Publicado por: Djalma Santos | 14 de julho de 2015

TESTES DE BOTÂNICA (IV)

01. (UEM) Com relação à fisiologia das plantas, assinale o que for correto.

01. A sensibilidade das células às auxinas é diferente nos vários órgãos das plantas. Assim, os caules são menos sensíveis que as raízes.

02. Em uma peroba com 30 m de altura, a água absorvida chega até à copa por capilaridade.

04. A transpiração estomática é um processo relacionado tanto à fotossíntese (entrada de CO2) quanto ao resfriamento das plantas, mas nunca ao transporte de seiva pelo xilema.

08. Em intensidade luminosa acima do ponto de compensação fótico, a taxa de respiração é menor que a taxa de fotossíntese.

16. Na fotossíntese, a absorção da energia luminosa é realizada por pigmentos localizados no estroma do cloroplasto.

Soma das alternativas corretas:

02. No protonema de um musgo, as células possuem 10 cromossomos. Quantos cromossomos existirão, respectivamente, no cauloide e na cápsula?

a) 10 e 5.

b) 5 e 10.

c) 10 e 10.

d) 10 e 20.

e) 20 e 10.

03. (UECE) Sementes são óvulos fertilizados e desenvolvidos que, embora apresentem diferenças morfológicas entre si, têm como função primordial a perpetuação e a multiplicação das espécies. Atente para as seguintes afirmações a respeito das sementes.

I. A presença de substâncias nutritivas na semente é um fator que favorece a propagação dos vegetais.

II. A semente é uma estrutura vegetal importante, mas no caso das ervas daninhas, a plântula resultante da germinação estabelece uma relação de competição imediata e nociva com a planta-mãe.

III. As sementes são elementos essenciais para uma maior dispersão das espécies.

IV. Somente as sementes produzidas em frutos secos realizam a proteção mecânica do embrião.

Está correto o que se afirma apenas em:

a) I e IV.

b) II e III.

c) I e III.

d) III e IV.

04. (OBJETIVO-SP) A lavoura arrozeira na planície costeira da região sul do Brasil comumente sofre perdas elevadas devido à salinização da água de irrigação, que ocasiona prejuízos diretos, como a redução de produção da lavoura. Solos com processo de salinização avançado não são indicados, por exemplo, para o cultivo de arroz. As plantas retiram a água do solo quando as forças de embebição dos tecidos das raízes são superiores às forças com que a água é retirada no solo.

(H. L. Winkel e M. Tschiedel. Cultura do arroz: salinização de solos em cultivos de arroz. Disponível em: <http://agropage.tripod.com/saliniza.html&gt;.Acesso em: 25 jun. 2010. Adaptado.)

A presença de sais na solução do solo faz com que seja dificultada a absorção de água pelas plantas, o que provoca o fenômeno conhecido por seca fisiológica, caracterizado pelo(a):

a) Aumento da salinidade, em que a água do solo atinge uma concentração de sais maior que a das células das raízes das plantas, impedindo, assim, que a água seja absorvida.

b) Aumento da salinidade, em que o solo atinge um nível muito baixo de água e as plantas não têm força de sucção para absorver a água.

c) Diminuição da salinidade, que atinge um nível no qual as plantas não têm força de sucção, fazendo com que a água não seja absorvida.

d) Aumento da salinidade, que atinge um nível no qual as plantas têm muita sudação, não tendo força de sucção para superá-la.

e) Diminuição da salinidade, que atinge um nível no qual as plantas ficam túrgidas e não têm força de sudação para superá-la.

05. (UFPel) Além do número de cotilédones presentes na semente, as angiospermas monocotiledôneas e as dicotiledôneas apresentam outras características que podem diferenciá-las. Observa as figuras abaixo.

05

Com base nos textos e em seus conhecimentos, é correto afirmar que a sequência de figuras 1 – 2 – 3 – 4 corresponde respectivamente a plantas:

a) Dicotiledôneas – monocotiledôneas – monocotiledôneas – dicotiledôneas.

b) Monocotiledôneas – dicotiledôneas – monocotiledôneas – dicotiledôneas.

c) Dicotiledôneas – dicotiledôneas – monocotiledôneas – monocotiledôneas.

d) Monocotiledôneas – dicotiledôneas – dicotiledôneas – monocotiledôneas.

e) Monocotiledôneas – monocotiledôneas – dicotiledôneas – dicotiledôneas.

06. (PUC-CAMPINAS) Leia o texto abaixo para responder esta questão.

O etanol produzido a partir do sorgo vem suprir uma lacuna na plantação de cana em que a colheita acontece entre abril e novembro. A falta de etanol entre dezembro e março, eleva o preço na entressafra e afasta o consumido que possui carros tipo flex desse combustível. De período curto de crescimento, no máximo em 120 dias, ele é plantado e colhido. O sorgo é uma cultura que pode ser semeada justamente entre novembro ou dezembro, ocupando áreas de renovação da terra na plantação de cana ou na constituição de novas lavouras. Outra vantagem para o sorgo é que o caldo extraído de seus colmos se adapta bem ao processo industrial das usinas de cana onde o etanol é produzido.

(Revista Pesquisaq FAPESP. n. 194, 2012. p. 63)

O sorgo é uma planta cujos feixes libero-lenhosos estão distribuídos irregularmente no caule. Essa característica permite prever que a planta de sorgo também apresenta:

a) Raízes pivotantes e flores trímeras.

b) Folhas com nervuras reticuladas e embrião com 2 cotilédones.

c) Raízes axiais e folhas com bainha desenvolvida.

d) Raízes fasciculadas e endosperma bem desenvolvido.

e) Folhas pecioladas e frutos com 2 ou 5 carpelos.

07. (MACKENZIE) Existem plantas que apresentam autofecundação, mas a maioria tem fecundação cruzada. Considere as afirmações abaixo:

I. Em termos evolutivos, a autofecundação é mais vantajosa do que a fecundação cruzada, pois garante a pureza das características.

II. A polinização por insetos é importante na fecundação cruzada.

III. A fecundação cruzada permite maior variabilidade genética.

IV. A fecundação cruzada só acontece em plantas dioicas (de sexos separados).

Estão corretas, apenas:

a) I e II.

b) I e III.

c) I e IV.

d) II e III.

e) II e IV.

08. (IFNMG) Os nutrientes minerais presentes no solo são absorvidos pelas raízes das plantas em soluções aquosas, por meio dos pelos absorventes. Em plantas herbáceas, as regiões mais velhas das raízes também fazem absorção de água, o mesmo acontecendo em zonas parcialmente suberificadas das raízes de arbustos e árvores. Feita a absorção pela raiz, na zona pilífera ou não, as soluções com os solutos minerais seguem até o lenho, onde iniciam um deslocamento vertical para chegar à copa.

08

Com base no texto e em seus conhecimentos, é correto afirmar que:

a) Os deslocamentos das soluções aquosas podem ocorrer através dos espaços intercelulares (A) ou pelos plasmodesmos de célula a célula (B). As soluções atingem as células de passagem na endoderme (C) e então passam para os vasos do xilema (D).

b) O deslocamento das soluções aquosas pode ocorrer tanto fora (A) quanto dentro (B) das células até a sua chegada aos vasos do xilema em (D), para, a partir daí, seguir rumo à copa da árvore.

c) Entre as células da endoderme (C), existem as estrias de Caspary, que facilitam o fluxo das soluções aquosas por fora das células.

d) Tanto o caminho por entre as células (A) quanto o por dentro das células (B) conseguem levar as soluções aquosas até as células de passagem na endoderme (C). E, a partir daí, para as regiões internas dos vasos do floema (D), que vão se encarregar de enviá-las à copa da árvore.

09. (UNIOESTE) “A polinose é uma doença alérgica estacional devido à sensibilização por grãos de polens alergizantes. Estes encontram-se no ar, durante a época de polinização de determinadas plantas, produzindo rino-conjuntivite e/ou asma brônquica. Em geral, estes polens incitam a doença nos indivíduos sensibilizados em uma concentração aproximada de 50 grãos por m3 de ar. O pólen de gramíneas é, basicamente, a principal causa de rinite estacional na Europa e, também, no sul do Brasil durante os meses da primavera. A introdução de gramíneas com potencial alergizante, que crescem desordenadamente em terrenos abandonados dentro e na periferia das cidades, contribui para o agravamento da doença.”

Texto adaptado. http://www.asbai.org.br/impressao.asp?s=81&id=300.

Com relação aos grãos de pólen, é incorreto afirmar que:

a) Nas angiospermas são produzidos nos estames da flor.

b) Possibilitaram a conquista definitiva do ambiente terrestre pelas plantas.

c) São células que possuem núcleos diploides, resultantes do processo de fecundação.

d) O pistilo é o local da flor onde os grãos de pólen são depositados no processo de polinização.

e) São liberados no meio e podem ser transportados pelo vento ou por animais, processo conhecido como polinização.

10. (PUC-CAMPINAS) De cada um dos troncos de árvores de uma pequena alameda foi retirado um anel completo de sua casca. Depois de certo tempo verificou-se que essas árvores morreram. O primeiro efeito, após a retirada do anel de casca, foi a:

a) Interrupção do fluxo de seiva elaborada para as raízes.

b) Interrupção do fluxo de seiva bruta para as folhas.

c) Morte das raízes por falta de nutrientes orgânicos.

d) Cessação de absorção devido à morte das raízes.

e) Cessação da fotossíntese devido à falta de “matéria-prima”.

11. (UEM) Um pesquisador (biólogo) realizou o levantamento da flora de uma Reserva Biológica. Para melhor compreensão da distribuição da vegetação, ele dividiu a área em três blocos. Os resultados encontrados foram tabulados na tabela a seguir.

11

Com base nos dados da tabela e nos conhecimentos sobre o assunto, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. As plantas avasculares contribuíram com 30% dos indivíduos amostrados.

02. A média entre os blocos de espécies que não produzem sementes, na área amostrada, foi maior do que 10.

04. O número de indivíduos que produzem frutos, amostrados, respectivamente, nos blocos A, B e C, representa uma progressão aritmética.

08. As plantas que produzem sementes foram representadas por 270 indivíduos.

16. Não pode haver mais do que 22 coníferas nos três blocos.

Soma das alternativas corretas:

12. (PUC-PR) Aproximadamente 95% da água perdida por uma planta é via estômato; o restante da perda de água se dá por transpiração cuticular. Transpiração é a perda de água na forma de vapor. O gráfico a seguir ilustra sucessivas pesagens de uma folha de cidreira recém-destacada do caule. O objetivo das pesagens é avaliar a água perdida por transpiração. Após análise do gráfico, é correto afirmar:

12

a) Em B, os estômatos estão fechados. A partir deste ponto, a transpiração é unicamente estomática, o processo é lento e contínuo na planta, levando a uma pequena inclinação da curva no trecho BC.

b) Em C os estômatos estão abertos e a transpiração estomática é mais intensa que no ponto A.

c) Entre os pontos A e B, a transpiração estomática é principal responsável pela rápida perda de massa da folha.

d) Entre os pontos B e C ocorre redução da transpiração cuticular, mas não da transpiração estomática.

e) Já no primeiro minuto é possível observar que a massa da folha fica estável.

13. (UNISINOS) As plantas terrestres se reproduzem por meio de um processo chamado “alternância de gerações”, que é caracteriza do por uma geração esporofítica, que produz esporos (fase diploide), e uma gametofítica, produtora de gametas (fase haploide). A fase gametofítica é formada por um gametófito que produz, por mitose, gametas masculinos, femininos ou ambos. O esporófito é um organismo diploide que produz esporos por divisão meiótica. Esse ciclo reprodutivo ocorre de acordo com o esquema abaixo:

13

Sobre o processo de alternância de gerações, é correto afirmar que:

a) A formação de gametas através da mitose provoca uma redução no número cromossômico, formando células haploides.

b) A alternância no número cromossômico entre as fases haploides e diploides é determinada pela fecundação e pela meiose.

c) A fecundação é o processo pelo qual indivíduos diploides formam novos indivíduos haploides.

d) O esporófito é um organismo haploide que produz, através de meiose, esporos.

e) A formação de gametas ocorre em todos os organismos que possuem forma de reprodução assexuada.

14. (MACK) A respeito das plantas representadas abaixo, são feitas as seguintes afirmações:

14

I. B e D representam as fases esporofíticas, formadas por células diploides (2n).

II. A e C representam as fases gametofíticas, formadas por células haploides (n).

III. B e C são originadas a partir do zigoto.

IV. Anterozoide e oosfera são produzidos por meiose.

Estão corretas, apenas:

a) I e II.

b) I e III.

c) II e III.

d) I e IV.

e) III e IV.

15. (UEA) Leia o texto.

Vitória-régia ou vitória amazônica

Vitória amazônica, uma das mais lindas plantas aquáticas do mundo, da família das Ninfeáceas tem a folha de formato circular e mede até 1,80 m de diâmetro. Sua flor de cor branca com o centro rosado alcança até 30 cm. Elas possuem várias camadas de pétalas e, no meio, um botão circular onde ficam as sementes. As flores só se abrem de noite e podem ter até 30 centímetros de diâmetro.

(www.portalamazonia.globo.com. Adaptado.)

Esse movimento reversível de abertura e fechamento das flores da vitória-régia é chamado de:

a) Nastismo, e também ocorre na dormideira (Mimosa pudica) que fecha os seus folíolos quando tocados.

b) Tropismo, e pode ser comparado aos movimentos das gavinhas de uma trepadeira, que se enrolam em um suporte.

c) Tactismo, e pode ser comparado ao movimento da flor do girassol, que acompanha a direção de incidência dos raios solares.

d) Vernalização, e é semelhante ao movimento que ocorre na flor da tulipeira, que abre suas pétalas quando a temperatura é alta e fecha quando a temperatura é baixa.

e) Hidrotropismo, e ocorre também nas raízes secundárias de um vegetal que tem seu crescimento orientado em direção a uma fonte de água.

16. (URCA) A figura abaixo apresenta o esquema de uma planta nos primeiros estágios de desenvolvimento. As regiões de produção de novas células e de distensão celular estão representadas, respectivamente em:

16

a) I e II.

b) I e III.

c) II e III.

d) II e IV.

e) III e IV.

17. (UECE) Leia o texto abaixo:

“Ontem floriste como por encanto, sintetizando toda a primavera; mas tuas flores, frágeis entretanto, tiveram o esplendor de uma quimera. Como num sonho, ou num conto de fada, se transformando em nívea cascata, tuas florzinhas, em sutil balada, caíam como se chovesse prata…”

Sílvio Ricciardi

Fonte: http://epoca.globo.com/especiais/rev500anos/planta.htm

Durante a primavera, a floração de diversas espécies promove um grande espetáculo para os que transitam nas cidades, pois é nessa estação que ocorre uma explosão de cores e formas. Analise as seguintes afirmações sobre a estrutura das flores:

I. O androceu é o verticilo reprodutor masculino, formado por folhas modificadas denominadas estames, cuja função é a produção dos grãos de pólen.

II. O grão de pólen é um micrósporo e representa a função de gameta masculino do vegetal, sendo assim denominado anterozoide.

III. Flores díclinas possuem os dois sexos e por isso são denominadas hermafroditas.

IV. O posicionamento dos óvulos na parede interna do ovário corresponde à posição que ficarão as sementes quando este se transformar no fruto.

Está correto o que se afirma em:

a) I, II, III e IV.

b) I e II apenas.

c) II e IV apenas.

d) I e IV apenas.

18. Que motivo, relativo à reprodução, está relacionado ao fato de as bananas (frutos) não apresentarem sementes?

a) As bananeiras só se reproduzem sexuadamente e seus frutos são partenocárpicos.

b) As bananeiras só se reproduzem sexuadamente e seus frutos são estolhos.

c) As bananeiras só se reproduzem assexuadamente e seus frutos são rizoides.

d) As bananeiras só se reproduzem assexuadamente e seus frutos são partenocárpicos.

e) As bananeiras só se reproduzem assexuadamente e seus frutos são pseudofrutos compostos.

19. (UFG) Leia o texto e observe a figura a seguir, para responder esta questão.

O berimbau é um instrumento musical de origem africana, muito tocado no Brasil em rodas de capoeira. Em sua obra Viagem pitoresca e histórica ao Brasil Jean-Baptiste Debret descreveu o berimbau como segue: “Este instrumento musical se compõe da metade de uma cabaça presa a um arco curvo de bambu, com um fio de latão, sobre o qual se bate ligeiramente. Pode-se conhecer o instinto musical do tocador, que apoia a mão sobre a frente descoberta da cabaça a fim de obter, pela vibração, um som grave e harmonioso”.

Disponível em: <http://www.redetec.org.br/inventabrasil/berimb.htm&gt;. Acesso em: 7 fev. 2012.

19

As estruturas vegetais obtidas da cabaceira, Cucurbita sp., e do bambu, Bambusea sp., utilizadas para fabricar o instrumento musical descrito são, respectivamente:

a) Pseudofruto e estipe.

b) Fruto composto e haste.

c) Fruto verdadeiro e colmo.

d) Infrutescência e tubérculo.

e) Fruto partenocárpico e tronco.

20. (FURG) Uma espécie de determinada família do reino vegetal apresenta raiz axial tuberosa, caule volúvel, folhas pinadas, flores com cálice de 5 sépalas, corola de 5 pétalas, com androceu, gineceu e fruto do tipo drupa. De acordo com essas características podemos afirmar que:

I. A raiz apresenta eixo principal engrossado.

II. As folhas são compostas.

III. As flores são unissexuadas.

IV. O fruto apresenta 1 (uma) semente.

V. A família pertence à classe monocotiledônea da divisão angiosperma.

Quais afirmativas estão corretas?

a) Apenas as alternativas I, II, IV.

b) Apenas as alternativas I, III, IV.

c) Apenas as alternativas I, III, V.

d) Apenas as alternativas I, II, IV, V.

e) Apenas as alternativas II, III, IV, V.

21. (UEM) Existem milhares de espécies de plantas na Terra, diversas delas apresentam adaptações que permitem sua sobrevivência em determinadas condições ambientais. Sobre as adaptações morfológicas, assinale o que for correto.

01. Plantas que apresentam raízes do tipo haustório vivem em ambientes úmidos e necessitam dessa adaptação, que auxilia no processo de respiração.

02. Os caules subterrâneos, classificados em rizoma, tubérculo e bulbo, acumulam reservas nutritivas.

04. Cladódio é um tipo de folha, encontrada em plantas hidrófilas, com função de reservar água.

08. Brácteas são folhas modificadas, encontradas na base das flores ou nas inflorescências, com função de atrair animais polinizadores.

16. Sâmara é um tipo de fruto seco e alado com dispersão por anemocoria.

Soma das alternativas corretas:

22. (UECE) Em um laboratório, sementes de feijão de corda foram embebidas em água destilada e colocadas para germinar em papel germitest, também embebido em água destilada, mantendo-se adequadas as condições de temperatura, umidade relativa do ar e luminosidade. Alguns dias depois, todas as sementes germinaram e produziram plântulas. Cinco dessas plântulas foram, então, transferidas para cinco vasos contendo uma mistura proporcional de terra e adubo, e as outras cinco foram mantidas no papel germitest. Todas permaneceram nas mesmas condições de luminosidade e umidade relativa do ar, sendo aguadas com água destilada. Considerando que as plantas foram mantidas e observadas por algumas semanas nessas condições, assinale a opção que pode explicar corretamente os resultados obtidos.

a) Todas as plantas cresceram em uniformidade, pois são capazes de obter, por meio da fotossíntese, os micronutrientes necessários para sua manutenção até a reprodução.

b) Somente as plantas mantidas em vaso desenvolveram-se, pois, além das substâncias obtidas por meio da fotossíntese, absorveram da mistura de terra e adubo, os macro e micronutrientes necessários para sua manutenção até a reprodução.

c) Todas as plantas (as que estavam no papel germitest somente com água e as que estavam nos vasos com terra e adubo) desenvolveram-se uniformemente, pois absorveram dos seus respectivos meios aos quais foram acondicionadas, os macro e micronutrientes necessários para sua manutenção, via fotossíntese.

d) Somente as plantas em papel germitest cresceram e se desenvolveram, pois apenas nessa condição elas são capazes de obter os micronutrientes necessários para sua manutenção até a reprodução.

23. (UFPel) O Reino Plantae apresenta uma grande diversidade de espécies, que estão divididas em 12 filos. Entre os grupos de plantas mais conhecidos,  podemos citar as Briófitas, as Pteridófitas, as  Gimnospermas e as Angiospermas, que estão  representadas nas figuras abaixo.

AMABIS, J.M.; MARTHO, G.R. Conceitos de Biologia. V.2. São Paulo: Ed. Moderna, 2001 [adapt.].

23

Com base nos textos e em seus conhecimentos, analise as seguintes afirmativas.

I. A fase predominante no ciclo de vida das plantas do grupo B é a gametofítica (haploide), enquanto nas do grupo D é a esporofítica (diploide). O esporo produzido por esse grupo (D), ao germinar, forma o prótalo (gametófito).

II. As plantas do grupo A apresentam como estruturas reprodutivas os estróbilos. Nos microsporângios dos estróbilos masculinos são formados os micrósporos haploides, que se diferenciam originando os grãos-de-pólen.

III. Todos os grupos apresentam alternância de gerações. Entretanto, as plantas dos grupos B e D diferenciam-se das dos grupos A e C por não apresentarem vasos condutores, nem formarem sementes.

IV. As plantas do grupo C diferenciam-se daquelas dos demais grupos por apresentarem dupla fecundação, em que uma célula espermática fecunda o óvulo, formando o embrião (2n), e a outra se une com as células sinérgides e as antípodas, formando o endosperma (3n).

Estão corretas apenas as afirmativas:

a) III e IV.

b) II e III.

c) I e II.

d) I e IV.

e) II e IV.

24. (UEA) A figura apresenta parte da folha de uma planta, vista em corte transversal.

24

Sobre a folha representada na figura, pode-se afirmar que, pertence à uma planta:

a) Aquática, cujas folhas flutuam sobre a água, como a vitória-régia, uma vez que apresenta estômatos na face inferior.

b) De áreas sombreadas ou de penumbra, uma vez que não apresenta parênquimas clorofilados ou vasos transportadores de produtos da fotossíntese.

c) De áreas onde não há restrição hídrica, uma vez que apresenta cutícula na face superior, estrutura responsável por favorecer a perda de água por evaporação.

d) De regiões pantanosas, uma vez que apresenta parênquima paliçádico e parênquima lacunoso bastante desenvolvidos.

e) De regiões áridas, uma vez que apresenta cutícula na face superior e estômatos na face inferior.

25. (PUC-CAMPINAS) A figura abaixo representa o ciclo de vida de certos grupos de seres vivos.

25

Nas faixas de transição entre o mangue e a terra firme, além de árvores ocorrem também samambaias, como a samambaia do mangue. Representando por R uma árvore e por S a samambaia, é correto afirmar que o ciclo de vida acima é válido para:

a) R somente, uma vez que ele ocorre apenas em gimnospermas e angiospermas.

b) S somente, uma vez que ele ocorre apenas em briófitas e pteridófitas.

c) S somente, uma vez que ele é exclusivo para pteridófitas.

d) R e S, uma vez que ele ocorre somente em plantas vasculares.

e) R e S, uma vez que ele ocorre em todos os grupos de vegetais.

26. (UFOP) O abacaxi, o figo, a amora e a jaca são considerados:

a) Frutos simples, pois se originam do ovário de uma flor após a fecundação.

b) Frutos simples partenocárpicos, pois se formam independentemente da fecundação.

c) Frutos, pois se originam do óvulo fecundado.

d) Infrutescências, pois se originam da concrescência de diversos ovários de flores de uma inflorescência.

e) Infrutescências, pois têm origem partenocárpica.

27. (UFSC) As Briófitas, as Pteridófitas, as Gimnospermas e as Angiospermas apresentam em comum um ciclo de vida que ocorre através de alternância de gerações (metagênese), em que uma geração haploide alterna-se com outra diploide. Com relação a esse ciclo e considerando o esquema a seguir, assinale a(s) proposição(ões) correta(s).

27

I   II

0  0 – O esquema representa um ciclo de vida haplobionte diplonte, típico dos vegetais.

1 1 – Os eventos que ocorrem em I e III do esquema correspondem, respectivamente, à meiose e à mitose.

2 2 – Nas gimnospermas  e  nas  angiospermas,  o  esporófito  é originado pela fusão dos gametas masculino e feminino que são, respectivamente, o androceu e o gineceu.

3 3 – Os eventos II e IV  do  esquema  correspondem, respectivamente, à  fecundação  e à germinação.

4 4 – Nas briófitas e nas pteridófitas, a fase gametofítica é duradoura e evidente, e a fase esporofítica, ao contrário, é reduzida e pouco evidente.

28. (UFTPR) Um aluno, durante uma aula prática de microscopia, desenhou células estomáticas túrgidas representadas a seguir. Sobre estas células é incorreto afirmar que:

28

a) Estão presentes nas folhas.

b) Permitem a perda de água sob a forma de vapor.

c) Estão relacionados com a transpiração cuticular.

d) Permitem a entrada de CO2 e a saída de O2 no processo fotossintético.

e) Sua abertura e fechamento estão relacionados com fatores como luminosidade e suprimento hídrico.

29. (COVEST) Os caules subterrâneos e aéreos, ilustrados em 1, 2, 3, 4 e 5, são observados, respectivamente, em plantas de:

29

a) Morango, banana, gengibre, maracujá e cana-de-açúcar.

b) Banana, morango, maracujá, cana-de-açúcar e milho.

c) Milho, batata, banana, maracujá e morango.

d) Morango, gengibre, batata, banana e milho.

e) Maracujá, gengibre, batata, morango e cana-de-açúcar.

30. (UNESP) Analisando os processos sexuados e ciclos de vida das plantas, considere as informações seguintes.

I. Fase gametofítica muito desenvolvida.

II. Fase esporofítica independente da planta haploide.

III. Fase gametofítica muito reduzida.

IV. Fase esporofítica cresce sobre a planta haploide.

V. Sementes não abrigadas.

Pode-se afirmar corretamente que

a) I e II ocorrem nas briófitas e pteridófitas.

b) III e V ocorrem nas angiospermas, mas não nas pteridófitas.

c) IV ocorre apenas nas briófitas.

d) I e V ocorrem nas gimnospermas.

e) II ocorre nas briófitas, mas não nas angiospermas.

gab

 

 

 


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: