Publicado por: Djalma Santos | 20 de outubro de 2016

TESTES DE ECOLOGIA (VI)

01. (UEA) Um professor de biologia solicitou a seus alunos a construção de uma pirâmide de biomassa para uma comunidade de cerrado, cujos elementos eram: capim, gafanhoto, pássaros insetívoros e cobras. O professor estimou a biomassa dos diversos níveis tróficos e obteve, para os pássaros, o equivalente a 160 quilos. O valor mais próximo, em quilos, do que seria esperado encontrar para a biomassa das cobras é:

a) 180.

b) 160.

c) 220.

d) 200.

e) 40.

02. (UEM) Lembrando Lavoisier e considerando que na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma, assinale o que for correto.

01. Os resíduos poluentes nunca têm origem em substâncias que existem na natureza. Como o homem nada cria, o problema da poluição não é assim tão alarmante.

02. Boa parte da atividade dos seres vivos consiste em obter do ambiente os recursos como a luz, o alimento, a água, os sais minerais, os gases e um abrigo e em eliminar resíduos como a urina, as fezes e o gás carbônico.

04. Os organismos são adaptados para fazerem frente às condições ambientais dentro de certos limites de variação. É o que se chama de tolerância.

08. Em relação à capacidade de produção de matéria orgânica a partir de substâncias mais simples, os seres vivos são divididos em autótrofos e heterótrofos.

16. A eutrofização de ambientes aquáticos não deve ser considerada como desequilíbrio, pois ocorre quando há devolução de grande quantidade de substâncias, todas naturais.

32. A devolução de CO2 ao ambiente é feita a partir da degradação da matéria orgânica dentro ou fora dos seres vivos. Nos seres vivos, ocorre pela respiração celular ou pela fermentação; fora dos seres vivos, ocorre pela combustão.

64. A radiação ultravioleta do Sol é um processo natural. O homem não deve considerar como um tipo de poluição a quantidade de raios ultravioletas que atinge a superfície terrestre, pois as atividades industriais não interferem nessa quantidade.

Soma das alternativas corretas:

03. (UEM) Identifique o que for correto em Ecologia, uma ciência multidisciplinar.

01. A introdução de espécies em determinado local é sempre vantajosa, pois aumenta a biodiversidade.

02. A agricultura, ao utilizar o controle biológico como alternativa ao uso excessivo de inseticidas, contribui para não aumentar a poluição das águas e dos solos.

04. A floresta atlântica é um dos biomas brasileiros que apresenta maior diversidade, tanto de vegetais quanto de animais. A alta diversidade é atribuída à reduzida exploração humana.

08. A espécie humana não participa do ciclo do carbono, pois não somos produtores, como os organismos clorofilados, nem decompositores, como as bactérias e os fungos.

16. Quando afirmamos que certa espécie vive na praia e que outra vive na copa das árvores, estamos nos referindo aos hábitats dessas espécies.

Soma das alternativas corretas:

04. (PUC-SP) O esquema abaixo representa, de forma simplificada, os ciclos do carbono e do oxigênio.

04

Pode-se afirmar corretamente que:

a) Plantas clorofiladas e fungos realizam, exclusivamente, o processo indicado por II.

b) Plantas clorofiladas e animais realizam, respectivamente, os processos I e II.

c) Animais realizam apenas o processo I e plantas clorofiladas realizam os processos I e II.

d) Fungos e bactérias realizam os processos I e II.

e) Fungos realizam apenas o processo II e bactérias realizam os processos I e II.

05. Podemos estimar as quantidades adequadas de cada tipo de alimento que devemos ingerir, observando a pirâmide alimentar abaixo, em que a quantidade requerida de cada categoria de alimento é proporcional ao seu volume.

05

A análise da figura nos permite afirmar corretamente que:

a) A maior parte das calorias da dieta deve vir dos pães, massas, arroz e outros cereais.

b) A ingestão de alimentos plásticos (estruturais) está representada pela base da pirâmide alimentar.

c) Os nutrientes reguladores são os que devem ser ingeridos em maior quantidade.

d) A ingestão de alimentos plásticos deve ser igual a de alimentos energéticos.

e) Os lipídios são obtidos, exclusivamente, dos alimentos encontrados no topo da pirâmide alimentar.

06. (UCB)

México, janeiro de 2007: o povo sai às ruas contra o aumento de 400% da tortilha. O prato nacional mexicano é feito com milho branco, mas o preço acompanha o do milho amarelo, valorizado pelas usinas de etanol dos EUA.

Egito, março de 2008: uma multidão se acotovela em uma padaria no Cairo, atrás de pães subsidiados pelo governo.

Haiti, abril de 2008: protestos contra a fome resultam em cinco mortos, cinquenta feridos e na renúncia do primeiro-ministro Edouard Alexis.

Mianmar, maio de 2008: o ciclone Nargis devasta 65% das lavouras de arroz. Indiferentes, os militares que governam o país aproveitam a alta do grão para exportar seu estoque.

Todas essas histórias estão relacionadas à pior crise de preços de alimentos dos últimos quarenta anos. E quem — ou o quê — seria o culpado?

Juliana Tiraboschi. Biocombustível ou comida? In: Revista Galileu (com adaptações).

Vários fatores éticos, políticos e ambientais estão envolvidos nessa crise que vem se instalando com relação à escassez de alimentos no mundo. Com base no assunto, julgue os itens a seguir.

I    II

0  0 – É possível que esse problema seja agravado pelo uso intenso de biocombustíveis, que precisam, como matéria-prima, de vegetais, usados, muitas vezes, como alimentos.

1  1 – Parte dos grãos produzidos é consumida como ração animal. Na passagem de nível trófico que ocorre nesse consumo, a energia fixada pelas plantas é integralmente transferida aos animais.

2  2 – Uma mudança de hábito alimentar que envolva uma redução do consumo de carnes auxiliaria na disponibilidade de grãos para a alimentação humana. Esse é um dos argumentos éticos a favor do vegetarianismo.

3  3 – Os biocombustíveis utilizam grãos que poderiam servir como alimento. Por outro lado, eles são menos prejudiciais do que combustíveis fósseis no que se refere às mudanças climáticas globais.

4  4 – O tamanho da área plantada com grãos teria de aumentar, se o consumo de carne diminuísse.

07. (UEM) Uma colher de chá de solo fértil pode conter 5 bilhões de bactérias, 1 milhão de protozoários e 200.000 algas e fungos. Sobre esses organismos, assinale a alternativa incorreta.

a) Na cadeia alimentar, os protozoários e os fungos pertencem ao mesmo nível trófico.

b) Os organismos mencionados ocupam diferentes nichos ecológicos.

c) Os organismos mencionados ocupam o mesmo hábitat.

d) Na cadeia alimentar, as bactérias são organismos decompositores.

e) Na cadeia alimentar, as algas são organismos produtores.

08. (IFBA) Os fungos podem viver como saprófagos quando vivem no solo nutrindo-se de matéria orgânica de origem vegetal e animal em decomposição. Essa característica dos fungos é importante do ponto de vista ecológico, pois:

a) Possibilita que várias espécies de fungos, que causam doenças em plantas de interesse econômico, eliminem a necessidade do uso de agrotóxicos.

b) Constituem a principal fonte alimentar dos animais que vivem em ambiente terrestre e produzem oxigênio através da quimiossíntese.

c) Os liquens, um dos principais grupos responsáveis pelo reaproveitamento da matéria orgânica em decomposição, são excelentes bioindicadores.

d) Os fungos que possuem clorofila produzem seu próprio alimento e são responsáveis por produzir todos os nutrientes utilizados nas cadeias alimentares.

e) Permite que elementos químicos constituintes da matéria orgânica dos seres mortos sejam reaproveitados pelos organismos produtores de um ecossistema.

09. (UEM) A carta escrita por um chefe indígena, o chefe Seattle, ao então presidente dos Estados Unidos da América, Franklin Pearce (1853) – quando este propôs ao índio a compra de suas terras, dando-lhe, em troca, uma “reserva” – dá-nos um dos mais belos exemplos de consciência ecológica, quando assim se expressa em trechos da carta: “…O ar é precioso para o homem vermelho, pois todas as coisas compartilham o mesmo sopro; o animal, a árvore, o homem, todos compartilham o mesmo sopro. Parece que o homem branco não sente o ar que respira… Se lhes vendermos nossa terra, vocês devem mantê-la intacta e sagrada, como um lugar onde até mesmo o homem branco possa ir saborear o vento açucarado pelas flores dos prados…” Com relação às interações existentes na natureza, assinale o que for correto.

01. O nitrogênio (N2), que participa da constituição de ácidos nucléicos, de proteínas e de clorofilas, é fixado por poucos seres vivos. Entre esses, está o Rhizobium, que vive uma relação de mutualismo com as raízes de leguminosas.

02. Em resumo, o tamanho de uma população depende da relação entre os fatores da natalidade e da imigração com os da mortalidade e da emigração.

04. As relações interespecíficas compreendem as relações existentes entre indivíduos pertencentes à mesma espécie.

08. A relação existente entre a rêmora e o tubarão é exemplo de comensalismo, que é um tipo de relação desarmônica.

16. Em uma comunidade clímax, como último degrau da sucessão ecológica, a grande diversidade de espécies estabelece, entre os organismos, múltiplas e complexas relações alimentares e territoriais.

32. A manutenção da vida em um organismo é conseguida a partir da energia química acumulada nos compostos orgânicos que constituem os alimentos. As formas de vida capazes de fabricar esses alimentos são denominadas de autótrofos, podendo ser classificados em fotossintetizantes e quimiossintetizantes.

64. Nas florestas temperadas decíduas, a queda das folhas é uma adaptação para resistirem ao calor de um verão rigoroso.

Soma das alternativas corretas:

10. (COVEST) O novo código florestal, proposto no congresso nacional brasileiro, diminui de 30 m para 15 m a proteção das margens dos riachos com mais de 5 m de largura, nas áreas de proteção permanente (APPs). Sobre os problemas enfrentados para garantir a conservação e preservação ambiental, considere as alternativas abaixo:

I   II

0  0 – Manguezais, como os que entrecortam a cidade do Recife, não são consideradas áreas de proteção permanente, pois abrigam uma pobre diversidade biológica.

1  1- Uma exploração econômica sustentável, mesmo nas margens de rios e nascentes de áreas de proteção permanente, não provoca danos ambientais e, portanto, deveria ser estimulada.

2  2 – Queimadas para produção de pastos eliminam sais minerais no solo, que seriam absorvidos nas raízes das plantas e transportados através do floema para as partes aéreas.

3  3 – Caso o descarte de resíduos de indústrias em fontes de água potável provoque a extinção de um organismo consumidor primário em uma cadeia alimentar, seus consumidores secundários e terciários também poderão ser afetados.

4  4 – A cultura de plantas in vitro com adição de fitormônios como, por exemplo, as auxinas, que estimulam o desenvolvimentos dos frutos, pode ser uma forma de preservar espécies de plantas ameaçadas.

11. (UFTM) Espécies invasoras podem exigir medidas extremas. Em Galápagos, arquipélago no Oceano Pacífico, para acabar com ratos que ameaçam a fauna nativa local, um helicóptero despejou um tipo de raticida sobre uma das ilhas. Esses roedores comem os ovos das tartarugas e das aves nativas, e isso está levando espécies típicas ao colapso.

(Folha de S.Paulo, 20.01.2011. Adaptado.)

O gráfico que melhor representa a variação numérica dos animais citados, antes e após a aplicação do veneno, é:

11

12.  (UEPG) A respeito dos conceitos relacionados à ecologia, assinale o que for correto.

I   II

0  0 – A estrutura de qualquer ecossistema é composta por três categorias básicas de organismos: os produtores, os consumidores e os decompositores. Cada uma dessas categorias ocupa um nível trófico diferente.

1  1 – Um ecossistema possui uma parte biótica, representada pela população, e uma parte abiótica, que inclui os fatores físico-químicos ambientais. Dentro dele ocorre um intercâmbio de matéria e de energia, o que não ocorre entre ele e os ecossistemas vizinhos.

2  2 – Duas espécies de animais ou de plantas não podem ter exatamente o mesmo nicho ecológico por muito tempo. Quando isso ocorre, as duas espécies competem em todos os níveis, o que pode leva uma delas a desaparecer, cedendo lugar a outra.

3  3 – O lugar em que um organismo vive, no ecossistema, é chamado de nicho ecológico.

4  4 – Em ecologia, comunidades são grupos de organismos da mesma espécie, que vivem numa determinada área, e população é o conjunto das comunidades de determinada área.

13. (UFPB) A estrutura das populações não é estática e mudanças bióticas e abióticas podem levar a um aumento ou diminuição dos componentes dessas populações ao longo do tempo. A análise dessas variações pode ser observada pelo estudo da dinâmica das populações, como mostra o gráfico abaixo.

13

Analisando gráfico a partir da literatura sobre o tema abordado, é correto afirmar que a população:

a) Cresce independente da competição entre os indivíduos.

b) Não apresenta, no ponto B, os efeitos da idade dos indivíduos.

c) Cresce pouco até o ponto A, devido à elevada idade dos indivíduos.

d) Não sofre os efeitos da mortalidade dos seus representantes.

e) Tende, ao longo do tempo, ao equilíbrio, devido à capacidade de suporte do ambiente.

14. (UFRN) A partir de 1977, foram descobertas, em várias regiões abissais dos oceanos, fendas hidrotérmicas, onde a água atinge temperatura de até 400oC e fica rica em minerais procedentes da rocha. Os ecossistemas nessas regiões são baseados em bactérias que utilizam o gás sulfídrico e o calor para formar moléculas complexas que servem como alimento para os organismos que vivem na região. Devido às características do ecossistema e à riqueza de bactérias que processam as substâncias liberadas em profusão por essas fendas, os cientistas já especulam sobre a possibilidade de usar essas regiões para explicar o surgimento da vida na Terra. Uma condição que pode ser levada em conta para considerar essa possibilidade é que, nessa região:

a) A alta pressão favorece uma grande variedade de espécies.

b) Predomina a formação de pequenas moléculas de proteína.

c) As espécies de organismos do reino Plantae estão ausentes.

d) A temperatura elevada inibe a multiplicação do DNA.

15. (FATEC-SP) No gráfico abaixo as letras A, B, C e D representam, respectivamente:

15

a) Carga biótica, resistência do meio, potencial biótico e crescimento real.

b) Carga biótica, potencial biótico, crescimento real e resistência do meio.

c) Carga biótica, crescimento real, potencial biótico e resistência do meio.

d) Potencial biótico, carga biótica, crescimento real e resistência do meio.

e) Resistência do meio, potencial biótico, crescimento real e carga biótica.

16. (UFMG) As plantas insetívoras, ou carnívoras, vivem, geralmente, em solos pobres em nutrientes. Com base nessa informação e em outros conhecimentos sobre o assunto, é incorreto afirmar que as plantas insetívoras:

a) Podem realizar respiração celular.

b) São consideradas produtores primários.

c) Usam matéria orgânica de suas presas para fotossíntese.

d) Utilizam nutrientes das presas no seu metabolismo.

17. (UECE) A variedade de biomas existentes no Brasil reflete a riqueza de espécies vegetais e animais e, por este motivo, o nosso país é o principal dentre os chamados países megadiversos. Muitas das espécies encontradas aqui são endêmicas e muitas plantas, economicamente importantes, são brasileiras. Com relação à biodiversidade, assinale o que for verdadeiro.

I    II

0   0 – Atualmente, em virtude da conscientização ecológica, a diversidade biológica se constitui como base das atividades agrícolas no Brasil.

1   1 – Quanto maior o número de espécies menor a estabilidade dos ecossistemas devido às tensões resultantes da competição nesses ambientes.

2  2 – A diversidade biológica é mais elevada em áreas quentes e úmidas como acontece em regiões tropicais.

3  3 – Apesar de ser tipicamente brasileira, a caatinga é um ecossistema pobre em diversidade e, por isso, um dos menos degradados do país.

4  4 – A introdução de espécies exóticas em um ambiente pode levar à extinção de outras espécies que nele ocorrem naturalmente.

18. (UCB) O biodiesel vem se firmando desde o final do século passado como uma alternativa melhor ao combustível fóssil. O Brasil é um dos maiores investidores em desenvolvimento de tecnologia de biodiesel, como, por exemplo, no óleo de babaçu e até mesmo em microalgas. Em relação às vantagens e desvantagens do biodiesel, julgue os itens a seguir.

I   II

0  0 –   O diesel de petróleo é fonte de energia renovável, ao contrário do biodiesel, que é não renovável.

1  1 – A produção de biodiesel envolve a produção de plantas que, em muitos casos, poderiam ser usadas como alimentos.

2  2 – A matéria-prima para a produção de biodiesel são os aminoácidos. Por isso, pode ser produzido a partir de qualquer material em decomposição.

3  3 – Óleo de cozinha usado pode ser utilizado como matéria-prima na produção de biodiesel, contribuindo para reduzir a poluição das águas por óleo de cozinha.

4  4 – A produção do biodiesel, ao contrário do diesel, gera a fixação de carbono da atmosfera.

19. (PUC-RIO) O ano de 2010 é o Ano Internacional da Biodiversidade, e, em outubro, ocorrerá a 10a Conferência das Partes da Convenção sobre Diversidade Biológica, a COP 10, em Nagoya, no Japão. O objetivo da convenção é preservar a biodiversidade, o uso sustentável de seus componentes e fomentar a repartição dos benefícios oriundos da utilização dos recursos genéticos. Aponte a alternativa que relata a importância da biodiversidade para a manutenção da homeostase no planeta Terra.

a) Quanto maior a biodiversidade, maior a manutenção do patrimônio genético das espécies e menor a chance de sua eliminação por fatores de seleção.

b) Quanto maior a biodiversidade, menor número de nichos ecológicos ocupados e menor a chance de aparecimento de novas espécies.

c) Quanto menor a biodiversidade, maior a manutenção do patrimônio genético das espécies e menor a chance de aparecimento de novas espécies.

d) Quanto maior a biodiversidade, menor o tamanho das cadeias alimentares, deixando livres habitas para novas espécies.

e) Quanto menor a biodiversidade, maior o tamanho das cadeias alimentares e menor a chance de aparecimento de novas espécies invasoras.

20. (FUVEST) Em 1910, cerca de 50 indivíduos de uma espécie de mamíferos foram introduzidos numa determinada região. O gráfico abaixo mostra quantos indivíduos dessa população foram registrados a cada ano, desde 1910 até 1950.

20

Esse gráfico mostra que:

a) Desde 1910 até 1940, a taxa de natalidade superou a de mortalidade em todos os anos.

b) A partir de 1938, a queda do número de indivíduos foi devida à emigração.

c) No período de 1920 a 1930, o número de nascimentos mais o de imigrantes foi equivalente ao número de mortes mais o de emigrantes.

d) No período de 1935 a 1940, o número de nascimentos mais o de imigrantes superou o número de mortes mais o de emigrantes.

e) No período de 1910 a 1950, o número de nascimentos mais o de imigrantes superou o número de mortes mais o de emigrantes.

GAB

 


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: