Publicado por: Djalma Santos | 15 de junho de 2017

TESTES DE TAXONOMIA (4)

01. (UEPA) Leia o texto abaixo para responder esta questão.

Nas florestas tropicais da América Central e da América do Sul, vivem várias espécies aparentadas de sapos coloridos popularmente conhecidos por sapinhos-ponta-de-flexa. A espécie Phyllobates terribilis é considerada o vertebrado mais venenoso do Planeta e possui a seguinte classificação taxonômica: Animalia, Chordata, Amphibia, Anura, Neobatrachia, Dendrobatidae, Phyllobates.

Texto Modificado de Bio, Sonia Lopes, 2008.

Sobre a classificação taxonômica da espécie mencionada no texto, é correto afirmar que:

a) Chordata é a familia a qual pertence a espécie.

b) Phyllobates é a ordem da espécie.

c) Dendrobatidae é a familia da espécie.

d) terribilis é o gênero da espécie em questão.

e) Anura é a classe a qual pertence a espécie.

02. (UPE) Considerando os nomes científicos de alguns organismos, abaixo discriminados e, atendendo à normalização da nomenclatura científica, o que se pode concluir:

A. Schistosoma mansoni

B. Enterobius (Oxyurus) vermiculares

C. Rhea americana alba

D. Trypanosoma Cruzi

I   II

0   0  – O nome do organismo deve ser escrito em latim e obrigatoriamente designados o gênero e a espécie os quais devem ser destacado do texto (grifados ou em itálico).

1   1 – A letra inicial do termo indicativo do gênero deve ser maiúscula e a da espécie de ser minúscula, razões pelas quais os organismos B e D estão incorretamente designados.

2   2 – Para se fazer referência a subespécies, o nome indicativo deve ser escrito com inicial minúscula e suceder a espécie; os termos vermiculares e alba, referentes aos organismos B e C, respectivamente, designam subespécies.

3   3 – A indicação de subgênero deve seguir a de gênero, com todas as letras maiúsculas; apesar de serem representados os subgêneros em B e C, nenhum deles está corretamente escrito.

4   4 –   Quando o nome da espécie homenageia uma pessoa, a letra inicial pode ser maiúscula ou minúscula; por isto o organismo D pode estar corretamente designado.

03. Um entomólogo, estudando a fauna de insetos da mata Atlântica, encontrou uma espécie cujos caracteres não se encaixam naqueles característicos dos gêneros de sua família. Isso levará o cientista a criar:

a) uma nova família com um novo gênero.

b) somente uma nova espécie.

c) um novo gênero com uma nova espécie.

d) uma subespécie.

e) uma nova ordem com uma nova família.

04. Considere as afirmações abaixo, referentes aos mais diversos grupos de seres vivos, e assinale o que for correto:

01. O reino Monera é constituído por organismos uni ou multicelulares em que não há ocorrência de carioteca.

02. Platelmintos e anelídeos são animais vermiformes com ocorrência de espécies parasitas e de vida livre.

04. Uma característica comum a gimnospermas e angiospermas é a formação de sementes nesses dois grupos.

08. As euglenófitas são organismos multicelulares que atualmente são classificadas no reino Plantae.

16. A forma exclusiva de reprodução dos fungos é por via assexuada.

Soma das alternativas corretas:

05. As abelhas Trigona spnipes, Plebeia emerina, Plebeia saiqui, Melipona marginata, Melipona bicolor e Tetragonisca angustula pertencem a subfamília Meliponinae, que compreende abelhas nativas sem ferrão. Com relação aos organismos citados é correto afirmar que:

a) compreendem 6 gêneros e 6 espécies.

b) compreendem 4 gêneros e 6 espécies.

c) compreendem 4 famílias e 6 gêneros.

d) compreendem 6 gêneros e 6 subespécies.

e) compreendem 6 famílias e 6 espécies.

06. (UFBA) Dois animais que pertencem à mesma ordem devem pertencer, necessariamente:

a) À mesma espécie.

b) Ao mesmo gênero.

c) À mesma classe.

d) À mesma subordem.

e) À mesma família.

07. A taxonomia utiliza nomes em latim, para denominar os organismos e facilitar a comunicação científica. Os seguintes táxons: Commelinales, Poaceae e Zea mays representam categorias taxonômicas. Na figura abaixo estao representados os níveis hierárquicos. Indique a alternativa que indica sequência correta das categorias taxonômicas, respectivas aos táxons citados (Commelinales, Poaceae e Zea mays), associando-os aos níveis hierárquicos representados por números na figura.

08. (PUC-PR) O nome Brasil deve-se a uma árvore nativa, que solta tinta vermelha, chamada pau-brasil (Caesalpinia echinata), mas a árvore símbolo do país é o ipê amarelo-da-serra (Tabebuia alba). Embora muitas de suas espécies estejam em vias de extinção, muitas cidades adotam árvores como símbolos por decretos municipais. A cidade de Maringá, por exemplo, escolheu para representá-la o Ipê Roxo (Tabebuia impetiginosa), Londrina elegeu a peroba-rosa (Aspidosperma polyneuron) e a de Curitiba é o pinheiro-do-paraná (Araucaria angustifolia). Sobre o texto, responda:

a) Existem 5 gêneros e 4 espécies, sendo todas gimnospermas.

b) Existem 4 gêneros e 5 espécies, sendo todas angiospermas.

c) Existem 5 gêneros e 4 espécies, sendo todas angiospermas.

d) Existem 4 gêneros e 5 espécies, sendo uma gimnosperma.

e) Existem 5 gêneros e 4 espécies, sendo duas angiospermas.

09. Carl von Linné (1707-1778), denominado Lineu, em Português, através de sua obra Systema Naturae, propôs uma forma de denominar os seres vivos por inte-médio do que chamou de “unidade básica de classificação” ou espécie. Como exemplo, a ave conhecida popularmente como quero-quero é classificada, segundo o modelo de Lineu, como Vanellus chilensis.

De acordo com esses conceitos, analise as afirmativas abaixo.

I. O nome científico de um organismo é sempre composto de duas palavras; a primeira designa o gênero e a segunda, a espécie.

II. O termo específico do quero-quero é chilensis e o nome genérico é Vanellus.

III. O nome científico do quero-quero é binominal, e Vanellus é seu epíteto específico.

IV. O nome científico do quero-quero é binominal, e Chilensis, assim escrito, é seu epíteto específico.

V. A espécie Vanellus chilensis inclui o gênero, seguido de seu epíteto específico: chilensis.

Estão corretas apenas as afirmativas:

a) II e III.

b) IV e V.

c) II e V.

d) I e III.

e) I e V.

10. (UEA) O boto-cor-de-rosa (Inia geoffrensis) e o boto-cinza ou tucuxi (Sotalia fluviatilis fluviatilis) habitam os rios da Amazônia. Esses animais pertencem:

a) Ao mesmo gênero, porém a subespécies diferentes.

b) Ao mesmo gênero, porém a espécies diferentes.

c) A gêneros diferentes, porém à mesma espécie.

d) A gêneros e espécies diferentes.

e) Ao mesmo gênero e à mesma espécie.

11. Em uma aula de Biologia, o professor mostrou as imagens dos organismos a seguir:

Após analisar as imagens, cinco alunos fizeram afirmações sobre o Reino a que cada organismo pertence, com uma justificativa. Assinale a alternativa que corresponde ao aluno, cuja resposta está correta.

a) O primeiro aluno afirmou que o cogumelo pertence ao Reino Protoctista, pois ele é um organismo que pode ser autótrofo ou heterótrofo.

b) O segundo aluno afirmou que a alga verde pertence ao Reino Fungi, pois apresenta tecidos organizados na forma de micélio.

c) O terceiro aluno afirmou que a alga verde pertence ao Reino Plantae, pois apresenta cloroplastos que a tornam capaz de realizar fotossíntese.

d) O quarto aluno afirmou que o cogumelo pertence ao Reino Fungi, pois ele é heterótrofo, pluricelular e suas células se organizam em filamentos, denominados hifas.

e) O quinto aluno afirmou que a samambaia pertence ao Reino Protoctista, pois ela é pluricelular, suas células são procariontes, e a clorofila encontra-se dispersa pelo citoplasma.

12. (MACKENZIE) FLORESTAS ARTIFICIAIS AMEAÇAM A BIODIVERSIDADE DO PAMPA.AGÊNCIA FAPESP – 26/3/13.

Em estados como Mato Grosso e Pará, a Floresta Amazônica está sendo transformada em pasto. No Rio Grande do Sul, ocorre o problema inverso: a vegetação campestre dos pampas – que há séculos convive em harmonia com a pecuária – está sendo dizimada para dar lugar a florestas plantadas pelo homem. (…) segundo levantamento coordenado pela Profa. Ilsi Boldrin da UFRGS, os campos sulinos concentram uma diversidade 3 vezes maior que a da floresta, quando se leva em conta a proporção da área ocupada por cada bioma. Segundo a Profa. Boldrin, “a paisagem campestre pode parecer homogênea e pobre para quem não a conhece, mas nesse remanescente do bioma mapeamos 2169 __________ pertencentes a 502 ______________ e 89 _____________”.

Os espaços devem ser preenchidos corretamente e respectivamente por:

a) táxons, famílias e gêneros.

b) táxons, gêneros e famílias.

c) gêneros, táxons e famílias.

d) gêneros, famílias e táxons.

e) famílias, gêneros e táxons.

13. Com base nas regras de nomenclatura, indique a alternativa incorreta.

a) Homo sapiens.

b) Tripanosoma Cruzi.

c) Rana esculenta marmorata.

d) Rhea americana americana.

e) Anopheles Nyssurhynchus darlingi.

14. (UEM) Para facilitar o estudo da grande diversidade de seres vivos, os cientistas os organizam em grupos, de acordo com suas semelhanças. Sobre esse assunto, assinale o que for correto.

01. Nos dias atuais, a grafia da nomenclatura binominal proposta por Carol Linnaeus é válida apenas para o Reino Animalia.

02. Levando em consideração as categorias hierárquicas ou as categorias taxonômicas, as Ordens com características semelhantes são agrupadas em Classes.

04. Filogenia ou sistemática filogenética é um método de classificação das espécies baseado na história evolutiva e no grau de parentesco dos diversos seres vivos.

08. Em um cladograma, cada nó representa um grupo ancestral hipotético e exclusivo. Todos os grupos que partem do mesmo nó são considerados parafiléticos, uma vez que apresentam apomorfias.

16. Órgãos análogos indicam graus de parentesco evolutivo, apresentam a mesma função e possuem estruturas anatômicas e origens embrionárias iguais.

Soma das alternativas corretas:

15. (UNIOESTE) Com relação à taxonomia, ou seja, o ramo da biologia que estuda a classificação dos seres vivos é correto afirmar:

01. Que, para a classificação de um grupo, não se deve considerar a filogenia, mas exclusivamente as semelhanças.

02. Que a espécie humana é denominada sapiens.

04. Que o gênero não deve ser escrito em itálico, ou sublinhado, ou negritado.

08. Que, embora dois gêneros possam pertencer a diferentes famílias, ambos podem pertencer aos mesmos reino, filo, classe e ordem.

16. Que, nas nomenclaturas trinomiais, Ramphastos vitellinus culminatus e Centris (Hemisiella) tarsata, as palavras culminatus e Hemisiella representam subgênero e subespécie, respectivamente.

Soma das alternativas corretas:

16. (UEG) A Terra proporciona um pano de fundo em eterna mudança para o desenvolvimento das comunidades biológicas. Os milhões de anos da história da Terra incluem mudanças no clima e em outras condições físicas, rearranjos dos continentes e bacias oceânicas, crescimento e desgaste das cadeias de montanhas e uma evolução contínua das formas de vida. A consequência mais óbvia desta história é a distribuição heterogênea de uma biodiversidade existente no planeta.

LOPES, S.; MENDONÇA, V. L. Bio: volume 2. São Paulo: Saraiva, 2006, p. 280.

Sobre a classificação e a distribuição da diversidade biológica em reinos, como ilustrado no diagrama acima, verifica-se que o reino:

a) Monera compreende organismos unicelulares, aclorofilados e eucarióticos.

b) Fungi compreende organismos pluricelulares, clorofilados e procarióticos.

c) Protista compreende organismos unicelulares, clorofilados e procarióticos.

d) Plantae compreende organismos pluricelulares, clorofilados e eucarióticos.

17. O esquema representa quatro categorias de classificação inclusivas.

 

Se os triângulos representam uma determinada espécie, o círculo será.

a) um filo.

b) um reino.

c) uma ordem.

d) uma família.

e) um gênero.

18. (UEM) As algas apresentam grande diversidade de formas e de tamanhos, ocupando ambientes terrestres úmidos e ambientes aquáticos, onde constituem a base das cadeias alimentares. Sobre esses organismos, assinale a alternativa correta.

a) As clorofíceas, as diatomáceas e os dinoflagelados são grupos de algas componentes do fitoplâncton.

b) As feofíceas ou algas vermelhas são unicelulares e predominantes no solo e na água doce.

c) As euglenofíceas são algas pluricelulares ou coloniais desprovidas de cloroplastos.

d) As clorofíceas ou algas verdes são os únicos representantes do reino Protista que apresentam clorofila.

e) As algas não produzem gametas, portanto não apresentam reprodução sexuada.

19. Com relação ao nome científico do crustáceo Diacyclops bicuspidatus thomasi e as regras de nomenclatura biológica, é incorreto afirmar que:

a) o nome da espécie deve ser destacado do texto.

b) a espécie é sempre referida de forma trinominal.

c) Diacyclops é nome genérico e deve ser escrito com inicial maiúscula.

d) thomasi é uma categoria taxonômica inferior a bicuspidatus.

e) bicuspidatus é o nome específico escrito sempre com inicial minúscula.

20. Numa feira de ciências estavam expostos vários exemplares de animais e vegetais. Entre eles estavam o pinheiro-do-Paraná, o café, o barbeiro, uma lâmina com ameba e um esqueleto do ser humano. Indique a alternativa que mostra o nome científico de uma das espécies citadas acima, escrito corretamente.

a) Homem Sapiens.

b) Cândida arábica.

c) Amoeba proteus.

d) Araucária do Paraná.

e) Barbeiro cruzi.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: