Publicado por: Djalma Santos | 24 de fevereiro de 2017

TESTES SOBRE CADEIAS E TEIAS ALIMENTARES (IV)

01. (PUC-CAMPINAS) As cianobactérias desempenham importante papel como …… no funcionamento dos ecossistemas, onde influem no ciclo do …… e na entrada de ……. . Para completar corretamente o texto, as lacunas devem ser preenchidas, respectivamente, por:

a) Produtor primário – carbono – energia.

b) Produtor secundário – carbono – água.

c) Consumidor primário – nitrogênio – proteínas.

d) Consumidor secundário – nitrogênio – água.

e) Decompositor – nitrogênio – proteínas.

02. (FUVEST) “O tico-tico tá comento meu fubá / Se o tico-tico pensa / em se alimentar / que vá comer / umas minhocas no pomar (…) / Botei alpiste para ver se ele comia / Botei um gato, um espantalho e um alçapão (…)”

(Zequinha de Abreu, Tico-tico no Fubá)

No contexto da música, na teia alimentar da qual fazem parte tico-tico, fubá, minhoca, alpiste e gato:

a) A minhoca aparece como produtor e o tico-tico como consumidor primário.

b) O fubá aparece como produtor e o tico-tico como consumidor primário e secundário.

c) O fubá aparece como produtor e o gato como consumidor primário.

d) O tico-tico e o gato aparecem como consumidores primários.

e) O alpiste aparece como produtor, o gato como consumidor primário e a minhoca como decompositor.

03. (UEM) Assinale o que for correto.

01. Na cadeia alimentar, os herbívoros autotróficos, denominados produtores primários, são organismos que sintetizam compostos orgânicos, a partir da fotossíntese.

02. A sucessão, num ecossistema, pode ser descrita como a evolução em direção ao grande número de nichos ecológicos.

04. A onça pintada, carnívora, e a cotia, herbívora, são encontradas nas matas brasileiras. Esses animais possuem o mesmo habitat e nichos ecológicos diferentes.

08. O crescimento das populações naturais pode ser afetado pela ação de predadores, de parasitas e pela competição entre as populações.

16. Na cadeia alimentar constituída por gramíneas, gafanhotos e sapos, a ação dos decompositores ocorre apenas sobre os consumidores secundários.

32. A floresta amazônica apresenta grande diversidade de epífitas, cujas raízes aéreas retiram água e minerais das plantas hospedeiras.

64. Bactérias do gênero Rhizobium realizam a fixação do N2 e vivem em estreita relação de mutualismo com plantas leguminosas.

Soma das alternativas corretas:

04. (UNEASPAR) Uma atribuição dos biólogos é o estudo das diferentes cadeias alimentares para avaliar o equilíbrio ecológico de determinadas regiões. Considere a seguinte cadeia alimentar e assinale a alternativa correta:

04

a) O Gafanhoto pertence ao segundo nível trófico, sendo considerado consumidor secundário.

b) O fluxo de energia aumenta ao longo dessa cadeia alimentar.

c) O sapo pertence ao quarto nível trófico, sendo considerado consumidor terciário.

d) O fluxo de matéria e energia disponível ao longo dessa cadeia alimentar é multidirecional.

e) Um produtor rural utilizou um inseticida para matar os gafanhotos dessa cadeia alimentar, este evento não irá influenciar as populações de produtores e consumidores terciários.

05. (UFVJM) Correlacione os eventos do ciclo de carbono com os eventos energéticos nos níveis tróficos de uma cadeia alimentar.

05

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta.

a) 2,3,4,5,1,6.

b) 3,6,1,2,5,4.

c) 3,6,2,1,4,5.

d) 6,3,1,2,4,5.

06. Um biólogo foi chamado a uma certa cidade, para descobrir a causa do grande aumento no número de insetos que estavam invadindo as residências da região. Após a montagem da cadeia alimentar principal, onde estavam envolvidos insetos, rãs, cobras….. e obtido alguns dados sobre a variação no número de indivíduos da cadeia, o biólogo concluiu que a causa estava no (a):

06

a) Aumento do número de rãs.

b) Diminuição brusca da produção de milho.

c) Uso excessivo de inseticida no milharal.

d) Grande aumento no número de cobras com diminuição no número de rãs.

e) Aumento do número de gaviões.

07. (UEPG) A sequência de seres vivos em que um serve de alimento para o outro é chamada de teia ou cadeia alimentar. Sobre o assunto, assinale o que for correto.

01. Existem organismos que possuem uma alimentação variada, por isso, são chamados de detritívoros.

02. Ao morrer, tantos os produtores como os consumidores servem de alimento a certos fungos e bactérias. Esses decompõem a matéria orgânica dos cadáveres para obter energia, por isso, são chamados de decompositores.

04. Os seres heterótrofos produzem toda a matéria orgânica consumida como alimento pelos autótrofos.

08. Uma cobra que se alimenta de um pássaro é considerada do grupo dos consumidores.

16. Nos mares e rios, os peixes podem ser considerados produtores secundários, pois servem de alimentos para outros peixes, tubarões, baleias, etc.

Soma das alternativas corretas:

08. (UNISC) Com relação às Teias Alimentares, é possível afirmar que:

a) Os consumidores primários se alimentam dos consumidores secundários.

b) São exclusivas de ambientes poluídos.

c) A fonte de carbono dos produtores é o carbono orgânico.

d) O fluxo de matéria é cíclico e o fluxo de energia é unidirecional.

e) Ambos os fluxos (matéria e energia) são cíclicos.

09. (OBJETIVO-SP) Um ecossistema se faz pela integração entre os organismos e o ambiente em que vivem. Nos ecossistemas, as populações de diferentes espécies formam comunidades, em que uns precisam dos outros, inclusive para se alimentarem. Essa dependência é uma das principais relações que interligam os habitantes de qualquer ambiente e que podem ser resumidas ou descritas em um esquema geral, denominado de Teias ou Cadeias Alimentares, em que cada espécie integrante ocupa um ou mais níveis tróficos. Considere uma pequena comunidade com a seguinte constituição:

1. Plantas

2. Insetos – que se alimentam de plantas

3. Aranhas – que se alimentam de insetos

4. Pássaros – que se alimentam de pequenos invertebrados

5. Microrganismos (bactérias e fungos heterotróficos)

A teia alimentar que relaciona todos os organismos dessa comunidade pode ser assim esquematizada:

09

10. (UNEP) “… Assim, as plantas verdes (produtores) ocupam o primeiro nível trófico, os herbívoros, o segundo nível (consumidores primários), carnívoros primários, o terceiro nível e carnívoros secundários, o quarto nível (consumidores terciários). Essa classificação trófica é de função e não de espécies como tais. Uma dada população de uma espécie pode ocupar mais de um nível trófico, segundo a fonte da energia assimilada”. (Adaptado de ODUM, E.P. Ecologia, Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2012, p. 85).

O homem, como parte do ambiente, ao se alimentar, pode ocupar desde o nível de consumidor primário até o último nível de consumidor. Baseando-se na teia alimentar representada a seguir, assinale a alternativa que apresenta os níveis tróficos ocupados pelo homem:

10

a) Produtor, consumidor primário, consumidor secundário, consumidor terciário.

b) Consumidor primário, consumidor secundário, consumidor terciário, decompositor.

c) Produtor, consumidor primário, consumidor terciário, decompositor.

d) Consumidor primário, consumidor secundário, consumidor terciário, consumidor quaternário.

e) Consumidor primário, consumidor secundário, consumidor terciário.

11. (UFPA)

Luz do Sol, que a folha traga e traduz

Em verde novo, em folha, em graça, em vida, em força, em luz…

Céu azul, que venha até onde os pés tocam a terra

E a terra inspira e exala seus azuis…

Música: Luz do Sol (Caetano Veloso).

A letra da música refere-se à importância do fluxo de energia para realização das atividades vitais dos seres vivos. Considera-se, nesse sentido, que a folha em uma cadeia alimentar produz os nutrientes para os vegetais e serve de alimento para os:

a) Consumidores quaternários.

b) Consumidores terciários.

c) Consumidores secundários.

d) Consumidores primários.

e) Autótrofos.

12. (FUVEST) Num determinado lago, a quantidade dos organismos do fitoplâncton é controlada por um crustáceo do gênero Artemia, presente no zooplâncton. Graças a esse equilíbrio, a água permanece transparente. Depois de um ano muito chuvoso, a salinidade do lago diminuiu, o que permitiu o crescimento do número de insetos do gênero Trichocorixa, predadores de Artemia. A transparência da água do lago diminuiu. Considere as afirmações:

I. A predação provocou o aumento da população dos produtores.

II. A predação provocou a diminuição da população dos consumidores secundários.

III. A predação provocou a diminuição da população dos consumidores primários.

Está correto o que se afirma apenas em:

a) I.

b) II.

c) III.

d) I e III.

e) II e III.

13. (URCA) Observe o quadrinho abaixo e responda corretamente:

13

a) Piranhas são sempre consumidores terciários em uma teia alimentar.

b) As traíras em um rio ocupam o mesmo nicho que as tilápias.

c) As piranhas ocupam vários níveis em uma cadeia desde que sejam carnívoras.

d) Uma cadeia alimentar só pode ter uma espécie carnívora.

e) Em uma teia alimentar a maioria das espécies tem que ser herbívora.

14. (UEM) O capim é uma das gramíneas que compõe a vegetação dos cerrados, presentes em grande parte do território brasileiro. A fauna variada que vive nessas regiões inclui onças que se alimentam do veado campeiro, um herbívoro, e emas, aves onívoras, mas que têm preferência por insetos e lagartixas. Essas aves não possuem inimigos naturais, por isso servem de alimento apenas para detritívoros e comedores de carniça, como o gavião preto. Nesse ambiente, também vivem insetos com diversos hábitos alimentares, além de cupins que se alimentam de folhas secas de capim e constituem fonte de proteínas para aves, como o sabiá, e para lagartixas (presas de cobras), especializadas em capturar insetos. Considerando conceitos ecológicos básicos e as informações presentes no enunciado, assinale o que for correto.

01. As relações tróficas entre os organismos mencionados permitem a elaboração de uma teia alimentar.

02. A energia absorvida e a matéria produzida pelo capim permanecem na mesma proporção em todos os organismos mencionados, podendo ser reciclada pelos decompositores.

04. O veado campeiro e os cupins podem ser classificados como consumidores primários.

08. As emas, por serem onívoras, não ocupam apenas um nível trófico, podendo ser consideradas como consumidores primários, secundários ou terciários.

16. As emas e as cobras são predadores de lagartixas, organismos heterótrofos como os gaviões comedores de carniça.

32. O enunciado da questão descreve uma organização de seres vivos caracterizada como uma sociedade.

64. Entre os organismos mencionados, há evidências de relações harmônicas, como o mutualismo, o amensalismo, a protocooperação e a competição interespecífica.

Soma das alternativas corretas:

15. (PUC-RS) Um jogo hipotético para computador ensina temas da ecologia na manutenção do equilíbrio dos ecos­sistemas. No nível inicial, a poluição e a redução de sol e chuva afetaram a disponibilidade de vegetais e, consequentemente, desencadearam morte de her­bívoros e de carnívoros. Na tentativa de contornar o dano ao ambiente, o jogador deve usar a ferramenta “Transferência de Energia em Teias Alimentares e Níveis Tróficos” e, com ela:

a) Retirar espécies exóticas introduzidas no ambien­te, evitando o excesso de competição.

b) Introduzir a ação de ambientalistas especializa­dos na conservação das espécies em risco.

c) Iniciar a campanha de esclarecimento sobre sustentabilidade e desenvolvimento sustentável.

d) Aumentar a biomassa de organismos heterótro­fos, mudando a estrutura da pirâmide alimentar.

e) Aproveitar a decomposição da matéria orgânica morta para favorecer as plantas com um solo fértil.

16. (OBJETIVO-SP) O gráfico a seguir mostra o percentual de aproveitamento do alimento ingerido por herbívoros e carnívoros em relação ao seu peso corporal.

16

A análise do gráfico nos permite afirmar que:

a) Os carnívoros apresentam uma eficiência muito maior na assimilação da matéria orgânica e energia obtidas dos alimentos quando comparados aos herbívoros, que perdem uma quantidade significativa do alimento obtido dos vegetais.

b) Os herbívoros apresentam uma eficiência muito maior na assimilação da matéria orgânica e energia obtidas dos alimentos em relação aos carnívoros, que perdem uma quantidade significativa do alimento obtido dos vegetais.

c) Tanto carnívoros quanto herbívoros apresentam uma grande assimilação da matéria orgânica e energia obtidas dos alimentos em relação ao seu peso corporal.

d) Tanto carnívoros quanto herbívoros apresentam uma reduzida assimilação da matéria orgânica e energia obtidas dos alimentos em relação ao seu peso corporal.

e) Os carnívoros ingerem até 50% do alimento disponível enquanto os herbívoros ingerem apenas 10% do alimento disponível. As quantidades de matéria orgânica assimilada são as mesmas para os carnívoros e os herbívoros.

17. (UNIP) Nos ambientes aquáticos, o ciclo de carbono pode ser resumido:

17

Assinale a alternativa que, corretamente, descreve a participação do plâncton.

a) O fitoplâncton participa das etapas A e B.

b) O zooplâncton participa das etapas A e B.

c) O fitoplâncton só participa da etapa A.

d) O zooplâncton só participa da etapa B.

e) O plâncton nunca participa das etapas A e B.

18. (UERJ)

TRAÍRAS SÃO PREDADORES NATURAIS DOS LAMBARIS.

Acompanhou-se, em uma pequena lagoa, a evolução da densidade populacional dessas duas espécies de peixes. Tais populações, inicialmente em equilíbrio, sofreram notáveis alterações após o início da pesca predatória da traíra, na mesma lagoa. Esse fato pode ser observado no gráfico abaixo, em que a curva I representa a variação da densidade populacional da traíra.

18

A curva que representa a variação da densidade populacional de lambaris é a de número:

a) 2.

b) 3.

c) 4.

d) 5.

e) 6.

19. (UFPEL)

“FÓSSIL DE ANIMAL PRÉ-HISTÓRICO É ENCONTRADO NO MUNICÍPIO DE SANTA MARIA POR EQUIPE DE PALEONTÓLOGOS ALEMÃES”.

Essa frase possivelmente apareceu nos maiores jornais do Estado, ao final dos anos vinte, com as primeiras descobertas paleontológicas de répteis no Estado. Ao analisarmos a quantidade de répteis fósseis no período Triássico do Rio Grande do Sul (180 milhões de anos), é possível notar que a maior parte deles é composta por dicinodontes e rincossauros, ambos herbívoros. São raríssimos os exemplares encontrados de tecodontes carnívoros. A partir dessas informações, você poderia concluir que, nesse ecossistema pré-histórico:

a) O número de presas era menor que o de predadores, fato comum até mesmo nas cadeias alimentares atuais.

b) O número de presas era maior que o de predadores, fato observado nas cadeias alimentares atuais.

c) Os dicinodontes e os rincossauros eram mais numerosos porque predavam os tecodontes.

d) Os tecodontes eram menos numerosos porque concorriam pelo mesmo alimento com os dicinodontes e os rincossauros.

e) Os rincossauros predavam os dicinodontes, concorrendo, assim, diretamente com os tecodontes, promovendo o declínio de sua população.

20. (PUC-SP) Sabe-se que a maioria dos tubarões são animais carnívoros e predadores. No entanto, há espécies de tubarões que se alimentam de plâncton, como por exemplo, o chamado “tubarão-baleia”. A principal vantagem destas espécies planctófagas sobre as outras é que para elas houve um:

a) Alongamento de a cadeia alimentar.

b) Encurtamento de a cadeia alimentar.

c) Maior desenvolvimento do aparelho mastigador.

d) Processo mais lento de evolução.

e) Menor desenvolvimento do aparelho branquial.

gab

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: