Publicado por: Djalma Santos | 18 de junho de 2016

TESTES DE GENÉTICA (XI)

01. (UESC) A taxa ou frequência de permutação entre pares de genes que estão ligados é constante e depende da distância que esses genes se encontram uns dos outros. O geneticista Alfred Sturtevant imaginou que seria possível construir mapas gênicos, que mostrariam a distribuição dos genes ao longo do cromossomo e as distâncias relativas entre eles. O quadro a seguir mostra um exemplo desse tipo de mapa gênico.

01

Com base nas informações contidas no quadro, é possível afirmar que os valores corretos para as taxas de permutação em X e Y são, respectivamente:

a) 5% e 20%.

b) 15% e 20%.

c) 15% e 5%.

d) 20% e 15%.

e) 20% e 5%.

02. (PUC-SP) O esquema abaixo mostra a fecundação de um óvulo cromossomicamente anormal por um espermatozoide cromossomicamente normal. Do zigoto resultante, originou-se uma criança do sexo feminino com uma trissomia e daltônica, pois apresenta três genes recessivos (d), cada um deles localizado em um cromossomo X.

02

A criança em questão tem:

a) 46 cromossomos (2n = 46) e seus progenitores são daltônicos.

b) 46 cromossomos (2n = 46); seu pai é daltônico e sua mãe tem visão normal para as cores.

c) 47 cromossomos (2n = 47) e seus progenitores são daltônicos.

d) 47 cromossomos (2n = 47); seu pai é daltônico e sua mãe pode ou não ser daltônica.

e) 47 cromossomos (2n = 47); seu pai tem visão normal para as cores e sua mãe é daltônica.

03. (UPE) Em gatos malhados, certas regiões do corpo apresentam coloração preta (XP) ou amarelo-alaranjado (XA), relacionadas a genes presentes no cromossomo X, entremeadas por áreas de pelos brancos, condicionadas pela ação de genes autossômicos de caráter recessivo (bb). As fêmeas heterozigotas apresentam três cores e recebem a denominação de cálico, enquanto os machos possuem apenas duas cores. No Texas (EUA), ocorreu a clonagem de uma gatinha cálico chamada Rainbow, e, para surpresa dos pesquisadores, o clone que deveria ser idêntico à matriz apresentou um padrão de manchas diferentes da original. Isso ficou conhecido como o caso Carbon Copy ou Copy Cat.

A clonagem da gatinha não foi bem sucedida devido à(ao):

a) Adição de um cromossomo X em certo par, constituindo uma trissomia e elevando a homozigose; por isso, a clonagem de um cálico nunca resultará em um mesmo padrão.

b) Deleção de determinada região do cromossomo X, causando um fenótipo diferente do esperado, visto Carbon Copy ter sido criada a partir de um óvulo que se misturou com o núcleo de Rainbow.

c) Efeito pleiotrópico, em que a ação do par de genes é responsável pela ocorrência simultânea de diversas características que ativa os dois cromossomos X da fêmea, no caso de haver clonagem.

d) Processo de inativação ao acaso de um dos cromossomos X da fêmea, relacionado a genes que aparecem em heterozigose, resultando em padrão de pelagem diferente, mesmo quando os indivíduos são geneticamente idênticos.

e) Tipo de herança quantitativa, em que os genes possuem efeito aditivo e recebem o nome de poligenes. Assim, em cada gata, haverá um padrão de pelagem diferente, pois só funcionará um cromossomo X por indivíduo.

04. (UEPA) Leia o texto abaixo para responder esta questão.

A música Ebony and Ivory, escrita por Paul McCartney e apresentada em 1982 com Stevie Wonder, trata de um assunto fundamental: a igualdade entre as pessoas, considerando que características como a cor da pele, olhos, cabelos são HERANÇAS GENÉTICAS e, por isso, não podem ser motivo para discriminação.

(Texto Modificado: Bio: Volume único, Sônia Lopes, 2008).

Quanto às palavras em destaque no texto, leia atentamente as afirmativas e identifique as falsas (F) e as verdadeiras (V).

I. Indivíduos heterozigotos do tipo sanguíneo A e B podem ter filhos do tipo sanguíneo O.

II. A Síndrome de Down é uma anomalia correspondente a uma trissomia do cromossomo 22.

III. As crianças que apresentam eritroblastose fetal são descendentes de mãe Rh negativo.

IV. Na polialelia são encontrados mais de dois alelos por locus cromossômico.

V. A trissomia XXY determina a síndrome de Klinefelter.

VI. A hemofilia é uma doença determinada por um gene dominante ligado ao cromossomo X.

A sequência correta é:

a) V, V, F, V, V, F.

b) V, F, V, V, V, F.

c) F, V, F, V, F, V.

d) F, V, V, F, V, F.

e) V, F, V, F, V, V.

05. (UEM) Assinale o que for correto.

01. O esquema abaixo representa alguns passos de uma via metabólica hipotética que determina a cor do fruto de uma planta.

05a

Em vista disso, se uma mutação ocorrer no gene A, inativando-o, o fruto da planta apresentará uma coloração verde.

02. Comparativamente, a pleiotropia constitui-se em um fenômeno inverso à interação gênica. Enquanto que na pleiotropia um par de genes alelos determina o aparecimento de várias características, na interação gênica, dois ou mais pares de genes colaboram, para a elaboração de uma única característica.

04. Algumas alterações numéricas dos cromossomos humanos determinam o aparecimento de determinadas síndromes; por exemplo, a trissomia do cromossomo 13 determina a Síndrome de Edwards e a trissomia do 18, a Síndrome de Patau.

08. Na Drosophila, a cor ebânea do corpo é produzida por um gene recessivo (e) e a cor cinza, pelo seu alelo (E). Se moscas heterozigotas são cruzadas entre si e produzem 3 descendentes, a probabilidade de dois serem de cor ébano e um de cor cinza, sem importar a ordem dos nascimentos, é de 3/64.

16. Considerando-se o heredograma abaixo, onde os indivíduos com uma determinada doença hereditária ligada ao sexo estão assinalados em preto,

05b

a probabilidade de o indivíduo de sexo masculino de número 18 ter essa doença é de 12,5%.

32. A unidade do código genético, o códon, que corresponde a uma sequência de duas bases do DNA, codifica um aminoácido na cadeia polipeptídica.

Soma das alternativas corretas:

06. (UEFS) Em 1934, duas crianças filhas de pais normais, com sinais de retardo mental e que exalavam um odor peculiar, foram encaminhadas para uma consulta com o Dr. Feeling, médico e químico. Usando técnicas de química analítica, o médico identificou, na urina das crianças, uma substância — o ácido fenilpirúvico —, composto que apresenta grande similaridade com a fenilalanina. A presença do ácido fenilpirúvico decorre de um erro metabólico, que envolve uma deficiência na via metabólica, que converte a fenilalanina em tirosina, e o acúmulo daquela substância era a causa do retardo mental. Posteriormente, concluiu-se que se tratava de uma doença hereditária, autossômica e recessiva, que foi chamada de fenilcetonúria. Atualmente, essa doença pode ser detectada em recém-nascidos pelo “Teste do Pezinho”. A associação da doença com a fenilalanina permitiu o controle de sua expressão por meio de uma dieta adequada, o que determina a obrigatoriedade do teste. Com base na análise dos dados, pode-se afirmar:

a) A deficiência afeta o desenvolvimento das crianças porque envolve um nucleotídeo que não é sintetizado pelo organismo humano.

b) A manifestação da doença é consequência da substituição da fenilalanina pela tirosina na síntese da cadeia polipeptídica.

c) O diagnóstico precoce dessa condição genética pode evitar a evolução da doença com uma dieta rica em fenilalanina.

d) A estratégia utilizada pelo médico realizando análises químicas, metabólicas e de parentesco evidenciou a importância dessa parceria na solução de problemas de saúde.

e) A alteração genética associada à fenilcetonúria é primariamente definida no momento da decodificação da informação genética.

07. (UFT) Cromatina sexual é o nome dado ao cromossomo X altamente condensado, formando um pequeno grânulo no núcleo de células somáticas de mamíferos que estão em interfase. Com relação a esse acontecimento nas células de mamíferos, é incorreto afirmar que:

a) Mulheres com síndrome de Turner ou monossomia do cromossomo X não apresentam cromatina sexual.

b) Homens que apresentam mais de um cromossomo X em seu cariótipo não possuem cromatina sexual.

c) Mulheres heterozigóticas para o daltonismo podem apresentar um olho com visão normal e outro com daltonismo em resposta à inativação do cromossomo X.

d) Mulheres heterozigóticas para a hemofilia podem apresentar defeitos de coagulação devido à inativação do cromossomo X portador do alelo normal.

e) Homens com cariótipo normal não apresentam cromatina sexual.

08. (UNIMONTES) Em certas regiões da África, a frequência do gene para anemia falciforme é muito alta. Os indivíduos homozigotos para esse gene apresentam anemia e problemas circulatórios que podem ser fatais. Os heterozigotos ou não têm a doença ou a tem em forma muito branda, que não prejudica a sobrevivência. Além disso, eles são resistentes à malária, doença comum na região. Considerando as informações apresentadas e o assunto relacionado com elas, analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa incorreta.

a) Um casal normal heterozigoto tem 75% de chance de ter filhos normais portadores do alelo para anemia falciforme.

b) A alta frequência do gene nessa região pode ser explicada pela seleção natural.

c) A doença apresentada é um tipo de herança autossômica recessiva.

d) A proteção à malária, causada pela hemácia falciforme, está relacionada ao fato de o seu agente causador ser um parasito intracelular.

09. (UECE) Sabe-se que, na pigmentação da pele em porcos, o gene que determina a cor vermelha é epistático sobre aquele que determina a cor amarela, e que esta (a cor amarela) só se manifesta no caso de um dos dois loci responsáveis pela coloração ser recessivo. A coloração branca representa a ausência de pigmentos e ocorre quando ambos os loci são recessivos. O cruzamento entre dois porcos amarelos e homozigotos para os dois loci envolvidos resultou em F1 porcos vermelhos, os quais cruzados entre si produziram uma F2 na proporção de 9 porcos vermelhos para 6 amarelos para 1 branco (9:6:1). Podemos concluir, corretamente, que o genótipo parental era:

a) AABB x aabb.

b) aaBb x Aabb.

c) AaBb x AaBb.

d) AAbb x aaBB.

10. (VUNESP) A altura de certa espécie de planta é determinada por dois pares de genes A e B e seus respectivos alelos a e b. Os alelos A e B apresentam efeito aditivo e, quando presentes, cada alelo acrescenta, à planta, 0,15m. Verificou-se que plantas desta espécie variam de 1,00m a 1,60m de altura. Cruzando-se plantas AaBB com aabb pode-se prever que, entre os descendentes:

a) 100% terão 1,30m de altura.

b) 75% terão 1,30m e 25% terão 1,45m de altura.

c) 25% terão 1,00m e 75% terão 1,60m de altura.

d) 50% terão 1,15m e 50% terão 1,30m de altura.

e) 25% terão 1,15m, 25% terão 1,30m, 25% terão 1,45m e 25% terão 1,60m de altura.

11. (FUVEST) Em Drosophila melanogaster, os alelos recessivos dumpy e ebony estão em cromossomos não homólogos. Do cruzamento entre indivíduos duplamente heterozigotos, a proporção esperada de indivíduos que apresentam ao mesmo tempo os fenótipos dumpy e ebony é de:

a) 1/2.

b) 1/4.

c) 1/8.

d) 1/16.

e) 1/32.

12. (COVEST) Cruzamento de indivíduos de fenótipo (K) com indivíduos de fenótipo (L), ambos homozigóticos, origina prole heterozigótica, de fenótipo (B). Na descendência F2 de indivíduos de fenótipo (B), a distribuição fenotípica obedece à ilustrada na figura abaixo, onde são observadas duas novas classes fenotípicas (X e Y). Em famílias de seis descendentes, nas quais os pais apresentam o fenótipo (B), qual a probabilidade de nascimento de 1 descendente de fenótipo (X), 1 de fenótipo (Y) e 1 de fenótipo (B)?

12

a) 9/64.

b) 15/512.

c) 9/256.

d) 16/256.

e) 8/128.

13. (UECE) Analise as assertivas abaixo.

I. Em camundongos, quando se cruza um indivíduo preto de genótipo AApp com um branco de genótipo aaPP obtém-se um indivíduo aguti de genótipo AaPp. Cruzando-se os indivíduos heterozigotos de F1, obtém-se uma progênie de 9/16 aguti; 3/16 preto; e 4/16 brancos. Como a proporção fenotípica do diibridismo está alterada, estamos diante de um caso de epistasia dominante.

II. A proporção fenotípica 9/16 preta-curta; 3/16 preta-longa; 3/16 marrom-curta; e 1/16 marrom longa acontece em porquinhos da índia para a cor da pelagem e o tamanho dos pelos. Daí podemos afirmar corretamente que se trata de um caso de segregação independente do tipo diibridismo.

III. Quando se cruza periquitos de plumagem amarela com periquitos de plumagem azul, ambos puros obtêm-se periquitos de plumagem verde. Quando se cruza os periquitos de F1 entre si obtém-se uma F2 com a seguinte proporção fenotípica: 9/16 verdes; 3/16 azuis; 3/16 amarelos; 1/16 brancos. Observa-se que essa proporção é a mesma do diibridismo, porém com classes fenotípicas alteradas para a manifestação, apenas da cor. Portanto, estamos diante de um caso de interação gênica.

São verdadeiras as assertivas:

a) I e II, apenas.

b) I e III, apenas.

c) II e III, apenas.

d) I, II e III.

14. Considere o heredograma a seguir:

14

Utilizando os seus conhecimentos sobre o assunto e considerando o caráter afetado como recessivo, a probabilidade que o casal II.3 x II.4 ter um filho afetado será de:

a) 25%.

b) 75%.

c) 0%.

d) 100%.

15. (UEM) Considere que, em peixes, a presença e a ausência de nadadeira caudal são condicionadas geneticamente. Realizando alguns experimentos de cruzamentos entre peixes, um biólogo observou que, em todos os cruzamentos do tipo normal com o tipo sem nadadeira caudal, nasciam filhotes sem nadadeira caudal e normais, em proporções iguais, e que, nos cruzamentos do tipo sem nadadeira caudal com tipo sem nadadeira caudal, nasciam sempre indivíduos sem nadadeira caudal e normais, na respectiva proporção de 2/3 e 1/3. Com base nesses dados e no seu conhecimento sobre genética, assinale o que for correto.

01. Um peixe normal apresenta genótipo heterozigoto.

02. O caráter sem nadadeira caudal é condicionado por um gene dominante.

04. Ao verificar o número de descendentes de 80 ovos fertilizados provenientes do cruzamento entre um indivíduo sem nadadeira caudal com um indivíduo normal, o biólogo observou o nascimento de 20 filhotes normais.

08. Com relação à ausência ou à presença de nadadeira caudal, esses peixes apresentam os genótipos heterozigoto e homozigoto recessivo.

16. Com base nos resultados dos cruzamentos realizados, o biólogo concluiu que o gene dominante em dose dupla é letal.

Soma das alternativas corretas:

16. (CEFET-MG) Nas células do corpo humano encontram-se genes deletérios (causadores de doenças) que, por serem recessivos, podem não estar se manifestando.

Disponível em: <http://www.biomania.com.br/bio/conteudo.asp?cod=1224&gt;.Acesso em: 09 de abril de 2013

A ocorrência de doenças causadas por tais genes será encontrada com maior frequência em:

a) Grupos de indivíduos miscigenados.

b) Progênie derivada de heterozigotos.

c) Descendentes de endocruzamentos.

d) Filhos de indivíduos homozigotos dominantes.

e) Populações com pequena capacidade reprodutiva.

17. (UPE) A alcaptonúria é uma doença humana causada por um gene autossômico recessivo. Um sintoma da alcaptonúria é o escurecimento da urina, quando exposta ao ar. Uma mulher não hemofílica com alcaptonúria, filha de pai hemofílico, casa-se com homem normal, para ambas as condições, filho de mãe com alcaptonúria. Sabendo-se que a hemofilia é determinada por um gene recessivo ligado ao sexo, assinale a alternativa correta em relação aos descendentes desse casal.

a) Não terão filhas hemofílicas nem filhos com alcaptonúria.

b) A probabilidade do primeiro filho homem do casal apresentar as duas doenças é de 1/8..

c) Uma filha desse casal pode apresentar as duas doenças.

d) A probabilidade de descendentes com alcaptonúria é de 3/4.

e) A probabilidade de descendentes com hemofilia é de 1/2.

18. (IFTM) No Brasil, para a obtenção da Permissão Para Dirigir (PPD) para conduzir legalmente veículos automotores, o interessado deve ser aprovado em um exame de aptidão física e mental, conhecimento da legislação de trânsito, noções de primeiros socorros e exame prático de direção veicular. Indivíduos que apresentarem algum distúrbio da visão, como miopia, durante exame de aptidão física, deverão sempre conduzir o veículo usando lentes corretivas. A miopia é uma herança autossômica recessiva condicionada por um gene recessivo m. Mesmo sendo filha de pais de visão normal, Marta descobriu que é míope em um exame de aptidão física para obter a PPD. Marta é casada com Roberto, de visão normal, cuja mãe é míope. Marta deseja saber qual a probabilidade de ter dois filhos, sendo o primeiro do sexo feminino de visão normal e o segundo, do sexo masculino e míope.

a) 1/4.

b) 1/8.

c) 1/16.

d) 1/32.

e) 3/8.

19. (UFPB) Um estudo envolvendo duas populações buscou estabelecer a relação entre a eficácia de uma nova droga e as frequências alélicas dos Loci A e B nessas populações. Essa nova droga apresentava baixa toxicidade, e sua eficácia é atribuída a um maior tempo de permanência no organismo. As frequências alélicas das populações em estudo eram:

– População 1: 10% A, 90% a, 30% B e 70% b.

– População 2: 50% A, 50% a, 60% B e 40% b.

Sabe-se que os alelos recessivos indicam ausência de função proteica e que a via metabólica de degradação dessa droga é:

19

Com base nos dados, no conhecimento sobre genética e considerando o tratamento das populações com essa droga, é correto afirmar:

a) A população 2 respondeu melhor, pois a maioria dos indivíduos é homozigoto dominante para os dois Loci em estudo.

b) A população 1 respondeu melhor, pois os homozigotos recessivos estão em maior frequência nessa população.

c) A população 2 respondeu melhor, pois os heterozigotos se apresentam em menor número nessa população.

d) As populações 1 e 2 apresentaram respostas similares.

e) As frequências alélicas nas populações 1 e 2 não apresentam relação com a droga.

20. (UFPB) Na espécie humana, o daltonismo é condicionado por um alelo recessivo ligado ao cromossomo X. Considerando que um casal de visão normal, cuja mulher é filha de pais normais, teve uma criança daltônica, identifique a(s) proposição(ões) verdadeira(s):

I   II

0  0 – A criança é do sexo feminino.

1  1 – A mulher é heterozigota para o caráter em questão.

2  2 – A mulher recebeu o gene para o daltonismo de sua mãe.

3  3 – A probabilidade do casal vir a ter uma segunda criança do sexo masculino e daltônica é 1/4.

4  4 –  A probabilidade de o casal vir a ter uma segunda criança do sexo feminino e daltônica é 1/2.

gab

Anúncios

Responses

  1. Professor, me explique a primeira questão por favor!

    • Aline
      Veja, abaixo, a resolução da questão que você solicitou.
      ALTERNATIAVA CORRETA: E (“20% e 5%.”).
      JUSTIFICATIVA
      – X: distância entre A e B.
      – Y: distância entre B e C.
      – X = 20%, valor constante na tabela. Ver, na referida tabela, taxa de permutação experimental entre B e A.
      – Y = 5%, ver explicação a seguir:
      * Distância A-B = 20% (ver acima).
      * Distância A-C = 15%, como consta na tabela. Assim sendo, C está entre A e B.
      – Do exposto, pode-se concluir, sem grandes dificuldades, que Y (distância entre B e C) é igual a 5% [diferença entre 20% (distância A-B) e 15% (distância A-C)].
      Djalma Santos

  2. Não consigo encontrar a resposta da questão 12, poderia orientar-me

    • Veja, a seguir, a resolução da questão que você solicitou.
      ALTERNATIVA CORRETA: A (“9/64.”)
      Descendência F2, ilustrada no gráfico.
      – Indivíduos K = 1/16.
      * Um indivíduo K = 1/16.
      – Indivíduos X = 4/16.
      * UM INDIVÍDUO X = 1/4.
      – Indivíduos B = 6/16.
      * UM INDIVÍDUO B = 3/8.
      – Indivíduos Y = 4/16.
      * UM INDIVÍDUO Y = 1/4.
      – Indivíduos L = 1/16.
      * Um indivíduos L = 1/16
      – Probabilidade de em 6 descendentes, 1 ter fenótipo X (1/4), 1 ter fenótipo Y (1/4) e um ter fenótipo B (3/8) será: 1/4 (fenótipo X) x 1/4 (fenótipo Y) x 3/8 (fenótipo B) x 6 (número de descendentes) = 1/4 x 1/4 x 3/8 x 6 = 18/128 = 9/64 (ALTERNATIVA A).
      Djalma Santos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: