Publicado por: Djalma Santos | 31 de agosto de 2015

TESTES DE POLUIÇÃO (III)

01. (UFPel) A poluição atmosférica provoca alterações pulmonares no feto humano quando a mãe respira elevadas concentrações de partículas em suspensão. Até agora os cientistas afirmavam que a poluição só podia prejudicar os pulmões infantis em idade escolar. Entretanto, um cientista da Universidade de Berna, na Suíça, investigou esta relação e concluiu que a poluição prejudica os pulmões fetais, com a evidência de que os recém-nascidos apresentavam alterações respiratórias.

http://noticias.terra.com.br/ciencia/interna. 5/11/2008

Com base no texto e em seus conhecimentos, assinale a alternativa correta.

a) A poluição atmosférica transforma o O2 (oxigênio) em CO2 (gás carbônico), um gás letal tanto para as gestantes como para os fetos.

b) A inversão térmica é muito grave em cidades industriais e com alta densidade populacional porque libera grande quantidade de poluentes no ar, provocando efeitos nas gestantes.

c) As indústrias siderúrgicas e as queimadas de florestas não causam poluição do ar, porque a fumaça tende a subir e evaporar, sem causar danos aos seres vivos.

d) Dentre as substâncias que causam poluição do ar, o monóxido de carbono é extremamente perigoso, por associar-se à hemoglobina e, assim, impedir o transporte de oxigênio no sangue.

e) A pesquisa acima indica que as mães que geraram seus filhos em ambientes poluídos não tiveram problemas com a saúde dos recém-nascidos.

02. (PUC-CAMPINAS) Para responder esta questão considere o texto abaixo

A água e os impactos das atividades humanas:

– Lençol freático: o lixo libera o chorume, líquido que pode conter metais pesados, sólidos suspensos e compostos orgânicos. Ao se infiltrar no solo, pode contaminar as águas subterrâneas.

– Biomassa removida: Biomassa é a matéria orgânica de um determinado terreno (por exemplo, matas ciliares). Sua remoção diminui a proteção dos rios e altera os ciclos naturais dos organismos.

– Desmatamento: a destruição da proteção entre os sistemas terrestres e aquáticos causa a diminuição das águas subterrâneas e das nascentes, modifica a qualidade e a quantidade de água e influi na pesca e no controle das enchentes.

– Chuva ácida: óxidos de enxofre e de nitrogênio (poluentes do ar dissolvidos na água da chuva) alteram a composição química de rios e lagos e prejudicam a biota aquática.

(Adaptado: Revista Quanta, ano 2, n. 6, agosto e setembro de 2012. p. 26 e 27)

As matas ciliares constituem um tipo muito importante de vegetação, cuja principal função é:

a) Contribuir para embelezar os arredores dos cursos freáticos.

b) Evitar o assoreamento e a erosão do solo próximo ao rio.

c) Gerar matéria-prima para a fotossíntese realizada no rio.

d) Servir como refúgios para ambientação de plantas exóticas.

e) Dificultar a ocupação humana nas encostas dos cursos freáticos.

03. (UFSJ) O efeito estufa é apontado como uma das principais causas das alterações climáticas ocorridas no planeta. Sobre a principal causa do efeito estufa é correto afirmar que ele se deve:

a) À liberação e acúmulo de carbono, oriundo da queima de combustível, para a atmosfera.

b) À liberação e acúmulo de CFC, que danifica a camada de ozônio.

c) À redução das geleiras e aumento dos níveis dos oceanos.

d) Ao aumento da produção primária tanto dos ecossistemas marinhos como terrestres.

04. (UCS) O efeito estufa é um processo em que o calor proveniente do Sol é absorvido pela Terra e posteriormente é irradiado para a atmosfera, onde parte desse calor fica retido devido à presença de gases, como o vapor d’água, o gás carbônico e o metano. Analise a veracidade (V) ou a falsidade (F) das afirmações a seguir, relacionadas ao efeito estufa.

( ) O efeito estufa é um processo natural que, se não existisse, tornaria a Terra um planeta gelado e inabitável para a maioria dos seres vivos.

( ) O aumento da emissão de gases, como o gás carbônico e o metano, pode gerar um aumento na retenção de calor na atmosfera, aquecendo nosso planeta.

( ) Uma fonte emissora de metano é o rebanho de gado bovino, pois tais animais eliminam grandes quantidades desse gás, proveniente do metabolismo dos seus tratos digestórios.

( ) A quantidade de gás carbônico na atmosfera vem aumentando desde a Revolução Industrial.

Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses, de cima para baixo.

a) V – F – F – V.

b) F – V – V – F.

c) F – F – V – F.

d) V – V – F – V.

e) V – V – V – V.

05. (UEPB) Em 2012 foi comemorado o centenário de Luiz Gonzaga, o Rei do Baião. Festas juninas em todo o Brasil estiveram prestando homenagens a este ícone da cultura brasileira, e em Campina Grande, cidade do maior São João do Mundo, não poderia ser diferente. Um vestibulando, ao visitar a festa no Parque do Povo, ouviu a música Xote Ecológico, e começou a associar as palavras do Rei do Baião, escritas na década de 80, com a atual crise ecológica. Analise a letra da música e assinale a alternativa que contém problemas ambientais citados no texto.

Xote ecológico (Aguinaldo Batista e Luiz Gonzaga/Luiz Gonzaga)

Não posso respirar, não posso mais nadar

A terra está morrendo, não dá mais pra plantar

Se plantar não nasce se nasce não dá

Até pinga da boa é difícil encontrar

Cadê a flor que estava aqui?

Poluição comeu.

E o peixe que é do mar?

Poluição comeu

E o verde onde que está?

Poluição comeu

Nem o Chico Mendes sobreviveu

a) Efeito estufa, eutrofização, desmatamento.

b) Poluição do ar, aquecimento global, queimadas.

c) Aquecimento global, poluição da água, chuva ácida.

d) Poluição do ar, poluição marinha, desmatamento.

e) Poluição do solo, chuva ácida, desertificação.

06. (UFVJM) A poluição atmosférica mata em média 4 milhões de pessoas no mundo por ano. Ela ocorre com o aumento da quantidade de determinados gases ou materiais sólidos em suspensão acima dos limites definidos. Sobre a poluição atmosférica, é incorreto afirmar que:

a) Os óxidos de nitrogênio (NO e NO2) não causam danos no sistema respiratório.

b) Os hidrocarbonetos são provenientes de derivados de petróleo, gás natural e carvão.

c) As principais fontes de óxidos de enxofre (SO2 e SO3) são a combustão do carvão e petróleo com enxofre.

d) O monóxido de carbono impede o transporte de oxigênio no sangue e causa danos aos sistemas nervoso central e cardiovascular.

07. (UFJF) A inversão térmica é um fenômeno recorrente no inverno e, em cidades com altos índices de poluição atmosférica, pode causar sérios problemas de saúde aos seus habitantes. Sobre a inversão térmica e suas consequências, assinale a alternativa correta.

a) Com o resfriamento do solo reduz-se o movimento vertical de ar quente e frio, dificultando a dispersão de poluentes na atmosfera.

b) Com o resfriamento do ambiente, há aumento da queima de combustíveis fósseis aumentando a poluição, o que é especialmente nocivo em cidades que já apresentam alto índice de poluição do ar.

c) Com a inversão da temperatura, diminui a evaporação da água e, por isso, aumenta a concentração de poluentes no ar.

d) Com o resfriamento do solo, o processo de convecção é acentuado, concentrando os poluentes na camada mais baixa da atmosfera.

e) Com a inversão da temperatura, aumenta a formação de nuvens e gases atmosféricos, como dióxido de carbono e metano, que refletem a radiação infravermelha provocando o aquecimento da superfície.

08. (UNESP) Para discutir ecologia, a professora citou uma das estrofes do Hino da Campanha da Fraternidade 2011, promovida pela Igreja Católica, cujo lema é Fraternidade e a Vida no Planeta:

(…)

Olha as florestas: pulmão verde e forte!

Sente esse ar que te entreguei tão puro…

Agora, gases disseminam a morte;

O aquecimento queima o teu futuro.

(…)

08

Sobre essa estrofe do hino, os alunos fizeram as seguintes afirmações:

I. O primeiro verso é uma menção à função fotossintética das florestas, estabelecendo uma analogia entre essa função e a exercida pelo pulmão dos vertebrados, pois cada uma dessas funções retira da atmosfera e nela libera os mesmos gases.

II. O segundo verso é uma referência à atmosfera primitiva da Terra, a qual permitiu o aparecimento das primeiras moléculas orgânicas e, posteriormente, dos primeiros organismos vivos.

III. O terceiro verso faz referência à poluição atmosférica. Gases tóxicos são liberados pela atividade humana, comprometendo a saúde das populações e dos demais organismos.

IV. O quarto verso é referência direta às queimadas, que têm por objetivo a formação de pastos em detrimento da conservação da mata nativa.

É correto o que se afirma em:

a) III, apenas.

b) IV, apenas.

c) I e II, apenas.

d) III e IV, apenas.

e) I, II, III e IV.

09. (SENAC-SP) O primeiro problema que surge em decorrência de um derrame de petróleo no mar é:

a) A superpopulação de microrganismos que atacam o petróleo.

b) O aumento do zooplâncton devido à diminuição dos produtores.

c) A concentração de substâncias tóxicas ao longo da cadeia alimentar.

d) O aumento da difusão de oxigênio da água do mar para o ar.

e) A diminuição da atividade fotossintética do fitoplâncton.

10. (UEA) O quadrinho a seguir remete à necessidade de proteção da pele contra os efeitos nocivos da radiação ultravioleta – UV.

10

Entre os fenômenos descritos, indique aquele que contribui para que ocorra a maior incidência de raios UV na superfície terrestre.

a) O aumento na emissão de monóxido de carbono na atmosfera.

b) A diminuição da concentração de ozônio na estratosfera.

c) O equilíbrio na concentração de ozônio e clorofluorcarbono na estratosfera.

d) O aumento da concentração de ozônio na atmosfera.

e) A extinção das fontes emissoras de clorofluorcarbono.

11. (OBJETIVO-SP) Os oceanos absorvem aproximadamente um terço das emissões de CO2 procedentes de atividades humanas, como a queima de combustíveis fosseis e as queimadas. O CO2 combina-se com as águas dos oceanos, provocando uma alteração importante em suas propriedades. Pesquisas com vários organismos marinhos revelam que essa alteração nos oceanos afeta uma série de processos biológicos necessários para o desenvolvimento e a sobrevivência de várias espécies da vida marinha. A alteração a que se refere o texto diz respeito ao aumento:

a) Da acidez das águas dos oceanos.

b) Do estoque de pescado nos oceanos.

c) Da temperatura media dos oceanos.

d) Do nível das águas dos oceanos.

e) Da salinização das águas dos oceanos.

12. (PUC-CAMPINAS) Para responder esta questão considere o texto abaixo

A água e os impactos das atividades humanas:

– Lençol freático: o lixo libera o chorume, líquido que pode conter metais pesados, sólidos suspensos e compostos orgânicos. Ao se infiltrar no solo, pode contaminar as águas subterrâneas.

– Biomassa removida: Biomassa é a matéria orgânica de um determinado terreno (por exemplo, matas ciliares). Sua remoção diminui a proteção dos rios e altera os ciclos naturais dos organismos.

– Desmatamento: a destruição da proteção entre os sistemas terrestres e aquáticos causa a diminuição das águas subterrâneas e das nascentes, modifica a qualidade e a quantidade de água e influi na pesca e no controle das enchentes.

– Chuva ácida: óxidos de enxofre e de nitrogênio (poluentes do ar dissolvidos na água da chuva) alteram a composição química de rios e lagos e prejudicam a biota aquática.

(Adaptado: Revista Quanta, ano 2, n. 6, agosto e setembro de 2012. p. 26 e 27)

Apesar de possuir enorme biomassa, a região Amazônica não é a grande produtora mundial de oxigênio. A Amazônia:

a) Encontra-se em um estado de sucessão ecológica e, portanto, ainda é capaz de acumular grandes quantidades de carbono.

b) Tem sido severamente devastada, diminuindo sua produtividade primária, de forma que outras florestas tropicais passaram a produzir mais oxigênio.

c) É uma comunidade clímax, de modo que quase todo oxigênio produzido é utilizado pela própria comunidade.

d) Não produz oxigênio necessário para manter toda a sua comunidade.

e) Consome todo o oxigênio que produz, e de forma nenhuma interage com os outros biomas brasileiros.

13. (PUC-RIO) O gráfico abaixo mostra a concentração de um poluente persistente (o inseticida DDT) em diferentes níveis tróficos e na água.

13

Com relação ao fenômeno mostrado no gráfico, foram feitas as seguintes afirmativas:

I. A concentração do poluente é maior nos organismos dos últimos níveis tróficos.

II. A concentração do poluente é maior nos consumidores primários.

III. O fenômeno mostrado no gráfico é conhecido como eutrofização.

IV. A concentração do poluente é maior no nível trófico de maior biomassa.

Aponte a opção correta:

a) Todas estão corretas.

b) Apenas a IV está correta.

c) Apenas I e II estão corretas.

d) Todas estão erradas.

e) Apenas a I está correta.

14. (UEM) Sobre os diferentes tipos de lixos, assinale o que for correto.

01. Os resíduos radioativos produzidos pelas usinas nucleares, como ácido sulfúrico, ácido fluorídrico, ácido nítrico, ácido clorídrico, entre outros, são colocados em caixas lacradas que são enterradas ou jogadas no mar. Essas caixas são extremamente protegidas, não havendo riscos de desastres nem por corrosão e, muito menos, se elas forem, acidentalmente, desenterradas.

02. O lixo domiciliar é composto de resíduos orgânicos (papel, latas, vidros, plásticos, entre outros) e inorgânicos (resto de alimentos, cascas de frutas, verduras, entre outros). Uma prática muito comum atualmente é a reciclagem dos resíduos orgânicos a partir da coleta seletiva. Essa prática faz com que o Brasil consiga reciclar por volta de 50% de todo esse lixo.

04. Alguns tipos de detritos merecem atenção especial antes de serem jogados no lixo, pois podem prejudicar o meio ambiente e o homem. Entre eles, podem-se citar lâmpadas elétricas (mercúrio), pilhas e tintas (metais pesados), além de outros. Para solucionar o problema de descarte de pilhas e de baterias, por exemplo, muitas empresas fabricantes têm realizado a coleta desses produtos.

08. O lixo hospitalar é formado por rejeitos radioativos, resíduos potencialmente infectantes, resíduos químicos, resíduos perfurocortantes, entre outros. No Brasil, existem regras para o seu descarte, com os objetivos de evitar danos ao meio ambiente e de prevenir acidentes aos profissionais que trabalhem diretamente nos processos de coleta, armazenamento, transporte, tratamento e destinação desse tipo de lixo.

16. O lixo industrial, formado por resíduos de atividades industriais, é responsável por vários impactos ambientais, principalmente em recursos hídricos. Dentre os produtos considerados como lixo industrial, destaca-se o dióxido de enxofre, que é um dos principais responsáveis pelo fenômeno da chuva ácida.

Soma das alternativas corretas:

15. (IFSC) A poluição atmosférica está amplamente vinculada à queima de combustíveis fósseis. Entre os gases emitidos mais problemáticos para o ambiente e para saúde humana estão o monóxido de carbono, o dióxido de enxofre, óxidos de nitrogênio e o dióxido de carbono. Sobre poluição atmosférica, associe as colunas.

1. Monóxido de carbono

2. Dióxido de enxofre

3. Dióxido de carbono

( ) Resultado da queima do carvão e do petróleo, este gás, formado em conjunto com óxidos de nitrogênio, reage com o vapor de água presente na atmosfera, transformando-o em ácido sulfúrico e ácido nítrico, componentes para formação da chuva ácida.

( ) Ao ser respirado liga-se às hemácias, mais precisamente ao pigmento transportador de oxigênio, chamado de hemoglobina. Essa ligação estável reduz o transporte de oxigênio pelas hemácias e dificulta a oxigenação dos tecidos.

( ) Suas emissões podem ser absorvidas pelos oceanos. Seu excesso tem provocado uma queda do pH médio dos oceanos, ocasionando um processo de acidificação; e também modificado o balanço entre íons de carbonato e bicarbonato, colocando em risco ambientes como os recifes de corais.

A sequência correta, de cima para baixo, é:

a) 2, 1, 3.

b) 1, 3, 2.

c) 1, 2, 3.

d) 2, 3, 1.

e) 3, 1, 2.

16. (PUC-MG) Energia Verde

Para reduzir a dependência de petróleo e a emissão de gases-estufa, pesquisadores do Instituto Nacional de C&T de Energia e Ambiente estudam a produção de combustíveis a partir de materiais vegetais e animais e seu emprego nos veículos que circulam no país. Essas pesquisas são tema de artigo na Ciência Hoje de setembro.

Fonte: Ciência Hojeonline, 19/09/2011.

Leia com atenção as afirmativas a seguir.

I. A cana-de-açúcar é a biomassa mais utilizada na produção de biocombustível no Brasil. Atualmente, o álcool produzido a partir dela é usado na frota nacional tanto como combustível principal quanto misturado à gasolina.

II. A busca por combustíveis alternativos, que permitam reduzir a dependência dos derivados de petróleo e a emissão de poluentes para a atmosfera, estimula muitos estudos científicos cujo objetivo é desenvolver combustíveis que possam ser utilizados nos veículos existentes sem a necessidade de maiores alterações em seus motores.

III. Um termo muito usado para combustíveis originados de fontes renováveis é ‘biocombustível’, que tem forte ligação com o conceito de sustentabilidade, segundo o qual o aproveitamento dos recursos naturais para atender às necessidades atuais não deve comprometer as necessidades das gerações futuras.

IV. Os biocombustíveis são obtidos a partir da biomassa, nome dado à matéria orgânica existente em um ecossistema ou em uma população animal ou vegetal. Como plantas e animais podem ser continuamente reproduzidos, pode-se considerar que são fontes renováveis de energia.

Estão corretas as afirmativas:

a) I e III, apenas.

b) II e IV, apenas.

c) I, III e IV, apenas.

d) I, II, III e IV.

17. (PUC-MG) A charge refere-se a um problema que afeta cada vez mais pessoas em várias regiões do nosso planeta.

17

Não somente o crescimento da população mundial, mas também o uso abusivo e inadequado da água, ações antrópicas que alteram o meio ambiente e mesmo alterações climáticas derivadas do aquecimento global podem comprometer a disponibilidade e a qualidade desse recurso natural, fundamental para nossa sobrevivência e qualidade de vida. Sobre a água para uso humano e de outros animais, é correto afirmar, exceto:

a) Águas contaminadas por metais pesados podem representar perigo de acúmulo desses metais em indivíduos consumidores dessas águas ou dos peixes que nela vivem.

b) Águas poluídas e paradas são excelente meio para a procriação de mosquitos transmissores da dengue e da malária.

c) Águas com altas concentrações salinas não são adequadas para o consumo humano, pois podem promover desidratação.

d) Águas com excesso de nutrientes podem aumentar a demanda bioquímica de oxigênio e provocar a morte de peixes.

18. (UFU) Atualmente, muitos artesãos usam materiais recicláveis em suas criações. Há diversos produtos disponíveis no mercado fabricados com garrafas PET, caixas de papelão, latas de alumínio, entre outros. Além da produção de peças decorativas, esses materiais têm sido utilizados na confecção de bancos, vassouras, luminárias e até roupas. O uso de materiais recicláveis em novos produtos é importante porque:

a) Possibilita a reutilização de materiais que seriam jogados fora e que seriam depositados em lixões, contribuindo para a redução do acúmulo de resíduos sólidos de difícil decomposição no ambiente.

b) Reduz a quantidade de resíduos orgânicos voláteis no ambiente, evitando a dengue e outras doenças tropicais.

c) Permite uma melhor utilização de materiais que seriam transformados em resíduos nucleares e que poderiam contaminar milhares de pessoas que tivessem contato com o produto.

d) Leva à redução do consumo de embalagens e impede que os resíduos sólidos sejam decompostos no ambiente, evitando a produção de chorume.

19. (UERJ) O processo de eutrofização ocorrido em um determinado lago acarretou alterações em diversos parâmetros medidos na água, dentre eles, as concentrações de nutrientes, de oxigênio dissolvido, de organismos aeróbicos e de organismos anaeróbicos. Observe os gráficos abaixo, que relacionam as concentrações desses parâmetros e o tempo no processo citado.

19

O gráfico que representa o processo de eutrofização ocorrido na água desse lago está indicado pela seguinte letra:

a) W.

b) X.

c) Y.

d) Z.

20. (IFMG) O acréscimo indesejável de matéria ou energia ao meio ambiente define o que chamamos de poluição. Muitos dos poluentes são resíduos de atividades humanas e, devido ao seu acúmulo, podem ameaçar a sobrevivência dos próprios seres humanos e também de outros organismos. Sobre os poluentes e suas consequências ambientais, julgue as afirmativas a seguir e identifique a incorreta:

a) Óxidos de nitrogênio e enxofre liberados pela queima de combustíveis fósseis podem combinar-se com a água das chuvas, gerando as chamadas chuvas ácidas.

b) A utilização de gases do tipo clorofluorcarbonos (CFCs) pode levar à formação de buracos na camada de ozônio, o que causaria um aumento da quantidade de radiação ultravioleta que atinge a superfície do planeta.

c) A falta de nutrientes na água leva a um processo chamado eutrofização, que culmina com a redução do oxigênio dissolvido nas águas, morte dos peixes e dos demais organismos aeróbios e proliferação de decompositores anaeróbios.

d) A queima de combustíveis fósseis gera como produto o gás carbônico, principal responsável pelo aquecimento global.

21. (CEDERJ) Água de lastro é a água do mar ou do rio, captada pelo navio para garantir a sua segurança operacional e a sua estabilidade. Grande quantidade de organismos de grupos taxonômicos distintos (vírus, bactérias, protistas, larvas ou ovos de invertebrados e de peixes), capturados junto com a água de lastro no porto de origem, pode ser descarregada no porto de destino.

Adaptado de:http://www.aguadelastrobrasil.org.br/faq.html. (IME, Ministério do Exercito, Brasil)

A água de lastro pode causar problemas sérios ao meio ambiente principalmente porque:

a) As espécies capturadas na origem e introduzidas no destino podem competir com as espécies nativas.

b) Transporta um grande número de espécies nativas da origem, o que pode extingui-las do seu ambiente natural.

c) Os organismos descarregados no porto de destino morrem devido à falta de nutrientes, que estavam presentes apenas na origem.

d) A diferença entre a temperatura da água de origem e a da água de destino afeta a sobrevivência dos organismos do destino.

22. (UFPA) Na Amazônia, a intensa queima de biomassa decorrente do desmatamento nos meses de seca, particularmente nos estados do Pará, Roraima e Acre, ocasiona a concentração de poluentes atmosféricos que afetam a saúde da população e os ecossistemas. Alguns dos gases tóxicos emitidos durante as queimadas na região têm a propriedade de se combinar com a hemoglobina do sangue, formando a carboxiemoglobina, o que prejudica o transporte de oxigênio pelo organismo. O principal poluente atmosférico associado com este tipo de envenenamento é o:

a) Gás metano (CH4).

b) Monóxido de carbono (CO).

c) Dióxido de carbono (CO2).

d) Dióxido de enxofre (SO2).

e) Dióxido nítrico (NO2).

23. (UEA) Leia o texto.

Hidrelétricas na Amazônia – “Nós, do Pará, não precisamos de mais hidrelétricas”. “O governo vende a falácia da energia limpa como se só tivéssemos duas alternativas: ou a energia suja do petróleo ou a energia limpa dos rios. E como a Amazônia é riquíssima em rios, eles estão aproveitando. São mais de 58 projetos de hidrelétricas na Amazônia. Cada barragem incide numa inundação imensa rio acima, provocando um distúrbio na bacia do rio abaixo, além da expulsão dos ribeirinhos”, disse Padre Edilberto Sena, coordenador da Rádio Rural AM de Santarém, Pará, e membro da Frente em Defesa da Amazônia (FDA).

(www.portalamazonia-teste.tempsite.ws. Adaptado.)

De acordo com o texto, a construção de um grande lago artificial implica, na região:

a) O aumento da biodiversidade de peixes, visto que o lago formado propicia a inauguração de diferentes nichos ecológicos, que podem ser explorados por diferentes espécies.

b) A retirada da totalidade dos seres vivos, antes da formação do lago, que serão transferidos para áreas semelhantes, mitigando os impactos causados pela alteração do ambiente.

c) A redução do efeito estufa, devido ao crescimento de algas, melhorando muito a qualidade e oxigenação da água de lagos recém-formados.

d) A inundação de áreas parcialmente desmatadas, ocasionando a decomposição da floresta submersa, que emite gases prejudiciais à atmosfera, como o metano, agravando o efeito estufa.

e) A melhor distribuição de renda que um empreendimento desse porte proporciona para a população ribeirinha, devido ao grande e equilibrado desenvolvimento urbano e paisagístico da região.

24. (UEM) Estima-se que a população mundial é hoje de 5,7 bilhões de pessoas e cresce num ritmo de mais de 90 milhões de pessoas por ano. Com esse aumento, a humanidade interfere nos ambientes naturais e produz resíduos e poluentes. Sobre a interferência humana no ambiente, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. Com a devastação das florestas é de se esperar que a diversidade das espécies animais diminua, considerando que haverá redução da produção primária.

02. O Protocolo de Kyoto contém orientações para que os governos de países industrializados reduzam a emissão de dejetos humanos nos rios que banham as grandes cidades.

04. Biodigestão é o processo pelo qual o lixo orgânico é degradado por microrganismos, formando o metano, que pode ser aproveitado como combustível, e os resíduos sólidos do processo podem ser utilizados como fertilizantes do solo.

08. Na baixa atmosfera o ozônio é benéfico, pois filtra os raios ultravioletas, mas na alta atmosfera torna-se tóxico.

16. A “floração de algas” é um indicador seguro de eutrofização num corpo de água.

Soma das alternativas corretas:

25. (UEA) Em relação aos efeitos biológicos da radiação nuclear, nos seres humanos e na natureza, foram feitas as seguintes afirmações:

I. A exposição prolongada à radiação leva ao comprometimento do sistema reprodutor ocasionando mutações nas células germinativas, o que pode comprometer a saúde das presentes e futuras gerações.

II. A exposição da medula óssea à radiação pode causar a redução na taxa da produção das hemácias e a leucemia. A baixa taxa na produção de hemácias pode evoluir para a anemia.

III. Apesar de não deixar o solo infértil e não poluir os rios, a radiação contamina a vegetação. Frutos e grãos nascidos desse solo conterão elementos radioativos, entretanto não contaminarão a teia alimentar.

É correto o que se afirma em:

a) I, apenas.

b) II, apenas.

c) I e II, apenas.

d) II e III, apenas.

e) I, II e III.

26. (UNISINOS) Sabe-se que um dos assuntos abordados na Conferência Rio+20, em 2012, foi a emissão de gases de efeito estufa (GEE). Sobre o efeito estufa, assinale V nas afirmações verdadeiras e F nas falsas.

( ) A radiação solar que chega à superfície da Terra é refletida na forma de radiação infravermelha, que é irradiada para o espaço, porém os gases estufa existentes na atmosfera absorvem grande parte dessa radiação refletida, aquecendo a Terra.

(  ) Um aumento na concentração desses gases, prin­cipalmente devido à queima de combustíveis fós­seis e queimadas de florestas, aumenta o efeito estufa, provocando um aquecimento global.

(  ) Florestas e oceanos funcionam como emissores de gás carbônico elevando o nível desse gás na at­mosfera através de organismos fotossintetizantes.

(  ) O efeito estufa é um processo natural, que evita o resfriamento da Terra.

( ) O excesso de gases de efeito estufa (GEE) pode provocar, além do aumento da temperatura  global, derretimento de parte das calotas polares, mudan­ças climáticas, extinção de espécies e destruição de ecossistemas.

A sequência correta, de cima para baixo, é:

a) V – V – F – F – V.

b) V – F – F – V – V.

c) F – F – V – F – F.

d) V – F – F – F – V.

e) V – V – F – V – V.

27. (UFRN) A poluição do ambiente, apesar de intensificada atualmente, não é um fenômeno novo. Na idade média, as péssimas condições sanitárias abriram as portas para as doenças, como a cólera, relacionadas à má qualidade da água. No final do século 19, a industrialização provocou o aumento de resíduos de indústrias e fábricas, poluindo a água e o ar, o que continuou aumentando no século 20. No atual contexto, um dos fatores que mais contribui para o aquecimento do planeta é:

a) A criação de animais bovinos que produz muito monóxido de enxofre.

b) O desenvolvimento de tecnologias alternativas que usam o gás Hélio.

c) A queima de combustíveis fósseis, gerando excesso de dióxido de carbono.

d) O uso do mercúrio em mineradoras, processo que gera vários gases estufa.

28. (UECE) Leia o texto a seguir:

Reflorestamento é melhor que biocombustível para ambiente, diz estudo da BBC Brasil

A preservação de áreas verdes e o reflorestamento são maneiras mais eficientes de combater o aquecimento global do que o uso de biocombustíveis, segundo um estudo britânico publicado na revista “Science”.

O estudo é o primeiro a calcular as emissões de carbono durante todo o ciclo dos biocombustíveis – das plantações à extração e à transformação em combustível – e a comparar os resultados ao armazenamento de carbono em ecossistemas.

Fonte:http://www1.folha.uol.com.br/folha/bbc/ult272u321455.shtml

Pode-se afirmar corretamente que o reflorestamento contribui para a diminuição do efeito estufa, pois:

a) Promove o aumento da fixação do carbono durante a fotossíntese.

b) Devido ao aumento da respiração vegetal, provoca o aumento da concentração de oxigênio.

c) Garante a utilização do gás metano atmosférico, devido ao maior número de plantas disponíveis.

d) Determina uma maior fixação do nitrogênio disponível na atmosfera, devido à intensificação da atividade bacteriana nas raízes das plantas replantadas.

29. (PUC-GO)   TEXTO

[…] Meu corpo colorido e minha tinta de guerra ofuscam meu irmão de terno que me renega no Congresso Nacional e me ignora em seus acordos internacionais.

[…]

E preciso pisotear a gloria do conquistador alienígena. Desejo de novo o meu paraíso perdido, minha tanga de penas, túnica inconsútil, meu olhar selvagem; minha simples e louca alegria. Preciso de cores para meus quadros e espaço para minhas imagens. Quero a felicidade de não me sentir espoliada. Dançar em volta da fogueira, ouvir o som virginal vindo do fundo da floresta intocada quando corpo e alma ainda não se haviam separado. Também eu levava galhos, folhas, corpos que se abandonavam a inercia das aguas. Sou o rio, a memoria do tempo. Um corpo líquido que prefere não se moldar a formas e caminhos percorridos. Ha uma meta e algo para ser feito. Há quilômetros a serem trilhados e muita terra para ser banhada. Florestas imensas alongam-se para o céu, entremeadas de cipós e verdes me absorviam, me buscavam nos ares.

(MARTINS, Maria Teresinha. Rapto de Memória. 2. ed. Goiânia: Ed. da PUC Goiás, 2010. p. 16-17.)

Refletindo sobre o fragmento do texto acima, que diz “Florestas imensas alongam-se para o céu, entremeadas de cipós e verdes me absorviam, me buscavam nos ares”, e sobre a poluição do ar, marque a alternativa correta:

a) O aquecimento global e um dos grandes problemas ambientais que tem sido discutido tanto pelos países pobres, quanto pelos ricos. Apesar disso, estes não chegam a um consenso com relação às metas a serem cumpridas pelos acordos internacionais, visando a resolução desse problema. Isso se deve, sobretudo, ao fato de que a diminuição de gases que leva ao efeito estufa implicara em mudanças radicais na economia dos países e na politica de lucros de grandes empresas transnacionais que fazem amplo uso de combustíveis fósseis.

b) A inversão térmica e um fenômeno que acontece naturalmente em vários lugares da Terra. Ela ocorre prioritariamente no verão e na primavera, quando a temperatura do solo aumenta. O ar, se aquecendo próximo do solo, impede a movimentação vertical do vento, retendo os poluentes, criando uma cortina de fumaça e calor.

c) A chuva acida e um fenômeno ocasionado pela emissão de poluentes no ar atmosférico (dióxido de carbono, cloreto de sódio, ácido sulfúrico etc.). Diferentemente do efeito estufa, ela retorna ao solo exatamente sobre as regiões que liberaram esses gases, predominando sobre o hemisfério Norte, pois o clima frio contribui para a não dissipação desses gases na atmosfera.

d) A destruição da camada de ozônio é outra ação causada pelo homem. O papel da camada de ozônio é proteger a Terra das radiações infravermelhas que provocam câncer de pele e cataratas. Os gases que causam buraco na camada de ozônio são os mesmos responsáveis pelo aquecimento global e pelas chuvas ácidas, ou seja, tudo concorre para o mesmo problema – a destruição do meio ambiente.

30. (UEA) Em relação à concentração de mercúrio (Hg) nos ecossistemas aquáticos, é correto afirmar que:

a) O mercúrio é um metal, assim sendo, afunda na água e sua maior concentração na forma metilizada (MeHg) está no sedimento dos rios e lagos, e não nos organismos aquáticos.

b) O mercúrio não é bioacumulativo, logo não representa nenhuma ameaça aos seres vivos aquáticos e terrestres.

c) Os peixes que se alimentam de fitoplâncton tendem a ter maior concentração de mercúrio em seus tecidos do que os peixes carnívoros.

d) Os peixes que se alimentam de fitoplâncton tendem a ter menor concentração de mercúrio em seus tecidos do que os peixes carnívoros.

e) O consumo de peixes com elevada concentração de mercúrio em seus tecidos, não representam mal algum para a saúde de seus consumidores.

gab

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: