Publicado por: Djalma Santos | 28 de abril de 2017

TESTES DE ZOOLOGIA (18)

01. (UFMS) No Brasil, o escorpião Tityus serrulatus, conhecido como escorpião-amarelo, é um dos principais causadores de acidentes com aracnídeos peçonhentos. Sobre o escorpião, considere as afirmações a seguir.

I. I. Apresentam desenvolvimento direto.

II. Apresentam quatro pares de pernas e não possuem antenas.

III. Possuem o corpo dividido em cefalotórax e abdome, com o abdome dividido em pré-abdome e pós-abdome ou cauda.

Está(ão) correta(s):

a) apenas I.

b) apenas II.

c) apenas III.

d) apenas I e II.

e) I, II e III.

02. (UPE) Observe as imagens dos novos personagens do Filme “Procurando Dory”. Os números arábicos correspondem a cada espécie.

Fonte: http://www.papelpop.com/2016/03/que-fofura-conheca-os-

novos-personagens-de-procurando-dory/ (Figura Adaptada)

Sobre essas imagens, é correto afirmar que:

a) o exemplar 1 é essencialmente aquático. Ao respirar, a água entra pela boca, passa pelas brânquias e sai através das fendas branquiais. Os exemplares 6 e 7 são semiaquáticos e precisam voltar à tona para respirar pelos pulmões.

b) a espécie 2 corresponde a um peixe cartilaginoso holocéfalo, por possuir brânquias protegidas por opérculo, cauda longa, olhos grandes e corpo sem escamas, enquanto a espécie 4 representa peixes ósseos com boca transversal, brânquias sem opérculo e escamas placoides.

c) a espécie 3 é caracterizada por ser endotérmica; aerodinâmica com esqueleto formado, em grande parte, por ossos pneumáticos e corpo coberto por penas, que, além de manterem o aquecimento do corpo, são fundamentais para o voo.

d) o espécime 5 é um cefalópode e possui concha interna reduzida, sistema nervoso pouco desenvolvido, permitindo ao animal mudar de cor de acordo com o ambiente. Seus tentáculos são frágeis, e seu principal meio de locomoção é por jatopropulsão.

e) todas as espécies representadas (1 a 7) pertencem aos Tetrápodes que se caracterizam por apresentarem coluna vertebral, crânio, mandíbulas, encéfalo com duas regiões.

03. (UNICENTRO) O morcego é um animal mamífero da ordem Chiroptera, cujos membros superiores (braços e mãos) têm formato de asas membranosas, tornando-os os únicos mamíferos naturalmente capazes de voar. No Brasil, o morcego pode ser raramente chamado pelos seus nomes indígenas andirá ou guandira. Ele possui as seguintes classificações taxonômicas:

Essa classificação taxonômica do morcego evidencia:

a) que ele é muito próximo do ser humano, quando se observa a sua ordem.

b) a presença da notocorda por toda sua vida.

c) que ele é um animal que apresenta glândulas mamárias apenas durante o período da amamentação.

d) que ele apresenta uma temperatura que não sofre variação de acordo com o meio.

04. (UCS) A osmorregulação é um processo fundamental para o sucesso biótico de muito animais, permitindo que estes mantenham regulados seus meios internos em relação aos meios externos. Em relação às estratégias de osmorregulação, é correto afirmar que:

a) os animais estenoalinos são os que possuem a capacidade de adaptação a diferenças ambientais rápidas como acontece nos estuários.

b) os animais eurialinos são os que conseguem modificar suas condições fisiológicas controlando o equilíbrio hídrico e as trocas iônicas com o meio.

c) o principal órgão osmorregulador nos animais terrestres é o pulmão, que mantém o equilíbrio de sais e de água no sangue.

d) alguns invertebrados utilizam a estratégia de camadas tegumentares como conchas, exoesqueleto ou queratina para facilitar o ganho de água.

e) as aves são os vertebrados mais eficientes em relação à osmorregulação, pois seu sistema excretor elimina grande quantidade de amônia.

05. (CATÓLICA SC) Pesquisa usa vermes contra doença celíaca Parasitas reduziram resposta inflamatória ao glúten, proteína do trigo, em dez pessoas. Um grupo de pessoas com doença celíaca aceitou se submeter a uma terapia inusitada para tentar controlar o problema: uma infestação de vermes parasitas. A doença celíaca é resultado de uma alteração no sistema imunológico que provoca um ataque desordenado de células do próprio doente ao seu intestino quando ingere glúten, proteína presente em alimentos à base de trigo, como macarrão e pães. Entre os sintomas estão diarreia crônica, inchaço, fadiga e até prejuízo de desenvolvimento em crianças. Até agora, o único tratamento eficaz para doença celíaca é uma dieta sem glúten. A terapia em teste usou o verme Necator americanus (…). Os efeitos colaterais ao verme observados nos pacientes foram uma leve dor de estômago e pequena inflamação na pele – no local por onde as larvas penetraram. Esses efeitos foram rapidamente sanados. Paul Giacomin, um dos autores do trabalho, da Universidade James Cook, explica que as larvas penetram a pele e viajam pela corrente sanguínea até o pulmão, onde se desenvolvem. Depois sobem as vias aéreas, são tossidas, engolidas e chegam, então, ao intestino, e lá se alojam. (…) O papel dos vermes, segundo os cientistas, foi mudar o padrão de resposta do sistema imune ao glúten, de modo a reduzir a reação inflamatória causada pela proteína. O trabalho foi publicado no “Journal of Allergy and Clinical Immunology

Lido o texto, analise as afirmativas a seguir:

I. O verme usado na pesquisa pertence ao mesmo filo que o Ancilostoma duodenale.

II. O verme usado é celomado.

III. Os animais pertencentes ao filo ao qual pertence o Necator são todos parasitas.

IV. O tubo digestório do filo é completo.

Estão corretas:

a) Apenas I, III e IV.

b) Apenas II e III.

c) Apenas III e IV.

d) I, II, III e IV.

e) Apenas I e IV.

06. (ACAFE) Os cordados são animais que apresentam, entre outras características, presença de notocorda em alguma etapa da vida e cordão nervoso em posição dorsal. Constituem um grande filo do reino animal que abrange diversas classes. Em relação aos grupos de animais pertencentes ao filo Chordata, correlacione as colunas a seguir.

1. Amphibios.

2. Reptilia.

3. Aves.

4. Mammalia.

5. Osteichthyes

( ) São endotérmicos, circulação fechada, dupla e completa, coração com 4 cavidades (2 átrios e 2 ventrículos), respiração pulmonar e pele, na maioria, com presença de glândulas uropigianas.

( ) São pecilotérmicos, rins mesonéfricos, pele úmida e muito vascularizada e circulação fechada, dupla e incompleta.

( ) São endotérmicos, circulação fechada, dupla e completa, coração com 4 cavidades (2 átrios e 2 ventrículos), respiração pulmonar e a maioria vivípara.

( ) São pecilotérmicos, circulação fechada, simples e completa, rins mesonéfricos e respiração branquial com algumas espécies dipnoicas.

( ) Pele seca, sem glândulas mucosas, revestida por escamas de origem epidérmica ou por placas ósseas de origem dérmica, pecilotérmicos e pulmonados.

A sequência correta é:

a) 2 – 4 – 1 – 5 – 3.

b) 5 – 3 – 1 – 2 – 4.

c) 4 – 2 – 3 – 1 – 5.

d) 3 – 1 – 4 – 5 – 2.

07. (UEPG) Assinale o que for correto sobre as características presentes nas classes Chondricthyes e Actinopterygii

01. Nos actinopterígios, estruturas excretoras importantes, como a linha lateral, têm como função regular os níveis internos de amônia, contribuindo para a osmorregulação nestes animais.

02. Os tubarões apresentam escamas placoides em sua epiderme, as quais são constituídas por material orgânico calcificado, a dentina. Na região interna das escamas, na região denominada polpa, há vasos sanguíneos e terminações nervosas.

04. Dentre os representantes dos peixes cartilaginosos podemos citar os tubarões, cações, raias e quimeras, os quais apresentam o esqueleto totalmente constituído por cartilagem. A maioria dos membros é carnívora e tem mandíbulas bem desenvolvidas.

08. A respiração nos peixes ósseos é cutânea, permitindo trocas gasosas recorrentes no ambiente aquático. O sistema circulatório é aberto e os gases circulam livremente entre os tecidos e a corrente sanguínea.

Soma das alternativas corretas:

08. (UERJ) Esponjas e mexilhões podem ser considerados bioindicadores, uma vez que a análise de seus tecidos revela a concentração de poluentes na água. Isso ocorre pois, no meio aquático, esses animais são caracterizados, em sua maioria, como:

a) filtradores.

b) raspadores.

c) predadores.

d) decompositores.

09. (Unitau) Os animais do filo Chordata incluem alguns dos seres mais elaborados de todo o reino animal, como as aves e os mamíferos, com toda a sua complexidade estrutural e de funcionamento. Apesar disso, o grupo inclui, também, algumas formas primitivas, relativamente simples, como as ascídeas e os anfioxos. Os animais do filo Chordata apresentam, pelo menos, quatro características em comum, em pelo menos alguma fase da vida embrionária ou adulta, o que os torna “parentes”. Sobre as estruturas desses animais, leia as afirmações a seguir.

I. Estrutura dorsal de sustentação com formato de cilindro flexível, que se forma entre os tubos digestivo e nervoso.

II. Aberturas localizadas na região da faringe, de origem embrionária e que podem ou não persistir na fase adulta.

III. Estrutura nervosa formada pela ectoderme do embrião. Estende-se longitudinalmente na superfície dorsal dos animais.

IV. Representa a porção terminal da coluna vertebral, obrigatória na fase embrionária de todos os cordados, com presença facultativa nos adultos e exercendo funções variadas.

Com base nas afirmações acima e em seus conhecimentos acerca da evolução dos Chordata, assinale a alternativa que apresenta a correspondência correta entre as descrições e os respectivos nomes das estruturas.

a) I-notocorda; II-fendas branquiais; III-tubo nervoso; IV-cauda pós-anal.

b) I-notocorda; II-fendas traqueais; III-tubo digestivo; IV-cauda pós-anal.

c) I-notocorda; II-canal do reto; III-fendas pulmonares; IV-cauda pós-anal.

d) I-notocorda; II-tubo digestivo; III-fendas pulmonares; IV-cauda pós-anal.

e) I-notocorda; II-tubo nervoso; III-fendas pulmonares; IV-cauda pós-anal.

10. (PUC-SP) Em vários grupos animais, a troca de gases respiratórios com o ambiente depende do trabalho conjunto realizado entre sistema respiratório e sistema circulatório. Enquanto o sistema respiratório se ocupa da aquisição e eliminação de gases realizadas diretamente entre o organismo e o ambiente, o sistema circulatório atua na distribuição desses gases pelo corpo. No entanto, existem animais cujo sistema circulatório é desprovido de funções respiratórias, como, por exemplo,

a) os insetos.

b) os peixes.

c) os crustáceos.

d) os anfíbios.

11. (IFMG) Leia o Texto para responder esta questão.

Impactos visíveis no mar

Poluentes chegam a 200 km ao norte e ao sul da foz do rio Doce, atingem unidades de conservação, alteram equilíbrio ecológico e se acumulam no assoalho marinho.

“Em janeiro deste ano, ao sobrevoarem o litoral do Espírito Santo e do sul da Bahia, biólogos, oceanógrafos e técnicos de órgãos ambientais do governo federal reconheceram os borrões escuros na superfície do mar formados pelo acúmulo de resíduos metálicos que vazaram do reservatório da mineradora Samarco em Mariana, Minas Gerais, em novembro de 2015. A mancha de resíduos, também chamada de pluma, aproximava-se do arquipélago de Abrolhos, uma das principais reservas de vida silvestre marinha da costa brasileira.

Em meio às manchas verde-escuro havia colônias de algas e outros organismos marinhos microscópicos – o fitoplâncton – com dezenas de quilômetros de extensão, muito maiores que as observadas nos anos anteriores, de acordo com as análises de pesquisadores da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Outra peculiaridade é que os organismos cresciam e se multiplicavam rapidamente, em decorrência do excesso de ferro dos rejeitos da mineradora de Mariana que se espalham pelo mar a partir da foz do rio Doce, onde chegaram no final de novembro. Além disso, a diversidade de espécies havia sido reduzida quase à metade. A equipe de oceanografia da UFES, encontrou no máximo 40 espécies de fitoplâncton por amostra analisada; antes da chegada dos resíduos os pesquisadores reconheciam de 50 a 70 espécies. A hipótese dos pesquisadores e técnicos é de que já poderia ter ocorrido uma seleção de variedades mais adaptadas ao excesso de ferro trazido com a descarga dos resíduos no mar.

Nos sobrevoos do litoral do Espírito Santo e da Bahia foi observado muitos barcos de pesca próximos às manchas de fitoplâncton na foz do rio Doce. Atraídos pela abundância de alimento, o grande número de peixes chamou a atenção dos pescadores. Através das análises preliminares da qualidade de água e na observação do cenário, a equipe do Ibama elaborou um relatório técnico alertando sobre alterações na qualidade da água. Com base no documento e no princípio da precaução – para evitar que a população seja prejudicada pelo consumo de peixes contaminados – um juiz federal de Vitória proibiu por tempo indeterminado a pesca na região da foz do rio Doce.

O acompanhamento do movimento da mancha de resíduos indica que os mesmos já chegaram a 50 km ao sul de Vitória, capital do Espírito Santo, e atingiram três unidades de conservação do ambiente marinho, sendo uma delas área de desova da tartaruga-cabeçuda (Caretta caretta).

Desde que vazou da barragem de Fundão, em 5 de novembro de 2015, até chegar ao mar, a enorme massa de resíduos da extração de minério de ferro causou uma transformação profunda. Destruiu casas e matas às margens do rio Doce, provocando a morte de 18 pessoas e de toneladas de peixes e outros organismos aquáticos. Expedições do Grupo Independente para Análise do Impacto Ambiental (Giaia) observaram ao longo do rio uma intensa turbidez da água, que dificultava a penetração da luz e a sobrevivência dos organismos. Os biólogos encontraram camarões de água doce que sobreviveram ao desastre, mas os organismos bentônicos, que viviam no fundo do rio, tinham sido soterrados.”

Trechos adaptados da Revista Pesquisa FAPESP.ED. 242 | ABRIL 2016.

Disponível em: http://revistapesquisa.fapesp.br/2016/04/19/impactos-visiveis-no-mar/

As tartarugas marinhas são encontradas nas Unidades de Conservação do ambiente marinho na porção do litoral do Espírito Santo que foi atingida pelos resíduos da mineração.  Com base em seus conhecimentos, indique quais das sentenças são corretas:

I. As tartarugas possuem grande capacidade de orientação e viajam centenas ou milhares de quilômetros atravessando mares e oceanos para encontrar a praia onde nasceram para desovarem.

II. As tartarugas pertencem à classe animal que é mais próxima evolutivamente da classe dos mamíferos que das aves.

III. São animais pecilotérmicos.

a) I, III.

b) I, II, III.

c) II, III.

d) Somente III.

12. (FATEC) Considere o cladograma e o texto para responder a questão.

O planeta vem sofrendo alterações no clima causadas pela atuação humana nos ambientes (mudanças climáticas globais, ou MCG), que podem interferir na temperatura dos ecossistemas e, consequentemente, na sobrevivência de muitas espécies. Algumas espécies têm maior tolerância às variações externas de temperatura. A capacidade de termo regulação de alguns animais se relaciona ao número de ventrículos em seus corações. Desse modo, assinale a alternativa que explica adequadamente uma das ameaças trazidas pelas MCG a integridade das espécies.

a) Dado que todos os Squamata possuem apenas um ventrículo cardíaco, conclui-se que eles seriam especialmente ameaçados pelas MCG, já que seus corações só possibilitam a ectotermia.

b) Dado que todos os Reptilia possuem apenas um ventrículo cardíaco, conclui-se que eles seriam especialmente ameaçados pelas MCG, já que seus corações só possibilitam a ectotermia.

c) Dado que todos os Mammalia possuem apenas um ventrículo cardíaco, conclui-se que eles seriam pouco ameaçados pelas MCG, já que seus corações só possibilitam a endotermia.

d) Dado que todos os Amniota possuem um ventrículo cardíaco, conclui-se que eles seriam pouco ameaçados pelas MCG, já que seus corações só possibilitam a ectotermia.

e) Dado que todos os Testudines possuem dois ventrículos cardíacos, conclui-se que eles seriam especialmente ameaçados pelas MCG, já que seus corações só possibilitam a endotermia.

13. (FMJ) Da decomposição de um invertebrado marinho, restou a estrutura que aparece na imagem.

Essa estrutura é:

a) o exoesqueleto quitinoso de um crustáceo.

b) a concha externa de um gastrópode.

c) o exoesqueleto calcário de um cnidário coralíneo.

d) a concha interna de um cefalópode.

e) o endoesqueleto calcário de um equinodermo.

14. (UFLA) A figura ilustra a estrutura da parede de um Porífera:

Fonte: Amabis e Martho (2004). (modificado)

Os números 1, 2, 3 e 4 indicam, respectivamente:

a) Pinacócito, porócito, coanócito e espícula.

b) Coanócito, porócito, pinacócito e espícula.

c) Pinacócito, cnidócito, porócito e amebócito.

d) Coanócito, pinacócito, porócito e amebócito.

15. (UNICAMP) Na vida real não existem animais que são agentes secretos, mas o ornitorrinco, representado na figura do desenho Phineas e Ferb, guarda muitos segredos e curiosidades. Esse animal de aproximadamente 60 cm, que parece uma mistura de lontra, pato e castor, resultou em um ser único em vários sentidos.

a) À semelhança dos mamíferos placentários, a fêmea do ornitorrinco alimenta os filhotes com seu leite, mas coloca ovos.

b) Diferentemente dos mamíferos placentários, os ornitorrincos não produzem leite para a alimentação dos filhotes.

c) À semelhança dos mamíferos placentários, os embriões dos ornitorrincos alimentam-se exclusivamente de vitelo acumulado no ovo.

d) Diferentemente dos mamíferos placentários, os ornitorrincos apresentam autofecundação e produzem ovos.

16. (Mackenzie) Considere os grupos de invertebrados relacionados abaixo e as características descritas.

A alternativa que relaciona corretamente o grupo de invertebrado com as características é:

17. (UEM) Considere um grupo animal cujos organismos são endotérmicos, com circulação dupla e completa e com dentes diferenciados em incisivos, caninos, pré-molares e molares, e assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01. Nestes organismos, a perda e a manutenção de calor são controladas pela oxidação de alimentos e pela presença de gordura subcutânea e de penas.

02. No grupo a que pertencem estes organismos, as espécies são dioicas e com dimorfismo sexual evidente na maioria das espécies, possuindo o encéfalo mais desenvolvido dentre os animais.

04. Nestes organismos, a excreção feita pelos rins produz uma pasta desidratada de ácido úrico que é eliminada pela cloaca com as fezes.

08. Nestes organismos, a glândula mamária é desenvolvida e funcional somente nas fêmeas, e seu produto é destinado à alimentação dos filhotes.

16. No grupo a que pertencem estes organismos, as espécies possuem a pele seca e rica em queratina, não apresentando glândulas, mas sim escamas, e sua respiração é pulmonar.

Soma das alternativas corretas:

18. (ETEC) Os artropodes como borboletas, mariposas e aranhas possuem uma estrutura rígida, que recobre o corpo desses animais. Essa estrutura rígida é denominada exoesqueleto e confere aos animais proteção aos órgãos internos e suporte a musculatura. O exoesqueleto e trocado periodicamente conforme o animal cresce. Essa troca recebe o nome de ecdise ou muda. Existem, basicamente, dois fatores ambientais que interferem na ecdise: a temperatura e a disponibilidade de nutrientes. A variação de temperatura altera o metabolismo do animal, o que pode antecipar ou adiar o ciclo. Por outro lado, como o animal necessita de uma grande quantidade de energia para realizar a ecdise, e preciso haver, também, uma boa disponibilidade de nutrientes. Se a quantidade de alimento disponível é insuficiente, a ecdise é retardada, pois, dessa forma, o animal não consegue suprir os gastos de energia após o processo. Geralmente, com o envelhecimento do animal e sua maior atividade reprodutiva, a capacidade de realizar as trocas de exoesqueleto cessa. Isso acontece porque, antes da fase adulta, o animal utiliza a energia proveniente dos alimentos para seu crescimento, ao passo que, na idade sexual, essa energia será necessária para o amadurecimento de órgãos e celulas reprodutivas. A ecdise representa um importante valor adaptativo, uma vez que possibilita a adequação desses animais a diferentes ambientes.

<http://tinyurl.com/hwoslf4&gt; Acesso em: 26.02.2016. Adaptado.

Sobre o fenômeno da ecdise, e correto afirmar que:

a) depende da fase da vida em que se encontram os artrópodes, sendo muito frequente durante o período de envelhecimento.

b) garante a troca total do esqueleto interno, permitindo que os artrópodes se movimentem mais rapidamente.

c) ocorre em todos os animais que apresentam esqueleto, pois facilita a adaptação aos diferentes ambientes.

d) impede sempre o crescimento do animal, pois necessita de muita energia para que possa acontecer.

e) necessita, entre outros fatores, de nutrientes e condições adequadas de temperatura para ocorrer.

19. (UFRR) O peixe sul-americano (Lepidosiren sp.) é encontrado na Bacia Amazônica, respira oxigênio atmosférico e caso não consiga chegar até a superfície da água para engolir ar (conforme a figura abaixo extraída de Liem et al. 2012), acaba morrendo afogado.

Dentre as alternativas abaixo, qual grupo de peixe apresenta esse modo de respirar?

a) Peixe-boi.

b) Dipnoicos.

c) Condrictes.

d) Agnatos.

20. (UFAM) Analise os itens a seguir:

I. Apresentam simetria bilateral no estágio larval e sistema vascular aquífero que se ramificam em pés ambulacrais. Apresentam movimento lento ou são sésseis.

II. Apresentam exoesqueleto segmentado, apêndices articulados, órgãos sensoriais bem desenvolvidos e sistema circulatório aberto.

III. Apresentam simetria bilateral, corpo achatado dorsoventralmente, não apresentam cavidade corporal ou órgãos especializados de circulação.

IV. Apresentam, em sua maioria, plano corporal radial contendo uma cavidade gastrovascular com uma única abertura que funciona como boca e ânus.

V. São animais sésseis, filtradores e não apresentam tecido verdadeiro, apesar de apresentarem diferentes tipos celulares.

Assinale a alternativa que melhor relaciona o item ao grupo correspondente, segundo suas características morfofuncionais:

a) II. Artrópodes; IV. Nematelmintos; V. Equinodermos.

b) II. Cordados; III. Nematelmintos; IV. Cnidários.

c) I. Equinodermos; III. Platelmintos; V. Poríferos.

d) I. Platelmintos; II. Cordados; IV. Nematelmintos.

e) I. Platelmintos; III. Equinodermos; V. Nematelmintos.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: