Publicado por: Djalma Santos | 6 de outubro de 2016

TESTES DE GENÉTICA MOLECULAR (7)

01. (UEM) Foram analisadas as composições do material genético de quatro diferentes organismos. A tabela a seguir mostra os resultados encontrados em relação à composição percentual de bases nitrogenadas, dos respectivos nucleotídeos.

01

 

Considerando os dados da tabela, assinale o que for correto.

01. O material genético do organismo A é o RNA.

02. O material genético do organismo B é o RNA.

04. O material genético do organismo C é o RNA.

08. No organismo D, se o ponto de interrogação representar 17,3%, o material genético é o RNA.

16. O material genético do organismo A é do mesmo tipo do vírus HIV, causador da síndrome da imunodeficiência adquirida.

32. O material genético dos organismos B e C possuem, cada um deles, fitas duplas de cadeias de nucleotídeos.

Soma das alternativas corretas:

02. (IFSudeste-MG) Analise as proposições a seguir sobre DNA (ácido desoxirribonucleico).

I. Todos os vírus apresentam apenas o DNA como material genético.

II. Nas células eucarióticas, o DNA está presente apenas na região do núcleo.

III. O DNA presente na mitocôndria humana é de origem materna.

IV. Desoxirribose é a pentose presente na molécula de DNA.

Marque a alternativa correta.

a) Apenas os itens I, II e III estão corretos.

b) Apenas os itens II, III e IV estão corretos.

c) Apenas os itens I e II estão corretos.

d) Apenas os itens III e IV estão corretos.

e) Somente o item IV está correto.

03. No cenário da evolução molecular em que surgiu o sistema vivo, o DNA aparece como a molécula que se estabeleceu com a função da hereditariedade em substituição ao RNA, que, provavelmente, exercia tal função originalmente. Segundo o modelo consagrado por Watson e Crick, o DNA se organiza obedecendo a princípios físicos e químicos, compatíveis com as funções biológicas de informação, herança e variação.

03

Com base nos seus conhecimentos sobre o assunto, assinale a alternativa incorreta.

a) O fato de o DNA, em princípio, orientar a constituição proteica da célula foi crucial na preservação de uma ordem celular específica.

b) As inúmeras possibilidades de sequências de nucleotídeos ao longo da cadeia polinucleotídicas constituem a base molecular da diversidade da vida.

c) A universalidade do DNA no mundo celular é indício de uma experiência evolutiva em que se consolidou uma molécula hereditária com ação catalítica.

d) Elementos químicos existentes na atmosfera primitiva da Terra estão presentes na estrutura química do DNA.

e) A hipótese do RNA como primeira molécula informacional é apoiada, entre outros aspectos, no maior potencial de mudanças em suas sequências informativas.

04. (UFPel) O DNA é o código que determina a função de cada célula. É o arquivo com todas as informações que precisamos para funcionar. Quando uma célula nova se forma no organismo, ela precisa carregar a mensagem contida na célula-mãe. Então o DNA tem que passar pela duplicação, através da ação da enzima DNA polimerase. Ela coordena essa cópia e também vigia os possíveis enganos na combinação das bases nitrogenadas. De vez em quando uma adenina pode parear com uma citosina (ou a timina com a guanina), e então, se o erro não for corrigido a tempo, toda a informação estará perdida. No processo de correção do erro, os genes fazem a substituição pela regra e não pela sequência original, ou seja, podem trocar o par incorreto por outro par qualquer. Se naquele local estivesse originalmente um par “A-T” e com o erro ele fosse retirado e substituído pelo par “C-G”, o novo DNA estaria formado, mas seria um mutante.

 Revista Conhecer, setembro de 2011 [adapt.].04

Com base em seus conhecimentos e nos textos, é correto afirmar que a figura mostra, à direita, uma:

a) Modificação na hemácia, decorrente de alteração na hemoglobina causada por mutação cromossômica numérica, o que causa a doença falciforme.

b) Modificação do leucócito, decorrente de mutação gênica, em que ocorre substituição de um único par de nucleotídeos, o que causa a doença fenilcetonúria.

c) Modificação da hemácia, decorrente de alteração na hemoglobina causada por mutação gênica, em que ocorre deleção de pares de nucleotídeos, o que causa a doença falciforme.

d) Modificação da hemácia, decorrente de alteração na hemoglobina causada por mutação gênica, em que ocorre substituição de um único par de nucleotídeos, o que causa a doença falciforme.

e) Modificação do leucócito, decorrente de mutação gênica, em que ocorre inserção de pares de nucleotídeos, o que causa a doença fenilcetonúria.

05. (OBJETIVO-SP) Uma criança, filha de pais normais, apresentou fenilcetonúria ao nascer. Admitindo que essa anomalia seja causada por um par de genes, de herança mendeliana, assinale a única alternativa que contém uma afirmação incorreta:

a) Ambos os pais são heterozigotos para a anomalia.

b) O gene para a fenilcetonúria é recessivo.

c) A probabilidade de o casal ter, um dia, outro filho com fenilcetonúria é de 1/4.

d) A probabilidade de um irmão mais velho da criança, que não apresenta a doença, ser heterozigoto é de 2/3.

e) O “defeito” genético apresentado pela criança provavelmente consiste em uma mudança na sequência de bases de um trecho de seu DNA.

06. (UFSJ) Em um experimento laboratorial, fez-se a análise da composição de nucleotídeos do ácido nucleico que constitui o material genético de quatro organismos hipotéticos. Os resultados da análise estão descritos na tabela abaixo.

06Com base nesses resultados é correto afirmar que:

a) Os organismos A, B e D possuem DNA e RNA.

b) O DNA dos organismos A e D possui duas cadeias polinucleotídicas complementares (dupla hélice).

c) O DNA do organismo C possui uma cadeia polinucleotídica simples.

d) Os ácidos nucleicos dos organismos B e C são de cadeias polinucleotídicas simples.

07. (UFTM) Considere o seguinte trecho:

(…) apesar de suas enormes diferenças, peixes e mamíferos têm aproximadamente os mesmos genes, tal como os crocodilos e os pardais.

                                                                                                                                       (François Jacob. O ratinho, a mosca e o homem.)

O que explica a produção dessa diferença é:

a) A existência de um código genético universal e degenerado entre os seres vivos.

b) A ocorrência do mesmo tipo de transcrição e de tradução que acontecem nesses genes.

c) Que diferentes tipos de RNA mensageiro são transcritos em cada espécie.

d) A preservação do dogma central da biologia, isto é, um gene para cada proteína.

e) A existência de um ancestral comum entre os mais distintos seres vivos.

08. (UNIMONTES) A temperatura de dissociação (Tm) do DNA depende de sua sequência de bases. As bases ligadas por três pontes de hidrogênio requerem mais energia para se romper do que as ligadas por duas pontes de hidrogênio. Considerando essas informações, analise as sequências abaixo e assinale a que apresenta maior Tm.

a) CCATTGAAATCA.

b) AGTAAACGACAA.

c) CGTACCGAATTC.

d) TAAAATCCCGCA.

09. (PUC-SP) Na tira abaixo há referência a mudanças genéticas ou mutações gênicas.

09

Após a análise da tira, um professor pediu a cinco alunos que fizessem afirmações sobre o tema. Assinale a única correta.

a) Mutações são obrigatoriamente induzidas por fatores ambientais.

b) Mutações não têm relação com alterações na composição da molécula de DNA.

c) Mutações ocorrem ao acaso e os genótipos favoráveis são selecionados em um dado ambiente.

d) Na maioria das vezes, as mutações apresentam grande valor adaptativo.

e) De acordo com o darwinismo, as mutações são causadas pela poluição.

10. (UEFS) Em entrevista concedida à Ciência Hoje, a cientista Ada Yonath, prêmio Nobel de Química em 2009, explica como as interações funcionais de moléculas de antibióticos, no processo da tradução, são responsáveis pelo seu efeito terapêutico.

                                                                                                                                                                        (YONATH, 2011, p. 10-14).

Com base em conhecimentos sobre a tradução da mensagem genética em bactérias, uma ação do antibiótico que interromperia o desenvolvimento do processo seria a de:

a) Bloquear a etapa inicial do processo, ligando-se à subunidade menor do ribossomo.

b) Impedir a ligação direta do aminoácido com o RNA mensageiro, comprometendo a formação da cadeia polipeptídica.

c) Interferir na informação genética, modificando a molécula de DNA.

d) Inibir a aminoacil-RNAt sintetase, impedindo-a de catalisar as ligações peptídicas que unem, entre si, os aminoácidos na formação da cadeia.

e) Estabelecer a associação irreversível do RNA mensageiro com o RNA transportador.

11. (UNIOESTE) O corpo humano apresenta vários tipos celulares, como as células epiteliais e células nervosas. Estas células diferem na forma e função porque:

a) Expressam genes diferentes.

b) São geneticamente diferentes.

c) Seus núcleos são heterocromáticos.

d) Possuem códigos genéticos diferenciados.

e) Os cromossomos diferem em tamanho e posição.

12. (UFJF) Em setembro de 2009, foi publicada uma reportagem intitulada “O mistério das colmeias”. Nessa reportagem é relatado que, desde 2006, o sumiço de abelhas, que foi chamado Distúrbio do Colapso das Colônias (DCC), preocupa lavradores e apicultores. Cientistas dos Estados Unidos examinaram a expressão genética das abelhas de colmeias afetadas e não afetadas pelo DCC e encontraram uma quantidade anormal de fragmentos de RNA ribossômico nas abelhas das colônias afetadas. Eles acreditam que a fragmentação do RNA seja causada por vírus, mas que a infecção viral não seria o motivo direto da morte das abelhas, e sim a fragmentação do RNA ribossômico que tornaria as abelhas incapazes de reagir a pressões ambientais, como outros patógenos, pesticidas ou falta de alimento. Analise as afirmativas abaixo:

I. As moléculas de RNA ribossômico são transcritas no nucléolo e posteriormente se associam a proteínas, para só então migrarem para o citoplasma, a fim de originar os ribossomos.

II. A fragmentação do RNA ribossômico, observada no exemplo descrito, afeta a transcrição do código genético.

III. A fragmentação do RNA ribossômico, observada no exemplo descrito, afeta a síntese de proteínas pela célula.

IV. A síntese de proteínas ocorre no núcleo da célula.

V. A transcrição do código genético, contido em um trecho específico de uma molécula de DNA para a formação de uma molécula de RNA mensageiro, ocorre no núcleo da célula.

As afirmativas corretas são:

a) I, II e III.

b) I, II e IV.

c) I, III e V.

d) II, III e V.

e) III, IV e V.

13. (UFGD) Uma das descobertas mais marcantes da biologia molecular determinou que o código genético é praticamente idêntico para todos os organismos vivos, com raras exceções. Nas figuras a seguir, são apresentadas as etapas fundamentais para que o código genético seja traduzido em aminoácidos, que constituirão todas as proteínas existentes nos organismos.

13

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta dessas etapas e os locais onde elas ocorrem na célula.

a) II – replicação no núcleo celular; I – transcrição no núcleo celular; III – tradução no citoplasma.

b) III – transcrição no núcleo celular; I – tradução no citoplasma; II – Replicação no núcleo celular.

c) II – replicação no núcleo celular; III – transcrição no núcleo celular; I – tradução no citoplasma.

d) I – tradução no citoplasma; II – replicação no núcleo celular; III – transcrição no núcleo celular.

e) II – replicação no núcleo celular; III – transcrição no citoplasma; I – tradução no citoplasma.

14. (UPE) Apesar de as bactérias não possuírem reprodução sexuada, pode ocorrer mistura de genes entre indivíduos diferentes, o que é conhecido como recombinação genética. Observe a charge a seguir:

14

Disponível em: http://scienceblogs.com.br/meiodecultura/files/2010/05/

resistencia-cartoon-antibioticos.jpg (Adaptado)

Se a bactéria I aceitar o convite da outra (II), será capaz de adquirir um gene que ela não possuía (resistência à penicilina) e misturá-lo aos seus, levando vantagem em um meio contendo o antibiótico. Para essa recombinação gênica, deverá acontecer uma:

a) Mutação bacteriana, auxiliando na descontaminação de meios saturados em antibióticos, tornando-a capaz de transformá-los em substâncias inócuas.

b) Conjugação bacteriana pela transferência de DNA de uma bactéria doadora (F+), capaz de formar o pili sexual, para uma receptora (F).

c) Infecção bacteriana por meio de instalação parcial do plasmídio viral, contendo o gene para a penicilina.

d) Transdução bacteriana por transferência de segmentos de DNA de uma bactéria para outra mediada por vírus.

e) Transformação bacteriana por meio da absorção de fragmentos de DNA dispersos no ambiente, provenientes de bactérias mortas e decompostas.

15. (UNISC) Você recebeu 3 amostras de DNA dupla fita, todas do mesmo tamanho, em seu laboratório. A quantidade relativa de base Adenina foi determinada para cada uma delas. Sabemos que, quando uma amostra de DNA é submetida a um aumento progressivo de temperatura, ocorre a separação da dupla fita em fitas simples. Identifique a ordem em que o DNA dupla fita das amostras A, B e C irá se separar à medida que o submetermos ao aumento de temperatura.

15

a) C – A– B.

b) C – B – A.

c) B – A– C.

d) A– B – C.

e) B – C – A.

16. (UEMG) Leia o texto a seguir:

Estudo: bactéria E.coli alemã era combinação de 2 variantes

                                                                                                                                   22/6/2011• 10h46 • atualizado às 11h20

A agressiva E. coli que causou 39 mortes na Alemanha é uma combinação de duas variantes desta bactéria que multiplicava as complicações renais, sanguíneas e cardíacas, publicou nesta quarta-feira uma equipe de cientistas alemães na revista “The Lancet Infectious Diseases”. Concretamente, os analistas da Universidade de Münster confirmaram que a nova variante, a E. coli O104:H4, uniu os prejudiciais efeitos para a saúde da E. coli enterohemorragica, que tem a perigosa toxina “Shiga”, com a E. coli enteroagregativa, especialmente capacitada para aderir uma vez dentro do intestino.

disponível em http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI5200074-EI8142,00 Estudo+bacteria+Ecoli+alema+era+combinacao+de+variantes.html – fragmentos. Acesso em 4 /8/2011.

Considerando que a E. coli 0104:H4 surgiu por recombinações entre cepas vivas, a sua origem pode ser explicada pelo processo de:

a) Fecundação.

b) Conjugação.

c) Transdução.

d) Transformação.

17. (UPE) De acordo com as informações encontradas na imagem, assinale a alternativa correta.

17

a) A figura representa uma proteína terciária que possui várias funções no organismo, dentre elas, a de participar da composição de enzimas.

b) Os aminoácidos unidos por pontes de hidrogênio formam uma proteína terciária de grande valor estrutural.

c) Por meio de ligações peptídicas, os aminoácidos da figura unem-se, formando uma molécula proteica com estrutura primária.

d) A proteína da figura representa uma proteína conjugada de estrutura primária.

e) Os 39 aminoácidos da figura estão unidos por meio de 40 ligações peptídicas, representadas na sua estrutura secundária.

18. (UFPR) Pesquisadores estão estudando cinco compostos extraídos de uma planta da região amazônica, que é utilizada pela comunidade local para o tratamento de tumores. Para viabilizar o possível uso biotecnológico dessa planta, avaliaram a atividade biológica desses compostos (extraídos da planta) sobre células tumorais. Para tanto, foi utilizado um reagente capaz de se intercalar na dupla fita de DNA e que emite fluorescência nessa situação. À medida que as células se dividem, o reagente é distribuído entre as células filhas e a fluorescência/célula diminui. Células tumorais foram incubadas com o reagente, em seguida expostas aos cinco diferentes compostos e mantidas em cultivo no laboratório. A fluorescência por célula foi medida a cada 24 horas, por 5 dias. Os resultados estão apresentados na tabela ao lado. Um grupo de células não foi tratado com qualquer dos cinco compostos (grupo “Controle”).

18

Com base na tabela, qual dos compostos apresentou o melhor potencial biotecnológico para o tratamento de tumores?

a) 1.

b) 2.

c) 3.

d) 4.

e) 5.

19. (PUC-RIO) As tetraciclinas constituem uma classe de antibióticos produzidos por bactérias do gênero Streptomyces. Elas atuam impedindo que o RNA transportador se fixe ao ribossomo nas células bacterianas. Em qual processo biológico este antibiótico atua?

a) Transcrição.

b) Síntese proteica.

c) Replicação do DNA.

d) Divisão celular.

e) Recombinação.

20. (UEA) Analise a tabela de códons.

20

O segmento do ácido nucleico, que servirá de modelo para transcrição responsável pela informação do peptídeo formado pela sequência metionina – valina – lisina – leucina – histidina – cisteína, é:

a) TACCAATTTGAGGTAACAATC.

b) AUGGUUAAACUCCAUUGUUAG.

c) CUCUGUCAUAAAGUUAUGUAG.

d) ATGGTTAAACTCCATTGTTAG.

e) UACCAAUUUGAGGUAACAAUC.

gsb

 


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: