Publicado por: Djalma Santos | 14 de julho de 2016

TESTES DE HISTOLOGIA VEGETAL (1)

01. (UFRS) Em pesquisas desenvolvidas com eucalipto, constatou-se que a partir das gemas de um único ramo pode-se gerar cerca de 200 000 novas plantas, em aproximadamente 200 dias, enquanto os métodos tradicionais permitem a obtenção de apenas cerca de cem mudas a partir de um mesmo ramo. A cultura de tecidos é feita a partir de:

a) Células da epiderme.

b) Células meristemáticas.

c) Células do súber.

d) Células do esclerênquima.

e) Células do colênquima.

02. (UNINASSAU) Nem sempre determinadas atitudes bem intencionadas, visando a um comportamento “ecologicamente correto” são, de fato, positivas. Um dos exemplos disso foi a introdução da jaqueira (Artocarpus integrifolia) em nosso país pelos portugueses, provocando problemas ambientais significativos em certas regiões do país. Uma das técnicas para retirada de espécies de plantas invasoras do meio é o anelamento ou anel de Malpighi. Essa técnica consiste em:

02

a) Retirada da periderme da planta com intenção de impedir a passagem da seiva elaborada em direção à raiz.

b) Retirada dos vasos lenhosos com a intenção de impedir a passagem da seiva bruta em direção às folhas.

c) Retirada dos vasos liberianos com intenção de impedir a passagem da seiva elaborada em direção à raiz..

d) Retirada do periciclo com intenção de impedir a passagem da seiva bruta em direção às folhas.

e) Retirada da endoderme com intenção de impedir a passagem

03. (UEPG) Sobre histologia vegetal, assinale o que for correto com relação ao nome da estrutura e sua respectiva função.

01. Epiderme e o súber – tecidos que fornecem sustentação e são responsáveis pela captação de uma grande quantidade de água no caule.

02. Procâmbio – dá origem aos tecidos condutores de seiva, localizados no interior da raiz e do caule.

04. Meristema fundamental – produz os demais tecidos da planta, responsáveis pela sustentação, pela fotossíntese, pelo armazenamento, entre outros.

08. Protoderme – origina a epiderme, tecido protetor que reveste o vegetal.

Soma das alternativas corretas:

04. (UNISA) Associe os tecidos vegetais da coluna nume­rada às suas principais funções na planta e assinale a alternativa correta:

I. Floema

II. Colênquima

III. Periderme

IV. Epiderme

V. Parênquima

A. Revestimento

B. Condução de material pro­veniente do metabolismo

C. Sustentação

D. Fotossíntese

E. Absorção de água e sais

a) I – B; II – C; III – D; IV – A; V – E.

b) I – B; II – A; III – A; IV – E; V – C.

c) I – D; II – C; III – E; IV – C; V – B.

d) I – B; II – A; III – D; IV – A; V – C.

e) I – B; II – C; III – A; IV – A; V – D.

05. (PUC-PR) O desenvolvimento de plantas apresenta um notável grau de plasticidade, o que, em grande parte, pode ser atribuído a tecidos especializados chamados de meristemas (ESAU, 1965; GIFFORD & FOSTER, 1987). Em um sentido amplo, meristema pode ser definido como um grupo de células que retém a capacidade de proliferar e cujo destino final permanece indeterminado. Diversos tipos de meristemas, que podem ser distinguidos com base em sua posição na planta, contribuem para o desenvolvimento vegetativo das plantas. (TAIZ, L & ZEIGER, E. p. 468).

A partir da diferenciação dos meristemas, todos os demais tecidos vegetais serão formados: tecidos de revestimento, condução, sustentação e preenchimento. Sobre os tecidos vegetais, marque a alternativa correta.

a) O esclerênquima é formado por células vivas com paredes lignificadas; é encarregado de sustentação e flexibilidade.

b) O floema é um tecido de condução formado por células mortas lignificadas; é responsável pelo transporte de seiva bruta.

c) O xilema é um tecido de sustentação formado por células vivas; é responsável pela condução de seiva elaborada.

d) Os primeiros tecidos que aparecem nos vegetais são os tecidos condutores, que originam os demais tecidos. Os tecidos condutores têm capacidade de divisão permanente de suas células.

e) O colênquima é um tecido formado por células vivas, com paredes celulósicas, permeáveis, que confere sustentação e flexibilidade.

06. (UECE) Considere duas plantas da mesma espécie: uma delas em um ambiente bem iluminado, com pequena disponibilidade de água no solo e a outra colocada em um ambiente escuro, com bastante água disponível. Nessas condições, o comportamento dos estômatos será:

a) Fechar nas duas situações.

b) Abrir nas plantas bem iluminadas e fechar nas plantas submetidas à escuridão.

c) Fechar nas plantas bem iluminadas e abrir nas plantas submetidas à escuridão.

d) Abrir nas duas situações.

07. (UFV) Observe a imagem abaixo, que representa o tronco de uma árvore, com as indicações.

07

(Disponível em: http://bio1152.nicerweb.com/Locked/media/ch35/trunk.html.

Acesso em: 20 ago. 2012.)

Assinale a opção correta:

a) O número 2 representa o floema secundário, que conduz fotoassimilados.

b) O número 3 representa o alburno, que é o floema secundário funcional.

c) O número 1 representa o cerne, que é o xilema secundário não funcional.

d) O número 4 representa a periderme, que é o tecido de reserva do tronco.

08. (CEFET-MG) O xilema e um tecido vegetal classicamente relacionado ao transporte ascendente de seiva bruta (rica em agua e sais minerais). Devido a presença de lignina nas paredes secundarias de suas células, outra função desse tecido e a(o):

a) Defesa.

b) Regeneração.

c) Cicatrização.

d) Sustentação.

e) Revestimento.

09. (PUC-GO) O derretimento do gelo, em diferentes regiões do mundo, e apontado por vários estudiosos como uma consequência do efeito estufa. Um dos gases de efeito estufa é o CO2, cuja concentração, devido à ação humana, tem aumentado na atmosfera. As plantas, ao contrário, fixam o CO2, por meio da fotossíntese, contribuindo para a redução no teor desse gás atmosférico. Dentre as alternativas abaixo, aponte aquela cuja estrutura esteja relacionada com as trocas gasosas realizadas com o meio ambiente:

a) Xilema.

b) Colênquima.

c) Parênquima.

d) Estômatos.

10. (UDESC) Analise as proposições abaixo em relação aos estômatos da planta.

I. Os estômatos estão localizados, principalmente, na epiderme inferior das folhas e são constituídos por duas células clorofiladas em forma de rim ou feijão, que são chamadas de células-guarda.

II. Os fatores que estimulam a abertura e o fechamento dos estômatos são a luz, a concentração de gás carbônico, a concentração de íons e o grau de hidratação da planta.

III. A absorção de água pelas células-guarda do estômato altera a sua forma e faz com que o espaço entre elas, chamado de ostíolo, se feche.

IV. Os estômatos permitem a transpiração da planta e também a troca de gases com a atmosfera.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas II e IV são verdadeiras.

b) Somente as afirmativas I, II e III são verdadeiras.

c) Somente as afirmativas I, II e IV são verdadeiras.

d) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras.

e) Somente as afirmativas III e IV são verdadeiras.

11. (UEA) Alporquia é um método botânico utilizado para formação de raízes em um ramo de uma planta adulta. Para tal procedimento, é retirado um anel da casca do ramo vegetal e um saco plástico com musgo é amarrado sobre o tecido exposto, conforme ilustra a figura abaixo.

11

Após a formação das raízes, o ramo é cortado na base e plantado em um local definitivo. Nesse processo, a formação de raízes, a partir do galho, é possível, pois:

a) Os tecidos das gemas laterais do caule são os mesmos das raízes.

b) As células envolvidas são constituintes de meristemas primários.

c) Os tecidos vegetais não atingem o estado diferenciado adulto.

d) As células vegetais do caule sofrem diferenciação a qualquer momento.

e) Os tecidos vegetais retornam à condição meristemática.

12. (UNISC) Relacione os tecidos vegetais com sua respectiva função.

1. Floema.

2. Colênquima.

3. Meristema.

4. Esclerênquima.

5. Xilema.

(  ) Formado por células de natureza ainda indiferenciada que se destinam a formar todos os demais tecidos das plantas.

(  ) Tecido de sustentação formado por células com formato de fibra, porém curtas e ainda vivas. Os feixes desse tecido são superficiais, fornecendo pequena rigidez que não impede a flexibilidade de caules finos.

(  ) Transporte de água das raízes para os caules e as folhas.

(  ) As células deste tecido fornecem suporte rígido após morrerem.

(  ) Transloca carboidratos e outros nutrientes.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

a) 3 – 4 – 1 – 2 – 5.

b) 4 – 3 – 1 – 2 – 5.

c) 3 – 2 – 5 – 4 – 1.

d) 1 – 2 – 3 – 4 – 5.

e) 5 – 4 – 3 – 2 – 1.

13. (PUC-MG) O súber é um tecido secundário constituído por células maduras mortas com paredes infiltradas por suberina, material ceroso ou gorduroso que são resistentes à passagem de gases e vapor d’água. Após a leitura da passagem acima, marque a afirmativa incorreta sobre o súber.

a) O súber é um tecido que atua como isolante térmico e na proteção contra choques mecânicos.

b) O súber de determinadas espécies de plantas são utilizados comercialmente como cortiça.

c) O súber é constituído do parênquima cortical com função de reserva e de preenchimento geral do córtex vegetal.

d) O tecido formador do súber é o felogênio, também denominado de câmbio da casca.

14. (IFSudeste-Mg) Considere as seguintes funções dos tecidos vegetais:

I. Sustentação

II. Realização de fotossíntese ou armazenamento

III. Condução de substâncias

IV. Crescimento em comprimento

Assinale a alternativa que contém os tecidos vegetais correspondentes às funções indicadas nos itens I, II, III e IV, respectivamente.

a) Colênquima, meristema secundário, xilema e floema.

b) Esclerênquima, floema, meristema primário e parênquima.

c) Esclerênquima, parênquima, floema e meristema primário.

d) Xilema, colênquima, meristema primário e floema.

e) Colênquima, parênquima, esclerênquima e meristema primário.

15(UFPB) Os estômatos são células modificadas da epiderme responsáveis pelas trocas gasosas entre a planta e o ambiente. Essas trocas se dão através do ostíolo, que tem seus movimentos de abertura ou fechamento provocados, entre outros fatores, pela concentração de água e de íons K+, no citoplasma das células-guardas, concentração de CO2 e O2, na câmara subestomática, e pela intensidade luminosa. Com relação à influência desses fatores na abertura ou fechamento dos ostíolos, é correto afirmar que a:

a) Alta intensidade luminosa promove o fechamento.

b) Alta concentração de CO2, na câmara subestomática, promove a abertura.

c) Baixa concentração de O2, na câmara subestomática, promove o fechamento.

d) Alta concentração de K+, no citoplasma das células-guardas, promove o fechamento.

e) Baixa concentração de água, no citoplasma das células-guardas, promove a abertura.

16. (UFRGS) A planta denominada erva-de-passarinho é uma hemiparasita. Nesse caso, o tecido vegetal da árvore hospedeira, onde os elementos nutritivos são absorvidos, é o:

a) Colênquima.

b) Floema.

c) Esclerênquima.

d) Parênquima.

e) Xilema.

17. (PUC-RIO) As plantas, assim como os animais, apresentam órgãos compostos de diferentes tecidos, e esses tecidos apresentam diferentes funções: revestimento; assimilação e reserva; sustentação; condução. Os tecidos que desempenham essas funções são, respectivamente:

a) Epiderme, parênquima, floema, esclerênquima.

b) Colênquima, epiderme, xilema, parênquima.

c) Epiderme, esclerênquima, xilema, parênquima.

d) Epiderme, parênquima, esclerênquima, floema.

e) Parênquima, colênquima, floema, esclerênquima.

18. (PUC-CAMPINAS) Os cactos são considerados plantas suculentas devido ao armazenamento de água em um tecido especializado que funciona como um verdadeiro reservatório. Esse tecido é:

a) Parenquimatoso.

b) Meristemático.

c) Colenquimatoso.

d) Esclerenquimático.

e) Tegumentar.

19. (UEA) Para responder esta questão tome por base o fragmento abaixo.

A Castanheira

A castanheira (Bertholletia excelsa), também conhecida como castanha-do-Brasil, é a mais famosa espécie de árvore nativa da Amazônia e as maiores concentrações estão na Amazônia Brasileira. Árvore de grande porte, a castanheira chega a atingir até 60 metros de altura e diâmetro, na base, superior a 4 metros. Os frutos, conhecidos como ouriços, são lenhosos e esféricos, atingindo entre 10 e 15 centímetros de diâmetro, pesando até 1,5 kg, e contendo até 25 sementes. Diversas espécies de fauna, incluindo pássaros e mamíferos (como roedores e primatas), utilizam-se destas sementes para seu alimento, inclusive o homem. A castanha (semente da castanheira) é um alimento muito rico. Quando desidratada, possui cerca de 17% de proteína e seu teor de gordura chega a 67%.

(www.greenpeace.org. Adaptado.)

Um professor mostrou aos alunos a foto de um tecido vegetal retirado de uma castanheira que apresentava, como características marcantes, núcleo volumoso, paredes celulares delgadas e elevada quantidade de células em divisão celular. É mais provável que esse tecido tenha sido retirado:

a) Da região subapical da raiz.

b) Do súber presente no tronco.

c) Dos traqueídes condutores de seiva.

d) Do esclerênquima de galhos.

e) Da epiderme de uma folha.

20. (UFPB) A figura a seguir representa a secção transversal do caule de uma angiosperma, onde se observa sua estrutura anatômica.

20

Considerando a figura e a literatura sobre anatomia vegetal, identifique as afirmativas corretas:

I   II

0  0 – O xilema está indicado pela letra c.

1  1 – A região cortical está indicada pela letra b.

2  2 – O caule é típico de plantas do grupo das monocotiledôneas.

3  3 – A estrutura é resultado da atividade dos três meristemas apicais.

4  4 – A periderme, indicada pela letra a, é o tecido de revestimento desse caule.

gab


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: