Publicado por: Djalma Santos | 24 de junho de 2016

TESTES DE ECOLOGIA (V)

01. (IFG) O gráfico abaixo mostra o crescimento de uma população em relação a um determinado tempo.

01

A respeito do gráfico, é correto afirmar que:

a) A curva I representa o potencial biótico desta população.

b) A curva I representa o crescimento real de uma população em equilíbrio.

c) A curva I representa a resistência do meio.

d) A curva II representa o potencial biótico desta população.

e) A área rachurada (A) representa o potencial biótico desta população.

02. (UEM) Considerando as interações existentes entre o homem e os demais seres vivos, e entre todos e o ambiente, assinale o que for correto.

01. Os glicídios e os lipídios são nutrientes de origem orgânica, vegetal ou animal, cuja principal função é fornecer energia às células que compõem o corpo dos organismos que deles se nutrem.

02. Por equilíbrio biológico (ecológico) pode-se compreender a situação de estabilidade dos seres vivos entre si e com o ambiente.

04. Representantes dos vírus, das bactérias, dos fungos e dos insetos são alguns dos organismos que podem comprometer a produtividade das plantas cultivadas e causar prejuízos à pecuária. Os seres que assim procedem competem com os humanos no acesso aos alimentos.

08. Entre as diversas regiões do território brasileiro, a do Sul é a mais afetada pela malária.

16. A soma dos fatores que impede uma população de se desenvolver indefinidamente é denominada de resistência ambiental. Fazem parte desses fatores, entre outros, os predadores, os parasitas, os competidores e as condições climáticas.

32. No intestino grosso do homem, ocorrem bactérias que estabelecem relações harmônicas, em especial a Escherichia coli, e que têm grande importância para a saúde do homem. Entre os benefícios, estão a produção da vitamina K e de algumas vitaminas do complexo B.

64. Nas interações estabelecidas entre o verme Wuchereria bancrofti, o homem e o mosquito do gênero Culex, ocorrem o parasitismo e o mutualismo obrigatório.

Soma das alternativas corretas:

03. (UEFS) O Brasil já dá sinais claros de que a desertificação vem se acentuando a passos largos […] Embora haja poucos dados atualizados sobre as regiões já afetadas pela desertificação no país, sabe-se que redução drástica da produção agrícola e de renda, migração e perda da biodiversidade são as principais consequências de um processo que ameaça 31,6 milhões de brasileiros. — quase um sexto da população do país.

(FRAGA, 2011, p. 23)

Eu molho, molho, mas não adianta”, reclamou o agricultor apontando para uma área de terra seca e sem vida, em conversa com o pesquisador em trabalho de campo.

Em princípio associada a condições climáticas da região, “a terra seca e sem vida”, apontada pelo agricultor, pode ser corretamente associada a:

a) Perda da fertilidade do solo pela sua incapacidade de reter os nutrientes orgânicos, causando um déficit alimentar às culturas.

b) Utilização incorreta da irrigação em ambientes muito secos, deixando os solos com uma concentração elevada de sais, caracterizando o fenômeno da salinização.

c) Cultivos em grandes extensões de terras submetidas à prática da agricultura familiar, que esgota o adubo orgânico, impossibilitando a formação do húmus.

d) Prática agrícola planejada com grande espaçamento de tempo, entre as culturas, o que inviabiliza a recuperação do solo.

e) Plantio para reflorestamento de áreas degradadas de florestas, com grande número de pequenas mudas, que esgotam os mananciais do subsolo.

04. (UNIRIO) As pirâmides ecológicas podem ser de números, de biomassa ou de energia.

04

Observando as pirâmides simplificadas representadas acima, podemos concluir que:

a) As três formas podem representar qualquer tipo de pirâmide, dependendo apenas das populações consideradas.

b) Somente a pirâmide I pode ser de energia porque levando em conta o tempo, sua forma não pode se apresentar invertida.

c) A pirâmide II não pode ser de biomassa porque ocorre grande perda na transferência de um nível trófico para outro.

d) A pirâmide III poderia ser uma pirâmide de números cujos níveis tróficos seriam grama / zebras / carrapatos.

e) O nível trófico correspondente aos produtores é representado pelo retângulo de maior área, em quaisquer das três pirâmides.

05. (UFSC) A pirâmide de números abaixo representada diz respeito à estrutura trófica de um determinado ecossistema:

05

Assinale a sequência correta de organismos que corresponde à sequência crescente de algarismos romanos da pirâmide:

a) Gramíneas, sapos, gafanhotos, gaviões, cobras.

b) Gaviões, cobras, sapos, gafanhotos, gra­míneas.

c) Gaviões, gafanhotos, gramíneas, sapos, cobras.

d) Gramíneas, gafanhotos, sapos, cobras, ga­viões.

e) Gramíneas, gafanhotos, gaviões, cobras, sapos.

06. (UFPel) Quando falamos em pampa, logo pensamos num campo repleto de gramíneas e gado. Mas será apenas isso? Recentemente, pesquisadores da UFRGS descobriram no bioma gaúcho uma biodiversidade muito maior do que se supunha. Segundo o pesquisador coordenador do estudo, nos últimos anos, foram encontradas espécies de répteis e anfíbios ainda desconhecidas pela ciência. A existência de novas espécies animais nos pampas não é surpresa. Afinal, o bioma contém grandes vazios de amostragem. O trabalho começou em 2007 e, desde então, pelo menos quatro novas espécies foram descobertas: uma coral-verdadeira (Micrurus silviae), além de outra serpente e mais dois lagartos, esses três últimos ainda em processo de descrição.

ttp://cienciahoje.uol.com.br/noticias/2010/12/novas-especies-nospampas [adapt.]

Com base em seus conhecimentos e no texto, é correto afirmar que as quatro novas espécies descobertas no bioma pampa são:

a) Anfíbios, animais endotérmicos (homeotérmicos), ou seja, que mantêm a temperatura corporal por meio do calor gerado por seu próprio metabolismo.

b) Anfíbios, animais que apresentam uma epiderme espessa constituída de queratina, formando placas tipos escamas.

c) Mamíferos, animais endotérmicos (pecilotérmicos), ou seja, que mantêm a temperatura corporal por meio do calor gerado por seu próprio metabolismo.

d) Répteis, animais que apresentam desenvolvimento indireto, ou seja, com uma fase larval aquática e uma fase adulta terrestre.

e) Répteis, animais ectotérmicos (pecilotérmicos), ou seja, que regulam a temperatura do corpo por meio de adaptações comportamentais.

07. (UENP) No filme O REI LEÃO, Simba e seu pai Mufasa têm uma conversa sobre o sistema em que estão inseridos: “tudo o que você vê faz parte de um delicado equilíbrio e, como rei, você tem que entender como ele funciona e respeitar todos os animais, desde a formiguinha até o maior dos antílopes… quando você morre seu corpo se transforma em grama e o antílope come ela, e assim estamos todos ligados no grande ciclo da vida”.

(Walt Disney)

Quais os conceitos de ecologia que podemos apontar nessa conversa?

a) Fluxo de energia, sucessão ecológica e cadeia alimentar.

b) Cadeia alimentar, população e ecossistema.

c) População, comunidade e ecossistema.

d) Ecossistema, cadeia alimentar e ciclos biogeoquímicos.

e) Nicho ecológico, comunidade e cadeia alimentar.

08. (UFPB) Nos últimos anos, observa-se um aumento significativo na temperatura do planeta, o que pode levar a drásticas mudanças ambientais, como a perda de diversidade biológica. Uma das espécies que tem, durante seu desenvolvimento, dependência da temperatura ambiental é a mariposa Bicyclus anynana que apresenta no verão uma morfologia diferente da morfologia de inverno. Uma variação de temperatura de apenas 40oC é suficiente para que ocorra modificação morfológica na prole. Considerando o aumento crescente da temperatura do planeta e o seu efeito no desenvolvimento da mariposa Bicyclus anynana, é correto afirmar que essas mudanças ambientais:

a) Vão levar à extinção dessa espécie.

b) Não podem influenciar no desenvolvimento dessa espécie, pois esses tipos morfológicos, de inverno e de verão, já passaram por seleção natural.

c) Vão levar ao não desenvolvimento dessa espécie em uma das estações do ano.

d) Causam mutações no DNA das mariposas em cada geração, sendo essas mutações responsáveis pelas modificações dos tipos morfológicos entre as estações.

e) Podem levar à extinção de um desses tipos morfológicos.

09. (IFBA) Uma missão da NASA descobriu uma enorme quantidade de fitoplâncton no lugar menos esperado: debaixo do gelo do Ártico, segundo um estudo publicado esta quinta-feira pela revista Science. Uma equipe da NASA foi enviada ao mar de Chukchi, litoral do Alasca, noroeste do continente americano, onde encontrou uma biomassa de fitoplâncton que se estende por 100 km na plataforma de gelo, informou o chefe da missão.

Disponível em:http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI5822762-EI8147,00-Nasa+descobre+fitoplancton+em+lugar+impossivel.html.Acesso em: 07 de junho de 2012.

Sobre o fitoplâncton foram feitas as seguintes afirmações:

I. São algas, em sua maioria unicelulares, vitais para a cadeia alimentar dos ambientes aquáticos.

II. Alimenta-se de organismos produtores de origem animal que fazem parte do zooplâncton.

III. O excesso desses organismos com a eventual liberação de toxinas pode comprometer a qualidade da água para consumo humano.

Deve-se concluir que:

a) Todas as afirmações estão corretas.

b) Somente a I e III estão corretas.

c) Somente a II é correta.

d) Somente a III é correta.

e) Somente II e III estão corretas.

10. (UFRR) Corresponde à quantidade de matéria orgânica acumulada pelas plantas de um determinado ecossistema em certo intervalo de tempo e por determinada área ou volume.

a) Produtividade secundária.

b) Produtividade primária líquida (PPL).

c) Produtividade primária bruta (PPB)

d) Pirâmide de energia.

e) Pirâmide de biomassa.

11. (PUC-CAMPINAS) Leia o texto abaixo para responder esta questão.

O etanol produzido a partir do sorgo vem suprir uma lacuna na plantação de cana em que a colheita acontece entre abril e novembro. A falta de etanol entre dezembro e março, eleva o preço na entressafra e afasta o consumido que possui carros tipo flex desse combustível. De período curto de crescimento, no máximo em 120 dias, ele é plantado e colhido. O sorgo é uma cultura que pode ser semeada justamente entre novembro ou dezembro, ocupando áreas de renovação da terra na plantação de cana ou na constituição de novas lavouras. Outra vantagem para o sorgo é que o caldo extraído de seus colmos se adapta bem ao processo industrial das usinas de cana onde o etanol é produzido.

(Revista Pesquisaq FAPESP. n. 194, 2012. p. 63)

Um dos aspectos do cultivo do sorgo que merece atenção dos produtores é a ocorrência de pragas, como alguns insetos que atacam suas folhas; assim, como em várias outras culturas, uma das alternativas é o uso de controle biológico, cujo sucesso depende do conhecimento:

a) Das relações interespecíficas da praga.

b) Do hábitat da planta hospedeira.

c) Da taxonomia da planta e do inseto.

d) Da pirâmide de energia do parasita.

e) Dos simbiontes da planta hospedeira.

12. (UEFS) Colonizando as margens e invadindo os continentes, as plantas evoluem transformando os solitários espaços terrestres em palcos de permanentes espetáculos, dos quais somente os homens podem ser verdadeiros expectadores. Nesse contexto evolutivo, o surgimento das plantas vasculares foi um marco decisivo na história evolutiva da vida, com profundas repercussões sobre a Biosfera. Com inovações favoráveis à sua evolução, surgem as plantas angiospermas, que, rapidamente, se diversificam e colonizam novas áreas. Essa diversificação imprime significativas transformações na performance dos ecossistemas, entre outros aspectos, porque:

a) Definiu o progressivo aumento no tamanho das populações naturais, favorecendo a manutenção mais harmônica de uma convivência entre as espécies.

b) Propiciou a diversificação de nichos ecológicos, favorecendo a evolução da vida animal.

c) Contextualizou a estruturação dos ecossistemas em macroambientes homogêneos, ampliando a diversificação dos habitats disponíveis.

d) Assegurou a sustentabilidade das cadeias alimentares com um número ilimitado de níveis tróficos.

e) Aumentou a produtividade primária da Biosfera, possibilitando a reciclagem da energia.

13. (UFJF) Os insetos herbívoros podem levar a grandes perdas econômicas na agricultura. Para combatê-los, foram desenvolvidos vários tipos de inseticidas. Entretanto, essas substâncias podem ter um efeito desastroso sobre o meio ambiente, contaminando a água, o solo e levando à morte outros animais que não atuam como pragas nas lavouras. O uso indiscriminado de inseticidas pode ter até mesmo um efeito contrário do que se deseja ao causar o desaparecimento de predadores naturais dos insetos-praga. Como alternativa ao uso de inseticidas, é proposta outra forma de controle baseada nas relações tróficas entre os organismos: o controle biológico. O controle biológico é mais adequado que o uso de inseticidas no combate a um inseto-praga porque:

a) Prejudica apenas os predadores naturais do inseto-praga.

b) Evita o acúmulo de substâncias tóxicas nos níveis tróficos superiores.

c) Mata as plantas afetadas pela praga.

d) Promove resistência da planta ao inseto-praga.

e) Provoca a morte dos insetos polinizadores.

14. (UFGD) Recentemente, o corte de uma velha figueira na cidade de Dourados gerou bastante polêmica, como observado na publicação do Jornal Douradosnews, em 26/09/2011:

“Com autorização do Conselho do Meio Ambiente, uma árvore da espécie Figueira começou a ser cortada domingo (25) em Dourados. Uma manifestação de estudantes e ambientalistas interrompeu os trabalhos e a árvore ainda resiste”.

(Disponível em: <www.douranews.com.br>. Acesso em: nov. 2011).

Os manifestantes alegam que, além de ser centenária e patrimônio da cidade, a figueira abriga uma grande diversidade de organismos como epífitas, ninhos de passarinhos, trepadeiras, pequenos roedores, insetos, além de fungos e bactérias. Essa árvore representa, em termos de ecologia:

a) População.

b) Espécie.

c) Nicho ecológico.

d) Comunidade.

e) Biótopo.

15. (UFRN) “Por se alimentar de matéria orgânica (fezes e carcaças de animais), os besouros escarabeíneos, conhecidos como rola-bosta, participam diretamente do processo de ciclagem de nutrientes, ou seja, promovem o reingresso de elementos químicos presentes em materiais em decomposição na cadeia alimentar do ecossistema. Em uma comunidade, eles podem ser classificados em três grupos de acordo com o tipo de comportamento e a função desempenhada: rodadores (movem a matéria orgânica na superfície), tuneleiros (cavam túneis e transportam o alimento para dentro do solo) e residentes (depositam ovos no bolo de matéria orgânica e não participam do deslocamento do alimento).”

Disponível em: <http://cienciahoje.uol.com.br/noticias/ 2012/09/efeito-domino>. Acesso em 03 ago. 2012.

Considerando o enunciado, é correto afirmar:

a) Os besouros escarabeíneos ocupam nichos diferentes no ecossistema, atuando como produtores, consumidores e decompositores.

b) A redução de besouros tuneleiros pode ocasionar diminuição da incorporação de matéria orgânica pelo solo.

c) O transporte da matéria orgânica no solo, feito pelos grupos de tuneleiros e residentes, é indispensável para o equilíbrio do ecossistema.

d) Na ciclagem de nutrientes presentes na matéria orgânica, a fixação do carbono é efetivada pelo besouro “rola-bosta”.

16. (PUC-PR) Considere o texto a seguir para responder esta questão

Armadilhas biológicas

Sinalizadores químicos que servem de comunicação entre indivíduos da mesma espécie, os feromônios são usados pelos insetos na atração de parceiros para o acasalamento, demarcação de território ou mesmo como alerta em situação de perigo. Quando sintetizados, podem ser aplicados em armadilhas no campo para capturar insetos com diferentes objetivos, como identificação, monitoramento populacional ou ainda controle populacional. No Brasil, seu uso ainda é restrito a poucas culturas, como maçã, café, citros e cana-de-açúcar, mas o potencial de aplicação tende a se ampliar, como mostram resultados obtidos em pesquisa conduzida na Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, de Brasília, que levaram à síntese química do feromônio sexual do percevejo-marrom (Euschistus heros), considerado a principal praga das lavouras de soja. Testada experimentalmente em campo, a tecnologia foi transferida para a empresa Isca Tecnologia, de Ijuí, no Rio Grande do Sul, que está na fase de experimentos em grande escala no campo.

Fonte: http://revistapesquisa.fapesp.br/2011/11/11/armadilhasbiologicas/. Acesso em 02/06/12.

Uma das alternativas para substituir o uso de inseticidas na agricultura é o controle biológico, como no caso da utilização de feromônios que servem de armadilhas para percevejos. Com base no texto e no seu conhecimento sobre controle biológico de pragas, é correto afirmar:

a) Outro exemplo de controle de pragas é a utilização do baculovírus, que afeta a lagarta da soja causando infecções e morte. O problema é que, por ser um vírus, as suas células são de difícil cultivo em laboratório. E o manejo por parte do agricultor é complexo exigindo grande tecnologia.

b) Sinalizadores químicos que servem de comunicação entre indivíduos da mesma espécie, os feromônios são usados pelos insetos na atração de parceiros para o acasalamento. Feromônios são substâncias exclusivas dos insetos, de ação interespecífica.

c) A lavoura da soja é muito afetada por percevejos. O ataque desse inseto provoca grandes prejuízos econômicos. A soja transgênica resolve parte desse problema, uma vez que essa planta imite feromônios que inibem a ação dos insetos.

d) O controle natural de pragas é aplicado em praticamente todas as lavouras do Brasil. Plantações que utilizam essa técnica recebem o título de “orgânicos”. Esses vegetais são mais aceitos pela comunidade por não apresentarem elemento inorgânico em sua constituição.

e) A síntese química do feromônio sexual do percevejo-marrom (Euschistus heros) é um exemplo de controle natural de pragas. Uma grande vantagem para o meio ambiente é a redução do uso de defensivos agrícolas, que podem afetar inúmeras cadeias alimentares.

17. (UEM) O “escargot”, Achatina fulica, originário do leste da África, foi introduzido no Brasil e tornou-se uma praga na agricultura, além de atuar como hospedeiro intermediário no ciclo da angiostrongilíase, grave doença que afeta o sistema nervoso central humano. Com base nos conhecimentos sobre a introdução de espécies exóticas, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. A espécie Achatina fulica teve sua disseminação facilitada por apresentar elevada plasticidade fenotípica.

02. A melhor forma de controlar a disseminação de Achatina fulica é a catação manual das fêmeas, as quais poderiam ser consumidas pela população de baixa renda, que teriam, assim, uma fonte proteica sem custos.

04. A introdução de espécies exóticas pode levar à extinção de espécies nativas.

08. A ausência de predadores e a alta taxa reprodutiva das espécies exóticas contribuem para o seu sucesso nos ambientes invadidos.

16. Controle biológico se refere ao controle de pragas na agricultura pela introdução de insetos estéreis.

Soma das alternativas corretas:

18. (IFMT) “Nos restaurantes brasileiros, encontrar um gafanhoto no prato certamente seria motivo de escândalo, mas um cientista holandês ligado à Organização das Nações Unidas (ONU) afirma que chegou a hora de ver os insetos como fonte de proteína, capaz de ajudar a acabar com a fome no mundo. […]

Para o cientista, os insetos poderiam inclusive ajudar a resolver a crise mundial de alimentos. Enquanto um boi, por exemplo, necessita de 10 quilos de comida para cada quilo de carne que produz, os insetos geram a mesma quantidade de proteína comendo sete vezes menos.

(Trecho transcrito de reportagem veiculada no programa de televisão Fantástico, em 3 abr. 2011.)

Com relação à temática envolvida no excerto acima, marque a alternativa correta.

a) Se o inseto servir de alimento para o ser humano, podemos considerar que, nessa cadeia alimentar, os humanos desempenham o papel de consumidores primários.

b) Tomando por verdade o segundo parágrafo, podemos dizer que os gafanhotos apresentam aproveitamento energético pior que os bois.

c) A alimentação com insetos é inviável, pela extrema limitação que a classe Insecta tem em ocupar os diversos habitats da Terra.

d) Pode ocorrer impacto ambiental prejudicial com a produção comercial de insetos, pela possibilidade de introdução de novas espécies em nichos selvagens.

e) Os insetos não sintetizam proteína, apenas carboidratos, portanto não podem servir como fonte alimentar para os humanos.

19. (COVEST) O uso de agrotóxicos na lavoura tem por objetivo evitar algumas pragas agrícolas, que causam grandes prejuízos econômicos. Contudo, esse uso afeta também populações naturais de insetos e organismos, os quais muitas vezes poderiam realizar o controle natural das pragas. Considerando o efeito dos agrotóxicos nas populações de insetos e nas suas relações ecológicas, observe o gráfico abaixo e analise as afirmações a seguir.

19

I   II

0  0 – A herbivoria dos insetos A e B transfere energia dos produtores para os demais níveis tróficos da cadeia alimentar.

1  1 – O uso do agrotóxico 1 diminuiu a população de insetos pragas, enquanto que os insetos A mostraram-se resistentes.

2  2 – A população de insetos A estabelece entre si uma relação ecológica de sociedade, caracterizada por organismos iguais geneticamente.

3  3 – A população de insetos A competiu com os insetos pragas, produzindo o controle biológico daqueles que sobreviveram ao agrotóxico 1.

4  4 – Os insetos pragas não são susceptíveis ao agrotóxico 2 e possuem uma relação ecológica negativa com a população de insetos A.

20. (PUC-RJ) Observe a figura a seguir:

20

Fonte:http://www.motivofaz.com.br/arquivos/imagens/ufpe_2_fase/domingo/Portugues/portugues2.gif

A ação de Chico Bento indica a importância do reflorestamento porque as plantas em crescimento:

a) Absorvem oxigênio, promovendo a diminuição da temperatura ambiente.

b) Eliminam metano, contribuindo para a diminuição do efeito estufa.

c) Fixam carbono atmosférico na matéria orgânica, formando biomassa.

d) Liberam ozônio, levando à diminuição do buraco da camada de ozônio.

e) Oxidam nitrogênio atmosférico, impedindo a formação de chuvas ácidas.

gab


Responses

  1. Esse site é uma preciosidade. !!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: