Publicado por: Djalma Santos | 25 de outubro de 2014

ZOOLOGIA NA UPE

01. (UPE-2002) A piranha, a preguiça e a capivara são animais registrados no Guiness Book (Livro do Recordes), respectivamente, como o peixe mais feroz, o mamífero mais lento e o maior roedor do mundo. Sobre essas espécies da fauna brasileira, assinale a alternativa correta.

a) A piranha pertence à classe Osteicties, apresentando bexiga natatória, boca ventral e intestino longo com válvula em espiral.

b) A preguiça e a capivara são, respectivamente, mamíferos pertencentes às ordens Edentata ou Xenartra e Rodentia.

c) Esses animais são classificados como Eutheria e Methateria em função da reprodução.

d) As três espécies mencionadas distribuem-se na Região Neotrópica, em florestas tropicais, como a Mata Atlântica e a Mata de Araucária.

e) A dentição desses animais é bem desenvolvida e adaptada ao hábito alimentar.

02. (UPE-2003) Quando se fase em biodiversidade, logo vêm a mente as matas brasileiras com seus animais exóticos. No entanto, o ambiente marinho apresenta uma diversidade de fauna que há muito atrai mergulhadores, fotógrafos da natureza e pesquisadores. Sobre os invertebrados marinhos, analise as proposições abaixo.

I   II

0 0 – As estrelas-do-mar possuem hábito alimentar carnívoro, alimentando-se preferencialmente de ostras. A digestão é externa porque o animal lança enzimas digestivas no corpo da presa. Algumas espécies apresentam cinco dentes que formam a lanterna de Aristóteles para triturar o alimento.

1    1 – Assim como as esponjas, as ostras são animais filtradores que se nutrem basicamente de partículas alimentares e organismos planctônicos. O alimento se mistura com o muco produzido pelo epitélio da cavidade do manto, sendo conduzido ao trato digestório pelos batimentos dos filamentos branquiais. Alguns bivalves apresentam rádula para raspar alimentos no substrato.

2   2 – Os poríferas são hermafroditas com fecundação interna. Do zigoto desenvolve-se uma larva ciliada que se fixa, originando uma nova esponja. Ocorre reprodução assexuada por brotamento, através de gemas laterais, semelhantes à dos hidrozoários, representantes dos cnidários.

3  3 – Em muitas espécies de cnidários, há duas fases de vida que se alternam, cada uma efetuando um tipo de reprodução: sexuada e assexuada. A fase de pólipo se reproduz assexuadamente por estrobilização, dando origem a medusas que, por reprodução sexuada, originam a colônia de pólipos.

4  4 – A Physalia, conhecida como caravela, é uma colônia cujos indivíduos são especializados em diferentes funções, tais como nutrição, defesa e reprodução. Os pólipos com função de defesa possuem células especializadas, os coanócitos, que liberam substância urticante.

03. (UPE-2003) Escolha a alternativa que melhor preenche os espaços, dando sentido ao texto.

Os …..1….. são animais com exoesqueleto quitinoso e apêndices articulados. O corpo é dividido em ….2….. No lugar de maxilas e mandíbulas existem ….3….. com garras e acúleo inoculador de veneno. A circulação é …..4….., e o coração situa-se dorsalmente no abdome. Em algumas espécies, pigmentos como a ….5….., transportam os gases respiratórios. A respiração nesse grupo é do tipo …..6….. e a excreção é realizada através de …..7….. O sistema nervoso é constituído por gânglios e possuem …..8….. com função sensorial. Apresentam sexos separados com fecundação interna e são …..9….. com desenvolvimento …..10….. O crescimento do animal se dá através de mudas, nas quais o exoesqueleto é substituído por um novo e maior.

a) 1 – araneídeos; 2 – cefalotórax e abdome; 3 – quelíceras; 4 – aberta; 5 – hemocianina; 6 – filotraqueal; 7 – túbulos de Malpighi; 8 – ocelos; 9 – ovíparos; 10 – direto.

b) 1 – escorpionídeos; 2 – cefalotórax, abdômen e pós- abdome; 3 – quelíceras; 4 – aberta; 5 – hemocianina; 6 – filotraqueal; 7 – glândulas verdes; 8 – ocelos; 9 – vivíparos; 10 – indireto.

c) 1 – insetos; 2 – cabeça, tórax e abdome; 3 – forcípulas; 4 – aberta; 5 – hemoglobina; 6 –traqueal; 7 – túbulos de Malpighi; 8 – antenas; 9 – ovíparos; 10 – indireto.

d) 1 – crustáceos; 2 – cefalotórax e abdome; 3 – pedipalpos; 4 – fechada; 5 – hemoglobina; 6 – branquial; 7 – glândulas coxais; 8 – antenas; 9 – ovovivíparos; 10 – indireto.

e) 1 – diplópodos; 2 – cabeça e tronco; 3 – forcípulas; 4 – aberta; 5 – hemocianina; 6 – filotraqueal; 7 – túbulos de Malpighi; 8 – antenas; 9 – ovíparos; 10 – direto.

04. (UPE-2004) Identifique a Classe de Vertebrado [?] cujas características estão apresentadas no diagrama.

04

Assinale a alternativa correta.

a) Osteichthyes.

b) Amphibia.

c) Reptilia.

d) Aves.

e) Mammalia.

05. (UPE-2004) Estabeleça a correta associação entre o inseto apresentado na figura, o respectivo tipo de desenvolvimento e a sua denominação.

05

Assinale a alternativa que apresenta a associação correta.

a) A 2 III, B 1 I e C 3 II.

b) A 1 II, B 2 III e C 3 I.

c) A 3 I, B 1 II e C 2 III.

d) A 2 II, B 3 III e C 1 I.

e) A 3 III, B 2 I e C 1 II.

06. (UPE-2005) Analise as características morfológicas e fisiológicas das aves.

I  II

0  0 – Excretam ácido úrico por meio de uma bexiga urinária.

1 1 – Apresentam pulmões compactos que se expandem em bolsas de ar, denominadas de sacos aéreos.

2  2 – São ovíparas e seus ovos se desenvolvem fora do corpo da fêmea, contribuindo para a redução do seu peso.

3  3 – Apresentam a pele lubrificada, devido à presença de glândulas uropigianas distribuídas pelo corpo do animal.

4 4 – Possuem a siringe que, localizada na traqueia, é responsável pela emissão dos sons produzidos por esses animais.

07. (UPE–2006) Archaeopteryx representa o fóssil mais antigo das aves. Com aproximadamente 9.000 espécies atuais, as aves descenderam de um ramo de répteis dinossauros bípedes e evoluíram no período Jurássico, há cerca de 150 milhões de anos. Entre outras características, as aves apresentam:

I     II

0   0 – Ovos adaptados à vida terrestre, com casca impermeável de bicarbonato de cálcio, que impede as trocas com o meio externo, evitando a contaminação e a desidratação dos ovos.

1   1 – Pulmões pequenos e bexiga urinária, que armazena excretas nitrogenadas na forma de ácido úrico.

2   2 – Siringe, órgão do canto, responsável pela produção de sons característicos, utilizados nas demarcações de territórios.

3   3 – Quilha, que é atrofiada nas aves carenatas adaptadas ao voo e, bem desenvolvida nas aves ratitas, que não voam.

4  4 – Penas, característica marcante do grupo, lubrificadas por uma secreção gordurosa, secretada pela glândula uropigiana.

08. (UPE–2006) Entre os Artrópodes, encontramos um maior número de espécies, se comparado a qualquer outro grupo de animais. Diversas aquisições evolutivas foram importantes para tão grande sucesso dos Artrópodes. São características pertencentes aos animais deste Filo:

I    II

0 0 – A presença de exoesqueleto quitinoso, produzido por células epidérmicas. Nos crustáceos, esse esqueleto apresenta maior resistência pela ação do carbonato de cálcio. Nas formas terrestres, apresenta-se impermeabilizado por uma cobertura de cera.

1   1 – A capacidade de voo nos insetos, pela presença de asas funcionais, desde as fases de larva e ninfa. Nestas etapas, eles são mais vulneráveis aos inimigos naturais.

2  2 – A circulação fechada garante uma eficiente e rápida distribuição da hemolinfa por todas as células do corpo. A hemolinfa pode conter pigmentos respiratórios.

3  3 – A construção de teias pelas aranhas para captura de suas vítimas, que são imobilizadas pela ação paralisante de substâncias inoculadas pelas quelíceras. A digestão das aranhas é extracorpórea.

4  4 – A metameria, semelhante aos anelídeos e nematelmintos, porém com segmentos fusionados em cefalotórax e abdome, como nos aracnídeos, diplópodes e crustáceos.

09. (UPE–2006) Antes da descoberta do plástico, as esponjas de banho utilizadas na higiene pessoal eram obtidas a partir de animais marinhos pertencentes ao Filo Porifera. Em relação aos animais desse Filo e suas características, pode-se afirmar que:

I. São invertebrados aquáticos filtradores, de corpo esponjoso e de estrutura simples, sem tecidos ou órgãos diferenciados nem sistema nervoso.

II. Apresentam numerosos poros laterais e, na região superior do corpo, uma única abertura para a entrada do alimento e da água, denominada de ósculo.

III. Apresentam digestão extracelular na espongiocele, que ocorre por meio de enzimas produzidas pelos nematocistos.

IV. Apresentam digestão intracelular, que ocorre no interior dos coanócitos e dos amebócitos.

V. Apresentam circulação de água, facilitada por meio de células especiais flageladas, denominadas de coanócitos.

Assinale a alternativa correta.

a) I, II,V, apenas.

b) II, III, IV, apenas.

c) I, IV, V, apenas.

d) I, III, V, apenas.

e) III, IV, V, apenas.

10. (UPE-2007) São animais invertebrados com simetria bilateral, triblásticos e celomados. Seu corpo mole é dividido em cabeça, pé e massa visceral revestida pelo manto. Possuem representantes em ambientes terrestres, marinhos e água doce. Essa descrição é característica geral dos:

a) Oligoquetas, como as minhocas.

b) Moluscos, como o caramujo.

c) Anelídeos, como as sanguessugas.

d) Asquelmintos, como os vermes.

e) Insetos, como as lagartas.

11. (UPE–2008) Quem já não cantou e dançou em festinhas de escola ou com a garotada na rua, ao som de palmas, esta canção de roda da nossa riquíssima cultura popular?

11

Agora, finalmente caranguejo é peixe ou não é? Avalie as afirmativas abaixo que estabelecem comparações entre ambos.

I. O caranguejo é um crustáceo pertencente ao Filo Arthropoda, enquanto o peixe é um gnatostomado do Filo Chordata.

II. Os peixes apresentam corpo de forma variada e locomovem-se por natação, através de nadadeiras. O corpo do caranguejo é dividido em cefalotórax, onde estão inseridos cinco pares de patas articuladas, e abdômen, que está reduzido a uma lâmina dobrada ventralmente, sob o cefalotórax.

III. O peixe tem exoesqueleto escamoso e endoesqueleto ósseo (osteíctes) ou cartilaginoso (condrictes). Essas escamas podem ter origem dérmica (condrictes) ou placoides dermoepidérmicas (osteíctes). O caranguejo tem, apenas, exoesqueleto de quitina com impregnação de carbonato de cálcio.

IV. Peixe e caranguejo desenvolveram, em alguns casos, adaptação à captação de oxigênio do ar, permitindo sua permanência momentânea fora da água. É o caso do peixe dipnoico e do caranguejo-do-mangue que possuem pulmões primitivos desenvolvidos a partir de suas brânquias.

V. Entre os peixes, há ovíparos, ovovivíparos e vivíparos, enquanto os caranguejos são, apenas, ovíparos. Nos caranguejos, porém, as fêmeas permanecem com seus ovos presos em apêndices do corpo, onde são incubados até o momento da eclosão.

Assinale a alternativa correta.

a) Todas estão corretas.

b) I e III são corretas.

c) II e IV são corretas.

d) III, IV e V são corretas.

e) I, II e V são corretas.

12. (UPE–2008) Ao caminhar pela areia da praia, durante a baixa-mar, um naturalista encontra um pequeno verme e classifica-o imediatamente como um anelídeo. Qual das características abaixo teria fundamentado seguramente tal conclusão?

a) Corpo segmentado com anéis visíveis na superfície do corpo, caracterizando essa segmentação.

b) Vida marinha e hábito escavador.

c) Corpo vermiforme e hábito marinho.

d) Vermes cilíndricos, alongados e lisos, com boca e ausência de ânus, caracterizando sistema digestório incompleto.

e) Vermes de corpo achatado e região cefálica não determinada.

13. (UPE-2009) Na evolução dos seres do reino Animalia, o surgimento dos filos Platyhelminthes e Nematelminthes veio acompanhado por inovações evolutivas na organização do corpo, capacitando-os a uma melhor adaptação ao meio ambiente em que estão inseridos. Com relação às características dos animais pertencentes a esses filos, analise as afirmativas e conclua.

I   II

0 0 – Os platelmintos são diblásticos e pseudocelomados, enquanto os nematelmintos são triblásticos e celomados.

1 1 – Ambos possuem simetria bilateral, apresentam cefalização e centralização do sistema nervoso. Não têm órgãos ou sistemas especializados para trocas gasosas, e a respiração é cutânea.

2 2 – A reprodução dos platelmintos é muito diversificada. Nas planárias, a reprodução é exclusivamente assexuada por fragmentação do corpo. Os esquistossomos e as tênias têm reprodução sexuada e são hermafroditas. Os nematelmintos são, na maioria, dioicos, com dimorfismo sexual.

3 3 – São nesses dois filos que aparecem, pela primeira vez, no reino animal, estruturas especializadas na excreção de resíduos e sistema circulatório. Para excreção, os platelmintos desenvolveram as células-flama, e os nematelmintos desenvolveram os renetes, célula gigante com formato semelhante à letra H.

4 4 – Apesar de os animais dos filos Platyhelminthes e Nematelminthes não apresentarem desenvolvimento de segmentação corporal e de sistemas esqueléticos, são capazes de movimentar-se por meios de contrações das células musculares localizadas sob a epiderme do corpo.

14. (UPE-2012) Com relação aos mamíferos, analise as afirmativas a seguir:

I. Os Marsupiais nascem precocemente, o que faz seu desenvolvimento acontecer apenas fora do útero e dentro de bolsas onde se localizam os mamilos da mãe, como exemplifica o tamanduá.

II. Cetáceos e sirênios são mamíferos, que se assemelham aos peixes por terem habitat semelhante. Nesses grupos, incluem-se golfinhos, baleias e peixe-boi.

III. Existe uma grande diversidade de habitat onde se podem encontrar mamíferos, sendo os morcegos os representantes dos quirópteros, mamíferos voadores.

Está (ão) correta (s) apenas:

a) I.

b) II.

c) III.

d) I e II.

e) II e III.

15.  (UPE-2012) As aves ocupam várias regiões do globo, graças a mecanismos adaptativos eficientes, como a manutenção da temperatura corporal, que os fazem tolerar temperaturas abaixo de 40 graus, como os pinguins. Elas, no entanto, mantêm semelhanças com répteis, tal como:

a) Epiderme queratinizada.

b) Excreção na forma de ureia.

c) Glândula uropigiana.

d) Homeotermia.

e) Presença de carena.

16. (UPE-2013) Quando se fazem referências a peixes, erroneamente se pode achar que a única diferença encontrada entre eles é o habitat, uma vez que alguns habitam águas doces e outros, águas salgadas. No entanto, são muitas as características que os diferenciam. Observe as afirmativas a seguir:

I. O peixe-bruxa é um representante atual de peixes primitivos, que, por não possuírem mandíbulas, não podem se alimentar de presas maiores nem mastigar partes duras dessas presas.

II. O tubarão representa uma classe de peixes, o qual possui um esqueleto firme, porém adaptável, denominado cartilaginoso, e nadadeiras articuladas de amplo movimento.

III. Os peixes ósseos primitivos desenvolveram bolsas de gás, que suplementaram a ação das brânquias e aperfeiçoaram o controle da flutuação, encontradas, atualmente, apenas, nos peixes pulmonados.

IV. Descendentes de peixes com nadadeiras articuladas tornaram-se, com o tempo, mais adaptados à vida na terra, o que deu origem aos tetrápodes.

Estão corretas, apenas:

a) I e II.

b) II e III.

c) I e IV.

d) II e IV.

e) III e IV.

gab

 

 

 


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: