Publicado por: Djalma Santos | 6 de outubro de 2016

TESTES DE GENÉTICA (XVI)

01. (PUC-RS) Para responder esta questão, considere as informações a seguir e preencha os parênteses com V (verdadeiro) ou F (falso). Você está no trânsito quando observa que, no carro da frente, em vez de bonequinhos, há um heredograma da família do condutor (observe que o condutor está indicado pela flecha).

01

Mesmo sem conhecer o condutor, você pode concluir corretamente que:

(  ) Tem três filhos e uma irmã adotada.

(  ) Transmitiu uma característica ligada ao Y para sua descendência.

(  ) Seus avós e pais já faleceram.

(  ) A esposa de um de seus filhos é consanguínea.

(  ) Tem irmãos gêmeos monozigóticos.

O preenchimento correto dos parênteses, de cima para baixo, é

a) V – V – F – F – F.

b) V – F – V – F – V.

c) V – F – F – V – F.

d) F – V – V – V – F.

e) F – F – V – V – V.

02. (UERN) Dois pares de genes (Rr e Vv) estão representados na figura abaixo, em que se destaca a situação desses genes em cromossomos homólogos.

02

O cruzamento entre indivíduos portadores dos gametas representados produzirá:

I    II

0   0 – Um fenótipo para cada genótipo possível.

1   1 – Dois fenótipos diferentes, independente dos genótipos.

2   2 – Quatro fenótipos e nove genótipos diferentes.

3   3 – Fenótipos e genótipos correspondentes em número variável, a depender do ambiente.

4   4 – Três genótipos diferentes para dois possíveis fenótipos.

03. (FUCMT) Nos coelhos, a cor preta dos pelos é dominante em relação à cor branca. Cruzaram-se coelhos pretos heterozigotos entre si e nasceram 360 filhotes. Destes, o número de heterozigotos provavelmente é:

a) Zero.

b) 90.

c) 180.

d) 270.

e) 360.

04. (FATEC) Na espécie humana, a habilidade para o uso da mão direita é condicionada pelo gene dominante E, sendo a habilidade para o uso da mão esquerda devida o seu alelo recessivo e. A sensibilidade à feniltiocarbamida (PTC) é condicionada pelo gene dominante I, e a insensibilidade a essa substância é devido a seu alelo recessivo i. Esses dois pares de alelos apresentam segregação independente. Um homem canhoto e sensível ao PTC, cujo pai era insensível, casa-se com uma mulher destra, sensível, cuja mãe era canhota e insensível. A probabilidade de esse casal vir a ter uma criança canhota e sensível ao PTC é de:

a) 3/4.

b) 3/8.

c) 1/4.

d) 3/16.

e) 1/8.

05. (UFBA) De acordo com as indicações a seguir, espera-se, na F2, a ocorrência do fenótipo ruão na percentagem de:

05

a) 0%.

b) 25%.

c) 50%.

d) 75%.

e) 100%.

06. (VUNESP) O diagrama representa o padrão de herança de uma doença genética que afeta uma determinada espécie de animal silvestre, observado a partir de cruzamentos controlados realizados em cativeiro.

06

A partir da análise da ocorrência da doença entre os indivíduos nascidos dos diferentes cruzamentos, foram feitas as afirmações seguintes.

I. Trata-se de uma doença autossômica recessiva.

II. Os indivíduos I-1 e I-3 são obrigatoriamente homozigotos dominantes.

III. Não há nenhuma possibilidade de que um filhote nascido do cruzamento entre os indivíduos II. 5 e II-6 apresente a doença.

IV. O indivíduo III-1 só deve ser cruzado com o indivíduo II-5, uma vez que são nulas as possibilidades de que desse cruzamento resulte um filhote que apresente a doença.

É verdadeiro o que se afirma em:

a) I, apenas.

b) II e III, apenas.

c) I, II e III, apenas.

d) I e IV, apenas.

e) III e IV, apenas.

07. (PUC-SP) Na genealogia a seguir, as pessoas indicadas pelos números 1, 2, 4, 5 e 7 apresentam uma anomalia condicionada por gene autossômico dominante. Já as pessoas indicadas pelos números 3 e 6 têm fenótipo normal.

07

Após a análise da genealogia, pode-se concluir que:

a) Apenas as pessoas indicadas pelos números 1 e 2 são heterozigóticas.

b) A pessoa indicada pelo número 4 é homozigótica.

c) A pessoa indicada pelo número 3 transmitiu o gene recessivo para seu descendente indicado pelo número 7.

d) Não há possibilidade de a pessoa indicada pelo número 5 ser heterozigótica.

e) O casal indicado pelos números 6 e 7 não poderá ter descendentes com fenótipo normal.

08. (UNESP) Em organismos diploides sexuados, cada par de cromossomos é formado por um cromossomo de origem paterna e um de origem materna. Qual a probabilidade de os espermatozoides conterem apenas os cromossomos de origem materna em um organismo com quatro pares de cromossomos:

a) 1/2.

b) 1/4.

c) 1/8.

d) 1/16.

e) 1/32.

09. (UFSC) Seu José da Silva, um pequeno criador de porcos do Oeste do Estado de Santa Catarina, desejando melhorar a qualidade de sua criação, comprou um porco de raça diferente daquela que ele criava. Preocupado com as consequências de criar este animal junto com os outros porcos, ele discute com seu um vizinho sobre o assunto. Parte de seu diálogo é transcrito abaixo:

Sr. José: O porco que comprei e apelidei de Napoleão é maior, mais forte e possui peso acima da média da raça que crio. Além disso, possui manchas marrons pelo corpo todo. Gostaria que boa parte de minha criação tivesse essas características.

Vizinho: Seu José, isto vai ser muito difícil de conseguir; melhor o senhor comprar outros porcos com esse “jeitão”.

Assinale a(s) proposição(ões) correta(s) sobre o assunto.

01. As preocupações do Sr. José não se justificam, pois, animais com fenótipos distintos apresentam, obrigatoriamente, genótipos distintos para as mesmas características.

02. O vizinho do Sr. José tem razão, pois não se pode obter mistura de características cruzando animais de raças diferentes na mesma espécie.

04. Atualmente não se pode criar e cruzar porcos de raças diferentes, pois é impossível controlar a seleção das características geneticamente desejadas.

08. Quando duas raças distintas entram em contato e seus membros passam a se cruzar livremente, as diferenças raciais tendem a desaparecer nos descendentes devido à mistura de genes.

16. As manchas na pele do porco Napoleão são uma característica determinada geneticamente; já o peso e o tamanho resultam somente da oferta de boa alimentação.

32. O melhoramento genético em animais que apresentam características de valor comercial é necessariamente prejudicial ao ser humano, já que não ocorre naturalmente.

64. Muitas características animais, como a fertilidade, a produção de carne e a resistência a doenças, são condicionadas por genes e dependem muito das condições nas quais os animais são criados.

Soma das alternativas corretas:

10. (UNIMEP-SP) Sabe-se que, de uma maneira geral, cada par de genes alelos determina uma única característica, porém há casos onde um mesmo par de genes, sob determinadas condições ambientais, determina dois ou mais caracteres. Este fenômeno é conhecido como:

a) Epistasia.

b) Genes aditivos.

c) Interação gênica.

d) Pleiotropia.

e) Genes quantitativos.

11. (F.C.Chagas-SP) Os genes a e b encontram-se num mesmo cromossoma, sendo a distância entre eles de 17 unidades. A frequência de gametas AB formados por um indivíduo AB/ab é de:

a) 8,5%.

b) 17%.

c) 34%.

d) 41,5%.

e) 83%.

12. (UFPA) Do cruzamento de um díhíbrido (AaBb) com um duplamente homozigoto (aabb), resultaram 160 descendentes. A proporção esperada de descendentes com o genótipo igual ao pai dihíbrido é:

a) 6,25%.

b) 18,75%.

c) 25%.

d) 50%.

e) 56,25%.

13. (FEI) Qual a sequência mais provável dos genes A, B, C, D, localizados no mesmo cromossomo, apresentando as seguintes frequências de recombinação:

– AB – 17%      CD – 30%      AC – 5%       AD – 35%      BD – 18%

a) A – B – C – D.

b) A – C – B – D.

c) A – B – D –C.

d) C – A – B – D.

e) C – A – D – B.

14. (UFLA) Do cruzamento de duas linhas puras de feijão, ambas com flores de cor branca, foram obtidas plantas com 100% de flores de cor púrpura na geração F1. Entre os descendentes da geração F2, observou-se que 110 plantas apresentaram flores de cor branca e 135 plantas apresentaram flores de cor púrpura, numa proporção de 9 flores púrpuras para 7 flores brancas. Considerando-se essas informações, qual será o resultado esperado do cruzamento teste de plantas da geração F1?

a) 3 púrpuras : 1 branca.

b) 1 púrpura : 1 branca.

c) 3 brancas : 1 púrpura.

d) 9 púrpuras : 7 brancas.

e) 13 púrpuras : 3 brancas.

15. (F.C.CHAGAS-BA)A polidactilia é condicionada por um gene dominante P. Se um indivíduo com polidactilia, filho de mãe normal, casa-se com uma mulher normal, qual a probabilidade que têm de que, em sucessivas gestações, venham a ter 6 filhos sem polidactilia?

a) 1/16.

b) 1/32.

c) 1/64.

d) 1/28.

e) 1/256.

16. (FUVEST) O gene autossômico que condiciona pelos curtos no coelho é dominante em relação ao gene que determina pelos longos. Do cruzamento entre coelhos heterozigotos, nasceram 480 coelhinhos, dos quais 360 tinham pelos curtos. Entre esses coelhinhos de pelos curtos, o número esperado de heterozigotos é:

a) 180.

b) 240.

c) 90.

d) 120.

e) 360.

17. Sabendo-se que, na drosófila, asa vestigial é um caráter recessivo devido a um par de genes autossômicos, qual o valor esperado entre 400 descendentes de pais heterozigotos?

17

18. (FUVEST) Dois genes alelos atuam na determinação da cor das sementes de uma planta: A, dominante, determina cor púrpura e a, recessivo, determina a cor amarela. A tabela a seguir apresenta resultados de vários cruzamentos feitos com diversas linhagens dessa planta:

18

Apresentam genótipo Aa as linhagens:

a) I e III.

b) II e III.

c) II e IV.

d) I e IV.

e) III e IV.

19. (FUVEST) Num caso de investigação de paternidade, foram realizados exames para identificação de grupos sanguíneos e análise de DNA. A tabela a seguir resume os resultados parciais da análise de grupos sanguíneos (do menino, de sua mãe e do suposto pai) e de duas sequências de DNA (do menino e do suposto pai), correspondentes a um segmento localizado num autossomo e outro no cromossomo X.

19

Considerando apenas essa tabela, podemos afirmar que:

a) Os resultados dos grupos sanguíneos excluem a possibilidade do homem ser o pai da criança; os outros exames foram desnecessários.

b) Os resultados dos grupos sanguíneos não excluem a possibilidade do homem ser o pai da criança, mas a sequência de DNA do cromossomo X exclui.

c) Os resultados dos grupos sanguíneos e de DNA não excluem a possibilidade do homem ser pai da criança.

d) Os três resultados foram necessários para confirmar que o homem é mesmo o pai da criança.

e) Os resultados de DNA contradizem os resultados dos grupos sanguíneos.

20. (UNICENTRO) Na genealogia abaixo está sendo analisado um caráter autossômico recessivo. Qual a probabilidade de que o casal 5 x 6 venha a ter um descendente homozigoto recessivo?

20

a) 1/4.

b) 1/2.

c) 1/8.

d) 1/16.

e) 1/32.

gab

Anúncios

Responses

  1. Professor, essa questão 5 devia dá 100% de bovinos ruão

    • ALTERNATIVA CORRETA: C (“50%.”).
      – DADOS FORNECIDOS PELA FIGURA:
      * rr (branco).
      * RR (vermelho).
      * Rr (ruão).
      CRUZAMENTO:
      – Rr x Rr = RR (vermelho) + Rr (ruão) + Rr (ruão) + rr (branco).
      – Portanto:
      * 25% vermelho.
      * 50% ruão (alternativa C).
      * 25% branco.
      Djalma Santos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: