Publicado por: Djalma Santos | 17 de março de 2016

TESTES DE PROGRAMA DE SAÚDE (3)

01. (UPE)

ESTABELEÇA A CORRETA ASSOCIAÇÃO ENTRE AS COLUNAS.

PARASITOSE

A. Teníase.

B. Elefantíase.

C. Leishmaniose visceral.

D. Esquistossomose.

E. Giardíase.

MANIFESTAÇÕES DA DOENÇA

1. Diarreia, dor abdominal, falta de apetite, anemia.

2. Febre, anemia, emagrecimento, aumento do fígado e do baço.

3. Anemia, fezes sanguinolentas, diarreia, febre, aumento do fígado e do baço.

4. Dor de cabeça, diarreia, constipação intestinal, falta de apetite.

5. Edemas causados por obstrução dos vasos linfáticos.

PROFILAXIA

I. Combater o mosquito transmissor e usar telas e mosquiteiros.

II. Lavar e cozinhar bem os alimentos e realizar saneamento básico.

III. Combater o molusco transmissor e realizar saneamento básico.

IV. Salgar e cozer as carnes e realizar saneamento básico.

V. Combater o mosquito transmissor e eliminar cães infectados.

Assinale a alternativa correta.

a) A 1 IV, B 5 III, C 3 I, D 2 II e E 4 V.

b) A 2 V, B 5 I, C 4 IV, D 3 III e E 1 II.

c) A 1 II, B 4 III, C 2 V, D 5 I e E 3 IV.

d) A 1 III, B 5 I, C 3 II, D 4 IV e E 2 V.

e) A 4 IV, B 5 I, C 2 V, D 3 III e E 1 II.

02. (UECE) Leia o texto a seguir:

Jeca Tatu, personagem famoso de Monteiro Lobato era um homem que vivia na miséria e que morava perto de um pequeno riacho, no qual ele podia pescar. Sem cultura, ele não cultivava de forma alguma os necessários hábitos de higiene. Era visto pelas pessoas como preguiçoso e alcoólatra. Até que um dia um médico que passava pela sua residência nota sua coloração amarela e sua intensa magreza e decide examinar o caboclo. Jeca Tatu se queixa de muita fadiga e dores corporais e o doutor então, diagnostica a presença de uma enfermidade tecnicamente conhecida como ancilostomose, o famoso amarelão.

Fonte: http://www.infoescola.com/biografias/jeca-tatu/

Sobre a ancilostomose, é correto afirmar-se que:

a) É uma verminose cujas larvas podem se instalar no cérebro, condição conhecida como cisticercose cerebral.

b) As larvas que atravessam as paredes do intestino delgado se direcionam aos vasos sanguíneos e linfáticos, espalham- se pelo organismo, atingem a faringe, e somente são liberadas juntamente com a tosse ou muco.

c) Os vermes adultos se instalam no aparelho digestivo dos seres humanos, nutrindo-se de sangue do hospedeiro e causando anemia.

d) A contaminação se dá exclusivamente pela ingestão de ovos do verme, geralmente encontrados no solo, na água, em alimentos e em mãos que tiveram um contato anterior com fezes animais contaminadas.

03. (FPS) Desde a infestação, até o final do ciclo de vida do parasita, vários são os efeitos deletérios causados no hospedeiro. Quais parasitas causam obstruções, intestinal e linfática, respectivamente?

a) Filária e oxiúro.

b) Ameba e leishmania.

c) Lombriga e filária.

d) Ancilóstomo e lombriga.

e) Leishmania e ancilóstomo.

04. (UDESC) Nos últimos dias vários meios de comunicação têm noticiado casos de dengue em diferentes Estados do Brasil. Em alguns destes Estados os números indicam uma situação epidêmica, segundo os parâmetros da Organização Mundial de Saúde (OMS). Analise as proposições em relação à dengue, e assinale (V) para verdadeira e (F) para falsa.

( ) A doença é adquirida pela picada de um hemíptero, denominado cientificamente de Triatoma infestans.

( ) Existem duas formas de dengue: a clássica e a hemorrágica.

( ) Por ser uma doença causada por bactérias do grupo Neisseria, a dengue pode ser tratada com antibiótico, o que garante a cura em mais de 90% dos casos.

( ) Uma das medidas mais eficazes do combate à dengue são as campanhas de vacinação, realizadas anualmente.

( ) Após contaminar-se uma vez com a dengue, o indivíduo adquire imunidade natural e não mais contrai a doença.

Assinale a alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo.

a) V – V – F – F – V.

b) V – V – V – F – V.

c) V – F – F – F – V.

d) F – V – F – F – F.

e) V – V – V – V – V.

05. O Ebola é um organismo que, provavelmente, tenha se originado no Zaire e no Sudão em 1976. Mata suas vítimas em poucos dias. Na primeira fase da doença, os sintomas lembram os da malária, mas por volta do quarto dia já é considerado crítico: febre alta, hemorragia generalizada espontânea, fezes sanguinolentas e vômitos com jatos de sangue. Surgem várias feridas que se espalham pelo corpo rapidamente. A vítima morre por volta do nono dia. No Zaire, o índice de mortalidade chega a 90% das pessoas infectadas.

Fonte: Jornal Extra – 03/06/2006

De acordo com o texto é correto afirmar que:

a) o Ebola é uma bactéria.

b) o Ebola é um protozoário é um protozoário flagelado.

c) o Ebola é um verme platelminto.

d) o Ebola é um vírus de RNA.

e) o Ebola é um inseto.

06. (UNICID) A tuberculose e a candidíase são doenças humanas cujos agentes etiológicos pertencem a grupos distintos de seres vivos. Esses agentes apresentam, porém, algumas características em comum, entre as quais:

a) Formação de hifas septadas ou cenocíticas com diversos núcleos e presença exclusiva de ribossomos no citosol.

b) Sensibilidade a antibióticos, como a penicilina, e presença da enzima transcriptase reversa para sintetizar DNA.

c) Presença de parede celular, com composições químicas diferentes, e capacidade de sintetizar suas próprias proteínas.

d) Capacidade de sintetizar moléculas de monossacarídeos nos cloroplastos e capacidade de sofrer constantes mutações.

e) Presença de moléculas de DNA circulares chamadas plasmídeos e presença de lisossomos, que realizam a digestão intracelular.

07. (UNIFOR) Um biólogo recebe, para identificar, um animal vermiforme desconhecido. Após estudar os aspectos anatômicos e histológicos, o pesquisador verifica que o exemplar possui certas características: Hermafrodita, medindo de 5 metros de comprimento. Possui escólex globoso, tendo 4 ventosas e um rostro com dentes quitinosos. O colo é curto e o estróbilo apresenta aproximadamente 1000 anéis, possuindo proglotes jovens (largas), maduras (quadrangulares) e grávidas (longas com ramificações uterinas e terminações arborescentes). Marque a opção que apresenta o parasita identificado pelo biólogo e a doença ocasionada por ele, respectivamente:

a) Taenia solium e cisticercose.

b) Necator americanus e esquistossomose.

c) Taenia sp. e colitite teniana.

d) Ancylostoma duodenale e amarelão.

e) Taenia saginata e teníase.

08. (PUC-SP) A leishmaniose – também chamada de febre dum-dum ou calazar (“febre negra”, em hindi) – é uma parasitose transmitida por insetos flebótomos (…)

Se não for tratada, a leishmaniose visceral, a forma interna da doença, quase sempre mata. (Há também uma forma cutânea desfigurante.) (…)

Apesar de aparentemente terrível, a doença tem incidência muito menor do que a malária, sendo, portanto, muito mais fácil distribuir um medicamento recém aprovado contra ela.

Na Índia, uma nova droga antiparasita foi utilizada em um ensaio clínico com 670 pacientes. O parasita causador da doença tornara-se resistente aos medicamentos disponíveis, compostos baseados no antimônio.

(Scientific American Brasil, nº 27, agosto de 2004, adaptado)

Utilizando informações contidas no texto e seus conhecimentos sobre parasitoses e evolução, um estudante fez três afirmações:

I. O agente etiológico da leishmaniose é o mesmo que causa a malária.

II. O agente transmissor da leishmaniose é um mosquito.

III. O antimônio provocou mutações no parasita da leishmaniose, tornando-o resistente a certos medicamentos.

Pode-se considerar:

a) Apenas I verdadeira.

b) Apenas II verdadeira.

c) Apenas I e III verdadeiras.

d) Apenas II e III verdadeiras.

e) I, II e III verdadeiras.

09. (URCA) Hábitos simples como lavar as mãos antes de manusear alimentos pode evitar que pessoas sejam parasitadas por vermes e protozoários, parasitas gastrointestinais. São exemplos de parasitas contraídos através de ovos ou cistos encontrados em alimentos contaminados:

a) Ascaris lumbricoides e Entamoeba histolítica.

b) Necator americanos e Trypanossoma cruzi.

c) Leishmania brasiliensis e Amoeba proteus.

d) Fasciola hepática e Giardia lamblia.

e) Strongiloides stercoralis e Schistosoma mansoni.

10. (CEFET-MG) A síndrome da imunodeficiência adquirida, conhecida popularmente como AIDS, é uma doença transmitida por um vírus que tem como material genético o RNA. Ao infectar o linfócito TCD4+, importante célula de defesa do corpo, esse vírus introduz, além do ácido nucleico, a transcriptase reversa. Essa enzima converte o RNA viral em DNA viral, possibilitando sua replicação, com consequente falência do sistema imunológico do indivíduo. Quando o número de linfócitos cai abaixo de 200 por mm3 de sangue, é necessário que o paciente faça uso do conjunto de medicamentos com ação antirretroviral, conhecido como coquetel. Considerando-se que, após esse tratamento, o número de linfócitos de um determinado paciente aumentou, é correto concluir que esse fármaco promoveu a:

a) Proliferação dos linfócitos TCD4+.

b) Inibição da enzima transcriptase reversa.

c) Destruição dos vírus presentes no paciente.

d) Imunização dos pacientes ao vírus da AIDS.

e) Incapacitação da transferência do RNA viral.

11. (UPE) Afirmativas sobre sistema imune e imunização.

I   II

0   0 – As vacinas têm o objetivo de desencadear, no organismo, um mecanismo de imunização ativa pela introdução das formas atenuadas das toxinas ou dos próprios microrganismos causadores das doenças.

1   1 – Os microrganismos causadores das doenças no nosso corpo, irão atuar como antígenos ou elementos estranhos, estimulando o nosso sistema imunológico a produzir proteínas especiais – os anticorpos.

2  2 – O anticorpo é uma molécula de proteína de papel defensivo, que reage com outras moléculas estranhas ao organismos, e os glóbulos brancos são células de defesa que podem englobar outras células por fagocitose.

3 3 – A anatoxina, quando inoculada no organismo, força a produção de anticorpos contra a toxina produzida por um microrganismo, protegendo o indivíduo dos efeitos de uma determinada doença.

4 4 – Na imunização ativa, o anticorpo é fabricado fora do corpo a ser imunizado e introduzido pronto e tem efeito lento e duradouro, uma vez que o sistema imunológico guarda, na memória, o anticorpo especifico.

12. (IFMT) Suspeita de vaca louca em MT não deve provocar embargos, diz Famato

Mapa investiga doença que afetou bovino em Porto Esperidião. O presidente da Famato, Rui Prado, disse nesta quinta-feira (24.04.2014) que não há motivos para restrições ou embargos comerciais à carne bovina de Mato Grosso e do Brasil, em função de uma suspeita de mal da vaca louca em um bovino do Estado. A investigação do caso provável de Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB) foi confirmada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Amostras de material encefálico do animal doente foram encaminhadas para o laboratório de referência internacional da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), em Weybridge, na Inglaterra. A expectativa é que o resultado saia na próxima semana.

12

http://flaviobiologo.blogspot.com.br/2012/03/charge-do-dia.html Acessado em 27.04.301417h05min.

http://g1.globo.com/mato-grosso/agrodebate/noticia/2014/04/suspeita-de-vaca-louca-em-mt-nao-deve-provocar-embargos-diz-famato.html

Acessado em 27.04.301417h20min.

A doença, vulgarmente denominada vaca louca, é causada pelo príon, que é uma forma anormal da molécula:

a) Do DNA.

b) Da proteína.

c) Do carboidrato.

d) Do lipídio.

e) Do RNA.

13. (UFPA) O mês de novembro marca a luta pelo controle da malária nas Américas. A data visa a incentivar os países das Américas a aumentar o diálogo e realizar campanhas contra a doença. A falta de informação sobre transmissão, diagnóstico e tratamento da malária é que ainda atrapalha o controle da doença, fazendo com que muitas pessoas acreditem que a malária pode ser transmitida pela ingestão de água, que chás e plantas medicinais podem curar e que se os sintomas da doença passarem a pessoa está curada.

Mitos e Crenças populares prejudicam o controle da Malária. Informações disponíveis em:http://bertagna.wordpress.com/2011/11/page/3/.Acesso em: 11 set. 2014 (Texto Adaptado).

Para desmistificar as crendices do senso comum com relação a essa doença, as autoridades deveriam enfatizar que a doença é transmitida de uma pessoa para a outra apenas através da picada do mosquito anófeles quando o mesmo inocula nas pessoas os:

a) Esporozoítos.

b) Merozoítos.

c) Tripomastigotas.

d) Amastigotas.

e) Esporocistos.

14. (UFG) Em março de 2014, a vacina contra infecções causadas por papilomavírus humanos (HPV) passou a integrar o Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, tendo como objetivo principal reduzir:

a) A transmissão do vírus da síndrome da imunodeficiência humana.

b) A mortalidade decorrente de complicações da influenza.

c) O consumo de medicamentos por doentes infectados com o vírus ebola.

d) Os sintomas causados pela infecção.

e) A incidência de câncer de colo do útero.

15. (CEFET-MG) Dentre as doenças citadas, aquela em que seu agente causador não apresenta carioteca é a:

a) Giardíase.

b) Leptospirose.

c) Leishmaniose.

d) Doença de Chagas.

16. (UniEvangélica) Leia o texto a seguir.

Ainda esse mês chega ao Brasil a primeira vacina contra o herpes zóster, causador de doença pela reativação do vírus da catapora, devido à queda da imunidade, e que atinge principalmente idosos. Trata-se da mesma vacina contra a catapora, com vírus atenuado, mas com uma quantidade maior de antígenos, já que a resposta imune de idosos costuma ser menor.

Vacina contra herpes zoster. Folha de São Paulo. N. 31.056. Caderno Saúde+Ciência. 13 abr. 2014. p. C7.

O aumento na quantidade de antígenos na vacina contra herpes zóster:

a) Incitará uma resposta imune primária mais acentuada por parte dos linfócitos às moléculas do vírus atenuado.

b) Fará com que esses anticorpos forneçam uma proteção adicional contra infecções, enquanto o sistema imune do idoso se fortalece.

c) Determinará, em um possível encontro com o patógeno não atenuado do herpes zóster, uma resposta imunológica primária forte e rápida.

d) Determinará uma imunização passiva, que ocorre quando anticorpos são injetados em um organismo não imune.

17. (MACK)

17

Com relação ao gráfico acima, é correto afirmar que:

a) A curva A representa uma epidemia, como por exemplo, a malária.

b) A curva B representa uma epidemia, como por exemplo, a doença Ebola.

c) A curva A representa uma endemia, como por exemplo a AIDS.

d) A curva B representa uma pandemia, como por exemplo, a gripe.

e) A e B representam, respectivamente, uma epidemia como a doença Ebola e uma endemia como a esquistossomose.

18. (UNICAMP) Nos porões dos navios vindos do Oriente no século XIV, chegavam milhares de ratos à Europa, onde encontravam um ambiente favorável, dadas as condições precárias de higiene. Esses ratos estavam contaminados e suas pulgas transmitiam um agente etiológico aos homens através da picada. Os ratos também morriam da doença e, quando isto acontecia, as pulgas passavam rapidamente para os humanos, para obterem seu alimento, o sangue. Qual é o agente etiológico e qual é o nome popular dessa doença?

a) Vírus, peste bubônica.

b) Bactéria, peste bubônica.

c) Vírus, leptospirose.

d) Bactéria, leptospirose.

19. (UEPG) Uma importante questão de saúde humana constitui as doenças que passam de uma pessoa para a outra, principalmente através da relação sexual, as doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Sobre as DSTs, assinale o que for correto.

01. A gonorreia é causada pela bactéria Neisseria gonorrhoeae, que pode provocar inflamação da uretra, da próstata e do útero. Pode haver dor, ardência e uma secreção amarelada ao urinar.

02. A sífilis é causada pela bactéria Treponema pallidum. O primeiro sintoma é uma ferida sem dor, dura, com bordas elevadas e avermelhadas na área genital, ou, às vezes, no ânus, na boca ou em outras regiões que entraram em contato com a bactéria. A ferida some em duas a seis semanas, mesmo sem tratamento, mas a bactéria continua presente no organismo.

04. Na tricomoníase aparece uma secreção avermelhada, acompanhada de coceira nos órgãos genitais. É causada pelo fungo Candida albicans.

08. O condiloma genital forma verrugas nos órgãos genitais, no colo do útero e ao redor do ânus. É causado pelo papilomavírus humano.

16. A herpes genital é causada por um vírus. O local fica inicialmente vermelho e com coceira, surgindo depois pequenas bolhas, que arrebentam e formam feridas. Os sintomas desaparecem em até um mês, mas o vírus continua no organismo e, em algumas pessoas, provoca recaídas. Com esses sintomas presentes, o indivíduo é extremamente contagioso e deveria evitar relações sexuais para que não ocorresse transmissão.

Soma das alternativas corretas:

20. (UPF) Bactérias são organismos unicelulares e procariotos, que podem ser diferentes quanto ao metabolismo, ao habitat, à forma da célula e ao tipo de associação. Dada sua expressiva importância como agentes patogênicos, é fundamental saber reconhecê-las. Assim, associe as colunas abaixo, relacionando o tipo à aparência das bactérias.

20

 

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

a) 2 – 6 – 1 – 4 – 5 – 3.

b) 4 – 3 – 2 – 6 – 5 – 1.

c) 3 – 2 – 1 – 5 – 6 – 4.

d) 4 – 6 – 1 – 3 – 2 – 5.

e) 3 – 2 – 1 – 5 – 4 – 6.

gab


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: