Publicado por: Djalma Santos | 7 de abril de 2016

TESTES SOBRE EVOLUÇÃO (5)

01. (FGV) Em algumas espécies do gênero Drosophila, sabe-se que a frequência do bater de asas é estímulo para que a fêmea permita a cópula. Um pesquisador coletou em uma mesma área geográfica inúmeros exemplares de drosófilas. As moscas foram analisadas sob lupa e identificadas pelo sexo. No grupo das fêmeas, o pesquisador não encontrou qualquer diferença significativa na morfologia dos exemplares: todas as moscas eram iguais. Porém, entre os machos, o pesquisador verificou que, embora também fossem morfologicamente iguais, formavam dois grupos, chamados de A e B, diferentes no que se refere à frequência com que vibravam as asas. Quando machos e fêmeas foram colocados juntos para se acasalarem, o pesquisador verificou que algumas fêmeas copulavam apenas com machos do grupo A, outras apenas com machos do grupo B, e outras, ainda, não permitiam a cópula por macho algum. Em relação aos exemplares coletados, é mais provável que:

a) Todos os exemplares pertençam à mesma espécie, pois são morfologicamente iguais.

b) Todos os exemplares pertençam à mesma espécie, pois entre eles não há barreiras geográficas.

c) Os machos pertençam a duas espécies diferentes, as fêmeas pertençam todas à mesma espécie.

d) Os machos pertençam a duas espécies diferentes, enquanto que as fêmeas pertençam a três outras diferentes espécies.

e) Foram coletadas três diferentes espécies.

02, (MACK)

02

O esquema acima apresenta os princípios básicos da teoria evolucionista. Trata-se da teoria:

a) Darwinista, pois Darwin já possuía conhecimentos sobre mutação e recombinação gênica.

b) Lamarckista, pois Lamarck já tinha conhecimentos sobre seleção natural.

c) Neodarwinista, que acrescenta os conceitos de mutação e recombinação gênica para explicar a ocorrência de variabilidade.

d) Neodarwinista, que acrescenta o conceito de seleção natural à teoria darwinista.

e) Neodarwinista, que acrescenta o conceito de seleção natural e adaptação à teoria darwinista.

03. (UNIOESTE) Assinale a(s) alternativa(s) correta(s) com relação à origem e evolução dos seres vivos.

01. A teoria da evolução de Lamarck, segundo a qual sobrevivem os mais aptos, é também conhecida como deriva genética.

02. Mutação, seleção natural e recombinação gênica são fatores evolutivos considerados importantes pela teoria sintética da evolução.

04. O criacionismo ou fixismo pode ser traduzido como a lei do uso e desuso e a transmissão dos caracteres adquiridos.

08. A resistência de bactérias a antibióticos é uma prova de que as espécies se adaptam voluntariamente, de acordo com suas necessidades.

16. A ocorrência, em uma população, de vários fenótipos diferentes devido a alelos diferentes, é denominada polimorfismo.

32. Os primeiros seres vivos que surgiram na Terra eram eucariontes autotróficos.

64. O processo pelo qual uma espécie se espalha por diversos ambientes, originando várias espécies diferentes, é denominado radiação adaptativa.

Soma das alternativas corretas:

04. (UEPG) O gráfico abaixo mostra os resultados de três experimentos (curvas) em que linhagens da bactéria Escherichia coli foram selecionadas para resistência ao antibiótico cloranfenicol. Gerações sucessivas foram cultivadas em meios que continham concentrações crescentes desse antibiótico. Em relação a esse experimento de seleção à resistência bacteriana ao antibiótico, assinale o que for correto.

04

Fonte: Amabis, JM; Martho, GR. Biologia das Populações.

2a ed. Volume 3. Editora Moderna, São Paulo. 2004.

01. Nestes experimentos, as três curvas (círculo aberto, quadrado fechado e círculo fechado) mostraram seleção direcional das linhagens de Escherichia coli para resistência ao cloranfenicol.

02. A administração de doses crescentes do antibiótico cloranfenicol ao longo das gerações selecionou, nas três linhagens de Escherichia coli, bactérias que possuíam variação genética para sobreviver e duplicar no meio contendo o antibiótico.

04. Aumentar a concentração dos antibióticos fez com que as bactérias criassem uma mutação para combater o cloranfenicol.

08. Neste experimento, o cloranfenicol será o agente seletivo, eliminando as bactérias selvagens e deixando os recursos do ambiente à disposição das bactérias mutantes que apresentam variação genética para resistir às dosagens do antibiótico.

Soma das alternativas corretas:

05. (UEM) Em várias localidades da Terra, foram encontrados fósseis de diversas espécies. Eles auxiliam nas pesquisas que buscam entender a dinâmica natural atual com a comparação da dinâmica natural de épocas passadas. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s) sobre fósseis e a dinâmica natural do planeta Terra.

01. Os registros fósseis, encontrados em rochas de diversas partes do mundo, auxiliaram na elaboração do tempo geológico. Ele costuma ser dividido em éons, eras, períodos e épocas geológicas que caracterizam as ocorrências de evidências evolutivas das espécies e da dinâmica física da Terra.

02. No supercontinente Pangeia, ocorreu a formação dos depósitos de carvão que são utilizados até os dias atuais nas indústrias siderúrgicas. Isso ocorreu devido à existência abundante de pântanos e de florestas de samambaias e de coníferas.

04. Os primeiros fósseis registrados na literatura científica foram os de dinossauros. Eles viveram espalhados ao redor do mundo.

08. Os fósseis de animais vertebrados são encontrados, na forma direta ou na indireta, registrados em rochas ígneas ou magmáticas.

16. A teoria da Deriva Continental, que destaca a similaridade do contorno cartográfico entre o litoral da África ocidental e o do leste da América do Sul, indica também a ocorrência de fósseis da mesma espécie em ambos os lugares.

Soma das alternativas corretas:

06. (FMJ) Observe a tirinha.

06

De acordo com a teoria sintética da evolução, a origem dos primeiros vertebrados terrestres ocorreu devido:

a) Ao surgimento das quatro patas em um único animal, as quais foram suficientes para viver fora d’água.

b) Ao estímulo do meio ambiente para que as células sofressem mutações e recombinações gênicas, que promoveram as melhores adaptações à vida terrestre.

c) Á indução do meio ambiente ao surgimento de vários órgãos para o deslocamento na terra.

d) A mutações e recombinações que originaram simultaneamente as quatro patas de forma independente do meio ambiente.

e) A mutações e recombinações gênicas que promoveram adaptações corpóreas, as quais foram selecionadas e garantiram a vida terrestre.

07. (UEG) A adaptação dos seres vivos ao ambiente relaciona-se com um conjunto de mudanças cumulativas ao longo de gerações de uma espécie. A figura a seguir é uma representação esquemática da ação da seleção natural.

07

Sobre a figura, tem-se o seguinte:

a) Os buracos por onde as esferas caem representam a diversidade inter e intraespecífica.

b) As esferas que passaram pelos buracos representam os indivíduos que se reproduziram.

c) A seta por onde são conduzidas as esferas representam uma condição atemporal da seleção.

d) As dimensões das esferas correspondem à representação da seleção natural.

08. (UECE) Filogenia é a história genealógica de um grupo de organismos. A cladística é uma representação hipotética das relações ancestral/descendente e filogenética (Hennig, 1966). Desde o estabelecimento dos princípios fundamentais da teoria da evolução por Darwin, um dos maiores objetivos das ciências biológicas é a determinação da história de vida dos descendentes (Radford, 1986); um cladograma determinado pode ser utilizado como base para um sistema de classificação, assim como para traçar a biogeografia histórica de um grupo (Nelson & Platinik, 1981). Sobre Filogenia e Cladística, marque a afirmação correta.

a) Uma população troca de genes periodicamente e mantém a semelhança morfológica, mas, a partir do momento em que uma população é dividida em duas e estas são isoladas, as mudanças gênicas produzidas naturalmente pelas mutações estabelecerão duas novas linhagens.

b) Homologia é estritamente definida como uma hipótese de origem evolucionária não comum.

c) O cladograma é a representação da história genealógica de um organismo individual.

d) Os táxons, ou Unidades Taxonômicas Operacionais, são alocados em um cladograma, independentes do tempo.

09. (FPS) Em qual dos gráficos está a correta relação entre a variabilidade genética e a seleção natural?

09

10. (URCA) A figura a seguir é uma proposta para explicar as ligações filogenéticas entre os animais. Analise o gráfico e assinale a alternativa correta a respeito da evolução dos animais:

10

a) As minhocas e lesmas são exemplos de equinodermas.

b) A característica mais importante para separar os animais em filo distintos é a distribuição no ambiente.

c) Os vermes são os seres mais próximos das minhocas.

d) Esponjas e água-viva são próximos porque são triblásticos.

e) Estrela do mar e cobra são próximas por serem triblásticos deuterostômios.

11. (COVEST) As ideias de que os organismos evoluem não surgiram com Darwin, pois, desde a antiga Grécia, existiram pensadores que defenderam essa posição. As ideias evolucionistas careciam de uma base convincente, e Darwin apresentou essa base. Sobre a história da evolução e seus mecanismos, analise as proposições seguintes.

I   II

0 0 – As mutações geralmente são deletérias e, por isso, não contribuem para o processo evolutivo.

1  1 – A especiação ocorre sempre de forma gradual e contínua.

2  2 – O lobo placentário europeu e o lobo marsupial da Tasmânia são exemplos de convergência adaptativa.

3  3 – A teoria da evolução por seleção natural se apoia necessariamente na presença de variação nas características dos descendentes.

4  4 – Mesmo entre os cientistas da época, a teoria da Evolução de Darwin causou choque por antagonizar as ideias de fixismo das espécies, defendida por Lamarck até então.

12. (UENP) “O biólogo Sérgio Greif, a pedido do Ministério Público, realizou em março deste ano, vistoria da unidade de São Roque do Instituto Royal, no interior de São Paulo – a mesma de onde 178 cães da raça beagle foram retirados por ativistas no último dia 18 de outubro.

(adaptado de HTTP://noticias.r7.com/sao-paulo/jamais-foi-preciso-testar-em-animais-afirma-biologo-que-fez-vistoria-no-instituto-royal-29102013).

Para os grupos Humanos, o termo raça foi utilizado pela primeira vez pelo Conde George Louis Leclerc de Bufton (1707 – 1788) para explicar a diversidade do grupo. Douglas J. Futuyma, em seu livro Biologia Evolutiva, explica que “o conceito de raça mascara a similaridade genética dos povos e os padrões de variação em mosaico que não correspondem a divisões raciais, além de não ser socialmente funcional é também biologicamente indefensável.” A partir do exposto, marque a alternativa que indica corretamente os fatores causais da diversidade biológica.

a) Mutação, alimentação e variações climáticas.

b) Seleção natural, alimentação e variações climáticas.

c) Estrutura populacional, alimentação e variações climáticas.

d) Seleção natural, aquecimento global e adaptação.

e) Mutação, seleção natural e estrutura populacional.

13. (UNICENTRO) A seleção natural pode atuar sobre os caracteres quantitativos de forma a produzir diferentes tipos de respostas evolutivas. Um resultado possível pode ser assim exemplificado: se um grupo de pássaros tivesse apenas dois tipos de alimentos (sementes duras e larvas xilófagas, escondidas na madeira em decomposição), seriam favorecidos aqueles com bico fino e delicado, que teriam mais facilidades em capturar as larvas, e os de bico mais forte, capazes de quebrar as sementes; pássaros de bico intermediário levariam desvantagem por não serem hábeis na obtenção de nenhum dos dois tipos de alimento. Esta situação poderia ser representada pelo gráfico a seguir.

13

Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, a seleção que é descrita no exemplo e representada pelo gráfico.

a) Estabilizadora.

b) De espécie.

c) Dicopátrica.

d) Direcional.

e) Disruptiva.

14. (VUNESP) Pode-se dizer que os pelos estão para as penas assim como:

a) As asas de um morcego estão para as asas de uma ave, sendo essas estruturas consideradas homólogas.

b) As asas de um inseto estão para as asas de um morcego, sendo essas estruturas consideradas homólogas.

c) As unhas estão para os dedos, sendo essas estruturas consideradas homólogas.

d) As pernas de um cavalo estão para as pernas de um inseto, sendo essas estruturas consideradas análogas.

e) As nadadeiras de uma baleia estão para as nadadeiras de um tubarão, sendo essas estruturas consideradas análogas.

15. (UEPG) De acordo com a teoria da evolução, toda espécie surge de uma espécie ancestral por um processo denominado especiação. A figura abaixo representa um exemplo de especiação em que diversas espécies de pássaros fringilídeos de Galápagos desenvolveram hábitos alimentares bem diferentes. Com relação à figura abaixo e especiação, assinale o que for correto.

15

Fonte: Amabis, J.M.; Martho, G.R. Biologia dos Organismos.

2a ed. Volume 2. Editora Moderna. São Paulo. 2004.

01. Para que ocorra a especiação, apenas a modificação alimentar e da forma do bico é considerada suficiente, sem a necessidade do estabelecimento do isolamento reprodutivo entre as espécies atuais.

02. Na figura, a diversificação da espécie ancestral teria ocorrido pela adaptação de cada uma das espécies atuais a diferentes modos de vida, principalmente em relação ao hábito alimentar.

04. Segundo a teoria da evolução, a semelhança entre as espécies de pássaros representadas na figura deve-se ao fato de elas terem se originado de um ancestral comum.

08. A figura representa que os pássaros comedores de insetos não possuem ancestral comum com os pássaros comedores de cactos.

Soma das alternativas corretas:

16. (UNIOESTE) Em relação à evolução dos seres vivos e à teoria evolucionista, é correto afirmar:

a) Que os primeiros seres vivos a surgirem eram autotróficos, apresentando núcleo definido e DNA como material genético.

b) Que, segundo Wallace, as primeiras moléculas orgânicas foram produzidas a partir de vapor de água e gases como CH3, NH2 e SO2.

c) Que seleção natural e ancestralidade comum são ideias propostas por Lamarck.

d) Que o surgimento de mecanismos de isolamento reprodutivo é necessário para que haja especiação.

e) Que as espécies se adaptam voluntariamente de acordo com as suas necessidades.

17. (FATEC) Na Califórnia surgiram minúsculos insetos, originários do Oriente Médio, que se tornaram uma praga; eles estão destruindo centenas de plantas, causando problemas ambientais que os cientistas americanos não conseguem controlar. O que pode explicar a adaptabilidade dos insetos é:

a) Os insetos adquiriram resistência aos inseticidas devido ao uso diário desses produtos.

b) O ambiente californiano não tem predadores ou parasitas desses insetos e estes são resistentes aos inseticidas.

c) A capacidade reprodutiva dos insetos é baixa, mas eles estão camuflados, o que anula a ação dos inseticidas.

d) Os insetos são predadores de outros insetos, o que os torna mais resistentes aos inseticidas.

e) Os insetos ingeriram o inseticida e adquiriram resistência a eles, e por competição, eliminaram os outros insetos que buscavam o mesmo alimento.

18. (ACAFE) Os principais fatores evolutivos que afetam o equilíbrio gênico de uma população mendeliana são: a mutação, a seleção natural, a migração e a deriva gênica. Os fatores que contribuem para o aumento da variabilidade genética de uma população são:

a) Mutação e migração.

b) Migração e deriva genética.

c) Deriva genética e seleção natural.

d) Seleção natural e mutação.

19. (CEFET-MG) Analise as ilustrações a seguir.

19

Esses animais pertencem ao mesmo filo e classe, mas a diferentes ordens. Mesmo assim, apresentam grande semelhança de coloração. Esse fato justifica-se por:

a) Modificações intencionais na coloração da pele, evitando a predação dessas espécies.

b) Infecções similares causadas por fungos, estimulando a pigmentação das áreas afetadas.

c) Defeitos na produção de pigmentos escuros, impedindo que a pele seja monocromática.

d) Transformação de um grupo de organismos em outro, modificando sua estrutura corporal.

e) Equivalência entre as pressões seletivas, caracterizando um caso de convergência adaptativa.

20. (UEA) Em um experimento, duas culturas de bactérias da mesma espécie foram submetidas aos seguintes tratamentos:

Cultura A – As bactérias foram inicialmente irradiadas com raios ultravioleta por tempo e dose não letais. Em seguida, foram tratadas com uma dose única de um antibiótico específico.

Cultura B – As bactérias receberam a mesma dose do antibiótico administrado na cultura A.

Os resultados do experimento encontram-se no gráfico a seguir, onde constam o número de bactérias antes da aplicação do antibiótico e o número de bactérias sobreviventes após a aplicação do antibiótico.

20

Os resultados demonstrados no gráfico confirmam que, na cultura:

a) B, o antibiótico diminuiu a variabilidade e a radiação não teria efeito nessa cultura.

b) A, o antibiótico aumentou a variabilidade e a radiação não teve efeito nessa cultura.

c) A, a radiação aumentou a variabilidade e o antibiótico diminuiu essa variabilidade.

d) B, o antibiótico aumentou a variabilidade e a radiação não teria efeito nessa cultura.

e) A, a radiação diminuiu a variabilidade e o antibiótico não teve efeito nessa cultura.

gab

Anúncios

Responses

  1. Olá professor! Vc poderia me explicar a correta interpretação da questão 20 (gabarito C)? Meu pensamento foi que o antibiótico não teve efeito em nenhuma cultura, sendo o diferencial a luz UV, que levou à redução da variabilidade em A. Por isso, marquei E.

    • Luana
      Veja, a seguir, a resolução da questão que você solicitou.
      ALTERNATIVA CORRETA: C (“A, a radiação aumentou a variabilidade e o antibiótico diminuiu essa variabilidade.”).
      JUSTIFICATIVA
      ALTERNATIVA A (“B, o antibiótico diminuiu a variabilidade e a radiação não teria efeito nessa cultura.”) – INCORRETA
      – Ao contrário do que consta nesta alternativa, a radiação TERIA efeito na cultura, haja vista que, com os raios ultravioleta, houve aumento da variabilidade, que foi reduzida pela aplicação do antibiótico, como mostra o gráfico da cultura A.

      ALTERNATIVA B (“A, o antibiótico aumentou a variabilidade e a radiação não teve efeito nessa cultura.”) – INCORRETA
      – Ao contrário que consta nesta alternativa, a radiação teve efeito, aumentou a variabilidade, e o antibiótico reduziu (ver gráfico da cultura A).
      ALTERNATIVA C (“A, a radiação aumentou a variabilidade e o antibiótico diminuiu essa variabilidade.”) – CORRETA
      – O gráfico A mostra que a radiação aumentou a variabilidade e o antibiótico diminuiu essa variabilidade.
      ALTERNATIVA D (“B, o antibiótico aumentou a variabilidade e a radiação não teria efeito nessa cultura.”) – INCORRETA
      – A radiação TERIA efeito, haja vista que houve diminuição da variabilidade após aplicação de antibiótico e a radiação, por seu turno, aumenta essa variabilidade (ver gráfico referente à cultura A).
      ALTERNATIVA E (“A, a radiação diminuiu a variabilidade e o antibiótico não teve efeito nessa cultura.”) – INCORRETA
      – Ao contrário do que consta nesta alternativa, a radiação aumentou a variabilidade e o antibiótico a reduziu.
      Djalma Santos

  2. Olá professor, poderia explicar a questão 9?! Grato desde já

    • RESPOSTA: gráfico A
      JUSTIFICATIVA
      O processo de seleção natural tende a descartar os fenótipos desfavoráveis em um determinado momento, favorecendo, portanto a sobrevivência de seres que, graças à variabilidade genética, herdaram combinações gênicas mais adaptativas a determinada condição ecológica [ver SELEÇÃO NATURAL (SOBREVIVÊNCIA DOS MAIS APTOS)], matéria publicada neste blog no dia14/10/2011. Esse descarte está, em verdade, eliminando os genes que codificam os referidos fenótipos, levando, dessa forma, a uma redução na variabilidade gênica, que será tanto maior, quanto maior for a pressão seletiva.
      Djalma Santos

  3. Olá professor, poderia explicar a questão 1?

    • ALTERNATIVA CORRETA: E (“Foram coletadas três diferentes espécies.”)
      – Todas as drosófilas eram morfologicamente iguais, como consta no enunciado; porém, a cópula acontece entre machos e fêmeas da mesma espécie. Sendo assim, os machos do grupo A copulam com fêmeas de sua mesma espécie e os do grupo B também. As fêmeas que não copularam não encontraram machos de sua espécie. Temos, portanto, 3 diferentes espécies.
      Djalma Santos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: