Publicado por: Djalma Santos | 1 de abril de 2016

TESTES DE REPRODUÇÃO (4)

01. (UPE) Uma das características que melhor diferencia os seres vivos da matéria bruta é a capacidade de reprodução. A partir dela, cada ser vivo gera novos indivíduos, transmitindo para seus descendentes suas características e garantindo, com isso, a sobrevivência de sua espécie. As figuras a seguir representam tipos de reprodução, estratégias de vida viáveis por meio das quais se torna possível a continuidade das espécies.

01

Com base nelas, assinale a alternativa correta.

a) O tipo de reprodução da figura “A” permite os indivíduos a terem uma maior capacidade de sobrevivência, face a mudanças ambientais, enquanto na figura “B”, o tipo de reprodução origina

novos descendentes com uma maior rapidez.

b) O tipo de reprodução da figura “A” pode permitir os organismos a terem uma variabilidade genética, decorrente de mutação enquanto na figura “B”, o tipo de reprodução pode induzir a uma variabilidade genética decorrente de mutação e recombinação.

c) O tipo de reprodução da figura “A” possibilita, nos indivíduos, variação genética resultante da troca de material genético, enquanto o tipo de reprodução observado na figura “B” possibilita produção de gametas com baixo dispêndio de energia e, consequentemente, formação de seres geneticamente diferentes dos genitores.

d) O tipo de reprodução da figura “A” induz ao aumento da produção de clones a partir da adaptação destes às diversas condições ambientais; por outro lado, o tipo de reprodução da figura “B” acarreta a produção de indivíduos geneticamente diferentes quando o ambiente em que vivem se encontra em constante mudança.

e) O tipo de reprodução da figura “A” possibilita os genes a se propagarem mais lentamente que os genes encontrados no tipo de reprodução da figura “B”, porque, nesta última, a união de gametas promove o aumento da possibilidade de evolução das espécies.

02. (UNINASSAU) Um casal procura um médico relatando que, por questões profissionais, querem adiar por alguns anos uma possível gravidez. Como são jovens e aparentemente saudáveis, o médico lhes indica:

a) Usarem diafragma com espermicida, pois além de impedir a gravidez, também é um método eficiente para combater possíveis DSTs.

b) Usarem DIU, método anticoncepcional temporário que consiste na introdução de uma redoma de látex que impede a passagem dos espermatozoides para o útero.

c) Que o homem faça uma vasectomia momentânea, que impede a produção de esperma temporariamente.

d) A utilização de pílulas anticoncepcionais, que contêm aldosterona para interromper o ciclo menstrual.

e) A aplicação de anticoncepcional injetável, que impede a ovulação pela administração de similares de hormônios femininos.

03. (FCM-PB) A partir da puberdade, o corpo feminino está apto para a reprodução. As mudanças fisiológicas que ocorrem nesta fase são controladas por hormônios produzidos pela parte anterior da hipófise. O corpo, a cada mês se preparará para receber uma vida em seu útero. Caso isso não ocorra, acontecerá a menstruação. Com o aumento da idade, os hormônios sexuais femininos tendem a diminuir sua produção. Normalmente, a partir dos 50 anos, os ciclos menstruais começam a apresentar irregularidades até desaparecerem por completo, e a menopausa representa o desfecho das funções reprodutivas da mulher. A partir de então, vários são os sinais e sintomas que aparecem e que acarretam desconforto: onda de calor, palpitações, alterações no humor além de apresentar também atrofia genital e mamária. Assinale a alternativa em que aparecem os hormônios hipofisários, relacionados ao ciclo menstrual:

a) Estrógenos e progesterona.

b) LH e GH.

c) Progesterona e LH.

d) Prolactina e estrógeno.

e) Folículo estimulante (FSH) e luteinizante (LH).

04. (UFPel) Os seres humanos apresentam reprodução sexuada, homens e mulheres produzem os gametas que se fundem e geram uma nova célula. O processo de encontro e fusão dos gametas femininos e masculinos chama-se fecundação. Para ela ocorrer é necessário que o material genético do espermatozoide alcance o citoplasma do óvulo. Com base no texto e em seus conhecimentos é correto afirmar que:

a) Após a fecundação, o zigoto percorre a tuba uterina da mulher e se instala no corpo do útero. A partir desse momento, o zigoto começa a sofrer mitoses para gerar um novo indivíduo.

b) Na mulher, geralmente, a fecundação ocorre na região da tuba uterina. Após esse processo é desencadeada uma reação que bloqueia a entrada de outros espermatozoides.

c) Nos seres humanos, a produção dos gametas femininos e masculinos ocorre durante toda a vida dos indivíduos, sendo iniciada na puberdade.

d) Para ocorrer a fecundação, o espermatozoide precisa romper algumas barreiras e alcançar o citoplasma do óvulo; para isso ele libera todas as enzimas do seu núcleo durante o percurso no aparelho reprodutor feminino.

e) Os gêmeos são gerados apenas quando dois óvulos são produzidos, portanto a fecundação vai ocorrer nas duas tubas uterinas da mulher ao mesmo tempo.

05. (UFPA) A vasectomia é um método contraceptivo, recomendado pelos urologistas quando o assunto envolve planejamento familiar. Porém ainda é um tópico que desperta medos reais em muitos homens, por causa de mitos e desinformação, como o receio da impotência sexual após a cirurgia.

Disponível em: http://observatoriodaciencia.blogspot.com.br/2010/03/mentiras-e-verdades-sobre-vasectomia.html Acesso em: 22 set. 2013 (fragmento).

Esse receio não deveria existir, pois nesse procedimento cirúrgico o urologista secciona apenas as vias que levam os espermatozoides dos testículos para a formação do sêmen, a saber:

a) Os canais deferentes.

b) As vesículas seminais.

c) Os epidídimos.

d) Os ureteres.

e) A próstata.

06. (UEPG) Considerando os processos de reprodução e gametogênese, assinale o que for correto.

01. Samambaias são exemplos de plantas em que há a alternância de gerações haploides e diploides. Os soros apresentam esporângios, onde há células que realizam meiose e originam esporos (células haploides), os quais ao caírem em locais apropriados dividem-se por mitoses, originando uma planta haploide (o prótalo).

02. A fecundação externa utiliza a água como facilitadora no encontro dos gametas, o que possibilita uma economia na produção dessas células. Já a fecundação interna exige uma produção significativa de gametas, como pode ser exemplificado pelos óvulos e espermatozoides.

04. A reprodução sexuada promove a variabilidade genética da progênie, graças a recombinação de cromossomos durante a meiose. Os descendentes produzidos de modo assexuado são geneticamente idênticos entre si e aos seus genitores.

08. Pelo processo de ovulogênese (ou ovogênese), que ocorre nos ovários, o processo de meiose origina 4 gametas viáveis (células haploides) a partir de uma única ovogônia.

16. Nos meninos, durante a puberdade, os testículos são estimulados pelos hormônios folículo-estimulante (FSH) e luteinizante (LH), produzidos pela hipófise. O FSH estimula as células de Sertoli e a espermatogênese. O LH, entre outras funções, estimula as células de Leydig a secretar testosterona, que ajuda o FSH na espermatogênese.

32. Entre as meninas, na fase proliferativa ou folicular, o folículo cresce e prepara-se para a ovulação. Esse crescimento é provocado pelo hormônio folículo-estimulante (FSH) e, à medida que cresce, o folículo produz estrogênios.

64. Em indivíduos do sexo masculino férteis, a espermatogênese ocorre nos testículos e o número limitado de gametas produzidos pode ser explicado pela baixa taxa de mitoses das espermatogônias.

Soma das alterativas corretas:

07. (UNITAU) Durante o ciclo menstrual normal da mulher, os níveis sanguíneos de alguns hormônios oscilam ao longo de 28 dias. O gráfico abaixo reúne informações sobre a oscilação dos hormônios X, Y e W. Assim, é incorreto afirmar que:

07

a) A ação do hormônio Y é o responsável pela formação do corpo lúteo.

b) O hormônio X promove o crescimento secretório do endométrio.

c) O hormônio W é um estrógeno.

d) O hormônio Y é produzido pela hipófise.

e) O hormônio X não tem natureza proteica.

08. (UEM) Considerando a reprodução e o desenvolvimento dos parasitas pertencentes aos platelmintos ou nematelmintos, assinale o que for correto.

01. Nesses dois grupos, são registradas espécies monoicas e dioicas, que realizam ou não cópula.

02. Apenas nematelmintos têm dimorfismo sexual, sendo que os machos são mais curtos que as fêmeas e apresentam a região posterior curvada, formando um gancho com o qual seguram a fêmea durante a cópula.

04. O hospedeiro em que ocorre a fase adulta (sexualmente madura) de um parasita digenético é chamado de hospedeiro definitivo, enquanto aquele(s) em que ocorre(m) as fases larvais e sexualmente imaturas é chamado de hospedeiro(s) intermediário(s).

08. Nas proglótides sexualmente maduras de uma tênia, ocorre autofecundação, tanto entre órgãos reprodutores da mesma proglótide quanto de proglótides vizinhas.

16. No caso dos nematelmintos, os ovos, ao serem ingeridos, eclodem e libertam as larvas no intestino, que prontamente se instalam no intestino delgado, completando, nesse órgão, seu desenvolvimento até a fase adulta.

Soma das alternativas corretas:

09. A meiose é um tipo de divisão celular que conduz, nas gônadas, a produção dos gametas masculinos (espermatozoides) e dos femininos (óvulos). Sabe-se que a sequência da espermatogênese é a seguinte:

09

Com base nisso, assinale a alternativa que relaciona apenas as células diploides da sequência.

a) Espermatogônias e espermatócitos de 1a ordem.

b) Espermatócitos de 1a ordem e de 2a ordem.

c) Espermatócitos de 2a ordem e espermátides.

d) Espermátides e espermatozoides.

e) Espermatozoides e espermatogônias.

10. (FEI) Associe os seres vivos abaixo aos tipos de reprodução característicos de cada um deles:

10

a) I = fragmentação celular, II = formação de gemas, III = reprodução sexuada do tipo hermafrodita.

b) I = esporulação, II = formação de broto lateral, III = cópula entre macho e fêmea.

c) I = divisão binária simples, II = formação de gemas, III = reprodução sexuada do tipo hermafrodita.

d) I = fragmentação celular, II = esporulação, III = reprodução sexuada do tipo fecundação cruzada.

e) I = divisão binária simples, II = formação de broto lateral, III = reprodução sexuada do tipo fecundação cruzada.

11. (IFSudeste) Em relação à reprodução, assinale a alternativa correta.

a) A divisão meiótica é imprescindível na reprodução assexuada.

b) Nos animais, ocorre apenas reprodução sexuada com fecundação interna.

c) Cnidários e plantas apresentam reprodução por metagênese.

d) Nos invertebrados, ocorre apenas fecundação externa.

e) O crossing over que ocorre na mitose I é fundamental para a variabilidade genética.

12. (UECE) Mensalmente, o organismo feminino produz óvulos e prepara a parede do útero para receber um futuro embrião. Se houver fecundação, ele se implanta e se desenvolve nesta região; caso contrário, o endométrio descama e é eliminado por meio da menstruação. Com relação à variação hormonal que ocorre durante o ciclo menstrual, é correto afirmar-se que:

a) Baixas concentrações de LH estimulam a formação do corpo lúteo.

b) A diminuição de estrógeno no sangue estimula a ovulação.

c) O aumento do FSH estimula a maturação do folículo ovariano.

d) A progesterona produzida pelo corpo lúteo é responsável pela descamação do endométrio até o final do ciclo menstrual.

13. (UFPel) A placenta apresenta várias funções conhecidas. Recentemente, pesquisadores britânicos, por meio de pesquisas com camundongos, descobriram que a placenta das fêmeas privadas de alimento destruiu o seu próprio tecido para alimentar o feto. Também descobriu que a placenta atua moldando o desenvolvimento cerebral do bebê, pois é ela quem fornece hormônios que atuam no proencéfalo do feto no início do desenvolvimento.

Revista Scientific American Brasil, Ano 10, nº 118, Março 2012. [Adapt.]

Sobre a placenta, é correto afirmar que:

a) A troca de substâncias entre a mãe e o feto se dá através de vasos sanguíneos da mãe que penetram no feto através da placenta e de vasos do feto que penetram no tecido do útero da mãe.

b) Através dela o filho recebe da mãe nutrientes, gás oxigênio e hormônios, e passa para a mãe excretas e gás carbônico. Não há continuidade física entre circulação materna e circulação fetal.

c) A placenta foi um órgão muito importante para a origem dos animais, os quais não existiriam sem essa estrutura; apenas bactérias, fungos, protozoários e plantas.

d) A formação do bebê depende exclusivamente da sua carga genética, pois ele é capaz de moldar o corpo da mãe em seu próprio benefício. A placenta só atua no feto quando há privação de alimento.

e) A placenta de alguns animais como o ornitorrinco e o ser humano é formada pela interação da mucosa uterina da mãe com o cório e a alantoide do embrião. Ocorre difusão de substâncias da mãe para o feto e do feto para a mãe.

14. (UENP) Em relação à reprodução, assinale a alternativa correta.

a) Pedogênese é sinônimo de neotenia, pois ambos são larvas gerando larvas.

b) Denomina-se protandria os casos em que óvulos não fecundados dão origem a um animal.

c) Poliembrionia significa prenhez gemelar em que cada feto provém de um ovo diferente.

d) Pedogênese, partenogênese e anfimixia são tipos de reprodução gâmica.

e) Na fecundação heterogâmica os gametas masculinos e femininos procedem do mesmo indivíduo.

15. (UEPA) A utilização de substâncias que promovem a ereção peniana é um fato corriqueiro no nosso cotidiano, sendo amplamente citado nas mídias, inclusive em programas de humor. As restrições e contra indicações destes medicamentos são informadas pelos médicos durante a consulta e na prescrição de tais substâncias. O objetivo da medicação é alcançado quando a estrutura anatômica responsável pela ereção está funcionando adequadamente. A estrutura anatômica referida no texto é a (o):

a) Uretra.

b) Próstata.

c) Epidídimo.

d) Vesícula seminal.

e) Corpo cavernoso.

16. (FCM-PB) A fertilização in vitro, embora seja cada vez mais utilizada, ainda desperta polêmica. Em cada tratamento geralmente são fecundados de 10 a 15 óvulos, dos quais a maioria se desenvolve, originando embriões. Quanto ao processo de fecundação in vivo (natural) pode-se afirmar:

a) A fecundação ocorre na tuba uterina.

b) O núcleo do espermatozoide funde-se ao núcleo do óvulo dando origem a um núcleo haploide.

c) Fecundação é a união de células diploides (2n) originando o zigoto.

d) A fecundação ocorre no útero.

e) Fecundação é a união de células diploides (2n) e ocorre no ovário.

17. (IFBA) Sobre a reprodução humana analise as seguintes afirmativas:

I. O ovócito secundário, ao ser penetrado pelo espermatozoide, completa a segunda divisão meiótica.

II. A espermatogênese ocorre no epidídimo e os espermatozoides formados migram para os testículos, onde amadurecem.

III. A meiose, que ocorre na gametogênese, é importante para que o número típico de cromossomos da espécie permaneça constante.

IV. A fecundação ocorre na cavidade uterina e o zigoto originado se implanta na mucosa após o 3º dia de formação.

De acordo com a análise, estão corretas:

a) I e II.

b) I e III.

c) II e III.

d) III e IV.

e) I, II, III e IV.

18. (OBJETIVO-SP) Em teoria, a infertilidade masculina pode ser causada pela ausência de corpúsculo basal (centríolo que migra para a periferia da célula) no espermatozoide. Por que a ausência de corpúsculo basal causaria infertilidade?

a) Não se formaria o flagelo do espermatozoide e, consequentemente, ele não teria movimento.

b) Não haveria a produção adequada de mitocôndrias, faltando energia para o processo de fecundação.

c) Haveria uma redução drástica no número de espermatozoides por conta do aumento da concentração de radicais livres.

d) Ocorreria a má-formação das fibras do fuso, promovendo a distribuição desigual de cromossomos na mitose e consequente morte das células.

e) Haveria a modificação de proteínas da membrana plasmática dos espermatozoides, o que dificultaria o reconhecimento dos ovócitos (óvulos).

19. (UFSJ) Considere reprodução em um sentido mais amplo, sendo o processo que pode ir desde a corte até o cuidado com os filhotes nas espécies que possuem essas características. O quadro abaixo apresenta algumas características sobre a reprodução de duas espécies hipotéticas.

19

A partir das características apresentadas, estão corretas as afirmativas abaixo, exceto:

a) A quantidade de ovos da espécie 2 permite que os pais invistam em cuidados da prole, o que seria “impossível” para a quantidade de ovos colocados pela espécie 1.

b) O cuidado com os filhotes da espécie 2 pode explicar a menor taxa de mortalidade após o nascimento.

c) A maior quantidade de ovos colocados pela espécie 1 tende a compensar a perda de indivíduos novos.

d) A espécie 1 investe mais na reprodução que a espécie 2.

20. (UEPB) Observe o desenho abaixo, que representa um espermatozoide humano. Em seguida, analise as proposições e coloque V para as Verdadeiras e F para as Falsas.

20

(  ) A estrutura 1 é o acrossomo, estrutura formada pela fusão de vesículas do complexo golgiense e que contém enzimas que irão digerir os envoltórios do ovócito na fecundação.

( ) A estrutura 2 é a peça intermediária e apresenta muitas mitocôndrias, responsáveis pela liberação da energia necessária à movimentação do espermatozoide.

(  ) A estrutura 3 é a cauda, originada a partir do centríolo.

(  ) A estrutura 4 é o núcleo, que traz em seu interior os cromossomos pareados.

( ) 5 representa a cabeça do espermatozoide, onde encontramos o capuz acrossômico e o núcleo.

A alternativa que apresenta a sequência correta é:

a) VFFFV.

b) FVVVV.

c) FFVVV.

d) VVVFV.

e) VVVFF.

gab

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: