Publicado por: Djalma Santos | 26 de maio de 2016

TESTES DE GENÉTICA (IX)

01. (UFJF) Cientistas conseguiram, pela primeira vez, “silenciar” a molécula de DNA excedente, que caracteriza a Síndrome de Down. Num experimento com amostras de células, os pesquisadores inativaram uma das três cópias do cromossomo 21, que caracteriza a anomalia, tornando as células tratadas similares às de pessoas típicas, com apenas duas cópias.

Disponível em: <http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/2013/07/1312642-tecnica-experimental-corrige-sindrome-de-down-em-celula.shtml&gt;.Acessado em 10/ago./2014.

Além da trissomia do cromossomo 21, a Síndrome de Down também pode ocorrer por:

a) Duplicação.

b) Inversão.

c) Deleção.

d) Translocação.

e) Isocromossomo.

02. (FEI) As chamadas “Leis de Mendel” foram postuladas a partir dos estudos do monge Gregor Mendel, no século XIX. Na Primeira Lei, características fenotípicas de ervilhas (tais como as cores verde e amarela, as cascas lisas ou rugosas etc.) são atribuídas a pares de alelos que se combinam entre si seguindo proporções matemáticas observáveis e, portanto, previsíveis. Considerando-se um cruzamento de ervilhas envolvendo uma única característica (casca), o que se espera obter de ervilhas homozigotas recessivas com ervilhas heterozigotas?

a) 25% de ervilhas com fenótipo expresso pelos alelos recessivos e 75% de ervilhas expressas pela heterozigose.

b) 50% de ervilhas com fenótipo expresso pelos alelos recessivos e 50% de ervilhas expressas pela heterozigose.

c) 75% de ervilhas com fenótipo expresso pelos alelos recessivos e 25% de ervilhas expressas pela heterozigose.

d) 100% de ervilhas expressas pela heterozigose.

e) 100% de ervilhas com fenótipo expresso pelos alelos recessivos.

03. (URCA) Muitas são as características condicionadas geneticamente nos seres vivos. Os genes agem de forma integrada ou isoladamente condicionando características físicas, fisiológicas ou comportamentais. A respeito da ação de genes, assinale a alternativa correta.

a) Um genitor que tenha uma característica condicionada por um gene dominante terá obrigatoriamente 50% dos descendentes com essa característica.

b) Pais com uma característica recessiva tem a probabilidade de terem 50% dos descendentes com essa característica recessiva.

c) Pais portadores de um gene dominante e um recessivo possuem 50% de probabilidade de terem descendentes com genótipo igual ao seu.

d) Para características condicionadas por dois ou mais pares de genes não é possível determinar as probabilidades fenotípicas dos descendentes.

e) Em caso de pleiotropia as proporções fenotípicas esperadas na prole são sempre 1:2:1.

04. (UEM) Sobre genótipo, fenótipo e meio ambiente é correto afirmar que:

01. Muitas vezes, a influência ambiental pode acarretar a manifestação de um fenótipo diferente daquele programado pelo genótipo.

02. O fenótipo é condicionado, também, pelo genótipo. Assim, plantas de genótipos diferentes (AA, Aa) podem ter o mesmo fenótipo.

04. Quando dizemos que uma planta de ervilha é heterozigota para a cor da semente, estamos nos referindo ao fenótipo dessa planta.

08. Quando um indivíduo tem o fenótipo condicionado pelo alelo recessivo de um gene que sofre pouca ou nenhuma influência ambiental, conclui-se que esse indivíduo é homozigoto quanto ao alelo em questão.

16. A codominância é o tipo de ausência de dominância em que o indivíduo heterozigoto expressa simultaneamente os dois fenótipos paternos.

Soma das alternativas corretas:

05. (UNISINOS) Sobre os modos de herança pelos quais os organismos transmitem doenças genéticas, avalie as proposições abaixo.

I. Na herança autossômica dominante, duas cópias do alelo da doença são necessárias para um indivíduo ser suscetível à expressão do fenótipo.

II. Na herança autossômica recessiva, os pais de um indivíduo afetado não são afetados, mas são portadores dos genes.

III. Na herança recessiva ligada ao X, qualquer homem com uma cópia de um alelo doente recessivo ligado ao X é afetado.

Sobre as proposições acima, pode-se afirmar que:

a) Apenas I está correta.

b) Apenas II está correta.

c) Apenas I e II estão corretas.

d) Apenas II e III estão corretas.

e) I, II e III estão corretas.

06. (UniEvangélica) Identifique, no quadro a seguir: segregação independente ou linkage, com crossing-over ou não, e como os genes se localizam nos cromossomos.

06

Da análise do quadro pode-se deduzir que no exemplo do indivíduo:

a) III, ocorreu ligação, com crossing-over, com os dois pares de genes no mesmo par cromossômico.

b) II, ocorreu segregação independente com os dois pares de genes em cromossomos diferentes.

c) II, ocorreu ligação, obedecendo à 2ª Lei de Mendel, com os dois pares de genes em cromossomos diferentes.

d) I, ocorreu segregação independente, com crossing-over, com os dois pares de genes no mesmo par cromossômico.

07. (UFJF) Gregor Mendel, ao estudar os mecanismos de transmissão das características hereditárias, propôs a ocorrência de:

a) Pleiotropia (quando um só gene desencadeia uma série de efeitos).

b) Poligenia (vários genes interagindo quantitativamente para dar nuances diferentes de uma característica genética).

c) Genes letais (genes que desencadeiam processos que levam o indivíduo à morte durante alguma fase da vida antes da fase reprodutiva).

d) Segregação independente.

e) Ausência de dominância (neste caso não há gene dominante nem recessivo a interação dos alelos produz um fenótipo diferente de cada gene em dose dupla).

08. (UEM) No tomateiro, a cor vermelha do fruto é codificada por alelo R, dominante sobre o alelo r, que codifica a cor amarela do fruto, enquanto a cor amarela da flor é codificada por um alelo Y, dominante sobre o alelo y, que codifica a cor branca da flor. Uma planta de flor amarela e tomate vermelho foi cruzada com uma planta de flor branca e tomate amarelo. Todos os descendentes desse cruzamento apresentavam flor amarela e tomate vermelho e foram cruzados com plantas de flor branca e tomate amarelo. O resultado desse cruzamento foi:

– 42% com flor amarela e tomate vermelho.

– 43% com flor branca e tomate amarelo.

– 08% com flor amarela e tomate amarelo.

– 07% com flor branca e tomate vermelho.

Assinale a alternativa que apresenta a explicação correta para esse resultado.

a) Os dois pares de genes estão localizados em pares de cromossomos diferentes.

b) Os dois pares de genes estão no mesmo par de cromossomos.

c) O gene que codifica flor amarela é epistático sobre o gene que codifica tomate vermelho.

d) Ocorre interação gênica entre os dois pares de genes.

e) O solo em que os tomateiros foram plantados contém muito ferro, acarretando o resultado observado.

09. (UNCISAL) Alterações no número padrão de cromossomos podem resultar em problemas para o desenvolvimento do indivíduo. As síndromes de Down e de Klinefelter, causadas pela presença de um cromossomo a mais nos genomas celulares, e as síndromes de Turner e de Cri du Chat, relacionadas à falta de um cromossomo, são exemplos desses processos. Nesses casos, os indivíduos afetados apresentam uma série de alterações anatômicas, morfológicas e fisiológicas em seus organismos e têm o seu desenvolvimento e expectativa de vida afetados. As alterações nos números de cromossomos podem acontecer em função de:

a) Erros nos processos de divisão celular dos gametas.

b) Produção e fecundação de dois óvulos por dois espermatozoides.

c) Fecundação do óvulo por mais de um espermatozoide.

d) Formação da mórula.

e) Erros nos processos de crossing-over.

10. (UNIOESTE) Relativo à genética, ou seja, a ciência que estuda a hereditariedade e as variações hereditárias, é correto afirmar que:

01. De acordo com a segunda Lei de Mendel e tratando-se de genes não ligados, uma planta com genótipo AaBb formará gametas com 4 diferentes genótipos em iguais proporções.

02. Alelismo múltiplo pode ser definido como uma forma especial de herança poligênica.

04. Epistasia é uma interação gênica na qual um gene altera a manifestação de outro gene não alélico.

08. A duplicação do DNA é semiconservativa e bidirecional.

16. Íntrons e éxons são segmentos de DNA com e sem “função”, respectivamente.

32. Durante o processo de transcrição, as duas fitas de DNA são, sempre transcritas.

64. Os retrovírus utilizam uma enzima chamada transcriptase reversa para catalisar a síntese de DNA a partir de um molde de RNA.

Soma das alternativas corretas:

11. (UFAM) Uma característica particular foi observada na razão de 3:1 quando duas plantas foram cruzadas. Tal observação sugere que:

a) Houve dominância incompleta.

b) A geração parental era heterozigota.

c) Houve uma mistura dos caracteres.

d) Cada elemento da progênie teve os mesmos alelos.

e) A geração parental era homozigota.

12. (UEMS) Observe os seguintes cruzamentos:

12

As proporções fenotípicas e genotípicas produzidas em F1 e F2 indicam que se trata de:

a) Um caso típico de monoibridismo, em que o alelo V é dominante em relação ao B.

b) Um caso típico de diibridismo, em que não há relação de dominância entre os alelos V e B.

c) Um caso de monoibridismo, em que não há relação de dominância entre os alelos V e B.

d) Um caso de alelos múltiplos, podendo os alelos V e B produzir pelo menos três tipos de fenótipos distintos.

e) Um caso de triibridismo, em que os genótipos podem ser VV, VB e BB.

13. Suponha que em certa espécie de dípteros, os genes para cor do olho e tamanho da asa estejam localizados no mesmo cromossomo. Sabe-se que olho marrom (M) e dominante sobre o branco (m), e que asa longa (L) e dominante sobre a curta (l). Uma fêmea de olho marrom e asa longa, cruzada com um macho de olho branco e asa curta, produziu a seguinte descendência:

13a

A constituição da fêmea utilizada no cruzamento é:

13b

14. (UFPR) Na genealogia abaixo, os indivíduos assinalados com preto apresentam uma anomalia determinada por um gene dominante.

14

Analisando essa genealogia, é correto afirmar:

a) Apenas os indivíduos I:1; II:1 e II:5 são heterozigotos.

b) Todos os indivíduos afetados são homozigotos.

c) Todos os indivíduos não afetados são heterozigotos.

d) Apenas o indivíduo I:1 é heterozigoto.

e) Apenas os indivíduos I:1 e I:2 são homozigotos.

15. (VUNESP) O heredograma mostra a genealogia do casal Valmir e Margarida (5 e 6), filhos de mães albinas (2 e 4). A probabilidade de Valmir e Margarida terem uma filha albina (10) é:

15

a) 1/8.

b) 1/4.

c) 1/2.

d) 1/3.

e) 2/3.

16. (PUC-RS) Responder à questão com base no heredograma abaixo.

O heredograma refere-se a uma característica controlada por um único par de genes. Os indivíduos que apresentam a característica são representados por áreas “negritadas”.

16

Em relação ao heredograma acima, é correto afirmar que:

a) A característica em questão é dominante.

b) Os indivíduos I.1, I.4, II.3 e III.1 são homozigotos recessivos.

c) Os indivíduos I.2 e I.3 são obrigatoriamente homozigotos.

d) A probabilidade de o casal II.3 X II.4 ter uma criança homozigota dominante é 25%.

e) A probabilidade de o casal II.3 x II.4 ter uma criança heterozigota é 25%.

17. (FUVEST) Considerando os genes X, Y e Z de um cromossomo, sabe-se que há 15% de recombinação entre os genes X e Y, entre Y e Z há 30% e entre os genes Z e X ocorre 45%. Qual a posição relativa desses três genes no cromossomo?

a) ZXY.

b) XYZ.

c) YZX.

d) XZY.

e) YXZ.

18. (FATEC) Nos camundongos, o gene e, recessivo, produz pelos encrespados, e seu alelo dominante E, pelos normais. Em outro par de genes alelos, o gene recessivo a produz o fenótipo albino enquanto seu alelo dominante A produz fenótipo selvagem. O cruzamento entre camundongos com pelos normais e cor selvagem, duplamente heterozigotos, com camundongos com pelos encrespados e albinos resultou em: 80 filhotes com pelos normais e cor selvagem, 80 filhotes com pelos encrespados e albinos, 20 filhotes com pelos normais e albinos, 20 filhotes com pelos encrespados e cor selvagem. Do exposto pode-se concluir que a distância entre os genes A e E é de:

a) 20 UR.

b) 30 UR.

c) 40 UR.

d) 60 UR.

e) 80 UR.

19. (MACK) Sabendo-se que a miopia e o uso da mão esquerda são condicionados por genes recessivos, analise a genealogia a seguir e responda.

19

A probabilidade de o casal 4 x 5 ter uma criança diíbrida é:

a) 1/8.

b) 3/16.

c) 1/16.

d) 1/4.

e) 1/2.

20. (UEM) Na Ilha de Man, pertencente ao Reino Unido, é encontrado o gato Manx, que não possui cauda. A ausência de cauda é causada por um alelo autossômico (M) que tem efeito dominante em heterozigose, e este alelo, quando em homozigose, é letal (os gatos não chegam a nascer). Considerando essas informações, assinale o que for correto.

01. Do cruzamento entre um macho Mm com uma fêmea mm, metade dos gatos nascerão com cauda e metade sem cauda.

02. Do cruzamento entre um macho Mm com uma fêmea Mm, 2/3 dos gatos nascerão com cauda e 1/3 sem cauda.

04. Independentemente do sexo, é impossível o nascimento de gatos com o genótipo MM.

08. Excluindo–se as mutações, do cruzamento de gatos sem cauda, sempre nascerão apenas gatos sem cauda.

16. Do cruzamento entre um macho mm com uma fêmea Mm, 1/3 dos gatos nascerão com cauda e 2/3 sem cauda.

32. É impossível o nascimento de fêmeas com o genótipo Mm.

Soma das alternativas corretas:

gab


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: