Publicado por: Djalma Santos | 15 de abril de 2016

TESTES SOBRE EVOLUÇÃO (6)

01. (UECE) Um somatório de resultados de pesquisas revelou que plantas da caatinga produzem substâncias antioxidantes e fotoprotetoras. A caatinga apresenta um reduzido potencial hídrico no solo, precipitações escassas e irregulares. Sua flora nativa apresenta espécies vegetais com caracteres anatômicos, morfológicos e funcionais, especializados para a sobrevivência nas condições adversas de clima e solo, típicos desta fisionomia. Com base nessas informações e na Teoria Sintética da Evolução, é correto afirmar-se que:

a) As condições adversas de clima e solo, típicos dessa fisionomia, associadas a outros tipos de estresses, atuaram como fator de seleção, de maneira que a flora da caatinga, sem essas substâncias protetoras, seria mais suscetível à morte.

b) As substâncias antioxidantes e fotoprotetoras surgem temporariamente para evitar que as plantas sofram a ação danosa desses fatores adversos combinados ou isolados.

c) Um reduzido potencial hídrico induziu mutações nas folhas das plantas, que passaram a produzir os antioxidantes.

d) A exposição às condições adversas de clima e solo, típicos dessa fisionomia, induziu as plantas da caatinga a produzirem, ao acaso, substâncias antioxidantes e fotoprotetoras.

02. (FPS) Em qual das opções encontra-se um fator que possibilita a permanência de genes anteriormente “desfavoráveis” em taxas relativamente mais elevadas nas populações humanas atuais?

a) A evolução da espécie.

b) A falta de pressões seletivas.

c) O avanço da medicina.

d) A mutação gênica.

e) A adaptação da espécie.

03. (UNIOESTE) O esquema abaixo representa a evolução dos vertebrados.

03

Baseado no esquema acima é correto afirmar que

01. 1, 2, 3, 4 e 5 são, respectivamente, peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos.

02. a pode representar o surgimento da notocorda e sistema nervoso dorsal, característica exclusiva dos cordados vertebrados.

04. b pode representar o surgimento da circulação dupla e completa, compartilhada por anfíbios, répteis, aves e mamíferos.

08. c pode representar o surgimento do ovo amniótico, característica compartilhada por répteis, aves e mamíferos.

16. d pode representar o surgimento da endotermia, presente em todos os répteis e aves.

32. e pode representar o surgimento de pelos e glândulas mamárias, características exclusivas de mamíferos.

64. a, b, c, d, e e podem representar, respectivamente, o surgimento de ovo cleidoco, coração com 4 cavidades, esqueleto ósseo, penas e dentes.

Soma das alternativas corretas:

04. (UPE)       Leia o texto a seguir:

Com base em análises estatísticas, genéticas e em modelos evolutivos, Mauro Galetti (UNESP) e sua equipe estudaram uma palmeira – palmito-juçara (Euterpe edulis) – importante fonte de alimento para mais de 50 espécies de aves da Mata Atlântica, como papagaios, sabiás e tucanos, que se alimentam de seus frutos, além de ter importância econômica. Para isso, coletaram nove mil sementes de 22 populações da palmeira espalhadas ao longo da costa sudeste do Brasil. Ao combinarem todos esses dados, os pesquisadores verificaram que, em locais onde as aves de maior porte haviam sido extintas há mais de 50 anos, tanto pela caça predatória quanto pelo desmatamento, as populações das palmeiras produziam apenas frutos pequenos, enquanto em áreas de floresta mais conservada e com quantidade de aves suficiente para desempenhar sua função ecológica de dispersão de sementes, as palmeiras produziam frutos de tamanhos mais variados, com sementes pequenas e grandes.

Fonte: Adaptado de Andrade, R. O. Escassez de aves pode afetar evolução de plantas Edição Online 16:47 30 de maio de 2013 disponível em: http://revistapesquisa.fapesp.br/2013/05/30/escassez-de-aves-pode-afetar-evolucao-de-plantas/

04

Tucano-de-bico-preto: aves cumprem funções ecossistêmicas importantes em relação às plantas, por polinizarem suas flores e dispersarem suas sementes, favorecendo a regeneração das florestas.

Sobre aspectos relacionados à coevolução da planta e do disseminador de sementes, assinale a alternativa correta.

a) A queda na população de aves frugívoras de grande porte pode estar associada à diminuição do tamanho das sementes do palmito-juçara, e, consequentemente, à mudança em seus padrões evolutivos.

b) A mudança de agentes polinizadores para aves frugívoras de médio e pequeno porte normalizou o genótipo do palmito-juçara em ambientes degradados.

c) As intervenções realizadas pelo homem podem interromper a evolução biológica do tucano e do papagaio, mas não atingem o palmito-juçara, considerando-se a continuidade da produção de sementes.

d) Uma gama de fenótipos diferentes só é possível em uma espécie vegetal com pequena variedade genética, podendo estar associada ao polimorfismo das sementes do palmito-juçara em áreas de floresta bem conservadas.

e) Em ambientes conservados, pássaros de bico médio foram favorecidos em relação aos de bico grande, possibilitando uma seleção estabilizadora para os disseminadores de semente e uma seleção disruptiva para o palmito-juçara.

05. (FUVEST) As briófitas, no reino vegetal, e os anfíbios, entre os vertebrados, são considerados os primeiros grupos a conquistar o ambiente terrestre. Comparando-os, é correto afirmar que:

a) Nos anfíbios e nas briófitas, o sistema vascular é pouco desenvolvido; isso faz com que, nos anfíbios, a temperatura não seja controlada internamente.

b) Nos anfíbios, o produto imediato da meiose são os gametas; nas briófitas, a meiose origina um indivíduo haploide que posteriormente produz os gametas.

c) Nos anfíbios e nas briófitas, a fecundação ocorre em meio seco; o desenvolvimento dos embriões se dá na água.

d) Nos anfíbios, a fecundação origina um indivíduo diploide e, nas briófitas, um indivíduo haploide; nos dois casos, o indivíduo formado passa por metamorfoses até tornar-se adulto.

e) Nos anfíbios e nas briófitas, a absorção de água se dá pela epiderme; o transporte de água é feito por difusão, célula a célula, às demais partes do corpo.

06. (UNICENTRO) Na natureza, espécies que se reproduzem sexuadamente conquistam e mantêm identidades separadas por isolamento reprodutivo. Novas espécies surgem pelo processo evolutivo da especiação, que começa quando cessa o fluxo gênico entre as populações. Com base nos processos de especiação e distribuição geográfica dos organismos, atribua V (verdadeiro) ou F (falso) às afirmativas a seguir.

( ) Cladogênese é o processo pelo qual duas populações isoladas diferenciam-se no decorrer do tempo, originando duas novas espécies.

( ) Na especiação peripátrica, duas novas espécies surgem, de modo abrupto, em consequência de mutações cromossômicas ocorridas durante as divisões celulares.

( ) O isolamento geográfico pode ocorrer caso uma parcela significativa de uma população migre para outra região e deixe de ter contato com a população original.

( ) O modelo clássico de especiação alopátrica propõe que duas novas espécies se formem em uma mesma região geográfica, sem que haja isolamento prévio.

Assinale a alternativa que contém, de cima para baixo, a sequência correta.

a) V, V, F, F.

b) V, F, V, F.

c) F, V, V, F.

d) F, V, F, V.

07. (UFSCar) A charge abaixo faz referência à evolução do formato do bico das aves.

07

Assinale a alternativa que contém informações corretas sobre esse processo.

a) Em diferentes populações, diferentes mutações são selecionadas em função das características do ambiente, resultando nos diferentes formatos de bico.

b) Em diferentes populações, diferentes mutações são determinadas pela necessidade de as aves se adaptarem às características do ambiente.

c) Em diferentes populações, a seleção natural provoca a ocorrência de mutações específicas para melhor adaptar as aves às características do ambiente.

d) Devido à grande diversidade de ambientes ocupados pelas aves, cada local atuou isoladamente, modificando de forma sutil o formato do bico.

e) Para adaptar-se às características do ambiente sem que ocorressem mutações no DNA, o formato do bico alterou-se como resposta fisiológica.

08. (UFG) Leia o texto a seguir.

Com base em estudos de sequenciamento de genes, os pesquisadores Woese e Fox constataram que os organismos unicelulares procariotos que vivem em ambientes inóspitos, tais como temperatura e pH extremos, são evolutivamente mais relacionados aos indivíduos eucariotos do que aos demais procariotos, embora todos possuam um ancestral comum.

WOESE, C. R; FOX, G. E. Phylogenetics structureof the procaryoticdomain: The primary kingdoms. Proc. Natl. Acad. Sci. USA. v. 74, n. 11, p. 5088-5090, 1977. (Adaptado).

As informações do texto citam três domínios, em que X = Archea, Y = Bacteria e Z = Eukarya, os quais estão representados no seguinte elemento cladístico:

08

09. (UERJ) Os indivíduos de uma determinada espécie de peixe, bem adaptada a seu ambiente, podem ser classificados, quanto ao tamanho, em três grupos: pequenos, médios e grandes. O grupo mais numeroso corresponde ao que apresenta fenótipo médio. Considere a introdução de um predador desses peixes no ambiente. Ao longo do tempo, os indivíduos do grupo médio passam a ser os menos numerosos, pois os peixes de tamanho menor conseguem defender-se do predador escondendo-se nas tocas, enquanto os de maior tamanho, mais fortes, não são atacados pela espécie predadora. As alterações descritas exemplificam o tipo de seleção denominado:

a) Direcional.

b) Disruptiva.

c) Qualitativa.

d) Estabilizadora.

10. (PUC-RIO) A análise genética dos bisões europeus (Bison bonasus) revelou uma diversidade genética muito baixa em suas populações, que foi atribuída a uma drástica redução de tamanho populacional, chegando muito próxima à extinção da espécie, no início de século XX. A força evolutiva que melhor explica a redução da diversidade genética nesta espécie é:

a) Seleção natural.

b) Migração.

c) Deriva genética.

d) Mutação.

e) Seleção sexual.

11. (UPE) Para responder esta questão leia o texto a seguir:

11a

Apesar de as evidências atuais sugerirem que os peixes pulmonados com nadadeiras lobadas, a exemplo de Protopterus annectens, possam ser evolutivamente mais próximos dos tetrápodes, estudos filogenéticos envolvendo os celacantos continuam sendo fundamentais para a compreensão de como os vertebrados conseguiram migrar da água para a terra. No Brasil, Schneider e seu grupo identificaram trechos do DNA do peixe Latimeria chalumnae, espécie de celacanto, responsáveis pela ativação de genes codificadores de proteínas relacionadas ao desenvolvimento de membros. Em seguida, inseriram alguns desses genes em embriões de camundongos. Verificaram que, mesmo sendo duas espécies separadas por milhões de anos de evolução, os genes responsáveis pelo desenvolvimento de membros nos celacantos ativaram os mesmos mecanismos para o surgimento de membros nos camundongos.

Disponível em: http://revistapesquisa.fapesp.br/2013/04/18/pesquisadoresidentificam-ancestral-dos-vertebrados-de-quatro-patas/. Adaptado.

11b

Com base nessas informações, conclui-se que:

a) O modo peculiar de movimentação rastejante dos actinopterígeos teria permitido incursões à terra firme, ativando os genes de desenvolvimento de membros e permitindo a origem dos tetrápodes.

b) Os genes associados ao desenvolvimento de membros já existiam no material genético do celacanto antes da divergência para a formação dos tetrápodes.

c) Os genes para membros foram selecionados apenas nos indivíduos com modificações mais adaptativas às condições do meio aquático, favorecendo a origem dos anfíbios.

d) Os peixes com nadadeiras lobadas, os actinopterígeos, cujos representantes atuais são os celacantos, teriam se originado dos animais de quatro pernas, grupo ao qual pertencem os anfíbios, os répteis e os mamíferos atuais.

e) Os peixes crossopterígeos apresentavam, na base de suas nadadeiras peitorais e pélvicas, uma parte carnosa suportada por raios cartilaginosos, favorecendo o apoio no solo e o “caminhar” pelo fundo de rios e lagos, originando os répteis.

12. (UFPI) Dentre as evidências da evolução biológica, estão aquelas fornecidas pelo estudo da anatomia comparada, que trouxe os conceitos de órgãos ou estruturas homólogas e órgãos ou estruturas análogas. Assinale a alternativa que mostra um exemplo de estruturas análogas, ou seja, estruturas que evoluíram independentemente e resultaram de adaptações funcionais às mesmas condições ambientais.

a) Os braços humanos e a asas das aves.

b) O apêndice cecal do intestino humano e o do intestino dos coelhos.

c) As asas das aves e as asas dos insetos.

d) As nadadeiras das baleias e as asas dos morcegos.

e) As patas dos vertebrados quadrúpedes e os braços humanos.

13. (UNICAMP) Os diagramas abaixo ilustram a frequência percentual de indivíduos com diferentes tamanhos de bico, para duas espécies de tentilhões (gênero Geospiza) encontradas em três ilhas do arquipélago de Galápagos, no oceano Pacífico. As frequências de indivíduos com bicos de diferentes profundidades (indicadas pelas setas) são mostradas para cada espécie, em cada ilha. Sabendo-se que ambas as espécies se alimentam de sementes, indique a interpretação correta para os resultados apresentados.

13

a) Trata-se de um exemplo de cooperação entre as duas espécies, que procuram por alimento juntas, quando estão em simpatria.

b) Trata-se de um exemplo de deslocamento de caracteres resultante de competição entre as duas espécies na situação de simpatria.

c) Trata-se de um exemplo de predação mútua entre as espécies, levando à exclusão de fuliginosa na ilha Daphne, e de G. fortis na ilha Los Hermanos.

d) Trata-se de um caso de repulsa mútua entre as duas espécies, sendo mais perceptível nas ilhas Daphne e Los Hermanos.

14. Com a finalidade de estudar as relações de parentesco entre os vários mamíferos, realizou-se a experiência representada na figura abaixo. Nessa experiência foram adicionadas aglutininas antiboi ao sangue de várias espécies de ungulados.

14a

Assinale a alternativa que apresenta as duas espécies: (I) mais aparentadas entre si; (II) geneticamente mais próximas do boi.

14b

15. (UFJF) De forma não tão rara, a imprensa divulga a descoberta de uma nova espécie. Mecanismos de isolamento geográfico e/ou reprodutivo contribuem para o processo de especiação. Associe os exemplos listados na coluna I com os respectivos mecanismos de isolamento reprodutivo apresentados na coluna II.

COLUNA I

1. Florescimento em épocas diferentes.

2. Desenvolvimento embrionário irregular.

3. Alterações nos rituais de acasalamento.

4. Meiose anômala.

5. Impedimento da cópula por incompatibilidade dos órgãos reprodutores.

COLUNA II

(     ) Isolamento mecânico.

(     ) Isolamento estacional.

(     ) Mortalidade do zigoto.

(     ) Esterilidade do híbrido.

(     ) Isolamento comportamental.

Assinale a alternativa que apresenta a associação correta.

a) 1, 3, 4, 2 e 5.

b) 4, 3, 2, 5 e 1.

c) 4, 3, 5, 2 e 1.

d) 5, 1, 4, 3 e 2.

e) 5, 1, 2, 4 e 3.

16. (UEM) Assinale o que for correto.

01. O uso intensivo de determinado inseticida para o controle de uma espécie de inseto transmissor de doenças pode resultar em populações resistentes ao inseticida. Segundo a Teoria Sintética da Evolução, as populações resistentes surgem porque alguns indivíduos reagem ao inseticida, induzindo mutações para resistência e, por seleção natural, deixam mais descendentes.

02. Ao contrário da mutação, a seleção natural não amplia a variabilidade genética em populações.

04. Considere uma espécie de planta e um locus com os alelos A e a. Em uma população em equilíbrio de Hardy-Weinberg, onde os alelos A e a têm frequências p e q, respectivamente, os genótipos AA, Aa e aa são encontrados com as frequências p2, 2pq e q2, respectivamente. Portanto, se 50% dos indivíduos da população são heterozigotos, os dois alelos são igualmente frequentes.

08. Um locus autossômico com dois alelos codominantes foi estudado em uma população de insetos. A frequência do heterozigoto foi 0,42 e a frequência de um dos homozigotos foi 0,49. Esse resultado indica que, para esse locus, a população está em equilíbrio de Hardy-Weinberg.

16. Em uma espécie vegetal, uma população foi obtida por reprodução vegetativa (brotamento), a partir de uma única planta. Nessa população, foi encontrado um indivíduo com uma diferença genética, para cor da flor, em relação aos outros membros da população. O aparecimento dessa diferença genética não é explicado pelos mecanismos de recombinação.

32. Isolamento geográfico, diversificação gênica e isolamento reprodutivo são as etapas do mecanismo de evolução proposto por Lamarck.

64. Para Darwin, para que aconteça a seleção natural, é essencial a existência de diferenças hereditárias entre os membros de uma população. Entretanto Darwin não explicou a origem das diferenças hereditárias.

Soma das alternativas corretas:

17. (UPF) A transição da água para a terra é talvez o evento mais dramático da evolução animal, pois envolve a invasão de um habitat que em muitos aspectos é mais hostil para a vida. Os anfíbios foram os primeiros vertebrados a habitar a terra firme, mas não a conquistaram totalmente, pois sua reprodução e o início do desenvolvimento continuaram a ser realizados em meio aquático. Nessa conquista da terra firme os anfíbios necessitaram desenvolver adaptação para respirar, sustentar-se, mover-se e perceber sons e odores transportados pelo ar no ambiente terrestre. Analise as diferenças ambientais importantes que esses animais precisaram levar em consideração para viver na terra firme:

I. Quantidade de oxigênio.

II. Densidade de ar e sustentação.

III. Regulação da temperatura.

IV. Diversidade de habitats.

Está(ão) correta(s):

a) Apenas III.

b) Apenas II e IV.

c) Apenas I.

d) Apenas I e III.

e) I, II, III e IV.

18. O gráfico mostra a variação dos números de indivíduos do tipo original e do tipo mutante, ao longo de 100 anos, em uma mesma área de floresta.

18

A análise do gráfico permite concluir que:

a) O tipo original permanece melhor adaptado ao longo do período analisado.

b) O tipo original e o tipo mutante estão igualmente adaptados à mesma área de floresta.

c) A mudança de ambiente provocou alteração nas frequências gênicas.

d) A partir de 50 anos, o tipo mutante passou a parasitar o tipo original.

e) Após 50 anos, deixa de existir o efeito de dominância do alelo para o tipo original sobre aquele para o tipo mutante.

19. (PUC-RIO) “O artigo cientifico publicado na revista Science de maio de 2013, liderado por um grupo de pesquisa brasileiro, mostrou que a queda na população de aves frugívoros de grande porte, como tucanos e arapongas, capazes de comer frutos com sementes grandes, pode estar associada à diminuição do tamanho das sementes de certas espécies de plantas da Mata Atlântica, e, consequentemente, a mudanças em seus padrões evolutivos. Os pesquisadores verificaram que em locais onde as aves de maior porte haviam sido extintas há mais de 50 anos, tanto pela caça predatória quanto pelo desmatamento, as populações das palmeiras produziam apenas frutos pequenos, enquanto em áreas de floresta mais conservada, e com quantidade de aves suficiente para desempenhar sua função ecológica de dispersão de sementes, as palmeiras produziam frutos de tamanhos mais variados, com sementes pequenas e grandes.”

Andrade, R. O. 2013. Escassez de ave pode afetar a evolução de plantas. Revista Pesquisa FAPESP. Edição online 30 de maio de 2013.

A figura abaixo mostra três modos de seleção.

19

De acordo com o texto acima, é correto afirmar que, nas áreas que estão sofrendo alterações por atividades humanas, os resultados encontrados pelos pesquisadores podem ser associados apenas ao (s) modo (s) de seleção(s):

a) I.

b) II.

c) III.

d) I e III.

e) II e III.

20. (UFTM) Alguns protozoários apresentam vacúolo pulsátil ou contrátil, cuja função é fundamental para a sobrevivência do protista. Considerando a teoria evolutiva de Darwin e a função dessa organela, é correto afirmar que:

a) Os protozoários tiveram que produzir esse vacúolo para atuar no controle hídrico, evitando a lise celular e isso foi transmitido geneticamente aos descendentes.

b) O ambiente provocou o aparecimento desse vacúolo para impedir a lise celular, modificando o material genético, que foi transmitido aos descendentes.

c) Esse vacúolo apareceu para eliminar a água excedente que entra na célula por transporte ativo e seus descendentes herdaram essa característica.

d) Esse vacúolo surgiu para expulsar o excesso de água que entra na célula por osmose e essa característica foi transmitida aos descendentes.

e) Os protozoários que apresentavam esse vacúolo não sofriam lise e essa característica vantajosa foi transmitida aos descendentes.

gab

 

 


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: