Publicado por: Djalma Santos | 24 de setembro de 2014

BOTÂNICA NA UPE

01. (UPE-2002) Analise o desenho abaixo no qual são evidenciados detalhes anatômicos e histológicos de uma planta.

01

I   II

0   0 – No corte foliar, é possível reconhecer a epiderme, tecido de revestimento e proteção (IA e ID) e os parênquimas paliçádico (IB) e lacunoso (IC), cujas funções são, respectivamente, fotossíntese e armazenamento de substância.

1   1 – Pela presença do aparelho reprodutor, podemos deduzir que se trata de uma espécie monoica, uma vez que contempla tanto gineceu como o androceu (II) na mesma flor.

2  2 – O tecido vascular (III), constituído de vasos crivados que transportam a seiva elaborada, é chamado xilema.

3   3 – O sistema radicular pivotante (IV), que evidencia os haustório (IVA), tem como função absorver água e nutrientes do solo.

4  4 – Pelas evidências anatômicas, podemos concluir que se trata de uma planta Traqueófita, Angiosperma, Dicotiledônea.

02. (UPE-2004) Analise as afirmativas sobre a ação dos hormônios vegetais.

I   II

0   0 – Os floricultores costumam cortar ramos e colher flores, colocá-los em água e pulverizá-los com citocinina, para que durem mais, uma vez que esse hormônio retarda o envelhecimento celular.

1  1 – As donas de casa costumam fazer cortes na casca do mamão verde e embrulhá-lo em jornal, isso provoca a liberação e o acúmulo do gás etileno, que acelera a maturação do fruto.

2  2 – Os fruticultores costumam fazer a “poda de produção”, para aumentar o número de ramos, flores e frutos, removendo-se a gema apical, um centro ativo de produção de citocinina, inibidora do crescimento das gemas laterais. Ao se cortar a gema apical, as gemas laterais saem do estado de dormência e se desenvolvem, sob estímulo de outro hormônio, o etileno.

3  3 – A partenocarpia comercial, visando à obtenção de frutos sem sementes, pode ser obtida pela pulverização de auxina sobre as flores não fecundadas, onde há desenvolvimento dos ovários e formação de frutos partenocárpicos.

4 4 – Durante secas prolongadas, as plantas da caatinga perdem as folhas e há dormência das gemas apicais pelo aumento na produção de giberelina. Com a chegada das chuvas, há diminuição desse hormônio e aumento do ácido abscísico, responsável pela quebra da dormência.

03. (UPE-2004) Analise a figura abaixo e responda.

03

a) As setas 1, 2 e 3 representam, respectivamente, o limbo, o pecíolo e a bainha, e as setas 4 e 5 apontam estruturas constituídas por vasos crivados e feixes líbero-lenhosos que conduzem a seiva elaborada através de um processo de coesão-tensão.

b) As estruturas 4 e 5 conduzem a água que vem do solo através das raízes e do caule, até às estruturas, representadas pela seta 6, que se fecham, caso haja baixa disponibilidade de água na planta, mesmo com luz disponível para a fotossíntese, evitando, dessa forma, a perda de água por transpiração.

c) Os estômatos (seta 6), presentes na face inferior da folha, têm função de difundir os gases respiratórios durante a fotossíntese e a respiração celular, além de eliminar a água da planta nos processos de transpiração e sudação.

d) O estômato apresenta estrutura epidérmica, formada por duas células ricas em cloroplastos (seta 9), denominadas de células companheiras (seta 8).

e) Os estômatos se fecham quando há excesso de água na planta, visto que as células ficam túrgidas, diminuindo a curvatura entre estas e fechando o ostíolo, representado pela seta 10.

04. (UPE-2005) Sobre a morfologia vegetal, analise as afirmativas.

I   II

0   0 – O coqueiro apresenta um tronco aéreo, tipo estipe, ereto, geralmente não ramificado, com uma coroa de folhas apenas no ápice.

1    1 – Drupas são frutos carnosos com endocarpo duro.

2  2 – A sâmara é um fruto, cuja parede do ovário forma expansões aladas.

3  3 – O umbuzeiro é uma árvore, cujas raízes adventícias formam túberas especializadas no armazenamento da água.

4  4 – As raízes suporte, encontradas em plantas de milho, são raízes secundárias responsáveis pela melhor fixação destas plantas ao solo.

05. (UPE-2005) Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, frutos considerados do tipo baga, drupa e seco, respectivamente.

a) Laranja – goiaba – milho.

b) Pêssego – abacate – noz.

c) Castanha-portuguesa – morango – soja.

d) Uva – manga – feijão.

e) Abacaxi – maçã – arroz.

06. (UPE-2005) No segundo filme do Senhor dos Anéis, observa-se que, em determinadas cenas, algumas árvores eram capazes de andar na floresta. Sabe-se que as árvores não andam, entretanto, está cientificamente comprovado que as plantas realizam movimento. Desse modo, analise, sob o aspecto científico, as afirmativas sobre o movimento realizado pelas plantas.

I  II

0  0 – Nastismos são movimentos realizados pela planta, devido a estímulos do ambiente, porém esses  movimentos não são em direção à fonte do estímulo.

1   1 – A curvatura do caule em direção a uma fonte de luz deve-se a um movimento nastismo positivo, quando a planta procura a fonte de luz.

2  2 – O dobramento do caule, voltando-se para uma fonte unidirecional de luz, deve-se ao fato das células da região não iluminada se alongarem mais do que as da região iluminada.

3  3 – O movimento realizado pela planta em direção a uma fonte de estímulo do ambiente é conhecido como tropismo.

4  4 – O contato da raiz pivotante com o solo provoca o movimento de tactismo positivo, fazendo com que a raiz se direcione para o interior do solo.

07. (UPE–2006) Sobre as características morfológicas dos vegetais, analise as afirmativas abaixo.

I   II

0  0 – Na bananeira, o caule subterrâneo, do tipo rizoma, torna-se visível na produção e na sustentação do cacho de banana.

1   1 – O caule da batata-doce, denominado de túbera, é especializado no armazenamento de substâncias de reservas.

2   2 – A palma, cactácea utilizada para alimentação do gado no período de seca no Sertão, apresenta o tronco do tipo cladódio.

3  3 – A castanha de caju é um fruto indeiscente do tipo aquênio.

4  4 – O grão de milho e o grão de girassol são tipos de frutos secos deiscentes.

08. (UPE–2006) Estabeleça a associação entre cada tecido vegetal listado na coluna I e as características apresentadas na coluna II.

COLUNA I

1. Periciclo

2. Xilema

3. Floema

4. Colênquima

5. Esclerênquima

COLUNA II

(   )Tecido complexo formado por vários tipos de células, dentre elas os elementos de vasos e os traqueídeos.

(   ) Tecido de sustentação formado por células vivas, com paredes espessas, constituídas de celulose, pectina e outras substâncias.

(    ) Tecido responsável pela formação de raízes laterais.

(   ) Tecido mecânico de sustentação, constituído por células com paredes espessas, ricas em celulose e lignina.

(   ) Tecido complexo formado por vários tipos de células, dentre elas destacam-se as células com placas crivadas.

Assinale a alternativa que contempla a sequência correta das associações entre as colunas.

a) 3, 4, 1, 2, 5.

b) 5, 2, 3, 1, 4.

c) 2, 4, 1, 5, 3.

d) 2, 4, 3, 5,

e) 5, 2, 3, 4, 1.

09. (UPE–2006) A figura esquemática abaixo representa um corte longitudinal do óvulo de uma angiosperma. Entre as estruturas do óvulo indicadas pelas setas numeradas, assinale aquela responsável pela formação do embrião.

09

a) 1 – antípodas.

b) 2 – núcleo polar.

c) 3 – sinérgides.

d) 4 – oosfera.

e) 5 – saco embrionário.

10. (UPE–2006) Durante o ciclo de vida de uma Pteridófita, encontram-se diversas estruturas morfológicas próprias de cada fase, destacadas pela numeração abaixo.

10

Identifique, nesse ciclo, essas estruturas e assinale a alternativa correta.

a) 1-folíolo, 2-rizoide, 3-esporângio, 4-protalo, 5-arquegônio, 6-anterídio.

b) 1-fronde, 2-rizoma, 3-soro, 4-protonema, 5-arquegônio, 6-anterídio.

c) 1-fronde, 2-rizoma, 3-esporângio, 4-protalo, 5-anterídio, 6-arquegônio.

d) 1-filoide, 2-rizoide, 3-caliptra, 4-protonema, 5-gametófito feminino, 6-gametófito masculino.

e) 1-fronde, 2-radícula, 3-soro, 4-protalo, 5-conceptáculo, 6-propágulo.

11. (UPE–2008) O bambu é uma planta da família das gramíneas, com ampla utilização na construção civil, na construção de pontes, edificações, pisos, paredes e forros. É também utilizado como planta ornamental e em peças de decoração. Existem em torno de 40 espécies na América Latina, incluindo o Brasil. Assinale a alternativa que contém características desse vegetal.

a) Possui caule não ramificado, do tipo colmo oco, com nítida divisão de nós e entrenós.

b) Suas raízes são do tipo axial ou pivotante, pois ela é uma planta do grupo das dicotiledôneas.

c) Por ser oco, o seu caule não possui tecidos de condução de seiva xilema e floema. Desse modo, a condução ocorre por difusão célula a célula.

d) A madeira do bambu é muito resistente, e, em corte transversal, podemos distinguir anéis de crescimento concêntricos na estrutura maciça.

e) Colênquima e esclerênquima são tecidos de sustentação ausentes em monocotiledôneas, como o bambu, razão por que a sua utilização em edificações não é adequada.

12. (UPE–2008) No Hino de Pernambuco, nossos coqueiros são exaltados por seu porte e beleza.

12a

12b

Muitos pesquisadores afirmam que o coqueiro Cocus nucifera é originário da Índia e teria chegado à nossa costa de forma natural, flutuando na água do mar. Em relação à classificação taxonômica e à morfologia dessa espécie vegetal, que adorna o litoral brasileiro, é correto afirmar que:

a) É classificado como uma gimnosperma da família das palmeiras, podendo chegar até a 25 metros de altura.

b) O caule é do tipo estipe e as raízes axiais, com eixo principal profundo, responsável pela sustentação do alto tronco do vegetal.

c) O seu fruto é do tipo simples, classificado como drupa. A dispersão ocorre pela água, quando o fruto flutua, graças ao seu mesocarpo rico em fibras, que retém ar no seu interior.

d) A água e a parte branca comestíveis do interior do fruto correspondem ao mesocarpo carnoso.

e) As folhas pinadas, flores pentâmeras e frutos secos indeiscentes (não se abrem espontaneamente, quando maduros) encontram-se inseridos em um mesmo ponto, no alto do caule.

13. (UPE-2009) Fibras vegetais são empregadas na fabricação de telhas e caixas d’água, através da tecnologia do fibracimento, como alternativa aos materiais de construção civil, em substituição aos produzidos com amianto. É uma tecnologia nacional, que utiliza fibras vegetais da madeira, como pinho e eucalipto. Também são aproveitadas fibras de outras partes vegetais de folhas de sisal e bananeira, frutos, como o coco, e o bagaço da cana-de-açúcar, com a finalidade de adicionar reforços aos materiais de ação cimentante.

Analise as afirmativas que vêm a seguir, referentes às palavras sublinhadas do texto acima.

I. Fibras vegetais da madeira: fibras de esclerênquima e de xilema são impregnadas de lignina, que conferem resistência à estrutura.

II. Bananeira: vegetal de caule subterrâneo tipo rizoma; suas folhas largas têm bainhas que se enrolam.

III. Coco: pseudofruto do coqueiro, planta monocotiledônea.

IV. Cana-de-açúcar: caule tipo estipe, com armazenamento de Glicose.

Marque a alternativa que reúne as afirmativas corretas.

a) I, II e III, apenas.

b) II, III e IV, apenas.

c) I e II, apenas.

d) II e III, apenas.

e) III e IV, apenas.

14. (UPE-2009) No esquema abaixo, está representado um corte transversal de uma folha.

14

Analise as alternativas abaixo, relacionando-as com as estruturas foliares do esquema, indicadas por números e assinale a que estiver correta.

a) Nas células da epiderme, a fotossíntese é mais intensa devido à maior incidência dos raios solares: estrutura 1 – Epiderme com cutícula cerosa.

b) Células com cloroplastos em seu interior, com alto catabolismo (fotossíntese) em relação à atividade de reduzido anabolismo (respiração): estruturas 2 e 3 – Parênquima lacunoso e paliçádico, respectivamente.

c) Vasos lenhosos e floema, responsáveis pela condução de seiva, circundados por cinturão de esclerênquima: estrutura 4 – Feixe liberolenhoso.

d) Tecido formado por uma única camada de células achatadas, aclorofiladas, de formato irregular; células mortas devido ao acúmulo de lignina (impermeabilidade): estrutura 1 – Epiderme foliar.

e) Anexo elaborado pela epiderme, com função de trocas gasosas; suas células não possuem cloroplastos: estrutura 5 – Estômato.

15. (UPE-2010) No processo evolutivo das plantas, muitas características foram sendo modificadas, tornando-as, cada vez mais, independentes da água para a reprodução. Nesse sentido, sobre essas características, analise os itens abaixo.

I. Perda gradativa dos vasos condutores.

II. A fase gametofítica passa a ser mais duradoura que a fase esporofítica.

III. Produção de sementes.

IV. Presença do tubo polínico.

Somente estão corretos:

a) I e II.

b) I e III.

c) III e IV.

d) I, II e IV.

e) II, III e IV.

16. (UPE-2010) Uma das vegetações típicas do sertão nordestino corresponde às cactáceas, como, por exemplo, o mandacaru e o cacto. Esses e outros vegetais dessa região apresentam características morfofisiológicas que permitem sua adaptação ao ambiente seco. Sobre essas características e seus respectivos efeitos, analise as afirmativas abaixo.

I. Folhas modificadas em espinhos, reduzindo a superfície foliar e, consequentemente, a perda de água.

II. Presença de parênquima aquífero, contribuindo para o suprimento hídrico da planta.

III. Epiderme rica em ceras impermeabilizantes ou portadora de pelos, favorecendo o aumento da transpiração.

IV. Abertura permanente dos estômatos durante o dia, favorecendo a absorção do CO2 e retenção de água.

Somente está correto o que se afirma em:

a) I, II e III.

b) II, III e IV.

c) I, III e IV.

d) I e II.

e) III e IV.

17. (UPE-2010) As características abaixo fazem parte de um tipo de tecido vegetal. Analise-as.

I. É constituído de células vivas.

II. Confere flexibilidade nos caules jovens, ao pecíolo das folhas e ao pedúnculo das flores.

III. Promove a sustentação da planta.

Com base nesses dados, é correto afirmar que o tecido correspondente é:

a) Colênquima.

b) Felogênio.

c) Esclerênquima.

d) Parênquima.

e) Meristema primário.

18. (UPE-2011) As angiospermas compreendem uma ampla diversidade de plantas; os dois maiores grupos que as constituem correspondem às monocotiledôneas e às eudicotiledôneas, os quais são distintos por diversas características. O quadro abaixo mostra, de forma aleatória, características que são observadas frequentemente em um ou outro grupo.

18

Assinale a alternativa que indica características que estão presentes apenas nas Monocotiledôneas.

a) I, II, III e IV.

b) II e III.

c) II, III e IV.

d) III, IV e V.

e) IV e V.

19. (UPE-2011) As afirmativas abaixo se referem a eventos comuns que são observados na reprodução das Angiospermas. Analise-as.

I. O transporte do pólen até o estigma da própria flor ou de outras flores pode ser realizado por diversos tipos de agentes polinizadores, dependendo de processos adaptativos, que as plantas sofreram durante a evolução. Assim, flores polinizadas por animais, por exemplo, geralmente têm características que os atraem, como corola vistosa, glândulas odoríferas e produtoras de substâncias açucaradas.

II. Ocorrendo a polinização, o grão de pólen entra em contato com o estigma de uma flor reprodutivamente compatível, germina e forma o tubo polínico. Esse tubo cresce no interior do estilete, atinge o ovário e penetra no óvulo, através da micrópila.

III. No interior do tubo polínico, um dos núcleos espermáticos degenera, e o outro fecunda a oosfera, formando o zigoto (2n), que se desenvolverá, originando o embrião, o qual será nutrido através de um tecido triploide (3n), denominado de endosperma.

IV. Após a fertilização, o óvulo e o ovário serão modificados, originando a semente e o fruto, respectivamente. Nesse processo, as sinérgides e os núcleos polares se fundem, formando o tecido suspensor.

Somente está correto o que se afirma em:

a) I e II.

b) II e III.

c) III e IV.

d) I, II e III.

e) II, III e IV.

20. (UPE-2014) Leia o texto a seguir:

Insatisfeito com uma árvore na sua calçada, um sujeito decidiu matá-la sem deixar suspeitas, cometendo um crime ambiental por não ter solicitado autorização à prefeitura. Com um artefato cortante, retirou um anel completo da casca, conforme mostra a figura a seguir. Entretanto, um morador do bairro, ao perceber que a árvore estava morrendo, chamou um analista ambiental da prefeitura, especialista em Botânica, para emitir um parecer técnico.

20

Assinale a alternativa que representa corretamente o parecer do perito quanto à morte da árvore com a retirada da casca.

a) Interrompeu o fluxo de seiva elaborada das folhas em direção às raízes, expondo o xilema.

b) Permitiu que fungos e bactérias nocivas colonizassem o floema, levando à putrefação do caule.

c) Interrompeu o fluxo da seiva bruta das folhas para os órgãos consumidores, expondo o floema à dessecação.

d) Expôs os vasos condutores do xilema e floema à dessecação, evitando o transporte de água da raiz às folhas aos galhos.

e) Reduziu a taxa fotossintética das células do tecido caulinar até níveis insustentáveis para a árvore.

gab

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: