Publicado por: Djalma Santos | 26 de maio de 2016

TESTES DE PROGRAMA DE SAÚDE (8)

01. (UPE) Pesquisadores de Pernambuco notificaram um surto de esquistossomose aguda na praia de Porto de Galinhas (PE) em 2000, quando 662 pessoas tiveram diagnóstico positivo. A infecção humana em massa ocorreu no feriado de 7 de setembro, quando chuvas pesadas provocaram a enchente do rio Ipojuca que invadiu as residências. A maioria dos casos agudos foi em residentes locais que tiveram exposição diária às cercarias durante três semanas, até que as águas baixassem.

(Fonte: BARBOSA, C. S. et al. 2001. Epidemia de esquistossomose aguda na praia de Porto de Galinhas. Pernambuco, Brasil. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, H(3): 725-728, mai-jun, 2001.)

Após análise dos resultados, os pesquisadores levantaram algumas hipóteses, sendo a mais plausível para explicar o surto a seguinte:

a) Caramujos de Biomphalaria glabrata foram trazidos pelas enchentes, colonizando as margens do estuário e áreas alagadas das residências. Cercarias presentes no ambiente penetraram no caramujo, desenvolvendo-se até a fase adulta. O consumo de caramujos do mangue levou à contaminação das pessoas.

b) As pessoas foram infectadas diretamente pelo platelminto parasita Schistosoma mansoni através da ingestão da água contaminada, durante a enchente.

c) O estabelecimento de residências nessas áreas exigiu uma quantidade considerável de areia tanto para aterros como para a preparação das massas utilizadas na construção. Essa areia, procedente de leitos de rios, pode ter sido o veículo que introduziu a espécie Biomphalaria glabrata na localidade.

d) Após a enchente, o terreno das casas e a areia da praia foram infestados por Schistosoma mansoni, e o contato com a pele permitiu a contaminação das pessoas. A fase larval da espécie está relacionada, diretamente, à falta de saneamento básico.

e) As larvas de Schistosoma mansoni infectaram animais domésticos, como porcos, e as fezes, em contato com a pele humana, permitiram a contaminação das pessoas após a enchente do rio Ipojuca.

02. (PUCCAMP) Um garoto nadou em uma “lagoa de coceira”, comeu carne de boi mal cozida e caminhou descalço por um caminho de terra. Com essas atividades ele pode ter adquirido larvas de:

a) Wuchereria, Taenia solium e Ascaris.
b) Wuchereria, Taenia saginata e Ascaris.
c) Schistosoma, Taenia solium e Ascaris.
d) Schistosoma, Taenia solium e Ancylostoma.
e) Schistosoma, Taenia saginata e Ancylostoma.

03. (FCM-PB) A canção abaixo apresentada faz menção a uma série de doenças originadas por bactérias, vírus e microrganismos diversos:

O Pulso

O pulso ainda pulsa

O pulso ainda pulsa

Peste bubônica, câncer, pneumonia

Raiva, rubéola, tuberculose, anemia

Rancor, cisticercose, caxumba, difteria

Encefalite, faringite, gripe, leucemia

E o pulso ainda pulsa

Hepatite, escarlatina, estupidez, paralisia

Toxoplasmose, sarampo, esquizofrenia

O pulso ainda pulsa

Úlcera, trombose, coqueluche, hipocondria

Sífilis, ciúmes, asma, cleptomania

E o corpo ainda é pouco

E o corpo ainda é pouco assim

Reumatismo, raquitismo, cistite, disritmia

Hérnia, pediculose, tétano, hipocrisia

Brucelose, febre tifoide, arteriosclerose, miopia

Catapora, culpa, cárie, câimbra, lepra, afasia

O pulso ainda pulsa

O corpo ainda é pouco

Ainda pulsa

Ainda é pouco assim.

(T. Belotto, A. Antunes e M. Fromer)

Retire do texto as doenças de origem exclusivamente viral e marque a alternativa que corresponde apenas a esses grupos de doenças:

a) Peste bubônica, difteria, escarlatina, coqueluche, sífilis, gripe.

b) Raiva, rubéola, caxumba, gripe, sarampo, catapora.

c) Raiva, tétano, febre tifoide, cárie, lepra, gripe.

d) Difteria, caxumba, gripe, catapora, peste bubônica, brucelose.

e) Sarampo, gripe, caxumba, brucelose, lepra, tuberculose.

04. (FATEC) A seguir estão apresentados os sintomas de três diferentes parasitoses muito comuns no Brasil.

I. Anemia, diarreia, fraqueza, falta de ar, dores abdominais, febre e principalmente grande aumento do fígado e do baço.

II. Anemia, alterações cardíacas, digestivas, renais e neurológicas, apresentando também, principalmente, períodos de febre que se repetem em intervalos de tempo, geralmente à tarde, acompanhados de calafrios, delírios e dores de cabeça.

III. Aumento do coração, dilatação do esôfago, dificuldade para deglutir, dilatação do intestino grosso, dificuldade para evacuar e mal-estar.

Assinale a alternativa que associa os sintomas descritos em I, II e III, respectivamente, a cada parasitose específica.

a) Amarelão, malária e esquistossomose.

b) Leishmaniose cutânea, amarelão e malária.

c) Esquistossomose, malária e mal de Chagas.

d) Mal de Chagas, leishmaniose cutânea e amarelão.

e) Malária, esquistossomose e mal de Chagas.

05. (PUC-CAMPINAS) No Brasil, a esquistossomose é uma das doenças parasitárias endêmicas que pode levar à morte. Algumas espécies de moluscos de água doce fazem parte do ciclo evolutivo do Schistosoma, que neste hospedeiro:

a) Realizam reprodução sexuada e liberam ovos.

b) Fazem conjugação e liberam cisticercos.

c) Desenvolvem esporocistos e liberam cercarias.

d) Formam esquistossômulos e liberam esporos.

e) Formam esporos e liberam miracídeos.

06. (UCS) O esquema abaixo representa os ciclos de vida da Taenia saginata e da Taenia solium. Esses __________ hermafroditas autofecundam-se e os proglótides grávidos, contendo ovos, são eliminados no ambiente, junto com as fezes. Eles podem contaminar água e alimentos e ser ingeridos pelo boi ou porco, hospedeiros intermediários. No trato digestório desses animais, os ovos eclodem e liberam uma larva chamada __________, que perfura o intestino, cai na circulação e aloja-se em tecidos ou órgãos, principalmente músculo e cérebro, originando o __________, que pode ser ingerido pelo homem e, assim, reiniciar o ciclo.

06

(Disponível em: <http://www.dpd.cdc.gov&gt;.

Acesso em: 28 ago. 2009.)

A alternativa que preenche, correta e respectivamente, as lacunas do texto acima é:

a) protozoários; hexacanto; miracídio.

b) platelmintos; oncosfera; cisticerco.

c) platelmintos; hexacanto; miracídio.

d) nematelmintos; hexacanto; cisticerco.

e) nematelmintos; oncosfera; miracídio.

07. (MACK) Sobre a filaríase (elefantíase) é correto afirmar que:

a) É causada pelo platelminto Wuchereria bancrofti.

b) É transmitida pelo mosquito Anopheles, que tem hábitos noturnos.

c) Wuchereria bancrofti é uma espécie dioica. Machos e fêmeas se acasalam no interior dos vasos linfáticos do ser humano.

d) O mosquito transmissor, ao picar uma pessoa, adquire os ovos do parasita.

e) As filárias, durante o dia, vivem nos vasos linfáticos superficiais e, durante a noite, migram para os vasos linfáticos mais internos.

08. (UNESP) No filme Eu sou a lenda, um vírus criado pelo homem espalhou-se por toda a população de Nova Iorque. As vítimas do vírus, verdadeiros zumbis, vagam à noite pela cidade, à procura de novas vítimas. No filme, Robert Neville (Will Smith) é um cientista que, sem saber como, tornou-se imune ao vírus. A obsessão de Neville é encontrar outros que, como ele, não estão infectados, e possibilitar um mecanismo para a cura. A cura vem através do sangue: amostras de sangue de pessoas doentes que melhoraram depois de infectadas pelo vírus, quando administradas a outros doentes, podem promover a melhora.

08

Considerando-se o contido na sinopse do filme, pode-se inferir que, mais provavelmente, o princípio biológico utilizado por Neville para debelar a doença é a administração de:

a) Soro, composto de anticorpos presentes no sangue de pacientes contaminados.

b) Soro, composto de antígenos presentes no sangue de pacientes contaminados.

c) Vacina, composta de anticorpos presentes no sangue de pacientes contaminados.

d) Vacina, composta de antígenos presentes no sangue de pacientes contaminados.

e) Vírus atenuados, presentes no sangue de pacientes que melhoraram ou no sangue de pessoas imunes.

09. (UNCISAL) A esquistossomose é uma doença causada por platelmintos da classe Trematoda que ocorrem em diversas regiões do mundo. No Brasil, o responsável pela doença é o Schistossoma mansoni, que tem o homem como hospedeiro definitivo e caramujos de água doce do gênero Biomphalaria, como hospedeiro intermediário. A disseminação da doença é feita através da liberação de ovos pelas fezes de pessoas doentes, quando são depositadas em rios, córregos e outros ambientes de água doce, ou quando chegam a estes locais levadas pelas enxurradas. Nas opções abaixo, assinale a que apresenta corretamente as fases do ciclo do Schistossoma mansoni, na sequência correta.

a) Ovos, cercária, biomphalaria, miracídio, homem, schistossoma adulto, ovos.

b) Ovos, miracídio, biomphalaria, cercária, homem, schistossoma adulto, ovos.

c) Ovos, cercária1, biomphalaria, cercária2, homem, schistossoma adulto, ovos.

d) Ovos, miracídio, cercária, biomphalaria, homem, schistossoma adulto, ovos.

e) Ovos, miracídio1, biomphalaria, miracídio2, homem, schistossoma adulto, ovos.

10. (UNIOESTE) Observe a charge abaixo.

10

http://naoestaavenda.blogspot.com

Sobre febre amarela, dengue e leishmaniose são feitas as seguintes afirmações:

I. São transmitidas ao homem pela picada de mosquitos hematófagos.

II. O agente etiológico de todas as doenças é um vírus.

III. Aedes aegypti é o transmissor da febre amarela urbana e da dengue.

IV. Leishmaniose é a única virose das doenças listadas acima.

Estão corretas as afirmativas

a) I e III, apenas.

b) I, II, III e IV.

c) II e III, apenas.

d) III e IV, apenas.

e) I, II e III, apenas.

11. (UEG) As doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) são consideradas como um dos problemas de saúde pública mais comum em todo o mundo. Em ambos os sexos, tornam o organismo mais vulnerável a outras doenças, inclusive à Aids, além de terem relação com a mortalidade materna e infantil. No Brasil, as estimativas da Organização Mundial de Saúde (OMS) de infecções de transmissão sexual na população sexualmente ativa, a cada ano, estão representadas no gráfico a seguir:

11

Após a análise do gráfico e do conhecimento acerca das possíveis formas de contágio das DSTs apresentadas, pode-se afirmar:

a) A frequência similar de herpes genital e de HPV está relacionada ao fato de ambas serem bacterianas e de serem transmitidas pelo contato sexual direto com pessoas contaminadas.

b) A gonorreia, com frequência maior em relação à sífilis, HPV e herpes genital, é causada por uma bactéria cujo doente pode ser tratado com o uso de antibióticos.

c) A maior frequência de clamídia na população está relacionada às diversas mutações que ocorrem no vírus transmissor, o que dificulta o tratamento da doença e possibilita maior contágio.

d) A menor frequência de sífilis em relação à gonorreia e à clamídia pode ser explicada pelo fato de a população humana utilizar frequentemente espermicidas e anticoncepcionais.

12. (UPE) Leia o texto a seguir:

Conhecida como a doença de Lou Gehrig ou de Charcot, é uma enfermidade de grande impacto social e econômico. Embora seja rara e irreversível, ocorre mais em homens que em mulheres. Ela afeta a função neuromuscular, o tecido nervoso do cérebro e da medula espinhal, provocando a degeneração. Os neurônios motores, células nervosas específicas, perdem a capacidade de transmitir os impulsos nervosos, caracterizando os sintomas da doença. Apesar de pouco conhecida no Brasil, provoca limitação física uma vez que afeta toda a musculatura estriada, incluindo os músculos da deglutição e respiração. Assim, a musculatura afetada atrofia-se.

Identifique o nome científico da doença a que o texto acima se refere, assinalando a alternativa correta.

a) Esclerose Múltipla.

b) Mal de Parkinson.

c) Esclerose Lateral Amiotrófica.

d) Epilepsia.

e) Acidente Vascular Cerebral.

13. (UNICENTRO) A figura a seguir ilustra o ciclo de vida de um verme causador de uma importante verminose no ser humano. Observe a figura e assinale a alternativa correta.

13

a) A figura mostra o ciclo de vida da Taenia saginata, um platelminto cujo ciclo de vida é monoxênico, no qual o ser humano está atuando como hospedeiro intermediário.

b) Trata-se do ciclo de vida do protozoário Schistosoma mansoni causador da verminose conhecida como esquistossomose ou barriga d’água.

c) A figura mostra o ciclo de vida da Taenia solium, no qual o homem está desenvolvendo a doença conhecida como cisticercose.

d) A figura mostra o ciclo de vida da Taenia solium, no qual o homem está desenvolvendo a doença conhecida como teníase.

e) Trata-se do ciclo de vida do Ascaris lumbricoides, um verme cuja principal forma de contaminação pelo homem é a ingestão da carne de porco malcozida.

14. (UPE) “Se nadou e depois coçou, é porque pegou.” Este ditado popular faz uma alusão à contaminação por cercárias comuns nas chamadas lagoas de coceiras, que servem de abrigo aos caramujos, hospedeiros intermediários dos vermes causadores da Esquistossomose, doença muito comum no Brasil. Sobre isso, analise as afirmativas abaixo.

I. A postura dos ovos ocorre nos capilares do intestino do hospedeiro. Eles são dotados de pequeno espinho, que perfura os vasos capilares e permite sua passagem para cavidade intestinal, de onde são eliminados junto com as fezes.

II. Na água, os ovos eclodem e libertam os miracídios, larvas ciliadas, que ao encontrarem o caramujo da família dos Planorbídeos, que lhes serve de hospedeiro intermediário, nele penetram, perdem os cílios e transformam-se no esporocisto primário.

III. O esporocisto primário gera o esporocisto secundário e este, as cercárias, que atravessam os tecidos do caramujo, saindo para a água. Se uma pessoa entrar em contato com a água, as cercárias podem penetrar pela sua pele, por ação de enzimas, que elas produzem, gerando uma coceira característica.

IV. Ao penetrarem no corpo humano, as cercárias perdem a cauda, são esquistosômulos, que passam para os vasos sanguíneos ou linfáticos, migrando para o fígado. O ciclo se completa com a migração dos vermes adultos para os vasos mesentéricos do hospedeiro, iniciando a postura de ovos.

V. Na fase aguda da doença, os sintomas são coceiras, dermatites, febre, vômito e emagrecimento, sendo a fase crônica, assintomática. A doença pode evoluir para quadros mais graves com o aumento do baço e do fígado. As medidas profiláticas mais eficazes no combate à doença são: uso de calçados, construção de instalações sanitárias e ingestão de carnes cozidas, para evitar a ingestão de ovos do parasita.

Sobre o ciclo de vida do parasita causador da doença e das mediadas profiláticas mais importantes no combate à doença, assinale a alternativa correta.

a) Apenas II, IV e V.

b) Apenas I, III e V.

c) Apenas I, II, III e IV.

d) Apenas I e V.

e) Apenas a III.

15. (IFTM) No mundo moderno, apesar dos avanços da comunicação, da ciência, das tecnologias e da medicina, o ser humano ainda sofre com inúmeras doenças. Doenças tais como obesidade, hipertensão, infarto e diabetes têm maior ocorrência em países desenvolvidos. Já as doenças infectocontagiosas têm maior número de casos em países pobres e em desenvolvimento que ainda carecem de saneamento básico, infraestrutura e educação da população. Relacione as doenças a seguir com o agente causador e assinale a alternativa correta:

15

 

a) I. Vírus; II. Bactérias; III. Esporozoários; IV. Fungos.

b) I. Vírus; II. Bactérias; III. Protozoários; IV. Platelmintos.

c) I. Bactérias; II. Vírus; III. Protozoários; IV. Vermes.

d) I. Protozoários; II. Vírus; III. Bactérias; IV. Asquelmintos.

e) I. Bactérias; II. Vírus; III. Parazoários; IV. Platelmintos.

16. (FATEC) Os alimentos mal preparados ou conservados de forma inadequada podem estar contaminados pela bactéria anaeróbia obrigatória denominada Clostridium botulinum. Essa bactéria é produtora da neurotoxina botulínica, que pode acumular-se nos alimentos mal conservados e causar a doença botulismo. Essa doença é grave, não muito frequente e provoca paralisia flácida (fraqueza dos músculos), dificuldade de engolir, vômito, fala ininteligível, retenção de urina, podendo evoluir para paralisia respiratória, se não for tratada rapidamente. Com relação a essa doença, assinale a alternativa correta.

a) O botulismo é uma doença contagiosa.

b) As bactérias causadoras do botulismo são autótrofas.

c) As bactérias Clostridium botulinum somente se desenvolvem na ausência de oxigênio.

d) As latas que possuem alimentos contaminados pela bactéria Clostridium botulinum podem ficar estufadas devido ao acúmulo de nitrogênio.

e) As bactérias causadoras do botulismo obtêm a energia necessária ao seu metabolismo, a partir da quebra de compostos orgânicos na presença de oxigênio.

17. (UEA) Observe a figura abaixo que representa de forma simplificada o ciclo de vida do plasmódio.

17

Sobre essa importante parasitose que afeta milhões de brasileiros, foram feitas as afirmações:

I. Trata-se da malária, doença causada por um protozoário flagelado, a infecção humana ocorre com a entrada de esporozoítos (W) na corrente sanguínea por meio da picada da fêmea do mosquito-prego.

II. Em 1 ocorre apenas reprodução assexuada, logo esse organismo pode ser considerado o hospedeiro intermediário.

III. Em 2 ocorre reprodução sexuada com formação de zigoto (Y), logo esse organismo é o hospedeiro definitivo dessa moléstia.

IV. O rompimento das hemácias (X) está relacionado com os picos de febre, devido à liberação de toxinas na corrente sanguínea.

V. As formas infectantes encontram-se nas glândulas salivares (W) dos machos do gênero Culex e das fêmeas do mosquito-prego.

É correto o que se afirma em:

a) I e V, apenas.

b) II e III, apenas.

c) II e IV, apenas.

d) II, III e IV, apenas.

e) I, II, III, IV e V.

18. (FCM-PB) A Leishmaniose Tegumentar Americana é uma doença parasitária da pele e mucosas, causada por protozoários do gênero Leishmania e a sua transmissão ocorre através da picada de insetos flebotomíneos. Sobre os protozoários todas as alternativas apresentam características verdadeiras, exceto:

a) Os protozoários são seres procariontes, multicelulares, fotossintetizantes, que vivem em ambiente aquático e não apresentam organização complexa do corpo.

b) Os protozoários são seres eucariontes, unicelulares, com características próprias, tais como, capacidade de deslocamento e heterotrofia.

c) O filo Rhizopoda (Sarcodina) apresenta célula flexível sem estrutura de sustentação, com locomoção e captura de alimento por meio de pseudópode.

d) O filo Zoomastigophora apresenta flagelo que permite a natação ou a captura de alimentos. Há espécies de vida livre e parasita, tais como, Trypanosoma cruzi.

e) O filo Apicomplexa (esporozoários) não apresenta estruturas locomotoras. Todas as espécies são parasitas, tais como, Plasmodium vivax e Toxoplasma gondii.

19. (UERN) Analise a tabela abaixo:

19

De acordo com as informações anteriores, assinale os agentes causadores das doenças descritas.

a) I – bactéria; II – vírus; III – bactéria; IV – vírus; V – protozoário; VI – vírus.

b) I – vírus; II – bateria; III – bateria; IV – vírus; V – bateria; VI – protozoário.

c) I – vírus; II – bateria; III – vírus; IV – vírus; V – protozoário; VI – protozoário.

d) I – bateria; II – protozoário; III – vírus; IV – vírus; V – protozoário; VI – bateria.

20. (FCM-PB) O Shistosoma mansoni provoca no homem a esquistossomose, que parasita as veias do intestino, afetando o fígado e as vias urinárias. É correto afirmar que:

a) Shistosoma mansoni é um protozoário do sangue humano.

b) Shistosoma mansoni é um trematódeo cujo hospedeiro intermediário é o homem.

c) Os ovos do Shistosoma mansoni ao atingirem a água doce desenvolvendo-se em larvas denominadas miracídios.

d) Shistosoma mansoni tem como hospedeiro definitivo o caramujo planorbídeo.

e) Os ovos do Shistosoma mansoni ao atingirem a água doce desenvolvendo-se em larvas denominadas cercárias.

gab

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: