Publicado por: Djalma Santos | 19 de abril de 2017

TESTES DE BOTÂNICA (3)

01. (UPE) Para combater determinadas doenças em plantas, os agricultores recorrem aos herbicidas, uma vez que determinadas doenças virais só são possíveis de serem eliminadas, se o produto penetrar nos tecidos e nas células vegetais. Assim, focam seus estudos em substâncias que possam ser transportadas a longa distância, tanto pela associação com o floema como pelo intercâmbio entre domínios simplásticos. Quando a planta se encontra sob estresse, e as taxas de transporte via xilema e floema são mais reduzidas, os(as) ______________ podem ser mais efetivos(as) no transporte das moléculas de herbicidas sistêmicos, a longa distância. Assinale a alternativa cujo termo preenche corretamente a lacuna.

a) vacúolos

b) plasmodesmos

c) estômatos

d) lamelas médias

e) tonoplasto

02. (UNICENTRO) A raiz, juntamente com o caule e as folhas, compõe a parte vegetativa das plantas, ou seja, aquela que não está envolvida na reprodução. Suas principais funções são a absorção de água e nutrientes e a fixação da planta no solo. As raízes também são responsáveis pela produção de alguns hormônios vegetais, como é o caso da citosina (citocinina?), substância envolvida principalmente na multiplicação celular e no crescimento dos tecidos. E também existem raízes adaptadas a funções especiais, como armazenar substâncias de reserva e realizar trocas gasosas.

(RAIZ, órgão…, 2016).

Analisando-se as informações do texto e com base nos conhecimentos, pode-se afirmar que:

a) a água penetra no vegetal por osmose reversa, com gasto de energia metabólica.

b) a raiz apresenta a mesma organização morfológica como em todos os representantes do reino plantae.

c) a citocinina reduz a senescência celular por proporcionar a renovação celular.

d) observa-se que a carga genética é diferente daquela observada nas folhas, rica em clorofila em suas células.

e) a ação da citocinina é limitada às raízes primárias.

03. (UEPG) Abaixo estão representados esquematicamente cortes transversais de estômatos em duas situações distintas. Sobre o assunto, assinale o que for correto.

03

Modificado de: Lopes, S., Rosso, S. BIO. 2a ed.

Volume 3. Editora Saraiva. São Paulo. 2010.

01. Durante a noite, ocorre a situação (A). Os estômatos se abrem por meio da ação do ácido abscísico, permitindo a saída de água por transpiração.

02. Quando há falta de água na planta (B), o ácido abscísico chega até as células estomáticas e estimula a saída de íons potássio, diminuindo a concentração osmótica destas células, as quais perdem água por osmose para as células vizinhas, levando ao fechamento do ostíolo.

04. Podemos observar a ocorrência da situação (B) na ausência de luz ou sob alta concentração de CO2, quando as células estomáticas perdem potássio e, consequentemente, água, e murcham.

08. Em (A), as plantas estão com suprimento adequado de água, as células estomáticas permanecerão túrgidas, mantendo o ostíolo aberto.

Soma das alternativas corretas:

04. (Unisc) A diferenciação entre Pteridófitas, Angiospermas e Gimnospermas se dá, pelo fato das mesmas apresentarem, respectivamente, a formação de:

a) esporos – fruto e semente – semente.

b) semente – esporos – fruto.

c) esporos – fruto e semente – fruto.

d) fruto e semente – fruto – esporos.

e) esporos e semente – fruto – semente e fruto.

05. (UEM) No final do século XIX, as plantas foram separadas em dois grandes grupos: as criptógamas, que apresentam os “órgãos reprodutivos escondidos” ou pouco evidentes, e as fanerógamas, que apresentam os “órgãos reprodutivos evidentes”. Nas classificações modernas, esses termos não representam categorias taxionômicas formais, embora ainda sejam muito utilizados. Considerando o texto acima e os diferentes grupos de plantas, conforme as classificações atuais, assinale o que for correto.

01. No grupo das criptógamas, estão incluídas as briófitas e as pteridófitas.

02. As briófitas e as pteridófitas são vegetais avasculares.

04. O grupo das fanerógamas inclui as gimnospermas e as angiospermas.

08. As gimnospermas incluem as plantas que apresentam sementes nuas e a maioria das angiospermas apresenta as sementes no interior dos frutos.

16. Tanto as criptógamas quanto as fanerógamas apresentam alternância entre as fases esporofítica e gametofítica.

32. Os grãos de pólen são estruturas reprodutivas presentes nas criptógamas e nas fanerógamas.

64. A oosfera, gameta feminino, é uma estrutura presente nas criptógamas e nas fanerógamas.

Soma das alternativas corretas:

06. (UNICAMP) De acordo com o cladograma a seguir, é correto afirmar que:

06

a) A é Briófita, B é Pteridófita e C é Espermatófita.

b) C é Espermatófita, D é traqueófita e E é Angiosperma.

c) C possui sementes, D é Espermatófita e E é Angiosperma.

d) B é Briófita, D é traqueófita e E possui sementes.

07. (Unitau) Uma planta jovem tem crescimento na ausência de luz e apresenta um processo adaptativo para atingir rapidamente a superfície e evitar o atrito com o solo. Assinale a alternativa que aponta o nome desse processo adaptativo, bem como as características apresentadas pela planta.

07

08. (UEM) Uma das características das florestas de araucárias, presentes no Sul do Brasil, é a predominância do pinheiro do Paraná (Gimnosperma), cujas árvores podem atingir 30 metros de altura. Nessas florestas, desenvolvem-se, ainda, samambaias (Pteridófitas), gramíneas, erva-mate, cedro e imbuia (Angiospermas). Sobre as características dos grupos de vegetais presentes nessas florestas, assinale o que for correto.

01. Todas as plantas citadas no enunciado apresentam tecido vascular; por isso, também, podem ser consideradas traqueófitas.

02. O pinheiro do Paraná, pertencente ao grupo das Gimnospermas, apresenta flores e frutos contendo sementes que são disseminadas pelo vento.

04. As gramíneas pertencem ao grupo das Angiospermas Monocotiledôneas, apresentam raízes fasciculadas e folhas com nervuras paralelas.

08. As Angiospermas, grupo ao qual pertencem erva-mate, cedro e imbuia, são caracterizadas pela presença de flores pentâmeras e sementes nuas, em função da ausência de frutos.

16. A flor completa das Angiospermas apresenta os quatro verticilos florais, ou seja, é constituída por sépalas, pétalas, estames e pistilos.

32. Todas as espécies de Angiospermas e de Gimnospermas são dioicas, ou seja, apresentam as flores masculinas e femininas na mesma árvore.

64. O esporófito das samambaias, pertencentes ao grupo das Pteridófitas, apresenta os soros, estruturas que abrigam os esporângios, onde células sofrem meiose, originando os esporos.

Soma das alternativas corretas:

09. (FDSBC) O poema a seguir é de autoria de Ferreira Gullar, intitulado “O musgo”.

09

É correto afirmar que o organismo sobre o qual fala o poema:

a) não apresenta vasos condutores.

b) é resultante de uma simbiose entre alga e fungo.

c) possui estruturas reprodutivas, os soros, em suas folhas.

d) requer umidade para sobreviver, mas não para se reproduzir.

10. (CEDERJ) O transporte de grãos de pólen de uma flor para outra ou para o seu próprio estigma pode ser realizado através dos ventos. Esse processo de polinização, que permite a reprodução das plantas por meio dos ventos, é denominado:

a) Ornintofilia.

b) Entomofilia.

c) Cantarofilia.

d) Amenofilia.

11. (UFRR) Considere as seguintes características:

I. Nítida alternância de gerações, com predominância da fase gametofítica;

II. Presença de frutos;

III. Presença de sementes.

Uma araucária (Gimnosperma) e uma sucuuba (Angiosperma) apresentam em comum:

a) II.

b) III.

c) I e II.

d) I e III.

e) I.

12. (UFAM) Observe a figura abaixo, que mostra o corte transversal através de uma folha.

12

Assinale a alternativa que contem a sequência correspondente:

a) a, cutícula; b, epiderme; c, parênquima paliçádico; d, feixe vascular; e, parênquima lacunoso; f, câmara subestomática.

b) a, cutícula; b, parênquima paliçádico; c, epiderme; d, feixe vascular; e, parênquima lacunoso; f, câmara subestomática.

c) a, cutícula; b, epiderme; c, parênquima lacunoso; d, feixe vascular; e, parênquima paliçádico; f, câmara subestomática.

d) a, epiderme; b abaxial estomática; c, parênquima paliçádico; d, câmara subestomática; e, parênquima lacunoso; f, feixe vascular.

e) a, epiderme; b, abaxial estomática; c, parênquima lacunoso; d, feixe vascular; e, parênquima paliçádico; f, câmara subestomática.

13. (UEM) As angiospermas correspondem ao grupo de plantas com maior número de espécies sobre a Terra. Ocorrem em ampla diversidade de habitats, possuindo desde espécies aquáticas, inclusive marinhas, até plantas adaptadas a ambientes áridos. Nesse grupo, são encontradas espécies arbóreas, arbustivas, herbáceas, epífitas e parasitas de outras plantas. Sobre as angiospermas, assinale o que for correto.

01. São fanerógamas que produzem flores, frutos e sementes.

02. O número de elementos que compõe a flor, a forma das folhas e do sistema radicular, além do número de cotilédones das sementes permitem classificar as angiospermas em dois grandes grupos: as monocotiledôneas e as dicotiledôneas.

04. O androceu, formado pelos estames, e o gineceu, formado pelo pistilo ou carpelo, são estruturas relacionadas com a reprodução das angiospermas.

08. Nas angiospermas, o gametófito (2n) é o indivíduo mais desenvolvido, apresentando raízes, caule e folhas.

16. Nesse grupo, o gameta feminino (n) é a oosfera e os gametas masculinos (n) são os núcleos espermáticos (gaméticos).

32. A semente das angiospermas, decorrente do desenvolvimento do óvulo fecundado, apresenta o embrião no seu interior, que corresponde ao esporófito jovem.

64. As diferentes espécies de bromélias e de orquídeas existentes na mata atlântica são exemplos de angiospermas parasitas de outras plantas.

Soma das alternativas corretas:

14. (UEA) A pupunheira (Bactris gasipaes) é uma palmeira de clima tropical em que todas as partes podem ser aproveitadas, embora sejam mais importantes economicamente os frutos e o palmito. A pupunheira apresenta uma série de vantagens para produção de palmito em relação às outras palmeiras nativas como o açaí (Euterpe oleracea) e a juçara (Euterpe edulis), que são exploradas de forma extrativista e por isso apresentam restrições legais e risco de extinção.

(https://sistemasdeproducao.cnptia.embrapa.br. Adaptado.)

Parece juçara, mas é açaí. A “juçara” que todos os maranhenses conhecem é, na verdade, açaí. O que a gente tem no Maranhão é a Euterpe oleracea que todo o Brasil conhece como açaí. O único lugar do Brasil que o nome comum do açaí é juçara é no Maranhão. O açaí (Euterpe oleracea) é a palmeira encontrada em estados da região Norte do país, de clima amazônico, e em alguns estados da região Nordeste. Já a juçara (Euterpe edulis) é a palmeira encontrada em parte do Cerrado e em toda a Mata Atlântica.

(http://imirante.com. Adaptado.)

Verifica-se nos textos transcritos menção a:

a) três espécies de dois gêneros de angiosperma.

b) duas espécies de dois gêneros de angiosperma.

c) duas subespécies de uma única espécie de angiosperma.

d) três espécies de um único gênero de gimnosperma.

e) uma única espécie de dois gêneros de gimnosperma.

15. (UEM) As plantas retiram do ambiente substâncias importantes para a síntese de compostos que participam da estrutura e do metabolismo vegetal. Sobre esses compostos e sobre seu papel na fisiologia das plantas, assinale o que for correto.

01. As plantas sintetizam todas as substâncias orgânicas de que necessitam a partir da água, dos minerais, do gás carbônico e da energia luminosa.

02. Nitrogênio, fósforo e enxofre são requeridos em grandes quantidades pela planta, por serem componentes de moléculas orgânicas.

04. O magnésio é um componente básico da molécula de clorofila, por isso é importante para a ocorrência da fotossíntese.

08. Nos vegetais, além da glicose, podem ser formadas outras substâncias como aminoácidos, ácidos graxos e ácidos orgânicos.

16. Variações na temperatura e na intensidade luminosa afetam as taxas de fotossíntese, porém nenhum efeito é decorrente da variação na concentração de CO2 e no teor de água do solo.

32. A água, os elementos minerais e os compostos produzidos durante a fotossíntese são transportados das raízes para os diferentes órgãos das plantas através das traqueídes do xilema.

64. As trocas gasosas entre as plantas e a atmosfera envolvem a absorção de água e de elementos minerais pelos estômatos e pela epiderme das folhas e das raízes.

Soma das alternativas corretas:

16. (UNICISAL) As abelhas estão desaparecendo. E isso é preocupante. Nos últimos anos, a quantidade de abelhas tem diminuído no mundo. Pragas e uso de pesticidas estão entre as principais causas desse fenômeno, que já afeta o Brasil. Dois terços dos alimentos que nós ingerimos são cultivados com a ajuda das abelhas. Na busca do pólen das plantas, sua refeição, esses insetos polinizam plantações de frutas, legumes e grãos. Em tempos em que a escassez mundial de comida é pauta das autoridades no assunto, a perspectiva de ficar sem a ajuda desses seres para a reprodução dessas plantas e o abastecimento alimentar seria alarmante. E é o que está acontecendo.

Disponível em: <http://veja.abril.com.br/ciencia/as-abelhas-estao-desaparecendo-e-isso-e-preocupante/&gt;.Acesso em: 30 nov. 2016 (adaptado).

De acordo com o texto, o desaparecimento das abelhas prejudica a reprodução de plantas do grupo das:

a) briófitas.

b) pteridófitas.

c) criptógamas.

d) angiospermas.

e) gimnospermas.

17. (FPS) Dentre as partes das plantas mais utilizadas para a produção de chás ou infusões, estão estruturas anatômicas cobertas por células parenquimáticas que protegem o meristema apical. Ao microscópio, é possível observar, em corte transversal, três conjuntos de células dispostas em camadas concêntricas: a epiderme, o córtex e o cilindro vascular. Nesse caso, a estrutura descrita é:

a) a Folha.

b) a Raiz.

c) a Flor.

d) o Caule.

e) o Fruto.

18. (UEM) O corpo da maioria das angiospermas é constituído por duas partes principais: uma localizada sob o solo, as raízes, e a outra, aérea, composta pelo caule, pelas folhas, pelas flores e pelos frutos. Sobre os órgãos que constituem as plantas, assinale o que for correto.

01. As raízes apresentam o meristema subapical, responsável pelo crescimento em extensão.

02. Os caules de plantas dicotiledôneas apresentam crescimento em espessura, caracterizado pela estrutura secundária.

04. Nas folhas, os tecidos condutores encontram–se agrupados em feixes liberolenhosos, formando as nervuras foliares.

08. A folha é totalmente revestida pela epiderme, e seu interior, o mesófilo, apresenta o parênquima clorofiliano e os tecidos de sustentação.

16. Uma flor completa apresenta quatro verticilos florais: cálice, corola, gineceu e androceu.

32. Os frutos são constituídos por duas partes principais: o pericarpo, resultante do desenvolvimento das paredes do ovário e as sementes, resultantes do desenvolvimento dos óvulos fecundados.

64. A cenoura, a beterraba e os tubérculos de gengibre e de batata são exemplos de caules modificados, utilizados para a alimentação.

Soma das alternativas corretas:

19. (Unemat) “O fruto do pequizeiro apresenta gosto inconfundível, tendo seu nome ligado às suas características botânicas, e etimologicamente ligado à língua tupi: py significa “casca” e qui significa “espinho”. Contém normalmente entre 1 e 4 caroços por fruto, cientificamente chamados de putâmens. (…) O caroço é composto por um endocarpo lenhoso com inúmeros espinhos, contendo internamente a semente, ou castanha, e envolto por uma polpa de coloração amarela intensa, carnosa e com alto teor de óleo.”

CARRAZZA, J. R.; D´ÁVILA, J. C. C. Manual Tecnológico de Aproveitamento Integral do Fruto do Pequi (Caryocar brasiliense). Brasília – DF. Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN). Brasil, 2010.

Considerando as informações sobre o pequizeiro contidas no texto e as características das sementes, assinale a alternativa correta.

a) O pequizeiro é uma arvore lenhosa que produz flores.

b) A polpa comestível do pequi equivale ao epicarpo do fruto.

c) O pequizeiro é uma gimnosperma.

d) O endosperma dentro do caroço do pequi tem a mesma ploidia que o tecido nutritivo das sementes das araucárias.

e) O fruto do pequizeiro é um pseudofruto, porque o caroço equivale à semente aderida ao endocarpo desse fruto.

20. (PUC-GO) Use o texto abaixo para responder esta questão.

O SUPLÍCIO DA MANGUEIRA CENTENÁRIA

[…]

Foi um momento de drama e de emoção. A raiz da mangueira reagiu à força dos homens e das máquinas. Ela resistia para não ir embora. Depois de cem anos, ela fazia parte daquela terra, daquele espaço. Vieram homens da Prefeitura com a Grande Máquina que prendia em si fortes correntes. Foi retirado o portão e parte do muro para que ela pudesse passar. Aquele povo todo descendo para a Rua de Baixo para assistir ao espetáculo e ela parada, dentro da cratera, não movia uma farpa sequer de seu enorme corpo. Os homens da Prefeitura, então, amarraram-lhe o corpo com as enormes correntes e começaram a acionar o motor da Grande Máquina para forçar a saída da raiz de dentro da enorme cratera. Mas as correntes escapavam e tudo voltava à estaca zero. Depois de algumas tentativas e rearranjos de matérias foi dado um forte arranque e ela foi jogada para fora. Daí, o sofrimento foi bem maior. Aquela raiz meio batata gigante rolava para um lado e para o outro como os loucos que não querem ser segurados ou como um animal feroz que se vê indo para a jaula. E a máquina começou a andar em direção da rua que estava encrespada de gente. O olho do povo estava arregalado e alguns até choravam. Muitas e muitas daquelas pessoas iam todos os anos lá pelos meados de dezembro buscar frutas que a mangueira produzia. Era das mais doces da cidade.

Naquela dificuldade de puxar a raiz, a máquina ziguezagueava e isso causava um barulho ensurdecedor. E simultaneamente, a última parte da árvore parecia responder a isso ao persistir nos gestos de resistência, enrolando-se e enrolando as correntes, ameaçando, tombando para os lados para dificultar a linha reta da máquina, enfim, não tinha como encontrar um acordo para a expulsão da raiz de seu habitat. E, assim, com todo esse esforço, a máquina conseguiu atravessar os limites do quintal e atingir a rua, arrastando a raiz. A raiz foi dominada ou foi domada pela força do homem. Mas ao entrar na rua, ela ainda guardava muita energia. Conforme a máquina a puxava ela ia amassando o asfalto e deixando seu rastro por onde passava.

(GONÇALVES, Aguinaldo. Das estampas. São Paulo: Nankin, 2013. p. 62-63.)

O Texto acima retrata a difícil retirada de uma mangueira por parte da prefeitura. Árvore frondosa, dicotiledônea, de porte médio a alto, apresenta um fruto comestível que, a depender da variedade, difere no sabor e no tamanho. Sobre as mangueiras, marque a única alternativa correta:

a) As mangueiras aceitam qualquer tipo de solo, possuem um caule do tipo estipe e se adaptam melhor a regiões de clima ameno e com pouca chuva.

b) O sistema radicular da mangueira é caracterizado pela presença de uma raiz pivotante, que pode se aprofundar bastante no solo, proporcionando uma boa sustentação à planta e possibilitando a sobrevivência em períodos prolongados de estiagem.

c) Seu fruto é uma baga rica em fibras vegetais e pobre em vitaminas. Apresenta ainda uma grande quantidade de carboidratos e pouca disponibilidade de ferro.

d) Por se tratar de uma planta desprovida de flor, inexiste o processo de polinização e sua reprodução se dá exclusivamente através de esporos.

21. (CESGRANRIO) O desenho abaixo ilustra uma experiência para demonstrar que:

21

a) a raiz possui geotropismo negativo e o caule geotropismo positivo.

b) a raiz possui geotropismo positivo e o caule geotropismo negativo.

c) a raiz e o caule apresentam, respectivamente, fototropismo positivo e fototropismo negativo.

d) a raiz e o caule possuem diageotropismo.

e) a raiz possui hidrotropismo negativo e o caule hidrotropismo positivo.

22. (PUC-SP) Os esquemas a seguir representam detalhes da epiderme de duas folhas, designadas por I e II.

22

Com relação à análise dos esquemas, pode-se dizer que:

a) em I, as células estomáticas apresentam menor suprimento hídrico que em II.

b) em I, as células estomáticas apresentam maior suprimento hídrico que em II.

c) em I, as células estomáticas estão túrgidas.

d) em II, as células estomáticas estão murchas.

e) em I e II, as células estomáticas devem apresentar o mesmo suprimento hídrico.

23. (UEL) Num experimento, mergulharam-se em solução nutritiva as seguintes partes de quatro plantas da mesma espécie:

I. Toda a raiz.

II. Somente a zona suberosa da raiz.

III. Somente a zona pilífera da raiz.

IV. Somente a coifa da raiz.

Espera-se que, após alguns dias, tenham sobrevivido somente as plantas:

a) I e II.

b) I e III.

c) II e III.

d) II e IV.

e) III e IV.

24. (UCDB) As angiospermas constituem o grupo vegetal de maior sucesso evolutivo, considerando-se a grande irradiação adaptativa que culminou com a colonização dos mais diferentes hábitats da Terra. A irradiação adaptativa entre as angiospermas pode ser explicada pela conquista de:

a) fecundação interna, com gametas diferenciados e em grande número.

b) sementes protegidas por um fruto que oportunizou a dispersão.

c) pigmentos fotossensíveis que permitiram a transformação de energia luminosa em energia química.

d) fase esporofítica haploide reduzida a poucas gerações celulares.

e) vasos condutores especializados para a condução de seiva bruta e de seiva elaborada.

25. (USF) A figura abaixo ilustra um mecanismo que pode ser usado para a reprodução de plantas por um processo de clonagem.

25

A partir de sua análise, pode-se concluir que:

a) células diferenciadas não preservam o genoma da espécie.

b) a desdiferenciação não ocorreu em meio líquido rico em nutrientes.

c) as células clonadas são capazes apenas de programar uma planta incompleta.

d) a diferenciação das células se faz sem perda do material genético.

26. (MACK)

26

Sobre o ciclo reprodutivo dos vegetais, representado acima, é incorreto afirmar que:

a) nas briófitas, I é a fase predominante sobre a fase II.

b) I é a fase haploide e II é a fase diploide.

c) III é produzido por meiose.

d) nas angiospermas, II é a fase predominante sobre a fase I.

e) em I, ocorre a meiose gamética.

27. (PUCSP) O professor levou para a aula de Biologia seis mamões verdes. Riscou com uma faca três dos mamões e em seguida os embrulhou com jornal (lote A). Os outros três não foram riscados e nem envolvidos com jornal (lote B). Os mamões do lote A amadureceram mais rapidamente que os do lote B. Essa diferença no tempo de amadurecimento se deve a:

a) maior concentração de etileno no lote A, o que acelera o amadurecimento dos frutos.

b) menor concentração de etileno no lote A, o que acelera o amadurecimento dos frutos.

c) maior concentração de etileno no lote B, o que retarda o amadurecimento dos frutos.

d) maior concentração de auxinas no lote B, o que retarda o amadurecimento dos frutos.

e) maior concentração de auxinas no lote A, o que acelera o amadurecimento dos frutos.

28. (UFSCAR) Se retirarmos um anel da casca de um ramo lateral de uma planta, de modo a eliminar o floema, mas mantendo o xilema intacto, como mostrado na figura, espera-se que:28a) o ramo morra, pois, os vasos condutores de água e de sais minerais são eliminados e suas folhas deixarão de realizar fotossíntese.

b) o ramo morra, pois, os vasos condutores de substâncias orgânicas são eliminados e suas folhas deixarão de receber alimento das raízes.

c) o ramo continue vivo, pois os vasos condutores de água e de sais minerais não são eliminados e as folhas continuarão a realizar fotossíntese.

d) o ramo continue vivo, pois os vasos condutores de substâncias orgânicas não são eliminados e suas folhas continuarão a receber alimento das raízes.

e) a planta toda morra, pois, a eliminação do chamado anel de Malpighi, independentemente do local onde seja realizado, é sempre fatal para a planta.

29. (UFU) Os vegetais apresentam movimentos diversos, em resposta aos estímulos externos. Considerando os movimentos realizados pelos vegetais, em resposta a esses estímulos, associe as características apresentadas na coluna 1 com os movimentos citados na coluna 2.

COLUNA 1

1 – Fechamento de folhas cujos folíolos fecham-se rapidamente quando tocados.

2 – Crescimento das raízes em direção ao centro da Terra.

3 – Crescimento do tubo polínico em direção ao óvulo.

4 – Enrolamento das gavinhas ao redor de um suporte.

COLUNA 2

I – Quimiotropismo positivo.

II – Tigmotropismo.

III – Nastismo.

IV – Geotropismo positivo.

Marque a alternativa que apresenta a associação correta.

a) 1 – II; 2 – III; 3 – I; 4 – IV.

b) 1 – III; 2 – II; 3 – I; 4 – IV.

c) 1 – I; 2 – IV; 3 – III; 4 – II.

d) 1 – III; 2 – IV; 3 – I; 4 – II.

30. (UNIFESP ) Um estudante tem a tarefa de extrair substâncias de reserva de plantas. Porém, está em dúvida sobre qual ou quais são essas substâncias e de onde extraí-las. Assinale a alternativa que contém a resposta e o procedimento corretos para essa tarefa.

a) O estudante extrairá somente amido, que é a substância de reserva dos vegetais. O amido é produzido nas folhas e acumulado nas raízes; logo, apenas raízes deverão ser usadas.

b) Há a possibilidade de se trabalhar com amido e lipídio, as substâncias de reserva dos vegetais. Lipídios são encontrados somente nas sementes e amido, somente em raízes e caules.

c) Proteínas e lipídios são as substâncias de reserva mais abundantes nos vegetais. Podem ser extraídos de qualquer órgão, mas principalmente dos frutos e raízes.

d) Substâncias de reserva nos vegetais são carboidratos, lipídios e proteínas. Podem ser extraídos de qualquer órgão da planta, mas principalmente de raízes e caules (carboidratos) e de sementes e frutos (lipídios e proteínas).

e) Amido e outros carboidratos constituem a única forma de reserva nas plantas. Podem ser extraídos de qualquer órgão vegetal, embora se concentrem nas raízes e nos caules.

 

gab

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: