorpo. Os antígenos podem se combinar especificamente a substâncias estranhas ao corpo, inativando-as.

e) Estômago e intestino são os principais órgãos do sistema imunitário.

17. (FCM-PB) Caso um indivíduo apresente uma doença que comprometa a sua produção de bile no fígado, ele provavelmente passará a ter problemas com a digestão de:

a) Gorduras.

b) Proteínas.

c) Açúcares.

d) Amido.

e) Ácidos nucleicos.

18. (UFSM) O genoma dos chimpanzés, que se alimentam basicamente de vegetais, geralmente contém apenas um único gene para a enzima amilase salivar a qual está relacionada com a digestão___________, enquanto os humanos podem carregar até 10 cópias desse gene. Assinale a alternativa que completa corretamente a lacuna.

a) dos aminoácidos.

b) da celulose,

c) dos amidos,

d) da pepsina,

e) da glicose,

19. (UERJ) Lipases são enzimas relacionadas à digestão dos lipídios, nutrientes que, em excesso, levam ao aumento da massa corporal. Certos medicamentos para combate à obesidade agem inibindo essas enzimas. Assim, como não há digestão de parte da gordura ingerida, há menor absorção desses nutrientes, contribuindo para o controle do peso. Com base nessas informações, conclui-se que tais medicamentos agem principalmente sobre as enzimas produzidas pelo seguinte órgão:

a) Fígado.

b) Jejuno.

c) Pâncreas.

d) Estômago.

20. (PUC-RIO) O gráfico abaixo mostra a atividade de algumas enzimas digestivas humanas em diferentes valores de pH.

20

Com base nessa informação, assinale a afirmativa correta com relação às enzimas que estão atuando nas curvas I, II e III.

a) I corresponde à atividade da pepsina, que é a principal enzima do suco pancreático; II corresponde à atividade da ptialina, que inicia a digestão do amido e do glicogênio na boca; III corresponde à atividade da tripsina, que é a principal enzima do suco gástrico.

b) I corresponde à atividade da pepsina, que é a principal enzima do suco gástrico; II corresponde à atividade da ptialina, que inicia a digestão do amido e do glicogênio na boca; III corresponde à atividade da tripsina, que é produzida pelo pâncreas e age no intestino delgado.

c) I corresponde à atividade da ptialina, que é a principal enzima do suco gástrico; II corresponde à atividade da pepsina, que inicia a digestão do amido e do glicogênio na boca; III corresponde à atividade da tripsina, que é produzida pelo pâncreas e age no intestino delgado.

d) I corresponde à atividade da tripsina, que é a principal enzima do suco gástrico; II corresponde à atividade da pepsina, que inicia a digestão do amido e do glicogênio na boca; III corresponde à atividade da ptialina, que é produzida pelo pâncreas e age no intestino delgado.

e) I corresponde à atividade da pepsina, que é a principal enzima salivar; II corresponde à atividade da ptialina, que é a principal enzima do suco gástrico; III corresponde à atividade da tripsina, que é produzida pelo pâncreas e age no intestino delgado.

21. A palavra “fel” é um termo popular para bile”, uma secreção do trato gastrintestinal muito importante para vários aspectos da digestão e absorção de nutrientes. Sobre o assunto, considere as seguintes afirmativas:

1. A bile é liberada na luz do íleo, em combinação com as enzimas pancreáticas.

2. A bile é uma secreção hepática, armazenada na vesícula biliar.

3. Os constituintes da bile têm a função principal de emulsificar e digerir proteínas.

4. A cor amarelo-esverdeada da bile é decorrente da presença da bilirrubina, um pigmento derivado da destruição de hemácias.

Das alternativas acima:

a) Apenas a 2 e a 4 são verdadeiras.

b) Apenas a 1 e a 4 são verdadeiras.

c) Apenas a 2 e a 3 são verdadeiras.

d) Apenas a 1 é verdadeira.

e) Apenas a 3 é verdadeira.

22. A enzima pepsina começa a decompor as proteínas em cadeias muito menores de aminoácidos quando o alimento chega ao estômago. Assinale alternativa que explica o motivo pelo qual a pepsina não destrói as proteínas que compõem o trato digestivo:

a) Porque a pepsina é secretada na forma inativa, chamada pepsinogênio.

b) Porque a pepsina é secretada na forma ativa, chamada pepsinogênio.

c) Porque a pepsina é secretada na forma inativa, chamada tripsinogênio.

d) Porque a pepsina é secretada na forma ativa, chamada tripsinogênio.

e) Porque a pepsina é secretada na forma ativa, chamada enteroquinase.

23. (URCA) O pâncreas é um órgão que produz vários tipos de hormônios. Uns lançados na corrente sanguínea e outros no trato digestivo. Essa situação coloca esse órgão na condição de glândula mista. É exemplo de substância produzida no pâncreas e lançada no trato digestivo.

a) Amilase.

b) Insulina.

c) Creatinina.

d) Glucagon.

e) Renina.

24. Um exemplo de experimento realizado em aulas de Biologia, que esclarece o que ocorre em nosso corpo quando comemos um “paulistinha”, ou seja, um sanduíche de pão com carne pode ser descrito conforme o quadro abaixo:

24Mantendo-se os quatro tubos a 38oC durante um período de três horas, espera-se que haja digestão somente em:

a) I e II.

b) I e III.

c) I e IV.

d) II e III.

e) III e IV.

25. (PUC-SP) Se compararmos um macaco com um boi quanto a aspectos relacionados ao sistema digestório, o macaco:

a) Não consegue digerir a celulose presente em seu alimento, ao passo que o boi produz celulase.

b) E o boi são animais onívoros que se alimentam somente de matéria vegetal.

c) Possui estômago simples, ao passo que o boi apresenta estômago com quatro compartimentos.

d) E o boi são animais ruminantes que precisam mastigar duas vezes o seu alimento.

e) E o boi abrigam bactérias e protistas em seu estômago, organismos que ajudam a digerir o alimento ingerido.

26. No gráfico, as curvas I, II e III representam o consumo das principais reservas de energia no corpo de uma pessoa em privação alimentar.

26As curvas que se relacionam corretamente aos tipos de reserva que representam são:

a) I – gordura;           II – proteína;       III – carboidrato.

b) I – proteína;          II – gordura;        III – carboidrato.

c) I – proteína;          II – carboidrato;  III – gordura.

d) I – carboidrato;     II – proteína;       III – gordura.

e) I – carboidrato;     II – gordura;        III – proteína.

27. Em relação ao processo digestivo da classe dos mamíferos, foram feitas as seguintes afirmativas:

I. Os bovinos realizam o processo de ruminação, que consiste em remastigar o alimento, auxiliando a ação das bactérias e protozoários existentes em seu estômago, diferenciado em quatro câmaras.

II. Os seres humanos apresentam, no seu estômago, a liberação do suco pancreático, que auxiliará na quebra de proteínas.

III. O homem não apresenta a enzima celulase para a digestão da celulose, presente em alimentos de origem vegetal.

IV. A digestão inicia-se na boca com a ação dos dentes e da salivação, promovendo a quebra de alimentos ricos em amido.

Pode-se afirmar que estão corretas apenas:

a) I e II.

b) II e III.

c) I e IV.

d) I, II e IV.

e) I, III e IV.

28. (UFF) O ser humano está adaptado estrutural e funcionalmente aos seus hábitos e ao meio em que vive. Para isso, foi necessário o desenvolvimento de diversas características e processos metabólicos.

(Aristóteles, data AC).

Secreções salivar, gástrica, pancreática, bile e intestinal foram adicionadas respectivamente aos tubos I, II, III, IV e V, contendo lipídeo, açúcar e proteína. Em seguida, os tubos foram submetidos às condições de pH e temperatura, sendo monitorados por um período de 10 min., representadas na figura abaixo:

28

Analise a figura acima e assinale a alternativa que indica onde ocorre clivagem enzimática de macromoléculas, considerando as condições ideais para cada tipo de secreção durante o período avaliado.

a) Nos tubos I e III.

b) Nos tubos II e IV.

c) Nos tubos III e V.

d) Nos tubos IV e V.

e) Nos tubos V e I.

29. (FUVEST) O homem não é capaz de digerir a celulose ingerida na alimentação. No entanto, os ruminantes são capazes de digerir os vegetais ingeridos porque:

a) No rúmen existem glândulas capazes de produzir enzimas que hidrolisam a celulose.

b) A celulose é digerida exclusivamente por enzimas existentes na saliva desses animais, com as quais a celulose entra em contato durante os períodos prolongados de ruminação.

c) A digestão da celulose e consequência exclusiva da maceração das folhas, devido a sua permanência prolongada nas câmaras gástricas.

d) Os alimentos são misturados com bactérias simbióticas produtoras de enzimas que hidrolisam a celulose.

e) A digestão é consequência, exclusivamente, da ação das enzimas produzidas por helmintos que parasitam geralmente o intestino dos ruminantes.

30. (UNIOESTE) O trato gastrointestinal é um tubo longo cuja função é transportar nutrientes, água e eletrólitos do ambiente externo para o ambiente interno. O alimento ingerido está quase sempre na forma de macromoléculas como as proteínas e carboidratos complexos, os quais, pelo processo de digestão mecânica e química, são transformados em pequenas unidades absorvíveis.

GLÂNDULA

I. Glândula gástrica.

II. Glândula salivar.

III. Pâncreas exócrino.

IV. Glândula intestinal.

SECREÇÃO

1. Enteroquinase.

2. Ácido clorídrico.

3. Ptialina.

4. Amilopsina.

5. Pepsina.

6. Lipase.

7. Peptidase.

AÇÃO

a. Digestão de lipídios.

b. Digestão de polissacarídeos amido e glicogênio, transformando-os em maltose.

c. Digestão de proteínas quebrando as ligações peptídicas entre certos aminoácidos.

d. Transformação de tripsinogênio em tripsina.

e. Acidificação do conteúdo estomacal contribuindo na morte de microrganismos.

f. Completar a digestão das proteínas decompondo-as em aminoácidos.

g. Digestão dos polissacarídeos amido e glicogênio, transformando-os em dextrinas.

Assinale a alternativa em que todas as associações glândula/ secreção/ação estão corretas.

a) I-7-f, II-3-g, III-1-b, IV-6-a.

b) I-2-e, II-4-c, III-6-g, IV-1-f.

c) I-5-f, II-4-c, III-1-d, IV-7-g.

d) I-5-c, II-3-g, III-4-b, IV-1-d.

e) I-2-c, II-3-c, III-4-g, IV-7-f.

GAB

 

Anúncios

Responses

  1. prof comenta a questão 3!!Eu não entendi

    • 03. Para demonstrar a ação da saliva na etapa inicial do processo digestivo, um professor de Biologia realizou o seguinte experimento:
      Em um tubo de ensaio (tubo I), adicionou uma solução de água e amido. Em outro tubo de ensaio (tubo II), fez o mesmo, mas acrescentou ao tubo um pouco da saliva de um dos alunos. O professor informou aos alunos que manteria os tubos à temperatura ambiente por 30 minutos, após os quais pingaria em cada tubo uma gota de iodo, o qual é capaz de identificar a presença de amido na solução, tornando-a roxa. Enquanto aguardavam os 30 minutos, o professor solicitou aos alunos que discutissem o experimento.
      – Marcelo disse que, após pingar o iodo, a solução do tubo I continuaria incolor e a do tubo II ficaria roxa.
      – Paulo, contudo, disse que ocorreria exatamente o contrário.
      – Mirela disse que, como o dia estava frio, se, em vez de se manterem os tubos à temperatura ambiente, estes fossem mantidos a 37oC, não seria necessário esperar 30 minutos para concluir o experimento.
      – Renato discordou de Mirela, argumentando que, tal como ocorre na boca, a 37oC o amido se degrada; assim, não seria possível observar qualquer diferença entre os tubos I e II.
      – Carlos disse que o professor deveria adicionar ao tubo II algumas gotas de uma solução básica, uma vez que, na boca, a digestão do amido acontece em pH bem acima de 7.
      – Patrícia discordou, informando que a digestão sempre acontece em pH ácido, como o do estômago, e por isso, no tubo II, também deveriam ser colocadas algumas gotas de uma solução ácida.
      Pode-se dizer que estão corretos em suas observações os alunos:
      a) Paulo e Mirela.
      b) Paulo e Renato.
      c) Paulo, Renato e Carlos.
      d) Marcelo, Mirela e Carlos.
      e) Marcelo, Renato e Patrícia.
      Prezado Eder
      – ALTERNATIVA CORRETA A (“Paulo e Mirela.”)
      JUSTIFICATIVA
      – Marcelo errou: o iodo torna arroxeada a solução de amido não digerido, como consta no enunciado (“…. após os quais pingaria em cada tubo uma gota de iodo, o qual é capaz de identificar a presença de amido na solução, tornando-a roxa.”).
      – Renato errou ao afirmar que não haveria diferenças entre os tubos I e II. O tubo II contém saliva, que digere o amido, e a solução não ficará arroxeada (“Renato discordou de Mirela, argumentando que, tal como ocorre na boca, a 37oC o amido se degrada; assim, não seria possível observar qualquer diferença entre os tubos I e II.”).
      – Carlos esqueceu que a hidrólise enzimática do amido, na boca, ocorre de modo mais eficiente em pH entre 6,5 e 7,5 e não bem acima de 7,0 (“Carlos disse que o professor deveria adicionar ao tubo II algumas gotas de uma solução básica, uma vez que, na boca, a digestão do amido acontece em pH bem acima de 7.”).
      – Patrícia errou ao afirmar que a digestão sempre ocorre em meio ácido (“Patrícia discordou, informando que a digestão sempre acontece em pH ácido, como o do estômago, e por isso, no tubo II, também deveriam ser colocadas algumas gotas de uma solução ácida.”).
      – Paulo afirmou CORRETAMENTE, contrariando a observação de Marcelo (“Marcelo disse que, após pingar o iodo, a solução do tubo I continuaria incolor e a do tubo II ficaria roxa.”).
      – Mirela afirmou CORRETAMENTE (“Mirela disse que, como o dia estava frio, se, em vez de se manterem os tubos à temperatura ambiente, estes fossem mantidos a 37oC, não seria necessário esperar 30 minutos para concluir o experimento.”), já que, dentro de certos limites, a velocidade da reação enzimática aumenta com o aumento da temperatura.
      Um abraço
      Djalma Santos

  2. a questão 28 eu tambem não entendi

    • Caro Eder
      – ALTERNATIVA CORRETA A (“Nos tubos I e III.”)
      -JUSTIFICATIVA
      * No tubo I ocorre digestão de “açúcar” (carboidrato), por ação da amilase salivar ou ptialina, que digere o amido (polissacarídeo) em maltose (dissacarídeo), como consta na figura. – CORRETO.
      * No tubo II não ocorre digestão de “açúcar”. – INCORRETO.
      * No tubo III ocorre digestão de “açúcar”, lipídios e proteína, como consta na figura.- CORRETO
      COMPLEMENTO
      – As principais enzimas do suco pancreático são:
      I. Tripsina: protease (digestão de proteínas e peptonas).
      II. Quimiotripsina: protease (digestão de proteínas e peptonas).
      III. Amilase: digestão de amido.
      IV. Lipase: digestão de lipídios.
      V. DNase: digestão de DNA
      IV. RNase: digestão de RNA.
      * Tubo IV: a bile não possui enzima, mais sais biliares. Esses sais atuam como “detergentes”, emulsionando as gorduras, isto é, transformando-as em minúsculas gotículas que se misturam com a água e formam uma emulsão, aumentando, bastante, a superfície de contato dos lipídios com a lipase, facilitando a ação dessa enzima. – incorreto
      * Tubo V: a secreção intestinal não atua em pH = 1,0 (pH ácido). INCORRETO.
      Sucesso
      Djalma Santos

  3. Professor parabéns pelo material. Disparado o melhor conteúdo grátis da internet em termos de questões de biologia. Muito obrigado pelas constantes atualizações.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: