Publicado por: Djalma Santos | 15 de junho de 2017

TESTES DE PROGRAMA DE SAÚDE (13)

01. (PUC-PR) A febre chikungunya é uma doença viral transmitida aos seres humanos por mosquitos, como o Aedes aegypti e A. albopictus, os mesmos que transmitem a dengue. Em razão da alta incidência desses mosquitos no país, os pesquisadores estimaram o risco de transmissão do vírus chikungunya por outras regiões do Brasil. Para isso, submeteram dados sobre a presença das duas espécies de mosquitos transmissores da doença a modelos matemáticos capazes de predizer possíveis padrões geográficos de disseminação do vírus. O vírus chikungunya (CHIKV) possui genoma de RNA positivo de fita simples, pertencente ao gênero Alphavirus da família Togaviridae.

Fonte: Adaptado de: <http://revistapesquisa.fapesp.br/2015/05/20/pesquisadores-identificam-linhagem-do-virus-chikungunya-no-brasil/&gt;.

As características do agente etiológico e da doença permitem inferir que:

a) O risco de transmissão é maior, uma vez que o agente etiológico é específico a um único vetor.

b) O genoma viral apresenta pareamento de bases nitrogenadas.

c) O RNA do vírion é de mesmo sentido que o RNA mensageiro e, portanto, funciona como RNA mensageiro, sendo totalmente ou parcialmente traduzido em proteínas na primeira etapa da replicação viral.

d) A utilização de modelos matemáticos capazes de predizer possíveis padrões geográficos de disseminação do vírus será útil na imunização passiva de pessoas não afetadas pela febre chikungunya.

e) Aedes aegypti e Aedes albopictus são espécies pertencentes ao mesmo gênero, mas de famílias diferentes.

02. (IFMG) Qual é a semelhança entre a dengue e a febre chikungunya?

a) A dengue e a febre chikungunya são doenças causadas pelo mesmo vírus.

b) Ambas podem ser evitadas, em ambientes urbanos, pela eliminação de objetos que acumulem água parada.

c) Ambas são transmitidas preferencialmente pelo Aedes aegypti, mas podem ser transmitidas pelo Aedes albopictus.

d) As duas doenças podem apresentar-se na sua forma hemorrágica.

03. (FAMERP) A histoplasmose é uma doença respiratória que pode ter uma regressão espontânea ou evoluir para um quadro mais grave. A infecção pulmonar é benigna em pessoas saudáveis, mas, em pessoas imunocomprometidas, pode desencadear um quadro crônico e rapidamente progressivo. O agente causador é um ser vivo eucarionte, heterótrofo e com micélios haploides. Ele produz esporos que podem ser inalados e depositados nos alvéolos pulmonares.

(Cedric A. Mims et al. Microbiologia médica, 1995. Adaptado.)

Para o tratamento da doença descrita no texto, um médico deverá indicar um:

a) fungicida.

b) bactericida.

c) anti-helmíntico.

d) acaricida.

e) antiviral.

04. (ETEC) A produção de vacinas exige conhecimento técnico e controle de qualidade. Nessa produção, duas fases principais são importantes: a fase biológica, que identifica e faz as culturas dos microrganismos causadores da doença, que serão, posteriormente, atenuados ou inativados; e a fase farmacêutica, que consiste na obtenção final do produto. Assim, considerando uma vacina contra a dengue, para que sua eficiência seja constatada, ela deverá:

a) aumentar a quantidade de glóbulos vermelhos no sangue dos organismos contaminados, para facilitar o processo de defesa contra os microrganismos causadores da doença.

b) ser amplamente aplicada em mamíferos roedores, pois esses são os principais agentes transmissores dos microrganismos causadores da dengue nos seres humanos.

c) modificar o material genético dos seres humanos doentes, a fim de induzir a produção de proteínas de defesa e aumentar a imunidade.

d) impedir a multiplicação dos vetores da doença no meio ambiente, principalmente no período que antecede a estação chuvosa.

e) estimular, nos seres humanos vacinados, a produção de anticorpos específicos, que auxiliam o processo de defesa.

05. (UEA) A maioria das doenças sexualmente transmissíveis podem ser prevenidas com o uso do preservativo masculino (camisinha) durante a relação sexual. Contudo, uma vez adquirida a DST, apesar de algumas serem de difícil cura, há tratamentos que amenizam os sintomas ou podem evitar a progressão da doença. O tipo de tratamento depende do agente infeccioso causador da DST. O tratamento com antibióticos é recomendado nos casos de:

a) aids e cancro mole.

b) cancro mole e herpes genital.

c) gonorreia e herpes genital.

d) aids e gonorreia.

e) cancro mole e sífilis.

06. (URCA) A gripe A, é uma doença respiratória causada por uma cepa do vírus Influenza

A (H1N1). Devido a mutações no agente etiológico e transmissão direta, principalmente por meio de espirro, tosse ou de secreções respiratórias de pessoas infectadas e que, em 2009, causou a primeira pandemia do século XXI e agora em 2016, principalmente na Região Sudeste, desde março estamos passando por nova ameaça com a influenza H1N1. Diante da gravidade da doença, todos os anos o Ministério da Saúde MS vem realizando ações educativas em saúde e campanhas de vacinação, principalmente nos meses de abril e maio devido às mudanças climáticas no país. Analise as alternativas a seguir e marque aquela que indica o motivo pelo qual a vacina anual é necessária:

a) A vacina deve ser aplicada anualmente porque o corpo humano vai perdendo a capacidade de produzir novos anticorpos, sendo necessário aplicar outro antígeno.

b) Vacina-se anualmente contra o vírus Influenza A (H1N1) como uma forma de reforçar a produção de anticorpos.

c) A vacina contra a gripe A (H1N1) é aplicada anualmente para evitar que o corpo humano se acostume com os vírus do local.

d) A vacinação contra H1N1 é anual porque o vírus Influenza apresenta grande capacidade de mutação.

e) É necessário vacinar contra H1N1 anualmente, pois a cada ano ela é causada por um grupo de vírus Influenza, podendo ser A, B ou C.

07. (UEM) A dengue e a febre amarela urbana são duas doenças que preocupam as secretarias de saúde de vários estados brasileiros. Em relação a essas duas doenças, é correto afirmar que:

01. Ambas são transmitidas pelo mesmo vetor e aumentam a sua incidência no mesmo período do ano.

02. São doenças causadas por vírus do grupo dos flavivírus, e se distinguem apenas pelos sintomas.

04. As medidas preventivas para se evitar o aumento da dengue são as mesmas para a febre amarela e se baseiam no controle da população do vetor.

08. Os ovos do vetor circulam pela corrente sanguínea até a eclosão, quando passam a se alimentar das hemácias, provocando anemia e inflamações.

16. Uma medida profilática considerada eficaz para evitar essas doenças é evitar que o bacilo se reproduza na água parada.

Soma das alternativas corretas:

08. (UEMA) Grandes epidemias marcaram a história da humanidade. Algumas causaram a morte de milhões de pessoas, especialmente durante a Idade Média. No Brasil, grandes epidemias aconteceram entre o fim do Século XIX e o início do Século XX. As políticas públicas e o empenho de grandes cientistas como Oswaldo Cruz, Adolfo Lutz, Emílio Ribas e Vital Brazil livraram o país de suas primeiras grandes epidemias: peste, cólera e febre amarela.

De acordo com Carlos Vogt, em entrevista concedida em 2005, “O combate à Doença de Chagas, à Febre Amarela, à Leishmaniose, à Malária, à Dengue tem mobilizado a sociedade e os governos na busca de soluções mais permanentes e no estabelecimento de políticas públicas que conduzam a medidas de prevenção mais eficientes.”.

http://www.comciencia.br/reportagens/2005/06/01.shtml.

O controle da proliferação de mosquitos do gênero Aedes é uma medida eficiente de combate às seguintes doenças:

a) Leishmaniose, Dengue.

b) Febre amarela, Dengue.

c) Doença de Chagas, Febre amarela.

d) Doença de Chagas, Malária.

e) Leishmaniose, Malária.

09. (UNIFOR) A primeira vacina contra a dengue finalmente pode chegar às suas mãos, ou melhor, aos seus braços. Criada pelo laboratório Sanofi Pasteur, ela começou a ser comercializada e é dividida em três doses – uma a cada seis meses. O tratamento é indicado para pacientes entre nove e 45 anos, tem bom poder de proteção (cerca de 66% de eficácia) e pode causar efeitos colaterais como dores de cabeça, febre e indisposição.

Fonte: http://exame.abril.com.br/tecnologia/ noticias/6-respostas-sobre-a-nova-vacina-contra-a-dengue Acesso em: 10 de out. 2016 (adaptado)

Ao tomar essa vacina, o paciente espera:

a) adquirir imunização passiva contra o agente causador da doença, gerando duradoura

memória imunológica.

b) adquirir imunização artificial por meio da vacinação que levará à produção de anticorpos e

células de memória.

c) obter imunização natural já que irá receber anticorpos pré-formados (prontos) através do

esquema de vacinação.

d) elevar sua produção de antígenos contra os vírus da dengue (DEN-1 ao DEN-4) e outras

doenças equivalentes.

e) potencializar a resposta imunológica primária e secundária, elevando a produção de antígenos pelas células de defesa.

10. (FPS) A fibrose cística é uma enfermidade que causa, dentre outros problemas, acúmulo de secreção e muco mais viscoso que o normal nos pulmões e vias respiratórias. A doença é causada por uma mutação que torna inativa uma proteína envolvida com o bombeamento de íons cloro (Cl) através da membrana de células glandulares para o exterior. Assim, pode-se concluir que a fibrose cística está associada com distúrbio:

a) nos processos de endocitose e exocitose, impedindo as células de englobar partículas alimentares.

b) na permeabilidade celular, desequilibrando as quantidades de íons cloro dentro e fora das células.

c) na formação do glicocálix, alterando o transporte ativo de íons através da membrana celular.

d) na osmose celular, uma vez que o transporte ativo de água depende de proteínas da membrana celular.

e) na síntese proteica, impedindo a difusão facilitada de sódio-potássio através da membrana celular.

11. (UEG) A crescente preocupação dos consumidores em conhecer as características dos alimentos que consomem tem conduzido ao desenvolvimento de produtos que promovem a saúde e o bem-estar, além de sua função de nutrição. Esses alimentos que geram efeitos benéficos à saúde humana, aliados à ação nutricional, são denominados funcionais. Seu efeito deve-se à adição de ingredientes ativos e à remoção ou substituição de substâncias indesejáveis em sua composição. Um destes ingredientes são os probióticos, nos quais se destacam os lactobacilos.

MACEDO, R. E. F.; PFLANZER Jr., S. B.; TERRA, N. N.; FREITAS, R. J. S. Desenvolvimento de embutido fermentado por Lactobacillus probióticos: características de qualidade. Ciênc. Tecnol. Aliment., Campinas, 28(3): 509-519, jul.-set. 2008.

Os lactobacilos são organismos utilizados, por exemplo, para se produzir coalhada a partir do leite. Esses organismos possibilitam, quando presentes nesses alimentos probióticos:

a) a disfunção no equilíbrio microbiano intestinal, produzindo efeitos colaterais.

b) o trânsito intestinal irregular, uma vez que os lactobacilos são prejudiciais aos outros organismos presentes.

c) a melhoria do equilíbrio microbiano intestinal, produzindo efeitos benéficos à saúde do indivíduo.

d) o aumento dos episódios de diarreia, prevenção ou supressão de câncer de cólon e redução do colesterol.

e) o desequilíbrio associado ao funcionamento da flora intestinal, gerando intolerância à lactose.

12. (PUC-GO) Use o texto abaixo para responder esta questão.

DEMOCRACIA

Punhos de redes embalaram o meu canto para adoçar o meu país, ó Whitman. Jenipapo coloriu o meu corpo contra os maus-olhados, catecismo me ensinou a abraçar os hóspedes, carumã me alimentou quando eu era criança, Mãe-negra me contou histórias de bicho, moleque me ensinou safadezas, massoca, tapioca, pipoca, tudo comi, bebi cachaça com caju para limpar-me, tive maleita, catapora e ínguas, bicho-de-pé, saudade, poesia; fiquei aluado, mal-assombrado, tocando maracá, dizendo coisas, brincando com as crioulas, vendo espíritos, abusões, mães-d’água, conversando com os malucos, conversando sozinho, emprenhando tudo que encontrava, abraçando as cobras pelos matos, me misturando, me sumindo, me acabando, para salvar a minha alma benzida e meu corpo pintado de urucu, tatuado de cruzes de corações, de mãos-ligadas, de nomes de amor em todas as línguas de branco, de mouro ou de pagão.

(LIMA, Jorge de. Melhores poemas. São Paulo: Global, 2006. p. 74.)

O Texto acima faz referência à “maleita”, doença infecciosa aguda ou crônica causada por protozoários e transmitida por picada de mosquito. Dentre as alternativas a seguir, marque a que apresenta uma afirmação correta em relação ao protozoário responsável e ao modo de transmissão dessa doença:

a) trata-se da Wuchereria, transmitida pela picada do mosquito

b) é a Wuchereria, transmitida pela picada da fêmea de mosquitos do gênero

c) gênero Plasmodium, transmitido pela picada da fêmea de mosquitos do gênero

d) o Trypanosoma, cuja entrada na corrente sanguínea se dá a partir do ferimento da “picada” por triatomas.

13. (IFMT)

AVANÇO DE SUPERGONORREIA QUE PODE SE TORNAR INTRATÁVEL PREOCUPA GRÃ-BRETANHA

Por causa de uma nova bactéria, um alerta nacional foi emitido no ano passado, quando foram registrados casos em Leeds, no condado de Yorkshire, na região central do país. Um dos principais tratamentos contra a doença mostrou-se ineficaz contra esta variedade.

(Disponível em <http://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/bbc/2016/05/03/avanco-de-supergonorreia-que-pode-se-tornar-intratavelpreocupagra-bretanha.htm&gt;. Acessado em abr. 2016).

O microrganismo causador da gonorreia:

a) é uma bactéria Neisseria gonorrhoeae, transmitida por sexo vaginal, oral e anal sem proteção.

b) sofreu mutações provocadas pelos antibióticos, usados no tratamento da doença.

c) é disseminado pela ingestão de alimentos ou água contaminados com cistos do causador.

d) sofreu mutação e por isso surgiu uma nova espécie, a Streptococcos pneumoniae.

e) apresenta célula com núcleo organizado e organelas citoplasmáticas membranosas.

14. (UFPR) Existem diferentes modos de transmissão das doenças infecciosas humanas. A figura abaixo apresenta três deles.

Dengue e tuberculose têm seus principais modos de transmissão representados, respectivamente, em:

a) A e B.

b) A e C.

c) B e A.

d) B e C.

e) C e A.

15. (UFMS) “The Hot Zone”, um livro escrito por Richard Preston há mais de 20 anos, e uma narrativa que detalha as origens do organismo causador do ebola. Diante do novo surto em 2014, o livro é uma alternativa de leitura para o conhecimento dessa doença. Sobre o organismo causador do ebola, considere as afirmativas a seguir.BLOG.2017

I. É constituído de célula procariótica, destacando-se a presença de pequenas moléculas de DNA circular além do nucleoide.

II. Apresenta plasmídio, DNA circular, responsável pela rápida proliferação do organismo causador da doença.

III. É acelular e apresenta ácido nucleico protegido por um envoltório de proteínas, o capsídeo.

Está(ão) correta(s):

a) Apenas I.

b) Apenas II.

c) Apenas III.

d) Apenas I e II.

e) I, II e III.

16. (UNIOESTE) As vacinações contra hepatite B, tétano, tuberculose, sarampo e poliomielite fazem parte do calendário básico de vacinação da criança. Essas doenças são causadas, respectivamente, por:

a) Vírus, bactéria, bactéria, vírus, vírus.

b) Vírus, bactéria, vírus, bactéria, vírus.

c) Vírus, vírus, bactéria, bactéria, vírus.

d) Bactéria, vírus, bactéria, vírus, vírus.

e) Bactéria, vírus, vírus, bactéria, vírus.

17. (UEM) Sobre a esquistossomose, ou “barriga d’água”, é correto afirmar que:

01. Os vermes adultos, causadores da doença, são dioicos com dimorfismo sexual e se instalam nas veias do fígado alimentando-se de sangue.

02. A coceira na pele é resultante da penetração ativa dos miracídios na pele humana, atingindo depois o sistema porta-hepático, onde se reproduzem assexuadamente.

04. O hospedeiro intermediário do parasito é um molusco planorbídeo, do gênero Biomphalaria.

08. Esta verminose é causada pelo nematoide Ancylostoma duodenale.

16. O nome “barriga d’água” é devido ao aumento do tamanho do abdôme, decorrente do acúmulo de plasma nos tecidos.

Soma das alternativas corretas:

18. (UEL) Leia o texto a seguir.

Cidades menores, quando não organizadas, podem apresentar problemas sérios de saúde pública, como é o caso de epidemias de dengue. Esforços têm sido dedicados à descoberta de novos métodos para controle da dengue. A curcumina, uma substância presente no açafrão-da-terra, pode matar as larvas do Aedes aegypti. Basta colocar o pó em locais onde o mosquito da dengue costuma se reproduzir, como pratos e vasos de plantas. Além de ser eficaz, a substância não agride o meio ambiente.

(Adaptado de: <http://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/noticia/2015/03/ substancia-presente-no-acafrao-pode-ajudar-no-combate-dengue-dizusp.html>. Acesso em: 14 abr. 2015.)

De acordo com o texto acima, a curcumina mata a larva de Aedes aegypti; portanto, pode-se inferir que a curcumina é também eficiente na destruição de outras larvas de insetos transmissores de doenças. Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, a associação entre o inseto transmissor, que pode ser suscetível à curcumina, e a doença correspondente.

a) Anopheles – Doença de Chagas.

b) Culex – Malária.

c) Glossina – Filariose.

d) Lutzomya – Leishmaniose.

e) Triatoma – Febre Amarela.

19. (UCS) No Estado de São Paulo ocorreram alguns casos curiosos no ano de 2015: algumas pessoas foram inicialmente diagnosticadas com dengue, pois apresentavam febre alta, dores de cabeça, vômito e manchas vermelhas na pele, mas, posteriormente, após análises mais criteriosas, foram identificadas como portadoras de outra doença. As análises mostraram que se tratava de uma doença bacteriana, associada ao sistema circulatório e transmitida pelo carrapato-estrela. A doença em questão era:

a) Febre tifoide.

b) Botulismo.

c) Tétano.

d) Tifo.

e) Febre maculosa.

20. (ACAFE) OMS pede que governos aumentem impostos sobre bebidas açucaradas

A Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu aos governos que aumentem o imposto sobre as bebidas açucaradas para combater o problema da obesidade no mundo, onde um adulto em cada três está com excesso de peso. Em um novo relatório, a agência da ONU afirma que existem provas contundentes de que novos impostos cobrados sobre as bebidas açucaradas, como refrigerantes, “reduziria, proporcionalmente, seu consumo”. Um aumento de 20% dos preços desse tipo de bebida teria uma redução do consumo da ordem de 20%. Em escala mundial, o número de casos de obesidade duplicou desde 1980. Em 2014, mais de 1,9 bilhão de adultos – pessoas de 18 anos ou mais – estavam com excesso de peso, e deles mais de 600 milhões eram obesos.

Fonte: g1. globo, 11/10/2016.Disponível em: http://g1.globo.com/

Nesse sentido, é correto afirmar, exceto:

a) Como problemas de saúde que a obesidade pode causar pode-se citar: pressão alta, diabetes, câncer e infertilidade.

b) Os carboidratos são moléculas que desempenham uma ampla variedade de funções, dentre elas: fonte de energia, reserva energética e estrutural. São formados principalmente por carbono, hidrogênio e oxigênio, apresentando a fórmula geral (CH2O)n.

c) Os lipídios são moléculas orgânicas formadas a partir da associação entre ácidos graxos e álcool. São insolúveis em água, mas se dissolvem em solventes orgânicos, como a benzina e o éter. São exemplos de lipídios: os óleos, as gorduras, as ceras e os hormônios esteroides.

d) O pâncreas produz dois hormônios importantes na regulação da taxa de glicose (açúcar) no sangue: a insulina e o glucagon. O glucagon facilita a entrada da glicose que será utilizada para a produção de energia na célula, e/ou seu armazenamento no fígado, na forma de glicogênio.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: