Publicado por: Djalma Santos | 25 de maio de 2017

TESTES DE BOTÂNICA (7)

01. (URCA) As raízes desempenham várias funções para a sobrevivência da planta e de uma maneira geral, ocupam um espaço muito maior que a parte aérea da planta. Com relação ao sistema radicular, é verdadeiro:

a) as eucotiledôneas possuem sistema radicular fasciculado ou em cabeleira.

b) as funções primordiais das raízes são a fotossíntese e o armazenamento de matéria orgânica.

c) o ápice da raiz é recoberto pela coifa, uma massa de células parenquimáticas vivas que revestem e protegem o ápice.

d) as monocotiledôneas possuem sistema radicular pivotante.

e) as raízes das pteridófitas tem funções diferentes das plantas fanerogâmicas.

02. (UEPG) A figura esquemática abaixo representa etapas da fecundação de uma angiosperma. A respeito deste processo, assinale o que for correto.

02

01. Em 1, está representado o grão de pólen. No processo de germinação do grão de pólen, forma-se o tubo polínico, que cresce, penetrando no estilete em direção ao ovário.

02. Em 2, é apontado o tubo polínico. O tubo polínico, geralmente, penetra no óvulo através da micrópila. Ao entrar em contato com o saco embrionário, o núcleo da célula vegetativa degenera.

04. Em 3 e 4, são mostrados a oosfera (n) e os núcleos polares (n), respectivamente. Essas estruturas são essenciais para o processo da dupla fecundação, o qual é exclusivo das angiospermas.

08. Em 5, está apontado uma das fecundações, onde uma das células espermáticas se funde com os dois núcleos polares e origina a célula-mãe do albúmen (3n).

16. Em 6, é mostrado o zigoto 2n. Nessa fecundação, uma célula espermática se funde com a oosfera e origina o zigoto, que, por mitose, se desenvolve em um embrião diploide.

Soma das alternativas corretas:

03. (UPE) O coqueiro, Cocus nucifera, é uma das espécies de palmeira com maior distribuição na zona tropical, por causa de sua pouca exigência nutricional e de sua facilidade em se dispersar pelos mares e ter um sistema de sustentação resistente aos fortes ventos e ao solo arenoso do litoral. O seu caule apresenta nós e entrenós bem visíveis, mas com folhas apenas no ápice, que, por sua vez, é classificado como:

a) Haste.

b) Bulbo.

c) Colmo.

d) Estipe.

e) Tubérculo.

04. (UEPG) Um tipo de caule de plantas comum e conhecido é o tronco, que é aéreo e vertical, com ramificações. No entanto, muitas plantas apresentam caule com adaptações especiais. Em relação às adaptações especiais de caule, assinale o que for correto.

01. O tubérculo é um caule subterrâneo rico em material nutritivo, exemplo: a batata.

02. Cladódio é um caule aéreo modificado com função fotossintetizante e/ou de reserva de água.

04. O caule volúvel é ereto e rígido, possuindo poucas folhas e com espinhos.

08. Rizóforo é um caule cilíndrico em que se observem nitidamente os nós e entrenós, formando os gomos, como ocorre no bambu.

16. Rizoma é um caule aéreo rastejante em que há enraizamento em vários pontos. Se a ligação entre um enraizamento e outro for interrompida, a planta morre.

Soma das alternativas corretas:

05. (UNICID) A figura ilustra artisticamente uma planta amplamente utilizada pelo ser humano, a “bucha” vegetal.

05

As características visíveis na ilustração que permitem sua classificação taxonômica são:

a) o fruto, as pétalas e as nervuras reticuladas da folha.

b) o fruto, a flor e a semente.

c) os tecidos condutores, a pentameria e as nervuras reticuladas da folha.

d) os tecidos condutores, as folhas e as nervuras paralelas do fruto.

e) o fruto, a pentameria e as nervuras paralelas do fruto.

06. (PUC-SP) Um estudante analisou dois grupos de plantas com as seguintes características:

Grupo 1 – apresentam sistema radicular fasciculado, folhas com bainha desenvolvida e nervuras paralelas, além de flores trímeras.

Grupo 2 – apresentam sistema radicular axial ou pivotante, folhas com bainha reduzida e nervuras reticuladas, além de flores pentâmeras.

As plantas analisadas:

a) do grupo 1 são monocotiledôneas e as do grupo 2 são dicotiledôneas.

b) do grupo 1 são dicotiledôneas e as do grupo 2 são monocotiledôneas.

c) dos grupos 1 e 2 são monocotiledôneas.

d) dos grupos 1 e 2 são dicotiledôneas.

e) dos grupos 1 e 2 não são angiospermas.

07. (CEDERJ) A história da araucária ou pinheiro-do-paraná (Araucária angustifolia) pode ter um triste fim com a extinção da espécie em menos de um século de exploração predatória. Atualmente, as florestas de araucária estão reduzidas a aproximadamente 1,2% da área original.

Fonte: http://matadasaraucarias.blogspot.com.br/2010/04/pinheiros-do-parana-beira-da-extincao.html

A araucária, por ser uma planta em que a semente fica em estruturas denominadas de megastróbilos, ou pinha, é classificada como:

a) Briófitas.

b) Pteridófitas.

c) Angiosperma.

d) Gimnosperma.

08. (FACTO) O processo de polinização das flores é muito importante para a reprodução sexuada das plantas no ambiente natural, como também na agricultura para a produção de alimentos. As flores normalmente apresentam uma estrutura masculina (androceu) e outra feminina (gineceu). Nas alternativas abaixo, marque aquela que apresente somente componentes da parte feminina de uma flor.

a) Ovário, estame e epicótilo.

b) Estigma, filete, antera.

c) Antera, estilete, grão-de-pólen.

d) Ovário, antera e hipocótilo.

e) Estigma, estilete e ovário.

09. (URCA) As flores são os elementos que possibilitam a multiplicação das plantas fanerogâmicas. Para tanto, exibem uma série de estruturas relacionadas à reprodução, como o androceu, que representa um conjunto de:

a) carpelos.

b) sépalas.

c) gavinhas.

d) pétalas.

e) estames.

10. (UECE) Assinale a opção que contem a sequência correta correspondente ao ciclo de vida das pteridófitas.

a) Produção de esporos – esporofilo – produção de gametas – fecundação – protonema.

b) Protonema – esporófito – produção de esporos – produção de gametas – fecundação.

c) Produção de esporos – esporófito – prótalo – fecundação.

d) Produção de gametas – fecundação – esporófitos – produção de esporos – protalo.

11. (UnB)

11

Internet: <southbay-hydroponics.gardeningunlimited.com>.

Na figura acima, a seta indica a estrutura envolvida com:

a) o processo de síntese de proteínas e o transporte de íons pelo xilema.

b) o aumento na taxa de transpiração em condições de baixa umidade.

c) a entrada, através da abertura mostrada, de CO2, para a fotossíntese.

d) o fenômeno da gutação, decorrente de estresse hídrico da planta.

12. (UEM) Para a sobrevivência das plantas, foram selecionadas diversas adaptações relativas à conquista do ambiente terrestre, tais como absorção e perda de água, sustentação da planta, independência da água para a reprodução sexuada, eficiência na polinização e dispersão no ambiente terrestre. Sobre este assunto, assinale o que for correto.

01. O surgimento de raízes nas briófitas permitiu ao grupo sair da água e conquistar o ambiente terrestre.

02. As pteridófitas foram as primeiras plantas a se tornarem independentes da água para a reprodução sexual.

04. As gimnospermas possuem raízes, caules e folhas, com xilema e floema, e semente, uma estrutura reprodutiva que se forma a partir do óvulo.

08. A independência das plantas em relação à água, para a reprodução sexuada, ocorreu com o surgimento de plantas com vasos condutores e tecidos de sustentação.

16. O surgimento de flores e frutos nas angiospermas permitiu ao grupo formas diversas de polinização, bem como a eficiência na dispersão no ambiente terrestre.

Soma das alternativas corretas:

13. (UEG) Atualmente, vários agricultores utilizam-se da técnica de cultivar plantas em soluções aeradas em sais minerais quimicamente definidos, popularmente conhecida como hidroponia. Inicialmente, os agricultores viram na hidroponia um modo de cultivar plantas para o consumo humano, como alfaces, em locais onde o solo é pobre ou não disponível. Essa técnica no cultivo de determinadas espécies é vantajosa porque:

a) a planta cultivada não necessita da absorção de macronutrientes, como o nitrogênio, e nem da utilização do processo de adubação orgânica.

b) a planta cultivada não desenvolve o seu sistema radicular, uma vez que não há a necessidade de absorção de micronutrientes.

c) promove o crescimento de plantas em áreas onde o patógeno e as pragas agrícolas estão ausentes e a colheita não é exposta aos herbicidas.

d) promove o desenvolvimento de plantas sem aquecimento e iluminação, uma vez que nelas a realização da fotossíntese é esporádica.

14. (PUC-GO)

TODO PIONEIRO É UM FORTE, pensava Bambico. Acredita nos sonhos. Se não fosse por ele, o mundo ainda estaria no tempo das cavernas… Quanto mais pensava nisso, mais se fortalecia.

Bambico chegara à Amazônia com as mãos vazias, vindo do Sul. Mas tinha na cabeça projetos grandiosos. Queria extrair da natureza toda a riqueza intacta, como o garimpeiro faz. Não desejava, entretanto, cavar rio e terra para achar pepitas de ouro. Não tinha vocação para tatu. Não faria como os garimpeiros: quando não havia mais nada, eles se mudavam, atrás de outros garimpos.

— Garimpeiro vive de ilusões. Eu gosto de projetos!

Que projetos grandiosos eram? Cortar árvores, exportar madeiras preciosas para a casa e a mobília dos ricos. Em seguida, semear capim, povoando os campos com as boiadas de nelore brilhando de tanta saúde. A riqueza estava acima do chão. A imensidão verde desaparecia no horizonte. Só de olhar para uma árvore, sabia quantos dólares cairia em seus bolsos. Quando ouvia os roncos das motosserras, costumava dizer, orgulhoso:

— Eis o barulho da fortuna!

Montes de serragem eram avistados de longe quando o visitante chegava às pequenas comunidades. Os caminhões de toras gemiam nas estradas esburacadas. Índios e caboclos eram afugentados à bala. A floresta se transformava num pó fino, que logo apodrecia. Quando os montes de serragem não apodreciam, eram queimados, sempre apressadamente. Por dias, os canudos negros de fumaça subindo pesadamente ao céu. Havia o medo dos fiscais. Quando apareciam, quase nunca eram vistos, era conveniente que houvesse pouca serragem…

Que história, a de Bambico! Teria muita coisa a contar para os netos que haveriam de chegar.

Em seu escritório, fumando um Havana, que um importador americano lhe presenteara, estufou o peito, vaidoso.

— Sim, muitas coisas! Quem te viu, quem te vê! […]

Sentia prazer com seus projetos grandiosos. Toda manhã se levantava para conquistar o mundo. Vereança era merreca. Não se rastejava em pequenos projetos. Muito menos desejava ser deputado… Ambicionava altos voos. Todo deputado era pau-mandado dos ricos. O Senado, sim, era o grande alvo. Lá, ele poderia afrontar esses “falsos profetas protetores da natureza”. Essas ONGs de fachada… Lá, o seu cajado cairia sem dó, como um verdugo, sobre o costado dessa gente tola. Enquanto isso, ele poderia continuar seus projetos grandiosos. Cortar árvores, exportar

madeiras preciosas para a casa e a mobília dos ricos, e semear capim.

Sonhara em ter uma dúzia de filhos, mas o destino lhe dera apenas dois. Sua mulher, após o segundo parto, ficara impossibilitada de procriar. Não queria fêmea entre os seus descendentes, mas logo no primeiro parto veio a decepção. Uma menina. Decepcionado, nada comentou com a esposa. No segundo, depois de uma gravidez tumultuada, veio o varão. Encheu-se de alegria. Com certeza, mais varões estavam para vir… […]

(GONÇALVES, David. Sangue verde. São Paulo: Sucesso Pocket, 2014. p. 114-115.)

No trecho do texto acima: “Que projetos grandiosos eram? Cortar árvores, exportar madeiras preciosas para a casa e a mobília dos ricos. Em seguida, semear capim, povoando os campos com as boiadas de nelore brilhando de tanta saúde. A riqueza estava acima do chão. A imensidão verde desaparecia no horizonte” é feita menção à destruição da natureza pela atividade humana. A destruição das florestas pode afetar o ciclo da água, promovendo alterações na quantidade de chuva sob uma região, como temos observado ultimamente. Assinale, entre as proposições a seguir, aquela que corresponde ao processo de perda de água na forma de vapor que ocorre nas folhas das plantas e contribui para o aumento da umidade atmosférica:

a) transpiração.

b) condensação.

c) fotossíntese.

d) precipitação.

15. (IFG)

Entre as prendas com que a natureza

Alegrou este mundo onde há tanta tristeza

A beleza das flores realça em primeiro lugar

É um milagre de aroma florido.

Vinicius de Morais / Rancho das Flores

Em relação às flores citadas no poema, assinale a alternativa correta.

a) São estruturas reprodutivas das gimnospermas, responsáveis pela produção dos gametas masculinos e femininos.

b) Após a fecundação, a flor murcha, perdendo o cálice, a corola e o androceu, permanecendo apenas o ovário, que se desenvolve e dá origem ao fruto.

c) As flores das dicotiledôneas apresentam número de pétalas igual a três ou múltiplo de 3, sendo, por isso, chamadas de trímeras.

d) Existem mecanismos capazes de facilitar a autopolinização em plantas com flores hermafroditas, como, por exemplo, o amadurecimento dos estames e dos óvulos em diferentes épocas.

e) Em flores polinizadas por insetos, o androceu fica no interior da flor, de modo a recolher o gameta feminino trazido pelo corpo dos insetos visitantes.

16. Sobre os órgãos vegetais e suas funções, é incorreto afirmar que determinadas(os):

a) caules efetuam as trocas gasosas.

b) folhas realizam reprodução assexuada.

c) raízes desempenham o papel de fixação.

d) frutos executam o processo de fecundação.

17. (UFCE) Gregor Mendel, considerado o pai ou fundador da genética clássica, realizou experimentos com plantas produtoras de ervilhas. Para demonstrar suas hipóteses, Mendel usou este tipo de vegetal porque:

a) o androceu e o gineceu estão presentes numa mesma flor, o que facilita a ocorrência da autofecundação.

b) a semente apresenta apenas dois cotilédones, que absorvem as reservas alimentares para a nutrição do embrião e o desenvolvimento das ervilhas.

c) as características anatômicas das suas flores facilitam a fecundação cruzada e assim possibilitam a observação das características genéticas puras.

d) os grãos de pólen são transferidos para o estigma de um mesmo estróbilo, já que as folhas modificadas situam-se muito próximas umas das outras.

e) o número de descendentes por geração é pequeno e as gerações são longas, o que facilita a observação das características da flor e da semente.

18. (UEPA) O vento soprava fraco, dobrando levemente as hastes de uma planta dominante, que mal superava a altura do tornozelo, mas nem sempre era assim. Na maior parte das vezes o deslocamento de ar era intenso e se transformava num jato de uivos poderosos, durante as tempestades de verão. … Açoitadas pelo deslocamento de ar, as hastes se dobravam e se agitavam para liberar o conteúdo das copas, arredondadas como antigas lâmpadas incandescentes. Então as sementes partiam. Cada uma pousaria num ponto distinto, determinadas a perpetuar a espécie, adaptando-se com a disposição de migrantes que desembarcam numa terra estranha. O futuro está ali, não lá, de onde partiram.

(Ulisses Capozzoli. Memória da Terra. Scientific American Brasil, janeiro 2010. Adaptado.)

O texto retrata uma cena na Terra há alguns milhões de anos. Pode-se dizer que o texto tem por protagonista as ……. e descreve um processo que lhes permitiu.

Os espaços em branco poderiam ser corretamente preenchidos por:

a) briófitas … manterem-se como uma mesma espécie até os dias atuais

b) pteridófitas … manterem-se como uma mesma espécie até os dias atuais

c) pteridófitas … diversificarem-se em várias espécies, algumas delas até os dias atuais

d) gimnospermas … manterem-se como uma mesma espécie até os dias atuais

e) gimnospermas … diversificarem-se em várias espécies, algumas delas até os dias atuais.

19. (UFC) Observe a figura abaixo.

19

O esquema apresentado mostra o ciclo de produção de esporos em algumas plantas. Assinale a alternativa que contém apenas nomes de plantas que apresentam esse ciclo.

a) Psilotos e selaginelas.

b) Gimnospermas e licopódios.

c) Psilotos e angiospermas.

d) Angiospermas e licopódios.

e) Selaginelas e gimnospermas.

20. (UNIOESTE) O pinheiro-do-paraná (Araucaria angustifolia) é uma árvore símbolo do Paraná. Entre as características que definem a divisão (filo) à qual pertence, assinale a alternativa incorreta.

a) Na maioria das espécies, as folhas são pequenas, em forma de escamas ou agulhas (folhas aciculares).

b) Ocorre dupla fecundação, da oosfera e das antípodas, pelos núcleos espermáticos do grão de pólen.

c) Suas sementes são nuas e não envolvidas pelo esporófilo, ou seja, seus óvulos e sementes são expostos na superfície de esporófilos e estruturas análogas.

d) Apresenta polinização anemófila.

e) Muitas espécies são monoicas, ou seja, flores masculinas e femininas ocorrem na mesma planta e com reprodução sifonogâmica.

gab

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: