Publicado por: Djalma Santos | 23 de setembro de 2015

TESTES DE GENÉTICA MOLECULAR (3)

01. (UECE) A molécula de DNA armazena informação genômica que é transcrita e traduzida por mecanismos elegantes como os de transcrição e tradução. Entretanto, entre os distintos indivíduos biológicos construídos por mensagem contida no DNA, há uma singularidade biológica que se repete, mas se diferencia pelo modo como esta é organizada. Essa descrição corresponde à(s):

a) Molécula de RNAr.

b) Moléculas de RNAt.

c) Bases nitrogenadas.

d) Molécula de RNAm.

02. (PUC-RIO) O AZT é um dos fármacos constituintes do coquetel que vem sendo utilizado com sucesso no tratamento da AIDS. O AZT é um análogo de nucleosídeo que tem como princípio impedir a transcrição reversa do HIV. Dessa forma, é correto afirmar que o AZT atua sobre a síntese de.

a) Proteínas dos vírus, nos ribossomos.

b) RNA a partir do DNA da célula hospedeira.

c) DNA a partir do RNA viral, na célula hospedeira.

d) DNA viral e posterior inserção no genoma da célula hospedeira.

e) RNA infectante a partir do DNA viral.

03. (UFAM) Quando os pesquisadores começaram a desconfiar que as informações para a síntese de proteínas estavam contidas no DNA, eles foram confrontados com um problema: reconheciam a existência de quatro bases (A, T, C e G) nos nucleotídeos e, ao mesmo tempo, reconheciam a existência de 20 aminoácidos. Como apenas quatro bases poderiam codificar 20 aminoácidos diferentes? Matematicamente, se um aminoácido fosse determinado por uma única base, teríamos a possibilidade de formação de apenas 4 aminoácidos (41). Em se tratando desse código universal, analise as seguintes afirmações:

I. A trinca de bases como código genético permite 22 possíveis arranjos, os quais são suficientes para especificar todos os aminoácidos conhecidos. Assim, codificam-se os 20 aminoácidos, além dos códons de “parada” e de “início”.

II. A conversão da informação genética contida no DNA para uma molécula de RNA mensageiro (mRNA) é chamada de transcrição e ocorre no núcleo.

III. O termo “código universal” refere-se à constância da sequência de bases nitrogenadas na molécula de DNA em todos os seres vivos, mantida ao longo do processo evolutivo.

IV. Uma sequência 5’-UGAUUAGGACCUCAA-3’ do mRNA permite a codificação de cinco aminoácidos na cadeia polipeptídica.

Assinale a alternativa correta:

a) Somente as afirmativas I e II estão corretas.

b) Somente as afirmativas I e IV estão corretas.

c) Somente as afirmativas II e III estão corretas.

d) Somente as afirmativas II e IV estão corretas.

e) Somente as afirmativas III e IV estão corretas.

04. (UFAM) Em abril de 1953, James Watson e Francis Crick agitaram a comunidade científica com um elegante modelo de dupla-hélice para a estrutura do DNA, o ácido desoxirribonucleico, cuja “linguagem” química codifica a informação hereditária. Sobre o DNA, assinale a alternativa correta:

a) Uma fita de DNA em dupla hélice apresenta 10% de bases do tipo citosina. Logo, a concentração de bases do tipo guanina é de 90%.

b) A replicação de DNA ocorre conforme o modelo conservativo, onde as duas fitas parentais se associam novamente após servirem de moldes para a síntese das novas fitas, restaurando a dupla-hélice parental.

c) Uma fita de DNA em dupla hélice apresenta 10% de bases do tipo adenina. Logo, a concentração de bases do tipo guanina nessa fita é de 40%.

d) A sequência de bases no DNA é a “linguagem” química que, após transcrita, originará a sequência de nucleotídeos em uma proteína.

e) A complementaridade de bases no DNA permite que uma base purínica (C ou G) de uma fita seja pareada com uma base pirimidínica (A e T) na outra fita.

05. (UNCISAL) A causa da doença (anemia falciforme) é uma mutação pontual no gene beta da globina, em que há a substituição de uma base nitrogenada do códon GAG para GTG, resultando na troca do ácido glutâmico (Glu) pela valina (Val) na posição número seis do gene. Manifesta-se somente em indivíduos homozigotos com uma mutação específica, chamada HbS, que leva, após tradução do RNAm, à produção de cadeias beta de hemoglobina alteradas.

BENFATO, Mara da Silveira et all. A fisiopatologia da anemia falciforme. Infarma. vol.19, n.1/2, 2007 (adaptado).

Qual genótipo caracteriza um indivíduo com anemia falciforme?

a) HbSS.

b) HbAS.

c) HbAA.

d) HbAa.

e) HBss.

06. (FUVEST) No processo de síntese de certa proteína, os RNA transportadores responsáveis pela adição dos aminoácidos serina, asparagina e glutamina a um segmento da cadeia polipeptídica tinham os anticódons UCA, UUA e GUC, respectivamente. No gene que codifica essa proteína, a sequência de bases correspondente a esses aminoácidos é:

a) U C A U U A G U C.

b) A G T A A T C A G.

c) A G U A A U C A G.

d) T C A T T A G T C.

e) T G T T T T C T G.

07. (UNISC) Nos eucariontes, o código genético:

a) É formado por regiões codificantes chamadas íntrons.

b) De cada códon é escrito no sentido 3’ …. 5’.

c) Consiste em 46 códons distintos.

d) Consiste em 46 códons similares.

e) Consiste em 64 códons distintos.

08. (UCS) As bases nitrogenadas presentes do RNAm, agrupadas em conjuntos de três em três, são identificadas pelos ribossomos que produzem os aminoácidos correspondentes, no processo chamado de tradução gênica. Considerando que os códons AAU, GGA e ACG de uma molécula de RNAm codificam, respectivamente, para os aminoácidos asparagina, glicina e treonina, quais os aminoácidos formados a partir de um segmento de DNA com a seguinte sequência de nucleotídeos TGC CCT TTA?

a) Treonina, glicina e asparagina.

b) Glicina, asparagina e treonina.

c) Asparagina, glicina e treonina.

d) Asparagina, treonina e glicina.

e) Glicina, treonina e asparagina.

09. (UNEAL) Considerando-se o gene, é correto afirmar que é:

01. Uma região do DNA que não codifica polipeptídeo, mas regula o processamento de RNA mensageiro.

02. Um segmento de RNA transportador correspondente a uma única proteína.

03. Uma sequência de DNA envolvida na síntese de um polipeptídeo ou de uma proteína.

04. Toda a informação do genoma necessária para a síntese de proteínas de um indivíduo.

05. A informação contida em uma sequência de RNA mensageiro, a qual é lida em grupos de três nucleotídeos por vez.

Soma das alternativas corretas:

10. (URCA) A figura abaixo representa a ligação entre duas bases nitrogenadas. A partir de sua observação, responda corretamente:

10

a) A ligação adenina timina é do tipo apolar.

b) Essas bases são encontradas no RNA.

c) A ligação entre as bases é do tipo ponte de hidrogênio.

d) A ligação das bases ocorre entre os açúcares.

e) As bases descritas acima não podem fazer parte da mesma molécula.

11. (UNEB) Desde que médicos começaram a solicitar regularmente exames de tomografia computadorizada, cientistas se preocupam que o procedimento de imageamento médico possa aumentar o risco de o paciente desenvolver câncer. O aparelho bombardeia o organismo com feixes de raios X, que podem danificar o DNA e provocar mutações que estimulam as células a formar tumores. Médicos sempre declararam, no entanto, que os benefícios superam os riscos. Os raios X, que giram em torno da cabeça, tórax ou outra região do corpo, ajudam a criar uma imagem tridimensional muito mais detalhada que as produzidas por um aparelho padrão de raios X, mas uma única tomografia submete o corpo humano à radiação de 150 a 1.100 vezes mais intensa que os raios X convencionais, ou o equivalente a um ano de exposição à radiação de origens naturais e artificiais no ambiente.

(STORRS. 2013. p.24-25).

Considerando as possíveis alterações que os raios X podem provocar nas moléculas de DNA, é correto afirmar:

01. A radiação induz replicações do DNA fora da etapa S, do ciclo celular, o que inviabiliza a entrada da célula na divisão por mitose.

02. O câncer é uma anomalia na regulação do ciclo celular e à perda de controle da mitose a partir de alteração de genes controladores desse ciclo.

03. A emissão de raios X pela tomografia identifica as regiões no corpo que apresentam o DNA alterado e quais os tecidos que irão desenvolver um provável câncer no futuro.

04. As alterações nas posições das pentoses, a partir da exposição de um DNA aos raios X, produzem mudanças irreversíveis na informação genética presente no organismo.

05. A exposição à radiação de raios X só é segura quando apresenta valores próximos ao de um aparelho de raios X convencional, mesmo que seja com uma intensa repetição.

Soma das alternativas corretas:

12. Sobre os cromossomos sexuais das fêmeas de mamíferos é correto afirmar que:

a) Grande parte dos genes de ambos os cromossomos X fica impedida de transcrever RNAs mensageiros por causa do mecanismo de inativação.

b) Um dos dois cromossomos X transcreve seus RNAs mensageiros, mas fica impedido de traduzir polipeptídeos por causa do mecanismo de inativação.

c) Grande parte dos genes de um dos dois cromossomos X fica impedida de transcrever RNAs mensageiros por causa do mecanismo de inativação.

d) O mecanismo de inativação reduz a transcrição de cada cromossomo X à metade, de modo que a quantidade de produto é igual entre os machos e as fêmeas.

e) Todos os genes de um cromossomo X das fêmeas sofrem o mecanismo de inativação, ou seja, um dos alelos é sempre eliminado das células somáticas.

13. Utilizando uma amostra de DNA descobriu-se que 12,5% dessas bases nitrogenadas eram de Adenina. Logo, a porcentagem  de  Citosina ( C) será de:

a) 8,5%.

b) 17%.

c) 37,5%.

d) 83%.

e) 12,5%.

14. (FCM-PB) O modelo molecular para o DNA proposto por Watson e Crick (1953) apresenta propriedades definidas. Considere as afirmações a seguir, assinalando-as com V (verdadeiro) ou F (falso):

I. A molécula de DNA contém três polinucleotídeos, as bases estão empilhadas no exterior da hélice.

II. As bases dos dois polinucleotídeos na molécula de DNA interagem através de pontes de hidrogênio.

III. Os dois filamentos da dupla hélice têm polaridade inversa, um polinucleotídeo aponta para a direção 5→3, o outro para a direção 3→5.

IV. A dupla hélice executa um giro a cada dois pares de bases.

V. A dupla hélice possui giro para a esquerda e apresenta dois sulcos diferentes.

A sequência correta é:

a) V – F – V – F – F.

b) F – V – V – V – V.

c) V – V – F – F – F.

d) F – V – V – F – F.

e) V – V – V – V – F.

15. (UNIOESTE) Com relação a genes, ácidos nucleicos e cromossomos, é correto afirmar que:

01. Os organismos que incorporam genes de outros organismos são denominados transgênicos, cuja transferência pode ser realizada de diferentes maneiras.

02. O conjunto de duas cromátides unidas pelo centrômero constitui um cromossomo duplicado.

04. Radiações ou produtos químicos não são responsáveis por alterações na molécula de DNA, portanto não são responsáveis por alterações na codificação de uma proteína.

08. A tradução do RNA mensageiro não ocorre em ribossomos localizados na face externa da membrana nuclear e no retículo endoplasmático, apenas naqueles livres no citoplasma.

16. RNA ribossômico é produzido em regiões dos cromossomos denominadas organizadores nucleolares.

32. O cromossomo é formado por um filamento de cromatina descondensada, que em certas regiões aparece enrolada em volta de proteínas denominadas não histônicas.

64. Entre cromossomos homólogos, ocorre crossing over, fenômeno importante como fonte de variabilidade genética e que ocorre na prófase da meiose I.

Soma das alternativas corretas:

16. (CEFET-MG) O vírus da AIDS possui RNA como material genético e introduz esse ácido nucleico durante a infecção dos linfócitos TCD4. Além disso, possui a enzima transcriptase reversa que converte o RNA viral em DNA. Se o número de linfócitos reduzir drasticamente, então é necessária a utilização de um coquetel com ação antirretroviral, que consiste em:

a) Inibir a enzima.

b) Destruir os vírus.

c) Impedir a infecção.

d) Imunizar os pacientes.

e) Proliferar os linfócitos.

17. (UEA) Grandes descobertas científicas dependem sempre de descobertas anteriores. Assim, é correto afirmar que a descoberta:

a) Da estrutura química dos ácidos nucleicos dependeu da descoberta do código genético.

b) Do mecanismo de replicação do DNA dependeu da descoberta da estrutura química do DNA.

c) Da composição química dos cromossomos dependeu da descoberta dos mecanismos de replicação do DNA.

d) Do mecanismo de replicação do DNA dependeu da descoberta do código genético.

e) Da presença de genes nos cromossomos dependeu da descoberta da estrutura química do DNA.

18. (UPE) Há 60 anos, Watson e Crick publicaram um artigo sobre a estrutura do ácido desoxirribonucleico (DNA).

Leia, a seguir, trechos traduzidos e adaptados da publicação original.

Uma estrutura para o ácido nucleico foi proposta anteriormente por Pauling e Corey (1953), na qual o modelo consiste de três cadeias entrelaçadas com os fosfatos próximos do eixo do filamento e as bases localizadas na parte externa…. Fraser também apresenta um modelo de estrutura com três cadeias. Nesse modelo, os fosfatos estão na parte externa, e as bases, na interna, unidas por ligações de hidrogênio (…)

Propomos uma estrutura radicalmente diferente para o sal de ácido desoxirribonucleico. Essa estrutura tem duas cadeias helicoidais, cada uma delas enrolada em torno do mesmo eixo (…)

Foi observado experimentalmente, por Chargaff e Wyatt (1952), que a razão entre as quantidades de adenina e timina e a razão entre guanina e citosina são sempre muito próximas da unidade para o DNA (…)

Os dados de raios-X sobre o DNA, publicados por Atsbury (1974), Wilkins e Randal (1953), são insuficientes, mas compatíveis com os dados experimentais de helicoidização da molécula (…)

Não escapou à nossa observação que o emparelhamento específico que postulamos sugere imediatamente um possível mecanismo de cópia para o material genético. (…)

(Fonte: Watson, J. D. e Crick, FHC – 1953. Molecular Structure of Nucleia Acid. Nature v. 171, n. 4356, p.737-738).

Sobre a estrutura do DNA e com base no texto, assinale a alternativa correta.

a) A exemplo do modelo de Pauling e Corey, o modelo de Watson e Crick também apresenta fosfatos próximos do eixo do filamento e as bases localizadas na parte externa.

b) No modelo de Fraser, as bases estão ligadas por hidrogênio, enquanto no de Watson e Crick, isso é feito por meio de pontes de sulfeto.

c) Utilizando a informação de Chargaff e Wyatt, Watson e Crick concluíram: a sequência de bases em uma única cadeia sofre restrições, ou seja, uma cadeia será rica em purinas, e a complementar, rica em pirimidinas.

d) O emparelhamento específico dos nucleotídeos foi a grande novidade na proposta de Watson e Crick, os quais se utilizaram dos dados de Atsbury, Wilkins e Randal para elaborar essa informação.

e) Quando pares específicos de bases são formados, a sequência de bases de uma cadeia determina a sequência da cadeia complementar, servindo de molde para a cópia do material genético.

19. (FUVEST) Observe a figura abaixo, que representa o emparelhamento de duas bases nitrogenadas.

19a

Indique a alternativa que relaciona corretamente a(s) molécula(s) que se encontra(m) parcialmente representada(s) e o tipo de ligação química apontada pelas:

19b

20. (UNITAU) O desenvolvimento de um ser multicelular, com células variadas quanto à morfologia e fisiologia, a partir de uma única célula, o zigoto, é algo que surpreende e intriga pesquisadores do mundo inteiro. Na tentativa de entender esse processo de desenvolvimento, cientistas têm realizado pesquisas de genética do desenvolvimento com modelos animais, dos quais os mais comuns são aqueles como as moscas-de-fruta do gênero Drosophila, nas quais bastante se exploraram as descobertas acerca dos genes Hox, os genes homeóticos. A função desses genes é dar identidade aos segmentos ao longo do eixo anteroposterior, para que cada um possa expressar de forma correta as características que lhes cabem. Desse modo, tais genes agem como:

a) Fatores inibidores da tradução de proteínas que irão diferenciar os segmentos.

b) Fatores de transcrição que controlam a expressão dos genes que diferenciam segmentos.

c) Fatores que facilitam a duplicação do DNA das novas células dos segmentos.

d) Fatores precursores do DNA que irão diferenciar os segmentos.

e) Fatores que possibilitam a replicação do DNA nos segmentos que irão se diferenciar.

gab

 

Anúncios

Responses

  1. Professor gostaria que o senhor comentasse a questao 5.Desde já obrigada!

    • 05. (UNCISAL) A causa da doença (anemia falciforme) é uma mutação pontual no gene beta da globina, em que há a substituição de uma base nitrogenada do códon GAG para GTG, resultando na troca do ácido glutâmico (Glu) pela valina (Val) na posição número seis do gene. Manifesta-se somente em indivíduos homozigotos com uma mutação específica, chamada HbS, que leva, após tradução do RNAm, à produção de cadeias beta de hemoglobina alteradas.
      BENFATO, Mara da Silveira et all. A fisiopatologia da anemia falciforme. Infarma. vol.19, n.1/2, 2007 (adaptado).
      Qual genótipo caracteriza um indivíduo com anemia falciforme?
      a) HbSS.
      b) HbAS.
      c) HbAA.
      d) HbAa.
      e) HBss.
      Veja, a seguir, a resolução da questão acima.
      ALTERNATIVA CORRETA: A (“HbSS.”)
      – Como se constata no enunciado (”… . Manifesta-se somente em indivíduos homozigotos com uma mutação específica, chamada HbS, …”), a doença só se manifesta em homozigose com mutação específica chamada HbS. Dessa forma, o genótipo do indivíduo só pode ser SS [HbSS (paciente falciforme), como consta na alternativa A], no qual há homozigose para a mutação específica, referida acima.
      – Nas demais alternativas não mostram indivíduos homozigotos SS, estando, portanto, incorretas.
      – Lembramos que o genótipo HbAS (alternativa B), caracteriza o paciente com traço falciforme.
      Djalma Santos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: